Page 1

IPATINGA (MG) BRASIL - ANO I – Nº 2 – MARÇO DE 2012

NO VALE DO AÇO

Conhecimento até sobre vulcões


Crianças botam a ‘mão na massa’ para fixarem informações no cérebro

Simpáticas e muito competentes, as instrutoras Allynny e Juliana exibem orgulhosas os trabalhos criados por nossos alunos

No mês em que

se estuda o “Planeta Terra”, os alunos do Espaço FasTracKids Ipatinga construirão um vulcão, com direito inclusive a ‘erupções’. Nos últimos dois meses, quando o módulo estudado era “Criatividade”, as crianças também botaram a mão na massa, confeccionando diversos objetos manuais para fixarem no cérebro os conceitos aprendidos na lousa digital interativa. Foram criados iglus, totens, espantalhos, aquários, palafitas e até hortas.


Aproveitando a fase dos “porquês” O FasTracKids intercala atividades práticas com tecnologias de ponta ao que existe de mais moderno em pedagogia infantil. Tudo com objetivo de aproveitar ao máximo a fase dos ‘porquês’, quando as crianças começam a tomar consciência do mundo em que vivem e quase enlouquecem os pais, querendo respostas para tudo. Absorver conhecimentos é uma grande diversão

GRADE CURRICULAR Além de ‘Criatividade’ e ‘Planeta Terra’, ao longo de aproximadamente dois anos, as professoras desvendarão os segredos da Astronomia, da Economia, da Oratória, da Comunicação, além de repassar Metas e Lições de Vida para os pequenos.


Em Ipatinga desde dezembro de 2011

A analista de sistemas Sirley Gonçalves e o filho Guilherme Gonçalves estão avaliando o método originário dos Estados Unidos

O FasTracKids é um método de aprendizado americano que chegou ao Brasil em 2007 e é voltado para crianças de 2 a 8 anos. Seu objetivo é despertar a vontade de aprender, desenvolvendo capacidades ao mesmo tempo em que incentiva o interesse por absorver conhecimentos. Uma proposta pedagógica que seduziu a analista de sistemas Sirley Gonçalves e o marido Rogério Gomes, cujo filho Guilherme Gonçalves está avaliando o método.


Pai engajado na formação dos filhos

Em dois momentos: o engenheiro Lindomar Heloísio junto da família; e vendo a aula do filho de 6 anos na TV do FasTracKids: “Só lamento que o método não esteja disponível para adolescentes”

Outro aluno do método internacional é Nicolas Brunelli Vieira, de 6 anos. Na recepção do FasTracKids, seu pai, o engenheiro Lindomar Heloísio Moreira, não tira os olhos da TV que transmite em tempo real o que o filho faz dentro da sala de aula. Atento a tudo que se passa na Estação de Aprendizagem, o engenheiro só lamenta que o método não esteja disponível para adolescentes. “Minha filha também queria fazer o curso, mas ela já tem 12 anos e o método é para crianças com até 8 anos”, lamenta.


Uma família muito especial

A família de João Lucas, que tem Síndrome de Down, quer desenvolver todo potencial intelectual do garoto para que ele possa progredir nos estudos e na vida

Apesar de os programas do FasTracKids não terem sido originalmente desenvolvidos para crianças com necessidades especiais, o método detectou que essas crianças frequentemente se beneficiaram de sua participação nas aulas. Por essa razão, o pequeno João Lucas Gomes Chamon Assu, de 4 anos, que é portador da Síndrome de Down, foi aceito como aluno do Espaço FasTracKids Ipatinga.. A funcionária pública Luciene Cristina Gomes Chamon Assu, mãe do garoto, descobriu o FasTracKids através de uma reportagem de jornal, mas antes de matriculá-lo, foi alertada pelos diretores de que os resultados pedagógicos atingidos podem não ser os mesmos de outras crianças ou podem simplesmente inexistir. “Até hoje não há pesquisa formal que comprove esse benefício, fato que sempre frisamos aos pais interessados”, explica a diretora Taís Guimarães. Cientes da realidade, Luciene e o marido Leonardo Oliveira Assu, prosseguiram com a matrícula e a cada semana ficam mais impressionados com o rendimento do filho, hoje bem mais comunicativo e curioso. “Tudo que for melhor para nosso filho, eu peço a Deus para nos mostrar, como é o caso do FasTracKids”, diz a mãe.


Alunos “nota 10” também brincaram o Carnaval No sábado de Carnaval 2012, o Espaço FasTracKids Ipatinga abriu alas para seus pequenos foliões brincarem e aprenderem sobre a festa mais importante da cultura popular brasileira. Caracterizados com máscaras e outros apetrechos, os alunos ficaram ainda mais motivados com o método, como pode ser conferido nas fotografias:


Alunos “nota 10” também brincaram o Carnaval


Garanta o futuro de sua criança No Vale do Aço, pelo mesmo preço de uma aula de inglês, pais já podem estimular a educação dos filhos no período de maior desenvolvimento cerebral, dos 2 aos 8 anos.


Nobel de Economia de 2000 Praticamente todos os pais desejam que os filhos sejam os primeiros da turma, tirem notas altas e tenham facilidade para aprender. Um sonho que nos dias atuais tem grandes chances de se tornar realidade, graças aos cursos extracurriculares do Espaço FasTracKids Ipatinga, que fazem a estimulação intelectual das crianças. Em comum, esses cursos compartilham a descoberta feita pelo Prêmio Nobel de Economia de 2000, James Heckman, que provou ao mundo existir uma relação entre o sucesso na vida adulta e “a intervenção precoce” na educação das crianças.

James Heckman ganhou um Prêmio Nobel de Economia


SAIU NA IMPRENSA


SAIU NA IMPRENSA

Revista FasTracKids Ipatinga - Edição Março 2012  

Praticamente todos os pais desejam que os filhos sejam os primeiros da turma, tirem notas altas e tenham facilidade para aprender. Um sonho...