Page 2

SEXTA-FEIRA, 27 DE ABRIL DE 2018

Ser evolução

Jornalista Responsável: Luciano Mallmann Textos e Reportagens: Julia Nadine Schapoval Jardel Hillesheim e Jairo Borges Madril Revisão Ortográfica: Clairto Martin Fotos: Márcio Wachholz Editoração Gráfica: Sandra Pasini e Márcio Wachholz Comercialização: Núcleo Comercial EJN Impressão: Zero Hora Tiragem 5.000 exemplares O caderno Noroeste na Fenasoja é um produto da EMPRESA JORNALÍSTICA NOROESTE LTDA, encartado no Jornal Noroeste do dia 27de abril de 2018. CNPJ: 87687703/0001-18 Praça da Bandeira, 36 - Santa Rosa/RS Tel.: (55) 3512-5757 e 3512-6939 ejn@jornalnoroeste.com.br | www.jornalnoroeste.com.br

E

voluir é uma tradição na Fenasoja desde o longínquo ano de 1966. O que demonstra o desenvolvimento deste evento é o aprendizado de cada edição, tornando a prática em ensinamentos valorosos que norteiam cada nova comissão que a organiza. Isso é facilmente percebido no nosso Parque de Exposições, que leva o nome do político e ex-prefeito de Santa Rosa, Alfredo Leandro Carlson. Um espaço à frente de seu tempo, moderno e belo, que desperta a atenção de quem o visita pela primeira vez e que traz de volta visitantes e expositores a cada acontecimento que sedia. É prático, limpo e muito arborizado. Não obstante, a Fenasoja 2018 fez inovações interessantes. E unir-se com outras organizações e eventos trouxe mais sinergia à renovada marca. O Musicanto, por exemplo: como esta parte cultural e de atrações artísticas é cara e leva uma cota considerável do orçamento de qualquer grande acontecimento, foi incorporado como uma das sensações desta ocasião. Acontecerá nos três primeiros dias, de 27 a 29 de abril, com seu formato inicial de competição musical. Até ele volta às mais autênticas origens, e isso é bom! Então Hortigranjeiros, Indumóveis e Fenasoja uniram-se, demonstrando maturidade de seus líderes. Afinal nossos três maiores eventos se utilizam do mesmo espaço, vivendo dificuldades semelhantes e que precisam ser enfrentadas e resolvidas. Assim, o inconveniente quanto à comunicação de dados recebeu relevante investimento. O Parque ganhou metros e metros de fibra óptica, o que deve melhorar a interação entre os sistemas dos próprios eventos, aprimorar os sinais de WiFi para promover negócios e

facilitar a interação dos visitantes com o mundo digital. União também com a Associação Santa-rosense de Ornitólogos Amadores – ASOA que promoverá o 1ª Copa Fenasoja de Canários de Cor, trazendo a Santa Rosa juízes de renome nacional que avaliarão os pássaros de quem faz desta atividade o seu negócio. União é inteligência, e são inúmeras as iniciativas nos mais diferentes segmentes do mosaico Fenasoja. Destacamos somente algumas. Mas esta profícua conciliação de interesses traz um significativo desafio: o do uso consciente de nosso Parque de Exposições. Não é mais aceitável que se gastem cifras expressivas para readequar, repor ou recuperar infraestruturas que estão ali para uso do cidadão. Só neste ano serão gastos, novamente, cerca de R$ 200 mil para recuperar elementos assolados pelo mau uso das pessoas. Isto é gasto sim, não investimento. Este debate, forçosamente, terá de acontecer de maneira mais rápida e firme conduzido pelos poderes públicos junto aos usuários do Parque. Isto não é inteligente e, a evolução de Fenasoja, Hortigranjeiros, Indumóveis e outros mais, passa a exigir um pensar apurado nesta questão. Iniciativas como um Plano Diretor do Parque de Exposições, sistema de uso, como queiram chamar, precisa ser discutido e vir à prática. Até para melhor manter o dia a dia do local que tem custo elevado aos cofres da Prefeitura de Santa Rosa e, no final de tudo, ao seu bolso. “Nós somos evolução” é o slogam da Fenasoja 2018. E a união é a evolução mais evidente desta edição. Logo, una-se à Fenasoja, aproveite, divirta-se, faça negócios e prospere. A sua evolução necessita disso!

2

Noroeste na Fenasoja  
Noroeste na Fenasoja  
Advertisement