Issuu on Google+

ANO 02 / Nº 21 + arquitetura + decoração + design + arte + moda + viagem + gastronomia

João Pessoa, abril de 2012

O Feng Shui ajuda para não errar em portas e janelas

Animal Print!

tendência que pula das passarelas para a decoração

Criatividade e bom humor nas cadeiras

da designer Val Gonzalez Viaje Viaje ee prove prove as as delicias delicias ee curiosidades curiosidades da da

Ilha de Marajó

Carolina Vieira e Aline Montenegro: parceria profissional de sucesso


FAZENDO ARTE

ANO 02 / Nº 21 Outono de 2012

EDITORIAL

ARTE NA AREIA

O

a r t i s t a americano Andres Amador de São Francisco, EUA, faz da areia das praias esta nova edição do Tabloide É+, você vai conhecer um pouco mais sobre duas arquitetas que são referências no uma tela e matériamercado paraibano: Aline Montenegro e Carolina Vieira. Elas prima para suas mostram como a amizade pode favorecer a execução de criações. Ele escolhe os bons projetos e à criatividade, tão essencial nesta profissão. melhores locais para os Além disso, você também vai ter ótimas dicas seus desenhos com a ajuda do Google práticas para deixar sua casa mais bonita e harmoniosa. No Earth e aproveita as fases de lua cheia para trabalhar durante Feng Shui, saiba como não errar na colocação de portas a maré baixa até completar as obras. Os desenhos são feitos e janelas. E quem não gosta de ter o ambiente onde vive primeiramente no papel e, no momento em que o mar está bem limpinho, né? Para ajudar nessa missão, veja o passo mais recuado, ele cria suas ilustrações no chão, transformando a passo para limpar os rejuntes nas paredes sem precisar paisagens já maravilhosas em obras de arte fascinantes. A recorrer a um pedreiro. E quem gosta de arrasar não pode inspiração de seus desenhos vem da natureza, formas de rochas, deixar de aplicar a tendência Animal Print em peças de decoração. Também vamos mostrar toda a criatividade ondas, flores e algas, além das formas geométricas que também são da designer Val Gonzalez, em cadeiras que são peças utilizadas. Os instrumentos para fazer as obras primas, são apenas extraordinárias. objetos usados em jardinagem. Durante o pouco tempo - cerca de Mas além de transformar o seu lar num duas horas - em que as incríveis e enormes imagens ficam gravadas ambiente mais agradável, o É+ também quer te ver no chão Andres fotografa feliz e relaxado. E pra isso, nada melhor do que e eterniza seu trabalho. viajar. A nossa dica é a Ilha de Marajó, no Pará. Com Esse projeto é feito há belezas naturais surpreendentes e uma riqueza 12 anos, e ultimamente cultural muito forte, o local ainda oferece iguarias ganhou muita força. da culinária que são a cara dessa região do país. Principalmente por Aproveite e comece agora mesmo a ler todas essas reportagens que preparamos para que muitas pessoas o esta edição. E não deixe de mandar as suas contratam para fazer, opiniões e sugestões sobre o É+. Afinal, ele é feito inclusive inusitados especialmente pra você! pedidos de casamento!

Fotos: Andres Amador

N

A editoria

NB Editora

Editora Geral: Márcia Barreiros

Redatora Chefe: Débora Cristina DRT 1252 Diretor de Arte: George Diniz

Produtor de Edição: Túlio Vitor

Produtor de Arte: Welington Costa Capa: Colaborador: Ricardo Araújo Impressão: Gráfica JB Tiragem: 5.000

Você quer dar sugestões, tirar dúvidas, fazer comentários? Contato: (83) 9922.9818 contatoartestudio@yahoo.com.br www.artestudiorevista.com.br @revARTESTUDIO Artestudio Márcia Barreiros

PEÇA ÚNICA

AS INUSITADAS

CADEIRAS

DE VAL GONZALEZ

C

om suas exóticas cadeiras, que de tão criativas parecem ter saído diretamente da terra dos sonhos, a designer Valentina Gonzalez Wohlers – mais conhecida como Val Gonzalez – já conquistou fãs em Londres, Milão, Nova York, Paris e, claro, no México, a sua terra natal. Capa e miolo de diversas revistas conceituadas no mundo do design-arte, as peças da artista lembram um pouco as criações dos irmãos Fernando e Humberto Campana no quesito inusitado. Sem deixar de lado a criatividade, a artista mexicana tenta aliar ao máximo o design e a funcionalidade. Nem sempre é fácil, já que deve ser um pouco incômodo ficar sentado por muito tempo em uma cadeira com pelos que imitam os espinhos de um cacto, como no caso da colorida “The Prickly Pair Chairs” (o par de cadeiras espinhosas) ou feita de galhos de árvores, como a “The Wild Botched Chair” (a selvagem cadeira estragada). Apaixonada por arte moderna, ela realizou mais de dez feiras e semanas de arte na Europa e nos Estados Unidos, nos últimos dois anos, mas não se desliga do México. Quase todas as suas criações remetem à história e ao colorido da cultura latina, algumas vezes misturadas ao tradicional design europeu. A arte de Val Gonzalez pode parecer até um pouco exagerada, mas é uma maneira muito interessante e divertida de tratar a decoração. Confira + do seu trabalho no seu site www.valentinagw.com

Fotos: Divulgação

Expediente


PASSARELA

ANIMAL PRINT : OS BICHOS ESTÃO SOLTOS Vale também combinar mais de uma estampa de animal e texturas diferentes no mesmo espaço. Só que para isso é preciso ter bom senso na hora da composição para não deixar a decoração muito cheia de informações.

COMO USAR? Para uma decoração animal print mais discreta ou para acrescentála em ambientes em que já existem cores fortes, invista no animalismo de maneira mais suave e combinando com os outros tons. Prefira usar a estampa em detalhes como almofadas, luminárias, abajures, assento de cadeiras, quadros, enfeites de mesa, vasos e caixas organizadoras. Mas se você gosta de ousar, o animal print pode ser o foco principal da decoração. Invista na estampa em sofás, poltronas, tapetes, roupas de cama, cortinas, papeis de parede, objetos e até mesmo em móveis, tudo para que a estampa esteja em evidência. Aposte também na mistura dos bichos e no mix com estampas ou texturas diferentes. Para que a estampa fique em harmonia com o ambiente, ele deve apresentar tonalidades mais neutras e dar destaque apenas ao restante dos objetos na decoração.

Fotos: Divulgação e MB

A

tendência da estampa animal, que continua em alta nas roupas e acessórios, agora também pode ser vista na decoração Cachepot Croco, A Sempre Viva dos ambientes. A reprodução de pele de animais como onça, zebra, girafa, cobra, crocodilo e vaca aparece estampando peças e objetos variados. Os sofás, cortinas, tapetes, quadros, roupas de cama e banho e até mesmo revestimentos cerâmicos, papéis de parede e utensílios domésticos podem entrar nesse clima da moda. Assim como nas roupas, o animalismo dá charme para a decoração, deixa o ambiente mais chamativo e ao mesmo tempo aconchegante. Se você gosta de uma decoração ousada, porém cheia de estilo, a decoração animal print é uma ótima sugestão. Afinal, os bichos podem se destacar em qualquer lugar. A estampa deixa a sala de estar ou jantar mais elegante, a cozinha mais divertida, o banheiro charmoso e o quarto com aparência aconchegante e o escritório mais descontraído. As estampas de animais na decoração podem aparecer com suas tonalidades naturais ou em estilos diferenciados e mais divertidos, com versões em cores vivas. Mas isso, claro, vai depender do gosto de cada um.

Estampa de cobra na coleção outono/ inverno 2012 ,

Iódice

Poltronas Mademoiselle uma parceria entre o designer Philippe Starck, junto com a grife do roqueiro Leny Kravitz, Kravitz Design. A coleção foi lançada na Feira de Milão 2012.

Kartel


INSPIRAÇÃO

by Alain Moszkowicz, decorador Espelho em cristal incolor República Vidros, R$ 170,00 o m²

Objetos de decoração Bazaart, preços sob consulta

Poltrona Egg com estampa floral, Adm moveis na Socil, Valor sob consulta

Tapete em couro de vaca, Adroaldo Tapetes e Carpetes do Mundo, R$ 300,00 o m²

V

erdadeiro cartão-de-visita da sua casa, o hall é a primeira impressão que você e quem o visita tem do seu lar e, como se sabe, não há nada como uma excelente primeira impressão. Como inpiração temos este hall que também funciona como sala para conversação mais intima, com duas poltronas Egg que possuem estampa floral, a mesa redonda tulipa com pé em laca e tampo em madeira e tapete em couro de vaca, ao fundo um espelho que amplia e reflete toda área social do apartamento. Foto: Diego Carneiro


OUTRAS OPÇÕES Pesquisa de preço feita durante o mês de março. Valores sujeitos a alterações a qualquer momento pelas lojas

Fotos: MB

Tapetes

Tapete Couro Petit, Adroaldo Tapetes e Carpetes do Mundo, R$: 300,00 o m²

Tapete Dubai Dourado, Adroaldo Tapetes e Carpetes do Mundo, R$: 250,00 o m²

Tapete High Collection Bolle, Adroaldo Tapetes e Carpetes do Mundo, R$: 400,00 o m²

Fotos: Divulgação

Poltronas

Poltrona Marilia em crochê, ADM móveis na Socil, Valor sob consulta

Poltrona Gôndola Patchwork, ADM móveis na Socil, Valor sob consulta

Poltrona Yasmin com aplique em crochê, ADM móveis na Socil, Valor sob consulta


CAPA

ALINE MONTENEGRO E CAROLINA VIEIRA

E

União em projetos inesquecíveis

las se conheceram em momentos diferentes da carreira. Enquanto Aline Montenegro já trabalhava como arquiteta profissional, Carolina Vieira começou na mesma empresa como estagiária. Depois que se formou, Carolina foi chamada por Aline para se tornarem sócias num mesmo escritório. E essa parceria, que começou em 2002, já rendeu muitos projetos inesquecíveis aqui na Paraíba. E o segredo para tanto sucesso e afinação? “Paciência, tolerância e acima de tudo confiança uma na outra”, afirma Aline. E Carolina complementa: “Trabalhar em sociedade exige realmente muita cumplicidade e respeito mútuo, e isso nós temos”. Por isso, as duas estão convictas de que a satisfação dos clientes é fundamental para que

todo esse trabalho seja tão prazeroso. “Fazer parte da concretização dos sonhos dos nossos clientes é muito bom. Além disso, desenvolvemos um trabalho que é bastante dinâmico e a rotina de atender clientes, criar e desenvolver o projeto nos dá muitas alegrias”, enfatiza Carolina. Para Aline, essa paixão pela arquitetura começou de forma muito natural. “Fiz parte de uma companhia de dança contemporânea da cidade por 20 anos. Passei boa parte da minha vida envolvida com arte nos palcos de João Pessoa e do Brasil. Para decidir fazer arquitetura foi fácil”. Já para Carolina, que sempre gostou muito de arte e também de cálculo, os projetos se uniram numa mesma paixão. “Terminei por optar pela arquitetura por conseguir agregar as duas funções”. E as duas amigas e companheiras de trabalho não se inibem em falar sobre as qualidades uma da outra. “Carolina é uma pessoa muito especial, tranquila. Além de ser companheira e amável, ela é extremamente bem humorada!”, disse Aline. Para Carolina, a sócia segue o mesmo perfil. “Aline é uma pessoa admirável, realmente um exemplo a ser seguido. Além disso, ela é batalhadora e está sempre buscando novos desafios”. E para que toda essa sintonia seja transformada em bons resultados no trabalho, elas dividem as atribuições diárias com muita organização. “Nosso volume de trabalho é grande, mas preenchemos uma planilha semanal de


ALINE MONTENEGRO Idade: é cruel responder esta!!!!! Graduação: arquitetura e urbanismo pela UFPB Mestrado em meio ambiente e habitat urbano – PRODEMA – UFPB Especialização: iluminação e design de interiores IPOG Atividade de Magistério: Professora Substituta do Curso de arquitetura e urbanismo da UFPB de 2003 a 2004; Professora Adjunta do curso de arquitetura e urbanismo do UNIPE desde 2003. Casada com Humberto Soares Ribeiro Júnior Filha: linda, maravilhosa, fofa, meiga, cativante do meu coração: Sofia Montenegro Ribeiro.

CAROLINA VIEIRA Idade: 33 anos Graduação: Arquiteta e Urbanista pela UFPB Casada com Leonardo Perazzo Dantas Filha: Júlia

PERFIL Um lugar... Aline: Ao lado da minha família Carolina: Qualquer um onde minha família e as pessoas que amo estejam presentes. Uma viagem inesquecível... Aline: Ainda estou para fazer. Carolina: Paris. Marca imprescindível... Aline: A do nosso escritório. Carolina: A do nosso escritório

Fotos: Divulgação, cedidas pelo escritório de Aline Montenegro e Carolina Vieira

tudo que precisa ser executado e tentamos, na medida do possível, cumpri-la ajustando nesse tempo as urgências e os pedidos de socorro de alguns clientes”, afirmou Aline. Atualmente, elas estão juntas em vários projetos de residências, principalmente em condomínios horizontais. Também estão atuando na área de iluminação com alguns projetos ainda não executados, mas em fase de concepção. O difícil mesmo é escolher um projeto mais marcante. “Todos marcaram de uma forma ou de outra as nossas vidas. Os clientes que passaram por nós são realmente inesquecíveis”, enfatizou Aline. E tudo isso acaba se transformando em novos trabalhos. “Perceber nossos clientes felizes e vê-los retornando para o escritório quando aparecem novas necessidades é uma certeza de que nosso trabalho está sendo bem feito”, resume Carolina, de forma convicta. E para o futuro, as duas demonstram muito bem essa sintonia falando sobre o que esperam. “Cuidar da minha família, ter saúde para tal e não parar de trabalhar”, afirmou Aline. “Ter saúde para poder curtir minha família e também ter novas oportunidades para crescer profissionalmente”, finalizou Carolina.

Uma inspiração profissional.... Aline: João Filgueiras Lima (Lelé), Eduardo Souto Moura, Zaha Hadid, Isay Weinfeld. Prestigiando os profissionais que temos de muito bom em nossa cidade: Ernani Henrique, Antônio Cláudio Massa e Silvia Muniz. Carolina: Mies Van der Rohe Uma inpiração pessoal... Aline: Meu avô Paiva, meus pais que lapidaram a minha educação e Meu marido pela paciência e tolerância. Carolina: Minha mãe. Fundamental pra ser feliz é... Aline: Estar feliz Carolina: Ter Deus na sua vida, o resto vem como consequência. Não sai de casa sem... Aline: Celular e agenda. Carolina: Minha bolsa. Um sonho a realizar... Aline: Iluminar os monumentos históricos de nossa cidade. Carolina: São tantos... Levaria para uma ilha deserta... Aline: Minha família. Carolina: Minha família Não consegue viver sem... Aline: Tecnologia + fotos no site www.artestudiorevista.com.br Carolina: Tecnologia


Foto: Diego Carneiro

FENG SHUI

SOBRE PORTAS E JANELAS

N

o Feng-Shui, depois da orientação da casa e do cálculo dos trigramas individuais dos moradores (ou estudo do Minguá), uma das coisas mais importantes sobre a qualidade energética do lugar é a percepção do fluxo de energia a partir do estudo do posicionamento das aberturas, ou seja, a posição de portas e janelas. As portas e as janelas de uma casa, por exemplo, não representam simples aberturas por onde as pessoas entram ou saem, ou apreciam a paisagem. Para a arte milenar chinesa, as aberturas possibilitam a entrada e a saída da energia do lugar, se adaptando e modificando o padrão energético do

interior das construções. Quaisquer tipos de aberturas, grandes ou pequenas, favorecem o fluxo da energia natural, no entanto, a maneira como elas se distribuem no espaço podem conduzir a energia de forma rápida, lenta, ou equilibrada, podendo ainda proporcionar a formação do chí (energia que se renova) ou do shá (energia que vai ficando estagnada). Por isso, é sempre importante abrir a janela para o ar e a luz entrarem e renovar o ambiente. Diz-se que portas alinhadas com janelas, uma de frente para a outra, favorecem um fluxo rápido, impedindo muitas vezes que a energia do ambiente

se renove adequadamente. Quando portas e janelas estão alinhadas uma do lado da outra a energia flui muito lentamente e a qualidade energética do lugar pode ser ainda mais nociva do que no primeiro caso. Portas e janelas não alinhadas podem ser mais favoráveis à qualidade energética de um ambiente, pois permitem o fluxo cruzado da energia, o qual pode ser entendido como mais equilibrado do que quando alinhadas na mesma direção ou uma ao lado da outra. No entanto deve-se tomar cuidado com o layout do espaço, o posicionamento do mobiliário, especialmente se for um quarto, pois a energia não deve cruzar o corpo quando este descansa. A Escola da Forma, por exemplo, vê as aberturas como partes da representação dos animais sagrados – Dragão, Tigre, Tartaruga ou Fênix. Em seus ensinamentos as aberturas são vistas como abismos e a falta da representação de qualquer destes animais; elas representam alguma perda para a proteção dos moradores. Entende-se que quando existe porta(s) ou janela(s) do lado esquerdo (posição do Dragão) de quem dorme ou trabalha, faltará proteção dos espíritos divinos; do lado direito (posição do Tigre) faltará proteção e disposição para concretizar planos; atrás, ou nas costas (posição da Tartaruga) faltará proteção física; e quando na frente da cama ou da mesa de trabalho, faltará proteção para realizar projetos futuros, diz-se que fogem as expectativas de realização, e os sonhos podem minguar. Para a proteção das aberturas de um determinado ambiente é recomendado o uso de amuletos mágicos sob as portas e as janelas, ou mesmo a correção do layout de um ambiente em questão para ativar a representação dos animais sagrados. Isto não quer dizer que você tenha que colocar a estátua de um Dragão para ter proteção divina. A disposição de um armário, uma estante, de vasos com plantas, enfim a revisão da disposição do mobiliário pode ativar a representação dos animais sagrados e direcionar melhor o fluxo de energia, canalizando e retendo o chí (a energia que se renova). Ricardo Ferreira Araújo Arquiteto especialista em Feng Shui


uniflex.com.br

Precis達o em persianas >> Persiana Bamboo Uniflex Av Jacinto Dantas 160 - loja A - Manaira

Tel.: 83 3247-1798

loja.joaopessoa@uniflex.com.br


localizado na modesta Cachoeira do Arari, uma cidadezinha escondida no meio da mata. Construído numa antiga fábrica de óleos, o espaço tem um rico acervo que guarda desde vasos, jarros e utensílios de cozinha a urnas funerárias. Quando o assunto é dança, o carimbó e o lundu surgem absolutos. Autênticos da região, os passos foram inspirados em manifestações de origem africana e indígena.

VIAGEM NACIONAL

M

aior ilha fluviomarinha do mundo, a Ilha de Marajó é banhada pelo oceano Atlântico e pelos rios Amazonas e Tocantins. Dividida em 12 municípios pontilhados por matas, rios, campos, mangues e igarapés, forma um cenário perfeito para quem pretende desvendar um pedaço quase intacto da selva amazônica. O ponto de partida da viagem é Belém, de onde saem barcos e balsas rumo à Soure, a “capital” da ilha, alcançada depois de cerca de três horas de navegação. É nesta área que estão as melhores praias - do Pesqueiro, Barra Velha e Joanes -, as melhores hospedagens e restaurantes, além de boa parte dos 250 mil habitantes da região. Com tanta diversidade, Marajó promove experiências únicas. A mais interessante delas é montar no lombo de um búfalo para um passeio. Símbolos da ilha, os animais são vistos em grandes manadas nas extensas planícies ou dispersos nas modestas áreas urbanas, onde são usados como táxi e até montaria para a polícia. Habitat de

SABORES

grande variedade de peixes e pássaros, o arquipélago oferece muitas atividades em meio à natureza, realizadas nas fazendas. Entre elas estão: observação de guarás - ave típica de penas vermelhas -, pesca, a focagem de jacarés e passeios de barco pelos igarapés. Os fãs dos esportes de aventura também se divertem com a prática de caminhadas na selva, rafting e ciclismo pelas praias. As surpresas se fazem presentes também na gastronomia, que tem a carne de búfalo - claro! - como grande destaque. Os pratos mais apreciados são o Filé Marajoara, servido com mussarela de búfala derretida; e o Frito do Vaqueiro, que traz fraldinha ou minguinha (carne da costela) cozidos e acompanhados de pirão de leite. Também merecem destaques o caldo de turu, um molusco típico do mangue; e as suculentas peixadas. Para a sobremesa, aposte nos sorvetes de frutas exóticas como uxi, bacuri, taperebá e cajarana. Os encantos da região se refletem também na cultura. Uma das heranças mais ricas deixadas pelos índios marajoaras é a bela arte da cerâmica estilizada. Para apreciar os trabalhos, siga para o Museu do Marajó,

Dica importante Antes de viajar, escolha bem a época, já que calor e chuva são características comuns do Pará e se intercalam no calendário. No primeiro semestre chove quase todos os dias, alagando campos e florestas e impedindo algumas travessias. A vantagem é que a temperatura fica mais amena. No resto do ano, no período de seca, os termômetros batem facilmente os 40 graus. O consolo é que a água já baixou e fica mais fácil circular pela região. No mês de julho, agradável e concorrido, os turistas lotam a orla da praia do Pesqueiro.

MODO DE PREPARO

BRUSCHETTA INGREDIENTES - 3 tomates sem sementes e picados - 1 cebola picada - 1 dente de alho picado - 1/2 colher (chá) de manjericão seco - 1/2 colher (chá) de orégano seco - 1 pitada de sal - 1 pitada de pimenta-do-reino moída - 1 baguete - 250 g de mussarela fresca fatiada Foto: Divulgação

Foto: Carlos Macapuna e divulgação

ILHA DE MARAJÓ - PA

Em uma tigela pequena, misture o tomate, a cebola, o alho, o manjericão, o orégano, o sal e a pimenta. Misture bem, cubra e ponha na geladeira. Preaqueça o forno a 190 ºC. Corte a baguete em 12 fatias no sentido diagonal. Arrume as fatias de pão numa assadeira e leveas ao forno por 5 minutos, ou até que estejam douradas. Abaixe a temperatura do forno para 125 ºC. Passe a mesma quantidade da mistura de tomate em cada torrada. Cubra cada uma com uma fatia de mussarela. Ponha as fatias no tabuleiro e leve ao forno para que o queijo derreta e comece a escorrer sobre o tomate, cerca de 2 minutos. Sirva logo após o preparo. Por Túlio Madruga


DICA CARA NOVA AO REJUNTE

O

s porcelanatos, cerâmicas e pastilhas são materiais muito utilizados em pisos e paredes e facilitam bastante a limpeza de cômodos como banheiros, cozinhas e áreas de serviço. Mas os rejuntes precisam de cuidado especial porque podem acumular poeira, mofo, gordura, restos de comida e outros resíduos, comprometendo a higiene e a aparência do ambiente. Embora a água sanitária e produtos com cloro possam remover grande parte dessas manchas, às vezes é necessário trocá-lo, removendo resíduos antigos e reaplicando a massa sobre o azulejo. Só que este tipo de procedimento, além de fazer sujeira, exige a presença de um pedreiro. Para evitar isso, uma ótima dica é recorrer a produtos tonalizantes com aplicadores de espuma que pintam o rejunte já existente, sem precisar removê-lo. Veja o passo a passo para renovar ou até modificar a cor do seu rejunte: 1. Limpe a superfície Remova toda a gordura e eventuais sujeiras do rejunte. 2. Seque bem Veja se o rejunte está livre de água. O ideal é manter a área longe da água por 24 horas antes da aplicação. 3. Aplique o produto Passe o bico do frasco da tinta sobre o rejunte sem fazer pressão. O excesso de tinta dificultará a limpeza. 4. Retire o excesso Com o auxílio de uma espuma qualquer, remova os borrões 1 hora após a aplicação do produto. 5. Dê a segunda demão Em alguns casos, isso é necessário. Busque alguma falha e avalie se a reaplicação terá que ser feita. 6. Nada de água O local pintado não deve ser utilizado por 2 dias.

Foto: Divulgação



Tabloide E+ ARTESTUDIO