Page 108

A imagem das cidades começam também a mudar em função da estruturação ou surgimento de novas vocações, e isto decorre da divisão de seus segmentos internos. Novos focos em cultura, turismo, saúde, empreendedorismo, etc. É preciso portanto compreender a dialética do desenvolvimento e investir em políticas modernas, que dêm legitimidade ao anseio participativo e organizativo. 11. A Lei da Perspectiva O álcool é estimulante ou depressivo? Ao visitar qualquer bar sexta-feira à noite, depois do expediente, podemos jurar que o álcool é estimulante. O barulho e as risadas são forte evidência dos efeitos estimulantes do álcool. Contudo, às 4 horas da manhã, quando vemos alguns dos participantes da happy hour caídos na rua, juramos que o álcool é depressivo. Do ponto de vista químico, o álcool é muito depressivo. Mas a curto prazo, acabando com as inibições da pessoa, o álcool age como estimulante. Muitos movimentos de marketing exibem o mesmo fenômeno. Os efeitos de longo prazo são, com freqüência, exatamente opostos aos efeitos de curto prazo.

É preciso portanto, entender porque aquilo que supomos como uma grande saída, um “grande marketing”, no final dura pouco, não sustenta iamgens a longo prazo. Porque simplesmente existem políticas de curto, médio e longo prazo. Somente com perspectiva consigamos enxergar isto. Então, quando um Prefeito promove seguidas anistias ele está se promovendo a curtíssimo prazo porque abala a confiança no compromisso que o 108

Marketing público aplicàvel à gestão de cidades  

Livro sobre gestão de marketing aplicado aos governos municipais.

Marketing público aplicàvel à gestão de cidades  

Livro sobre gestão de marketing aplicado aos governos municipais.

Advertisement