Page 13

A Voz de Portugal | 27 DE fevereiro de 2013 | P. 13

Francisca Reis homenageada: Bodas de ouro de Mario e Maria Martins Amigos de Rabo de Peixe

B

Sylvio Martins

odas de ouro significam que um casal completa 50 anos de casamento. As bodas são celebradas por vários casais, e são comemoradas desde o primeiro ano. O motivo de serem chamadas de bodas de ouro é que o ouro é um dos metais mais fascinantes, representando muito brilho, beleza e indestrutibilidade, características prováveis de um casal que completa tantos anos de casamento. Normalmente, quando um casal completa bodas de ouro, volta à Igreja para renovar os votos e as promessas feitas no dia do casamento, e ganham de lembrança da família pratos ou placas para relembrar sempre a data, além de outros presentes significativos. Gasta-se apenas alguns minutos para realizar um casamento, mas espera-se meio século para se realizar um “casamento de ouro”. Há 50 anos os meus pais uniram-se pelos laços matrimoniais e durante todo este tempo compartilharam juntos alegrias, tristezas e tantas outras coisas. Amar e viver com o cônjuge exige determinação e prática diária... Exige a entrega de si mesmo ao bem-estar do

outro... Bem, agora vocês estão prontinhos para começarem outros cinquenta anos e eu quero estar aqui para poder de novo desejar-vos a maior felicidade do mundo! Parabéns aos meus pais!

A

cidade de Montreal foi, mais uma vez, palco de um grande encontro de emigrantes oriundos de Rabo de Peixe. Muitos dos nossos compatriotas que vivem no Quebeque uniram-se à grandiosa festa e fizeram daquele encontro uma manifestação de açorianidade que ficará na memória de muitos. O encontro, promovido pelo Círculo de Amigos de Rabo de Peixe do Quebeque, teve como mote agregador a festa do chicharro e foi um motivo para encontrar gentes das mais variadas condições sociais que confraternizaram num ambiente de grande apego às raízes. O vasto salão da Igreja Saint Enfant Jesus de Montreal encheu-se com mais de meio milhar de rabopeixenses que se quiseram juntar ao convívio, tal foi o interesse que aquele encontro despertou nas pessoas oriundas de Rabo de Peixe que vivem naquela Província canadiana. De facto, Rabo de Peixe é uma presença incontornável na área metropolitana de Montreal, constituindo uma das mais importantes comunidades portuguesas que labutam naquela área. O Presidente da Casa dos Açores do Quebeque tem sido nos últimos anos emigrantes daquela Vila micaelense. O encontro foi também momento de apresentação da nova direcção do Círculo dos Amigos de Rabo de Peixe do Quebeque, que é presidida por Eduardo Leite, por Domingos Silva, Vice-Presidente, pelo Tesoureiro Clarence Brum e por Olívia Paiva como Secretária, J.

Medeiros e Carlos Pereira são Directores. A já tradicional festa do chicharro foi valorizada com uma ementa tipicamente regional, contando com uma entrada de queijo de cabra com calda de pimenta e pão de milho à moda de S. Miguel. Para

além dos chicharrinhos fritos provindos da ilha, sopa açoriana, inhames, batata, cebola cortida e pimenta. Uma festa sempre muito animada, em que este ano com um dos melhores DJ da comunidade Jeff Gouveia, bem como com a “despensa” dos ARPQ com o seu famoso bailinho à moda de Rabo de Peixe. De destacar com a homenagem a Francisca Reis, uma empreendedora emigrante, pela sua participação e valioso contributo na dinamização de vários acontecimentos sociais e culturais levados a cabo na comunidade, designadamente como um dos elementos fundadores do Círculo de Amigos de Rabo de Peixe, sendo também a Presidente do Conselho Fiscal da Casa dos Açores do Quebeque e fundadora e Presidente da Associação da Mulher Portuguesa do Canadá.

Profile for sylvio martins

2013-02-27 - Jornal A Voz de Portugal  

Jornal A Voz de Portugal, edição do 27 de fevereiro de 2013

2013-02-27 - Jornal A Voz de Portugal  

Jornal A Voz de Portugal, edição do 27 de fevereiro de 2013

Profile for sylvio999
Advertisement