Page 1

Planejamento

ANO XII - Nº 63 - MARÇO | ABRIL 2018

Garantia de qualidade de vida, harmonia e beleza

Como dar vida nova ao móvel velho

Destaque das áreas de lazer: as chopeiras

Complexo incentiva atividade física

A M PA R O • A N Á P O L I S • A R A C A J U • B R A S Í L I A • C A M P I N A S • F E I R A D E S A N TA N A LORENA • MANAUS • MARÍLIA • SÃO B. DO CAMPO • SÃO CARLOS • SOROCABA


L A NÇA M EN T O LOTES DE 360 À 970 M

2

UM

PRONTOS PARA CONSTRUIR

DOS

3

Rodovia Anhanguera, km 90 sentido São Paulo

(19) 3738.7050 www.swisspark.com.br R E G I S T R O S O B O N O D E M AT R I C U L A 1 5 4 0 6 9 , L I V R O 0 2 , F O L H A 0 1 . 3 O C A R T Ó R I O D E R E G I S T R O D E I M Ó V E I S D E C A M P I N A S E M 1 8 / 0 8 / 2 0 1 5 . A P R O VA D O P E L A P R E F E I T U R A M U N I C I PA L D E C A M P I N A S / S P S O B O D E C R E T O N O 1 5 2 9 3 E M 2 1 / 1 0 / 2 0 0 5 . V E N D A S : J B N C O N S U LT O R I A I M O B I L I Á R I A LT D A C R E C I : 2 0 5 6 9 - P J

MAIS


GLARUS O RESIDENCIAL QUE TODOS ESPERAVAM

DESEJADOS

DA

CIDADE


EDITORIAL

Mudança e renovação: nossa nova identidade visual

O

Tudo para confirmar a valorização e manter o padrão que fazem do Swiss Park um dos bairros mais desejados da nossa cidade

momento era esse. Estamos de cara nova. O tempo passa e sempre – e em todas as áreas – é necessário inovar. Mudar, renovar, deixar mais moderno. Então, é com muita alegria que apresentamos o novo projeto gráfico da Revista Swiss Park. Já tivemos algumas mudanças ao longo de nossos 11 anos de circulação, porém esta transformação foi muito pensada e elaborada. E esperamos sempre continuar inspirando as famílias nas ideias de como viver com qualidade de vida, algo disponível no Swiss Park a todo momento, em todos os lugares. Nesta edição, mostramos como os cenários e o clima do complexo incentivam os moradores na prática de atividades físicas. Muitas modalidades são praticadas, seja nas ruas, no Parque Botânico, nas quadras ou nas academias bem montadas dos residenciais; só não faz esporte por aqui quem não quer. Trazemos uma seleção de imagens resgatadas nos últimos tempos que mostra muita gente que calça seus tênis e não tem medo de mudar os hábitos. Apresentamos, também – com lindas imagens de casas pelas ruas dos residenciais –, uma matéria sobre a praticidade de se construir no empreendimento. Hoje, quando temos mais de duas mil casas, é possível constatar a importância das regras do Guia Canteiro de Obra, que cada proprietário recebe quando adquire um terreno. São normas fundamentais para garantir qualidade de vida, beleza e harmonia ao complexo. Tudo para confirmar a valorização e manter o padrão que fazem do Swiss Park um dos bairros mais desejados da nossa cidade. Temos uma entrevista exclusiva com o casal de apresentadores do canal GNT, do programa Admirável Móvel Novo, que mostrou para nossa equipe como é bom conseguir dar vida nova a móvel antigo, tenha ele valor sentimental (aquela mesa que foi da sua avó) ou um móvel que você tenha encontrado em um antiquário e pelo qual tenha se apaixonado. São lindos e trazem com eles o conceito da reutilização, tão atual e necessário nos dias de hoje. Lembre-se ao virar a página: tudo foi feito especialmente para você. Todos os detalhes da nossa nova identidade visual foram pensados para deixar ainda mais forte o elo que une a família Swiss Park. Vem com a gente! Boa leitura!

04

R E V I S TA S W I S S PA R K


ÍNDICE

CONVERSA ESPORTE REDE SOCIAL FIQUE POR DENTRO ASSOCIAÇÃO ARQUITETURA GARIMPO E N T R E V I S TA DECORAÇÃO GASTRONOMIA POR AQUI

06 10 14 16 22 26 32 34 40 46 50

Seção de cartas / Espaço do morador Incentivo à atividade física Folhas caem no quintal Complexo planejado, harmônico e verde Master disponibiliza aplicativo para moradores Cores e texturas com personalidade Um toque especial Reformar, reutilizar e ressignificar Com ou sem colarinho? Aceita um pedaço? Passeio no Moinho

EXPEDIENTE

Revista Swiss Park é uma publicação da Swiss Park Prestação de Serviços Ltda. Diretor Responsável: Ricardo Anversa. Design Gráfico: Charles de Souza Leite. Revisão: Marco A. Storani. Editorial: Newslink Comunicação. Jornalista Responsável: Raquel Mattos - MTb 26.865.

Textos: Élcio Ramos, Raquel Mattos, Carolina Pimentel e Priscilla Bellini.

Leia a Revista Swiss Park no www.swisspark.com.br

Fotos: Celso de Menezes.

Fale com a gente: editorial@revistaswisspark.com.br

Conversa: fotos dos eventos cedidas pelos residenciais. Esporte: Wesley Ferreira. Associação: cedidas pela Master. Garimpo: cedidas pelas empresas. Entrevista: divulgação. Decoração: Espaço Completo - Jefferson Ataliba, Rústico Chique - Vitor Damiani, Perfeito para um cervejeiro - Leandro Farchi

Anúncios: comercial@revistaswisspark.com.br Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização prévia da editora. A Revista Swiss Park não se responsabiliza

Foto da capa: rua do residencial Baden

por produtos ou serviços anunciados.

R E V I S TA S W I S S PA R K

05


CONVERSA

ÚLTIMA EDIÇÃO

Gostei de ter participado da Gastronomia! Acho que assim outros moradores podem se inspirar e preparar pratos saborosos, sem demandar muito tempo na cozinha. Foi legal a reportagem ter citado o lançamento do meu livro com ilustrações do meu filho. Muita gente quis saber detalhes. ALINE GRIPPE DE MELLO FONTES, do Vevey, fez um delicioso T-bone para a revista.

GÁS ENCANADO No dia 7 de março, realizamos o primeiro plantão de vendas da Comgás para os associados do residencial Genève, que é o primeiro residencial a ter o gás encanado do complexo. O gás encanado deve chegar em aproximadamente seis meses. MARCELO BASSO GENÈVE

EU LEIO A REVISTA SWISS PARK

Além de morar no Swiss Park, sou um dos primeiros parceiros da revista. Gosto do conteúdo e da visibilidade que a publicação traz para minha escola. MARCOS FANTIN mora com a esposa e filhos no Swiss Park e é diretor do Colégio Crescer Campinas.

06

R E V I S TA S W I S S PA R K


MULHERES DO ZÜRICH O dia 8 de março foi bastante comemorado no residencial Zürich, com coquetel apoiado pelo presidente do Conselho, Mauro Imai. Organizado com dedicação pela moradora Regina Castro Roveri, o evento contou com brindes oferecidos por empreendedores, sorteio e muita animação.

SPA NO SWISS PARK

O Swiss Park tem um spa! Pode relaxar à vontade... O Amalva Spa foi inaugurado no dia 5 de março e tem um time de profissionais altamente especializado para cuidar dos clientes. Andressa Tavares, proprietária (na foto ao lado da gerente Fernanda Bertami), é moradora do Arosa.

RA E TETU I U Q ENTO OBRAS M •AR A CI DE REN ÕES ÇÃO A •GE R VAÇ T O S I R O IN AP GISM ADM ETOS • A S I PA OJ ES • •PR R O I ER •INT o k com r a P wiss s o S scritório e to o m e n h e Escol de nosso u crescime s e se a sed nhamos envolvemo a s p os e t acom início. D de proje o s a ém desde ra centen ocê tamb v go se até a encial. Se lizar nes a d i e s m r no re sonho a a tomar u h m o tem u crível, ven os imens m n i e r r luga nosco. Te ber. co ce café lhe re m e r praze

Av. Wellman Galvão F. Rangel, 3.155 Swiss Park - Campinas - SP (em frente ao Parque Botânico) Tels.: 19 | 3238.7635 99108.2642 campidellis@campidellis.com.br facebook.com/campidellis campidellisarquitetura.com.br


GENÈVE: NOVO ACESSO

QUER INVESTIR A 300%

DO CDI E SER SUSTENTÁVEL?

FAÇA COMO SEU VIZINHO! W W W. I NT I S O L A R . C O M . B R

Desde março os moradores do Genève contam com um novo acesso para entrar no residencial. Antes, o retorno da Avenida Dermival Bernardes Siqueira era feito próximo do Fribourg, o que rendia um trajeto de cerca de 2,5 km a mais para os moradores. O projeto, realizado pelo residencial, teve verba aprovada em assembleia e agradou aos moradores que aguardavam a obra.

Cond. Swiss Park – Fribourg

Cond. Terras de São José II

S I S T E M A S O L A R F O T O V O LTA I C O

Os valores da TABELA DE PREÇOS incluem equipamentos, instalação, frete, projeto e aprovação na CPFL.

(19)

99209-9996 | (11) 97083-2668 (11)

3181.1471

contato@intisolar.com.br Av. Paulista, 807 - 23° andar | São Paulo - SP

W W W. I NT I S O L A R . C O M . B R

MORADORA FAMOSA Ela já tem nome: Juju, a tucana (sim, já descobriram que é uma fêmea!) que visita diariamente as casas no Biel e foi até filmada pela EPTV, para uma matéria do Terra da Gente. Renato Thomaz Jr., presidente do Conselho do residencial, enviou as fotos para a revista e disse que Juju é a mascote do lugar. Todos cuidam dela e a tratam com muito carinho. Banana, mamão e água não faltam para Juju em todas as casas.


ESPORTE

Raquel Mattos

Incentivo à atividade física Morar no Swiss Park é um estímulo às práticas de esporte. E tem espaço para todas as opções

10

R

uas espaçosas, arborizadas e cheias de segurança. Um Parque Botânico com trilha em meio à natureza. Quadras poliesportivas e academias bem montadas nos residenciais. Só não pratica atividade física no Swiss Park quem não quer! E há espaço para muitas modalidades. Inclusive, há grupos organizados de moradores que praticam esportes juntos. Basta andar um pouco pelo complexo, principalmente nos fins de semana, para comprovar: os moradores usam, sim, o empreendimento para manter a qualidade de vida e o bem-estar. Gente correndo, pedalando, caminhando. Quadras com times de futebol ou parceiros de tênis. Academias dos residenciais cheias de gente apostando na musculação, em aulas de dança ou de lutas. E são pessoas de todas as idades, desde as mais jovens até idosos. Exemplos de quem quer superar limites dia após dia, tendo como resultado mais saúde. Cada dia mais pessoas percebem a importância da atividade física na rotina diária. Dessa forma, buscar o local ideal para se exercitar é meta de muita gente. Distâncias, trânsito e falta de tempo acabam sendo empecilhos. Então, as possibilidades oferecidas aos moradores do Swiss Park são importantes oportunidades para não ficar parado.

Registros de práticas esportivas no complexo: ar livre e muita motivação R E V I S TA S W I S S PA R K


De todo modo, é bom lembrar que não é recomendado calçar os tênis e sair correndo sem antes tomar alguns cuidados necessários. Contratar um personal trainer ou professor para trabalhar com um determinado grupo pode ser opção para evitar lesões e garantir acompanhamento. É bom lembrar que exercícios realizados de forma incorreta podem acarretar problemas ao invés de melhorias na qualidade de vida. Mesmo se a sua opção for a caminhada ou outra atividade leve, sempre é recomendado consultar um médico antes de iniciar qualquer exercício. Aliás, avaliar a saúde periodicamente é indicado para todas as pessoas, até mesmo para quem tem bom condicionamento físico.

Uma Uma clínica clínica odontológica odontológica completa e completa e perto perto de de você você

Consultório amplo, confortável e com alta qualidade de atendimento. Técnicas e Consultório amplo, confortável e com alta tratamentos modernos para Técnicas resultados qualidade de atendimento. e mais rápidosmodernos e com menos tratamentos para incômodo. resultados mais rápidos e com menos incômodo.

• Odontologia Estética • Odontologia Estética • Ortodontia • Ortodontia • Implantodontia • Implantodontia • Reabilitação Orofacial • Reabilitação Orofacial • Clínica Geral • Clínica Geral

Av. Francisco Alfredo Júnior, 569 Swiss Park - Campinas Av. Francisco Alfredo Júnior, 569 Tel: 3291-2708 Swiss Park - Campinas WhatsApp: 98970-8351 Tel: 3291-2708 WhatsApp: 98970-8351

www.swissodontoprime.com www.swissodontoprime.com


ESPORTE

QUALIDADE DE VIDA O Swiss Park é sinônimo de qualidade de vida e isso é divulgado desde o início de sua incorporação. Dessa forma, a vida tranquila disponível no complexo, combinada à alimentação saudável e prática de atividade física, passa a ser o conjunto perfeito para o bem-estar geral do corpo. Caminhadas ao ar livre e o contato com a luz solar já são os primeiros benefícios que podem ser contabilizados. Alívio das tensões, ansiedade regulada, depressão afastada... o bem-estar mental também está incluído como benefício. Imunidade às doenças, força e resistência. A atividade física, comprovadamente, prolonga a vida. Assim, o esforço vale a pena. E não é difícil tendo como cenário as paisagens do Swiss Park.

12

R E V I S TA S W I S S PA R K


DICAS IMPORTANTES Procure um profissional especializado, que poderá criar uma rotina de exercícios específica. Os resultados na saúde e na qualidade de vida serão mais rápidos. Desenvolva uma rotina que inclua a atividade física e estipule um horário fixo na sua agenda para ela. Comece devagar para não saturar os músculos e acabar desistindo. Escolha roupas e tênis adequados, que sejam confortáveis. Uma boa rotina de exercícios pede também uma alimentação equilibrada e saudável. Foco e determinação como fatores principais e que são necessários para mudar a rotina. Lembrar que a motivação tem de ser alimentada diariamente para que se consiga ter a atividade física como um prazer e não uma obrigação. Fonte: Portal Guia do Corpo guiadocorpo.com


REDE SOCIAL

Priscilla Bellini

Folhas caem no quintal

A

brir a janela de casa ou do escritório e se deparar com uma linda paisagem é um privilégio dos moradores dos empreendimentos da Swiss Park Incorporadora. O pôr do sol de outono é um cenário à parte, que possui uma cor singular. Sem falar nas folhas das árvores que amarelam, secam e caem, compondo lindas paisagens e inspirando as fotos de quem passa pelas ruas dos empreendimentos. Quando postar suas imagens nas redes sociais – Facebook e Instagram – use as #swisspark, #swissparkoffice ou #vilasuica que nós, da Revista Swiss Park, estamos sempre em busca de belas imagens para compartilhar aqui!

14

VISITE NOSSO INSTAGRAM:

@swisspark

@catia.furlan.design

@coachfinotelli

@giovannarovai

@juliocelafotografo

@lavieswisspark

@leandrojsj

@lissandrafigueiredo

@raidtheseven_sense

@stph.betti

R E V I S TA S W I S S PA R K


C O N S T R U Ç Ã O

A C A B A M E N TO

B R I C O L A G E M

D E C O R A Ç Ã O

J A R D I N A G E M

Morador do Swiss Park, você tem benefícios* exclusivos na LEROY MERLIN mais próxima.

Consulte condições na loja.*Desconto de 5% (exceto para produtos em oferta) para os moradores do Condomínio Swiss Park, mediante apresentação do comprovante de endereço ao assessor de venda. Frete grátis para entregas dentro do Condomínio Swiss Park. Atendimento personalizado pelo e-mail materiaisanhanguera@leroymerlin.com.br

Desconto exclusivo, frete grátis e atendimento personalizado.

Loja Campinas Anhanguera Rodovia Anhanguera, km 97, junto ao Trevo da Bosch. www.leroymerlin.com.br


FIQUE POR DENTRO

Complexo planejado, harmônico e verde C

As regras de construção no Swiss Park garantem qualidade de vida, harmonia e beleza

onstruir no Swiss Park é o sonho de muita gente. E é ter a certeza de que toda a sua obra estará amparada por normas que garantem qualidade de vida e harmonia para todos os moradores. Um conjunto de regras que deve ser seguido por todos os que vão construir no complexo, no primeiro momento, pode parecer imposição. Porém, quem vive aqui pode constatar que o benefício trazido ao seguir o “passo a passo” apontado pelo Departamento de Projetos e Fiscalização de Obras da Master, a associação de moradores do complexo, é enorme. Quem não quer viver em um local onde seu quintal não tem sombra da casa vizinha ou onde todas as casas podem receber o sol da manhã? E esses são apenas alguns detalhes disponíveis para quem mora no empreendimento.

Praticidade da construção no complexo, com o amparo de profissionais experientes, faz parte dos diferenciais que valorizam os imóveis e mantêm o padrão do empreendimento

16

R E V I S TA S W I S S PA R K

Raquel Mattos


Rua do residencial Baden

R E V I S TA S W I S S PA R K

17


FIQUE POR DENTRO

Após escolher o terreno e conseguir vislumbrar ali um projeto que vai abrigar a família confortavelmente, os proprietários dos lotes recebem o Regulamento de Uso do Swiss Park e o Guia Canteiro de Obra. Ali estão descritas as normas e cada um dos futuros moradores aponta sua concordância. “O principal objetivo é beneficiar os moradores; tudo é fruto de estudo e da experiência da loteadora em oferecer qualidade de vida e garantia de bom convívio”, aponta Anália Nogueira, engenheira civil e gestora da área de projetos, que participou desde a implantação do Swiss Park, em 2006, e até hoje acompanha as particularidades de cada residência construída. A equipe atualmente é formada por oito pessoas entre fiscais, técnicos e vistoriadores. É importante lembrar que o conjunto de regras faz parte dos diferenciais que valorizam os imóveis e mantêm o padrão do complexo, já tão conhecido e que, por isso, é um dos bairros mais desejados para se morar em Campinas, apontado inclusive em pesquisa de 2017, realizada pelo portal ImovelWeb. Avenidas arborizadas por todo o complexo

18

R E V I S TA S W I S S PA R K


Praรงa do Relรณgio recepciona moradores e visitantes

Playground divertido do residencial Basel


FIQUE POR DENTRO

ECOLOGICAMENTE PENSADO Todo mundo que já participou da construção de uma casa sabe que obra envolve planejamento, engenharia, preparo e coordenação. E ao construir no Swiss Park, além do apoio da equipe do Departamento de Projetos, o proprietário sabe que sua casa estará inserida em um conceito de residencial totalmente planejado, harmônico e sempre com muito verde, ecologicamente pensado. Um dos destaques neste quesito é a permeabilidade do lote. No Swiss Park, os terrenos devem ter 30% de área total permeável. Para aprovar um projeto comum na prefeitura da cidade, pede-se 10%. Mas no Swiss Park é diferente, pois o complexo está preparado para não ter enchentes ou alagamentos. A regra é um dos exemplos inspiradores de engajamento ecológico do complexo. Com a permeabilidade, as águas das chuvas conseguem infiltrar-se no solo de forma natural, não escoando diretamente para as galerias de águas pluviais, sendo despejadas nos lagos e causando inundações.

Guias e sarjetas no estilo americano: conforto, tecnologia contra infiltrações e auxílio no escoamento da água

20

R E V I S TA S W I S S PA R K


INCENTIVO AO PAISAGISMO Ainda nos projetos, é pedido 40% de área permeável no recuo frontal (sendo recomendado 60%). “Além de contribuir para o escoamento das águas, essa permeabilidade incentiva o morador a investir no paisagismo, o que torna o local ainda mais verde e bonito”, opina a gestora do departamento de obras. Outro diferencial, agora para as áreas comuns, são as guias e sarjetas rebaixadas no estilo americano, projetadas especialmente para o Swiss Park e presentes em todo o empreendimento. As guias possuem tecnologia para evitar infiltrações, auxiliam no escoamento da água, garantem maior conforto ao passar com o carro para entrar em garagens e, de sobra, são muito mais decorativas.

PRECISANDO DE

MÓVEIS SOB MEDIDA?

A LEO INDICA E GARANTE, ACESSE:

WWW.LEOINDICA.COM.BR


ASSOCIAÇÃO

Priscilla Bellini

Master disponibiliza aplicativo para moradores Conveniência e modernidade disponíveis aos residenciais

A

comunicação na palma da mão não é mais uma novidade e, sim, uma necessidade! Pensando nisso, a Associação Master passou a disponibilizar um aplicativo para os moradores do Swiss Park, facilitando o acesso a segundas vias de cobranças, comunicados, atas de reuniões, reservas on-line das áreas comuns, entre outras funcionalidades. O aplicativo Área do condômino pode ser baixado gratuitamente direto da loja de aplicativos do seu celular – Google Play e App Store –, e para acessar é necessário colocar e-mail e senha, os mesmos utilizados para entrar na área do associado no site da Master. Caso tenha alguma dúvida em como utilizar o aplicativo ou precise solicitar senha, o condômino deve entrar em contato diretamente na Associação Master.

Acesse: www.associacaomaster.com.br instagram.com/masterswisspark facebook.com/masterswisspark Tel.: (19) 3778.5500

22

R E V I S TA S W I S S PA R K


Carolina Pimentel

CUIDAR PARA MORAR BEM Morar em um lugar tranquilo, com natureza exuberante, é um privilégio. Viver em um lugar limpo e bem cuidado é mais agradável ainda. Pensando no bem-estar de todos os moradores do Swiss Park, durante o mês de maio a Associação Master – Associação dos Moradores do Swiss Park Campinas – vai promover uma ampla limpeza com foco nos terrenos vazios de todos os residenciais. A ação tem o objetivo de prevenir contra manifestações de pragas, animais indesejados e insetos. Serão usados tratores de pequeno porte e a previsão é de que em 30 dias todos os residenciais já tenham recebido a equipe. “Realizamos a mesma ação no ano passado e o que mais recolhemos foram restos de jardinagem”, explica o gestor da área de Manutenção da Master, José Santos. Ele diz que é importante lembrar todos os moradores de que esse tipo de resíduo também é lixo e, quando acondicionado adequadamente, a empresa GMV faz o recolhimento rapidamente. Manter o ambiente limpo é essencial para que se preserve o bem-estar e a saúde das pessoas que convivem no Swiss Park. Além da conservação para um local mais saudável, manter os residenciais adequadamente limpos e organizados traz benefícios que elevam a qualidade de vida, dão mais aconchego e conforto.


ARQUITETURA

Priscilla Bellini

Cores e texturas com personalidade Família moradora do Fribourg há mais de cinco anos trocou a agitada São Paulo pelo sossego do residencial

D

iferente de muitas famílias, Karla e Edison Schneider não escolheram o terreno dos sonhos no Swiss Park, afinal o plano inicial era apenas investir no empreendimento. Mas os planos mudaram quando decidiram que era a hora de sair de São Paulo e ir em busca de uma vida mais tranquila no interior. Assim, não pensaram duas vezes em construir a casa da família no terreno que já tinham no Fribourg. “A construção foi uma loucura; a Ana Letícia era pequena e eu estava grávida do João Lucas, então conciliar a obra, a mudança de cidade e o trabalho foi uma tarefa atribulada e complicada. Depois, com tudo pronto, vi o quanto valeu a pena e como a nossa escolha de mudar para cá foi assertiva”, conta Karla. O projeto da casa é assinado pelo arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris. E quem deu o toque acolhedor na residência foi o irmão de Karla, o designer de interiores Giovani de Oliveira. “Ele tem várias ideias e vai, frequentemente, colocando em prática aqui. Meu pai é dono de uma loja de tecidos para cortinas e estofados; então, o interior de casa está sempre passando por modificações, como foi o caso da brinquedoteca”, explica a moradora.


BARZINHO EMBAIXO DA ESCADA

Para aproveitar melhor o espaço, a ideia para esse ambiente que fica integrado à sala de estar foi criar um barzinho. Edison conta que um nicho foi colocado embaixo de uma das escadas para armazenar as garrafas de vinho e a outra escada serviu de teto para a bancada com a pia e a adega climatizada. A mesa no estilo bistrô é convidativa tanto para um drinque quanto para um café.

Karla e Edison com os filhos, Ana Letícia e João Lucas

R E V I S TA S W I S S PA R K

27


ARQUITETURA

QUARTO DO CASAL Com uma ideia fixa na cabeça, Karla queria desde o começo um quarto preto e branco, mesmo contrariando a família, que achava que o ambiente ficaria muito pesado. A cabeceira e o pufe em frente da cama no estilo capitonê, as almofadas e os lustres pretos harmonizam com o papel de parede e a cortina branca e cinza. Para dar leveza e amplitude ao ambiente, a roupa de cama é branca e foram colocados dois espelhos atrás das 28

R E V I S TA S W I S S PA R K

cabeceiras. Saindo dos quartos, ainda no piso superior, tem o escritório, decorado por belas fotos da família. E fotos são o que não falta pela casa, desde pequenos porta-retratos até as ampliadas e colocadas em locais de destaque. “Hoje em dia, com o uso dos smartphones, as pessoas não estão imprimindo mais as imagens, mas eu acho muito gostoso poder deixar algumas imagens expostas pelos cômodos”, comenta Karla.

A antiga brinquedoteca deu espaço para uma das paixões da família: as viagens


Marmoraria Marmoraria

morim morim

3849-1455 3849-1455 Granitos, (19) Granitos, (19) Mármores 3871-1978 Mármores e e 3871-1978 acabamentos acabamentos

SALA DE LEITURA Tendo como inspiração o gosto da família pela música, a peça central da sala de leitura é a icônica poltrona Eames, que foi criada pelo casal de designers norte-americanos Charles e Ray Eames e mostra o perfeito equilíbrio entre formas, e os volumes dos móveis das décadas de 1940 e 1950. Confortável e com desenho atemporal, o móvel é bastante convidativo para uma leitura. É ali também que alguns dos violinos da família ficam guardados. Sim, alguns, pois eles têm mais de dez instrumentos em casa. Edison conta que seu interesse pela música vem da família. “Meu pai era um grande violinista e minha mãe fez questão que todos estudassem música. Tradição esta que passa de geração em geração, pois os nossos filhos também tocam desde pequenos”, orgulha-se.

97406-9180 97406-9180

Nacionais e Importados Nacionais e Importados

www.amorimgranitos.com.br www.amorimgranitos.com.br contato@amorimgranitos.com.br contato@amorimgranitos.com.br Valinhos (Antes Pedágio Anhanguera) Valinhos (Antes dodo Pedágio KmKm 83,83, Anhanguera) Independência, 2624 Av.Av. Independência, 2624

s as idluaid u l c nconrka! rk! C P so CPa s a r s iss E S IAS isw brOab wS E L T O 0 o So ULSU TNCÊIANC n NSONERFÊER 4014 nó +1 +Só S E CO CREFR S

ASSA SSOS NO N

Temosmão-de-obra mão-de-obra Temos colocaçãoespecializada especializada dedecolocação


ARQUITETURA

ÁREA EXTERNA Todos os cantinhos da casa foram muito bem aproveitados. O corredor, muitas vezes utilizado somente para circulação, ganhou duas cadeiras e uma fonte de água. No fundo, a área de lazer, composta por churrasqueira e piscina, é bastante convidativa para momentos de relaxamento. Estrategicamente, foi colocada uma rede, duas chaises – uma tradicional e outra suspensa – e espreguiçadeiras. Tudo isso adornado por um rico paisagismo, disposto em vasos com árvores frutíferas e temperos diversos.

30

R E V I S TA S W I S S PA R K


GARIMPO

Priscilla Bellini

Um toque especial

A

maioria das paredes nuas traz um clima frio e nada acolhedor para casa. Por isso a residência da família Schneider tem um toque quente e pessoal, com quadros que emolduram sua história e outros de locais dos quais gostam. Seja obra de um artista renomado, passando por opções mais comerciais e acessíveis ou, ainda, transformando suas próprias fotografias de viagem em belas molduras, decorar a parede deixa sua casa com mais personalidade.

5.

4.

1.

8.

3.

6.

7.

32

R E V I S TA S W I S S PA R K

2.

1. Quadro gravura mapa-múndi, colorido, 55x70 cm. www.etna.com.br 2. Quadro sobreposto Paris, 60x60 cm. www.etna.com.br 3. Gravura do artista Marcelo Catalano, 80x40 cm. www.molduraminuto.com.br 4. “Travessia do Himalaia”, do artista Itamar de Melo. Óleo sobre tela, 100x80 cm. www.thehimalayabook.com 5. “Winter is Coming”, do artista Balazs Solt. Três tamanhos: 36x47,5 cm, 47,5x62,5 cm e 90x120 cm. www.urbanart.com.br 6. “Vícios e Virtudes”, da artista Desirée Feldmann. Três tamanhos: 36x47,5 cm, 47,5x62,5 cm e 90x120 cm. www.urbanart.com.br 7. “Axis Mundi - passagem”, da artista Jacqueline Aronis. Gravura em metal e chine collé com aquarela, 53,4x53,8 cm. www.trapeziogaleria.com 8. Flores raio X, quadro em vidro cristal, com moldura em madeira maciça, acabamento engessado, fundo em MDF e impressão digital, 30x30 cm. www.tokstock.com.br


E N T R E V I S TA

Priscilla Bellini

Reformar, reutilizar e ressignificar S Casal – que apresenta programa no GNT – esteve em Campinas para contar como dar vida nova ao móvel velho

34

R E V I S TA S W I S S PA R K

abe aquela mesa de madeira que ficava na sala de jantar da casa da vovó? Era tão linda, mas com o passar dos anos ficou feia e cheia de ranhuras. Para muitos, seu destino é um só: o lixo. Mas não é bem assim! Com os novos conceitos de uma sociedade sustentável, a história é outra. Com uma boa reforma e o uso correto das cores, essa peça da vovó se torna exclusiva e agrega valor enorme ao ambiente. Que o diga o casal Karina Vargas, designer de interiores, e André Lima, arquiteto, sócios do Estúdio Glória e apresentadores do programa Admirável Móvel Novo, no canal GNT. Eles fizeram da paixão por reformar móveis antigos um negócio de sucesso. Karina sempre teve paixão por resgatar móveis descartados, que – segundo ela – sempre carregam também uma história. Visitava bazares e antiquários em busca de peças originais. Com o tempo, acabou acumulando quase 300 peças. Foi nesse momento que acionou o marido, e o casal decidiu fazer um bazar para os amigos. Mas, antes de colocar o acervo à venda, os móveis passaram por reformas e desde o início, para chamar a atenção, algumas peças eram pintadas de cores bem marcantes, fato este que se tornou uma marca da dupla.


O casal esteve por aqui na Semana Design Campinas, evento que promoveu palestras, lançamento de produtos, bate-papos com foco em temas emergentes do design, instalações e exposições, a fim de fortalecer o potencial criativo da região neste segmento. A Revista Swiss Park esteve presente e fez uma entrevista exclusiva com os palestrantes, que abordaram as possibilidades de dar uma nova cara ao móvel antigo.

PARA QUEM GOSTA DE FUÇAR EM BAZARES, ANTIQUÁRIOS E FERROS-VELHOS, A DICA É TREINAR O OLHAR...

R E V I S TA S W I S S PA R K

35


E N T R E V I S TA

Esse tipo de móvel combina com todos os tipos de projeto? Até mesmo os mais clássicos? Quando os móveis reformados começaram a fazer sucesso? André - Já no primeiro bazar que fizemos sentimos um grande interesse. Vendemos muito bem e os móveis que mais fizeram sucesso foram os coloridos. Quando encerramos o primeiro bazar, Karina já estava pensando na edição seguinte. Karina - Mas na época não era “moda” ter móveis reformados em casa. Essa onda de reaproveitar o que se tem e dar um novo olhar aos móveis veio somente uns três anos mais tarde; até mesmo pelo sucesso que o Estúdio Glória, inaugurado em 2009, fez na época. Como surgiu a ideia de pintar os móveis, deixando-os com cores vibrantes? Karina - No começo a gente colocava muita cor para que quando as pessoas olhassem aquele móvel falassem: “Nossa, que bonitinho, vou levar para casa”, e com o tempo ficou uma característica nossa. Hoje é mais fácil vendermos um sofá todo em patchwork do que com uma cor lisa, por exemplo.

Karina - Sim, encaixa-se em qualquer decoração com um mínimo de personalidade; mesmo as mais clássicas têm espaço para peças autorais. A decoração de uma casa deve ter a cara do cliente. As pessoas buscam ambientes que as deixem alegres e ao mesmo tempo transmitam segurança. Você não pode ter um móvel sem sentido e sem personalidade dentro de casa. É legal ter peças de qualidade, mas que também tenham significado. Quando vale a pena investir numa reforma de uma peça antiga? O que deve ser avaliado? André - Há duas situações: a primeira delas é quando o móvel tem muito valor afetivo; neste caso, acho que vale a pena sempre. Agora, quando a peça é originada de um garimpo, é preciso avaliar bem, pois quanto melhor o estado menor será o custo e o trabalho. Para quem gosta de fuçar em bazares, antiquários e ferros-velhos, a dica é treinar o olhar: saber tirar o que há de melhor entre todas aquelas opções. Dê preferência para os móveis de madeira maciça. Tome cuidado com cupim: se tiver furinhos e pó dentro das gavetas, por exemplo, melhor não comprar. ANTES

HOJE É MAIS FÁCIL VENDERMOS UM SOFÁ TODO EM PATCHWORK DO QUE COM UMA COR LISA, POR EXEMPLO.

36

R E V I S TA S W I S S PA R K

DEPOIS


VOCÊ NÃO PODE TER UM MÓVEL SEM SENTIDO E SEM PERSONALIDADE DENTRO DE CASA

É possível colocar a mão na massa e fazer essas reformas? André - Possível é, porém não é para os fracos (risos!). É preciso ter um pouco de habilidade. Quem quiser se arriscar, acho melhor que comece com um móvel pequeno e sem valor afetivo, pois caso algo dê errado não haverá arrependimento. Karina - E, para aqueles que não têm habilidade, hoje em dia há inúmeros profissionais que mexem com reforma de móveis antigos e são capazes de dar vida e um novo significado ao móvel esquecido. ANTES

DEPOIS


E N T R E V I S TA

que você sempre encontre o caminho Poema de Joana Mao sobre o móvel, lido por Karina e André no fim da palestra em Campinas.

que eu te receba com carinho que eu te vista com a minha fantasia que você devolva a minha memória que eu te devolva a alegria que você venha colorir o meu dia

Os apresentadores do canal GNT Karina Vargas, designer de interiores, e André Lima, arquiteto: paixão por reformar móveis antigos virou um negócio de sucesso, que ajudou a mudar o conceito de reaproveitamento

que eu te veja morando na minha salinha que eu me sinta em casa contigo que você descubra uma casa comigo


DECORAÇÃO

Com ou sem colarinho?

Ela é o destaque da área de lazer! Nada como ter a sua própria chopeira

40

Carolina Pimentel

R E V I S TA S W I S S PA R K

P

ara quem aprecia um chope gelado (quase todas as pessoas!), nada como ter sua própria chopeira. No mercado há inúmeros modelos, mas a campeã das residências é a Naja, uma torre com uma ou mais torneiras. Para inspirar os moradores, a Revista Swiss Park buscou diferentes projetos que deram destaque para a máquina da bebida tão desejada. Confira e aprecie sem moderação.


PERFEITO PARA UM CERVEJEIRO O Loft do Cervejeiro foi um ambiente criado para uma edição da Campinas Decor que chamou a atenção. Desenvolvido pelos profissionais da área de arquitetura Roseana Monteiro, Vani Mazoni e Elton Casarin, o espaço foi criado para um amante de cerveja que pudesse convidar amigos para um happy hour de chope e para degustação de cervejas. A colocação de uma chopeira do tipo Naja de dois bicos permite o uso de dois barris de diferentes tipos. O balcão comprido em granito exótico cria o clima perfeito ao cervejeiro para preparar pratos a fim de acompanhar a bebida.


DECORAÇÃO

RÚSTICO CHIQUE O projeto desenvolvido por Matheus Mehler, da Arquitetura Ideal, atendeu o pedido de um casal que queria um espaço agradável, com estilo rústico e que conseguisse reunir todos os equipamentos como churrasqueira a gás, churrasqueira, cooktop, forno elétrico, cervejeira e chopeira em um único local. Tem bancada em granito café imperial e marcenaria feita sob medida com madeira maciça de demolição, e o espaço ganhou mais leveza com os azulejos estampados. 42

R E V I S TA S W I S S PA R K


ESPAÇO COMPLETO O revestimento com filetes de madeira e mármore traz aconchego para o espaço gourmet criado pela arquiteta Eliane Carvalho. O local possui todos os equipamentos necessários para receber os amigos em casa. Há uma churrasqueira, um fogão, uma máquina de gelo, uma grande cervejeira e uma chopeira de torre única com duas torneiras, instalada ao lado de uma grande janela com uma vista incrível para a mata.


DECORAÇÃO

PERFEITO PARA RECEBER OS AMIGOS A fim de deixar o ambiente mais receptivo para receber os amigos e desfrutar um espaço não só bonito, mas também funcional, a designer de interiores Júlia Prado desenvolveu um projeto, a pedido dos moradores, que permitisse incluir uma chopeira. A escolha do modelo Naja, de uma via com torre suada, tem como grande diferencial uma torneira Belga, que permite que o chope saia cremoso, como a grande maioria aprecia. A bancada central revestida em granito – com a chopeira – é voltada para os convidados. A combinação de materiais e texturas, incluindo um pouco de cor, resultou em um ambiente leve, moderno e descontraído.

UM BAR EM CASA O projeto desenvolvido pela designer de interiores Paula Daiane dos Santhos foi elaborado para proporcionar algo diferenciado em um canto que não tinha muita utilidade em uma residência. A profissional criou um bar estilizado e colocou uma porta de contêiner, trazendo todo o estilo industrial ao local. E nada mais satisfatório do que ter uma chopeira personalizada! Outros detalhes que fazem diferença no projeto são os acessórios decorativos temáticos.


GASTRONOMIA

Carolina Pimentel

Aceita um pedaço?

Max preparou especialmente para a Revista Swiss Park um delicioso bolo de café com chocolate

Chef do Fribourg aceita desafio e cria receita simples e deliciosa em comemoração ao Dia Mundial do Café

46

R E V I S TA S W I S S PA R K

O

Dia Mundial do Café é comemorado em 14 de abril. A bebida que aquece as manhãs e une pessoas no mundo todo, todos os dias, virou receita de bolo nas mãos do chef Max, morador do Fribourg. E, claro, a Revista Swiss Park foi provar a receita e bater aquele papo gostoso. Entre um gole de café e um pedaço de bolo macio, Max Calusni, que mora no Swiss Park há seis anos, com sua esposa Carol e os dois filhos: Vitor e Cauã, contou que viu sua vida mudar da água para o vinho em 2016. Depois de 28 anos, trabalhando como engenheiro em uma multinacional alemã, foi demitido. Foi a oportunidade de transformar um hobby em profissão. Hoje ele é o chef Max! “Na época estudava gastronomia e logo nos primeiros dias em casa fiz umas baguetes recheadas. Minha esposa tirou algumas fotos e mandou em um grupo de WhatsApp só de mulheres daqui do Swiss Park. Ela falou: ‘Max tem gente querendo comprar’. Não sobrou nenhuma para a gente experimentar”, conta. Em poucos meses, Max alugou um espaço próximo do Swiss Park para produzir os mais variados tipos de pães. E foi convidado para assumir a lanchonete de uma igreja próxima da sua casa, e foi lá que começou a elaborar lanches. “Comecei a testar receitas, fazer uns pães diferentes e, logo no início de 2017, resolvi ter o meu food truck. Hoje, continuo com os meus pães e tenho dois trailers que atendem dentro e fora do complexo.


CAFÉ NO SWISS PARK “Você acredita que quando cogitamos morar no Swiss Park, eu tive dúvidas? Fiquei um pouco indeciso, mas resolvemos acreditar. Agora, eu e minha família somos completamente realizados morando em um lugar tão privilegiado”, afirma Max. Além dos food trucks, Max também é uma espécie de chef delivery. Ele é contratado para elaborar almoços e jantares como feijoadas, churrascos e comidas variadas. Ele nunca está parado. “Quando a Revista Swiss Park me ligou me convidando para participar, e disse que gostaria de algo com café, topei na hora; gosto de me aventurar em novas receitas”, diz. A escolha do chef foi um delicioso bolo de café com chocolate, feito especialmente para esta matéria. O sabor da bebida é percebido sutilmente, mas o aroma é reconhecido de longe. Para quem aprecia o grão, o bolo, que é bem fácil de fazer, é uma excelente sugestão para o café da tarde.

A receita completa e as dicas do Max você pode conferir nas redes sociais da nossa revista. @revistaswisspark


GASTRONOMIA

RECEITA

100 95 75

Bolo de café com chocolate Ingredientes

25 5 0

Massa 1 xícara de margarina derretida 1 xícara de açúcar 1 xícara de achocolatado em pó 2 xícaras de café já pronto *dica do chef: faça bem forte 4 xícaras de farinha de trigo 1 col. de sopa de fermento em pó 4 ovos – separe as gemas das claras Cobertura 2 colheres de sopa de margarina 1 lata de leite condensado 1 gema peneirada 5 col. de sopa de café também já pronto 4 col. de chocolate em pó *dica do chef: pode substituir por chocolate meio amargo e ao leite (misturados) ralado

Como fazer Bata as gemas, a margarina derretida e o açúcar até formar um creme bem claro. Adicione o chocolate em pó e o café forte. Acrescente a farinha de trigo e, por último, o fermento em pó. Bater a massa até ficar homogênea. Adicione a clara em neve e misture delicadamente com uma espátula. Levar ao forno já preaquecido na 100 temperatura de 180ºC, por 30 minutos. 95

Cobertura: coloque em uma panela a marga75 rina, o leite condensado, a gema peneirada, o chocolate e o café. Leve ao fogo sem parar de mexer até ficar cremoso. Colar o creme ainda 25 quente sobre o bolo. 5

48

R E V I S TA S W I S S PA R K

0


POR AQUI 100 95 75

25

Passeio no Moinho

5 0

100 95 75

25

A

s golden retrievers Milla e Manu – mãe e filha – passearam em volta do Moinho do Swiss Park em clima de alegria. Milla havia sofrido um atropelamento meses antes e, por isso, teve de se acostumar a uma cadeira de rodas, importada especialmente para ela. Seguiu feliz por seis meses. Depois, virou uma estrelinha, no céu dos cachorros.

Manu sente falta da parceira de brincadeiras, mas tem uma felicidade que transborda e faz com que a saudade da Milla seja boa. Carolina Pimentel, jornalista da revista, cedeu a imagem que compõe o petbook feito de recordação da sua cachorra, fotografada pelas lentes de Everton Nunes.

5 0

R E V I S TA S W I S S PA R K

49


O PLANO PARA SUA VIDA

É CUIDAR DA SAÚDE COM MAIS FACILIDADE.

Ter acesso fácil a médicos, hospitais, rede de farmácias e outros serviços é fundamental quando o assunto é saúde. Por isso, quem tem Saúde Beneficência tem um aplicativo exclusivo que garante segurança e tranquilidade em seu dia a dia. Venha para o Saúde Beneficência e leve o cuidado para uma vida mais saudável sempre com você.

Baixe agora o aplicativo

maisquebeneficencia.com.br


“ U M A D A S P R I N C I PA I S O P Ç Õ E S DE COMÉRCIO E SERVIÇOS DE TODA A REGIÃO.” Revista InfoMoney

L O C A Ç Ã O C O M VA N TA G E N S Q U E APENAS NÓS PODEMOS OFERECER

SALAS MOBILIADAS

E S PA Ç O A D E Q U A D O AO SEU PROJETO

GARAGENS ADICIONAIS E 1 0 0 % C O B E R TA S

R O D O V I A A N H A N G U E R A , K M 9 0 , S E N T I D O S Ã O PA U L O (19) 3738.7050 / (19) 9 7410.0783 W W W. S W I S S PA R K . C O M . B R LOCAÇÃO POR RAQUEL CRISTINA FERES - ME / CRECI: 30218-J

CONVENIÊNCIA PA R A S U A E Q U I P E

Revista Swiss Park -Ed. 63  
Revista Swiss Park -Ed. 63  
Advertisement