Issuu on Google+

Jornal de um novo tempo Brasília, Distrito Federal, 23 de maio de 2012 - Ano 20 nº 799 - www.dfnoticias.com.br - redacaodfnoticias@uol.com.br - Exemplar R$ 1,00

PIO Foto: Divulgação

PERISC

Transparência

Já que a onda agora é mostrar gastos e custos do governo, além de numerários de servidores públicos, não custa nada relembrar: Em 2011, a Câmara Legislativa gastou R$ 187, 4 milhões com a folha de pagamento. Seu quadro funcional tem 1,7 mil servidores, sendo que 750 efetivos e 950 comissionados.

Infância negligenciada

É ruim ver pai levando o filho menor para explodir caixa eletrônico, como o veiculado na imprensa, no início do mês. Aqui no Distrito Federal é comum ver crianças acompanhando seus pais e às vezes mães, nos finais de semana, que bebem até de madrugada. Merece um olhar do Juizado de Menores.

GAROTAS DE PROGRAMA ESPERAM SEUS CLIENTES POR TODA PARTE Novas, de todas as idades, acompanhadas ou não , elas procuram por clientes em qualquer lugar do Distrito Federal. Mas existem pontos mais procurados como a Praça do Relógio em Taguatinga, Pistão Norte, ao longo dos eixões Norte e Sul e algumas quadras finais da Asa Norte, como da 310 até a 316. A prostituição corre a céu aberto nesses lugares e as drogas também. Os moradores das imediações desses locais reclamam das situações que as famílias têm que enfrentar no dia a dia. Página 3

Atualidade

Crianças sem creche e mães sem esperança

Acesso à informação pública Está em vigor a Lei de Acesso à Informação, que assegura o cidadão obter informações no âmbito do serviço público e nas três esferas de governo. A Lei sancionada em novembro passado, estabeleceu prazo de seis meses para que o Executivo, o Legislativo e o Judiciário adequassem as suas estruturas funcionais para cumpri-la. Neste caso, o setor público tem até o fim do ano para se adequar. Além de prevenir a corrupção, é uma melhoria no processo de gestão do país.

Várias mães estão desoladas , em Santa Maria, por não saberem onde seus filhos podem ficar, enquanto elas trabalham. Muitas estão sem trabalhar. A creche Gotinha de Luz fechou no início do ano. São 1.430 crianças que estão sem creche , sem as cinco refeições e sem o acompanhamento pedagógico que recebiam. A Secretaria de Educação afirma que suspendeu o convênio com a creche por causa da falta de prestação de contas. A presidente da creche se defende e explica que não recebeu os repasses em novembro e dezembro, por isso atrasou até o pagamento dos 300 funcionários. Página 5

Foto: Caio Marcelo/Divulgação

Cultura

Clássico Moderno As famílias brasilienses terão oportunidade de assistir a mais um musical produzido por Billy Bond. Branca de Neve, obra clássica dos contos infantis se torna mega produção e promete várias surpresas tecnológicas que encantarão crianças e adultos. Página 7

Página 4

Foto: Divulgação

Cidade

Mundo Melhor

Exército vai reformar creche comunitária A área da creche passará por reforma e ampliação das instalações. A creche vai se transformar em Centro Comunitário com capacidade para atender 400 alunos engajados em projetos sociais da comunidade do Varjão. A ideia é dar continuidade aos trabalhos que estão sendo realizados para reduziu os índices de violência na cidade. Por isso, firmaram parceria com o Centro de Comunicação e Guerra Eletrônica do Exército Brasileiro (CCOMGEX), que vai entrar com a mão de obra na reforma. Foto: Divulgação

Dilma pretende investir para diminuir os efeitos da estiagem

Página 6

A presidente Dilma Rousseff afirma que está discutindo a melhor maneira de investir nos efeitos da estiagem. A presidente avisou que R$ 2,7 bilhões serão utilizados em várias ações de combate à seca e na antecipação das metas do Programa Água para Todos. Outro assunto abordado foi a criação de linhas de crédito para ajudar os agricultores familiares e os produtores rurais. Página 3

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Livre de Impostos Empresários realizam ações no Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte e Liberdade de Impostos. De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), os brasileiros pagam bilhões em tributos. No dia 25 de maio, o Distrito Federal e diversos estados vão aderir a baixa dos preços sem impostos. A data é para conscientizar a sociedade e os poderes públicos da importância do respeito ao contribuinte. Página 8


2 Brasília, 16 de maio de 2012

PIO

“Trem da Alegria”

“Políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo”, Eça de Queiroz

Vendedores de sonhos

do país já não é suficiente. Reajustar tarifas é a lógica do capitalismo que vivemos e a doutrina maior do neoliberalismo que muitos criticam, mas não abrem mão quando está no poder. Mais uma perguntinha: “Se reajuste não é importante, por que os parlamentares não abrem mão de aumentar suas verbas de gabinetes?”. ***

E agora, José? Muitos figurões da política nacional estão perdendo o sonho depois que a Justiça Federal mandou o Senado demitir todos os contratados sem concurso por uma caneta em 1984. O chamado “Trem da Alegria”, como ficou conhecido na época, acomodou 1.554 “passageiros”. Estima-se que apenas 133 ainda estão no Senado, pouquíssimos abandonaram o trem, mas a grande maioria curte aposentadoria milionária em praias e balneários do país. ***

A chamada indústria dos concursos públicos nada de braçada em Brasília. Como ninguém ousa em conter lobistas que atuam em áreas governamentais para plantar notícias de novos editais. Com isso, quem ganha são as “faculdades” e os “cursinhos”, e “dançam”os sonhadores de emprego público. Foto: Divulgação

O alerta verde

A especulação imobiliária avança a largos passos no DF. Se não for contida continuará a causar sérios problemas para áreas de preservação ambiental. Exemplo dessa fúria está em Taguatinga Norte onde além de invadirem as QIs (quadras industriais), o avanço já chegou à velha garagem da Viação Pioneira e já mira expansão em área de manancial. ***

E assim se passaram 27 anos... O “Trem da Alegria” foi a maior contratação sem concurso público da história do Senado, assinado em dezembro de 1984, pelo então presidente do Senado Moacyr Dalla (PDS-ES). Na época chegou a ser divulgada uma lista com o nome de mais de 150 jornalistas, entre editores e colunistas famosos, além de parentes a contraparentes de jornalistas. *** Estranho é que a decisão da Justiça Federal não causou estardalhaço na mídia. Por quê? Também pudera. Mais de 10% das indicações foram de chefões de redações de diários influentes da época. Na lista dos agraciados, têm personagens do atual cenário político nacional, como Roseana Sarney, atual governadora do Maranhão, efetivada como analista legislativa de Orçamento Público do Senado depois de ocupar o cargo de assessora no gabinete do pai, o senador José Sarney, desde 1980. ***

É lamentável dizer que isso acontece porque políticos priorizam suas ambições desmedidas e desconhecem o que há de mais importante na cidade. Se eles conhecem, tudo parece que fazem vista grossa à especulação. O avanço de projeções imobiliárias naquela área de minas e nascentes, em particular, poderá comprometer o córrego Taguatinga, um dos mais importantes na formação da bacia do rio Descoberto, com sua junção a outros córregos. ***

Pingos e respingos

Em tempo de nevoeiros, pingos e respingos de cachoeiras, diríamos que o Cerrado é um rio que corre no leito das mentiras.

E tudo isso tem o aval da política habitacional do GDF, além de outros órgãos públicos. Que por meio do programa Minha Casa, Minha Vida (do Governo

Conselho de Saúde

A pergunta vem de Samambaia. “Para que serve mesmo o Conselho Comunitário de Saúde?” Para quem acompanha o dia a dia nas portas de posto de saúde no DF, a conclusão é lógica: “Serve para facilitar a vida de parentes e amigos de supostos conselheiros, que por preguiça não encaram filas no amanhecer”. Será que as autoridades sabem disso?

Tem pergunta aí

Foto: Divulgação

Segundo o jornal Metro (em edição inaugural) também aparecem na lista o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) e o deputado distrital Agaciel Maia (PSL-DF), que foi diretor-geral do Senado e responsável pelos atos secretos que permitiram nepotismo e benefícios vitalícios para cônjuges e ex-parlamentares. Como a decisão é de primeira instância, os servidores podem recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça e, posteriormente, até ao Supremo Tribunal Federal. O fato é que governo e empresários têm de buscar uma saída para a questão do transporte público, até porque vem greve por aí. E a bomba sempre estoura no mais fraco se não houver honestidade nas negociações que virão. Buscar pretexto de que temos a passagem mais cara

Frase

Foto: Divulgação

PERISC

DF NOTÍCIAS

Federal), fecham os olhos a incorporadoras que cada vez mais constroem para a classe média (e alta) sem nenhuma possibilidade de aquisição para os verdadeiros assalariados (um a dois salários mínimos) do DF. Não por acaso, que o programa do governo está sendo chamado de “minha casa, minha dívida”.

Quem passa na Avenida Samdu Norte observa que uma suposta quadra de esporte do Centro de Ensino Médio de Taguatinga (antigo-CETN) empacou. Têm pais de alunos perguntando: “Por que tem sido assim as obras do atual governo?” Registramos a pergunta, mas a resposta é com o GDF.

Artigo

Um país classe média? Um país que possui uma maioria da população na condição de classe média pode ser considerado um país desenvolvido. A mobilidade social, elevação da escolaridade, estrutura ocupacional diversa e melhor distribuição de renda estão associados com a ampliação da classe média. É por essa razão que a propagação de que somos um país classe média é tão proeminente no discurso do governo e de setores da imprensa que corroboram um clima de euforia em torno do Brasil como a ‘bola da vez’. Neste sentido, nada mais marcante para indicar o sucesso do crescimento econômico, das políticas sociais e do aumento do mercado interno brasileiro do que afirmar que já somos um país cuja maioria da população pertence à classe média. Há, no entanto, vários problemas com a definição do que é ser classe média que podem ser incômodos para os precipitados anúncios de uma suposta mudança estrutural na estrutura de classes brasileira. O conceito de classe na tradição sociológica é mais amplo do que a definição de estratos de renda e perfil do consumo das famílias. A classe social expressa um tipo de relação com o processo de produção que define as duas classes fundamentais da nossa sociedade; os trabalhadores que vendem a sua força de trabalho e os capitalistas que compram a força de trabalho como um dos fatores de produção necessário à produção de riqueza e à acumulação de capital. A classe social também expressa um estilo de vida, um comportamento social e uma hierarquia de status na sociedade. A associação entre escolaridade e mobilidade social da condição de classe trabalhadora para a classe média ou até mesmo para as classes dominantes está relacionada, entre outras coisas, com a posse de habilidades e qualificações que resultam em maiores chances de mudar a classe social do que os grupos que não possuem propriedade ou habilidades. O aumento da escolaridade, da massa salarial e das políticas de proteção social para os trabalhadores nos países capitalistas desenvolvidos do hemisfério norte durante o pós-guerra contribuiu para a classe média se tornar maioria. Apesar de uma maior afluência das classes trabalhadores, as aspirações entre os trabalhadores e classes médias continuam sendo diferentes. Um dos pontos chaves desta diferença é a quantidade de capital cultural que essas classes possuem. As diferenças na posse dos recursos culturais e sociais (uma educação escolar com qualidade, socialização com as manifestações da vida cultural na forma das artes e literatura, interação com grupos sociais que possuem maiores possibilidades de ascensão) afetam diretamente o estilo de vida e o comportamento social.

Diretoria Suéllen Vieira Barreto - Presidente

Redação Francisca Rocha - Editora franciscapautas@gmail.com

dfnoticias@uol.com.br redacaodfnoticias@uol.com.br

Vivianne Frota - Repórter annefrota@bol.com.br

www.dfnoticias.com.br

Cledson Soares - Design gráfico

Ao reduzir a condição de classe à posse de bens de consumo duráveis e às instalações da residência, perde-se outros elementos chaves para caracterizar as classes médias. Paradoxalmente, o aumento do consumo pode estar associado com uma estrutura ocupacional que afeta negativamente a expansão da classe média. Quando o aumento de consumo de bens duráveis ocorre em função da sobrevalorização cambial e maior dependência do financiamento externo via fluxos de capital com caráter especulativo, isso acarreta a diminuição de postos de trabalho mais qualificados na indústria e nas atividades de serviços a ela associadas. Os trabalhadores brasileiros podem consumir mais bens duráveis em função da importação destes bens de países mais competitivos e com moeda, muitas vezes, menos valorizada do que o real, como o caso emblemático da China. Neste sentido, a melhora da capacidade de consumo das classes baixas não sinaliza necessariamente uma maior mobilidade social. O mesmo processo ocorreu nos EUA nos últimos trinta anos, conduzindo ao aumento da desigualdade social. Apesar do aumento da escolaridade formal da força de trabalho brasileira, verificou-se um aumento relativo e absoluto em postos de trabalho que exigem pouca qualificação profissional, pobres em capital humano. É importante frisar que não se trata de negar a melhoria dos indicadores sociais e a redução da desigualdade ocorrida ao longo dos últimos dezoito anos e mais particularmente ao longo da última década. Houve aumento da força de trabalho formal, aumento real de salários (especialmente dos salários mais baixos) e aumento em políticas de proteção e inclusão social como o SeguroDesemprego e a Bolsa Família. São mudanças que contribuem para a melhoria das condições de vida e do consumo da classe trabalhadora, mas insuficientes para transformá-la em classe média. A educação de qualidade é crucial para essa mobilidade social e ainda está bastante rarefeita no Brasil. A esmagadora maioria da população é privada de uma educação de qualidade e privada do acesso aos bens culturais. Como bem colocou o sociólogo Jessé Souza em Os Batalhadores brasileiros, não é possível uma classe média desprovida de capital simbólico. Pode-se dizer que, ao ampliar a inclusão social e expandir direitos de proteção, estamos permitindo uma maioria de trabalhadores portadores de cidadania social e contribuindo para que eles sejam a maioria da população. Trata-se muito mais de uma nova classe trabalhadora do que de uma nova classe média, como bem aponta Jessé Souza. Moisés Villamil Balestro - professor do Programa de Pós-graduação em Agronegócios e do Centro de Pesquisa e Pós-graduação sobre as Américas (CEPPAC), da Universidade de Brasília.

DF NOTÍCIAS Expediente O DF NOTÍCIAS é de propriedade da DF Notícias Editora Ltda SIG - Quadra 3 Bloco B Entrada 75 2º Andar CEP 70610-400 - Brasília-DF

e-mail: redacaodfnoticias@uol.com.br Telefones: 3964-0777 e 3039-2631

Os artigos e matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores. Impressão F. Câmara Gráfica e Editora Tiragem 5 mil / 10 mil exemplares


Brasília, 16 de maio de 2012 3

DF NOTÍCIAS

TRÂNSITO - Os que pretendem se

habilitar à CNH A, para motos, têm questionado que ao conseguirem aprovação não estão aptos para andar no trânsito. Reclamam que o percurso é insuficiente para simular as situações do trânsito

Após receber a CNH

“Só Deus e o motorista no trânsito”

O

s exames que aprovam para a habilitação para carteira A, de moto, não garantem que o novo motociclista saiba conduzir o veículo nas ruas. A preparação deixa a desejarafirmam alguns candidatos. Mal possibilita para passar pelas exigências do Detran no dia da prova prática. “Os que passam não estão preparados para enfrentar o trânsito, principalmente os que tiram a primeira habilitação, pois nas aulas não aprendem a passar as marchas, usar os equipamentos como pisca alerta e outros”, adverte André Rogério, 19 anos que conseguiu aprovação na prova no início de março, mas que não se sente seguro em andar no trânsito. Também esta é a reclamação de Alexandre Rodrigues, chefe de cozinha, que fez prova em abril. Ele se diz chocado com o que viu durante as aulas e no dia da prova. “Nas aulas, se aprende pouca coisas sobre como pilotar uma moto. A instrução se destina apenas a passar no teste exigido pelo Detran DF, ou seja, estou fazendo aulas há vários dias e não sei como trocar uma marcha, como ligar os faróis ou o pisca alerta. Esta situação se constitui num escândalo público, pois, apesar de passar no teste de direção, a maioria dos alunos terá que, após

15 aulas, aprender a pilotar motocicleta. Enquanto isso, as estatísticas brasilienses e brasileiras de acidentes com veículos de duas rodas só aumentam”, alerta Alexandre que foi reprovado no exame. Ele pretende pegar aulas para tentar fazer outro exame, primeiro com um instrutor particular e só depois continuará com as aulas na auto escola e após está muito bem seguro, tentará novo exame. Alexandre critica também as condições do local das aulas e dos exames. O interessado em tirar habilitação para dirigir motos tem que ir a um centro de formação e fazer inscrições para fazer as aulas teóricas e práticas. Segundo o presidente do Sindicato dos Proprietários de Auto Escolas, João Loyola, ele já se reunião com o Detran/DF e questionou junto ao órgão que o percurso usado para a aula prática não é o suficiente para avaliar o aluno. “Os alunos não são instruídos o suficiente para pilotar a motocicleta em pleno trânsito. Talvez seja o motivo para alto índice de acidentes e mortalidade. A situação piora quando a primeira habilitação é de moto, pois o carro tem vários recursos que a moto não tem e que o inexperiente motorista pode dispor. Mas não compete as auto escolas fazer essa mu-

Foto: A. Sabino

Alunos recebem habilitação A, mas se sentem inseguros no trânsito

dança e nós seguimos a legislação”, analisa João. Em resumo , a prova para tirar a carteira de habilitação categoria A, para conduzir motos, é feita em poucos minutos. O candidato precisa cumprir um pequeno circuito pintado no chão, passar pelos cones e a auto escola só prepara para ser aprovado na prova do Detran. Gabriel Germano, 18 anos, está tirando carteira A e B ao mesmo tempo e acha que a experiência é questão de tempo, porém concorda

que as aulas para a carteira A poderiam preparar melhor os candidatos. “Poderiam ensinar mais coisas. Deveríamos aprender as aulas práticas num espaço maior, para usar uma velocidade maior e simular situações que iremos encontrar no trânsito. “Nossa reportagem visitou um dos locais usados para a realização das aulas e das provas, ao lado da Rodoferroviária, e constamos a preocupação de alunos e instrutores com a situação. A área onde são ministradas as au-

las e os exames é pequena e nos dias de prova, toda quinta-feira, comporta em torno de 300 pessoas, o que é um sufoco para alunos e avaliadores, pela falta de estrutura. Muitos que se encontravam no local questionaram e afirmaram que no percurso usado para as aulas devem ser disponibilizadas todas as situações encontradas no trânsito, inclusive frenagem, queda, mas com segurança, simulações de marchas para que o aluno saia com condições de dirigir no trânsito.Os alunos só usam no circuito a primeira marcha. Para alguns instrutores as condições de trabalhos são ruins, para se protegerem do sol e chuva improvisaram alguns barracos que dão um aspecto horrível ao local. Banheiros só estão disponibilizados os do Shopping Popular. Carlos Divino Silva, 18 anos, considera que as aulas são boas no que se refere ao equilíbrio, mas poderiam oferecer mais, como simular fazer um balão, passar em quebra-mola, espaço maior para passar outras marchas e fazer reduções. A quantidade de aulas para fazer o percurso exigido é grande, assim poderiam estar aprendendo outras dificuldades de andar no trânsito. Quanto à prova prática é fácil. “É uma volta só no percurso, no entanto não pode errar nada. O difícil é quando temos que an-

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta terça-feira (15) ao chegar no Ministério da Fazenda em Brasília que não haverá aumento nos preços da gasolina. “Não vai ter nenhum aumento”, disse o ministro, que se reuniu com o Conselho de Administração da Petrobras. Mantega presidiu reunião do Conselho de Administração da Petrobras na representação da estatal em Brasília. A pauta do encontro foi a análise dos resultados da companhia no primeiro trimestre do ano.

O mercado tem pressionado a Petrobras a reajustar os preços dos combustíveis, uma vez que valores defasados têm afetado os resultados da companhia, como ocorreu no último trimestre de 2011. Analistas esperam uma nova queda no lucro no primeiro trimestre, reflexo do avanço significativo das importações de combustíveis, que anulam parte dos benefícios do aumento dos preços do petróleo mais altos. A estatal não tem repassado a alta dos custos para os consumi-

dores, com o governo temendo o impacto de uma alta dos preços na inflação.

Petrobras vinha sinalizando aumento No final de abril, a presidente da Petrobras, Graça Foster, voltou a falar na possibilidade de aumento no preço da gasolina para o consumidor. Segundo publicado pela Agência Câmara, Graça disse que será impossível deixar de repassar o aumento do petróleo

no mercado internacional para o consumidor brasileiro, caso as previsões de alta se confirmem. A presidente da estatal já havia dito que o patamar do preço internacional do petróleo está mais alto do que em anos anteriores, porém, na ocasião, ela informou que ainda não há uma data para um possível aumento. “Há claramente uma mudança no patamar de preços neste horizonte de 2012. Em algum momento, a expectativa é que tenhamos reajuste no preço de combustíveis.

Foto: Divulgação

Mantega afirma que não haverá aumento no preço da gasolina

dar no trânsito. Estamos por conta própria e risco”, afirma Divino. No Distrito Federal, de acordo com o último balanço do Detran DF, de janeiro de 2012, são 265.545 condutores habilitados na categoria A, exigida para a condução de motocicletas. E o Departamento de Trânsito afirma ainda que as exigências para se habilitar à carteira A ou qualquer outra são as mesmas usadas no país e obedecem às leis estabelecidas pelo Denatran e Contran. Segundo o Denatran, há um grupo de estudo discutindo mudanças na legislação que englobam o circuito das provas e a carga horária. Para o especialista em Trânsito, David Duarte, o exame para habilitação para motos é composto de um único teste e a parte teórica é fraca. Tem que haver mudanças. “As informações que o aluno poderia adquirir nas aulas teóricas estão longe de formar um condutor mais consciente e preparado. Pilotar uma moto exige uma série de característica diferente de dirigir um carro. Deveria prepara o condutor para ele se posicionar no trânsito. O comportamento dessa pessoa no trânsito é importante. Falta preparar melhor o motorista adotando a pilotagem defensiva e preventiva no trânsito.

Se é em um mês, dois, três ou seis, eu não sei”. Graça explicou que a média do barril para 2011 foi de US$ 111, enquanto que, para 2012, os analistas preveem o barril a US$ 130.

Governo Federal

Governo promove direitos para as pessoas com deficiência A presidente Dilma Rousseff afirmou ontem, que o governo brasileiro quer trabalha para promover a autonomia e garantir direitos para as pessoas com deficiência. Ao responder pergunta da assistente social Cléia Regina Vieira, moradora de Hulha Negra (RS), sobre como ter acesso aos benefícios do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a presidenta explicou o lançamento do programa Viver Sem Limite. Lançado em novembro do ano passado pelo governo federal, o programa vai investir R$ 7,6 bilhões até 2014 em ações nas áreas de educação, saúde, inclusão social e acessibilidade, voltadas ao atendimento das pessoas com deficiência. “Para implementar essas ações e fazer com que os benefícios cheguem efetivamente à vida das

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

pessoas, estamos construindo parcerias com estados e municípios. Temos no Brasil 45 milhões de pessoas com deficiência. Estamos trabalhando no sentido de criar as condições para que esses brasileiros possam desenvolver todas as suas potencialidades”, disse a presidenta. A presidente falou ainda sobre o andamento das obras de Transposição do

Rio São Francisco, por questionamento do técnico de produção Heitor Brasil da Silva, morador do Rio de Janeiro (RJ). Segundo a presidenta, o Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional já está com 36% das obras concluídas e é o maior empreendimento de infraestrutura hídrica que o governo federal está executando.

Como explicou a presidente, os investimentos estão divididos em 14 lotes, além de dois canais de aproximação. Estão em atividade 11 lotes de obras, nos quais trabalham cerca de 4.500 pessoas, número que deve subir para 6.500 até o final do ano. Os eixos Leste e Norte estarão concluídos até dezembro de 2014. Já trecho que vai de reservatório do Ceará até o da Paraíba será finalizado em dezembro de 2015. “Quando estiver concluído, o Projeto de Integração vai levar água para a população urbana de 390 municípios do semiárido nordestino nos estados de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte”. Dilma também respondeu o representante comercial José Marques Canuto, de Duque de Caxias (RJ), que questionou as ações do governo para

ajudar quem deseja parar com o vício de fumar. Ela lembrou que o Sistema Único de Saúde (SUS) atende gratuitamente quem busca ajuda para parar de fumar. Basta que o interessado procure um posto de saúde próximo de casa ou do trabalho e se informe sobre locais e horários de tratamento para tabagismo. A presidente destacou que, de 2006 para 2011, o percentual de fumantes na população caiu de 16,2% para 14,8%, menos da metade do índice de 1989, que ficou em 34,8%, segundo pesquisa do IBGE. “Nossas políticas públicas vêm contribuindo fortemente para a redução do tabagismo. Hoje, temos mais ex-fumantes do que fumantes no País, mas sabemos que precisamos continuar reforçando essa luta”.

Brasil e Argentina querem resolver problemas comerciais em até quatro meses Os problemas comerciais entre o Brasil e a Argentina devem ser resolvidos em até 120 dias. O prazo foi estabelecido ontem durante reunião entre os ministros das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, e da Argentina, Héctor Timerman. Segundo Patriota, a partir da primeira semana de junho serão retomadas as reuniões regulares da Comissão de Monitoramento de Comércio Bilateral e do Comitê Automotivo. “Foi firmado um compromisso de examinarmos com cuidado os pleitos argentinos e a Argentina examinar com cuidado os pleitos brasileiros”, disse. Entre as reivindicações argentinas estão a facilitação do acesso ao mercado brasileiro de uvas, uva passa, camarão, frutas cítricas e medicamentos. Já o Brasil espera eliminar as barreiras para a exportação de carne suína. “A ideia é ajudar a reduzir o déficit comercial que a Argentina tem com o Brasil. Existem muitos produtos que Brasil poderia importar da Argentina de forma conveniente”, ressaltou Timerman.


4 Brasília, 16 de maio de 2012

DF NOTÍCIAS

posições do ranking de reclamações do Procon e da Anatel. Grande parte das queixas se refere aos serviços que não foram contratados e são cobrados na fatura

Cresce o número de queixas de TV a cabo

O

número de pessoas com acesso à TV por assinatura cresce ano a ano. A má notícia é que os protestos contra os prestadores desses serviços também aumentaram. De acordo com o Procon/DF, de janeiro a maio de 2011, foram 47 reclamações e em relação ao mesmo período deste ano esse número mais que triplicou chegando a 160 reclamações. Já em relação ao ranking de reclamações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), foram 6.697 em relação a abril de 2011 e no mesmo período deste ano 9.543 reclamações ofensivas. Os motivos que levam à reclamação continuam os mesmos e são, principalmente, os problemas relativos a cobrança indevidas dos serviços, que somaram 3.177 reclamações. Em segundo lugar, aparecem os problemas relativos à execução de reparos, com 1.461 reclamações e, em quinto, as referentes ao atendimento, as 726. O diretor geral do Procon, Oswaldo Morais esclarece que o problema é da postura dos fornecedores. Segundo ele, a venda de pacotes de TV por assinatura está em alta para a qualidade do serviço. “Cada vez mais a população tem adquirido pacotes de TV por assinatura e a partir de agora até as classes C e D começam a ter acesso a este tipo de serviço. Muitas vezes são vendidos pacotes e o cliente geralmente não recebe o que foi prometido ou o sinal está péssimo ou até a cobrança foi indevida. Acreditamos que os números cresceram, porque a população está cansada de receber este um mal serviço e por isso, resolvem formalizar a reclamação”, garante. Foi o que aconteceu com a funcionária pública Marli Matos Silva, 38 anos

Foto: A. Sabino

Com o aumento da demanda das TVs a cabo, as operadoras não prestam bom serviço

que adquiriu um pacote de uma operadora pela promoção do mês. Mas, nove meses depois do ínicio do contrato, a empresa começou a cobrar na fatura, o valor dobrado. O valor excedente referiase à mensalidade da TV a cabo e mais telefone, serviço que a cliente não possuía. “Entrei em contato com a empresa e fiquei pelo menos 25 minutos até a atendente entender a minha situação e que a cobrança era indevida e não correspondia com ao meu produto. A atendente prometeu me enviar um boleto com o valor correto, para ser pago até 20 de janeiro. Mas, antes disso, no dia 10, a empresa debitou automaticamente a tarifa errada na minha conta corrente. Por fim, consegui resolver, mas tive que ir ao Procon, mas até hoje tenho problemas com a operadora. A TV nunca tem sinal, volta e meia os canais ficam sem som e tenho que ligar para atualizar. Isso é de mais!”, relata Marli. Alguns consumidores estão preocupação com a questão a qualidade dos serviços e acreditam que os vendedores estão

oferecendo pacotes enganadores. Muitas pessoas têm o pacote com três serviços, TV, telefonia e internet. A nossa reportagem constatou que a maioria reclama da falta de sinal, imagem das operadoras. Assim como o professor Marco Antônio do Nascimento, 34 anos que tem o pacote de uma operadora conhecida. Ele conta que vive tendo problemas com a empresa por cobrança indevida e qualidade da TV a cabo. “Volta e meia tenho que ligar para a operadora e pedir para cancelar um produto que sempre vem acrescentado na minha conta. A cada três meses é a mesma coisa. Sem falar que alguns canais vivem sem som e a imagem fica em preto e branco. Os atendentes explicam que isso é problema diretamente da emissora. Porém, acredito que a própria empresa deveria cobra das emissoras a qualidade, já que venderam o pacote e ele tem problemas. Outra coisa, o atendimento do telemarketing é péssimo, demorado e nunca conseguimos resolver, geralmente eles precisam mandar

um técnico. Mas acredito que é para cobrar um adicional a mais do cliente”, destaca. A advogada Regina Marques destaca que o problema das empresas é que estão vendendo muito barato o pacote nos primeiros meses e alguns vendedores não informam ao cliente sobre o acréscimo na fatura. Segundo ela, outra questão é que as operadoras não estão acompanhando o mercado, a tecnologia. “Assim como Brasília, cresceu desordenada e sem infraestrutura. As empresas também estão vendendo pacotes mais baratos, com desconto inicial para atrair mais clientes e vendendo uma TV por assinatura com problemas de som, imagem, ou seja, sem qualidade. Além das cobranças indevidas e não requisitadas pelo cliente. As pessoas precisam tomar cuidado ao contratar os serviços. Todo serviço tem que ter um contrato constando os serviços solicitados e as informações de pagamento”, destaca. O Procon ressaltou que quando isso acontece procura identificar, sinalizar a empresa e caso não seja resolvido, é notificado.

Neste caso, quando é feita a formalização e o registro, a empresa tem até 5 dias úteis para se manifestar e em seguida, deve apresenta a defesa por escrito ao cliente em no máximo 10 dias. Dependendo da gravidade e caso de reincidência a operadora pode obter uma multa que varia de R$ 414 a R$ 6 milhões. A Anatel fiscaliza as operadoras de TV por assinatura. E informa que o trabalho feito nas empresas é constante. Porém as reclamações são inúmeras, mas sendo feitas diretamente pela Central de Atendimento, possibilitam exigir das prestadoras mais atenção às principais demandas da população. As informações levantadas são encaminhadas para a área de fiscalização da Agência, o que por sua vez guia suas atividades. O usuário que se sentir prejudicado com a prestadora do serviço deve entrar em contato primeiramente com a sua prestadora para resolução do problema. Caso não consiga, deve procurar a Agência com o número de protocolo de atendimento da prestadora, para a tomada de providências. Caso o consumidor deseje formalizar as reclamações junto a Anatel, para registro de solicitações, reclamações, denúncias, pesquisas e informações, são: Central de atendimento, no telefone 1331 - nos dias úteis, de segunda a sexta, das 8h às 20h (gratuita); Atendimento eletrônico, no link ‘Fale Conosco’; Correspondência, no seguinte endereço: Assessoria de Relações com os Usuários – ARU, SAUS - Quadra 6, Bloco F, 2º andar, Asa Sul. 70070940 Brasília – DF. Além disso, existe o serviço em que o cliente pode formalizar pessoalmente, na sede em Brasília, na ‘Sala do Cidadão’.

Demanda do consumidor por crédito cai 11% em abril A procura dos consumidores brasileiros por crédito nas instituições financeiras caiu 11,2% em abril até março, segundo dados divulgados ontem, pela empresa de consultoria Serasa Experian. Na comparação com abril do ano passado, o recuo foi de 9,8%. Esta foi a quarta queda consecutiva do indicador, que fechou o primeiro quadrimestre deste ano com um recuo de 7,6% em relação aos quatro primeiros meses de 2011. De acordo com a Serasa, esse foi o pior desempenho para o período desde 2008. O movimento de retração está presente em todas as faixas de renda. No segmento dos consumidores que ganham entre R$ 5 mil e R$ 10 mil por mês houve uma queda de 12,5% na procura por crédito em abril, no comparativo com o mês imediatamente anterior. Entre os que recebem de R$ 2 mil a R$ 5 mil a baixa ante março foi 12,3%. Os consumidores que ganham mais de R$ 10 mil e os que recebem entre R$ 1 mil e R$ 2 mil diminuíram em 11,8% a demanda. Já entre aqueles que têm renda de R$ 500 a R$ 1 mil mensais e os que recebem menos que R$ 500, as quedas foram 10,7% e 9,1%, respectivamente. Na análise por regiões, a queda também foi generalizada. O maior recuo foi apurado nas regiões Sul e Sudeste, com retrações de 15% e 11,6% em abril ante março. Na Centro-Oeste a queda foi 9,2%. No Nordeste a procura foi 8,5% menor. Já na Norte, houve recuo de 6%. Foto: Divulgação

ATUALIDADE - As operadoras de TVs por assinatura começam a ocupar as primeiras

Segundo os economistas da Serasa, o aumento da inadimplência verificado desde o início do ano passado tem levado os consumidores a priorizar a quitação de suas dívidas em atraso em vez de contratar novos financiamentos. Além disso, com inadimplência mais elevada, aumenta o rigor na aprovação de novos créditos, o que também contribui para desestimular o consumidor na busca por novos financiamentos.

Mercado de trabalho Cursos do Senac

Cursos

Senac-DF oferece 1.967 vagas em 52 cursos gratuitos Faturamento, Auxiliar de Pessoal, Auxiliar de Recursos Humanos, Cabeleireiro, Camareira em Meios de Hospedagem, Copeiro, Corte e Escova – Tendências Atuais, Costureiro, Cuidador de Idosos, Depilador, Editor Gráfico, Faturamento Médico Hospitalar, Garçom Básico, Logística de Transporte, Armazenamento e Distribuição, Manicure e Pedicure, Maquiagem Social, Merendeira, Montagem e Manutenção de Computadores/ Notebooks, Operador de Caixa, Operador de Computador, Operador de Supermercado, Organizador de Eventos, Pizzaiolo, Recepção em Serviços de Saúde, Recepcionista, Recepcionista de Eventos, Recepcionista em Meios de Hospedagem, Salgadeiro, Técnicas de Decoração com Frutas e Legumes, Técnicas de Operador de Caixa, Técnicas de Petiscos e Comida de “Buteco”, Técnicas de Produção de Pães Caseiros e Artesanais, Técnicas de Produção de Tortas Doces e Salgadas,Técnicas de Saladeiro, Técnicas de Telemarketing, Técnico em Análises Clínicas, Técnico em Contabilidade, Técnico em Enfermagem, Técnico em Estética, Técnico em Farmácia, Técnico em Informática, Técnico em Logística, Técnico em Nutrição e Dietética, Técnico em Secretariado, Técnico em Segurança do Trabalho e Web Designer.

785

- www .dfno ticias

Jorn

para marc laridade, do ano pode transporte para dinamizar e melhorar nenh àsMaria, o Polo discu riude o da s não segurança, serJK Criado em 2004, nos arredores passAlgumas empresas se ressentem da dium 9h, na Praça carre tir as Santa coniniciaas área. daira, ado setor chereivin dos no dacondições se arrasta desde então. Os serviços essenciais afirma convmãoque dia de obra no Distrito Federal, pois dicaç prazo contratar ficuldade s quedo Buriti ocaç de inclu ões Comercial sesso Wash em a de Santa Maria não gam timidamente. O presidente da Associação ãoos “O ônibus acord ele que alegam ingto dos ria de os.trabalhadores o Gove conc refor adasa mesm e Industrial do Polo, reconhece a morosidade dos projetos mula buracos, com impr n Dour ruas ursad no setor. em abrilo Gest rnoReclamam ção do ensa também ado, das serem desenvolvidos para a área. Grandes indústrias estão circulam os, seco, vem pela a falta período da Secre e odiret chuva trazidos quad gara ão Dem or do o plan instaladas no local e outras estão chegando gerando muitos dos problemas ocrátiproporcio o de JK ro de O Polo e segurança. 040taria BR nand sindi de pedestres passarelantem Págin de Educ ascen cana cato. saúde”, empregos. Muito pode ser feito, como asfalto que falta em de que a 3 compasso de espera . o para são profi foi deslanchar sanc à classe ação afi Já a asmuitas ruas, a luz, drenagem, recolhimento de lixo com regu- está em ssion

Página 3

al.

ionada

rma ganh onte os, comoque m, curso Foto: A. Sabino a s que

A. Sabino

Alessandro Foto:

Entrevis ta

Quali ficar é a me ta

Glauc Traba o Rojas, secre lho está afirma que tário do desen voltad volven sua pasta as do profis para a qualifiações sional atend cação não er que a os event só para cidad os espor e vai para tivos traba atender receber, o mas lho. o empr E tem mercado novida de Progr eendedor: de ama o Prosp para de Micro eracrédit Págin o. a5 Divulgaçã

o

Foto:

Foto:

Página 5

Atualidade

Fiscalize o transporte escolar

Mundo Melh

Foto: J. Vieira

Pró vid or a

Institu ição jovens valoriza Sama do Recan a educação mbaia to . A ideia das Emas de inclus é promo e projet ão social Educa os como por meio ver de ção Infant Educa ção reforç il, Esporte, Digital, o escola lazer e r. Págin

Petr obra s foi mais a empr inves esa que tiu em zir temp tecnologi explo raçã a pres o do pré-so e cust a o na ident as pesq a Dilm al. Segu ndo a pela uisas dese Rousseff, educacionais e industriais empr nvolv

4 redu Páginapara

o

Págin

a3

Divulgaçã

Escol as aguar de samb a qualq dam para de Brasí uer mom lia receb GDF er ento desfil para a realiz verba a es do “Está das escol ação dos tudo até o certo as de samb final e As agrem da sema esperamosa. por hora iações na a verba . prepa para estão a mil rativo termi melho nar os s. Ma

Foto: José Cruz/ABr

Página 3

quat e Página 47 6 rsida ro espe campi univedes feder cialm ais rsitá ente rios, no Cultura país, até 201interior do

Carnaval 4. Setebelos

Sh

doinéDF ruasnoow dito Brasil

Todos os dias a população Cirqu DFeem alguma região do du Soleil mau cheiro, mas paracom convive voltase deve “Vare apres isso a Caesb ao Brasi segundo entar muita kai”. O espet novo da própria l ao comportamento ousad áculo show colori que ruas. prom númelixo nas população dos e ia,joga verda àros deete rede aéreo lixo é levado Esse surpr deiram s, Outro esgoto. e dentes. ente águas pluviaiseende fator é que os moradores fazem redes clandestinas de ligação, não obedecendo os padrões exigidos pela companhia. lgação

sadois ir

entre os esa tiver inves idas País. Na oportunidade ressaltou que as trocas comerciaispr ao time ées.um aindabilhõ essasàs nto de am um países e que ambos pretendem aumentar o fluxo de investimentos. Gove E reite R$ 9,5 ornopara desafi rou que vai técn o icas, criar 201 definovacientes entre esco s unive elas, las

o

a6

pedem passarela correm perigo ao atravessar a BR-040 todos os dias, por isso Falta de drenagem provoca buracos nas ruas e trabalhadores

Divulgaçã

29

PetroPresidenta bras investafirma qu Cidade Cidade e em e pesqparcerias Ca Visita inspira cheiro Mau Cultura Mundo Melhor uisaparceriasva rn comerciais, Dilma destaca o interesse do Brasil em fortalecer i aval invade Inclusão com a Finlândia, durante visita do primeiro-ministro

Foto:

A secretaria de Educação e o Detran/DF afirmaram que estão atentos as irregularidades. Por mais que haja fiscalização pais devem ficar atentos aos veículos que prestam serviços de transporte escolar. O objetivo é verificar a segurança Governo e documentação dos veículos, Fede em especial nas áreas rurais ral e, caso constatado alguma irregularidade, que sejam tomadas as providências estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro.

Período: 21 a 30 de Maio de 2012 • Gestão de Projetos (24h) Período: 28 de Maio a 1º junho de 2012. • Desenvolvimento de Equipes (15h) • Telemarketing (15h) • Gestão de Pessoas (15h) • Gestão de Processos (15h) Período: 28 de Maio a 05 junho de 2012. • Gestão de Eventos (21h) Informações e inscrições: www.cursosif.com.br Tel.: (61) 3962.2015/3962.2005 E-mail: secretaria.if@institutofecomerciodf.com.br SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire 6º andar

E-mail:redaçãodfnoticias@uol.com.br

al

Todos podem ajudar

ANO L ETIV CONINFRAESTRUT FALTA TAGE O COMEÇURA A COM REPOLO GRESSJK E MUITO MAISMNO IVA

Duarte/Di vulgação

Foto: A. Sabino

Engolir sapo

Foto:

Tire suas dúvidas. Mande sua reclamação.

20 nº

e

Reun de um idos .com na presi .br por novo - redac depu dênc mais de PERISC tem aodfn ia da três acord tados distr po oticia Câma hora s@uo s, ontem itais perm o para ra PIO l.com não Legislativa , marc anentes a nova comp chegSão constantes .br os problemas com placas de sinalização, ada - Exem aram , os osiçãsemáforos hoje da Casa consequência é o trânsito bastante plar . , às o das a um no Sudoeste. A Itapo R$ 1,00 14h3Uma nova pior grande comi de ã, congestionado regiã circulação. É ainda 0. mês. ssõe em horários reun o admi Não adianta botar desculpas. e dãoNão alguém quandoião está sreclama segu tem nistra rança alguém muito estar ligado tiva, nos É preciso culpa em outros órgãos. algun deixa fez o que come aniversário lutare s moradoresa dese problemas da cidade e resolver. mora jar, este mora m para fazer lembram diz a popu r, pois a r. Se da que todos lação . Mas colab cidade um é preci so orare m... lugar bomtodos de se

Mais espe um ano ra uma se ente grev letivo come e. tage ndem . Hoje Governo ça e a 8 de m regressiva , segu e Sindi comu Gove março, com cato nidade para ndo o rno não estipulo assem a grev Sinpro, dos Profe escolar cump éo ssore já bleia e que u

Entrevista

A missão é regularizar O deputado distrital Wellington Luiz (PPL) assume a Secretaria de Regularização de Condomínios sabendo que não há fórmula mágica para resolver a regularização dos condomínios. Promete fazer um trabalho observando a complexidade que envolve cada um, sem deixar brechas para contestações dos órgãos fiscalizadores mais tarde.

Período: 21 a 29 de Maio de 2012. • Novas Regras Gramaticais e Redação Oficial (21h)

de um novo tempo - Ano

Pode

PERISCserPIO hoj

Diante de tamanha cara de pau do motorista que estacionou na calçada no SIG, Quadra 1, não restou ao policial multar. Muito bom! É por essa e outras que se instalou a maior baderna no setor. Estacionam de qualquer maneira tanto carros de passeios, como caminhões, motos e tudo mais.

Foto: Divulgação

Fale com o DF Notícias

Brasí lia, Distri Jornal to Fede ral, 8

fever - Exemplar R$ 1,00 eiro - www.dfnoticias.com.br - redacaodfnoticias@uol.com.br de 2012 Brasília, Distrito Federal, 15 fevereiro de 2012 - Ano 20 nº 786

Flagrante

Foto: Divulgação

O Senac-DF está com inscrições até 27 de maio, para o processo seletivo de 1.967 bolsas de estudos em cursos técnicos e de formação inicial e continuada do Programa Senac de Gratuidade (PSG). São 52 opções de cursos. Os interessados poderão se inscrever via internet, pelo site www.senacdf.com.br/psg ou em qualquer Centro de Educação Profissional do SenacDF, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e aos sábados, das 8h às 12h. O PSG é destinado à capacitação profissional de pessoas de baixa renda, estudantes ou egressos da educação básica e trabalhadores. Além de possuir renda familiar per capita de até dois salários mínimos, poderão participar do PSG apenas candidatos residentes no Distrito Federal e que atendam aos requisitos exigidos pelo curso escolhido. O resultado do processo seletivo será divulgado a partir de 01/06/2012, por meio de listagem nominal, que será afixada nos Centros de Educação Profissional do Senac-DF. A lista dos aprovados também poderá ser acessada pelo site www.senacdf.com.br. Os cursos oferecidos são: Almoxarife, Atendente de Lanchonete, Auxiliar de Tesouraria, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Confeitaria, Auxiliar de

Cursos Instituo Fecomércio Período: 21 a 25 de Maio de 2012. • Departamento de Pessoal – Módulo: Política de Desligamento Funcional (15h) • Matemática Financeira com Uso da HP12c (15h) • Líder Coach (15h)

www.dfnoticias.com.br Telefones: 3964-0777 e 3039-2631


5 Brasília, 16 de maio de 2012

DF NOTÍCIAS

DEFESA DO CUNSUMIDOR-

Os criminosos estão cada vez mais abusados e sofisticados. É o que se constata ao analisar a forma como usam o dinheiro das contas bancárias de suas vítimas

Novo golpe na cidade O

s golpes envolvendo clonagem de cartão estão cada vez mais sofisticados. Agora os estelionatários não se contentam somente em clonar cartões e fazer compras na modalidade crédito, estão debitando e pagando impostos diversos nas contas que conseguem copiar. Qual não foi a surpresa da enfermeira Maria Antonia de Sousa ao passar seu cartão do BRB, na função débito numa loja para pagar o presente para sua mãe, semana passada. A sua conta estava zerada. Foram debitados vários IPVAs de carros e de motos, IPTUs e seguro obrigatório. Os bandidos ainda fizeram dois saques, um de R$ 400 e outro de R$ 300. Ao ir ao banco para verificar o seu saldo e questionar a perda de R$6.700 retirados de sua conta, o gerente após um interrogatório, informou que seu cartão fora clonado, por isso teria que adotar alguns procedimentos: primeiro procurar uma delegacia para fazer um boletim de ocorrência e depois voltar ao banco com o boletim para formalizarem o estorno do dinheiro roubado. “Aliás, estou esperando o gerente me ligar para ver o que eles resolveram a respeito do dinheiro que estava em minha conta. Quero meu dinheiro. Nunca pago impostos , quem paga é meu esposo”, lamenta indignada Maria. Mas os transtornos não acabam por aí, na mesma semana alguém ligou no telefone de sua casa avisando que era segurança de uma conveniência do BRB e que um rapaz estava tentando

Foto: Divulgação

Criminosos debitam impostos por meio de cartão clonado

sacar dinheiro com seu cartão. Ela só avisou que seu cartão havia sido clonado e pediu a ele para chamar a polícia. Não entrou em detalhes com a pessoa que ligou, para não ficar tentada a ir até o local apontado pelo suposto vigilante, e acontecer coisa pior, como um seqüestro. “Estou apavorada, a gente não tem segurança em fazer uma compra, pois não sabemos se o estabelecimento é idôneo, quem clona nossos cartões. A pessoa sabe que um crime é cometido e oferece suas contas para serem debitas na contra de outra pessoa.

A polícia tem que prender esses bandidos, todos. Formam uma quadrilha”. O agente de saúde, Jarbas Neves, teve seu cartão clonado em um posto de gasolina, em Ceilãndia, e foi vítima também do débito de impostos. Pagaram vários IPVAs, IPTUs e prestação de um carro no valor de R$ 680. Como sua conta é conjunta com a mulher, eles perderam na última sexta-feira, R$ 2.800, dinheiro para esperar o próximo pagamento e fazer um almoço do Dia das Mães. “Fui ao banco e o gerente perguntou para quem eu empres-

tei meu cartão e outras formalidades, porém fui prestar queixa na delegacia. Lá me informaram que eles estavam investigando uma quadrilha, que já estavam rastreando os donos dos carros e imóveis para saberem a origem do dinheiro que pagaram os impostos”, explica Jarbas. De acordo com Idalcina Silva*, em algumas cidades satélites, existem quadrilhas que lavam o dinheiro roubado com deságio de até 50% do valor do imposto pago ou da prestação paga. Pessoas sabem que pagam suas contas com dinheiro roubado e acham que estão fazendo um grande negócio. Ela sabe desse golpe, pois teve o cartão clonado ano passado e descobriu o endereço e foi tomar satisfação com o dono do imóvel que os bandidos debitaram o IPTU, descobriu que do lado de sua casa morava uma quadrilha de estelionatários. Só que eles se mudaram logo após e a polícia não prendeu ninguém. Eles usavam identidade falsa. A professora Sônia de Andrade teve seu cartão clonado e pagaram contas no valor de R$5.900 em janeiro deste ano, porém o banco devolveu todo seu dinheiro e agora só usa o cartão do banco, na opção de crédito. “Dizem que é mais seguro. Não confio em comércio nenhum e nessas máquinas que vivem com defeito”, afirma Sônia que não deseja detalhar o episódio. Para o delegado Júlio César oliveira Silva, titular da Delegacia de Falsificação e

Defraudações da Polícia Civil, os criminosos estão migrando para cometer crimes com menos violência, como contra o patrimônio. “Esse tipo de crime vem aumentando, pois crime sem violência a pena é mais branda do que o latrocínio. Portanto a tendência é prender mais. Nós estamos investigando algumas quadrilhas especializadas nesse tipo de crime e vamos prender muita gente, como a que prendemos semana passada clonando cartão alimentação”, afirma o delegado Júlio. Segundo o delegado vai ser fácil rastrear os proprietários desses carros, motos e imóveis. O cerco vai ser fechado. Mas o problema é identificar quem fornece o equipamento para fazer clonagem, pois muitas vezes eles ficam em outros estados e até no exterior. Lembra o delegado que quem permite pagar seus impostos, contas com dinheiro que foi furtado, está cometendo crime e pode ir para a cadeia. Em nota o BRB informa que a área de segurança do banco tem conhecimento desse tipo de fraude e age preventivamente monitorando as transações suspeitas, evitando maiores transtornos aos seus clientes. Todas as transações derivadas de cartões clonados, identificadas pelo banco, são ressarcidas prontamente. Para cada fraude, existe um Boletim de Ocorrência policial para a continuidade das investigações e, consequente, identificação dos estelionatários pelas autoridades policiais. *Nome fictício a pedido da entrevistada.

O Tribunal de Contas do Distrito Federal esclarece que manteve suspensa a licitação de ônibus para operar no Sistema de Transporte Público Coletivo do DF (Decisão 1581/2012), após a análise técnica do novo edital que previa a seleção de concessionárias para manter e operar três mil veículos, em vez dos 900 automóveis previstos no edital anterior. Também foram levadas em consideração as representações protocoladas no Tribunal por empresas e entidades de transporte coletivo. Um dos problemas encontrados pelo corpo técnico no novo edital foi a falta de detalhamento dos ônibus a serem utilizados na Estrada Parque Taguatinga-Guará (EPTG/DF-085), que necessita de veículos que possu-

am portas do lado esquerdo ou em ambos os lados. Diante das inconsistências apuradas, o TCDF decidiu determinar à Secretaria de Transportes do DF algumas correções no certame. Entre elas, incluir a apresentação da especificação técnica dos veículos e a definição dos itens de acessibilidade, ambas de acordo com as características operacionais de cada via. A Secretaria de Transportes entrou com um recurso pedindo a suspensão da Decisão 1581/2012. O Tribunal analisou o pedido durante a sessão plenária da última quinta-feira, 10 de maio. Por maioria e de acordo com o voto do Relator, os conselheiros decidiram negar a admissibilidade do pedido (Decisão 2091/2012), por ele ser

Foto: Divulgação

Licitação de ônibus é mantida suspensa por falhas no novo edital

incompatível com a natureza cautelar da determinação. Além disso, o TCDF reiterou à Secretaria de Transportes que promova alterações no edital do certame para facilitar a formulação de propostas

pelos licitantes e a estimular a competitividade ou forneça as justificativas, devidamente acompanhadas de documentação comprobatória. Entre as alterações determinadas estão a apresentação da especificação técnica dos veículos de acordo com as características operacionais de cada via, a divulgação da memória de cálculo das tarifas técnicas de cada bacia e a revisão do critério de escolha dos licitantes vencedores em mais de um lote, recaindo a competência da escolha para a Administração, e não à licitante, de forma a assegurar a alternativa de menor preço global para o conjunto dos lotes. A Secretaria de Acompanhamento do Tribunal está examinando o mérito do recurso protocolado pela Secretaria de Transportes.

FECOMÉRCIO

Federação homenageia governador José Ornellas A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal realiza nesta terça-feira (15), às 20h, reunião de Diretoria para homenagear o ex-governador José Ornellas, pelos 15 anos dedicados a Federação do Comércio. O encontro será na churrascaria Porcão e contará com a presença de líderes empresariais da instituição e presidentes de sindicatos do comércio. José Ornellas foi governador do Distrito Federal entre 2 de julho de 1982 e 3 de abril de 1985. Na Federação, foi assessor institucional e parlamentar. Sua passagem pela entidade foi marcada pela competência e ética profissional, além da defesa da legalidade.

Vendas no comércio cresceram 7,3% As vendas realizadas no período do Dia das Mães (7 a 13 de maio) cresceram 7,3% em todo o Brasil na comparação com a semana equivalente de 2011 (2 a 8 de maio). É o que revela o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. No sábado e domingo da data comemorativa, as vendas também apresentaram elevação. Houve um avanço de 5,3% quando comparado com o mesmo período do ano passado. Em 2011, no entanto, - na comparação com 2010, o resultado foi melhor, com alta de 12,4%. Para os economistas da Serasa Experian, o resultado inferior ao do ano passado reflete o maior endividamento do consumidor. Mesmo com as promoções, o desempenho nas vendas não superou o que foi registrado no ano anterior. A boa notícia está no fato de que o Dia das Mães em 2012 apresentou um crescimento nas vendas superior ao da Páscoa, o que evidencia uma melhoria gradual na atividade econômica, deixando agora as expectativas para o Dia dos Namorados. O Indicador Serasa Experian do Nível de Atividade do Comércio para o Dia das Mães tem como base uma amostra das consultas realizadas no banco de dados da entidade, de alcance nacional. Foram consideradas as consultas realizadas nos períodos de 7 a 13 de maio e de 11 a 13 de maio de 2012.

SINDUSCON – DF

A Embaixada da Itália ampliou o conceito de verde. Além de toda a arquitetura, baseada nos símbolos do Brasil, como o verde e a água, o órgão diplomático vai contabilizar o consumo e a economia de água e energia. O órgão diplomático fechou acordos com a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), a Central Energética de Brasília (CEB) e a Universidade de Brasília (UnB), que serão responsáveis pelo monitoramento das contas. O conselheiro científico, Roberto Spandre, recebeu o grupo do Sinduscon-DF nesta segunda-feira, dia 14 de maio, e apresentou as novas ações. “O projeto Embaixada Verde é baseado em economia energética e hídrica. Estas ações são inéditas, tornando a nossa embaixada a primeira com o conceito verde no mundo. As embaixadas italianas em Pequim e Nova Deli também estão investindo em projetos semelhantes”, explica. Segundo o conselheiro, todo o processo foi feito em parceria com empresas italianas. “A embaixada é uma vitrine para essas empresas”, afirma. Ele explicou que foi instalado um sistema com 405 painéis de Placas Fotovoltaicas, que captam energia solar e já revelam uma economia de 17%. “A área ocupada é de 600 metros quadrados, podendo ser ampliada para até 4.000 metros quadra-

Foto: Sinduscon-DF/Divulgação

Comissão do Sinduscon-DF visita Embaixada da Itália

dos”, declarou. O conselheiro disse que, a princípio, a energia excedente está sendo passada para a CEB e a embaixada vai solicitá-la, quando necessário. Na parte hídrica, foi instalado um modelo de fitodepuração, que purifica a água consumida para reutilização. A estimativa

de redução do consumo de água é equivalente a um desconto de 50% na cobrança mensal, considerando o pagamento pelo descarte de água residual e tratamento na rede de esgoto. “São tratados de 4 a 20 metros cúbicos de água por dia”, informou Spandre. A Caesb está estudando mudanças na legislação para garantir que o modelo seja usado por qualquer cidadão em pouco tempo, mas não definiu prazos. A mesma medida está sendo adotada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), responsável por criar o regulamento para a tecnologia. O grupo do Sinduscon-DF foi composto pelo presidente da Comissão de Meio Ambiente (CMA), Marcontoni Bites Montezuma; pelo superintendente, Ugo Mohn; pela gerente técnica, Janaína de Oliveira; pela assistente técnica, Cirlene Alves; pela membro da CMA, Hermi Pires; pela professora da Universidade de Brasília (UnB), Raquel Naves Blumenschein; pelos representantes da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do DF, Carlos Eduardo Valadares Araújo e Maria Helena Fernandes; pelo assessor parlamentar do deputado Rôney Nemer, Fábio Fuzeira; e pelo representante da empresa Serviço.Com, Paulo Eduardo Peixoto.


6 Brasília, 16 de maio de 2012

DF NOTÍCIAS

Combate à exploração infanto-juvenil O

Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi criado pela Lei n.º 9.970, em 18 de maio de 2000, em razão do crime que comoveu o Brasil, ocorrido na cidade de Vitória, capital do Espírito Santo, em 1973. Naquele ano, uma menina chamada Araceli Cabrera Crespo, de oito anos, foi espancada, violentada e assassinada. Por ocasião da data, entidades e órgãos governamentais ligados à defesa dos direitos humanos celebram, nesta sexta-feira (18), o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Com o objetivo de assegurar a proteção de crianças e adolescentes, o Distrito Federal, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest), também se une aos demais órgãos para conscientizar a sociedade. Para lembrar a data especial, uma série atividades e ações começaram a ser desenvolvidas nas escolas da rede pública, na Esplanada dos Ministérios e também em diversas regiões administrativas. A diretora de Serviços Especializados a Famílias e Indivíduos, da Sedest, Raquel Cairus salienta que a exploração e abuso sexual são ainda um grande desafio. Ela conta que é feito um enfrentamento direcionado a está questão. “A Sedest possui 08 Centros de Referência Especializado de Assistência

Social( Creas), que realizam o atendimento psicossocial de indivíduos e famílias vítimas da exploração e do abuso sexual. Os Creas buscam também fortalecer a função protetiva da família e da comunidade por meio de palestras e campanhas de mobilização, bem como realizam encaminhamentos para os órgão de proteção quando identificadas situações de violência. Além disso, diversas equipes fazem a abordagem social de rua com educadores sociais que buscam identificar as situações”, explica. Por meio das unidades de Acolhimento de Crianças e Adolescentes, a Secretaria recebe emergencialmente crianças e adolescentes que tiveram os vínculos familiares rompidos ou fragilizados devido a situações de exploração e abuso. Dentro dessas unidades, a equipe técnica atua no enfrentamento da exploração sexual ao encaminhar adolescentes em situação de exploração sexual para programas de educação socioprofissional. Os meios mais comuns de acontecer exploração sexual infanto-juvenil são as redes de prostituição, de tráfico de pessoas para comércio sexual, da pornografia, do turismo sexual e da exploração sexual de crianças e adolescentes que se envolve com drogas, em situação de pobreza extrema e/ou em situação de rua devido a sua grande situação de vulnerabilidade.

Foto: Divulgação

Casos de violência sexual infantil cresceram muito nos últimos dois anos. Isso se deve ao aumento das denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes, por isso, campanha nacional de conscientização

Programação Mobilização Nacional: Comitê Nacional de Enfrentamento Data

Horário

18/05/2012

18/05/2012

Local

Mobilização

09h

Palácio do Planalto

Ato Solene e Entrega do Prêmio Neide Castanha Esse Prêmio é uma homenagem a Neide Castanha, reconhecida defensora dos direitos humanos que dedicou parte de sua vida a lutar contra a violência a crianças e adolescentes no Brasil. Esse prêmio preta homenagem a personalidades e instituições que se destacaram na defesa dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, em especial dos Direitos Sexuais.

14h às 17h

Esplanada dos Ministérios (Concentração em frente ao Museu da República)

Ação com o “Siga Bem Caminhoneiro” Participação de diversas instituições da Rede de Proteção, e unidades da SEDEST. Contará com cerca de 1000 participantes. Sendo 400 crianças, adolescentes, famílias e servidores da SEDEST. Presença da cantora Fafá de Belém e revoada de balões às 17 horas.

O uso de sementes de abóbora na medicina chinesa data do Século XVII, com relatos no combate de parasitas intestinais. As sementes são retiradas dos frutos completamente maduros e postas para secar rapidamente ao sol. Contém de 44 a 50% de fração oleosa (rica em ácidos graxos mono e poliinsaturados), elevado teor de fibras (23-27%) em relação às demais sementes, albuminas (proteínas – 3740%), a cucurbitacina (um glicosídeo resinoso), sais minerais, especialmente zinco, magnésio e potássio, vitaminas do complexo B, sais do ácido fólico (folatos) e outras substâncias ainda desconhecidas. A riqueza em cucurbitacina, substância que lhe dá a classificação botânica, confere à semente de abóbora reconhecida propriedade antiinflamatória, principalmente nas doenças da próstata e do sistema urinário. Cozida em água é uma boa indicação para o tratamento da bronquite. Além de ser um ótimo vermífugo para adultos e crianças. O psicólogo Jonny Bowden (Doutorado em nutrição pela Universidade Clayton/EUA pela Saúde Natural), que se dedica à pesquisa dos alimentos há duas décadas, fez em 2008 uma lista dos 10 alimentos para os quais damos pouca atenção, mas que deveriam fazer parte da alimentação diária. O oitavo da lista são as frutas oleaginosas e o décimo da lista, reforçando, é a semente de abóbora, por ser uma boa fonte de magnésio, que segundo estudos franceses, homens com altas taxas de magnésio no sangue têm 40% menos chances de

consumada e enfrentar as condições de vulnerabilidade que levam a uma maior incidência da exploração sexual - como a drogadição, a situação de rua e pobreza extrema. Para mudar esta realidade, as atividades propostas para o Ato Nacional do Dia 18 de Maio visam combater o silêncio e a indiferença da sociedade em relação ao tema - influenciados pela cultura de impunidade dos agressores. A diretora Cairus conta ainda que os trabalhos acontecem até o dia 25 de maio e pretende sensibilizar a sociedade. “As ações do Dia de Combate a Exploração e Abuso Infanto Juvenil buscam realizar um alerta para a sociedade, em todos os seus níveis, sobre a existência da exploração sexual de crianças e adolescentes e a necessidade do olhar atento de todas as pessoas para essa questão. Busca visibilizar o Dique 100 como mecanismo de denúncia, fortalecer a rede de proteção e enfrentamento, além de visibilizar a importância do protagonismo da comunidade, principalmente de seus jovens, no combate a exploração e o abuso infanto-juvenil”. A Constituição Federal, o Código Penal e o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8069, de 13/07/1990) atribuem penalidades não só para quem comete o abuso sexual como para quem pratica omissão.

VOCÊ SABIA ?? ???? ???? ???? ????

Foto: Divulgação

SAÚDE

A semente de abóbora

De acordo com a lei, toda criança deve ter os mesmos direitos dos adultos, e deve receber atenção especial da família e de toda a sociedade, pois precisa crescer e se desenvolver de forma segura, saudável e feliz. De acordo com a Sedest, é preciso promover ações de prevenção, articulação e mobilização, visando o fim da violência sexual, que envolvam todos os setores da sociedade. Além disso, é preciso fortalecer a função protetiva da família, bem como o sistema de defesa e de responsabilização. Também é fundamental garantir o atendimento especializado às crianças e aos adolescentes em situação de violência sexual

sofrer uma morte prematura do que aqueles com baixos índices. Com tais características, a abóbora e sua semente são alimentos de interesse nutricional para crianças, adolescentes, gestantes, pessoas em convalescença e todos que desejam melhor desempenho de memória e inteligência. As sementes são mais terapêuticas se consumidas frescas e cruas, com ou sem casca. Melhor ainda se deixadas de molho durante a noite e batidas num suco ou vitamina pela manhã. A semente de abóbora torrada e salgada, como normalmente comercializada, não apresenta o mesmo valor terapêutico. Vermífugo A abóbora está inscrita nas Farmacopéias Brasileiras I e II onde consta como parte usada a sua semente. Os autores, em geral, como Pessoa (1946:407), Youngken (1959:1105), Font Quer (1978:773), Claus & Tyler

(1968:156), destacam a ação anti-helmíntica (vermífuga) das sementes de abóbora, particularmente no combate à tênia. O princípio ativo que lhe confere esta notável propriedade é resinoso localizados no embrião e na membrana verde da semente: a cucurbitacina. Alguns autores mencionam a semente crua e descascada, outros a semente torrada. De qualquer forma, como é um tratamento de dose única, a indicação é de 100 a 150 gramas (crianças) e 200 a 250 gramas (adultos). Uma curiosidade sobre usos das Abóboras e Morangas Polpa - rica em vitaminas e sais minerais de fácil digestão é usada no preparo de doces, sopas, refogados, suflês, nhoques, pão, bolos, purês, sorvetes; compõe, bem, cozidos, feijoadas, assados. Crua, ralada, constitui saladas leves e saborosas. Crua, junto com suas sementes, resulta em desintoxicantes benéficos na redução da glicemia. Isenta de agrotóxicos, pois sua dura casca é um bloqueio natural a pragas, trata-se de um substituto, com muitas vantagens, da batata-inglesa que no Brasil é extremamente contaminada com agrotóxicos. Folhas - cambuquira: parte muito rica da aboboreira, pouco usada na culinária. Previamente refogadas ficam deliciosas em sopas e caldos. Flores - podem ser servidas em sucos desintoxicantes, omeletes ou à milanesa. Sementes e brotos – elevado teor de ferro podem ser consumidas, cruas e frescas, desidratadas ou germinadas, em sucos desintoxicantes e saladas. Autora do trabalho Conceição Trucon. Informações www.docelimao.com.br .

Falência do Consumidor Enquanto a empresa pode ir à falência, ou seja, quebrar, a pessoa física natural pode ficar insolvente. A insolvência civil é o estado em que uma pessoa tem dívidas superiores ao seu patrimônio. Esta prevista no Código Civil e é aplicável aos consumidores e dívidas bancárias. Então quando uma pessoa tem tantas dívidas que não conseguirá quitá-las, nem que se desfaça de todo seu patrimônio, uma alternativa é entrar na Justiça e solicitar a declaração de seu estado de insolvência. Com esta atitude, todas as dívidas do consumidor se vencerão antecipadamente, todos os seus bens presentes e os adquiridos no curso do processo serão vendidos e o produto da venda dos bens será dividido entre os credores, proporcionalmente aos seus créditos. Extintos os bens, o consumidor será declarado insolvente, mesmo que ainda restem dívidas em aberto. Passados cinco anos da declaração de insolvência, sem que o devedor pague o saldo remanescente das dívidas, elas serão consideradas extintas e o consumidor poderá praticar novamente todos os atos da vida civil, com suas dívidas e seu passado zerado.

Também poderá o consumidor que se encontra em estado de insolvência, alternativamente ao pedido de decretação de sua “quebra”, propor um acordo de pagamento parcelado aos seus credores, o que será submetido à análise do Juiz quanto à viabilidade. José Geraldo Tardin, presidente do Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo(Ibedec), ressalta que “a declaração de insolvência não é um processo simples e nem rápido, mas é uma solução radical que o devedor pode adotar para zerar suas dívidas e começar de novo. As conseqüências são sérias, pois que entre o pedido de insolvência e sua declaração, mais o prazo de 5 (cinco) anos para extinção das dívidas, o consumidor poderá ficar até 10 (dez) anos sem ter acesso a serviços bancários, cartão de crédito ou cheque especial. Também não vai poder comprar bens móveis ou imóveis em seu nome, sob o risco dos credores pedirem a venda e divisão destes bens.” Entretanto, ressalva Tardin, “o consumidor continuará a receber seu salário normalmente, seja ele da iniciativa privada ou pública, e o salário recebido é impenhorável”


Brasília, 16 de maio de 2012 7

DF NOTÍCIAS

Novo trabalho regado à ousadia e alegria T

Foto: Divulgação

HIAGUINHO, Thiago André Barbosa nasceu em Presidente Prudente, interior de São Paulo, mas passou a infância na cidade de Ponta Porã no Mato Grosso do Sul. A música surgiu na vida do garoto tímido muito cedo e por influência da família. Entre um pagode familiar e a música sertaneja, que predominava na cidade onde morava, começou a compor como uma maneira de vencer a timidez. A mãe, Gloria Maria, teve papel importante nessa descoberta. Ela, que na juventude participou de concursos de canto, levou o filho para cantar em corais de igreja aos 10 anos. Até os 18 anos, quando deixou a cidade para estudar, cantou e tocou violão em missas. O cavaquinho foi paixão à primeira vista em um Natal em família aos 14 anos. O entusiasmo dele foi tanto, que alguns meses depois ganhou um de presente. Como na cidade não havia ninguém que pudesse ensiná-lo a tocar,

Em sua primeira apresentação solo, Thiaguinho vem à Brasília lançar seu novo trbalho Ousadia e Alegria que afirma “Eu sei que é alto, mas eu vou pular!!!” Sou ousado diretor musical Pezinho e o repertório traz 6 regravações e 16 inéditas. Autor de algumas das músicas mais executadas no país, como “Tá Vendo Aquela Lua”, “Valeu”, ”Fui”, “Livre para Voar”, “Um Minuto” e “Fugidinha”, assina sozinho ou com parceiros como Pezinho e Gabriel Barriga a maioria das canções inéditas. THIAGUINHO é hoje um dos mais requisitados compositores e já teve suas canções gravadas por artistas de todos os gêneros. Só para citar alguns Michel Teló, Marcos & Belutti, Fiuk, Luiza Possi, Alexandre Pires, Sorriso Maroto, Jeito Moleque, Parangolé.

aprendeu tudo sozinho com a garra e determinação que marcam sua vida. Na hora de prestar o vestibular a primeira opção do garoto estudioso foi a música, mas ele ingressou no curso de Comunicação Social. Durante o curso foi um dos 10 selecionados para participar da segunda edição do programa Fama da Rede Globo de Televisão. Ele não chegou a fase final, mas um ano após o reality show foi convidado para integrar o Exaltasamba. Segundo o próprio THIAGUINHO, teve “que provar para muita gente que sabia cantar”. Com seu carisma e talento THIAGUINHO conquistou os fãs do Exalta, além de milhões de novos fãs em todo o país. Depois do sucesso que trouxe para o Exaltasamba essa legião de fãs passou a ser conhecida como Exaltamaníacos e ele se tornou ídolo em todo o Brasil. O novo trabalho é de produção musical do próprio THIAGUINHO ao lado do

Serviço: Quando: 19 de maio Onde: AABB, Setor de Clubes Sul Horário: 22h Ingressos: Área Vip – Ousadia: R$ 40,00 (meia) Camarote Open Bar – Alegria: Feminino R$ 70,00 / Masculino R$ 80,00 (meia) Classificação: não divulgada Informações: (61) 8517-5050 / 3622-2008 / 8570-3281

A Cartomante

Serviço: Quando: 19 de Maio Onde: Teatro Unip. Horário: 20h Ingressos: R$ 60,00 (meia) Classificação: 14 anos Informações: http://www.ingressorapido.com.br

A Princesa e o Sapo

Foto: Divulgação

Capital do Rock recebe melhor cover de Metallica

Cidade: Taguatinga. Data: 17, 18 e 19 de Maio. Local: Teatro SESC Paulo Autran – CNB 12, AE 2/3, Taguatinga Norte Horário: Quinta, sexta e sábado às 20h. Possível sessão para o SESC na sexta às 11h Possível oficina para o SESC na quarta às 14h Cidade: Brasília Data: 24, 25 e 26 de Maio Local: Teatro Goldoni – Casa D’Itália, EQS 208/209 Bloco A Horário: Quinta, sexta e sábado às 21h. Entrada franca Classificação: 14 anos Informações: (61) 9633-8711 / 8544-2928

Isso É O Que Ela Pensa A peça fala sobre uma mulher que lentamente perde a conexão com a realidade. Com direção de Alexandre Tenório, que recentemente dirigiu “A Serpente no Jardim” também de Ayckbourn, e com a premiada atriz Denise Weinberg no papel de Susan, personagem central, o público é conduzido a experimentar este mundo instável em que realidade e sonho estão intrinsicamente entrelaçados.

Susan chegou a uma encruzilhada sexual, social e cultural. É uma esposa moderna que idealiza uma família que parece tirada diretamente de uma revista dos anos 50: um marido carinhoso, um irmão protetor e uma filha atenciosa, enquanto sua família verdadeira é composta por um grupo de pessoas bastante depressivas. Mas a peça foi escrita para mostrar o ponto de vista dessa mulher, convidando a plateia a se identificar com ela.

Serviço: Quando: 16 de Maio Onde: Cervejaria Stadt Bier Horário: 21h Ingressos: com nome na lista (capitaldorock@ gmail.com), até 22h, Grátis (mulher) e R$ 13 (homem) Após 22h ou Sem nome na lista, R$ 13 (mulher) e R$ 18 (homem Classificação: 18 anos Informações: http://www. homemdamarreta.com.br 3344-6777

Tiana é a filha de uma habilidosa costureira, que sonha em um dia abrir o seu próprio restaurante. O sapo é o príncipe Naveen, um playboy que só queria saber de curtir a vida, não dava valor ao que tinha e por isso é expulso de seu palácio e está na maior dureza. Quando encontra o Dr. Facilier, Naveen não percebe que está sendo trapaceado e em questão de segundos toma a forma de um anfíbio. É quando Tiana se vê em frente a um sapo, verde e gosmento, que lhe pede um simples beijo. Mas o que realmente acontece depois que a princesa beija um sapo? Simples, ela também se transforma em um sapo! O novo musical da Cia Teatral

Foto: Ligia Jardim

Velocidade, técnica e peso são as marcas características da banda paulista The Four Horsemen, que apresenta versões impressionantes de grandes músicas do Metallica. Roberto “Hetfield”, Wagner “Newsted”, K.U “Ulrich” e Shiro “Hammet” formam a banda que é a atração especial da próxima quarta-feira (16/05), a partir das 21h, no Capital do Rock. Fazer o público se sentir como se estivesse num autêntico show do Metallica. Esse é o ideal da banda The Four Horsemen, formada em 2002, na cidade de São Paulo. O show é marcado por muita energia e uma certa dose de agressividade pelas músicas, com uma maior dedicação à fase mais pesada da banda de heavy metal do EUA, que vai de 1986 a 1993. No set list, músicas como Enter Sandman, Nothing Else Matters; The Unforgiven, And Justice For All, Master of Puppets, Seek & Destroy, The Four Horsemen, Fade to Black, For Whom The Bell Tolls e Creeping Death se destacam.

A peça “A Cartomante” é baseada no conto homônimo do escritor Machado de Assis, publicado originalmente em 1884. A história gira em torno do triângulo amoroso que se forma entre Vilela, sua esposa Rita e seu amigo de infância Camilo. Paixão, traição e mistério influenciam o enredo dessa história que tem uma cartomante como personagem-chave, selando o destino dos três. O Grupo Liquidificador adaptou coletivamente o conto para a linguagem cênica. Misturando o universo machadiano aos universos pessoais dos atores, a companhia construiu uma estética peculiar, com fortes elementos do flamenco, do melodrama e das culturas pop e cigana. Os personagens Vilela, Rita e Camilo, por exemplo, ficam no centro de uma arena, rodeados pelo público e por duas figuras essenciais para a trama: Machado de Assis, que aqui se transforma em personagem-narrador, interferindo na peça e dialogando diretamente com seus “convidados especiais”, ou seja, a platéia; e a Cartomante, que no canto oposto da arena rouba em alguns momentos a onipotência de Machado. Serviço:

Foto: PAKI

O músico e compositor Dori Caymmi lança seu novo álbum “Mundo de Dentro”, no teatro da CAIXA Cultural Brasília, de 21 a 23 de maio. O trabalho é uma homenagem aos pais Dorival Caymmi e Stella Maris, falecidos em 2008. As apresentações são sexta-feira e sábado, às 20h e domingo, às 19h. O patrocínio é da Caixa Econômica Federal. Desde 2002 sem gravar um CD solo, desta vez o maestro Dori resolveu fazer um passeio por sua obra acompanhado de seus grandes parceiros musicais. O CD com marcante tom melancólico foi feito para ser “um disco bonito para os pais ouvirem onde estiverem”, como declarou o músico. Em “Mundo de Dentro”, o artista volta à bossa nova e MPB em canções marcadas por seu vozeirão. Destaque para o frevo Chutando Lata (em dueto com Edu Lobo), que quebra um pouco o ritmo intimista do disco, a balada É o Amor Outra Vez (já gravada por Maria Bethânia), o baião Flauta e Fora de Hora (com Chico Buarque). Velho amigo e parceiro, Dori compartilha a autoria com Paulo César Pinheiro em quase todo o disco. Dori divide o palco da Caixa Cultural Brasília com Itamar Assiere (piano), Jorge Helder (baixo) e Jurim Moreira (bateria). Para abrilhantar o show, ele convida a irmã e cantora Nana Caymmi e o músico Renato Braz, que também participa do CD na canção “Quebra Mar”, de Dori e Paulo César Pinheiro. Participação especial de Antônio Carlos Bigonha, compositor e pianista radicado em Brasília, que lança em breve CD com arranjos de Dori Caymmi. O músico apresentará no show o repertório de suas belas canções, bem como o do seu mais novo CD. O álbum “Mundo de Dentro” também foi lançado nos Estados Unidos e Japão com o titulo em inglês Inner World.

Foto: Divulgação

Mundo de Dentro de Dori Caymmi

Néia e Nando está recheado com muita música, dança e principalmente muito jazz. É nessa deliciosa mistura que os dois sapos encontram no pântano o crocodilo trompetista Louis, o vaga-lume apaixonado Ray e partem em busca da Mama Odie, a maior entendedora de vodus e feitiçarias da região, a única chance dos dois voltarem a ser humanos. E finalmente descobrir que os seus sonhos podem se realizar em Nova Orleans!

Serviço: Quando: 17 de maio a 10 de junho Onde: Centro Cultural Banco do Brasil. Horários: Quinta à sábado, às 21h,Domingos, às 20h Ingressos: R$ 6 Classificação: 16 anos Informações: (61) 3214-1046

Serviço: Quando: até 27 de maio Onde: Teatro da Escola Parque da 307/507 Sul. Horários: Sábados e domingos às 17h. Ingressos: R$ 15,00 (meia) Classificação: Livre Informações: (61) 8199-2120


Brasília, 16 de maio de 2012 8

DF NOTÍCIAS

CIDADE Povo Fala A W3 precisa ser reestruturada?

“Com certeza. Para todos os lados que se anda os buracos e a sujeira estão a mostra. Não adianta pintar o meio fio para tampar a sujeira. É preciso mais organização das autoridades”. __________

Duciene dos Santos, estudante, 64 anos

Fotos: A. Sabino

Revitalização W3 Sul não sai do papel Uma reestruturação que fica só na promessa. Uma história que parece não ter fim. Atualmente, a W3 virou símbolo de decadência, mas os moradores não perdem a esperança

O

“Sim. Evito andar pelo Plano Piloto, porque a gente não consegue transitar pelas calçadas cheias de buracos. As árvores estão velhas e caindo. Além da falta de segurança em algumas quadras”. _______________ Vanete Fonseca Rodrigues, balconista, 29 anos

“Sou pioneiro e acho um desrespeito com o abandono da cidade. A nossa cidade é bonita, mas não tem uma revitalização há muitos anos. Em alguns lugares os prédios, edifícios estão abandonados”. ______________

Antônio de Assis, artesão, 79 anos

projeto de revitalização da W3 Sul está parado desde 2009, quando o Governo do Distrito Federal engavetou a proposta. Quase três anos depois, moradores e comerciantes da região continuam a espera por melhorias. Além disso, pessoas que passam pelas calçadas e ruas todos os dias reclamam das condições de conservação dos espaços livres, das edificações abandonadas, a situação dos letreiros, da má conservação das árvores, entre outras. Quando uma cidade nasce, a referência é onde começa o comércio. No Brasil, algumas cidades já investiram nessas áreas que foram referência. Elas passaram por reformas e modernizaram áreas públicas para a valorização, sem perde a origem. Para Brasília, a W3 deveria ser essa referência, porém ao longo dos anos virou símbolo de decadência, de abandono e de descaso também. O comércio da avenida já foi bem frequentado, hoje são poucas as lojas que recebem uma quantidade boa de clientes. Augusto Castro mora na 708 Sul e tem uma preocupação quanto as árvores antigas e má conservação das calçadas. “Olha, caminho todos os dias por estas calçadas, mas elas não são mais as mesmas com pedras portuguesas. Antigamente morar aqui era bom, não tínhamos a preocupação com nada. Hoje, se estiver chovendo temos que tomar cuidado onde pisamos, já que as calçadas vivem quebradas. Além disso, devemos tomar cuidado com as árvores, porque podem cair a qualquer momento. Já estão velhas doentes. Isso é um verdadeiro abandono. Antigamente os comerciantes limpavam as

Foto: A. Sabino

O cenário da W3 Sul está cada vez mais preocupante, pois segundo a população pintar o meio fio não arruma as calçadas

calçadas da frente da sua loja, hoje deixaram de lado”, relembra. Com o intuito de reverter esse cenário, já foram elaborados projetos e propostas para que ocorressem melhorias na Avenida W3 Sul, entretanto eles ainda não foram concretizados. Desde 1978, havia reivindicações por modificações, quando a Associação de Lojistas da W3 Sul pediu para que o tráfego de ônibus e táxis trouxesse de volta os consumidores, pois estes passaram a utilizar os shoppings. Em 1997, foi discutida a revitalização urbana da W3 Sul com base no projeto de Lei nº 1.780, de 25 de novembro de 1997, de autoria do ex-deputado distrital, Luiz Estevão. Vários pareceres para mudanças também já foram propostos pelos diversos segmentos representativos da sociedade e órgãos. Em mais uma tentativa de revitalizá-la, o GDF assinou um convênio com o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) para projetos de arquitetura. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento e Habitação, o Programa de Revitalização da Avenida W3 está destinado ao combater as causas da degradação crônica do patrimônio ambiental urbano. O programa compreende o Setor de Edifícios de Utilidade Pública Norte – SEPN, Setor Comercial Local Residencial Norte –SCLRN, Entre quadras Sul – EQS 500, Setor Comercial Residencial Sul – SCRS e Setor Comercial Residencial Norte – SCRN e via W2, na Região Administrativa do Plano Piloto. Porém ainda não há previsão para que saia do papel, pois depende do projeto de transporte a ser instalado na região.

Mais uma tentativa, agora vai? O Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB) foi criado para deixar claras as regras de uso e ocupação do solo na capital federal. Segundo a Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano (Sedhab), o plano prevê a regularização e qualificação de áreas de comércio e serviços, áreas verdes, parques urbanos e habitação diversificada. Esse planejamento inclui o tombamento do Plano Piloto, Candangolândia, Cruzeiro e Sudoeste/Áreas Octogonais. O subsecretário de Planejamento Urbanístico, Rômulo Andrade Oliveira explica que caso o PPCUB seja aprovado, a lei facilitará na busca pela obrigação da recuperação destas cidades. Segundo ele, já foram estudadas as verdadeiras necessidade de se recuperar as áreas do Plano Piloto. “Assim que aprovada a lei, será obrigatório a recuperação das áreas públicas destas regiões administrativas, assim como a W3 Sul. Já foram realizados estudos e verificado que há uma necessidade grande que isso saia realmente do papel, pois precisam de qualidade, adaptações para acessibilidade, adaptações para o trânsito, estacionamentos e até mesmo quanto ao uso dos prédios comercias e publicidade que estão em má conservação e uso indevido”, destaca.

Defesa Agropecuária investiga suspeita de gripe equina no DF A suspeita é a de que um grupo de animais que foi exposto em um evento no Parque da Granja do Torto de Brasília, em abril deste ano, tenha contraído a gripe, uma doença com sintomas semelhantes à gripe humana, como febre, apatia, secreção nasal e tosse. A Secretaria de Agricultura informou que até no dia 14 que nenhum caso de morte da doença foi registrada do DF. A suspeita da infecção começou depois que diversos proprietários relataram que os bichos apresentaram sinais da gripe após a feira agropecuária. A estimativa do governo é de que os 600 animais que foram expostos possam ter adquirido a doença. De acordo com a secretaria, análises epidemiológicas foram feitas e os resultados definitivos devem ser divulgados nos próximos dias. Em entrevista ao Bom Dia DF, o gerente de sanidade animal da Secretaria de Agricultura, Bernardo Lafetá, informou que os indícios apontam para a influenza. “Todas as propriedades que tiveram os animais expostos no evento em abril estão impedidas de transitar os bichos. Um documento chamado Guia de Trânsito Animal (GTA) não está sendo emitido para estas propriedades”, disse Lafetá. A suspensão da emissão da guia vai durar até pelo menos o início de junho, tempo necessário para a disseminação do vírus, segundo a Secretaria de Agricultura. O Parque da Granja do Torto está interditado desde o dia 4 de maio para eventos e só será liberado após o término das investigações. De acordo com Lafetá, as programações terão as autorizações reavaliadas e os animais com permanência fixa na granja passarão por novas inspeções. “Se alguma propriedade enviar os bichos com sintomas de gripe, os animais retornarão e ficarão proibidos de par-

Polícia Jovem de 18 anos é executada com cinco tiros no DF Foto: Divulgação

É preciso investigar os possíveis casos de influenza equina no Distrito Federal

ticipar do evento previsto”, explicou o gerente de sanidade animal do DF. Os criadores que tiverem dúvidas em relação à saúde dos animais devem procurar a Diretoria de Defesa e Vigilância Agropecuária do DF nos postos da Granja do Torto, Brazlândia, Gama, Planaltina, Sobradinho, e Planaltina ou a sede da Secretaria de Agricultura, localizada na Asa Norte.

Doença

No próximo dia 9 de junho, às 18h, no auditório da Câmara Legislativa, haverá uma última audiência pública sobre o processo de elaboração do PPCUB, conforme o aviso de convocação publicado no Diário Oficial do DF (DODF) entre os dias 08 e 10 deste mês. O plano já está disponível no site da Sedhab – www.sedhab.df.gov.br – no link PPCUB ou em volume impresso na Diretoria de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília – Dipre/Sedhab, 6º andar, a minuta do projeto de lei do PPCUB, bem como os anexos relativos aos mapas e Planilhas de Parâmetros Urbanísticos e de Preservação – PURP relativos ao plano. A Sedhab avisa que a audiência pública é para informar e esclarecer, colher sugestões, opiniões e proposições à minuta do Projeto de Lei Complementar por parte da população, da sociedade civil organizada e das instâncias governamentais. Além disso, pedem a participação da população. Todas as contribuições serão avaliadas pela equipe técnica e, comprovada a legalidade das propostas, poderão ser incorporadas ao texto do projeto de lei. Eventuais sugestões ao texto da minuta do PLC poderão ser enviadas para o endereço eletrônico ppcub@sedhab.df.gov.br, remetidas via Correios, ou entregues no Protocolo do Edifício-Sede da Sedhab localizado no Setor Comercial Sul Quadra 06 Bloco A, até o dia 08 de junho de 2012 e na audiência pública.

A influenza equina é uma doença viral contagiosa e é considerada a enfermidade respiratória mais importante dos animais em muitos países. Os equídeos estão sujeitos a ser contaminados independente da raça ou sexo. Segundo a Defesa Agropecuária, a doença afeta, na maioria das vezes, animais de 1 a 3 anos, mas pode ocorrer em qualquer idade, inclusive em animais vacinados. Os animais costumam apresentar os sintomas entre um e três dias após a exposição ao vírus e os sinais clínicos mais comuns são febre, tosse seca, secreção nasal, perda de apetite e apatia. Os sinais duram em média sete dias, porém os animais podem disseminar o vírus mesmo depois da cura.

Uma jovem de 18 anos foi assassinada na madrugada desta terça-feira (15) na QE 38 do Guará II, em Brasília. De acordo com a polícia, testemunhas relataram que a vítima foi abordada por dois suspeitos que estavam em um carro e, em seguida, um deles teria efetuado cinco disparos contra a jovem, que morreu no local do crime. A polícia acredita que o crime foi motivado por acerto de contas. Segundo o coronel

Antônio Carlos, do 4º Batalhão da Polícia Militar, a vítima estaria vendendo drogas antes de ser assassinada. “A vítima já tinha várias passagens pela polícia. Ela também era usuária de drogas. Por isso, a polícia acredita em acerto de contas”, informou o coronel. A polícia informou que os suspeitos de cometerem o crime estão foragidos. O caso é investigado pela 4ª Delegacia de Polícia.

Assaltantes invadem casa e amarram oito pessoas Oito pessoas foram amarradas e mantidas reféns por três homens que invadiram uma casa na QE 21 do Guará II, em Brasília, na noite desta segunda-feira (14), conta reportagem do Bom Dia DF. Um dos bandidos estava armado. Na delegacia a informação era que, de acordo com a família, os assaltantes tocaram o interfone da residência e, quando uma moradora abriu a porta para ver quem era, ela foi rendida.

Os bandidos entraram na casa, pediram dinheiro e começaram a recolher os aparelhos eletrônicos. Todas as vítimas foram amarradas. Os criminosos fugiram em um carro da família, mas tanto o veículo quanto os objetos roubados foram deixados na DF-001, próximo a Santa Maria. Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido preso. O caso é investigado pela 4ª Delegacia de Polícia.


edição 799