Issuu on Google+

Jornal de um novo tempo Brasília, Distrito Federal, 1 novembro de 2011 - Ano 20 nº 776 - www.dfnoticias.com.br - dfnoticias@uol.com.br - Exemplar R$ 1,00

PERISC

PIO

Oposição zen

Dá-lhe Chico

A Base do Governo é mais combativa do que a oposição, dizem. Prova é a atitude tomada por alguns companheiros deputados que não se conformam com o tratamento recebido pelos companheiros da Polícia Civil que estão de greve por tempo indeterminado. Pelo visto, a PM já ensaia reivindicações pelas faixas penduradas pela cidade.

O deputado Chico Leite reservou R$ 3 milhões, através de emenda orçamentária, para a construção de centros culturais no Cruzeiro e na Candangolândia. A iniciativa atende às reivindicações da população das duas cidades. A verba será incluída no Plano Plurianual, que define as prioridades de investimentos para os anos de 2012 a 2015.

PARALISAÇÕES TIRAM SOSSEGO DO GOVERNO E DA POPULAÇÃO

Foto: A. Sabino

Desde o início do governo Agnelo que começou em 1º de janeiro, pipocam paralisações de servidores públicos e privados no Distrito Federal. E é em frente ao Palácio do Buriti, sede do governo, que essas categorias fazem a maioria de suas assembleias. Reivindicam aumento de funcionários, melhores condições de trabalho, cumprimento de acordos que fizeram para evitar paralisações no início do ano, convocação de concursados, mais concursos e reestruturação de carreiras. E o governo afirma que cumpriu acordos do governo passado com várias categorias, por isso está no limite prudencial para atingir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Com isso, está difícil negociar com os policiais civis em greve, professores em estado de greve, enfermeiros, e agora com cirurgiões-dentistas que ontem fizeram sua primeira paralisação. Página 4

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Atividade Parlamentar

Cidade

Lixo: acúmulo de problemas

Foto: A. Sabino

Ontem, em cerimônia no Palácio do Planalto a presidenta Dilma Rousseff empossou o novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que é membro do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). “Colocamos a bola no chão, reiniciamos o jogo e vamos para o ataque, por um Brasil mais justo e mais desenvolvido. Essa será a vitória de todos nós”, disse Dilma. Página 4

O deputado distrital Dr. Charles que voltou à Câmara, semana passada , afirma que pretende ampliar as áreas de atuação do seu mandato. Quer desenvolver trabalho no meio ambiente, educação, segurança e contribuir na área da saúde com o Secretário da Saúde. É mais um que deixa de receber os 14º e 15º salários.

Página 5

Lar garente a saúde emocional das crianças

Cultura

Um encontro histórico Foto: Divulgação

Dilma empossa o Ministro do Esporte

O acúmulo de lixo é apontado por moradores como um grande problema, pois a presença de matéria orgânica serve de alimento para algumas espécies de animais nocívos. Especialista em Saúde Pública da UnB, Pedro alerta para os problemas de saúde que o lixo pode provocar para os moradores de Ceilândia “O certo é fazer sua parte e manter limpas as áreas próximas das residências e terrenos baldios, evitando o acúmulo de lixo, entulhos e materiais de construção”.

Titãs e Biquini Cavadão se apresentam no próximo dia 4 de novembro, no Opera Hall em única apresentação para os brasilienses. Página 7

Dr. Charles volta à Câmara com entusiasmo

Foto: Divulgação

Governo Federal

A partir de ações voluntárias e de um trabalho de dedicação crianças e jovens de 0 a 21 anos participam de atividades que educam para a vida. O presidente da Casa de Ismael, ressaltou que é preciso que haja mais interesse das autoridades, pois estas crianças são brasileiras. “A nossa responsabilidade sobre essas crianças não diminui, mas é precisa que haja políticas públicas para o atendimento dos pequenos e o investimentos na qualificação dos mais velhos”, destacou. Página 6

Página 3


2 Brasília, 1 de novembro de 2011

PIO

Derrubadas

Frase

“A prioridade do governo é outra, é trabalhar com órgãos do governo, mas não rejeitamos a presença nem a ação das ONGs”, ministro Aldo Rebelo.

Concurso vence

Um dos grandes problemas enfrentados pelos moradores da região de Arniqueiras tem sido com as constantes derrubadas promovidas pela Agência de Fiscalização (Agefis). A operação atende uma ação civil pública de 2 de dezembro de 2008, proferida pela 20ª. Vara Federal, que ordena a erradicação de qualquer edificação construída a partir daquela data. De acordo com a ação, há previsão de multa aos órgãos responsáveis em caso de descumprimento.

Prova da OAB

Enquanto faltam médicos nos centros de saúde do Distrito Federal, sobram técnicos de enfermagem esperando para serem chamados em concurso público que foi realizado em 2007. O prazo deste concurso vence dia 14 de novembro. Uma reunião com os concursados foi marcada para o próximo dia 3 de novembro com o secretário de Planejamento, Wilmar Lacerda.

Mais de 100mil bacharéis em Direito fizeram a primeira etapa das provas da Ordem dos Advogados do Brasil. Não há preocupação, garantem vários estudantes: se fez um curso bem feito passa. Reconhecem que é uma garantia para o próprio estudante que avaliará o curso que fez. Foto: Divulgação

PERISC

DF NOTÍCIAS

E os cemitérios!

Causas impossíveis

No último minuto do segundo tempo para o Dia dos Finados, os cemitérios do Distrito Federal começam a passar por mutirão de limpeza, segundo leitores do DF Notícias. A privatização em vez de melhorar deixa tudo como era antes, quando o governo é quem administrava os cemitérios da cidade. É preciso ver isso de perto. Foto: Divulgação

Dia do Servidor Público a Igreja São Judas Tadeu, santo das causas impossíveis, recebeu muitos servidores, afirma Maria da Conceição Santos, também servidora pública. Só apelando mesmo para o santo para que o Governo do DF venha a resolver de vez as reivindicações das categorias que paralisaram ou estão de greve. Por conta disso dizem que São Judas está ocupadíssimo.

Mudança

O Partido Pátria Livre (PPL), que obteve o registro no último dia 4 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), terá um parlamentar na Câmara Legislativa do DF: Wellington Luiz.

Direitos para residentes

Foto: Divulgação

Médicos residentes agora têm aumento salarial, data-base anual, podem contribuir com a Previdência Social, licenças paternidade e maternidade, podem contar, dependendo da instituições, com moradia, alimentação e descanso. Passou da hora tal iniciativa.

Coisas de CLDF

Quarta-feira (26), na Câmara legislativa tudo levava a crer que os 13 deputados presentes iriam votar dois projetos do Executivo, PL 18 e PL 20. Porém o deputado Chico Leite alertou aos integrantes da Mesa de que os projetos não tinham passado pela Comissão de Constituição e Justiça. Chico Vigilante lembrou que os projetos não se encontravam no Plenário e advertiu: “Não podemos votar naquilo que não está presente, que não é palpável”. Wasny de Roure lamentou: “Prejuízo para a Câmara”. O comentário ficou assim: foi boicote ou alguém comeu mosca.

Mais rigor

Foto: A. Sabino

Após três anos de Lei Seca e para evitar os abusos dos motoristas bebuns, está certo o governo em garantir a segurança nas rodovias, nas ruas. Vem aí aparelho que detecta sem precisar soprar o uso de bebida alcoólica, mas é preciso penalizar os irresponsáveis que se esquecem que carro e bebida não combinam.

Olha, olha!

Parece normal, mas não é legal quando querem aprovar projetos na Câmara Legislativa sem eles passarem pelas devidas comissões. Pior é querer que a comissão aprove em pleno Plenário o projeto. Parece que a coisa chega em cima da hora ou ...

É sempre assim

Todo Enem é aquela confusão. É preciso que o Ministério da Educação veja com atenção esses critérios de administração desta modalidade de avaliação. Não deixa de ser uma maneira interessante de ingresso à universidade.

Provar é preciso

No meio dessas acusações que envolvem o governador Agnelo e o ex-ministro dos Esportes existem umas que atingem outras pessoas no DF, mas tudo tem que ser bem esclarecido para não ficar no ouvi falar, eu sei. É preciso provas da parte de quem acusou.

Artigo

Exame de ordem, democracia e cidadania A discussão em torno do exame de ordem vem sendo travada com base em dois temas: constitucionalidade da previsão legal para o exame (art. 8º, IV e § 1º da Lei nº 8906/94) e qualidade do ensino jurídico. Em relação aos dois assuntos, a constitucionalidade é clara. No que diz respeito à previsão legal, ela é adequada e pertinente, pois decorre da autorização contida no art. 5º, XIII, da Constituição. Sua regulamentação pelo Conselho Federal da OAB é igualmente constitucional, na medida em que a atuação do Conselho, mediante provimento, encontra previsão no art. 8º, § 1º, da Lei nº 8906/94. A preocupação com a qualidade do ensino também é compreensível. Há uma expansão desmesurada dos cursos jurídicos. O exame de ordem é um importante instrumento para a melhoria das faculdades de direito. A OAB tem uma atuação

Diretoria Suéllen Vieira Barreto - Presidente

Redação Francisca Rocha - Editora franciscapautas@gmail.com

dfnoticias@uol.com.br redacaodfnoticias@uol.com.br

Vivianne Frota - Repórter annefrota@bol.com.br

www.dfnoticias.com.br

Cledson Soares - Design gráfico

histórica em prol da educação jurídica de qualidade. Mas não é só por isso que o exame é constitucional. Antes de tudo, é fundamental assinalar que a aprovação no exame de ordem é uma garantia de toda a sociedade. Vivemos numa ordem constitucional democrática. Uma das características dessa democracia é a existência de direitos fundamentais. Esses direitos dependem, em grande medida, da atuação de organizações (públicas e privadas). Esses órgãos (o Estado, empresas, associações) muitas vezes não atuam como deveriam; postergam o exercício de direitos; apresentam dificuldades de ordem burocrática; regem-se por lógica própria. Uma forma democrática de combater esse estado de coisas é compelir os responsáveis a adotar condutas que resultem na realização de direitos. E, numa democracia, isso se dá por meio de ações

DF NOTÍCIAS Expediente O DF NOTÍCIAS é de propriedade da DF Notícias Editora Ltda SIG - Quadra 3 Bloco B Entrada 75 2º Andar CEP 70610-400 - Brasília-DF

judiciais, requerimentos administrativos, petições, recursos, ações constitucionais. A sociedade precisa, então, de advogados preparados e comprometidos com a ordem constitucional. É por isso que o art. 133 da Carta Política diz que “o advogado é indispensável à administração da justiça”. O exame da ordem não é apenas constitucional. Ele é instrumento da democracia e da cidadania. __________________________ Cristiano Otávio Paixão Araújo Pinto é professor adjunto e membro da Coordenação do Observatório da Constituição e da Democracia da Faculdade de Direito, da Universidade de Brasília e professor visitante da Universidad de Sevilla (Espanha).

e-mail: redacaodfnoticias@uol.com.br

Os artigos e matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.

Telefones: 3964-0777 e 3039-2631

Impressão F. Câmara Gráfica e Editora.


DF NOTÍCIAS

Brasília, 1 de novembro de 2011 3

Política – O deputado Dr. Charles (PTB) na volta à Câmara como suplente já aprovou em primeiro turno

projetos que foram apresentados na legislatura passada quando era titular. Promete trabalhar em várias áreas

Dr. Charles volta à Câmara Legislativa com disposição

S

uplente do deputado Cristiano Araújo (PTB) que deixou a Câmara para assumir a Secretaria de Ciência e Tecnologia, Dr. Charles retorna à Casa Legislativa demonstrando muita disposição para o trabalho e vai defender várias bandeiras, além da saúde. Anunciou que lançou mão do 14º e 15º salários como fez no mandato passado, aliás foi o primeiro deputado do Distrito Federal a não receber esses benefícios. É titular da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, Cidadania, Ética e Decoro Parlamentar e da Comissão de Assuntos Fundiários. É suplente da Comissão de Assuntos Sociais e da Comissão de Segurança. Em entrevista ao DF Notícias dá mais detalhes do trabalho que desenvolve na Câmara e na cidade. Deputado, o senhor deixou vários projetos na Câmara. Quais projetos o senhor está dando andamento ou existem novos que o senhor pretende apresentar? Antes de começar com o novo, é preciso lembrar também o que nós fizemos. Estou entre os 5 deputados que mais aprovaram projetos na legislatura passada. Nós tivemos um projeto concorrendo com vários parlamentares brasileiros, eu ganhei o Prêmio Mérito Legislativo de 2008 com uma lei de acesso, a Lei de Libras. Todos os hospitais públicos devem ter um tradutor da linguagem brasileira de sinais para ajudar pessoas que adentram nesses hospitais e centros de saúde e tenham

necessidades dessa ajuda. Além de ter escrito na entrada dos hospitais, informações em braile. Temos um projeto que criou a Escola do Legislativo (Elegis) a fim de aperfeiçoar o processo legislativo e a formação dos servidores. A Escola do Legislativo propiciou que houvesse uma interface com a Câmara e a sociedade, possibilitando também parcerias, como por exemplo, com a Fundação Getúlio Vargas para atender os servidores e até em benefício dos parlamentares. Aprovamos em primeiro turno, na semana retrasada, um projeto que exige que em todas regionais de ensino tenha uma nutricionista, porque estamos vendo que nossas crianças estão mais gordas. Essas crianças estão comendo frituras nas cantinas, salgadinhos, verdadeiras bombas calóricas. Contar com nutricionistas nas escolas vai ser muito bom, pois deverão balancear a dieta dos alunos, para que possam ter uma alimentação saudável. Também consegui aprovar em primeiro turno que todos os estabelecimentos públicos e shoppings tenham cadeira de rodas à disposição, para os idosos e deficientes que de alguma maneira possam precisar delas. Qual o seu foco de trabalho? Pretendo trabalhar com a saúde da qual sou oriundo, para ajudar o secretário de saúde que é meu colega no Sindicato. Eu quero ajudá-lo a implantar mais equipes para a Família Saudável, com isso fazendo os procedimentos iniciais na ponta, as pessoas não precisam ir ao hospital. Ter uma dor de cabeça, a pessoa procura o hospital em vez

de procurar os centros de saúde antes. É preciso colocar equipes multiprofissionais, porque hoje só tem clínico e enfermeiro. Às vezes você precisa de um fonoaudiólogo não tem, precisa de um assistente social, não tem para fazer o atendimento. Isso vai ser um avanço para o Distrito Federal. E aumentar o número de equipes para dar cobertura. E os novos projetos? Eu trabalhei muito para a criação do Taguaparque. Quero também atuar na área do meio ambiente. Eu quero trabalhar para que as outras cidades satélites tenham espaços como o Taguaparque. Ceilândia com 600 mil habitantes não tem um parque onde as mães possam levar suas crianças, Samambaia, tem o Parque Três Meninas sem funcionar. Outra área que pretendo ver com carinho é a educação, pois se você quer um grande país, tem que investir na educação, principalmente a básica. Enquanto tivermos um brasiliense analfabeto, não temos democracia plena. Quero participar para definir as poligonais de Vicente Pires, pois não sabemos o que é Vicente Pires , Cana do Reino, 26 de Setembro. São coisas que devem ser feitas para ver a cidade crescer. Qual a impressão que o senhor tem da Câmara hoje? Está diferente? Eu pude perceber que os deputados estão muito participantes, colocando suas idéias com bastante propriedade e a oposição é pequena, mas ferrenha. Legítima, mas embasada. Lançaram muitas frentes. Os deputados estão com disposição.

Foto: Arquivo pessoal

do de vida. A vida não tem preço, não podemos esperar. A pessoa está doente e precisa do remédio naquela hora. A ideia que tenho é fazer voltar a antiga Fundação Hospitalar, porque uma coisa separa a outra, ela teria autonomia para gerenciar, comprar, porque senão vai ficar enrolado e você não trabalha e é preciso realmente desenrolar o problema da saúde e atender bem o paciente.

Considerações finais:

Dr. Charles pretende dá contribuição na área de saúde

O senhor achou estes deputados mais contestadores nesta legislatura? Os deputados estão aguerridos, reivindicadores. A pessoa está lá, foi eleita, tem que dizer a que veio. Muitos parlamentares jovens com vontade de atuar. O que o senhor acha do governo? O Distrito Federal vem de muitos problemas. Era preciso pegar o governo para valer. O Executivo tem que ver as demandas e executá-las para falar para que o governo veio. O governo do Distrito Federal tem muita boa intenção. O governador conversou

comigo sobre os projetos para Brasília. Ele quer cada vez melhorar a cidade. Ele tem muitas intenções, boa vontade, tem conhecimento do que é preciso fazer e está melhorando. O senhor não acha que há muita burocracia para as coisas andarem? Toda licitação tem sempre uma contestação por parte dos órgãos fiscalizadores. Agora podemos perceber que há um excesso de zelo por medo do que aconteceu no passado. Vamos falar da área da saúde. Nesta área não pode haver essa burocracia com os contratos, pois estamos tratan-

Nós tínhamos feito uns projetos que achamos interessantes. E veio uma frustração de não sermos reconduzidos como deputado. O nosso problema foi de coligação. Não tivemos votos suficientes. Mas pensamos e amadurecemos nossas ideias e isso nos deu ânimo para trabalhar. Estamos chamando várias demandas. Resolvemos trabalhar a favor das categorias que nos procuraram. Ainda tem as comissões, o gabinete, onde trabalhamos muito. Muita gente pensa que o trabalho parlamentar se resume somente ao Plenário, mas é muito mais. Tem as comunidades que atendemos, o gabinete. Estou sendo procurado por entidade de classe, pessoas e isso tem me animado muito, entusiasmado. Quero trabalhar também nas questões das creches. Temos que ter creches para as mães deixarem seus filhos para poderem trabalhar. Temos que construir creches e deixar o discurso de lado e partir para a prática. Outra questão fundamental é o emprego. Temos que dar condições para as pessoas trabalharem, gerenciarem a sua vida com dignidade.

Câmara recebe abertura da Construtoras criticam projeto 2ª Conferência da Juventude de lei dos resíduos sólidos A Câmara Legislativa recebeu sexta-feira (28) a abertura da 2ª Conferência Distrital da Juventude, no plenário, às 19h. A sessão solene foi proposta pelo deputado Prof. Israel Batista (PDT) e marca o primeiro passo do evento que definirá políticas públicas para os jovens do Distrito Federal nos dias 4 e 5 de novembro, no Centro Comunitário da Universidade de Brasília. Durante a sessão solene serão discutidos temas que deverão ser levados à Conferência, como por exemplo a melhoria da infraestrutura das escolas públicas, com a padronização das unidades, e a defesa de investimento mínimo de 7% do PIB em Educação. “Os jovens podem dizer como o dinheiro público deve ser investido e, com isso, mudar a realidade da cidade e de todo o País. Eles sabem quais políticas públicas realmente farão a diferença”, argumenta o parlamentar. As conferências distritais são preparatórias para a 2ª Conferência Nacional de Juventude, que acontece em dezembro deste ano. O tema da etapa nacional é

Foto: Silvio Abdon/CLDF

A Câmara Legislativa realizou na manhã de sexta-feira (28), audiência pública para debater o projeto que institui o Plano de Gestão Integrada de Resíduos da Construção Civil e Resíduos Volumosos (PL nº 524/2011), encaminhado em setembro pelo Executivo. Representantes do setor da construção civil criticaram a quantidade de sanções e penalidades previstas. “A minuta conseguiu superar, em alguns pontos, a lei do narcotráfico. Pra ficar equivalente, só falta a lei proposta estabelecer prisão”, disse o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do DF (Sinduscon), Julio Peres. Segundo ele, praticamente

três quartos da proposta tratam de punições para os geradores, transportadores e receptores de resíduos. “E ao governo, só caber punir?”, questionou. “O esforço é trabalhar por convergência, considerando todas as partes”, argumentou Maria Ross, da Secretaria do Meio Ambiente. Ela lembrou, no entanto, que é preciso observar os marcos legais da área, como a legislação de crimes ambientais. De acordo com José Ricardo Fonseca, da Secretaria de Governo, o Distrito Federal produz 7,5 mil toneladas por dia de lixo, das quais aproximadamente 5 mil toneladas são constituídos por resíduos da consFoto: Rinaldo Morelli/CLDF

“Conquistar Direitos, Desenvolver o Brasil!”. O primeiro encontro aconteceu no início de outubro, e o segundo será nos dias 4 e 5 de novembro. As conferências estão sendo realizadas pela Secre-

taria de Juventude do GDF e contam com o apoio do deputado Prof. Israel. A intenção é eleger mais de mil delegados em todas as etapas regionais para representar a juventude do DF na fase nacional.

trução civil. “O destino desses resíduos é a primeira questão para começar a resolver a situação gravíssima do Lixão da Estrutural”, disse Fonseca. “Há excessos na proposta do governo, os erros precisam ser punidos, mas a lei tem que ser mais educativa que punitiva”, defendeu o presidente da Associação Brasiliense de Construtores”, Régiton Queiroz de Menezes. Necessidade de discussão “A gestão de resíduos sólidos é uma questão premente e que precisa ser cada vez mais discutida”, afirmou Rôney Nemer (PMDB), presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo. O deputado disse que a Câmara vai discutir o projeto com todos os segmentos envolvidos, para consolidar o melhor projeto possível. O vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente, Olair Francisco (PTdoB), garantiu que todos os questionamentos serão considerados e discutidos na comissão. “A lei não é para prejudicar ninguém, sua função é ser a mais justa possível”, concluiu.


4 Brasília, 1 de novembro de 2011

DF NOTÍCIAS

ATUALIDADE -

Várias categorias de servidores aguardam uma posição do Governo para acabar ou iniciar paralisações. As reivindicações vão desde abertura de concursos, convocação de concursados e reestruturação de carreira

Paralisações e greves atormentam a população

A

população do Distrito Federal toda semana sente na pele os transtornos ocasionados pelas inúmeras paralisações dos servidores públicos e privados desde o início do ano. Umas foram motivadas por descumprimento de promessas de campanha e acordos e outras reivindicam o mesmo das outras categorias que compreendem reajuste salarial, melhores condições de trabalho, aumento do efetivo através de abertura de concursos e convocação dos concursados. Já paralisaram agentes de reintegração do Caje, agentes de saúde, professores, servidores da educação, servidores da saúde, funcionários do Detran, Polícia Civil, DER- DF, DFTrans, Conselheiros tutelares, rodoviários, enfermeiros, dentistas, agentes penitenciários e operários que trabalham na construção do Estádio Mané Garrincha. Muitas categorias esperam o cumprimento dos acordos realizados, do contrário prometem retornar com as paralisações, como os professores que estão em estado de greve. A falta de serviços incomodam os moradores do Distrito Federal. Segundo Francisco de Almeida, administrador, todo servidor tem o direito de lutar por melhoria de salário e condições de trabalho, mas reclama: ” Nós precisamos do ônibus para chegar ao nosso trabalho e muitas vezes somos prejudicados pelas greves. Pedimos que os patrões reconheçam os direitos dos empregados antes de chegar a greve.” Para Sônia Maria de Souza, economista, as paralisações na Saúde são muito ruins. “Normalmente faltam médicos, remédios, vagas para consulta. Imagine com paralisação. É um caos. Porque o governo não aumenta logo os salários dos médicos e outras categoria da Saúde. Dessa maneira ninguém vai querer prestar concurso, muito menos trabalhar”, alerta Sônia.

Cirurgiõesdentistas Os cirurgiões-dentistas que trabalham na rede pública de saúde do Distrito

Foto: A. Sabino

Enfermeiros Também os enfermeiros da rede pública do Distrito Federal realizam desde o dia 21/10 paralisações. A alegação dos enfermeiros é que a Secretaria da Saúde não cumpriu o compromisso de incorporar a Gratificação de Atividade de Enfermagem (GAE) ao salário da categoria . A categoria promete fazer novas assembleias com paralisações nos dias: 03/11, em frente a emergência do Hospital Regional da Ceilândia e 09/11, 9h , em frente ao Palácio do Buriti

Manifestantes fazem assembleia em frente ao Palácio do Buriti para reivindicar acordo

Federal decidiram paralisar as atividades ontem e fizeram assembleia ontem em frente ao Palácio do Buriti, para protestar por melhores salários. Hoje eles voltam ao trabalho. Cerca de 450 cirurgiões trabalham na área. Na última reunião que tiveram com a Secretaria de Administração Pública foram avisados de que não teriam reajuste este ano. A diretora do Sindicato dos Odontologistas do DF, Patrícia Moraes, afirmou que os trabalhadores de sua categoria exigem equiparação com o salário dos médicos que atuam na rede pública do DF. A diferença de salário entre as categorias chega a ser de 70% e os dentistas, segundo Patrícia tanto médico e dentistas têm as mesmas atribuições e responsabilidades. A Secretaria de Administração Pública do Distrito Federal alega que questões orçamentárias impedem novas contratações e reajustes salariais ainda este ano.

Professores Os professores do ensino público do Distrito Federal reunidos em assembleia, dia 26/10, votaram por não aceitar a proposta apresentada pela Secretaria de Educa-

ção. Segundo o Sindicato dos Professores (SinproDF), o governo se comprometeu a pagar aumentos anuais até 2014 de 2 a 7%. A categoria não aceitou a proposta, pois busca isonomia com o salário dos médicos do GDF. De acordo com a assessora de imprensa do Sinpro-DF, Rosilene Corrêa, é necessária a reestruturação do plano de carreira, “tanto na estrutura geral, quanto na tabela salarial”. Ela explica que o reajuste deve servir para os próximos três anos. Uma nova assembleia será realizada no próximo dia 17, às 9h30, na Praça do Buriti, com paralisação. Se até lá não houver uma proposta que atenda às necessidades dos professores, o Sindicato promete marcar o início da greve. A categoria já entregou semana passada uma carta ao governador Agnelo Queiroz exigindo negociação diretamente com ele.

Mané Garrincha Operários responsáveis pelo trabalho de erguer o estádio que vai receber a abertura da Copa das Confederações 2013 continuam a greve que teve início na última quarta-feira. Os operários já conquis-

taram o recesso de 10 dias no fim do ano, que une as festas de Natal e Ano Novo, melhorias nas filas do refeitório e melhor segurança no ambiente de trabalho. As principais reivindicações são: aumento salarial, horas extras, auxílio alimentação e um aditivo por produtividade. Terminou sem acordo, ontem, audiência de conciliação no Tribunal do Trabalho.

Policiais civis Os policiais civis do Distrito Federal entraram em greve por tempo indeterminado desde do dia 28/10 alegando que o Governo do Distrito Federal não cumpriu acordo firmado com a categoria. Apenas os serviços de emergência, registros de flagrantes e crimes graves, como estupros e homicídios, serão mantidos durante o movimento e 30% do efetivo devem permanecer em atividade. Um nova assembleia foi marcada para a próxima quinta-feira(03), às 15h, em frente ao Palácio do Buriti. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Administração Pública, o GDF apresentou uma proposta aos policiais civis na semana passada, que não foi aceita.

Agentes de reintegração social do Caje Os Agentes de reintegração social que trabalham no Centro de Atendimento Juvenil Especializado (Caje) se reuniram ontem pela manhã, em frente ao Palácio do Buriti. Os trabalhos voltaram ao normal no último sábado (29) após 72 horas de paralisação dos trabalhos. Os trabalhadores pedem a convocação dos concursados, pois segundo eles se não houver aumento de funcionários no Caje, a situação ficará insustentável. A categoria marcou para a próxima terça-feira (1º/11) uma nova assembleia em frente ao Palácio do Buriti, a partir das 9h. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Administração Pública, novas contratações e reajustes só vão ocorrer neste ano em casos “excepcionais” . E esclarece ainda que o GDF cumpriu neste ano todos os acordos feitos com servidores em gestões anteriores, o que comprometeu o orçamento deste ano. Afirma ainda que os gastos do governo já estão perto do teto estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), e portanto reajustes salariais ou contratação de novos servidores só vão ocorrer em 2012.

Povo Fala

O que você acha das paralisações que ocorrem na cidade?

“As greves atrapalham o funcionamento da cidade, mas alguma reivindicações são justas, como aumento de funcionários. Mas tem categoria que ganha bem e quer aumento de salário, isso eu não concordo.” _______________ Mateus de Resende, estudante Fotos: A. Sabino

“Absurdo em termos salariais para algumas categorias, mas justas quando pedem convocação de concursados e abertura de concursos. Acho justo os professores ganharem como os médicos e policiais”. ______________

Érica Nascimento, Vigilante

“Acho que algumas categorias não merecem aumento de salário, pois têm os maiores do país. Essas greves são um abuso, porque deixam as pessoas sem serviço. O governo tem dá aumento para quem recebe pouco”. __________

João Henrique Castro, Estudante

Governo Federal Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma empossa novo ministro do Esporte

Segundo Agência Brasil, ontem ao dar posse ao novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff reforçou a confiança na inocência do antecessor dele na pasta, o ex-ministro Orlando Silva. Dilma chamou Silva de companheiro de governo e disse que, com sua saída, ele ganhava liberdade para defender-se das acusações que o levaram a sair do cargo. “Ele [Orlando] ganha plena liberdade para lutar para restituir a verdade”, disse a presidenta. Orlando Silva entregou o cargo na semana passada depois de tentar resistir por

duas semanas, após a publicação, pela revista Veja, de acusações de recebimento de dinheiro proveniente de desvio do programa Segundo Tempo. O esquema, de acordo com a reportagem, envolvia também o partido de Orlando, o PCdoB, acusado de fazer caixa de campanha com recursos desviados do programa. Dilma também elogiou o PCdoB, partido que, apesar das suspeitas sobre o envolvimento no esquema de desvio de recursos, ela decidiu preservar na pasta. “Perco um colaborador, mas preservo o apoio a um partido que,

em meu governo, considero fundamental.” Aldo Rebelo também fez elogios ao PCdoB, ao programa Segundo Tempo e ao ex-ministro Orlando Silva. Ele lembrou o tempo da ditadura militar em que o “sangue do partido foi derramado em nome da democracia”. “O bem que os homens fazem é enterrado com seus ossos e o mal é levado para sempre”, disse, defendendo seu antecessor. “Talvez mais que inocente, o senhor seja vítima”. Rebelo lembrou que o Segundo Tempo foi concebido sem ter uma estrutura física para que funcionasse e citou

como feito do programa a criação de áreas para a prática de esportes em escolas e praças. O novo ministro dirigiu-se à Dilma para dizer que o convite para integrar a equipe ministerial foi aceito com a ciência de que há desafios do Ministério do Esporte que estão além de sua competência. “Eu assumi essa responsabilidade com a humildade de saber que o desafio talvez esteja em um nível mais elevado que minha capacidade. Os desafios são mais leves e menores pelo que já foi feito”, considerou. O ex-ministro Orlando Silva repetiu, na cerimônia de posse do sucessor, que vai lutar para provar que é inocente das suspeitas de envolvimento no esquema de desvio de recursos públicos que acabaram motivando sua saída do governo. Em um discurso longo e emocionado, Silva enfatizou que “a verdade” aparecerá em breve.


DF NOTÍCIAS

Brasília, 1 de novembro de 2011 5

Cidade

– Sujeira acumulada em terrenos abandonados podem provocar doenças e prejudicar a saúde de moradores em Ceilândia. Devido as chuvas o acumulo de água é grande e atrai todo tipo de animais e insetos

Desrespeito ao meio ambiente e a saúde O

Foto: A. Sabino

Todos os tipos de materiais no lixão são encontrados em um terreno próximo a estação Guariroba na Ceilândia

as BRs, becos, entre outros. Segundo ela, o mais preocupante é que nestes terrenos existe todo tipo de lixo, desde móveis de casa até animais mortos. Abrigo certo para insetos, consequentemente, transmissores de doenças. “O cheiro ruim que fica aqui na rua é insuportável. Fora que a água que fica parada pode dar problema com relação à dengue, e nós não podemos nem ficar sentados na calçada na frente da nossa casa, porque aparece muito borrachudo por aqui. Sem falar na quantidade de outros bichos como mosca, baratas e, de vez em quando, ratos”, disse a moradora.

De janeiro a outubro deste ano, a Secretaria de Trabalho (Setrab) recadastrou e regularizou a situação de mais 1,3 mil artesãos de todo o Distrito Federal, que receberam a Carteira do Artesão. O documento reconhece o profissional como autônomo, permite a emissão de notas fiscais das vendas e garante a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), além de possibilitar a contribuição para a Previdência Social. Outro benefício que o artesão tem com a carteira é o direito de expor mercadorias para venda em diversos locais por meio do projeto Rota do Artesanato, criado em 2007 pela Secretaria de Trabalho, e em eventos no DF ou em outros estados. O objetivo é aumentar o escoamento da produção, fator que é, muitas vezes, um problema para os artesãos, que nem sempre tem local para trabalhar. Mariza Sigaud, que trabalha com bijuterias e participa dos eventos da Rota, comemora os resultados

Foto: Divulgação

Artesãos recebem incentivo do GDF

obtidos com a Carteira do Artesão. “Eu só trabalho com artesanato. Depois que comecei a fazer parte do projeto, minha clientela e as vendas aumentaram bastante. E também passei a recolher a minha previdência social, que é muito importante”, afirma. Além das exposições do projeto Rota do Artesanato, a Setrab também apoia a participação de artesãos do DF em eventos de grande porte. Segundo a secretaria, 331 profissionais participaram, individualmente ou em cooperativas, de três eventos do gênero este ano (Feira Internacional de Negócios do Artesanato, em Brasília, de 15 a 24 de abril; XII Feira Nacional de

José Antônio disse que muitas vezes tem vergonha de convidar os amigos para visitar sua casa, pois mora próximo a fundação Bradesco e muitas vezes o lixo se acumula em frente a sua residência e isso quando algum morador não joga o lixo e coloca fogo. “Acredito que existe uma falta de descuido por parte da administração o abandono desses terrenos. Outra coisa, o problema é quando o lixo está há vários dias. O mau cheiro é terrível. Porém, do que adianta mandar o lixeiro lá cata e no dia seguinte ter mais entulho. Isso também é culpa dos próprios moradores”, enfatizou.

Negócios do Artesanato – Fenearte, em Olinda, de 1º a 10 de julho; e 6º Salão do Turismo, em São Paulo, de 13 a 17 de julho). Juntos, os artesãos comercializaram, nos três eventos, cerca de R$ 160 mil em produtos. A regularização dos artesãos é feita na Casa do Artesão. Lá, o artista apresenta suas peças prontas e passa por uma avaliação feita por dois técnicos da Setrab. “Os artesãos tem que produzir um artigo igual ao apresentado para comercialização. O trabalho final é avaliado de acordo com as diretrizes do Programa de Artesanato Brasileiro”, explicou a gerente. A Carteira do Artesão é entregue no mesmo dia. Para emitir notas fiscais e garantir a isenção do ICMS, a orientação da Setrab para quem já possui a Carteira do Artesão é procurar a Receita Federal e se cadastrar. Assim, o artista terá uma senha para emitir nota fiscal avulsa dos produtos comercializados com isenção do ICMS.

Serviço Os interessados em participar do projeto devem procurar a Casa do Artesão, localizada no SDS, Edifício Darcy Ribeiro, Conic, projeções T2 e T4, de 9h as 11h e de 14h as 17h.

Administração de Ceilândia informou que todos os dias toneladas de lixo são retirados da cidade. Mas as ações não tem sido suficientes para resolver o problema, pois a própria população joga lixo nesses terrenos. A administração ressalta que algumas pessoas pagam carroceiros para despejar objetos maiores, o que prejudica algumas ações. Mais informam que estão realizando parcerias com alguns carroceiros para que esse tipo de transtorno não prejudique a população. Além disso, para amenizar lançaram o programa Cata Entulho, que visa diminuir a quantidade de lixos

como restos de materiais de construção e até eletrodomésticos sem utilidades que geralmente são jogados em locais proibidos. O serviço é gratuito e abraça todas as áreas de Ceilândia. O período de seca contribui para a diminuição dos casos da dengue, doença causada pelo mosquito Aedes Aegypti, fazendo com que muitas vezes as pessoas se preocupem menos em eliminar os focos, jogando lixo a céu aberto nos terrenos baldios. A melhor medida a ser adotada pela população é a destinação correta dos resíduos e consciência. De acordo com o especialista da Universidade de

Brasília (UNB) em Saúde Pública Pedro Teliu destacou que esse tipo de lixo acumulado em terrenos abandonados geralmente são os maiores atrativos para animais e insetos que transmitem doenças. Segundo ele, geralmente são despejados materiais que acumulam água parada, atraem insetos mecânicos que levam bactérias em suas asas. “Na sua grande maioria e isso acontece muito no Distrito Federal. É comum, mas um verdadeiro descaso, pois observarmos lotes tomados por sacolas plásticas, garrafas e entulhos, que muitas vezes não são depositados ali pelo proprietário do terreno. Existe um acumulo de terrenos abandonados que servem de depósito para insetos e animais que transmitem doenças. As moscas e outros insetos podem funcionar como vetores mecânicos, transportando o vibrião para a água e para os alimentos.

Saiba mais A administração lembra aos moradores que o entulho de obra será utilizado nas operações de tapa buraco nos condomínios, já que não se pode asfaltá-los na sua fase de regularização. Eletrodomésticos, móveis usados e demais utensílios, serão direcionados a cooperativas de reciclagem da região, incentivando o serviço social. O Cata Entulho funciona de segunda a sexta-feira, das 8h ás 18h. Basta ligar 3471 – 9853 ou entrar em contato com a administração.

Justiça decide hoje sobre cancelamento do Enem Representantes do Ministério da Educação (MEC) reuniram-se, no início da tarde de ontem (31), com o juiz Luiz Praxedes, da 1ª Vara Federal do Ceará, que irá decidir sobre o pedido cancelamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011. A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Malvina Tuttmann, foi uma das participantes do encontro em que foram apresentadas as alegações para que o exame não seja anulado. De acordo com o MEC, o juiz divulgará até amanhã (1º) a decisão. O pedido para que as provas do Enem, aplicadas nos dias 22 e 23 deste mês, fossem canceladas foi feito pelo Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE), após a constatação de que alunos do Colégio Christus, de Fortaleza, tiveram acesso antecipado a cerca de 14 questões que foram cobradas no exame. Os itens estavam em apostila distribuída pela escola semanas antes da aplicação do Enem e vaza-

Foto: Divulgação

lixo é um grande problema social. Com lixo e entulho acumulados em terrenos baldios e imóveis abandonados, a sociedade acaba alimentando ratos e mosquitos, principais vilões e agentes transmissores da dengue e da leptospirose. Em vários bairros da capital do país há terrenos que se tornaram verdadeiros depósitos de lixo. Os que possuem alguma estrutura montada viraram esconderijo de bandidos e abrigo para a sujeira. É assim que algumas regiões administrativas como Ceilândia se encontram. Ruas limpas no centro, mas terrenos baldios abandonados nas demais localidades. O mau cheiro, a quantidades de bichos e uma sujeira que pode ser vista a olho nú. Quando se anda pelas principais ruas da cidade não se percebe lixo jogado no meio da pista, mas quando se desce um pouco mais é fácil e visível. De um lado moradia e do outro terrenos baldios com muita sujeira e um odor terrível. Apesar dos incômodos que a situação gera o maior problema é quando começa ro período de chuvas. O abandono de terrenos vem preocupando os moradores há bastante tempo. A principal reclamação é em relação à quantidade de lixo, pois quando chove causa acúmulo de água, entope os bueiros e alaga ruas e residências. A dona de casa e moradora da Ceilândia Ana Luiza de Lima, 39 anos, destacou que terrenos baldios existem em todos os lugares, principalmente no final de quadras, próximo

ram da fase de pré-testes do exame, da qual a escola participou em outubro de 2010. A solução defendida pelo MEC é que os 639 alunos da escola cearense tenham as provas anuladas e façam um novo teste no fim de novembro. Mas o procurador da República Oscar Costa Filho pediu à Justiça que o Enem seja anulado – ou pelo menos as questões que estavam na apostila do Christus. O Inep argumentou ao juiz que o episódio ocorreu de forma localizada e que a reaplicação do exame aos alunos do colégio de

Fortaleza não traz prejuízo à isonomia do concurso. O pré-teste é feito pelo Inep para avaliar se as questões em análise são válidas e qual é o grau de dificuldade de cada uma. Os cadernos de questões do pré-teste deveriam ter sido devolvidos após a aplicação e incinerados pelo Inep. A Polícia Federal investiga se houve fraude na aplicação do pré-teste. O MEC confirma que 14 questões que estavam na apostila foram copiadas de dois dos 32 cadernos de pré-teste do Enem aplicado no ano passado a 91 alunos da escola.


6 Brasília, 1 de novembro de 2011

DF NOTÍCIAS

Instituição beneficente cuida de 400 crianças Lar atende, cuida e educa crianças, adolescentes e respectivas famílias, como inclusão na qualidade de vida por meio de uma proposta transdisciplinar de assistência, educação, preparação e capacitação para o mercado

A

instituição Casa de Ismael cuida e trabalha com crianças e adolescentes de comunidades que estão em situação de risco e vulnerabilidade social. Muitas dessas crianças por consequências são órfãs e abandonadas. Com um propósito de construir vínculos com as famílias a instituição realiza um trabalho de socialização. Atualmente, atende 400 crianças do Distrito Federal e conta com o apoio de 70 funcionários. A criança orfã se pode definir como sendo àquela que perdeu os pais, ou um deles, ou ainda, até mesmo um protetor. Porém, todavia sabemos que numa visão mais moderna e ampla, podemos enfocar que orfã não é só aquele que perde por morte o seu protetor ou mesmo os pais, mas também quando essa perda se dar em forma de abandono, falta de afetividade, entre outros. A instituição surgiu em 23 de outubro de 1964, por meio de dois grupos de pessoas espíritas, que passaram a doar seu carinho e tempo a cuidar de crianças e idosos. Na época, um grupo criou se o Lar dos Velhinhos, no Bandeirante, que não tem ne-

nhum vínculo com o Lar. E o segundo grupo começou a criar crianças. Atualmente, existem quase 400 crianças na instituição, sendo 150 na creche, 150 que vão de segunda a sexta-feira e voltam para as suas casas ao final do dia, e 100 que moram na instituição, além dos filhos dos casais sociais, que ajudam a cuidar das crianças. A Casa Ismael, completou 47 anos no dia 22 de outubro. E trabalha com a finalidade de acolhe e assisti crianças órfãs e abandonadas, desde dois anos de idade até completarem 18 anos, proporcionando-lhes orientação educacional, profissional, moral e cívica, admitindo sua permanência até 21 anos, se a situação assim exigir, admite e abriga, em caráter emergencial, menores cujos lares estejam desorganizados, a ponto de não lhes oferecerem (os seus responsáveis) apoio moral e material, observadas as limitações previstas na alínea precedente. Outra forma de trabalho na orientação das famílias de menores, que estão em estado de pobreza e desestruturação aguda, como

Foto: Elionay Santos

Crianças orfãs realizam todos os dias atividades assistidas pela Casa e comunidades

Lar assistencial A Casa de Ismael trabalha com a perspectiva de prevenir situações de risco por meio do desenvolvimento de potencialidades de crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação ou fragilização de vínculos afetivos. Estas ações inserem Serviço de Apoio e Orientação à Família (ASFAM), convivência – crianças de 0 a 6 anos, que ficam na escola e fazem atividades e atendimentos. Convivência – crianças e adolescentes de 6 a 14 anos, alguns moram no Lar e fazem atividades. Quando o jovem a partir dos 14 anos a instituição oferece curso profissionalizante para com prática e técnica profissional para o mercado de trabalho. “A nossa intenção é mostrar ao jovem um caminho e dar possibilidade de se inserir na sociedade. Por isso, reitero que o poder público possa trabalhar e enxergar que essas crianças também são de responsabilidade do governo. E peço que olhem para a questão de serviços sociais e trabalhem na transferência de recursos para um serviço de qualidade com as crianças”, enfatizou o presidente da ONG, Valdemar. Para colaborar com as obras assistenciais e ser um voluntário basta entrar em contato e agendar uma entrevista especial, na qual será abordado, “o que se espera de um voluntário” e “qual a importância desse tipo de trabalho”, tanto para você quanto para a instituição. Para os interessados em conhecer um pouco melhor os trabalhos desenvolvidos na Casa Ismael, o contato pode ser feito pelo telefone 3272- 4731.

uma forma de fortalecer e manter a reintegração no meio familiar. Além disso, as crianças são mantidas na escola de educação infantil para atendimento de crianças assistidas pela Casa e das comunidades. O Valdemar Martins da Silva é presidente da Casa desde 1990 e ressalta que desde assumiu a instituição sua vida mudou muito, pois não existe faculdade que ensina o significado de ver essas crianças felizes. “A minha formação com pessoa foi muito importante na minha vida desde que comecei a trabalhar com essas crianças. Não existe universidade que ensine os valores e as diversidades que passamos”, contou. Maria Pires Cardoso, que trabalha há 37 anos na Casa Ismael acompanhando as crianças, falou da importância de ações como a da Escola de Direito do IDP. “Vivemos de doação. Os donativos são muito importantes para nós, principalmente alimentos como arroz, feijão, óleo, e as roupas, calçados, fraldas, material escolar. Estes são os produtos que mais precisamos aqui”, disse.

Sem remuneração mais com coração Um trabalho que exige respeito, valorização e compromisso com a vida, pela prática da solidariedade, colaboração, diversidade, aprendizado e compartilhamento Um trabalho feito de graça e sem reconhecimento. O velho ditado ‘ajudar o próximo’ se encaixa bem no modo de vida do voluntário. A grande maioria dos voluntários no Brasil quer ajudar a resolver parte dos problemas sociais do país. Outros só querem se sentir útil, valorizado ou até mesmo fazer algo diferente no dia a dia. Em média 54% dos jovens no Brasil querem ser voluntários, mas não sabem como começar. O programa da Rede Solidária Anjos do Amanhã foi criado para dar ênfase a estes projetos. Uma ação que visa promover condições para que crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social tenham a chance de superar a condição de exclusão social e se tornem produtivos e autossustentáveis. O programa surgiu em 2006 com a necessidade de gerar recursos por meio do voluntariado com o conceito de atender as necessidades das crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade sociais jurisdicionadas por meio da 1ª Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal.

O supervisor interino da Rede Solidária Anjos do Amanhã, Gelson Leite explica que essa é uma forma de ajudar a proporcionar a uma pessoa o que ela precisa. Assim como, atendimento médico, psicológico, educação, cursos profissionalizantes, inserção no mercado de trabalho, alimentação, vestuário. Na verdade, são direitos assegurados pela Constituição Federal, regulamentados pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, mas que infelizmente, na prática, não são efetivados. “A Rede Solidária é uma iniciativa bastante proativa do Judiciário, que por meio dela extrapola a sua função meramente judicante e dá exemplo de responsabilidade social”, esclareceu. Gelson Leite lembra ainda que a rede surgiu devido a uma escassez de políticas e projetos públicos de importância para a sociedade no Brasil em todas as áreas. “Estás ações são insuficientes na área de proteção à infância e adolescência, principalmente a proteção de crianças e adolescentes que se encontram com seus direitos violados”, ressalta o supervisor.

Doação De acordo com estudo realizado pela Fundação Abrinq os Direitos da Criança, definiu-se o voluntário como ator social e agente de transformação, que presta serviços não remunerados em benefício da comunidade. Neste caso, doando seu tempo e conhecimentos. Ele também realiza um trabalho atendendo tanto às necessidades do próximo como às suas próprias motivações

pessoais, sejam estas de caráter religioso, cultural, filosófico, político, emocional. Desta maneira o programa não só direciona suas ações aos jovens em situação de vulnerabilidade social, mas também dá apoio às suas famílias e às instituições às quais estão vinculadas a rede solidária. Segundo informações do Anjos do Manhã, podem fazer parte desta ação instituições de acolhimento, casas de semiliberdade e de internação, instituições socioeducativas Foto: Divulgação

Simbolo de solidariedade transforma a vida de crianças e adolescentes em situação de risco social no DF

em meio aberto, creches e projetos sociais que desenvolvem ações de proteção. Ações possibilitam o resgate social de pessoas e famílias de baixa renda. A grande maioria dos jovens atendidos na 1ª Vara da Infância e da Juventude geralmente passam por situações e necessidades de atendimento como saúde física e mental, educação, moradia digna, garantia de acesso a políticas e serviços públicos, entre outros. Dá apoio e criar novos sentidos e prá-

ticas para os jovens como podem, simplesmente, reforçar as concepções e modos de viver. Por isso, a rede solidária trabalha empenhada em auxiliar sua empresa ou instituição por meio de doações ou profissionalismo solidário (voluntário). Um serviço comunitário e que tem o objetivo de auxiliar dezenas de brasileiros que querem realizar a doação do seu tempo e esforço à prática e ao social. Partindo desse principio o Anjos do Amanhã, hoje conta com 137 voluntários.

Seja um voluntário O supervisor Gelson Leite afirma que não é difícil ser um voluntário e que basta ter motivação, comprometimento e seriedade, principalmente quando se trabalha com jovens em situação de vulnerabilidade sociais. Segundo ele, basta realizar um pré-cadastramento no site www.anjosdoamanha.tjdft.jus.br. “É sabido que muitos fatores influenciam na decisão do voluntário. Aproximar-se dessa clientela, formar vínculos afetivos é coisa séria. Não dá para começar um trabalho assim e logo desistir, porque, ao invés de ajudar, pode causar mais danos emocionais. Então, para é só acessar o site escolher a opção Voluntária e agendar uma entrevista. Desta forma verificamos as atividades que podem ser inseridas ao voluntário”, explicou. Também existem benefícios, pois aquele que compartilha suas habilidades a uma sociedade mais justa e igualitária. Segundo o Anjos do Amanhã, no aspecto profissional, o voluntário poderá receber, de acordo com seu banco de horas, um Certificado de Prestação de Serviço Voluntário em sua área de conhecimento, atestado pelo Juiz Titular da 1ª Vara da Infância e da Juventude.


Brasília, 1 de novembro de 2011 7

DF NOTÍCIAS

Titãs e Biquine Cavadão D

uas das mais bem-sucedidas formações do rock no Brasil, as bandas Biquini Cavadão e Titãs dividem o palco do Opera Hall, em Brasília, na sexta-feira, 04/11. Formada na década de 80, o Titãs é uma fonte de sucessos inesgotáveis, mesmo após mais de 25 anos de carreira. “Sonífera Ilha”, “Flores”, “Marvin”, “Enquanto Houver Sol” e “Epitáfio” são algumas das grandes canções do grupo formado por Branco Mello (vocal e baixo), Sérgio Britto (vocal, teclado e baixo), Tony Bellotto (guitarra) e Paulo Miklos (vocal e guitarra). O Biquini Cavadão não fica atrás. Formada nos anos 80 por Bruno Gouveia (vocal), Álvaro Birita (bateria), Carlos Coelho

Foto: Divulgação

Pela primeira vez juntos, duas das melhores atrações do Rock Brasileiro. Biquini Cavadão e Titãs dividem o palco em Brasília (guitarra) e Miguel Flores (teclado), a banda acaba de lançar o 10º álbum de inéditas e promete misturar novas músicas e os sucessos da carreira na presentação em Brasília. Os músicos sobem ao palco a partir das 22h e com seus principais sucessos. Serviço: Local: Opera Hall, SHTN, trecho 2 (antigo Marina Hall) Quando: 04 de outubro Horário: 22h Preço: Pista: R$ 40. Área VIP: R$ 60. Área Extra VIP: R$ 80. Informações: (61) 3425-3300; (61) 8216-4335 e (61) 3347-6863 Classificação: 18 anos (área open bar) e 16 anos (demais áreas)

Local: Sala Villa-Lobos - Teatro Nacional Cláudio Santoro Quando: 04, 05 e 06 de Novembro, a partir das 21h Ingressos: Inteira R$ 60,00 e Meia R$ 30,00 Mais informações: (61) 3325-6256. Classificação: 14 anos.

Serviço: Local: Centro Cultural Banco do Brasil Endereço:SCES, Trecho 2 Conjunto 22 Quando: 4 a 20 de novembro Informações: (61) 3108-7600 Confira a programação no site oficial: www. panoramafestival.com

Umbria Jazz Brasil em Brasília Em seu sexto ano de realização, o Umbria Jazz Brasil receberá as apresentações do pianista e jazzista italiano Ramberto Ciammarughi nas cidades de Brasília e São Paulo, nos dias 1 e 4 de novembro. O pianista virá ao Brasil pela primeira vez exclusivamente para se apresentar no festival Umbria Jazz Brasil. O projeto Umbria Jazz Festival é o maior e mais importante Festival de Jazz da Europa – que, neste ano, comemora 38 anos de sucesso. No ano da Itália no Brasil, o projeto consolida parceria cultural entre os dois países. Realizado há 38 anos na Itália, o evento acontece no Brasil desde 2006, quando a FENAE trouxe o projeto para o país, dando o nome de Umbria Jazz Brasil, possibilitando o intercâmbio cultural entre os países pelas cidades por onde o projeto passa. Desde sua primeira edição, o festival já passou por Brasília, Curitiba, Ouro Preto, Rio de Janeiro , São Paulo e Salvador.

Serviço: Local: Livraria Cultura - Iguatemi Shopping, Lago Norte Data: 1 de Novembro, às 20h Ingressos: Entrada franca. Pontos de Venda: Os ingressos podem ser retirados na Livraria Cultura Classificação: Livre

Duas ou três coisas que eu sei sobre o amor

As Olívias Grupo de comédia formado por quatro atrizes, com programa semanal de sucesso no canal Multishow, apresentará o espetáculo As Olívias Palitam, dia 5 de novembro, no Teatro Oi Brasília. O projeto EnCena continua no Teatro Oi Brasília: após a ilustre presença da premiada atriz, diretora e coreógrafa paranaense Denise Stoklos (15 e 16/10), agora será a vez da comédia do quarteto feminino As Olívias, formado pelas atrizes Cristiane Wersom, Marianna Armellini, Renata Augusto e Sheila Friedhofer, apresentando o espetáculo “As Olívias Palitam”, no dia 5 de novembro (sábado), às 21h. Os ingressos já podem ser adquiridos, no valor único de R$ 30, na bilheteria do teatro, situado no Complexo Golden Tulip Brasília Alvorada (SHTN Trecho 1, vizinho ao Palácio da Alvorada), de terça-feira a sábado, das 13h às 19h. Ou pelo site www. teatrooibrasilia.com.br As Olívias são um quarteto feminino que resolveu transformar em humor seu jeito inusitado de ver o mundo. Formado pelas atrizes Cristiane Wersom, Marianna Armellini, Renata Augusto e Sheila Friedhofer, o grupo traz à cena o humor afiado das mulheres, em um universo geralmente dominado pelos homens. Foto: Divulgação

Conquista, vivência a dois, perda amorosa, sinceridade, desafios e responsabilidade na vida conjugal fazem parte das relações amorosas e estão sempre presentes na obra da escritora Martha Medeiros, que ganha espetáculo com a direção de Nilson Rodrigues. Duas ou três coisas que eu sei sobre o amor, traz os atores Murilo Grossi, Alexandra Medeiros, André Reis, Mateus Ferrari e Tati Ramos. De acordo com o diretor, a ideia é ampliar o diálogo de sucesso de Martha Medeiros, autora do livro Divã que deu origem ao filme e série de TV homônimos, com os leitores. “O objetivo é levar as reflexões sobre as relações amorosas para a linguagem teatral, dando vida aos personagens criados por ela”, completa Nilson Rodrigues. Grossi afirma que a abordagem das diversas facetas do amor tende a provocar reações inesperadas na plateia. “O público vai rir, se emocionar, refletir e alguns vão aproveitar para namorar”,

O Festival Panorama completa 20 anos e se consolida como o maior evento de performance e dança profissional do Brasil e um dos mais importantes do América Latina: em todas as suas edições, já soma a participação de mais de 400 companhias brasileiras e estrangeiras. Com direção geral e curadoria de Eduardo Bonito e Nayse Lopez, o festival - sediado no Rio de Janeiro – vem a Brasília pela primeira vez. No primeiro ano na Capital, o festival apresenta uma janela privilegiada para a programação especial da edição 20 anos do Panorama. Os três nomes da edição deste ano na capital federal tratam do tema central da programação 2011, a memória no corpo. A premiada companhia catarinense Cena 11 apresenta Guia de Ideias Correlatas, espetáculo que investiga a própria historia da companhia nestes seus 18 anos. Com a força física característica do coreografo Alejandro Ahmed, o espetáculo apresenta ao publico as idéias por trás de cada espetáculo do grupo, misturando dança, ciência e tecnologia. Out of Time é um tour de force de dança narrado com enorme charme e humor pelo próprio Colin. Completando a programação de dança um espetáculo infantil Vice-Versa.

Foto: Divulgação

Serviço:

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Seguindo a linha de sátiras do grupo, Hermanoteu na Terra de Godah visita a diversidade fantástica do Livro dos livros. Entre as densas páginas do Antigo Testamento, encontramos Hermanoteu, nosso pacato protagonista, perambulando por domínios romanos entre pestes, bárbaros e deuses pagãos. Quando o homem enfrentava a ira de um deus menos complacente, Hermanoteu, irmão de Micalatéia e típico hebreu do ano zero – camarada, bom pastor e obediente –, recebe uma missão divina: guiar Seu povo à Terra de Godah. Num cenário que representa um imenso deserto, Hermanoteu esbarra em Cleópatra e até mesmo no Filho do Todo Poderoso, além de outros tantos personagens fantásticos. Um espetáculo reverenciado pelo público, onde a Cia. orgulhosamente recebe o humorista Chico Anysio, interpretando Deus (com textos em off). O final da peça traz uma divertida surpresa para os espectadores... À época da estréia, ainda fazendo os ajustes nos eixos do humor que pretendíamos fazer, dava-nos a impressão que divertíamo-nos mais do que o público, e isso não é nada bom empresarialmente... Entretanto, ao produzirmos a Temporada Os Melhores do Mundo 2000, Hermanoteu foi remodelado e hoje é, sem sombra de dúvidas, um dos mais divertidos espetáculos da Cia. (para o público inclusive...). Hermanoteu cumpre temporada por todo o Brasil e em novembro de 2008 esteve em cartaz em Lisboa.

Foto: Divulgação

Hermanoteu com Melhores do Mundo CCBB apresenta “Panorama 2011”

Serviço: Local: Teatro Eva Herz Brasília Endereço: Livraria Cultura Iguatemi - SHIN, Centro de Atividades Qd. 04, Lote A, Loja 101 – Lago Norte Quando: Até 11 de novembro Horário: Sexta e Sábado, às 20h30 e domingo, às 19h Preço: Inteira: R$ 40,00 e Meia: R$ 20,00 Informações: (61) 2109-2700 Classificação: 14 anos

Serviço: Local: Teatro Oi Brasília Endereço: SHTN Trecho 1, Conj. 1B, Bloco C Quando: 5 de novembro, às 21h Ingressos: R$ 30 (preço único) Mais informações: www.asolivias.com.br Classificação indicativa: 14 anos


8 Brasília, 1 de novembro de 2011

DF NOTÍCIAS

AVC – Acidente Manjericão (Ocimum Vascular Cerebral Basilicum L.) O

acidente vascular cerebral, ou derrame cerebral, ocorre quando há um entupimento ou o rompimento dos vasos que levam sangue ao cérebro provocando a paralisia da área cerebral que ficou sem circulação sanguínea adequada. Tipos de AVC: Isquêmico: entupimento dos vasos que levam sangue ao cérebro; Hemorrágico: rompimento do vaso provocando sangramento no cérebro. Sintomas: Diminuição ou perda súbita da força na face, braço ou perna de um lado do corpo; alteração súbita da sensibilidade com sensação de formigamento na face, braço ou perna de um lado do corpo; perda súbita de visão num olho ou nos dois olhos; alteração aguda da fala, incluindo dificuldade para articular, expressar ou para compreender a linguagem; dor de cabeça súbita e intensa sem causa aparente; instabilidade, vertigem súbita intensa e desequilíbrio associado a náuseas ou vômitos. Conforme a região cerebral atingida, bem como de acordo com a extensão das lesões, o AVC pode oscilar entre dois opostos. Os de menor intensidade praticamente não deixam seqüelas. Os mais graves, todavia, podem levar as pessoas à morte ou a um estado de absoluta dependência, sem condições, por vezes, de nem mesmo sair da cama. A pessoa pode sofrer diversas complicações, como alterações comportamentais e cognitivas, dificuldades na fala, dificuldade para se alimentar, constipação intestinal, epilepsia vascular, depressão e outras implicações decorrentes da imobilidade e pelo acometimento mus-

VOCÊ SABIA

cular. Um dos fatores determinantes para os tipos de conseqüências provocadas é o tempo decorrido entre o início do AVC e o recebimento do tratamento necessário. Para que o risco de seqüelas seja significativamente reduzido, o correto é que a vítima seja levada imediatamente ao hospital. Os danos são consideravelmente maiores quando o atendimento demora mais de 3 horas para ser iniciado.

Prevenção:

Muitos fatores de risco contribuem para o seu aparecimento. Alguns desses

fatores não podem ser modificados, como a idade, a raça, a constituição genética e o sexo. Outros fatores, entretanto, podem ser diagnosticados e tratados, tais como a hipertensão arterial (pressão alta), a diabetes mellitus, as doenças cardíacas, a enxaqueca, o uso de anticoncepcionais hormonais, a ingestão de bebidas alcoólicas, o fumo, o sedentarismo (falta de atividades físicas) e a obesidade. A adequação dos hábitos de vida diária é primordial para a prevenção do AVC. Somente um médico pode diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. Arte: Tribuna do Norte

O manjericão (Ocimum basilicum L., Lamiaceae) é considerada uma planta perene, mas em condições de cortes sucessivos, a espécie apresenta boas produtividades até o segundo ano de cultivo. As diferentes espécies ou variedades de manjericão podem ser classificadas em função do aroma: doce, limão, cinamato ou canela, cânfora, anis e cravo e também a partir de características morfológicas da planta como: porte, formato da copa, tamanho e coloração da folhagem. O manjericão de cor verde é o mais conhecido, sendo as espécies com folhas avermelhadas mais raras e mais aromáticas. No Brasil, o manjericão é cultivado principalmente por pequenos produtores para a comercialização de suas folhas verdes e aromáticas, usadas frescas ou secas como aromatizante ou como condimento. Além do uso in natura o manjericão é muito utilizado para a obtenção de óleo essencial, importante na indústria de perfumaria e na aromatização de alimentos e bebidas. O óleo essencial de manjericão apresenta também propriedades inseticidas e repelentes. Na região do Mediterrâneo a erva é plantada em beirais das janelas para repelir mosquitos e moscas domésticas. Na medicina popular, as suas folhas e flores são utilizadas no preparo de chás por suas propriedades tônicas e digestivas, sendo frequentemente utilizadas no tratamento de enjôos, vômitos e dores de estômago. São indicados ainda para problemas respiratórios, reumáticos, alivia as cólicas menstruais e acalma os nervos, favorecendo o sono. Já como tempero, estimula o aparelho digestivo e combate gases, cólicas e gastrites. É também usado na culinária popular, em saladas, recheio, molhos, sopas, sendo o principal ingrediente do pesto, um molho típico italiano.

??

Como solicitar o SEGURO DPVAT Solicitar a indenização do DPVAT é simples, dispensando a interferência de terceiros. Se você é o principal interessado na indenização, cuide dela você mesmo. Ninguém melhor que você para preservar os seus direitos. A relação de documentos varia conforme o tipo de indenização pleiteada. Há, portanto, uma lista diferenciada de documentos para os casos de morte, invalidez

permanente e despesas médicas e suplementares (DAMS). Consulte no www. dpvatseguro.com.br/ a documentação necessária que atenda seu caso. Atenção! Existe um prazo para fazer o pedido de indenização A partir de 11.1.2003, data em que o Novo Código Civil entrou em vigor, o prazo para dar entrada no pedido de indenização do Seguro DPVAT passou a ser de 3 anos, a

contar da data em que ocorreu o acidente. Há casos, porém, em que o prazo pode ser maior que 3 anos, o que dependerá do tempo decorrido entre a data do acidente e a data do Novo Código Civil. Para acidentes envolvendo invalidez, nos quais o acidentado esteve ou ainda está em tratamento, o prazo para prescrição levará em conta a data do laudo conclusivo do Instituto Médico Legal - IML

Mercado de trabalho

Capacitação profissional Cursos Instituto Fecomércio

Estão abertas as inscrições para os cursos de verão 2011/2012 da Bolsa Formação Estudante do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). No Distrito Federal, são 3.145 vagas, oferecidas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) nas unidades do Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Taguatinga, Gama, Plano Piloto, Ceilândia e Sobradinho. Inicialmente, serão beneficiados os estudantes matriculados no ensino médio da rede pública. As inscrições devem ser feitas até o dia 4 de novembro na secretaria da escola em que o aluno estuda. Dentre os cursos oferecidos estão administrador de redes, auxiliar de web design, operador de computador, programado, modelista, assistente de obras, padeiro e confeiteiro, ajustador mecânico, operador de caixa, recepcionista, balconista de farmácia e recepcionista de eventos, entre outros. Como se inscrever: - As inscrições terminam no dia 4 de novembro nas secretarias das escolas onde os alunos estão matriculados; - O horário para as inscrições é o mesmo de funcionamento das escolas; - Cada aluno poderá inscrever-se em apenas um curso e deverá apresentar carteira de identidade, certidão de nascimento ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH); - O sorteio das vagas será no dia 10 de novembro em local ainda não definido; - A lista dos classificados estará disponível nas Diretorias Regionais de Ensino e o site www.se.df.gov.br, a partir do dia 14 de novembro. As aulas começarão no dia 21 de novembro.

Reprodução

Além de estar entre as principais causas de morte mundiais, o AVC é uma das patologias que mais incapacitam para a realização das atividades cotidianas

Foto: Divulgação

SAÚDE

1º Curso: Administração de Estoque e Logística Período: de 07 a 11 de novembro (segunda a sexta) Horário: 19h às 22h Investimento: R$ 110,00 2º Curso: Análise de Crédito e Risco Como Evitar Inadimplência Período: de 07 a 11 de novembro (segunda a sexta) Horário: 19 às 22h Investimento: R$ 110,00 3º Curso: Chefia e Liderança Período: de 07 a 11 de novembro (segunda a sexta) Horário: 19 às 22h Investimento: R$ 110,00 4º Curso: Técnicas Modernas de Vendas para o Fim de Ano Período: de 07 a 11 de novembro (segunda a sexta) Horário: 19h às 22h Investimento: R$ 110,00 Os cursos tem carga horária de 15 horas e são ministrados por consultores credenciados e cadastrados no Instituto Fecomércio. Os participantes recebem certificados, apostilas e material de apoio. Os cursos são realizados no Instituto Fecomércio, localizado no SCS Qd. 06, Edifício Jessé Freire, 6º andar. INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES: TELEFONE: (61) 3962.2015 / 2005 SITE: www.cursosif.com.br

Cursos do Senac Iniciam as aulas durante a semana de 7 a 12 de novembro: Corte e Escova – Tendências Atuais – 80h Aprenda a utilizar as técnicas avançadas para a realização de cortes: desfiados com tesoura, fio reto, repicado e desfiado com navalha, observando as tendências das estações e a preferência do cliente. Requisitos de acesso: Idade mínima de 18 anos, ter o Ensino Fundamental completo e ser cabeleireiro. Técnico em Análises Clínicas – 1.440h – Incluindo prática, estágio supervisionado e material descartável Requisitos: Idade mínima de 17 anos e estar cursando, no mínimo, o 3º ano do Ensino Médio. Técnico em Enfermagem – 1.800h – Incluindo prática, estágio supervisionado de 600h e material descartável Requisitos: Idade mínima de 18 anos e ter o Ensino Médio completo.

INSCRIÇÕES: Para efetuar a matrícula, os interessados devem comparecer à secretaria escolar de uma das unidades do Senac, das 9h às 18h, levando os seguintes documentos e respectivas cópias: RG, CPF, comprovante de escolaridade, e comprovante dos demais requisitos do curso escolhido. Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone 33138877 ou pelo endereço eletrônico http://www.senacdf.com.br/.


edição 776