Page 1

EUF RIA EDIÇÃO ESPECIAL EDUCAÇÃO INFANTIL & ENSINO FUNDAMENTAL

A REVISTA DO

Veja o que o ENERGIA TEM EDUCAÇÃO INFANTIL

ENSINO FUNDAMENTAL

Conheça como o Energia articula cuidado, socialização e educação

Estímulo ao aprendizado através de reflexões, vivências e projetos


A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida. (JOHN DEWEY)

02

1ª Edição|Setembro de 2O13


EDITORIAL

Da fralda à beca O Sistema de Ensino Energia, a melhor rede de ensino particular de Santa Catarina, tem como princípios pedagógicos a compreensão de que todo sujeito é modificável e capaz de aprender e que o aprendizado é um ato dialógico entre o indivíduo, suas relações sociais e o saber historicamente produzido Assim, com o intuito de manter uma proposta pedagógica articulada com as exigências do mundo atual, o Energia produz o seu próprio material didático, conta com um corpo docente qualificado e renomado e com uma equipe multidisciplinar que contribui nas diferentes etapas do processo educativo, especialmente com a manutenção de nossa identidade como uma escola de excelência no mercado educacional. Nesse sentido, trabalhamos para que nosso aluno, do Berçário à Faculdade, possa vivenciar múltiplas interações com o conhecimento, potencializando o seu desenvolvimento pessoal e estudantil.

EUF RIA|

03


SUMÁRIO

06

TECNOLOGIA

08

DIA A DIA

10

ESTÍMULO À LEITURA

12

SUJEITO HISTÓRICO

13

CUIDADOS PESSOAIS

14

Lousas digitais desde o Berçário Às voltas com a leitura e a escrita Teatro literário para as crianças História pessoal no Berço Literário Higiene recebe atenção especial HÁBITOS ALIMENTARES

Alimentação saudável na infância

16

SEMPRE, ÀS VEZES, NUNCA

17

ENTRE PAIS

18

MATEMÁTICA FINANCEIRA

Etiqueta: educação à mesa Vivências na Roda de Conversa Muito mais do que calcular

DIREÇÃO

04

DIRETOR-PRESIDENTE

DIRETORA GERAL

DIRETORA ADMINISTRATIVA

Percy Haensch

Marlene G. F. Haensch

Gabriela Galberto Filippon

1ª Edição|Setembro de 2O13


REFORÇO

Assistência no contraturno CORPO EM MOVIMENTO

Muitas opções na Educação Física ATIVIDADE EXTRACLASSE

Viver Energia alia esporte e cultura COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

Xadrez: ótimo ao desenvolvimento PLANTÃO DE FÉRIAS

Auxílio à família durante as férias IMPRESCINDÍVEL

Família e escola: grande parceria SERVIÇO DE PSICOLOGIA

Ensino auxiliado por psicólogos MONITORAMENTO

Segurança no ambiente escolar LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS

Aprendendo ciência na prática

DIRETOR DA EDITORA

DIRETOR PEDAGÓGICO GERAL

Fabio Galberto Filippon

Nilson da Silveira

19 20 22 23 24 25 26 27 28

EUF RIA|

05


TECNOLOGIA

Lousas digitais desde o Berçário A fascinação de adolescentes e jovens por aparatos tecnológicos já é bem conhecida. Os avanços da tecnologia acabam fazendo com que o contato das novas gerações com modernos recursos digitais comece cada vez mais cedo. No Sistema de Ensino Energia, a utilização de recursos digitais é iniciada já no Berçário, quando as crianças se divertem e aprendem com a lousa digital. Ela é projetada no chão, para maior proximidade dos pequenos com esse importante recurso de desenvolvimento sensorial e psicomotor, intensificando as percepções da criança em relação a cores, formas e movimentos. Por isso, nossos projetos educacionais incluem o que há de mais novo e consistente no âmbito educacional, daí o uso de diferentes recursos tecnológicos nos vários níveis de ensino – do Berçário à Faculdade.

Alunos da Educação Infantil na Unidade Irmão Joaquim usando a lousa digital projetada no chão

06

1ª Edição|Setembro de 2O13


No topo, alunos do Maternal divertindo-se e colorindo o ch達o com a lousa digital projetada. Acima e ao lado, aluno e professora do Ensino Fundamental durante uma aula de Geografia.

EUF RIA|

07


DIA A DIA

Às voltas com a leitura e a escrita Atividades que envolvem os mais diferentes gêneros textuais, considerando-se o contexto próprio de práticas sociais de leitura e escrita, caracterizam o trabalho de alfabetização com vistas ao letramento. Essa concepção permeia a prática pedagógica de todos os níveis de ensino no Energia, ratificando a convicção de que tanto a alfabetização como o letramento implicam aprendizagem permanente. Desde as etapas iniciais de alfabetização, a ênfase do aprender a ler e a escrever não está centrada na decodificação de letras e fonemas, frases e textos, mas no desenvolvimento de atividades que promovam o exercício da interpretação do texto em suas diversas tipologias e que visem principalmente ao uso de leitura e escrita em situações reais.

08

1ª Edição|Setembro de 2O13


EUF RIA|

09


ESTÍMULO À LEITURA

Teatro literário para as crianças A Hora do Conto é um momento de demonstrar o quanto a leitura pode ser prazerosa. O livro envolve a criança, estimulando a criatividade, a curiosidade, a imaginação e a capacidade de escuta, além de criar hábitos que desenvolvem a cognição. O incentivo à leitura tem início no Berçário e se estende por todo o processo de escolarização utilizando-se de diferentes metodologias e recursos didáticos, a exemplo dos aplicados na dramatização das histórias ou na apresentação de teatro de fantoches. Semanalmente nossos alunos participam do projeto de leitura da biblioteca Energia. A bibliotecária, juntamente com a professora regente, procura orientar a escolha do livro que o aluno leva para casa, considerando seus interesses, as habilidades de leitura, as possibilidades de motivação. O(A) professor(a) orienta e coordena em sala a socialização das histórias lidas pelas crianças (muitas vezes com a ajuda dos familiares), o que comumente desperta nas demais a vontade de conhecer melhor o livro comentado. Nesse sentido, estimula-se igualmente a indicação de livros de um aluno para outro, prática bastante comum entre leitores adultos.

Dramatização das histórias de Monteiro Lobato para os alunos da Educação Infantil na quadra de esportes.

10

1ª Edição|Setembro de 2O13


Estímulo à leitura e outros momentos da Hora do Conto na Biblioteca da Escola.

EUF RIA|

11


SUJEITO HISTÓRICO

História pessoal no Berço Literário As fontes históricas dão acesso ao conhecimento humano construído ao longo do tempo e estão sujeitas a inúmeras interpretações, de acordo com o momento social e temporal do sujeito que as consulta. O passado é interpretado e reconstruído. Para entender a influência da História em suas vidas, os alunos do 3º. ano do Ensino Fundamental montaram um berço literário, contando em prosa e verso a sua própria história.

Para o Berço Literário, foi criado um espaço temático na entrada da Escola para valorizar as histórias dos alunos

12

1ª Edição|Setembro de 2O13


CUIDADOS PESSOAIS

Higiene recebe atenção especial Hábitos simples como cortar as unhas, pentear os cabelos e escovar os dentes estão entre as principais atitudes preventivas para o nosso bemestar. Assim, no Energia (Unidade III), essas práticas vão muito além de uma rotina escolar, estando presentes também nas aulas de Ciências Naturais, de modo a intensificar esses procedimentos pela aprendizagem e conscientização da sua importância.

Alunos do maternal praticando com uma boneca os cuidados básicos que devem ter na higiene pessoal

EUF RIA|

13


HÁBITOS ALIMENTARES

Estímulo e importânc alimentação saudáve De acordo com a nutricionista do Energia Florianópolis, entre os fatores que influem no crescimento e desenvolvimento das crianças e na preservação de sua saúde, a alimentação ocupa um lugar de importância indiscutível. Por esse motivo, o espaço destinado à alimentação das crianças foi cuidadosamente estruturado. A Cozinha Experimental é a paixão dos pequenos. Vivencia-se a prática de receitas nutritivas, que contribuem para a inserção de novos alimentos, principalmente frutas, verduras e legumes. A formação de hábitos alimentares saudáveis precisa ser iniciada desde cedo, e a escola pode colaborar com esse desafio. Mas, para que essa prática se efetive, a parceria família e escola é de fundamental importância, seja na escolha de cardápio das principais refeições e dos famosos “lanches” do final de semana, seja na própria compra de guloseimas. As festinhas de aniversário demandam igualmente atenção especial. Nossa nutricionista conta com a ajuda dos professores na descoberta dos benefícios de uma alimentação saudável, pois, segundo ela, não Abaixo, alunos da Educação Infantil na Cozinha Experimental manipulando utensílios para fazer doces e salgados .

14

1ª Edição|Setembro de 2O13


cia de hábitos de el desde a infância basta incentivar as crianças a trocar, por exemplo, o refrigerante pelo suco, é preciso conscientizá-las da importância dessa substituição com base em informações nutricionais. Outra prática que contribui muito para a formação desses hábitos alimentares saudáveis é o cultivo de mini-hortas orgânicas pelas próprias crianças. Elas desenvolvem a horta coletiva na escola juntamente com as professoras e contando com a parceria de um biólogo.

Na foto grande, plantando hortaliças, e abaixo alimentando-se, aprendendo sobre alimentos e em visita ao mercado.

Os procedimentos da rotina alimentar na escola recebem cuidadosa atenção dela e da merendeira. Esses cuidados iniciam-se com um levantamento das necessidades nutricionais de cada faixa etária para a elaboração do cardápio. A escolha dos alimentos ao comprá-los, o preparo e a forma de armazenamento são cuidados permanentes. A nutricionista também orienta as professoras para uma mediação mais efetiva com os pequenos durante as refeições, que são feitas no refeitório. O modo correto da mastigação, o incentivo e adequação do uso dos talheres e a postura ao sentar-se junto à mesa são aspectos trabalhados.

EUF RIA|

15


SEMPRE, ÀS VEZES, NUNCA

Aulas de etiqueta: educação à mesa Alimentar-se bem é tudo de bom. É já nos primeiros anos de vida que as crianças começam a formar seus hábitos alimentares. E é também a partir desse período que as crianças aprendem como se portar na hora das refeições. Com essa consciência, criamos a Aula de Etiqueta propiciando aos pequenos a oportunidade de vivenciar e refletir sobre a maneira de sentar-se à mesa, a forma de servir-se, como utilizar talheres, louças e guardanapo durante as refeições. As regras precisam ser introduzidas aos poucos e de forma descontraída. O que não deve acontecer é o excesso de regras e a exigência radical de seu cumprimento. Com aulas práticas e orientação sobre as regras do convívio social realizadas no ambiente escolar, os pequenos vão se adaptando às normas de conduta própria. Sentem-se valorizados e capazes de dar conta de tais costumes.

Alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental aprendem como portar-se à mesa exercitando o convívio

16

1ª Edição|Setembro de 2O13


ENTRE PAIS

Experiências na Roda de Conversa A Roda de Conversa trata-se de uma prática mensal criada pela instituição para o debate e a reflexão entre pais, professores e demais profissionais que trabalham com as crianças, sobre temáticas que envolvem o desenvolvimento biopsicossocial delas. Participam desses encontros pais das turmas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I. A nossa primeira roda de conversa contou com a presença da doutora Viviane (mãe do aluno Bruno), que é dentista. da rede municipal de Florianópolis. O intuito do encontro era de chamar atenção de professores e familiares sobre cuidados básicos que precisam ser observados na primeira dentição. O resultado foi excelente, pois todos puderam tirar suas dúvidas e trocar experiências vividas.

Acima os pais participantes da primeira Roda de Conversas promovida pela Escola. Ao lado a dentista Viviane, que partilhou seu conhecimento com os demais.

EUF RIA|

17


MATEMÁTICA FINANCEIRA

Muito mais do que calcular O Ensino Fundamental II (do 6º. ao 9º. ano) do Colégio Energia oferece a seus alunos a disciplina de Matemática Financeira. Com o lema “muito mais do que calcular”, o Sistema de Ensino Energia acredita que é preciso oportunizar aos adolescentes práticas que possam auxiliá-los nas diversas atividades diárias que envolvem o sistema monetário. Para tornar esse aprendizado mais próximo do contexto social em que estamos inseridos, os alunos aprendem por meio de simulações de compra e venda, cálculo de juros simples e compostos, elaboração de tabela de custos pessoais e/ou empresariais no Excel. Instrumentalizar o aluno para a realização de um planejamento orçamentário como instrumento de apoio à tomada de decisão em seu cotidiano transcende a operacionalização dos cálculos. É necessário o exercício do pensar, do refletir e do argumentar como suporte à identificação da melhor estratégia matemático-financeira a praticar. Tais habilidades e competências assumem papel preponderante no desenvolvimento integral do estudante.

Estudantes do Ensino Fundamental exercitam no laboratório e apresentam em sala de aula os trabalhos realizados

18

1ª Edição|Setembro de 2O13


REFORÇO

Assistência no contraturno As Aulas de Assistência têm como objetivo oferecer, no contraturno, um atendimento diferenciado aos alunos que apresentam dificuldades ou defasagens em determinados conteúdos. Nesse espaço, os alunos revisitam os conteúdos trabalhados durante as aulas regulares por intermédio de novas explicações, além de atividades escritas e orais. Cabe ressaltar que o critério para frequentar esse atendimento não é a nota, e sim a dúvida, partindo-se do pressuposto de que um conteúdo pode ser pré-requisito para o seguinte. Portanto, a aula de assistência funciona como um reforço paralelo ao conteúdo ministrado em sala. Esse serviço também não incide em valor adicional à mensalidade.

Oferecidas no contraturno, as aulas de assistência ajudam aqueles que tem qualquer dificuldade com o conteúdo.

EUF RIA|

19


CORPO EM MOVIMENTO

Muitas opções na Educação Física São várias as opções de modalidades desportivas que os alunos podem escolher. Para o Ensino Médio, além dos tradicionais futebol, vôlei e basquete são oferecidos natação, tênis de mesa, dança de salão, jazz, dança do ventre, caminhada, xadrez e surfe. As atividades são ministradas em ginásios, ao ar livre ou em sala de aula. Aulas de ioga e de circuito também fazem parte do programa de Educação Física do Ensino Fundamental II. Nas aulas de ioga, os alunos podem vivenciar as noções básicas dessa atividade, cujo objetivo essencial é a busca por equilíbrio, harmonia, controle físico e mental. À medida que aprendem mais sobre o seu corpo e criam o hábito de exercitar a respiração, os alunos percebem que podem minimizar a influência negativa de situações de estresse e conflito geradas no dia a dia. As aulas de circuito, que têm como objetivo o trabalho sincronizado e em grupo, possibilitam que o aluno exercite sua atenção, concentração e memorização. Nessas aulas, materiais e equipamentos diversos são utilizados, tais como bolas de pilates, halteres, caneleiras e bancos de step, além de serem animadas por músicas.

Ao lado e abaixo, alunas do Ensino Médio fazendo aula de dança do ventre acompanhadas da professora.

20

1ª Edição|Setembro de 2O13


Abaixo pode-se ver alunos dos Ensinos Fundamental e Médio praticando ioga, circuito, dança de salão e xadrez.

EUF RIA|

21 11


ATIVIDADE EXTRACLASSE

Viver Energia alia esporte e cultura Viver Energia é um projeto que objetiva oferecer aos alunos atividades esportivas e culturais que possam contribuir para o desenvolvimento de suas potencialidades. É destinado às crianças da Educação Infantil (a partir de três anos) e do Ensino Fundamental I (do 1º ao 5º ano), que poderão optar por duas atividades diferentes no contraturno, sem custos adicionais ao valor da mensalidade. São oferecidas as seguintes atividades:

Abaixo, as alunas do balé exercitando-se, a turma de Inglês aprendendo os números e os garotos praticando futsal na quadra.

Futsal – tem como objetivo promover a aprendizagem de técnicas fundamentais do futsal, respeitando os limites de cada um e aprimorando as relações em estruturas biopsicossociais. Dança – baby class e class – nessa modalidade, procura-se propiciar atividades que possibilitem às crianças maior consciência corporal e de suas relações com o espaço, desenvolvendo diferentes formas de expressão. Inglês – as aulas têm como objetivo proporcionar à criança o convívio com uma segunda língua por meio de jogos, dramatização e exercícios de listening and practice, atividades que estimulam a memória, o raciocínio, a observação e a atenção, tornando a aprendizagem mais interativa.

22

1ª Edição|Setembro de 2O13


COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

Xadrez: ótimo para o desenvolvimento Em nossa escola os alunos têm aulas de Xadrez a partir do 1º. ano do Ensino Fundamental, as quais fazem parte do componente curricular. O xadrez contribui com o processo de ensino e aprendizagem desenvolvendo algumas competências e habilidades, visto que: 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10.

estimula o raciocínio lógico; ativa a concentração; desenvolve a tomada de decisões; aguça a memória; exercita a paciência; melhora a capacidade de planejamento; aumenta a autoconfiança; proporciona o respeito ao adversário; exige responsabilidade; instiga a imaginação e a versatilidade.

E ainda há o componente lúdico, fator primordial para o aprendizado das crianças, dos jovens e dos adolescentes. Ao lado, alunos do Ensino Fundamental jogando no pátio da escola. Abaixo, em outro momento, jogam na sala de Xadrez.

EUF RIA|

23


PLANTÃO DE FÉRIAS

Auxílio à família durante as férias Em julho chega o recesso escolar e em dezembro o ano letivo se encerra. O que fazer com as crianças se os pais ainda estão trabalhando? No Energia, a família pode ficar sossegada. Há Plantão de Férias, que viabiliza às crianças espaço de diversão, socialização e aprendizagem nesse período. Podem participar crianças do Berçário (períodos da manhã, da tarde ou integral) e do Maternal ou Infantil I e II (período da tarde).

Crianças brincam durante o Plantão de Férias durante o verão.

24

1ª Edição|Setembro de 2O13


IMPRESCINDÍVEL

Família e escola: grandes parceiras Uma prática muito comum no Energia Florianópolis é o envolvimento dos pais no desenvolvimento de atividades pedagógicas. Para exemplificar, citamos o senhor Bernardo (pai do aluno Leonardo, do 6º ano), que presenteou a turma com um boi de mamão, personagem do folclore açoriano, feito por ele mesmo. A turma utilizou a Sala de Artes para colorir o boi e pesquisou sua origem na aula de Português, revisitando também algumas lendas e contos. Para finalizar, em homenagem ao Dia do Folclore (22/O8), foram realizadas no auditório do Colégio Energia apresentações relacionadas à data, dentre elas uma peça teatral que enalteceu o artista catarinense Franklin Cascaes, o recital de um jogral e o tão esperado desfile do "nosso" boi de mamão. Mas esse boi não parou por aí... ele também foi até a Unidade Irmão Joaquim para fazer a alegria da criançada.

Na foto grande o boi de mamão na Unidade Irmão Joaquim e abaixo as apresentações feitas no auditório.

EUF RIA|

25


SERVIÇO DE PSICOLOGIA

Ensino auxiliado por psicólogos A escola é, normalmente, o primeiro desafio social além-família pelo qual passa a criança, que se depara com diferentes pessoas e culturas, além de uma nova rotina. É aqui que ela vai experimentar seus limites e descobrir formas de se colocar no mundo. O Serviço de Psicologia no ambiente da escola traz seu olhar para os fenômenos escolares e realiza trabalhos específicos com cada turma ou indivíduo, auxiliando no desenvolvimento de suas potencialidades. Assim, para que esse trabalho seja diferenciado e especializado, o Colégio Energia conta com psicólogos para a Educação Infantil, o o Ensino Fundamental, o Ensino Médio e o Terceirão. Dessa forma, a criança, o jovem, os familiares, os professores e os coordenadores pedagógicos recebem apoio para lidar com questões que envolvem relações interpessoais, adaptação ao ambiente escolar, orientação para os estudos, ansiedade, escolha da profissão etc. Um dos grandes focos do nosso trabalho é o desenvolvimento da autoestima, valorizando as habilidades que cada indivíduo domina. Saber identificar e nomear emoções é primordial para o desenvolvimento da aprendizagem. Quanto mais conscientes de si, do mundo e de seus limites, mais felizes, saudáveis e independentes nossos alunos serão. E, por consequência, teremos adolescentes e adultos mais aptos a tomar decisões e capazes de traçar objetivos para o seu futuro.

Equipe do Serviço de Psicologia na 12ª edição da Semana das Profissões. Abaixo, uma das salas de atendimento.

26

1ª Edição|Setembro de 2O13


MONITORAMENTO

Segurança no ambiente escolar Com o intuito de garantir segurança e conforto aos nossos alunos, as instalações das unidades Energia Florianópolis recebem constantemente a devida atenção, no planejamento ou monitoramento. Para ter acesso às instalações do colégio, é preciso passar por catracas eletrônicas e pelo olhar dos inspetores, que são qualificados a reconhecer eventuais problemas. Todos os movimentos de entrada e saída dos prédios são monitorados por profissionais da instituição via câmeras ao vivo. É possível verificar os horários de entrada e saída do colégio e a frequência nas aulas de assistência e nas demais atividades extraclasse, bem como acompanhar o rendimento escolar e as atividades pré-agendadas. É possível também ter acesso aos materiais complementares de todas as disciplinas postados pelos professores. As ocorrências da rotina escolar são imediatamente registradas no Portal Energia, permitindo que pais e/ou familiares, mediante uma senha individual, têm acesso online a tais informações.

Catracas eletrônicas e leitores ópticos fazem o controle de entrada e saída das dependências da Escola.

EUF RIA|

27


LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS

Aprendendo ciência na prática O Laboratório de Ciências se configura como importante espaço de aprendizado, indispensável para a compreensão de processos naturais, que podem ser de natureza física, química ou biológica. No Energia, o laboratório é uma estratégia facilitadora para o entendimento e apreciação da ciência, permitindo a experimentação. Isso, além de se caracterizar como uma ruptura com as metodologias tradicionais de ensino, ajuda também a desenvolver uma personalidade investigativa no aluno, tirando-o de uma postura passiva e tornando-o um agente ativo em relação ao objeto de estudo. Entender ciência é simplesmente compreender os processos que ocorrem na natureza. Os alunos, entendendo isso desde cedo, descobrem que estudar essa disciplina pode ser fácil, agradável e divertido, principalmente quando se dá de forma prática e atraente, como nas aulas nos laboratórios.

Alguns dos experimentos realizados no Laboratório de Ciências com os alunos do Ensino Fundamental II.

28

1ª Edição|Setembro de 2O13


Observar na prática como ocorrem os fenômenos físicos, químicos e biológicos faz toda a diferença na hora de aprender.

EUF RIA|

29


SAIBA MAIS

Leia na edição do Ensino Médio Descubra projetos como a Noite de Aplausos, em que os alunos apresentam-se no Teatro Álvaro de Carvalho por meio de peças teatrais sobre personalidades, acontecimentos ou invenções que mudaram o rumo da história da humanidade. Veja também o Projeto Prime, composto por três turmas, em que uma desenvolve um blog com reflexões sobre problemas sociais, outra criou uma revista de arte, música e entretenimento, e a terceira é desafiada através da Matemática, da Física e da Química. Isso sem falar dos Jogos Internos, do evento de Confraternização, das saídas a campo, dos trabalhos de Artes e muito mais. Acesse: www.energia.com.br/euforia2.php

Euforia | Educação Infantil & Ensino Fundamental  

A revista do Energia Edição especial para Educação Infantil e Ensino Fundamental N. 1 | Setembro de 2013

Advertisement