Page 1

ISSN 2176-1345 | Distribuição Gratuita

Ano IV - Edição nº 46 - Outubro 2011

NOTÍCIAS DO MEIO GRÁFICO, ESTAMPARIA & COMUNICAÇÃO VISUAL

Juventude no batente familiar da empresa

A jovem estilista Carolina Serrador assume a responsabilidade de estar com os pais e de dar continuidade à empresa fundada por eles...

A cada edição impressa da Revista I&C a edição online vai apresentar

PRODUTOS & PROMOÇÕES

o al du iza to çã o

Saiba +

pr n o t Fo rso & pe 1


2

2


editorial

sumário

Uma História Americana

EDITORIAL 03 Uma História Brasileira

do fabuloso Araçoiaba ao Brasil industrial

expediente

São poucas, infelizmente são poucas as pessoas que conhecem a história que gerou o Brasil industrial de hoje, a partir da velha Capitania de S. Vicente e da Villa jesuítica dita Sam Paulo dos Campu de Piratinin... Com apoio do Centro de Estudos Históricos e Ambientais da Fazenda Ipanema, entidade criada por decreto do IBAMA, na região sorocabana, faz-se hoje uma releitura historiográfica e arqueológica do que foi a ação do minerador, fazendeiro, político, escravagista e banqueiro, Affonso Sardinha (o Velho), injustamente esquecido e vilipendiado pela mesquinhez de falsos intelectuais e acadêmicos. No final do Séc 16, esse português havia assentado a Fazenda Ybitátá [Butantã], conquistado o portinho fluvial da Carapocuyba e dado início à mineração de ouro e prata no Ybituruna [Araçariguama], e, sendo já Capitão das Gentes de Guerra da Villa, tomou o Pico Jaraguá e aí minerou ouro e prata, para logo abrir as minas de ferro no Morro Berasucaba em pleno sertão sorocabano no leito do Piabiyu, o velho caminho dos guaranis. E no Jaraguá fez a sua principal fazenda, onde veio a morrer em 1616. Com a fundição de ferro no Morro Berasucaba, hoje denominado Araçoiaba e/ou Ipanema, Affonso Sardinha (o Velho) fez do Brasil o primeiro núcleo industrial da América e o

7º governador Francisco de Souza aproveitou esse evento para dar à Villa paulista uma estrutura político-administrativa mais adequada, e o próprio (que morreu em 1611) chegou a despachar oficialmente nas minas de ferro no Morro Berasucaba, tal a importância que deu esse empreendimento em plena mobilidade socioeconômica sob a garantia da expansão geomilitar entre o Jaraguá, o Ybituruna e o Berasucaba, faróis a sinalizar já o Brasil-nação. Ter conhecimento da história gerada por Affonso Sardinha (o Velho) é compreender o Brasil industrial de hoje, sabendo-se que também o Morgado de Mateus (governador paulista no Séc. 18) aproveitou o mesmo empreendimento e, através de Domingos Pereira Ferreira, reabriu a fundição sorocabana, que, já no Império brasileiro, deu origem à Real Fábrica de Ferro de S. João de Ipanema. Hoje, quando se fabrica uma máquina têxtil, um quadro serigráfico, uma plotter, sabemos da perfeição industrial, mas devemos saber também que tudo começou na solidão e na precariedade das minas de ferro do Morro Berasucaba, sob a orientação de um notável estrategista chamado Affonso Sardinha... João Barcellos [sinopse das palestras do escritor que prepara a edição do livro “do fabuloso Araçoiaba ao Brasil industrial”]

Título/Marca de TerraNova Comunic CNPJ 02.206.278/0001-45 IM 015428 NAE 5822100 Certificado Digital // NF@ Edição / Cristiane Ramos [Mtb 39615] & João Barcellos Dep Comercial / JUNIOR Dep Jurídico / Dr Luiz Silva Projeto Gráfico / Pedro Caetano

www.impressaocores.com.br

jb@impressaocores.com.br / comercial-junior@impressaocores.com.br

Fones 55 11 4703.3077 Junior 4704.0917 / 9797.2753 Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores.

Saiba +

www.impressaocores.com.br

e clic em

PRODUTOS & PROMOÇÕES

HidroVinil

Lançamento Gênesis Tintas

Transfer & EVA Nova Dampex

Teleios GT

impressão / BM do Brasil

PUBLICIDADE & BRINDES 04 Fotoproduto & Personalização PRODUTOS 05 Cura UV / Phenix Gomaq & Dascom VITRINE EMPRESARIAL 06 Ikutaro Kakehashi / O sucesso da Roland PERSONALIDADE 06 Andrei Ishiii / Flock Color NOSSA CAPA 08 Juventude Pega No Batente Da Empresa Familiar História do blog Lingerie of Ceará ESTAMPARIA & MODA 10 Estamparia, Povo & Turismo RÓTULOS & ETIQUETAS 12 Conferência Flexo // Rfid NOTAS DE MERCADO 13 Loja @ MaqGutierrez Schwab Silk SERIGRAFIA 14 Variantes Para Um Rodo Kiwo/Sefar: Serigrafia & Vidro

Rua José Augusto Pedroso 44 06717-126 Cotia/SP Brasil

acesse

SAIBA + / PRODUTOS & PROMOÇÕES 03

PLOTAGEM 15 PrismaJet / Sign Supply 30 Anos de Roland DG // Concurso

ASSINATURA

12 Edições por R$50,00 Deposite R$50,00 p/ TerraNova Comunic Banco do Brasil Agª 0916-4 cc 29845X e envie cópia do doc c/ os seus dados p/ revista.ic@uol.com.br ou ligue 11-4703.3077

3


Publicidade & Brinde

FOTOPRODUTO & Personalização

Não, não é de hoje. O que hoje chamamos de foto-produto é uma arte antiga de registrar momentos que queremos perpetuados, pessoal e institucionalmente. Artesanal ou [foto]graficamente sempre fizemos esse registro. Estamos na era das tecnologias digitais, seja com mega equipamentos para atividade industrial ou, por ex., equipamentos de pequeno porte para escritório familiar. Esta circunstância tecnológica é que nos permite, agora, imaginar e realizar um foto-produto diversificado para todos os bolsos e gostos... Tal é importância do valor agregado tecnologicamente que podemos considerar por base de um foto-produto um tecido que, anos atrás, só poderia ser impresso têxtil-serigraficamente, e que hoje o é também digitalmente, por termo-transferência ou diretamente, contando com a evolução da técnica da sublimação, a par... e eis outro exemplo, dos papeis e laminados auto-adesivos, que permitem todo o tipo de expressões artísticas, entre a decoração de uma caneca à alteração de um ambiente doméstico, ou, à mais tradicional impressão de uma etiqueta personalizada! Como anuncia a Pimaco/Bic, são produtos com a sua cara, ou, na reafirmação da QuinPrint, da Embaplan e da J-Teck, tecnologias que liberam a alegria de viver em cada pessoa que se reinventa. Papéis, plásticos e laminados auto-adesivos especialmente formulados para suporte de fotoproduto, além de impressoras, tudo isso está disponível no mercado da Comunicação Visual e da Fotografia graficamente especializada. Qual é a dificuldade? Ora, basta ter em casa um computador com programas gráficos [CorelDraw, PhotoShop] e uma impressora, papel autoadesivo do tipo fotográfico e criatividade quanto baste...Experimente decorar uma caneca com a foto da pessoa mais amada, ou um livro de fotos da sua atividade profissional, hein...Eis o fotoproduto! www.quinprint.com // www.pimacoexpressions.com.br www.j-teck3.com // www.embaplan.com.br www.havir.com.br // www.metalnox.com.br www.photoimagebrazil.com.br // www.brima.com.br

4


indústria & produto

Indústria & Produtos

Gomaq & Dascom

Especializada em tecnologia de impressão com mais de 45 anos no mercado, a Gomaq fechou parceria com a empresa chinesa Dascom para distribuição de impressoras térmicas. Agora, a Gomaq disponibiliza no Brasil os seguintes produtos da Dascom: Tally DASCOM 7206 para impressão de etiquetas com logotipos, imagens e gráficos; Tally DASCOM 7106 para quem trabalha em ambientes pequenos, oferecendo alta qualidade e precisão no momento da impressão; e a Tally DASCOM 7010, que possui resolução de 300dpi, o que é ideal para impressão de etiquetas com código de barras 2D, logotipos e gráficos utilizados em produção de volume no varejo.

GOMAQ · (11) 2162.1000 · gomaq@gomaq.com.br

Curadora Ultra Violeta

VulcamPhenix UV

Curadora para tintas sensíveis a radiação ultravioleta, projetada para trabalhar sob baixas temperaturas, com excelente qualidade de cura em qualquer espessura de camada. O novo sistema coletor, com grande descolamento volumétrico, retira o calor gerado succionando-o para cima, evitando que a massa de ar quente entre em contato com o substrato, o que mantém a temperatura a níveis baixos. A curadora é robusta e de fácil operação; é construída dentro dos mais modernos conceitos internacionais de segurança e design para proporcionar máxima eficiência e durabilidade. Phenix Máquinas · Fone 41-3633.1008

5 5


vitrine empresarial

personalidade

Andrei Ishii nova safra de técnicos

Ikutaro Kakehashi

Empreendedorismo & Sonho De uma pequena loja para consertos de relógios a sintetizadores musicais, Ikutaro Kakehashi formou a Roland Corporation que veio a se introduzir também na área gráfica digital. Considerado, e com muita justiça, um dos grandes industriais do Século 20, Kakehashi soube aliar o seu estilo visionário a uma ação técnica e industrial de experimentações. Ser o melhor, não o maior foi a bandeira que escolheu para si e repassou a toda a corporação quando tal evento empresarial aconteceu. O trabalho e “as pesquisas de Ikutaro Kakehashi mudaram a maneira de fazer música, de interagir com plataformas eletroeletrônicas, e com isso mostrou o grande japonês ao mundo que era necessário, e é sempre, operar com a sabedoria de ontem para projetar o amanhã”, como escreveu o poeta e técnico J. C. Macedo sobre ele [in revista ‘Mundo da Canção’, Porto/Pt, 1983]. A idealização do sonho de Kakehashi levou-o a considerar outra bandeira: nós desenhamos o futuro. Quando, em 1960, fundou a Ace Electronic Industries já sabia que estava no caminho certo, e a Roland Corporation [o “R” foi retirado de ‘Song of Roland’, um poema medieval francês] foi estabelecida em 1972 já com a certeza de que era possível uma plataforma de comunicação entre dispositivos de Música Eletrônica de onde saiu o sintetizador SH1000 utilizado pelos grupos Vangelis e Jethro Tull, por exemplo; e, “de tal plataforma eletroeletrônica de unidade na geração musical, surgiu a idealização de um complexo gráfico compacto e móvel para impressão e recorte digital” [João Barcellos, in “Roland & IK: da música à gráfica digital”, art., Cotia/Br, 1998], e em 1996 foi comercializada a plotter inkjet CAMMJet CJ-60. Ikutaro Kakehashi não é somente o visionário empreendedor japonês que mudou a maneira de agir industrialmente através de interações tecnológicas e empresariais, é o ser humano fazendo jus ao conhecimento adquirido. João Barcellos

6

Assim como o engº eletricista Ruam, seu irmão, o engº Andrei continua a veia industrial da Família Ishii, que fundou a empresa Flock Color. Formado em mecânica, conheceu outras culturas e empresas antes de iniciar as atividades da empresa. “Somos uma empresa com produtos que se destacam pela robustez e eficiência, é a nossa marca; assim, o que buscamos sempre é uma evolução tecnológica que dê mais praticidade e segurança para cada máquina que produzimos e que deve gerar produtividade com qualidade”, observa. Andrei Ishii é um dos jovens da nova safra brasileira de técnicos e a Flock Color só tem a ganhar com a própria renovação familiar.


7


capa

personalidade

Juventude

Conteúdo

no batente da

empresa familiar Ainda criança, eu vinha para a estampaA jovem estilista ria com os meus pais, mas só comecei a toCarolina Serrador assume mar o gostinho das cores, da estamparia, e a responsabilidade de principalmente pelo desenho de arte final e traçado para modelagem, já com dezoiestar com os pais e de dar to anos, diz Carolina Serrador [Carol, como continuidade à empresa gosta de ser chamada], que hoje faz o curfundada por eles... so de Contabilidade para, completa ela, dar conta das contas do dia a dia da empresa. Para a jovem, filha de Evandro e de Simara, um dos casais mais conhecidos no mundo da estamparia serigráfica e da confecção, pela coerência profissional e ‘a arte de bem tratar a freguesia’, estar envolvida numa empresa familiar tem os seus riscos pelas tensões próprias, mas quando a família se dá conta que só a união lhe preserva a essência humana as soluções surgem naturalmente e, então, todas as pessoas do processo industrial se envolvem como um todo. Carol compara o esforço de equipe no processo serigráfico ao sucesso alcançado pela sua família: cada etapa exige um tipo de esforço que, repartido por todos, dá um bom resultado final. A antiga empresa Evandro Estampa’s, que foi centro de encontros entre serigrafistas em Cotia, na Grande São Paulo, vai dando lugar à Cia da Camiseta, e até Carol já tem na ponta da agulha o Setor C..., um segmento para produzir peças só para a área promocional: um segmento no qual, como dizem Evandro e Simara, encontram-se artigos como sacolas recicláveis e outras embalagens flexíveis, brindes, uniformes, aliás, o que já é produzido na empresa, e como a Cia da Camiseta tem, adianta Carol, estilistas, modelagem, estamparia e costura, torna-se fácil idealizar um produto e realizá-lo sob o ponto de vista ecologicamente correto. Ser filha e parte da empresa é saber dividir tarefas para que as operações não façam parte de um ‘quintal’, que é quando uma empresa familiar mal dimensionada quebra, diz Carolina Serrador, naquele mesmo jeitinho da estilista e mãe Simara. Eis o registro sobre uma jovem que decidiu seguir o ideal empresarial dos pais e se empenha em ser parte do diferencial que faz do Brasil uma nação de gente corajosa. João Barcellos

Cotia/SP (11) 4615.2875 8

único

Eis o blog Lingerie of Ceará com o qual Jaime Junior dá agora suporte de conhecimento para os parceiros empresários: devido à sua origem no mercado, dedicado a produção e quase absolutamente direcionado às vendas, não têm tempo para buscar informações e qualificações que o próprio mercado exige. O preparo de empresários, em qualquer setor, só se fortalece dentro do próprio ‘nicho’ e pela interligação tecnológica e mercantil. A carência de informações foi o ponto inicial. Daí, a ‘luz’ em que se transformou o blog com o CONTEÚDO ÚNICO LINGERIE, levando informações coletadas na internet, elaboradas no dia-a-dia de cada visita, e também nos pontos de vendas, onde se verifica e corrige o erro de procedimento, etc., e tudo repassado com o objetivo de unir as forças do setor entre marcas e empresas. Na prática, o blog Lingerie of Ceará tem 10 meses de ‘janela’ aberta e já alcançou 115.000 visitas. O segredo? A necessidade de cada cliente por informações renovadoras e de alto interesse técnico e comercial. Fones (85) 3045.2920 (85) 9943.6191 (85) 8807.3836 diretor@lingerieofceara.com


FABRICANDO MÁQUINAS DE QUALIDADE A Termopress atua, há mais de 34 anos, no setor de confecção e estamparia fabricando máquinas, prensas térmicas, mesas com berços térmicos em alumínio, flash cure, estufa de ar quente e seladora / solda banner.

MT 3000 FLASH CURE SELADORA / SOLDA BANNER

CP 5P

CP 4M

CP 3M

CF 1M

ESTUFA DE AR QUENTE

ET 6M

MODELO BONÉ CFC 1M

ET 6P

ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES:

Aqui tem:

CFC 1P-D

www.termopress.com.br correio@termopress.com.br R. José Miguel Ackel, 310 - Penha / São Paulo

Tel: 11 2957.1425 9 Tel/Fax: 11 2958.1135


estamparia & moda

Estamparia, Povo &

Turismo

A história é velha, mas merece ser recontada. E vamos lá... O que o povo diz vai parar, invariavelmente, na imprensa regional, e de tanto esse falar se misturar na ‘cousa’ cotidiana vira lenda urbana. Ora, sabemos disto pela antiga ‘literatura de cordel’ que os portugueses assentaram no nordeste. E se essa labuta literária ainda persiste, vemos hoje o falar do povo estampado em camisetas – eh, as mesmas camisetas que estampam as bonitas paisagens do sertão e do litoral nordestino. E então, o falar do povo transformou-se em material gráfico para comunicar visualmente numa estampa serigrafada ou plotada com requintes de alta tecnologia, ou simplesmente na passagem chapada de um rodo moleque. Ao olharmos uma camiseta com as frases populares que pulam de gracejo em gracejo nos palcos de comediantes, sabemos que a estampa é de fino recorte em alma sublimada. Isto significa que a indústria brasileira da Comunicação Visual está atenta à cultura regional e que dela tira proveito mercantil com aplicação de tecnologias de última geração, e faz disso cartão postal que o turismo, se ainda não aproveita totalmente, vai fazê-lo em breve. Na última Maquintex, feira realizada em Fortaleza, empresários, técnicos, professores e estudantes, puderam verificar a facilidade de comunicação visual com que o nordeste deslumbra o Brasil e o mundo. Logo, não é por acaso que a indústria de Comunicação Visual já aposta neste pólo econômico... Ora, quando se fala de Comunicação Visual fala-se... de estampa, de imprimir a mensagem popular e a imagem turística. E é assim que, de Blumenau a Fortaleza, o Brasil da estamparia é um sorriso bacana que vai da lingerie ao boné e nos embala o olhar na camiseta. [jb]

CIATEC

ALTA FREQUÊNCIA

SOLDA ELETRÔNICA ILHOSEIRA

Fone/Fax 10 11 2705.4577 / 4105.0521 www.ciatecmaquinas.com.br . ciatecmaquinas@hotmail.com

CG

CCM

máquinas para soldar laminados de pvc em tecidos e fazer alto e baixo relevo em etiquetas

Rua Jacarandá Preto, 689 - Jd Panorama - 03251-070 / São Paulo


11


Indústria & Produtos

rótulos e etiquetas

FLEXO Conferência Internacional Inovações Tecnologias & Sustentabilidade

Amostragens e palestras de alto nível fizeram da 3ª Conferência Internacional de Flexografia, nos dias 1 e 2 de setembro, em, São Paulo, e utilizando as instalações da FeComercio, uma campo de mobilização tecnológica do setor no âmbito da transferência de tecnologias já com o apelo ao respeito pelo meio ambiente, o humano e o natural. Com um público de 40% a mais do que na 2ª Edição, a CIF promover encontros e negócios. Márcia Coimbra, gerente da Unidade de Negócios Congressos e Conferências da Reed Exhibitions Alcantara Machado, explica que “O evento tem o papel de reunir toda a cadeia do setor para apresentar e discutir sobre o que há de mais atual em tecnologia flexográfica e tem um papel estratégico no mercado. Além de difusora de conhecimento, a Conferência Internacional de Flexografia possui uma mostra de produtos, que garante networking e geração de negócios para os participantes”. Entre os assuntos tratados na conferência, destacaram-se palestras de mercado, gestão, tendências tecnológicas e sustentabilidade: “Mercado e Tecnologia - Atualidades e Tendências da Flexografia Mundial: Obtenha Mais Subsídios para Balizar Suas Decisões Estratégicas”, apresentada por Gregory Palm, VP mundial de vendas e Marketing da MARK ANDY; “Como o Controle do Processo Flexográfico Pode Aumentar a Qualidade e a Rentabilidade da Sua Empresa”, apresentada por Emilio Gerboni, Consultor em Flexografia da T&C; “Futuro das Tecnologias de Impressão Flexográfica: Antecipe-se e Obtenha Vantagens Competitivas”, apresentada por Rodrigo Yamaguchi, Gerente Técnico América Latina da Du Pont; e “Do lixo à matéria-prima: Saiba como Transformar o Desperdício em Fonte Renda para sua Empresa, Protegendo o Meio Ambiente e Gerando Empregos”, apresentada por Guilherme Brammer, diretor da Terra Cycle e Green Businnes.

Código de Barras & RFID

Empresa especializada em tecnologia de impressão, a Gomaq possui um departamento estruturado para oferecer produtos e soluções para todas as empresas com necessidade de identificação por Código de Barras e Rádio Frequency Identification [RFID]. A tecnologia RFID utiliza etiquetas inteligentes com microchips instalados. As etiquetas possuem antena através da qual emitem informações por ondas de rádio frequência, captadas por leitores (transponders) e encaminhadas para aplicativos de software que permitem gerenciar a movimentação de mercadorias e rastreá-las, automaticamente e sem intervenção humana. Este sistema permite gerenciar estoques, mercadorias e até mesmo funcionários em tempo real, gerando uma gama de informações importantes, diminuindo o processamento manual de dados e a probabilidade de erro humano. T4M é uma impressora térmica da Printonix disponibilizada pela Gomaq que incorpora a tecnologia inteligente, ótima para o gerenciamento de dados em grandes empresas. GOMAQ · (11) 2162.1000 · gomaq@gomaq.com.br

12

IC_38_FEVEREIRO_11.indd 5


NOTAS de MERCADO

Gutierrez / Loja @ · A importância que hoje assume o segmento da comercialização via internet [eCommerce] está na aproximação maior entre produtos, serviços e consumidores. A fabricante de máquinas de solda por alta frequência, Gutierrez Máquinas, também elaborou e disponibilizou o seu balcão digital, isto é, a Loja @. Agora, o vasto leque de clientes da empresa, e profissionais interessados nos seus produtos e serviços, tem um acesso que permite maior fluidez na comunicação e na aquisição. A empresa fabrica 42 modelos, que oferecem soluções para as mais diversas necessidades na área de Solda em PVC. No ano de 2010, a Gutierrez Eletro Eletrônica firmou uma parceria com a Maqgutierrez Comercial Ltda, tornando possível oferecer uma linha completa de suprimentos, serviços de suporte e assistência técnica. Atendimento: (11) 2116.2333 // www.maqgutierrez.com.br Schwab Silk · A tradicional loja especializada em artigos para serigrafistas está em novo endereço. Anote: Rua Regente Feijó nº 28, Centro, CEP 20060-060 Rio de Janeiro – RJ. Aqui, você encontra o universo tecnológico e artístico da Serigrafia. Imagem Especializada / Os Bastidores da Comunicação Visual · O jornalista e pesquisador João Barcellos prepara o seu terceiro livro dedicado à Comunicação Visual e que será publicado em 2012. “É um olhar diferenciado sobre a indústria da comunicação visual e do qual participam amigos e técnicos. E é mais um incentivo cultural para a própria indústria e o artesanato gráfico”, escreveu Marta Novaes [Buenos Aires / Arg., in ‘noética’, 2010].

13


serigrafia

Variantes para um

RODO Com ele se faz passar a Tinta entre as áreas vazadas da Emulsão e de forma uniforme. O que dizer? Como ferramenta de serigrafista o Rodo é a imagem desta profissão artística e industrial. Quando se fala de Matriz fala-se do Quadro [de metal ou de madeira] em que se estica o Tecido técnico, que recebe uma camada de Emulsão para ser o suporte da Imagem/Motivo que será transferida a uma determinada Peça. Se existem [ah, se existem...] variantes muito importantes nessa etapa da pré-impressão a serem observadas meticulosamente, também o Rodo, já na etapa de impressão, não é apenas a ferramenta que empurra ou arrasta a Tinta, ou a Pasta. Muitas pessoas ainda olham para o Rodo sem enxergarem a dinâmica tecnológica que o envolve. Ele pode ter uma base de madeira ou de metal, e a lâmina pode ser confeccionada com diversos materiais, como borracha sintética, nitrílica, etc., mas é a borracha de poliuretano o material que mais se adapta à impressão serigráfica por permitir que a lâmina possa ser preparada com diversas durezas e se adequar a cada tipo de impressão e de substrato [material, mídia, etc.]. Então, existem ‘variantes para um rodo’? Pois é, gente, um Rodo é uma ferramenta que deve ser estudada desde o cabo à lâmina, passando pelos diversos fios-de-lâmina, velocidade de ação [puxada da Tinta] e inclinação; e tudo isto tem a ver com a qualidade da impressão, porque é na pressão e inclinação do Rodo que se determina a correta deposição da Tinta, e sendo a ação mais lenta ou mais rápida deixará a Estampa perfeita ou borrada... A afiação é o acerto do fio-de-lâmina, e como existem diversos tipos de Lâmina, as fábricas de material para serigrafistas produzem máquinas de afiação distintas. O perfil da Lâmina influi decisivamente na impressão. Que tipos de perfis existem? O retangular e o chanfrado [em V], o retangular de bordas arredondadas, o arredondado e o diamantado, o tipo T e o chanfro simples. Como se vê, para cada tipo de impressão existe um tipo de perfil de Rodo.

14

KIWO & SEFAR

Serigrafia & Vidro Uma chave importante para o sucesso de impressão em material de vidro está na preparação da Matriz serigráfica. Infelizmente, a produção da Matriz em muitas empresas só é considerada como um meio para um fim e, portanto, frequentemente negligenciada. Reclamações de clientes sobre a qualidade de impressão, ou de resultados diferentes, são muitas vezes o resultado da produção inadequada da Camada de Emulsão. Muitos problemas podem ser resolvidos já na pré-impressão, ou seja, na confecção da Matriz [Tela + Quadro + Emulsão]. E, saiba-se: as causas de alguns erros podem ser corrigidas facilmente. O revestimento da Tela, que é um Tecido confeccionado com alta tecnologia, é feito com uma Emulsão líquida, geralmente aplicada à mão, mas também por máquina informatizada. Uma aplicação errada pode resultar de uma técnica inadequada, ou da escolha de um produto não compatível com determinado material a ser impresso. A aplicação comum é a Emulsão sobre o lado da impressão [EOM, q.s. Emulsion Over Mesh = Emulsão Sobre Malha]; como a Camada fica muito baixa e tem rugosidade [Rz] com um valor alto na superfície posterior, o resultado é o tecido da Tela na borda ficar em contato com o material a ser impresso, o que dá um efeito de dente, ou serrilha, nas extremidades do Motivo [imagem em gravação]. Na impressão de meio-tom, o problema está nas mudanças de valor tonal e manchas nas faixas de profundidade tonal. Um dos métodos para se obter a certeza quanto ao resultado no final da emulsão da Tela é fazer a medição da Camada com um sistema indutivo [magnético]. A fórmula para o cálculo do EOM é: (Malha + Emulsão) – Malha = Espessura da Tela Esticada. Já a Rugosidade [Rz] é medida por uma agulha de diamante na superfície e pelo lado da impressão. Estas medidas preventivas para o acerto da Camada de Emulsão ajudam a evitar problemas na produção final. A emulsão deve equivaler a 20% da espessura do tecido esticado para o trabalho de impressão, e quando o substrato [mídia] de impressão tiver teor de sólidos abaixo de 50%. Para imprimir meio-tom fino, e quando a mídia de impressão tiver teor de sólidos abaixo de 50%, é recomendada uma emulsão de 5-10% da espessura do tecido. Se o substrato tiver um teor de sólidos maior [ex., Tintas UV], a emulsão deve ser de 5-10%. Para aplicações especiais, por exemplo, com pasta condutiva de prata, parâmetros adicionais devem ser tomados em conta no que diz respeito à Emulsão. Nas pastas de estampagem com pigmentos de tamanho acima da média, a relação entre EOM e o tamanho do pigmento deve ser aprox. 2:1 para uma deposição correta. Na impressão de motivos mais finos, o tamanho real do Motivo [Desenho] também tem um papel importante a desempenhar na escolha do EOM: a fim de se obter uma deposição completa da pasta de impressão, a EOM não deve ser superior à metade do tamanho do Motivo; se esta relação for ultrapassada, as forças de adesão no canal de impressão podem impedir a deposição completa da pasta. Obs Editorial: Matéria produzida tendo por base artigo técnico de Michael Gross, da KISSEL + WOLF GmbH e apoio SEFAR Brasil. Foto: JB. Consulte os Técnicos Sefar p/ Informações Detalhadas: 11-4390.6300


plotagem

PrismaJet Sign Supply

Com a tecnologia de impressão digital ultravioleta [uv], a PrismaJet FK modelo 1832 UV é um equipamento que permite operar com substratos rígidos e flexíveis [em rolo] com resoluções de até 1440 dpi. A versatilidade da impressora está também no jogo de cabeças da Konica Minolta, de 8 a 16: para 4 cores em CMYK, e 8 cores em CMYK, Lc, Lm, W e V, numa velocidade de até 36 m2 por hora.

ROLAND 30 Anos Concurso de aplicação artística e industrial de máquinas de impressão e gravação da Roland DG celebra os 30 Anos da empresa. A empresa entrou para a Bolsa de Tóquio em 1981 e, como Roland DG [segmento especializado em Gráfica Digital], tornou-se a maior fornecedora mundial de impressoras jato de tinta para grande formato. O evento denominado 2011 Creative Awards. Imagine Roland, é uma oportunidade de ‘luxo’ para usuários de impressoras e gravadoras da famosa marca japonesa. O Concurso // Usuários que trabalham com estamparia digital e gravação devem criar produtos nos equipamentos Roland DG e enviar. Entre os prêmios estão equipamentos e viagem ao Japão. Eis um momento para você brilhar! www.rolanddg.com.br

www.signsupply.com.br

15


Fabricação e Manutenção de Máquinas de Solda Eletrônica

Reconhecidas pelo próprio mercado como produtos excelentes, as máquinas de solda Gutierrez são soluções tecnológicas para vários segmentos industriais

REPRESENTANTE

EXCLUSIVO

A E ASSISTÊNCIA

PRONTA ENTREG

TÉCNICA

Fones 11 2116.2333 · 2717.2532

www.gutierrezmaquinas.com.br gutierrezmaquinas@gutierrezmaquinas.com.br | maqgutierrez@terra.com.br

16

Revista Impressão & Cores | Edição 49  

Edição 46 - Ano IV - Outubro 2011

Revista Impressão & Cores | Edição 49  

Edição 46 - Ano IV - Outubro 2011

Advertisement