Issuu on Google+

THE RUNNING WONDERS ® OF THE WORLD

Um projeto para a humanidade

Saúde: Para que serve o Whey Protein

Mundo: Planejando sua próxima viagem

Espírito Esportivo: Iván Fernández Anaya

Inovação e Autenticidade: Running Wonders


// Primeira Impressão Estimado leitor, Com a atual velocidade desregulada da vida global, estamos certos que o mundo mudou. Temos percebido em nossas viagens ao redor do globo que alguns dos lugares mais idílicos do planeta são deficitários, somando em nós o sentimento de incompreensão. Esse sentimento nos levou a um sonho que muito logo virou ação, e produzimos um amplo projeto de preservação e partilha, de forma a unir a humanidade e quebrar barreiras com o desconhecido. Certos que estamos a contribuir fortemente para o desenvolvimento sustentável do nosso planeta, convidamos você para participar dessa missão, de um grupo de pessoas que, por meio de ações, procura melhorar o mundo. Qualquer transformação é feita por e para pessoas! De todos nós, fundadores do projeto Running Wonders, um agradecimento do tamanho do planeta a você por dividir a paixão e o esforço na partilha e preservação de nossos patrimônios mundiais. Equipe Running Wonders


//Índice

06 Inovação & Autenticidade Sobre a Running Wonders

08 Espírito Esportivo Matéria: Iván Fernández Anaya

10

Mundo Provas Fantásticas 12 Aplicativos para sua saúde 13 Planejando sua próxima viagem

14 Saúde Para que serve o Whey Protein 17 Carboidratos após corrida


//Inovação & autenticidade THE RUNNING WONDERS ® OF THE WORLD Por que estamos nos tornando cada vez mais seletivos, fechados, restritos quando os novos paradigmas nos dizem que a ordem deveria ser englobar, partilhar, unir? Este questionamento, em conjunto com a vontade de fazer diferente, foi a motivação inicial do projeto Running Wonders: um circuito de Meias Maratonas em ambientes denominados pela UNESCO como patrimônios da humanidade. E por que correr as maravilhas do mundo? Porque elas estão aí e pertencem a nós. Além disso, quando conhecemos um patrimônio que ele realmente passa a ser nosso! Muito se fala hoje na importância de preservar a natureza, conservar os ambientes naturais. No entanto, a maioria das pessoas desconhece estes “ambientes naturais”, tornando a sua preservação algo distante e sem sentido. Afinal, como vamos efetivamente proteger, como vamos realmente nos importar com aquilo que não conhecemos? A palavra sustentabilidade, do mesmo modo, é um conceito abstrato, utilizado pelas empresas indiscriminadamente. Acreditamos que este só será um conceito real quando estiver embutido EM CADA SER HUMANO, que colocará em prática, de forma efetiva, ações que visem preservar os ecossistemas e a biodiversidade, assim como melhorar as condições sociais e económicas das regiões onde está presente. Neste contexto, o Projeto Running Wonders é muito mais do que um circuito de meias maratonas. É uma forma de incorporar o esporte, o meio ambiente, a sociedade, a cultura, a gastronomia e o turismo de cada região em cada participante, contribuindo, assim, para recuperar o nosso senso de unidade, preservação e sustentabilidade. Por isso, as ações propostas foram pensadas, de forma a potencializar os impactos positivos e agregar valor aos destinos.

RUNNING WONDERS: Meia Maratona de 21kms e Mini Maratona RUNNING CHEFS: Showcooking gastronômico com um chef de cada destino, de forma a promover a culinária e a cultura local de cada etapa sede do evento. RUNNING PICTURES: Exposição fotográfica sobre todos os destinos para promover a interação do atleta com as próximas etapas e divulgar suas potencialidades turísticas. RUNNING TALKS: Conferências sobre a sustentabilidade das regiões onde as provas acontecem, por meio de palestras dinâmicas com apresentações sobre um tema de relevância para o destino e seu desenvolvimento sustentável. Participar do Running Wonders como atleta é ter a possibilidade de descobrir um lugar de uma beleza única e diferente a cada vez e experienciar verdadeiramente e de forma prática o conceito de sustentabilidade, saúde, superação e cidadania em cada participante. Com a mudança nos paradigmas, trabalhos significativos e que possibilitam benefícios reais estão ganhando espaço. Gerar benefícios para o mundo é o que vale a pena! Fazer algo maior nos faz ir mais longe. Running Wonders


//Espírito Esportivo Corredor se nega a vencer prova após líder parar antes da chegada Favorito, o medalhista olímpico dispara e tem a vitória assegurada na corrida. Mas para no lugar errado, achando que alcançou a linha de chegada. O segundo colocado se aproxima e, ao invés de ultrapassá-lo, alerta o líder sobre o equívoco e o conduz para confirmar sua vitória. Parece filme com enredo irreal e até piegas. Ainda mais no competitivo mundo do esporte de alto rendimento. Mas essa história, ocorrida no dia 2, continua sendo exaltada no noticiário e nas redes sociais. Correndo diante de sua torcida, o vencedor do ano passado, o espanhol Iván Fernández Anaya, 24, negou-se a conquistar a prova de cross country de Burlada, em Navarra. Sua vaidade sucumbiu ao espírito esportivo, e ele preferiu manter o curso normal da competição, com triunfo do queniano Abel Kiprop Mutai, que havia conquistado o bronze nos 3.000 m com obstáculos em Londres-2012. “Eu não merecia ganhá-lo. Fiz o que tinha que fazer”, afirmou Fernández em declaração reproduzida pelo jornal ‘El País’, da Espanha, nesta sexta-feira. “Ele era o justo vencedor, me impôs uma distância que eu já não podia ter superado se não se equivoca. Desde que vi que ele parou, eu sabia que não ia passá-lo”.

que meu gesto com Mutai chegaria aonde está chegando. Estou em uma autêntica nuvem, são muitos os comentários, entrevistas, reportagens sobre o sucedido. Queria agradecê-los por tudo o que vocês fizeram por mim”, escreveu. No dia seguinte à prova, ele descreveu no seu blog os momentos da reta de chegada. “A 100 m do fim, vejo que Mutai começa a saudar o público e vai freando. As pessoas ali presentes, ao ver que eu chegava, gritam para ele, porém Mutai não entende nada. Eu não dava crédito, pois só havia um arco de chegada. Quando cheguei até ele, coloquei a mão na suas costas e lhe disse que a meta estava mais adiante. Ele não me entende, logicamente, e decido ir com ele até a chegada”, disse. Antes mesmo de ser enaltecido na mídia, ele já se mostrava satisfeito. “Muito contente com as sensações obtidas e por ter podido estar lado a lado com um fora de série como Abel Mutai, muito bom atleta e melhor pessoa”, acrescentou.

Ténico não teria o mesmo gesto Dono de dois diplomas de curso superior e em busca do terceiro em mecatrônica, Fernández é treinado pelo ex-campeão mundial e medalhista olímpico Martín Fiz. “Foi um gesto de honradez muito bom”, declarou o técnico a ‘El País’. “Um gesto dos que já não se fazem. Melhor dizendo, dos que nunca foram feitos. Eu mesmo não o teria feito”, admitiu. “Isso lhe fez ser melhor pessoa, porém não melhor atleta”. “Não havia nada em jogo, tampouco muito dinheiro, exceto poder dizer que havia derrotado um medalhista olímpico”, afirmou Fernández a ‘El País’. Ele reconheceu que, numa competição relevante, teria outro comportamento. “Outra coisa, claro, seria se, em disputa, houvesse uma medalha de Mundial ou de Europeu. Então, acho que sim, eu teria aproveitado para ganhar Mas também creio que deu mais nome ter feito o que fiz do que se tivesse ganhado. E isso é muito importante porque, hoje em dia, tal como as coisas estão em todos os ambientes, no futebol, na sociedade, na política, onde parece que vale tudo, um gesto de honradez vem muito bem”, opinou.

Neste sábado, em seu blog, Fernández comentou a repercussão de sua atitude, que continua sendo elogiada duas semanas depois. “Hoje está sendo um dia especial para mim –ou melhor, muito especial– nunca pude pensar

Matéria publicada no caderno Esporte Folha de São Paulo Online 15 de Fevereiro de 2012


//Provas Fantรกsticas

Two Oceans Marathon na Cidade do Cabo

Berlin Marathon

Paris Marathon

Meia Maratona da Tijuca

Meia Maratona do Douro Vinhateiro

Meia Maratona das Cataratas

The Color Run

Laguna Phuket International Marathon

Media Maraton Del Glaciar

Kuala Lumpur Marathon

Maratona do Templo Bagan em Myanmar


//Aplicativos para smartphones Com a evolução dos smartphones, os aparelhos telefônicos se transformaram em uma ferramenta essencial em nossas tarefas do dia-a-dia, tanto pessoal quanto profissional. Entre as diversas funções e serviços oferecidos pelos smartphones, destacam-se os populares aplicativos (“apps”) voltados para a saúde. Há uma ampla oferta de serviços voltados para a “saúde mobile”. O usuário destes serviços pode utilizá-los para monitorar, por exemplo, seus níveis de glicose, pressão arterial, horários para tomar remédios, ou, até mesmo, acompanhar a evolução do seu rendimento como atleta, com o mapeamento dos percursos percorridos e registro de dados, como distância e pace. No entanto, é necessário que o usuário saiba como utilizar tais aplicativos. O vice presidente do Conselho Regional de Medicina de São Paulo (CREMESP), Mauro Aranha, aponta um problema: a generalidade deste tipo de serviço; pois este não leva em conta o histórico, a genética e a condição física do indivíduo. Outra questão importante, e que deve ser levada em conta, é a garantia da veracidade das informações e dados fornecidos pelos apps, pois, por exemplo, no Brasil não há nenhuma regulamentação para este tipo de serviço.

//Sua próxima viagem pode começar a ser planejada agora Considerando as limitações ainda presentes nos aplicativos, recomenda-se ao usuário que tenha cuidado ao acessá-los, sendo sempre válido manter um acompanhamento médico. Logo, quando utilizado de forma consciente, o avanço tecnológico dos apps pode ser extremamente positivo, auxiliando e incentivando as pessoas à prática de exercícios físicos e adoção de uma vida mais saudável. A equipe Running Wonders identificou alguns dos mais populares (e gratuitos!) apps, que podem auxiliar o corredor a escolher o seu. Aqui vão eles:

Eu Atleta

Runtastic

Dieta e Saúde

Nike+ Running

E você, já utilizou algum desses serviços? mande um e-mail para o talk@runningwonders.com e nos conte sua experiência.

Planejar seus roteiros de viagens com antecedência pode ser uma boa forma de garantir que você tenha experiências únicas e conheça o melhor que cada destino tem a oferecer. Por mais aventureiro que seja sair ao mundo sem planos, a falta de um roteiro pode fazer com que diversos atrativos passem desapercebidos pelo radar do viajante. O primeiro passo para a organização de uma viagem é avaliar os interesses e propósitos dos viajantes, buscando um equilíbrio entre o lazer, a cultura, o descanso, sem deixar de explorar as diversidades oferecidas no local a ser visitado. A internet é imprescindível na busca pelos melhores roteiros. Com um simples “click”, dispomos de ofertas e dicas de passagens, hospedagens, passeios, restaurantes, compras etc. . Levar um guia de viagem na mala, com um mapa das regiões a serem visitadas, também é recomendável. Por fim, estar antenado aos seus eventos prediletos pode ser muito interessante na hora de definir o destino da sua viagem. Uma corrida em um lugar paradisíaco, um show da sua banda predileta ou um grande espetáculo são experiências únicas e podem te ajudar a escolher a data para suas próximas férias.

Boa viagem!


//Saúde Afinal, para que serve o tão famoso Whey Protein ?

Muitas pessoas têm dúvida sobre a definição deste produto, já que ele é muito famoso por seu nome comercial apenas. Vamos explicar um pouquinho sobre este suplemento que deve sempre ser utilizado com acompanhamento de um profissional capacitado e também de outros dois suplementos que são muito importantes para corredores e maratonistas, bcaa e glutamina. 
Whey protein concentrado – É um suplemento a base de proteína de soro de leite. Muitos destes produtos no mercado oscilam entre os 50 e os 80% de proteína. Embora a proteína concentrada do soro de leite não seja a proteína mais pura, é uma proteína em pó de grande qualidade, mas que contém carboidrato e gordura em quantidades maiores. Normalmente é mais econômico do que os isolados ou hidrolisados. Para quem sofre de intolerância à lactose, não é a indicada, e a absorção não é tão rápida quando as demais. Whey protein isolado – Este tipo de proteína é mais pura que a proteína concentrada de soro de leite porque é mais processada. O processamento extra permite a produção de uma proteína com concentração superior a 95%, o que a torna excelente para dietas de perda de peso, devido à quase ausência de gordura e carboidratos. A proteína isolada é ideal para ser tomada antes e depois dos treinos, porque se digere e absorve mais rapidamente. A proteína isolada do soro do leite tem sido usada eficientemente no aumento

os treinos, porque se digere e absorve mais rapidamente. A proteína isolada do soro do leite tem sido usada eficientemente no aumento do tamanho da musculatura e na força, após treino de resistência, ajudando a recuperação após exercício. Whey protein hidrolisado – fornece aminoácidos importantes, sob forma de di- e tri-peptídeos, que são mais rapidamente absorvidos do que proteínas intactas, como as do próprio leite, por exemplo. Para pessoas com quadros inflamatórios, saúde intestinal irregular e quadros alérgicos, é a melhor opção! Blend de proteínas – embora a proteína do soro de leite seja uma excelente proteína, há outras como a caseína, a soja e a do ovo, que possuem benefícios adicionais; por isso os chamados Blends protéicos já são fabricados com um mix de todas estas opções. A caseína, normalmente em forma de “caseína micelar” ou “caseinato”, normalmente é adicionada aos produtos de proteína de soro. Como a caseína é mais lenta, ocorre um fluxo contínuo de aminoácidos aos músculos por períodos que podem ir até sete horas. Isto tem demonstrado prevenir de forma eficaz o catabolismo, algo muito importante para o desenvolvimento da síntese proteica. A proteína de soja em forma de concentrado de proteína de soja, ou proteína de soja isolada, também pode ser adicionada a diversas proteínas. A soja é digerida e absorvida tão rapidamente quanto o soro e é rica em aminoácidos como Arginina, Glutamina e aminoácidos ramificados. Também contém antioxidantes que favorecem a recuperação muscular depois do exercício. Alguns blends de proteínas possuem também a albumina ou proteína de ovo, uma proteínas de ótima qualidade, isenta de carboidratos e gordura. A aposta correta é comprar produtos que contenham alguma forma de proteína

concentrada ou de caseína como ingredientes principais. São excelentes para tomar entre as refeições e antes de dormir, quando necessitamos um suporte de aminoácidos duradouro. BCAA – São aminoácidos essenciais e que devem ser fornecidos através da dieta e suplementação. O BCAA complementa dietas de maratonistas, corredores, ciclistas, nadadores, principalmente pela hipótese de se controlar a fadiga central. Estudos com os BCAAs mostram efeitos na síntese proteica também, e por isso, passaram a ser consumidos por praticantes de exercícios resistidos. Níveis elevados de BCAA são necessários em período de maior necessidade energética, como estados de jejum ou exercícios prolongados. A L-isoleucina e a L-valina estão diretamente relacionadas com a produção de energia durante o exercício. Já a L-leucina, que vem sendo bastante elucidada na ciência por seu importante na síntese proteica, precisa estar em quantidades ótimas no sangue para que a síntese de músculos ocorra com eficiência! A L-leucina tem papel na ativação no crescimento muscular, não porque somente faz parte das proteínas construtoras, mas porque estimula a sua síntese, além de estimular a síntese de insulina pelo pâncreas, hormônio com potente efeito anabólico e importante na hipertrofia muscular. Além disso, durante a prática de exercícios, os BCAAs são os aminoácidos mais oxidados, isso com a intenção de ajudar a manter os níveis de energia estáveis (o organismo degrada esses aminoácidos para oferecer fonte direta de energia, e nitrogênio para o processo de neoglicogênese, formação de energia a partir de outros compostos, como os músculos), e para suprir a demanda durante

os treinos o corpo busca esses aminoácidos no tecido muscular. Ao suplementar BCCA à dieta, principalmente antes do treino, há uma tentativa de suprimir essa demanda, evitando a captação deles nos músculos e promovendo um estado mais anabólico, podendo acelerar o processo de recuperação. GLUTAMINA - Apresenta importante ação no sistema imunológico. Concentrações orgânicas reduzidas de glutamina têm sido associadas ao estresse catabólico, relacionando-se assim à supressão da resposta imune e susceptibilidade a infecções. Sua associação com zinco e vitamina C, mostram excelentes resultados como prevenção de imunodepressão em atletas. A baixa disponibilidade de glutamina durante o exercício pode estar associada à síndrome de overtraining. Além de seu efeito imunológico, a glutamina apresenta importante ação na saúde intestinal e consequentemente na absorção de nutrientes.

Por Correndo&Comendo www.correndoecomendo.com.br


//Carboidratos após a corrida Já ouviu falar que comer carboidratos após praticar exercícios não engorda e achou que fosse mentira? Pode comemorar pois é pura verdade!  Comer carboidratos após exercícios é um ótimo jeito de “ensinar” o seu metabolismo qual energia ele deve queimar – as calorias dos alimentos consumidos, e não a massa branca dos seus músculos. Mas isso não significa que você pode se exercitar e comer um prato de lasagna que não vai acumular nenhuma caloria. O correto é calcular aproximadamente quantas calorias foram perdidas durante a corrida e consumir 50% desse valor em carboidratos após os exercícios. Em um treino regular de 1 hora 2 barrinhas de cereal dão conta do recado. Apesar disso, o carboidrato é muito importante na dieta de quem pratica esportes ou mesmo de quem está tentando emagrecer. Dietas pobres em carboidratos podem resultar em deficiência energética, hipoglicemia (tontura e moleza), queima de massa muscular e fadiga. Se suas dores musculares duram muito tempo, esse também pode ser o problema. O carboidrato tem papel primordial na reconstrução muscular após o exercício. Já quem está tentando emagrecer sofre pois algumas das substâncias provenientes do carboidrato são essenciais para a ativação do metabolismo de gordura no corpo. Dessa forma, pessoas que apostam nas dietas de restrição severa de carboidratos – sim, as tão famosas – tendem a bloquear a queima de gordura

e passam a utilizar as proteínas musculares para a obtenção de energia.  Em uma dieta balanceada 60% das calorias necessárias diariamente devem sair dos carboidratos. Ou seja, consumir porções moderadas  (a palavra chave!) de carboidratos no café da manhã (pão, cereal ou biscoito), almoço e jantar (arroz, feijão, batata ou massa). Mas lembre-se sempre de ingerir carboidratos bons, grãos integrais e ricos em fibras. Os carboidratos refinados, como os encontrados no pão branco, farinha de trigo, bolachas, arroz branco, massas, açúcares e derivados, promovem um pico de insulina no organismo que traz inúmeros prejuízos, inclusive o acúmulo de gordura.  Os carboidratos também são super importantes enquanto você corre. Se o exercício tem mais do que 1h30 de duração, suplemente soluções contendo de 6-8% de carboidrato ou consuma carboidratos em gel, ingerindo água a seguir.  Resumindo: após o exercício, o consumo de carboidratos não só não engorda como é obrigatório. Só ele consegue repor os estoques de glicogênio (reserva de carboidrato do organismo) e fornecer energia para a reconstrução dos músculos usados. 

Por Correndo&Comendo

www.correndoecomendo.com.br


Desenvolvimento de soluções socioambientais, alinhadas à estratégia de negócios.



Rw revista brasil revisada baixa