Issuu on Google+


Contents Querida Raposa

3

Petit

4

Querida Raposa,

5

Petit,

6

Querida Raposa,

7

Petit,

8

Querida Raposa,

10

Petit

11

Querida Raposa

12

E o Pequeno PrĂ­ncipe

13

2


Querida Raposa As coisas estão diferentes em meu planeta. Desculpas por não ter escrito antes, faltou tempo para descansar o coração. A rosa voou com as borboletas, o carneiro devora os baobás. Pelo menos ainda tenho o sol para admirar. Você me disse que somos responsáveis pelo que cativamos, mas a flor não me deixou nem mesmo um bilhete. Não estou triste, talvez um pouco perdido. Sou um príncipe e manterei meu sorriso. Meu sorriso é o meu reino. Saudades.

Princepezinho

3


Petit Não se amargure com o partir de sua rosa. O amor precisa florescer em todos os lugares, ela precisa voar do mesmo modo que você voou com os gansos selvagens. Veja o sol se pondo e lembre-se que o sorriso dela aquecerá seu planeta sempre. As distâncias existem para que o amor se faça mais presente. Acredite: muitas vezes vamos embora por amar demais o lugar em que estamos. Raposa

4


Querida Raposa, Hoje o carneiro reclamou solidão. Não o compreendo. É estranho se sentir só quando estamos com quem amamos. Vou escrever para o aviador, quem sabe ele me desenha outro carneiro. Desde que te conheci, fiquei um pouco amargurado. Não interprete mal... Estou amargurado, pois não compreendi ainda o significado do cativar. A minha rosa me cativou, depois partiu. Eu te cativei, parti. Pra que tanto trabalho e ir deixar aquilo que cativamos?

Principezinho

5


Petit, Cativar é a melhor coisa que existe. Amamos a lua e ela não está sempre no céu. Amamos os pássaros e seu bater de asas. Amamos, puramente. Não desista de cativar e ser cativado apenas pela dor da saudade. Pense: saudade é o que mostra o tamanho de nosso amor.

Raposa

6


Querida Raposa, Quando estive com você, aprendi muitas coisas. Hoje elas perdem o sentido. Sinto tanta falta da rosa. Fui imprudente por tê-la abandonado. O aviador desenhou outro carneiro. Eles estão felizes e isso me conforta um pouco. Hoje assisti o pôr-do-sol vinte vezes. Estou vendo o meu amor pela rosa morrer. Saudade boa é aquela que nos resta esperança. Tentei escrever uma carta alegre, mas sou um príncipe confuso.

Principezinho

7


Petit, O amor é isso: uma mudança constante. Eu posso te ensinar sobre como cativar, mas não posso ensinar sobre o amor. Não existe quem conheça esse sentimento. Ele segue seu rumo com pressa, inexplicável. Ele nasce saudável, cheio de disposição para enfrentar o impossível, ir a outros planetas, enfrentar lagartas... Quando adolescente, entra em crise e machuca todos ao seu redor. Quando adulto, ele segue seu rumo. É muitas vezes orgulhoso, gosta de ficar sozinho, tem suas próprias coisas e suas vaidades. Mas é isso mesmo, e ele continua sendo amor. Príncipe, você ama a rosa. Esse amor faz parte de você. É simples, eterno e pode te fazer feliz ou triste. Isso depende só de você, entenda. O amor que você sente pela rosa é responsabilidade sua, e não dela. O que você pode fazer? Se o amor chegou, acolha. A vida quer que você agarre o amor com todas as suas forças. Quando pensar que não dá mais, lute. Amar é ser amor até o fim. Desistir é desvalorizar o amor.

Raposa

8


9


Querida Raposa, Escrevi um carta para a Rosa e pedi para que os gansos selvagens a levassem. Não sei se vão encontrá-la, mas o que escrevi foi isso:

"Querida rosa, Não sei se é oportuno escrever, só que há tanto para dividir contigo... Quando parti para outros planetas, conheci várias coisas belas e aprendi sobre o amor. Encontrei pessoas que se achavam donas da verdade sem nunca terem visto o desabrochar de uma flor. Fiquei amigo de um aviador que me ensinou sobre honra e amizade. Conheci uma raposa e ela me mostrou o que é cativar, sobre a saudade e que o essencial só se ver com o coração. Cativar é criar laços. Eu tenho um forte laço contigo, pois foi você que cuidei, vi desabrochar e perfumar o meu mundo. Você é mais bela do que um milhão de rosas para mim, e é o meu amor que faz de você única no mundo. Voltando para casa, fiquei perdido por não ter te encontrado. Foi quando aprendi minha última lição: o amor deve ser mantido na liberdade, sem redomas de vidro. Não quero que volte contra a sua vontade, quero que seja feliz onde e como preferir. Desejo que um dia você encontre a mesma felicidade que o amor que sinto por você me proporciona. Rosa, eu amo você. E, aonde quer que esteja, olhe para a estrelas essa noite e saiba que em uma delas existe alguém que sorri por ter vivido ao seu lado." Um abraço, Raposa.

Pequeno Príncipe

10


Petit Fico imensamente feliz por você ter encontrado o caminho para o amor que sente. Nem sempre podemos estar com quem amamos, mas as pessoas continuam em nossos corações. Ame, apenas. O amor não precisa nem mesmo de laços. Somente as crianças necessitam de uma presença constante para sentir o amor. Eu amo você por que os campos de trigo lembram seus cabelos - ou o contrário. Crescer é deixar o amor livre para que ele siga seu próprio fluxo. A partir daí, amamos pela beleza do gesto de amar. Amar dói, amigo. E essa dor pode ser bela se você quiser que seja. Não se esqueça: somos mais responsáveis pelo amor que sentimos do que por aquele que cativamos.

Raposa

11


Querida Raposa Demorei para escrever, muitas coisas boas aconteceram no B612. Meus carneiros tiveram filhotes! Vejo que terei que expandir meus territórios. E o mais importante: a Rosa voltou. Quando a encontrei, quis tratá-la como se ela nunca tivesse partido. Não demorei em providenciar água e demais cuidados. Ela me impediu, dizendo que não precisava mais de mim e que o amor dela havia mudado. Confesso que o meu coração escureceu e fiquei em silêncio por um longo tempo. Depois percebi que sou feliz apenas por contemplá-la e lembrei que me disse que o amor muda com o tempo. A Rosa está diferente: mais independente, madura, brilhante. Ela me contou de suas viagens, as coisas que descobriu, seus novos amigos... Disse que voltou por que me ama, e não por que precisa de mim. Explicou que amor e necessidade são coisas diferentes. Eu fiquei feliz por ela estar perto de mim. Raposa, eu amo a Rosa cada dia mais. Não namoramos, não temos mais necessidade um do outro como antes, não possuímos qualquer tipo de "contrato". Apenas nos amamos. Existe algo mais profundo do que isso? Doar o meu amor para a Rosa é a melhor e mais verdadeira experiência da minha vida. Apenas receber amor é ser um mendigo, dar amor me transformou em um príncipe de verdade. Obrigada por ter me ensinado tanto, Raposa.

Pequeno Príncipe.

12


E o Pequeno PrĂ­ncipe compreendeu que amar ĂŠ voar com duas asas: uma asa ĂŠ o amor, a outra a liberdade. Desse dia em diante, eles puderam admirar o sol com felicidade no pequeno planeta B612.

13


Cartas do planeta B612