Issuu on Google+

Folha de Angatuba

Registrado sob nº 4 no livro “B” no Registro Civil de Pessoas Jurídicas da Comarca de Angatuba CNPJ-00 912 817/0001-36

ANO XXXIX - Angatuba, 08 de Novembro de 2012

e n i l n O

FUNDADO EM 11/03/1973 - Jornalista Resp. JAIRTON T. CARRIEL - DRT.-8645/80

Escritório - R. Públio de Almeida Melo, 622 - Centro - Cel (15) 97346029 - e-mail-jornalfolhadeangatuba@ig.com.br

Eleição para o Sindicato dos Funcionários Municipais de Angatuba e Campina do Monte Alegre

Chapa 1 vence a eleição com votação esmagadora

DIJALMA É REELEITO Nesta terça-feira (06-11) aconteceu na sede do Sindicato em nossa cidade a eleição para o Sindicato dos Funcionários Municipais de Angatuba e Campina do Monte Alegre, onde foi inscrita 2 chapas: Chapa 1 - liderada pelo atual presidente Dijalma Muniz Aguiar que tinha em sua meta a mesma luta de um sindicato que repudiou desde os primeiros momentos o “peleguismo” e o toma-lá-da-cá, atendendo tão somente o direito do funcionário municipal que por inúmeras vezes contou apenas com o sindicato para sua defesa., tendo como integrantes da chapa:- a Chapa 2- liderada por Dé Potranca e apoiada pelo executivo local tinha como integrantes:Após a apuração foi vitorio-

sa a chapa 1, Unidade para Mudar – OPOSIÇÃO com 196 votos contra 92 da chapa 2 A Vitória da chapa 1, comandada pela atual presidente do Sindicato, Dijalma Muniz Aguiar , foi a vontade da maioria esdmagadora dos votantes, vindo a coroar o trabalho que Dijalma vem fazendo em prol aos funcionários publicos municipais. Assim foi feito e a eleição transcorreu sem o registro de nenhum problema. A expressiva participação dos trabalhadores e das trabalhadoras nesta reeleição do Dijalma e demais diretores consolidou que a Chapa 1 é fundamental para o avanço do processo democrático e certeza de que a luta será ainda maior. A nova diretoria tomará

posse para a gestão do triênio 2013/2016 O presidente Dijalma falando a nossa reportagem agradeceu o apoio de todos os integrantes de sua chapa, ao trabalho militante, a confiança e os votos que recebemos. Buscaremos aprender, ouvir e dialogar mais com aqueles que não nos escolheram. Representaremos a todos e todas na luta cotidiana por melhores salários, benefícios e condições e relações de trabalho. Reafirmamos o nosso compromisso com o sindicalismo democrático, independente e de luta e com um serviço público de qualidade, que assegure os direitos e os interesses da classe trabalhadora” afirmou o presidente reeleito do Sindicato.

OPORTUNIDADE DE EMPREGO O Grupo Alvorada esta recrutando colaboradores para trabalhar no setor de recria. Os interessado deixar currículo na folha de Angatuba que fica em frente a eletro Tupi móvel ou também pode vir até a unidade que fica situado na Estrada Municipal Ang - 235 Km 08 Bairro Corrente / Angatuba Próximo a Cachoeira dos Mineiros.

Câmara realiza audiência pública para debater o orçamento do Município no ano de 2013 nesta quinta feira 8/11 O presidente da Câmara de Angatuba, Pio de Fátima Camargo, agendou para esta quinta-feira, 8 de novembro, às 17 horas, no plenário da Casa de Leis, a realização da Audiência Pública para debater os termos do Projeto de Lei n° 031/ 2012, que trata da estimativa da receita e a fixação da despesa do município de Angatuba para o exercício de 2013. A audiência é aberta à toda população. Pio destaca que é muito importante a presença dos munícipes. O Projeto de Lei 031/2012, enviado à Câmara pelo Executivo, para ser votado até o final do atual ano legislativo estima que o Orçamento Geral do Município de Angatuba para o exercício financeiro de 2013, é de R$ 39.100,000,00. Provavelmente , vereadores apresentarão emendas que serão votadas no mesmo dia da votação do projeto. Presidente da Câmara de Angatuba, Pio de Fátima Camargo

Garota da

Capa

DANILO GRILO GRAVA SEU DVD neste dia 10 as 21hs Depois da gravação do CD e festejando a sua boa fase assim como dando continuidade ao seu trabalho o nosso artista musical Danilo Grilo que evoluiu muito nos últimos anos, vai gravar numa festa exclusiva para convidados seu 1º DVD lá no Espaço Sim Festas, neste dia 10 de novembro a partir das 21 horas e vai até a meia noite. Portanto não chegue atrasado. O novo DVD será lançado em breve no mercado e tudo indica que a exemplo do CD será um sucesso. O público terá papel importante na gravação deste DVD acompanhando o cantor Danilo Grilo, e para isso são esperadas muita gente por lá. Os nossos parabéns ao Danilo Grilo pela gravação de seu primeiro DVD e as pessoas interessadas em prestigiar este grande evento deve entrar em contato com a produção.

Folha de Angatuba ONLINE o seu, o nosso jornal

ALINE FELIX linda jovem é a nossa Garota da Capa desta Semana. ALINE, estuda na escola Ivens Vieira. É filha de Carlos e Maria Cecília. PARABÉNS


Folha de Angatuba

Página 2

A importância do filtro solar Por Juliana Camargo Nas estações mais quentes do ano, todos almejam o aspecto saudável que um bronzeado bonito e duradouro propicia. Porém, muitos se esquecem dos cuidados básicos necessários não só para com a pele mas também para com a saúde. Nesta época em que a exposição aos raios ultravioletas é mais intensa, e a camada de ozônio responsável por filtrar os raios dos tipos A (UVA) e B ( UVB) está repleta de rombos, aumenta a preocupação dos especialistas da área em relação aos malefícios causados por esta radiação. A capa de ozônio consegue bloquear 5% da radiação UVA e 95% dos raios UVB. De acordo com os cientistas, a cada vinte anos, 4% da camada de ozônio é destruída pela ação de poluentes lançados na atmosfera. O UVA acelera o envelhecimento da pele, pois penetra nas camadas mais profundas da pele,e o UVB é o grande causador do câncer de pele. Sendo assim, pessoas de todos os fototipos devem ficar atentas e se proteger quando expostas ao sol. Os grupos de maior risco são os do fototipo I e II, ou seja: pele clara, sardas, cabelos claros ou ruivos e olhos claros. As que apresentam antecedentes familiares com histórico de câncer de pele, queimaduras solares, incapacidade para bronzear e pintas, também devem estar em permanente atenção. Como falar de verão sem pensar em piscina, praia, calor, sol e bronzeado? São poucas as pessoas que resistem a sair da praia com o mesma cor com que chegaram, afinal , muitos associam

o bronzeado à saúde e beleza. Para que você aproveite o verão com responsabilidade e conquiste um bronzeado duradouro sem agredir a pele, tome os seguintes cuidados com o sol : - O horário de exposição deve ser o de menor intensidade dos raios solares. Não é recomendável a exposição ao sol entre 11:00 e 15:00 horas; - Não é aconselhável permanecer por longos períodos na mesma posição, como dormir, por exemplo. O ideal é mudar de posição freqüentemente; -Áreas sensíveis como rosto, lábios e cabeça, principalmente os calvos, necessitam de um cuidado maior e, portanto, de um protetor solar de FPS mais elevado; -Durante a exposição solar, não é aconselhável a utilização de produtos como perfumes, cosméticos, descolorantes para os pelos. Eles frequentemente causam queimaduras e podem aumentar os casos de alergia, além de não protegerem contra os efeitos das radiações solares; -Alguns produtos de uso diário, como batom e maquilagens, fornecem proteção natural. Geralmente contêm, em sua composição, agentes refletores de radiação solar; -Produtos importados devem trazer informações claras e em português quanto ao seu nível de proteção, tipo de pele indicado, modo de uso e demais informações que permitam a utilização correta; -Verificar qual é o fator de proteção mais adequado para

o seu fototipo de pele. Em caso de dúvida , dê preferência sempre aos produtos com FPS mais elevados; - O mormaço também ocasiona queimaduras. A brisa, por oferecer uma sensação refrescante, pode levar a pessoa a esquecer os efeitos nocivos do sol; -O filtro deve ser aplicado 01 hora antes de se expor ao sol e a primeira reaplicação deve

ocorrer depois de 30 minutos e depois disso, reaplicar à cada 2 horas. Cuidados com o verão nunca são demais, pois lembre que mais da metade da radiação solar recebida na vida (algo em torno de 75%) ocorre nos primeiros 25 anos de vida e como os efeitos são cumulativos, os danos vão aparecer por volta dos 40 anos.

Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

O deputado José Mentor defende a manutenção do exame da OAB O deputado José Mentor (PTSP) quer a manutenção do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para o exercício da advocacia. A proposta foi admitida pelo deputado durante audiência pública realizada na quarta-feira (31), pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, da Câmara dos Deputados, em Brasília. O objetivo da reunião era debater a proposta que pretende extinguir o exame da OAB com o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Amaro Henrique Lins. A aprovação no exame é, hoje, necessária para que o bacharel em Direito possa exercer a profissão de advogado. O assunto é tratado em 18 projetos de lei que tramitam em conjunto na Câmara. A maioria quer a extinção da prova, por considerar o diploma de ensino superior suficiente, mas alguns propõem ampliar as funções do exame e outros, substituí-lo por comprovação de estágio ou de pós-graduação. O deputado José Mentor defende a manutenção do exame enquanto a qualidade do ensino não melhora. “É um mal necessário, pois o exame atesta a competência do profissional. O exame é uma forma de garantir que todos os brasileiros tenham acesso a profissi-

onais qualificados, independente de classe social ou do poder aquisitivo”, ressaltou. O secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), Amaro Henrique Lins, disse que o MEC apoia a exigência da prova e “tudo aquilo que vier se somar para mais qualidade no sistema educacional”. Na sua visão, o exame profissional é complementar à formação universitária. A última tem caráter mais humanista e a primeira mais profissional. Os projetos tramitam em caráter conclusivo e devem ser votados apenas na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) antes de irem ao Senado.

Dep José Mentor (PT-SP)

Financiamentos às cooperativas somam R$ 356,3 milhões de julho a setembro Juliana Camargo Graduanda em Cosmetologia e Estética Julianacamargo-estetica@hotmail.com

Região de Sorocaba oferece mais de 290 vagas de emprego O programa Emprega São Paulo/Mais Emprego, agência de empregos pública e gratuita gerenciada pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), oferece, nesta semana, 294 vagas de emprego na região de Sorocaba, correspondentes aos Pats de Capão Bonito, Itapetininga, Itararé, Porto Feliz, Salto, São Miguel Arcanjo e São Roque. As oportunidades que se destacam são: 50 vagas para auxiliar de produção, 12 vagas para vendedor externo, 4 para auxiliar de lavanderia, entre outras. Os itens escolaridade e experiência para o preenchimento das vagas variam de acordo com a área de atuação e com a empresa. Confira abaixo as oportunidades em destaque: Ocupação Local da vaga Número de vagas Escolaridade Exige experiência Auxiliar de Produção Itapetininga 50 Ensino médio Sim Vendedor Externo Porto Feliz 12 Ensino médio Sim Auxiliar de Lavanderia São Roque 4 Ensino fundamental Sim Como se cadastrar Para ter acesso às vagas, basta acessar o site www.empregasaopaulo.sp.gov.br , criar login, senha e informar os dados solicitados. Outra opção é comparecer a um Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) com RG, CPF, PIS e Carteira de Trabalho. É importante que o usuário mantenha seus dados de cadastro atualizados para não perder oportunidades de trabalho e para ter acesso aos programas de qualificação da SERT, como o Time do Emprego e o Programa Estadual de Qualificação (PEQ), por exemplo. Emprega São Paulo Desde a implantação do Emprega São Paulo – em agosto de 2008 –, o programa conseguiu recolocação profissional para mais de 700 mil trabalhadores e 3,5 milhões de currículos foram cadastrados.

Folha de Angatuba

Melhora nas condições do crédito é a aposta do Governo para impulsionar o segmento Brasília (05/11/2012) - Nos três primeiros meses após o lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2012/13, que compreende o período de julho a setembro deste ano, os financiamentos às coooperativas somaram R$ 356,5 milhões. Os dados são referentes às operações realizadas por meio do Programa de Desenvolvimento Cooperativo para Agregação de Valor à Produção Agropecuária (Prodecoop) e do Programa de Capitalização de Cooperativas Agropecuárias (Procap-Agro). Para o secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Caio Rocha, as cooperativas são importantes instrumentos de desenvolvimento da agricultura brasileira por isso a atenção do Governo Federal em disponibilizar mais recursos e melhorar as condições na tomadas desses créditos. “A disponibilidade de recursos é uma forma de estimular os agricultores e suas cooperativas a expandir a capacidade produtiva e a competitividade da agropecuária brasileira e de manter a posição relevante do País no mercado agrícola internacional”, disse. Por meio do Prodecoop foram aplicados R$ 233,2 milhões, 11,7% do montante de R$ 2 bilhões programados para o período 2012/13. No mesmo período de 2011/12, foram aplicados R$ 158,9 milhões, 7,9% de um total de R$ 2 bilhões disponibilizados. As normas de enquadramento das ações desenvolvidas no âmbito do Prodecoop foram alteradas para o Plano Safra 2012/13, com ênfase no financiamento a operações de investimento. Dentro da política de apoio ao cooperativismo, o ministério também elevou os recursos disponibilizados através do Procap-Agro (Programa de Capitalização de Cooperativas Agropecuárias) com destaque para maior disponibilidade para financiamento de capital de giro ao setor. Para a atual safra, os recursos totalizam R$ 3 bilhões, ante os R$ 2 bilhões em relação à safra anterior. De julho a setembro, foram aplicados R$ 123,3 milhões dos R$ 3 bi programados para a safra 2012/13.

ONLINE o seu, o nosso jornal

venha nos fazer numa visita !!


Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

Folha de Angatuba

O suicídio não resolve as angústias de ninguém

Página 3

SERÁ QUE EU TENHO DIREITO? *Letícia Beltrami

Ensinava Alziro Zarur (19141979): “O suicídio não resolve as angústias de ninguém”. Estava com a razão o autor de “Poemas da Era Atômica”. Matar-se abala, por largo tempo, a existência do Espírito, pois ofende a Lei Divina, que é Amor, mas também Justiça. Quando a dor apertar, por favor, lembre-se desta página de André Luiz, na psicografia do venerando Francisco Cândido Xavier (1910-2002):

Mais um pouco*¹ “Quando estiveres à beira da explosão na cólera, cala-te mais um pouco e o silêncio te poupará enormes desgostos. “Quando fores tentado a colaborar na maledicência, guarda os princípios do respeito e da fraternidade mais um pouco e a benevolência te livrará de muitas complicações. “Quando o desânimo impuser a paralisação de tuas forças na tarefa a que foste chamado, prossegue agindo no dever que te cabe, exercitando a resistência mais um pouco e a obra realizada ser-te-á gloriosa bênção de luz. “Quando a revolta espicaçarte o coração, usa a humildade e o bom entendimento mais um pouco e não sofrerás o remorso de haver ferido corações que devemos proteger e considerar. “Quando a lição oferecer dificuldade à tua mente, compelindo-te à desistência do progresso individual, aplica-te ao problema ou ao ensinamento mais um pouco e a solução será divina resposta à tua expectativa. “Quando a ideia de repouso sugerir o adiamento da obra que te cabe fazer, persiste com a disciplina mais um pouco e o dever bem cumprido ser-teá coroa santificante. “Quando o trabalho te parecer monótono e inexpressivo, guarda fidelidade aos compromissos assumidos mais um pouco e o estímulo voltará ao teu campo de ação. “Quando a enfermidade do corpo trouxer pensamentos de inatividade, procurando imobilizar-te os braços e o coração, persevera com Jesus mais um

pouco e prossegue ajudando a todos, agindo e servindo como puderes, porque o Divino Médico jamais nos recebe as rogativas em vão. “Em qualquer dificuldade ou impedimento, não te esqueças de usar um pouco de paciência, amor, renunciação e Boa Vontade, a favor de teu próprio bem-estar. “O segredo da vitória, em todos os setores da vida, permanece na arte de aprender, imaginar, esperar e fazer mais um pouco”. O Salmo 31:24 da Bíblia Sagrada adverte fraternalmente: “Tende coragem, e Ele fortalecerá o coração de todos vós que esperais no Senhor”. O Rabino Henry Sobel pondera: “Não somos donos da Vida, mas apenas os guardiões dela”. Honremos, pois, o extraordinário dom que Deus nos concedeu, que é a Vida, e Ele sempre virá em nosso socorro pelos mais inimagináveis e eficientes processos. Substancial é que saibamos humildemente entender os Seus recados e os apliquemos com a Boa Vontade e a eficácia que Ele espera de nós. A permanente sintonia com o Poder Divino só nos pode adestrar o Espírito, para que tenhamos condições de sobreviver à dor, mesmo que em plena conflagração dos destemperos humanos. Do livro “Billy Graham responde”, emerge esta elucidação do respeitado pastor norteamericano: “A vida nos foi concedida por Deus e só Ele tem o direito de tirá-la. Além disso, até mesmo no meio das circunstâncias mais difíceis, Deus está conosco. (...) Devo enfatizar o fato de o suicídio ser um erro, não fazendo parte do plano de Deus”. Na Quarta Surata do Alcorão Sagrado, encontramos este conforto numa admoestação do Profeta Muhammad (570632) — “Que a Paz e as bênçãos de Deus estejam sobre ele”: “29. Ó crentes, não defraudeis reciprocamente os vossos bens por vaidade, realizai comércio de mútuo consentimento e não pratiqueis suicídio,

por que Deus é misericordioso para convosco”. Santa Teresa d’Ávila (15151582), a grande mística da Espanha, incentiva-nos à perseverança: “Que nada te perturbe, nada te amedronte. Tudo passa. Só Deus nunca muda. A paciência tudo alcança. A quem tem Deus, nada falta. Só Deus basta”. A continuação da existência após a morte jamais poderá ser justificativa para o suicídio. Todos continuamos vivos. Acertadamente escreveu Napoleão Bonaparte (17691821), quando lamentou essa inditosa escolha, que infelicita o Espírito de quem se deixa seduzir por ela, porque a chegada ao Outro Mundo daquele que destrói o seu próprio corpo é um grande tormento, porquanto não há morte após a morte: “Tão corajoso é aquele que sofre valentemente as dores da Alma como o que se mantém firme diante da metralha de uma bateria. Entregarse à dor sem resistir, matar-se e eximir-se à mesma dor é abandonar o campo de batalha antes de ter vencido”*2. Finalmente, confiantes, sigamos o caminho apontado pelo Senhor no livro Deuteronômio, 30:19: “Como podes ver, coloquei hoje diante de ti a Vida e o Bem, a morte e o mal... portanto, escolhe a Vida, para que vivas tu e a tua semente”. Meus Amigos e Irmãos em Humanidade, a grande fortuna é sabermos que viver é melhor!

DPVAT – SEGURO OBRIGATÓRIO DE DANOS PESSOAIS – LEI Nº 8.441/92.

José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor. paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

*ADVOGADA – M. LETÍCIA BELTRAMI DE MORAES - OAB – 318.015 Email:lebeltrami@yahoo.com.br

Para quem não sabe a sigla DPVAT significa Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres. O seguro DPVAT foi instituído há quase de 40 anos, pela Lei nº 6.194/74 e, alterada pela Lei 8.441/ 92. Os recursos do seguro DPVAT são financiados pelos proprietários de veículos, por meio de pagamento anual. É um seguro de caráter social, no entanto, grande parte da população não sabe o que ele representa. Você sabia? Que toda pessoa (pedestre, motorista, passageiros) que for vítima de acidentes envolvendo veículos automotores, por exemplo, carro, ônibus, caminhão, etc, podem receber indenizações, independente de possuir veículos ou de pagar IPVA ou DPVAT. E quais são as Indenizações? Reembolso por valores gastos com medicamentos e/ou tratamentos hospitalares; Indenização por invalidez permanente; Entende-se por Invalidez Permanente total ou parcial a perda ou redução, em caráter definitivo, das funções de um membro ou órgão. A impossibilidade de reabilitação deve ser atestada em laudo pericial; Indenização por morte (morte de motorista, passageiro ou pedestre). Quem recebe a indenização e ou reembolso? a) A vítima ou o terceiro que tenha custeado as despesas médicohospitalares do acidentado, casos que resultem em despesas com assistência médica, hospitalar e suplementar; b) A vítima, nos casos de acidentes que resultem em invalidez permanente, inclusive invalidez parcial; c) Em caso de morte os beneficiários do seguro conforme legislação segue a seguinte ordem: em primeiro lugar o cônjuge ou companheiro, em segundo lugar os filhos, e terceiro lugar os pais ou os avós, na falta deste os irmãos, tios ou sobrinhos da vítima. Quais são os valores das indenizações e ou reembolso? A quantia a ser paga é determinada caso a caso, conforme a gravidade da lesão sofrida pela vítima de acidente de trânsito.

Atualmente são estes os valores de indenização, definidos pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP): Por reembolso de despesas médicas e hospitalares – até R$ 2.700,00; Por invalidez - até R$ 13.500,00; Por morte – R$ 13.500,00. Existe indenização cumulativa? Ou seja, posso receber o reembolso pelas despesas hospitalares mais a indenização por invalidez, por exemplo? As indenizações por Morte e Invalidez Permanente não se acumulam. Se, após o pagamento de uma indenização por Invalidez Permanente, ocorrer Morte em conseqüência do mesmo acidente, o valor da indenização por Morte será deduzida a importância já paga por Invalidez Permanente. No entanto, não há dedução do reembolso de despesas médicas e hospitalares (DAMS), em caso de pagamento de indenizações por Morte ou Invalidez Permanente. E qual é o prazo? O prazo é de 3 (três) anos a contar do acidente para que a vítima ou seus familiares possam solicitar as indenizações. Após tal pra-

zo não será mais possível receber as indenizações. Direito de todos! O DPVAT é um seguro pago somente pelos proprietários de veículos, mas que todas as pessoas têm direito, pois qualquer um que vier a ser vitima de um acidente de trânsito será indenizado. Para que haja o pagamento das indenizações não se faz necessária a apuração do culpado pelo acidente. As indenizações são pagas individualmente, não importando quantas vítimas o acidente tenha causado. Por exemplo, se em uma batida, há dois carros envolvidos, cada um com quatro ocupantes, e também um pedestre, e se as nove pessoas forem atingidas, todas terão direito a receber indenizações do DPVAT. Solicitar a indenização do DPVAT é muito simples, vá até uma corretora para se informar, e sendo você o principal interessado, cuide dela você mesmo. Quando não se faz necessária a intervenção de terceiros, ninguém melhor que você para preservar os seus direitos.

Programa Patrimônio em Rede inicia nova etapa em Sorocaba Sistema de gerenciamento eletrônico do programa integrará o patrimônio artístico em um catálogo único Começou, em outubro, a segunda etapa do programa Patrimônio em Rede, coordenado pela Curadoria do Acervo Artístico-Cultural dos Palácios do Governo, vinculada à Secretaria da Casa Civil, com o apoio técnico do Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal (Cepam) e da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp). A iniciativa está promovendo o inventário das obras de arte que formam o acervo artístico-cultural do governo do estado e estão dispostas nas secretarias, autarquias e fundações estaduais, na capital, no interior e litoral paulista. As peças são pinturas, esculturas, tapeçaria mobiliários, entre outros. Em 2011, nas oficinas realizadas por todo o estado, funcio-

nários públicos foram capacitados para identificar esse patrimônio. Neste ano, mais 17 oficinas vão orientar sobre a inserção das informações no sistema de Gerenciamento Eletrônico do Programa Patrimônio em Rede (Gepre), criado para integrar o patrimônio artístico em um catálogo eletrônico único, proporcionando o gerenciamento, a conservação e difusão. Um conselho será instituído, a partir das parcerias que serão celebradas por meio de convênio, para a certificação do patrimônio artístico-cultural. Para auxiliar os participantes, foi elaborado manual que orienta, passo a passo, o processo. “A obra servirá como guia de consulta para a inserção de dados do programa Patrimônio em Rede”, esclarece a coordenadora-geral do programa, Ana Cristina Carvalho. As primeiras oficinas aconteceram no dia 23 de outubro, nos Municípios de Franca e Presidente Prudente, seguindo para Marília, Ribeirão Pre-

to, Registro, Santos, Campinas, São Carlos, São José dos Campos, Sorocaba, São Paulo, Araçatuba, São José do Rio Preto, Barretos e Bauru. Mais informações podem ser obtidas no site www.cepam.sp.gov.br. Em Sorocaba, a oficina acontece no dia 13 de novembro, das 8h30 às 17h, no Hotel Nacional Inn, localizado na Rodovia Senador José Ermírio de Moraes, Km 2,5.

Sobre o Cepam O Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal (Cepam) é uma fundação, ligada à Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Regional do estado de São Paulo, que apoia os municípios na gestão e no desenvolvimento de políticas públicas.

Folha de Angatuba Online o seu, o nosso jornal


Folha de Angatuba

Página 4

Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

Balanço Final: Feriado prolongado sem vítimas fatais nas rodovias administradas pela CCR SPVias No feriado prolongado devido ao Dia de Finados, entre os dias 1 e 4 de novembro, 367.615 veículos trafegaram nas rodovias administradas pela CCR SPVias. Neste período foram registrados 12 acidentes e nenhuma vítima fatal. O maior movimento foi registrado na Rodovia Castello Branco (SP 280), região dos municípios de Quadra, Cesário Lange, Torre de Pedra, Porangaba, Bofete, Pardinho, Itatinga, Iaras e Águas de Santa Bárbara; com tráfego de 217.180 veículos. Nas Rodovias Antonio Romano Schincariol e Francisco da Silva Pontes (SP 127), entre os municípios de Tatuí e Capão Bonito, o movimento foi de 53.899 veículos. Na Rodovia Raposo Tavares (SP 270), entre os municípios de Itapetininga e Araçoiaba da Serra, foi registrado movimento de 40.550 veículos. Na Rodovia Francisco Alves Negrão (SP 258), entre Capão Bonito e Itararé, o movimento foi de 26.543 veículos. Na Rodovia João Mellão (SP-255), região de Avaré, trafegaram 29.443 veículos. Atendimentos realizados pela CCR SPVias Socorro mecânico: 285 Guincho: 218 Resgate: 31 nspeção de tráfego: 529 Atendimento 0800: 816 ligações Sobre a CCR SPVias: A CCR SPVias é responsável pela administração e operação de 516 quilômetros de rodovias paulistas, malha viária formada pelas Rodovias Castello Branco (SP-280), de Tatuí a Espirito Santo do Turvo; Raposo Tavares (SP-270), entre Araçoiaba da Serra e Itapetininga; João Mellão (SP-255); de Avaré a Itaí; Francisco Alves Negrão (SP- 258), de Capão Bonito a Itararé; Antonio Romano Schincariol e Francisco da Silva Pontes (SP-127); entre Tatuí e Capão Bonito.

Folha de Angatuba

ONLINE

o seu, o nosso jornal

Sebrae comemora Dia Nacional do Design Instituição realiza diversas ações nas unidades estaduais nesta semana Brasília – Buscar soluções criativas e inovadoras de uso de materiais, tecnologias e sustentabilidade é um dos papéis do design, que comemora nacionalmente seu dia nesta segunda-feira (5). Desde 2000, o Sebrae promove ações de inserção da atividade nas micro e pequenas empresas (MPE) por saber da importância do design para aumentar a lucratividade das empresas. Na semana de comemoração do Dia Nacional do Design, diversas iniciativas foram programadas pelas unidades do Sebrae nos estados para divulgar o papel desse processo que exige, além da criatividade, capacitação, habilidade e responsabilidade. A data foi instituída em 1998, por um decreto do então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, em homenagem ao designer recifense Aloísio Magalhães que comemorava seu aniversário neste dia. Ele criou, entre outras, o símbolo da Petrobras e desenhou a cédula do Cruzeiro Novo em 1964. Apesar de Aloísio ter se formado em Direito, sempre teve vocação para as artes plásticas. Foi o fundador da primeira escola de desenho industrial do Brasil, a Escola Superior de Desenho Industrial (Esdi),

CASA DE CARNES E CONVENIÊNCIA

FOGAÇA CARNES DE QUALIDADE A PREÇOS IMBATÍVEIS!!VENHA CONFERIR

DISK ENTREGA:

9740-5048

Rua Lauro Bertolai 115 - Vila Ribeiro

e também presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Ele morreu na Itália, em 1982. Elsie Quintas, analista de Acesso a Inovação e Tecnologia, informa que o Sebrae investe em ações voltadas para a inovação no intuito de estabelecer novos diferenciais para melhorar o posicionamento das empresas de pequeno porte no mercado. “Por meio do Sebraetec, a instituição viabiliza o acesso das micro e pequenas empresas (MPE) a conhecimentos tecnológicos, incluindo design. Nossa ideia é otimizar processos e produtos para introduzir tecnologia nas empresas”, assegura. Novidades Promover o design como ferramenta de estímulo à competitividade nos pequenos negócios é o objetivo principal do Centro de Design Paraná, em Curitiba. Fundado há 13 anos pelas designers Ana Brum e Letícia Gaziri, o Centro é uma consultoria especializada em idealizar, desenvolver e implementar programas e projetos estratégicos de design alinhados às políticas públicas. Tem como objetivo melhorar a competitividade e o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Possui atuação nacional e conta com um

time de experts com visão holística e altamente eficientes. Por meio dessa consultoria, os empresários dos mais diversos segmentos têm a oportunidade de desenvolver produtos inovadores e competitivos. Segundo Ana Brum, a adoção da técnica coloca os pequenos negócios no mesmo patamar das grandes empresas. “O produto ganha credibilidade. A partir daí, o consumidor tem percepção de que a marca é tão boa quanto as mais conhecidas”, diz. Por meio de palestras, workshops e consultorias, o Centro traz para os empresários as novidades do mercado de design. “Ao contrário do que muitos pensam, esta não é uma ferramenta cara. Quem aposta no design para ganhar competitividade está no caminho certo”, garante Ana Brum. Quem experimentou de perto a força do design foi o joalheiro cearense Antônio Rabelo. Ele lapida o sertão em peças criativas e únicas. São joias feitas a partir da prata, couro, pedra, palha e do espinho do mandacaru, cacto típico da região Nordeste, inspiradas na natureza local. A descoberta do talento de Antônio ocorreu quando o Sebrae levou uma designer de

joias de São Paulo para dar um curso em Quixeramobim (CE), em 2002. “Foi amor à primeira vista. De escultor, passei a fabricar joias. Ali decidi que queria fazer isso para sempre”, lembra. O trabalho da Ceará Design começou com quatro funcionários e uma produção mensal de 40 peças. À época, o faturamento era de R$ 7 mil por mês. Hoje, a fabricação gira em torno de 150 peças e a receita chega a R$ 40 mil. Para dar conta das encomendas, são necessárias oito pessoas. Toda a produção é vendida a clientes brasileiros. Agora, Antônio faz planos para expandir o negócio: usar ouro nas joias. “Vou começar a me qualificar ainda mais para usar esse metal. Minhas peças vão ganhar requinte”, enfatiza. A trajetória de sucesso de Antônio Rabelo se mistura com o trabalho do Sebrae. Fez cursos de capacitaç��o e participou de seminários realizados pela instituição. “O Sebrae tem 90% de responsabilidade na minha história como empresário. Essa parceria é peça fundamental para a produção das minhas joias, e realização de um sonho”, destaca Antônio.

Irrigação é a aposta do Governo para aumentar produtividade Ministério da Agricultura trabalha na implementação da política de irrigação no campo para beneficiar a produção de grãos e carnes As novas tecnologias de irrigação são ferramentas importantes para impulsionar a produtividade agrícola de pequenas, médias e grandes propriedades rurais. Atento a isso, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, determinou a implementação de uma política de irrigação para o campo. O objetivo é o aumento da produtividade e da produção de grãos e carne sem desmatamento. Hoje, o Brasil tem uma área plantada de 68 milhões de hectares de grãos, frutas e fibras. Na pecuária, o espaço no campo é de 180 milhões de hectares. A execução da política de irrigação é para justamente tornar mais intensivo o uso dessas áreas, reduzindo a pressão por novos espaços. Para atender as essas demandas, o Governo, por meio do Plano Agrícola e Pecuário 2012/13, já disponibiliza uma linha de financiamento para o incentivo à irrigação, com juro subsidiado e carência de três até 12 anos para pagamento. Além do crédito mais barato, as taxas variam entre 5% e 5,5%, o Ministério garantiu no

Plano Plurianual/2012-2015 recursos de R$ 4 bilhões. O objetivo das ações é aperfeiçoar as políticas voltadas à irrigação para ampliar a área irrigada, aumentar a produtividade e contribuir para a contenção do avanço da fronteira agrícola. Para o secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo (SDC) do Ministério da Agricultura, Caio Rocha, o uso da irrigação é um dos itens mais importantes para a modernização e o aumento da produtividade da agricultura brasileira. Segundo ele, a utilização dessa tecnologia permite o uso intensivo dos solos reduzindo a pressão por abertura de novas áreas, além de qualificar a lavoura. O crescimento das áreas irrigadas é apontado como um dos principais fatores que garantiram o suprimento de alimentos em décadas de explosão demográfica. “O Ministério está trabalhando com vistas a ampliar o uso dessas novas tecnologias no campo”, salientou Rocha. Dados mostram que o setor agropecuário é o maior consumidor de água em todo pla-

neta, correspondendo a 70% da água doce existente, enquanto o uso doméstico responde por aproximadamente 10%, sendo o restante consumido pela indústria.

Secretario de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo (SDC) do Ministério da Agricultura, Caio Rocha. Foto:- Crédito Carlos Silva / MAPA

Os melhores preços estão AQUI!! R. Públio de Almeida Melo 611 tel. 3355 0403


Folha de Angatuba

Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

Propósito do esclarecimento Bruno Peron Qual é o propósito do esclarecimento? Esta indagação surgiu num dia de ócio físico e ansiedade mental. Quase sempre se esclarece por necessidade e não por capricho da inteligência. A fome psíquica é pequena diante da oferta de um prato tão cheio que seu conteúdo transborda. Não nos faltam recursos para o esclarecimento. Falta motivação desinteressada. Os usos do esclarecimento importam mais que seu propósito porque a primeira situação implica esclarecer-se para algum fim enquanto a segunda reivindica uma auto-avaliação inquiridora à qual nem sempre se ensaia uma resposta. Pensar nos objetivos do esclarecimento demanda um exercício ativo de massagem da inteligência sem o qual ela se paralisa mas não se perde. Neurologistas, psicólogos, psiquiatras e outros estudiosos (direta ou indiretamente) da massa cinzenta concordam que o homem faz uso mínimo dos recursos das células que se combinam no interior do crânio. Mal se conhecem nossos cinco sentidos. O ilustre espiritualista Chico Xavier não se cansava de dizer que as "potências" humanas são ainda muito pouco desenvolvidas por nossos espíritos primitivos encarnados em corpos brutos num planeta de provas e expiações. Aguarda-se a era em que a humanidade dará um passo substantivo na direção do esclarecimento de toda a espécie. Até lá, perderão a vez os que se enriquecem em detrimento da coletividade, os adeptos da inobservância das leis, os que resguardam o conhecimento com exclusividade e os que se deixam embrutecer pelo torpor. Os que não acompanharem este grande passo serão exilados e postergarão a iminente luz regenerativa que norteará o progresso humano. O mal aproveitamento do processo de esclarecimento recebeu críticas em referência a certos contextos políticos e momentos históricos. Os alemães Theodor Adorno e Max Horkheimer, no livro Dialética do esclarecimento (1944), criticam a razão instrumental inerente à ideologia do Iluminismo

e manifestam uma visão pessimista das chances da humanidade de obter a emancipação. O esclarecimento é, para eles, uma proposta de contraposição às várias formas de dominação. Enquanto se aboliram os grilhões que cerceavam a liberdade dos escravos, somos convidados hoje a discutir como abolir as correntes que limitam o pensamento moderno. Durante a Segunda Guerra Mundial, o inimigo principal do desejo da humanidade de emancipação era o Estado totalitário representado pelo Fascismo, Nazismo e Stalinismo segundo Adorno e Horkheimer. O modelo autoritário de Estado controlava o modo de produção capitalista e as mentes de tal forma que a autoridade estatal transmitia-se à cultura de massas e às indústrias culturais. Os meios de comunicação eram portanto entendidos negativamente por Adorno e Horkheimer como instrumentos de reprodução de uma cultura anti-emancipacionista. Há valores contraditórios do esclarecimento tais como auto-destruição, exploração do trabalho e racismo que devem ser depostos assim como os regimes políticos autoritários. A noção de indústrias culturais surgiu desde a publicação de Dialética do esclarecimento, embora Adorno e Horkheimer tenham proposto que a humanidade deve emancipar-se da tendência de que tudo vire mercadoria. Eles temiam que o pensamento se transformasse tão amplamente em mercadoria que a emancipação seria um ideal mais difícil de al-

cançar. Em sociedades extremamente controladas, o primeiro a conquistar liberdade deve ser o indivíduo e seu entendimento das limitações internas e externas. Adorno e Horkheimer compartilham um tipo de pessimismo holístico com respeito às direções que a racionalidade moderna tem dado à espécie humana. O que se concebe como uma realização sublime remete simultaneamente a elementos indesejáveis de barbárie, atraso e desgraça que esta racionalidade tenta purgar. O vaticínio é de que hostilidades, intolerâncias e guerras serão páginas amareladas nos livros didáticos e lapsos de memória carcomidos pelo tempo. O esclarecimento galga etapas históricas e conquista nichos evolutivos. Passa do eu insaciável ao nós solidário. A ignorância cede espaço ao conhecimento; o pessimismo se dissolve no otimismo. O esclarecimento logo se faz pelo prazer de transformar dores em realizações, contratempos em edificações. Falta desenvolver a inteligência reflexiva e ter o senso de sair de si para se colocar no lugar da espécie e cuidar melhor do planeta. Esclarecer, assim, significa ter consciência existencial, ambiental e social; é acordar disposto a viver outro dia de aventuras gratificantes e dormir com algum ganho das faculdades mentais. É pressentir a vitória da luz eterna sobre a treva provisória. É ter a motivação de esclarecer-se para devolver ao universo a luz que emprestamos.

Bruno Peron

Começa campanha nacional de vacinação contra febre aftosa Estados do Nordeste tiveram calendário flexibilizado para evitar maiores comprometimentos na vacinação dos rebanhos afetados pela seca A segunda etapa da vacinação dos bovinos e bubalinos contra a febre aftosa começou nesta quinta-feira, 1º de novembro, em 22 estados e no Distrito Federal. Com duração média de 30 dias, o segundo ciclo da campanha nacional de vacinação faz parte das estratégicas nacional de prevenção da febre aftosa, contribuindo inclusive com a implantação e manutenção de zonas livres da doença. O calendário nacional estabelece algumas diferenças no período de vacinação. Em Roraima, a vacinação foi realizada durante o mês de outubro. Rondônia e Amapá iniciaram a imunização de todos os animais no dia 15 de outubro, sendo que o primeiro terminará sua vacinação no dia 15 deste mês e o segundo apenas no dia 30. O Estado de Santa Catarina não realiza vacinação por constituir uma zona livre da febre aftosa sem vacinação.

Flexibilização do calendário Devido à seca que assola grande parte do Nordeste do Brasil, o Ministério da Agricul-

tura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) flexibilizou o calendário de vacinação nas áreas em situação de emergência. A medida visa a evitar maiores comprometimentos na cobertura vacinal dos rebanhos da região. Por isso, os Serviços Veterinários Oficiais (SVOs) foram autorizados a ampliarem por até 30 dias o período de vacinação nessas áreas, de acordo com a necessidade, ou suspenderem temporariamente a imunização e enviarem relatório de situação ao Departamento de Defesa Animal (DSA) até 15 de janeiro de 2013 para novas análises e decisões. O serviço veterinário oficial de cada unidade da Federação deverá regulamentar a medida escolhida, comunicar ao Mapa e dar ampla divulgação. Em entrevista coletiva à imprensa na última terça-feira, 30 de outubro, o diretor do DSA, Guilherme Marques, disse que essa medida, adotada de forma excepcional para o Nordeste, não afetará o processo de reconhecimento da região como zona livre da febre aftosa com vacinação em

Página 5

A COMUNHÃO NO ALTAR DA PÁTRIA GAUDÊNCIO TORQUATO

O homem, em estado de perfeição, ensinava Aristóteles, é o melhor dos animais. Quando, porém, afastado da lei e da justiça, é o mais selvagem e impiedoso de todos, pois, destituído de qualidades morais, usa a inteligência e o talento como armas para praticar o mal. É possível vislumbrar no pensamento do filósofo grego a inspiração que emoldura a sábia (e poética) observação do ministro Ayres Britto por ocasião da sessão da Suprema Corte que julgou o núcleo político da Ação Penal 470 pelo crime de formação de quadrilha: "Deus no céu e a política na terra. Por quê? Porque a política é o meio pelo qual a sociedade constrói e reconstrói o Estado. A política é o instrumento de concretização dos anseios do povo. É, acima de tudo, a forma pela qual se pode buscar o bem-estar coletivo, a manutenção da ordem e a concepção do progresso". Na mesma linha de salvaguarda dos primados da política no sentido aristotélico se encaixam a sentença do decano do Supremo, Celso de Mello, ao condenar a feroz ética maquiavélica - "os fins não justificam a adoção de quaisquer meios" - e o arremate do relator, Joaquim Barbosa: "A prática de formação de quadrilha por pessoas que usam terno e gravata traz um desassossego que é ainda maior dos que consagram a prática dos crimes de sangue". No fundo, as perorações procuram elevar ao mais alto patamar da grandeza as virtudes do homem e a noção de direitos que Alexis de Tocqueville distinguia como imanentes ao mundo político. "Não existem grandes homens sem virtude; sem respeito aos direitos, não existem grandes povos e nem mesmo sociedade", pregava. Pelo que se viu, a histórica aula de Direito propiciada pelo STF há de merecer destaque não apenas pelo fato de ter trazido à tona questões centrais sobre a mola transformadora de uma sociedade, mas pelo feito de revestir conceitos clássicos - Estado, política, ética, direitos, cidadania, liberdade, democracia - com densa camada de argumentos cuja força reside, sobretudo, na aguda interpretação de nossa realidade política. No seio de uma cultura eivada de mazelas históricas, treinada na arte de transformar curvas em retas, impermeável ao temor do castigo por saberem seus artífices que, flagrados em práticas ilícitas, mais cedo ou mais tarde escaparão das teias que os envolvem, a decisão de punir altas figuras que ocuparam o centro do poder

parece algo inusitado. Punir rão iluminar-se por refletores poderosos? Inacreditável, do Ministério Público, que, por mesmo que se projete na men- sua vez, acionará os canais da te social a imagem de uma Justiça, da primeira à última Corte de juízes probos, inde- instância. A Lei da Ficha Limpendentes, autônomos, ilumi- pa, que começa a vingar (marnados pela coleção de valores cando pênaltis contra infratoalinhavados pelo filósofo res), e a Lei de ResponsabiliFrancis Bacon: "Os juízes de- dade Fiscal, sobre a qual gruvem ser mais instruídos que pos de interesse se debruçam sutis, mais reverendos que para tentar aliviá-la, funcionam aclamados, mais como aríete contra a circunspectos do que audaci- corrupção. Diminuir o custo osos". Brasil da incúria torna-se vital Se alguém tinha dúvidas sobre para avanços na frente da geso fator que efetivamente trans- tão pública. Implica, ainda, a forma a história das socieda- continuidade de programas des, recebeu concisa respos- bem avaliados pelas populata na expressão da maioria dos ções. Portanto, aos alcaides ministros do Supremo: a igual- que tomam posse em 2013 se dade dos homens. Todos são impõe o dever de realizar proiguais perante a lei. Por isso jetos inovadores e prioritários, urge evitar os exageros a fim dando sequência às boas de não se cair na desigualda- ideias dos antecessores. O de. A ciência política elege o preço Brasil da igualitarismo entre os homens descontinuidade, por vontade como essência da própria de- de substituir marcas antigas mocracia. O ideal da liberda- por novas, apresenta-se como de une-se ao pilar da igualda- um cancro da administração de, condição que, por sua vez, pública. exige práticas políticas As consequências do julgairrigadas pelas águas da éti- mento da Ação Penal 470 já ca. Ao se anotar ali um grupo se fazem sentir na percepção de pessoas notáveis, cada qual do papel do Judiciário. Só não com seu devido aparato legal- são perceptíveis aos olhos de jurídico, floresce a impressão grupos tampados por carapude que o governo da justiça ça ideológica, cuja meta é a estende os braços a todos, conquista do poder a qualquer sem distinção de classe ou custo. Mas é inegável o pulsar categoria. Viceja o sentimento coletivo, visível em exclamade que há uma plêiade que ções que resgatam o orgulho cuida (e bem) da vida da or- e a autoestima, a apontar a dem. chama cívica iluminando o A semente plantada pela Jus- canto esquerdo do peito. tiça demorará a frutificar? Como faz bem à alma sentir o Pode ser. Mas o traçado da po- eco da expressão de José lítica pela régua dos nossos Ingenieros, em seu belo livro atores não será o mesmo. Mu- O Homem Medíocre: "Pátria é dará de direção. Representan- comunhão de esperanças, de tes do povo, agora mais aten- sonhos comuns e a busca de tos ao que pode e ao que não um ideal; é a solidariedade pode ser feito, esforçar-se-ão sentimental de um povo, e não para atenuar os vícios a que a confabulação de politiqueise amoldaram e cultivam. Não ros que medram à sua somse muda uma cultura política bra". da noite para o dia. Mas a longa trajetória da ética começa, bem o sabemos, com dois ou três passos morais. E a soma de passos conjugados, no centro e nos fundões do território, conduzirá os conjuntos políticos a exercitar comportamentos regrados por bons costumes e ações referendadas pelo império da lei. Como pano de fundo, a consciência de que a instituição judiciária funciona sem amarras. Autônoma, independente. Palmas para a democracia. As vastas e nem sempre bem cuidadas ro- Gaudêncio Torquato, jornalista, profesças da administração sor titular da USP é consultor político e comunicação. Twitter: pública, nas três es- de feras, doravante deve- @gaudtorquato

andamento e previsto para finalizar em 2013.

Imunização Os cuidados necessários para uma adequada imunização do gado são: vacinar dentro do período estabelecido; adquirir vacinas em revendas autorizadas; conservar em temperatura correta (de 2 a 8°C) até o momento da aplicação; aplicar a dose certa (5 ml) na região da tábua do pescoço; usar agulhas e seringas em bom estado e limpas; manejar os animais com o mínimo de estresse e nos horários mais frescos do dia. Após o término da vacinação, os pecuaristas devem entregar a declaração nas Unidades Veterinárias Locais (UVLs) ou nos Escritórios de Atendimento à Comunidade (EACs) dos seus estados, dentro do prazo estabelecido por cada estado. Os produtores que não cumprirem com as suas obrigações serão impedidos de movimentar seus animais até regularizar a situação, terão a vacinação acompanhada após o calendário regular e serão autuados.

CASA CELESTE Calçando Angatuba desde 1.940 Toda linha de calçados para você, familia e amigos.

Venha nos visitar !!!

Rua João Sátiro de Almeida Leme ,411

Folha online o seu, o nosso jornal

FONE:3355-0373


Folha de Angatuba

Página 6

Medidas de proteção são necessárias para manter emprego no país, afirma Delfim Netto Para o economista, governo caminha na direção certa e crescimento será maior no segundo semestre O ex-ministro da Fazenda, Delfim Netto, defendeu as medidas que vêm sendo tomadas pelo governo federal para proteger a economia e a trajetória de redução dos juros. O economista participou do Seminário de Pautas do Sindicato dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo (Sindpd), no último dia 24. O evento abre as discussões para a negociação coletiva da categoria. Segundo Delfim Netto, o governo está no caminho certo para proteger a atividade econômica e a manutenção do emprego no país. "Existe sim uma guerra monetária e cambial. O Brasil está tomando medidas em legítima defesa. Se não fizermos isso, vamos reduzir a oferta de emprego e a atividade aqui dentro. [...] As medidas de proteção foram tomadas contra 60 ou 70 países, mas temos 169 países tomando medidas contra nós, de forma que o saldo ainda é ao nosso favor. Estamos fazendo as coisas caminharem na direção certa. Nada de precipitação, porque o que nós queremos é que o emprego se mantenha razoável", afirmou. Em relação aos juros, ele ressaltou que mesmo com a trajetória de queda, o Brasil continua sendo o país mais atraente para investimentos estrangeiros. "O Brasil foi durante 20 anos um peru com farofa disponível no mercado financeiro. Nós pagamos a maior taxa de juros que o mundo já viu. Ainda hoje é muito seguro para um estrangeiro investir aqui. Porque, mesmo a taxa real de juros estando em 2%, no resto no mundo essa taxa é de -2%. Uma diferença é de 4%. Como nós estamos com a política cambial relativa-

mente estável e sabemos que o câmbio não terá variação relevante nos próximos três meses, não há nenhum outro investimento no mundo tão seguro quanto no Brasil". O economista fez uma crítica à especulação e a relacionou com a crise internacional. "Com a crise, o sistema financeiro está incomodado porque descobriu que vai ter que ganhar a vida honestamente", afirmou. Crescimento e Inflação O ex-ministro também reiterou que o crescimento do PIB e a inflação no país seguem a tendência mundial. "De 2007 em diante, tivemos realmente uma crise. Todos os países diminuíram seu crescimento, inclusive a China. O Brasil se recuperou com razoável rapidez e todos estão crescendo muito menos em 2012. A inflação também sofre interferência do mercado mundial". De acordo com ele, excluindo a variação do IPCA dos alimentos, a inflação brasileira do acumulado de 12 meses é de 4,3%, um pouco abaixo das economias emergentes e acima das de-

senvolvidas. "A sazonalidade varia o custo dos alimentos, o que puxa a nossa inflação. O alimento sofre com a flutuação da agricultura, com a falta de algum tipo de produto durante um período. Mas isso é logo absorvido quando essa escassez deixa de existir. Sem os alimentos, a inflação está caminhando dentro da faixa". Para os dois últimos trimestres do ano, Delfim Netto prevê que o crescimento será mais significativo do que no primeiro semestre, quando o PIB atingiu apenas 0,6%. "Estou imaginando que no terceiro trimestre o PIB vai crescer 1,2% em relação ao segundo. A coisa está começando a subir, respondendo às políticas de estímulo. Ou seja, o crescimento no ano vai ser entre 1,6% ou 1,7%. Mas o importante é que quando chegar em dezembro nós vamos estar crescendo, comparado com dezembro do ano passado, em torno de 3,3%. Vamos terminar 2013 crescendo em torno de 4%, um crescimento bastante razoável .

Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

Os custos da ação e da omissão É comum, com o passar dos anos, ouvirmos pessoas dizendo que poderiam ter feito isso ou aquilo, este ou aquele curso, mudado de emprego ou até mesmo de casamento. O tempo nos ensina, nos aponta erros ou acertos, mas não nos dá a chance de recuperar o que passou. Mesmo que possamos refazer planos, recuperar metas, construir o que havia sido deixado para trás, na verdade o tempo perdido não se recupera, jamais. O tempo tem um componente que pode ser associado a uma citação, se não me engano o autor, Heráclito. Ele dizia que ninguém consegue se banhar duas vezes no mesmo rio. Sim, porque o momento é único e vivido com maior ou menor intensidade, com os mesmos componentes, com o mesmo conteúdo, nunca será igual, nunca será o mesmo. Talvez o leitor estranhe o texto, partindo de um político com tantos anos de experiência. Vamos ao fato. Na verdade o que vamos abordar é a perda de tempo, e o custo disso. E o motivo está em um fato que posso constatar sempre que desço ao litoral, para os constantes contatos que mantenho com o pessoal da Melhor Idade, integrantes de um programa de lazer que mantenho no Guarujá. É comum, principalmente na época das grandes safras, imensas filas de caminhões ao longo da estrada, esperando a oportunidade para carregar ou descarregar no porto. E isso acontece também em Vitória, em Paranaguá, e outros portos brasileiros. E ai vem a pergunta do quanto deixamos de ganhar, o que perdemos, e o que poderíamos ter feito para evitar os atuais problemas. Nos anos setenta, uma entidade particular, de armazéns e entrepostos aduaneiros do ABC, planejava construir terminais de containeres, no alto da serra, e no porto de Santos. A ideia seria montar uma espécie de teleférico, usando a gravidade e o sistema de con-

trapeso para agilizar o transporte de cargas. Os caminhões iriam até o alto da serra, e dali até o porto seria empregado o tal sistema. Não sei porque o projeto não foi levado a adiante. Também não podemos afirmar qual o principal motivo dos entraves nos nossos portos. No caso do Porto de Santos, além da constante necessidade de desassoreamento, até alguns anos predominavam os cartéis. Assim, em plena época dos containeres, da automação, da alta tecnologia profissões como amarradores de cargas, guindasteiros, ensacadores, consertadores de carga, estivadores e até os tais bagrinhos ditavam as normas, emperravam as ações enquanto os navios esperavam no estuário, encarecendo toda a operação. Nos aeroportos são vários os gargalos, muitos deles com a mesma origem do que ocorre nos nossos portos, ou seja, o poder de manipulação de algumas categorias de trabalhadores, a omissão do Poder Público, a falta de investimentos e o pior de tudo, a perda de tempo, de oportunidades.

Perdemos tempo, perdemos dinheiro, perdemos oportunidade, perdemos em competitividade. E entre perdas e mais perdas, voltemos ao texto, em seu início. O custo disso está no que não fizemos, ou no que foi feito com relativo ou total atraso? Demoramos para construir estradas, ou ignoramos as ferrovias? Devemos investir no transporte ferroviário de matéria prima, enquanto cedemos o privilégio do transporte do produto acabado às empresas particulares? Devemos condenar as nossas boas estradas, em que pese a existência de pedágios, ou voltar ao passado, com estradas medievais, travando o progresso e matando a nossa economia? Como se vê, são várias as perguntas, mas todas podem ser substituídas apenas por uma: o custo maior está no que foi feito, ou no que deixamos de fazer? Assim, qualquer que seja a resposta ela nos apontará sempre que o melhor momento é agora! O rio está em curso, em marcha, e cabe a nós a ação dos remos ou do acionamento dos motores. O que não podemos é perder tempo.

Vitor Sapienza é deputado estadual (PPS), presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia e Informação, ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, economista e agente fiscal de rendas aposentado. Acesse: www.vitorsapienza.com.br

anuncie no jornal

Folha de Angatuba ONLINE

Compramos Resina TEL. ( 015) 3256-1255 Rodovia Eng Lauri Simões Barros, s/n km 5 - Campina do Monte Alegre


Folha de Angatuba

Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

Página 7

Ministra Eleonora recebeu, nesta 2ª feira, Prêmio Nacional de Telesserviços por atendimento do Ligue 180 a brasileiras no exterior Serviço de utilidade pública do governo federal, coordenado pela SPM, é reconhecido pelo caso "Disque 180 em defesa da mulher brasileira no exterior" A Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), recebeu nesta segunda-feira (05/11), em São Paulo, o Prêmio Nacional de Telesserviços. A distinção foi entregue à ministra Eleonora Menicucci, da SPM, que estava acompanhada na cerimônia pela coordenadorageral da Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180, Clarissa Carvalho. O serviço de utilidade pública do governo federal para atendimento às mulheres vítimas de violência foi distinguido pelo caso "Disque 180 em defesa da mulher brasileira no exterior". Nessa modalidade, o Ligue 180 foi vencedor com mais quatro casos na categoria "Comunitário/Cidadania". O ato de entrega do 5º Prêmio Nacional de Telesserviços, aconteceu a partir das 19h no HSBC Brasil, também teve a presença da ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH-PR). Ela recebeu premiação referente ao Disque 100. Concedido pela Associação Brasileira de Telesserviços, o prêmio tem por finalidade estimular, reconhecer, premiar e

SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO DO ESTADO DE SÃO PAULO AGÊNCIA PAULISTA DE TECNOLOGIA DOS AGRONEGÓCIOS INSTITUTO AGRONÔMICO

IAC realiza 21.ª Reunião Técnica sobre Cultura de Milho Safrinha no Estado de São Paulo

divulgar ações de sucesso, inovadoras e consistentes, empreendidas por organizações, profissionais e colaboradores do setor de telesserviços que primam pela melhor sustentação de seu produto, serviço ou marca, no relacionamento com seu cliente/consumidor. Serve, ainda, para identificar

tendências e histórias de sucesso em organizações de diferentes portes no segmento de telesserviços. Seu objetivo principal é reconhecer as organizações que oferecem as melhores ações ao mercado, baseando-se nos resultados dos casos de sucesso.

OPORTUNIDADE DE EMPREGO

Pesquisadores vão apresentar as recomendações técnicas para o próximo ano como o impacto do clima na produção; avaliação de híbridos; adubação nitrogenada; inoculação com Azospirillum e manejo de doenças foliares Por Mônica Galdino (MTb 47045) – Assessora de Imprensa – IAC Atualmente, são cultivados no Brasil cerca de sete milhões de hectares de milho safrinha que é praticamente a mesma área de milho verão. Em duas décadas, a produtividade do milho safrinha quase dobrou no Estado de São Paulo, sendo produzido em 2012, cinco toneladas por hectares. Esse aumento na produtividade foi possível devido à geração e adoção de tecnologias apropriadas a esta modalidade de cultivo, em especial ao trabalho do Instituto Agronômico (IAC), de Campinas. O Instituto, em parceria com o setor produtivo, desenvolveu pesquisas em antecipação de semeadura, adaptação de cultivares, técnicas de manejo e adubação de semeadura. Essas pesquisas permitiram acompanhar o histórico da cultura e identificar os pontos a melhorar na qualidade das lavouras no Estado de São Paulo. Em 6 de novembro, o IAC e a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) promovem a 21.ª Reunião Técnica sobre Cultura de Milho Safrinha no Estado de São Paulo. O evento será realizado no Polo Médio Paranapanema / APTA Regional, no município de Assis. O Estado de São Paulo possui tradição na produção de sementes de milho, ocupando a quinta posição entre os Estados brasileiros. O pesquisador do IAC, Aíldson Pereira Duarte, explanará sobre “Produtividade de grãos e parâmetros agronômicos em cultivares de milho”. Ele afirma que o evento tem como objetivo apresentar resultados

que permitem ajustes nas tecnologias que já estão sendo empregadas pelos agricultores, as quais foram desenvolvidas pelo IAC, em conjunto com os técnicos e produtores, em especial das cooperativas da região do Médio Paranapanema. A maioria das cultivares de milho safrinha desenvolve-se em condições de verão, porém apenas parte das cultivares presente do mercado adaptase às condições ambientais de safrinha. “O ciclo é uma característica importante a ser considerada na escolha das cultivares. Normalmente, as cultivares de ciclo precoce na colheita são superiores em termos de potencial produtivo, quando comparadas com as cultivares superprecoces. Os híbridos superprecoces são recomendados preferencialmente para regiões com alta frequência de geadas, e em algumas regiões específicas onde o inverno é muito seco e não tem sido possível antecipar a colheita da soja”, diz o pesquisador do IAC, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Esse tipo de material é uma opção para compor o conjunto de híbridos na propriedade, buscando tirar proveito do escalonamento das épocas de semeadura e diminuir os riscos. Outros fatores que impactam na produtividade do milho safrinha são as boas técnicas de manejo do solo e a seleção de cultivares resistentes às principais doenças da cultura. O pesquisador do IAC aconselha que o produtor realize a análise do solo para que aplique a melhor técnica de adubação na cultura. Além, de afirmar que a resistência genética é a principal forma de controle das doenças do milho. “Explorar essas vantagens podem possibilitar maior produtividade da cultura sem custo adicional ao produtor, menor impacto ambiental por tornar desnecessário ou reduzi-

do o uso de fungicidas, menor disseminação de doenças para lavouras vizinhas e a obtenção do produto final com melhor qualidade para o consumidor”, diz Pereira. 21.ª Reunião Técnica sobre Cultura de Milho Safrinha no Estado de São Paulo O Instituto Agronômico e a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) realizam, em 6 de novembro, a 21.ª Reunião Técnica sobre Cultura de Milho Safrinha no Estado de São Paulo, no Polo Médio Paranapanema / APTA Regional, em Assis. Os palestrantes vão apresentar informações geradas em rede de experimentos desenvolvidas em 13 municípios de São Paulo, para embasar as recomendações técnicas para o próximo ano sobre os impactos do clima na produção; avaliação de híbridos; adubação nitrogenada, e manejo de doenças foliares. A pesquisadora do IAC, Angélica Prela Pântano, apresentará a palestra “Caracterização do clima nas regiões produtoras de milho safrinha”. Em suas análises climáticas nas regiões do Vale do Paranapanema constatou que ocorreram chuvas acima da média histórica nos meses de março, abril, maio e junho. Em julho, as chuvas foram dentro do normal, o que favoreceu o desenvolvimento da cultura do milho safrinha, pois choveu desde o período pós-semeadura e, principalmente, pósflorescimento, onde a cultura não tolera déficit hídrico, levando à queda de produtividade. Serviço: Evento: 21.º Reunião Técnica sobre Cultura de Milho Safrinha no Estado de São Paulo Local: Polo Regional Médio Paranapanema - Rodovia SP 333 (Assis-Marília), Km 397 Horário: das 13h às 17h20 Contato: (19) 3202-1754 / aildson@apta.com.br

mes cometidos na internet. "A criação de uma estrutura legislativa para crimes cibernéticos representa um progresso importante para a nossa sociedade. A tecnologia avançou muitos nos últimos anos, os brasileiros cada vez mais têm acesso à internet, e a legislação precisa acompanhar essas mudanças. O prejuízo com esse tipo de crime atinge a casa dos bilhões de reais anualmente e há grande dificuldade em enquadrar os delitos cometidos na esfera virtual no nosso código penal, que é de 1940. Com leis específicas, esse processo será mais rápido, seguro e efetivo", afirmou Neto. Na semana passada, o perito Presidente do Sindicato de Trabalhadores em crimes virtuem Tecnologia da Informação do Estado ais, Domingo de São Paulo (Sindpd), Antonio Neto Montanaro, dis-

o início dos trabalhos da Campanha Salarial da categoria de TI. O especialista ressaltou que ninguém está totalmente seguro na web. Além disso, destacou que, atualmente, este tipo de infração se tornou um negócio rentável para os criminosos e é um mercado em ascensão. "No início, as pessoas, os grupos de hackers, invadiam sistemas por diversão, para mostrar que a estrutura de segurança na internet era frágil. O que vem a partir de 2006 é um negócio criminoso que movimenta cifras estratosféricas. A Febraban estima que em 2011 os bancos brasileiros perderam R$1,5 bilhão com fraudes cometidas na rede", avaliou Montanaro. A proposta aprovada pelo Senado torna crime a violação indevida de equipamentos e sistemas conectado ou não à internet com o fim de obter, adulterar ou destruir dados ou informações sem autorização do titular, ou para instalar vulnerabilidades. As penas vão de três meses a três anos de prisão. O projeto segue agora para revisão na Câmara dos Deputados.

O Grupo Alvorada esta recrutando colaboradores para trabalhar no setor de recria . Os interessado deixar currículo na folha de Angatuba que fica em frente a eletro Tupi móvel ou também pode vir até a unidade que fica situado na Estrada Municipal Ang- 235 Lei contra crimes virtuais representa avanço para Km 08 Bairro afirma presidente de sindicato de TI Corrente / Angatuba Próximo a sociedade, Sem legislação específica, Antonio Neto, a proposta é um cutiu a questão do cibercrime cibercrime é julgado conforme avanço para o país e tornará durante o seminário de pautas Cachoeira dos Mineiros. código penal de 1940 mais ágil o julgamento de cri- do Sindpd, evento que marca Com a aprovação do Senado, o projeto de lei que classifica infrações cometidas na internet e traz punições específicas para elas está mais perto de ser implementado. Para o presidente do Sindicato de Trabalhadores em Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo (Sindpd),

Raquel Cyrineu Psicóloga CRP 06/47860

Atendimento a crianças, adolescentes e adultos

Tel- (015) 97860677

Rua Natal Favali 785 - Centro - Angatuba- Sp

Folha de Angatuba

ONLINE

O seu, o nosso jornal!


Folha de Angatuba

Página 8

Em rio sem dono, até jacaré morre afogado! A sucessão empresarial mal feita não aceita desaforo, mesmo quando se trata de marcas consagradas e com grande presença no mercado mundial. Exemplo disso é a briga entre pai e filha, Michel Lacoste e Sophie Lacoste,pelo comando da famosa grife francesa, oitenta anos depois de sua criação por René Lacoste, de quem os atuais herdeiros beligerantes são, respectivamente, filho e neta. O mais grave, no caso, é que o embate pode fazer a companhia mudar de comando e passar a ser controlada pela suíça Maus Frères, que já detém parte das ações e à qual Michel ameaça vender seu quinhão, em represália à nomeação de Sophie ao cargo de CEO O midiático imbróglio evidencia o quanto um processo de sucessão empresarial não é algo simples e que ocorre espontaneamente. Por isso, é importante que seja planejado e bem executado para que não afete os resultados e a gestão. Ou seja, deve ser considerado item obrigatório do planejamento estratégico das organizações, independentemente de seu porte, pois se não for elaborado com eficácia podecomprometer seriamente a sobrevivência de um negócio. São numerosos os exemplos de empresas que sucumbiram depois de transições desastradas, feitas de modo empírico e no açodamento ante o acaso do falecimento ou doença do principal gestor e até mesmo devido a processos de fusão ou incorporação, com mudança abrupta de comando. Assim, garantir a sua permanência no mercado e, se possível, continuar a crescer após a mudança de direção vêm se

tornando preocupações crescentes, considerando tratar-se de tarefa sempre árdua. Portanto, deve ser algo sustentado por um plano de contingência pré-elaborado. Um bom programa de sucessão, em especial quando há a figura marcante do fundador da empresa, deve ser concebido com muita antecedência. Além disso, não deve restringir-se ao topo da hierarquia corporativa, ampliando-se na estrutura vertical e horizontal, para que a cultura e os valores do fundador sejam mais disseminados. É importante checar as áreas críticas e traçar um plano para cada uma delas, de modo que fiquem adequadamente preparadas para qualquer imprevisto, como falecimento, acidentes, fusão, incorporação e desligamento repentino do gestor. Um bom programa de sucessão também minimiza problemas com herdeiros e sócios. No caso dos herdeiros, por se tratar de uma questão familiar, envolve também aspectos hu-

Geuma Nascimento* manos, agregando ingredientes em emocionais ao processo. Em situações agudas, quando o imprevisto atropela aempresa não precavida com um plano de contingência, ou na elaboração preventiva de um processo sucessório bem feito e planejado, é muito recomendável buscar ajuda profissional. O trabalho de empresas especializadas no tema engloba coaching para identificar as competências e, consequentemente, o perfil mais adequado para uma determinada função, orientações acadêmicas e administrativas e o desenvolvimento de lideranças. Quando essa transição é feita amadoristicamente e de modo improvisado, cria-se turbulência que afeta todo o ambiente organizacional. Ante a acefalia, lideranças não aceitas e situações confusas de comando, muitas marcas correm o risco de afundar, inclusive o jacaré mais famoso das grifes internacionais.

*Geuma Nascimento é mestra em contabilidade, sócia da Trevisan Gestão & Consultoria e professora da Trevisan Escola de Negócios. CV: http://lattes.cnpq.br/6360305814120656 E-mail: geuma.nascimento@tgec.com.br.

Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

Presidentes de 420 Associações Comerciais debaterão cenário econômico e perspectivas para 2013, de 7 a 9 de novembro, em Campos do Jordão Entre os dias 7 e 9 de novembro, no Convention Center localizado na avenida Macedo Soares, 499, Capivari, em Campos do Jordão, presidentes e executivos das 420 Associações Comerciais do Estado de São Paulo estarão reunidos para discutir o tema: “Mapeando nosso DNA, construindo resultados” – que suscitará debates sobre as potencialidades nacionais, tanto no aspecto econômico quanto vocacional. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o vice-governador, Guilherme Afif Domingos, o presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Rogério Amato, estarão na abertura do congresso debatendo temas importantes do cenário nacional e suas perspectivas para 2013. “É uma pausa onde faremos uma reflexão sobre o nosso País e, dessa forma, discutiremos áreas de desenvolvimento, levando em consideração os rumos da economia. O evento é um marco da entidade que reúne especialistas de diversos setores”, enfatiza Amato. A Facesp reúne 420 associações comerciais independentes. É uma entidade viva e pulsante, formada por partes distintas que atuam de forma intensa nas suas comunidades. “Nossa essência carrega todas as características empreendedoras, livres e criativas que interagem na sociedade como um todo. Mapear nosso DNA nos ajuda a compreender a entidade por inteiro e, o mais importante, indica em qual direção devemos seguir para construir os resultados que desejamos”, pondera o presidente da ACSP e da Facesp. O princípio fundamental que une as Associações Comerciais é a defesa da liberdade de empreender, da qual decorrem os valores como a livre iniciativa, direito de propriedade e respeito aos contratos no campo econômico, a democracia na área política e a responsabilidade e solidariedade no pla-

no social. “É um congresso que unifica nosso plano estratégico de atuação. Envolvemos todas as entidades em uma mesma direção. É um evento tradicional, momento oportuno que damos ênfase aos nossos temas prioritários”, afirma Amato.

Programação A cerimônia oficial de abertura do congresso será dia 7, às 19h30. No dia seguinte, os trabalhos começam logo pela manhã, às 9h, com cinco eventos simultâneos: 8º Workshop da Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial (CBMAE); palestras sobre liderança feminina, realizada pelo Conselho da Mulher (CM); Novos Negócios em Novos Clientes, da Boa Vista Serviços (BVS); e Mapeando o nosso DNA - Produtos e Serviços Facesp; além das atividades do 10º Encontro Estadual do Empreender. Às 10h30 seguem os trabalhos com as seguintes atividades: encontro de gestores da CBMAE; encontro de dirigentes da BVS; apresentação de casos de sucesso do cartão ACCredito e da Certificação Digital; palestra sobre as estratégias para o fortalecimento das mulheres nas associações comerciais; e segue o encontro do Empreender. Após o almoço, o destaque fica para a palestra magna do vicegovernador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos. Em seguida, haverá mais duas palestras: Tendências do Varejo Mundial, com os professores da Fundação Getúlio Vargas

(FGV) Maurício Morgado e Jacques Gelman; e As Novas Gerações, o Empreendedorismo e o Futuro do Trabalho, com Marcos Calliari e apresentação de Marcelo Tas. No terceiro e último dia do Congresso, às 9h, o Sebrae apresentará as oportunidades que surgem com a formalização dos empreendedores individuais. No mesmo horário, na pauta da Facesp estará o encontro sobre expansão de produtos, e a Boa Vista Serviços, por sua vez, abordará as estratégias comerciais para as entidades em 2013. Ainda pela manhã, as palestras Desenvolvimento do Turismo Receptivo e Tendências do Varejo Mundial levarão dicas dos setores aos participantes. Completa as atividades a apresentação das novas ofertas de produtos para entidades da BVS. Finalizando o último período do evento haverá o lançamento oficial do Gastômetro, uma ferramenta que mostrará os gastos dos governos municipais, estaduais e federal. Em seguida, o destaque fica para o lançamento da campanha Leão Amigo, que visa destinar recursos do Imposto de Renda de Pessoas Físicas e Jurídicas para os Fundos Municipais do Direito da Criança e do Adolescente (Fumcads). O encerramento do Congresso será com a palestra Resgatando o Nosso DNA, com Jaime Troiano e o presidente da Facesp e da ACSP, Rogério Amato.

o super mercado

da família angatubense! Tudo em Informática pelos melhores preços da cidade

Venha e fale com o

Coquinho

e faça bons negócios! Tels. ( 015 ) 97874531 ou 33 550370 Rua TTE JOSÉ MARCO DE ALBUQUERQUE 119 - CENTRO

Tudo pelos melhores preços ! Sensacionais promoções! Feirinha todos os dias ! Padaria!

Açougue completo !

Praça Expedicionários


Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

Folha de Angatuba

Cardiologistas confirmam, em Fórum da Abag, que café faz bem à saúde e até reduz a mortalidade Além de não causar malefício algum à saúde, mesmo para pessoas com alguma doença coronariana, o consumo moderado de café pode até reduzir a mortalidade. Recente estudo publicado pela revista New England Journal of Medicine, mostra que há uma diminuição de 10% na mortalidade masculina e de 15% na feminina nos habituais apreciadores da bebida. A informação foi dada pelo cardiologista Miguel Moretti, coordenador de pesquisa médica do Instituto do Coração (Incor), durante palestra no XXVI Fórum ABAG Desenvolvimento da Cafeicultura Nacional com o tema Café e Saúde, promovido recentemente em Guaxupé (MG), pela Abag - Associação Brasileira do Agronegócio em parceria com a Cooperativa Regional dos Cafeicultores de Guaxupé - Cooxupé. Os dados foram referendados por outro palestrante do mesmo evento, o cardiologista Drauzio Varella. "Esse estudo é um dos mais abrangentes já realizados no mundo, envolveu cerca de 200 mil pessoas, durou 14 anos, foi financiado pelo Instituto Nacional de Saúde, dos Estados Unidos, e editado pela revista New England Journal of Medicine, a mais

criteriosa das publicações dade de inauguração do Commédicas do mundo", observou plexo Japy, quanto o Fórum Varella em sua palestra para Café e Saúde contaram com cerca de 1.500 cooperados da o apoio da ABIC - Associação Cooxupé. Na avaliação dos Brasileira da Indústria do Café, médicos, é considerado con- Anda - Associação Nacional sumo moderado de café uma para Difusão de Adubos, Andef quantia que varia de 3 a 7 xí- - Associação Nacional de Decaras por dia. fesa Vegetal, Sociedade Rural O Fórum Café e Saúde foi Brasileira, CSMIA - Câmara promovido conjuntamente com Setorial de Máquinas e Equia inauguração de um comple- pamentos da Abimaq, além das xo logístico da Cooxupé, que empresas Basf, Jacto e se destina a armazenagem e Syngenta. seleção de café pelo sistema de granelização e não mais nas tradicionais sacas de 60 kg. O projeto, denominado Complexo Industrial Japy, exigiu investimento de R$ 70 milhões e terá capacidade para receber o equivalente a 3 mil sacas de 60 kg por hora. Com a inauguração do complexo, a estrutura da Cooxupé passa a ter capacidade de preparo de 27.800 sacas/ dia. Cardiologista Drauzio Varella. Tanto a soleni-

Matrícula antecipada para o Ensino Médio da rede estadual começa amanhã Período de inscrição é voltado a alunos que não frequentaram a rede pública atualmente e vai até o dia 23 deste mês Começa amanhã (07/11) o período de matrícula antecipada para o Ensino Médio regular e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) em escolas públicas para o ano letivo de 2013. O prazo para inscrições vai até o dia 23 deste mês e é voltado aos estudantes que não frequentam a rede pública de ensino atualmente ou àqueles que pretendam retomar os estudos no próximo. Para fazer o cadastro, basta o responsável pelo aluno comparecer a uma escola pública e fornecer as informações necessárias (nome completo do candidato, data de nascimento, endereço residencial e telefone para contato). É recomendável levar a certidão de nascimento e o comprovante de residência. Esse período de matrícula é destinado somente aos estudantes que estão fora da rede pública. Os alunos que concluírem o Ensino Fundamental em escola pública ou da rede Sesi neste ano estão sendo consultados sobre o interesse em cursar o Ensino Médio na rede estadual. Aqueles que já estavam matriculados no Ensino Médio em escolas estaduais ou municipais neste ano não precisam se cadastrar. Eles darão continuidade aos estudos na rede pública automaticamente.

Página 9

O que vem após o Enem Por Letícia Bechara* O que assistimos neste final de semana do Enem foram muitas histórias de lutas, desafios, frustrações, alegrias e tristezas. Até o nascimento de uma criança no momento da prova, foi noticiada. Alunos que perderam o horário, que chegaram com muita antecedência, preparados e despreparados. De tudo um pouco. Avalio que o exame nesse ano ocorreu de maneira tranquila de forma geral, sem problemas relacionados à segurança da prova ou à impressão dos cadernos de respostas. Isso mostra um amadurecimento do sistema, investimento em segurança e preparo maior e melhor por parte dos organizadores do Ministério da Educação. As histórias dramáticas apresentadas mostram ainda outro aspecto: a determinação de um sonho, um ideal. Para mais da metade dos candidatos, conforme observamos nos dados dos inscritos, o Enem representa a chance de acesso ao mundo universitário gratuito. Isso nos leva a pensar no esforço que muitos jovens precisam ainda fazer no Brasil para ingressar no ensino superior. Apesar dos esforços do governo com os programas do PROUNI e FIES, o sonho dos estudantes ainda é o ingresso da universidade pública, pelo prestígio, pela oportunidade que representa por causa da qualidade do ensino que favorece, a longo prazo, a possibilidade de ascensão social e profissional. E é isso que povoa o imaginário dos alunos que prestaram o exame, por-

que para muitos é isso que acontece de verdade: a escala de sucesso, depende do seu esforço e do seu preparo. Como um país de oportunidades, as empresas valorizam a formação de excelência oferecida pelas universidades públicas. Então o resultado do Enem 2012 tem todo esse poder, não apenas de realizar o sonho, mas empresta ao candidato essa possibilidade de continuar a sonhar com o sucesso profissional e pessoal.

Só o resultado ainda não basta. O que vai sair em dezembro, será o início da jornada. Depois vem o SISU (Sistema de Seleção Unificado), a escolha da Universidade, o ingresso e a formalização da matrícula. Primeiro passo. Depois a escolha acertada do curso, a relação da aprendizagem com o conteúdo oferecido, as oportunidades da prática e o estágio. Enfim, caros alunos, o esforço está apenas começando... aguentem firme até o final, valerá a pena!

Leticia Bechara é mestre em Educação e coordenadora do Vestibular e Relacionamento da Trevisan Escola de Negócios

5 de Novembro Dia Nacional da Cultura Brasileira Cultura e Diversidade O Brasil é um país cuja principal marca cultural é a mistura. Desde o começo de sua história, o país foi marcado pela presença de diferentes povos e culturas, fazendo com que sua formação tivesse grande diversidade e mistura. Aqui viviam povos indígenas, em tribos, com uma cultura guerreira, muito ligada à natureza; em 1500 chegaram os colonizadores portugueses, que trouxeram para cá a cultura européia, com uma forte influência moura. O uso do negro africano como escravo na colônia, trouxe ainda novas crenças, falas e costumes, que as poucos foram se misturando e integrando a cultura local. Posteriormente, com o fim da escravidão, diversos outros povos ainda vieram para o país, como italianos, japoneses e alemães, cada um acrescentando ao Brasil um novo detalhe cultural. Com toda essa miscigenação de povos e culturas, não é de se estranhar que o Brasil tenha na sua língua, costumes, religião e manifestações culturais traços únicos, que podem se assemelhar a outras culturas do mundo, mas que sempre tem seus detalhes particulares. A Língua Apesar de aqui se falar o Português, Brasil e Portugal possuem algumas diferenças entre suas línguas. O português brasileiro traz a essência de Portugal, mas incorporou termos da fala das tribos indígenas e dos povos africanos. No início do período colonial, o número de índios era muito maior que o de portugueses, por isso, a língua Tupinamba, indígena, era a mais usada e dela derivou a língua geral, que era aqui usado até o início do século XVII. Quando os portugueses começaram efetivamente a ocupar o território brasileiro, o português passou a ser língua mais usada, mas já incorporando algumas palavras indígenas. Com o início do tráfico negreiro, detalhes

das línguas africanas começaram a se misturar ao português. Hoje em dia, o português brasileiro é muito diferente do de Portugal e possui diversas alterações regionais, como o caipira (das regiões interioranas), o carioca (do Rio de Janeiro), o mineiro (de Minas Gerais), o gaúcho (do Rio Grande do Sul) e outros. Entre as palavras herdadas do tupi, destacam-se os nomes de pessoas, como Araci, Iara, nome de estados e formações naturais, como Ceará e Ipanaema, algumas doenças como catapora, e substantivos ligados à natureza, como mandioca e urupema. Religião O Brasil é marcado por uma grande diversidade de religiões, assim como pela liberdade de escolha e pela tolerância. A maior parte da população, 60%, é católica, uma das maiores heranças de Portugal. Mas muitas outras religiões se manifestam por aqui. Mais recentemente, começou a se manifestar no país o espiritismo, e hoje o Brasil concentra o maior número de espíritas do Mundo. O protestantismo também possui muito espaço aqui, sendo a segunda religião em adeptos; caracteriza-se pela livre interpretação da bíblia e pela grande variedade de denominações e grupos. Também estão muito presentes as religiões afro-brasileiras, formadas por religiões trazidas da África pelos escravos e também pelo sincretismo de religiões. O candomblé é um exemplo, com cultos, cantos e danças sobreviventes da África Ocidental. Há também a Unbanda, um misto de candomblé, com catolicismo e espiritismo. Existem ainda manifestações de muitas outras religiões, vindas dos mais diversos lugares do mundo, como o islamismo, o judaísmo, o neopaganismo ou o mormonismo. Arte Durante os primeiros séculos de colônia, a arte no Brasil

estava intimamente ligada à portuguesa, com os movimentos artísticos europeus, como o renascimento, maneirismo, barroco, rococó e neoclassicismo. Mas mesmo neste período uns toques típicos da cultura que aqui se formavam já se manifestavam, um exemplo são as esculturas de Aleijadinho nas igrejas de Minas Gerais ou os anjos negros nas pinturas de Manuel da Costa Ataíde. No início do século XIX, as artes começam a ser ensinadas academicamente, e cada vez mais características nacionais, e nacionalistas, foram incorporadas, tendo como principal manifestação o romantismo, que exaltava as terras e o povo brasileiro. Até o século XX, as artes brasileiras acompanharam as correntes européias, colocando um pouco do Brasil nelas, passando assim pelo realismo, naturalismo, simbolismo e parnasianismo, e criando grandes nomes na literatura, na pintura, na música, na escultura. No século XX a arte no país renovou-se completamente, com o movimento Modernista, que quis criar uma arte genuinamente brasileira, buscando sua fonte na cultura popular. Esse movimento foi marcado pela Semana de Arte Moderna de 1922, quando seus principais trabalhos foram exibidos. Os artistas desta fase, como Villa Lobos, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti e Di Cavalcante, são ainda grandes nomes da cultura brasileira. É claro que não se pode esquecer-se da cultura popular do país e de toda a arte que produz, seja na literatura, com histórias e contos folclóricos de origem indígenas; seja nas artes plásticas, com trabalhos em cerâmica; ou seja na música e na dança, onde deixa seus principais traços, criando ritmos e festivais únicos, como a bossa nova, o samba e o carnaval.


Folha de Angatuba

Página 10

Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

Alunos da rede estadual Tatui têm até segunda-feira 7ª Coleta de Sangue será realizada em Tatuí neste sábado A 7ª Coleta de Sangue em prol evitar alimentação gordurosa e estar resfriado, gripado, com asma; não estar com diarréia; Regional de atividades físicas que exijam amigdalite, sinusite, faringite não ter tido nenhum tipo de para se cadastrar em oJaú,Hemonúcleo será realizada em Tatuí grande esforço físico por um ou qualquer outra afecção das doenças transmissíveis pelo neste sábado, dia 10, das período mínimo de 24 horas. vias respiratórias; não ter ne- sangue como hepatites, doencurso de inglês online 7h30 às 14h. O hemonúcleo Embora não seja comum, po- nhuma doença crônica do tipo ça de chagas, Aids, malaria, As pré-inscrições para as vagas disponíveis para o primeiro semestre do próximo ano devem ser feitas até o dia 12 Em 2013, serão oferecidas 60 mil vagas no total Terminam na próxima segunda-feira (12/11) as pré-inscrições para as 30 mil vagas que a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo oferecerá no curso de inglês online no primeiro semestre de 2013. No total, no próximo ano serão beneficiados 60 mil alunos do Ensino Médio regular e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de escolas estaduais. O cadastro pode ser feito até o dia 12 pelo endereço www.educacao.sp.gov.br/projetos/evesp, onde pode ser consultado o regulamento completo. As aulas a distância começam em 18 de fevereiro e vão até 18 de junho de 2013. Outras 30 mil vagas serão disponibilizadas no segundo semestre do próximo ano. A lista dos candidatos selecionados para participar do curso no primeiro semestre, com base em critérios como histórico escolar e vagas por região (confira tabela ao fim do texto), poderá ser consultada a partir das 18h do dia 14 deste mês, no Portal da Educação (www.educacao.sp.gov.br). Os alunos contemplados deverão comparecer à escola de origem entre os dias 19 e 21 deste mês para efetuar a matrícula. Caso restem vagas, haverá segunda chamada entre os dias 23 e 27. Lançada em fevereiro deste ano, a plataforma já atendeu 50 mil estudantes em 2012. Até o fim de 2013, o curso oferecido gratuitamente por meio da Escola Virtual de Programas Educacionais do Estado de São Paulo (Evesp) terá beneficiado, ao todo, 110 mil estudantes da rede estadual de ensino. Para seu segundo ano, o curso, que pode ser acessado em qualquer lugar, a partir de qualquer computador, ganhará um novo layout. “Ficou mais fácil para o aluno navegar pelo curso e utilizar ferramentas de comunicação com o tutor. Outra novidade é que a tutoria será regionalizada e em parte presencial, ou seja, será possível que o tutor vá até o aluno ou a um grupo de estudantes, aproveitando os espaços do Acessa Escola de cada diretoria de ensino, quando for necessário”, explica Fernanda Montenegro de Menezes Rizek, da Escola Virtual de Programas Educacionais do Estado de São Paulo (Evesp). A carga horária do curso é de 80 horas, divididas em oito módulos com 10 horas cada um. O conteúdo foi elaborado pela equipe de Língua Estrangeira Moderna da Secretaria da Educação, em uma plataforma lúdica e dinâmica. O objetivo do programa é proporcionar aos estudantes oportunidades para o desenvolvimento de novas formas de expressão linguística, enriquecimento curricular e acesso a outros povos e culturas, além de ampliar, no futuro, suas possibilidades de inserção e atuação no mercado de trabalho.

atende o Hospital Dr. Amaral de Carvalho. Atualmente, cerca de duas mil pessoas de Tatuí são tratadas de câncer neste hospital. O local de doação será a Escola Estadual Barão de Suruí, localizada na Praça Paulo Setúbal, no Centro. A coleta está sendo organizada por voluntários e pela Secretaria Municipal de Saúde, com apoio de parceiros. Em abril de2012, aúltima campanha realizada em Tatuí teve o comparecimento de 276 pessoas e destes, 227 puderam ser doadores e puderam ajudar até 500 pessoas. O processo de doação é seguro e rápido (cerca de 20 minutos). Não obriga a outras doações, não aumenta a pressão sanguínea e não engrossa o sangue. O doador de sangue não corre risco nenhum de contaminação ao doar sangue. Todo material que é utilizado está dentro de um rigoroso padrão de qualidade elaborado pelo Ministério da Saúde e órgãos internacionais, levando sempre em conta a saúde do doador e do receptor. Além disso, o Hemonúcleo de Jaú conta com profissionais altamente treinados. Após a doação o doador deverá se alimentar assim que doar sangue, beber bastante líquido,

derão ocorrer queda de pressão arterial, desmaios e hematomas no local da punção nervosa. Quem pode doar? - Podem doar: quem tem idade entre 18 e 65 anos; estando bem de saúde; com peso acima de 50 quilos; não estar tomando nenhum tipo de medicamentos; não estar em jejum prolongado ou com alimentação pesada nas últimas duas horas (almoço e jantar); não ter tomado nenhum tipo de vacina nos últimos 30 dias; não deve ter ingerido bebida alcoólica destilada nas últimas 24 horas; não

diabetes, reumatismo, insuficiência renal, insuficiência hepática, doenças cardíacas, pulmonares; não ser hipertenso, nem sofrer de hipotensão; se for mulher, não estar grávida ou amamentando; não sofrer de doenças hematológicas como: anemias, problemas de coagulação como sangramento anormal, hemorragias; se for do sexo masculino, não ter doado sangue nos últimos dois meses, e se for do sexo feminino, nos últimos três meses; não pode estar em tratamento de alergias, crise de bronquite ou

etc; não pode ter lesões na pele; não ter feito tatuagem, nem colocado piercing nos últimos 12 meses; não ter feito tratamento por acupuntura recentemente; não ter tido nenhum tipo de doença sexualmente transmissível nos últimos 12 meses; não ter se submetido a algum tipo de intervenção cirúrgica nos últimos seis meses e não ter se submetido a procedimentos odontológicos do tipo canal extração ou ter tido gengivites nos últimos 30 dias.

Em abril 276 doadores foram registrados e 227 puderam ajudar cerca de 500 pessoas.

Cronograma do curso de inglês online: Período de pré-inscrição dos alunos: até 12 de novembro Divulgação da lista de inscrições aprovadas: 14 de novembro Período de matrícula nas escolas: de 19 a 21 de novembro Matrículas dos remanescentes: de 23 a 27 de novembro Período de aulas: de 18 de fevereiro a 18 de junho Número de vagas disponíveis por diretoria regional de ensino: Itapetininga 268 Itapeva 119 Avaré 128 Sorocaba 441

Folha de Angatuba ONLINE Anuncie a sua propaganda aqui!

Veja Algumas de nossas opções: Revanche; Valente;Oppnus, Anticorpus, Bokker, Fido Dido, Rituts, Cokilage, Elian, Cobra D’agua, Malwee, Hering, Brandili, Fatal, Burg, Tomboy, Kaiwaa, Duloren, Triunfo, Trifil, Valfrance, Teka, Jolitex.

CHEQUE P/ 10/12/2012 com 10 % de DESCONTO Fazemos em 5 vezes no cartão Visa ou Mastercard Venha nos fazer uma visita e conhecer nossos planos de pagamento.

od

as

CHEQUE P/ 10/02/2013 SEM DESCONTO venha nos fazer numa Tudo de bom para você!visita !!

M

mo

das

R.Tte JOSÉ M.DE ALBUQUERQUE, Nº307FONE 3255 14 74 - 3355 06 01

VENDE-SE CHÁCARA ou TROCA (POR CASA OU CARRO) 1.4 alqueires, 4kms do centro, ótima terra, muita água e muito verde

tratar :

3355 0336

mo

das

COMUNICADO FOLHA DE ANGATUBA ATENÇÃO: As matérias assinadas neste jornal são de inteira responsabilidade de seus autores.


Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

Folha de Angatuba

Pรกgina 11


Pรกgina 12

Folha de Angatuba

Angatuba, Quinta-feira 08 de Novembro de 2012

ANUNCIE no jornal Folha de Angatuba ONLINE (015) 97346029 o seu, o nosso jornal

venha nos fazer numa visita !!


test