Page 1

Informativo da Paróquia Santa Teresinha Arquidiocese de Campinas - Forania Cristo Rei Sumaré/SP - 59º Edição MAI/11

Os dons a serviço da Comunidade

Destaques desta edição Não despreze este material em via pública.

Recicle a informação, passe este exemplar para outra pessoa.

Muitas vezes escondemos nossos dons ou às vezes não gostamos que as pessoas saibam deles. O que devemos ter na mente é que os dons são dádivas de Deus e que se os temos é para serem colocados a serviço pela gratuidade de filhos e filhas de Deus. A partir das duas últimas semanas da Quaresma, na Comunidade Matriz foi colocado um painel sobre a CF 2011 que prendeu a atenção, a concentração das pessoas. Esse quadro colaborou muito na meditação e reflexão dos participantes na Comunidade. Em todas as celebrações havia aqueles que chegavam o mais perto possível para

Missa de Páscoa.................Pág. 02 Encenação da Paixão.........Pág. 07 Louvor a Santo Expedito...Pág. 08 Pastoral da criança.............Pág. 09 Caminhada da ressurreiçãoPág.10 Convites........................... .Pág. 11 Avisos................................Pág. 12

admirar a tão bela arte. Arte que foi idealizada pelo Pe. Carlos e pensada, projetada e concretizada pela Elide, que se esforçou e se dedicou para que ficasse tudo como planejado. O painel traz evidências da situação caótica pela qual passa a criação que tanto geme em dores de parto. Ela conseguiu traduzir o tema da Campanha da Fraternidade demonstrando que ainda há possibilidade da vida no meio da destruição. A fábrica que polui e esconde o céu anil e o dourado sol. A sujeira que destrói os rios, o mar e a mata impedindo a sobrevivência dos animais de acordo com seu habitat. Os entulhos e outros tipos de lixos atirados nas ruas impedem o crescimento das plantas e a beleza dos jardins. No meio desse desastre todo, aparecem a borboleta, uma pequenina flor, um rio tentando desviar o caminho, um bicho de seda que busca vida para gerar vida. Enfim, é um belo e convincente cartaz. Os pequenos detalhes lá colocados nos conduzem para uma verdadeira mudança de atitude. Entre os grandes estragos provocados pelas mãos humanas, observam-se as mãos divinas colocando a possibilidade da vida. O painel apresenta a destruição e a construção, assim como a morte e a vida. Agradecemos a Deus pelos dons distribuídos a cada um. E pedimos as bênçãos para as mãos e inteligência daqueles que se dispuseram na construção do painel, referindo-se ao gesto concreto da CF 2011. Especialmente a Elide que se prontificou pelo fascinante trabalho. Parabéns! Fátima Comunidade Matriz


Missa de Ressurreição do Senhor Aos poucos, ainda de madrugada, as luzes das casas foram se acendendo, as pessoas saindo para as ruas, se encontrando, e juntas, caminhando, uma multidão pode fazer a experiência do ressuscitado. Ao raiar do dia, uma mulher trazendo presente as mulheres que foram ao sepulcro e que primeiro testemunharam a ressurreição - anunciou para todos com grande alegria e entusiasmo: JESUS RESSUSCITOU! ALELUIA! A missa de Páscoa em nossa paróquia aconteceu no Centro Pastoral Santa Teresinha onde vários sinais de ressurreição se fizeram presentes na vida de muitas famílias, transformadas neste período quaresmal e semana santa através da oração aliada aos gestos concretos. Alguns participantes da missa disseram: a missa foi de uma simplicidade e suavidade muito bonita; as leituras cantadas embelezaram a liturgia; o Hino de Louvor foi muito bonito e gerou grande expectativa, um suspense muito grande, através da dinâmica do anuncio da ressurreição por uma mulher; a missa foi muito bonita e participativa. Em sua homilia, Padre Carlos Donizeti - que tanto bem tem feito à nossa paróquia partilhou a sua alegria e agradeceu a Deus dizendo: Quantas maravilhas o Senhor fez por nós, o dom da existência é a maior dessas maravilhas; o que

Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

mais poderíamos pedir ao Senhor? De fato, ao invés de pedirmos deveríamos, neste dia de glória, render graças ao Senhor por suas obras. Não somente pelo dom da vida na existência, mas principalmente por ter restaurado nosso ser corrompido pelo pecado; devolvendo-nos a estatura de filhos de Deus. Ao final da celebração uma mensagem de Páscoa traduziu o sentimento do povo reunido para celebrar a ressurreição do Senhor: Ser igreja, povo de Deus reunido, é viver a intensidade de uma verdade! O sepulcro está vazio, a vida venceu a morte: É Páscoa! Jesus ressuscitou! Que a grandeza dessa verdade possa nos acompanhar pela vida e que possamos testemunhá-la em nossa realidade! Que a experiência do ressuscitado continue sendo o centro de nossa vida! Após o encerramento da missa aconteceu o já tradicional café da manhã em família, onde todos puderam se confraternizar e saborear os bons momentos vividos na semana santa e missa de Páscoa. Marcos Itou, coordenador de Liturgia Paroquial

www.stateresinha.org

Pág. 02


Semana Santa na Com. Perpétuo Socorro Como sempre é uma grande expectativa celebrar esta semana. Enquanto família, nos reunimos para viver e celebrar intensamente a Semana Santa. Esta iniciou-se na terça feira com o encerramento dos encontros da Campanha da Fraternidade, nos grupos d e Vi v e n c i a . Foi possível presenciarmos com a graça de Deus a presença de várias crianças da catequese e novas famílias, foi um momento surpreendente com partilha dos encontros e testemunho de pessoas que foram acolhidas através dos encontros. Na quarta feira rezamos a Via-Sacra nas ruas do bairro, onde compareceu um grande número de pessoas, era visível a alegria no rosto das famílias que acolheram cada estação.

Na quinta feira, iniciamos o Tríduo Pascal com alegria e seriedade, começando com a celebração da Ceia do Senhor onde procedeu-se ao Lavapés. E no final com a Vigília, as pessoas fizeram seus pedidos, dos quais já tivemos testemunho de graça alcançada, momento este em que sentimos a presença de Deus não somente na eucaristia para ser adorado, mas no meio das pessoas, no canto e na partilha. Sentimos como se estivéssemos na Transfiguração.... Maravilhoso! Nestas Celebrações recebemos força para sermos fiéis à nossa missão, confiantes da vitória que o Pai nos reserva. - Relembrar e Celebrar o Tríduo Pascal, foi muito gratificante... Ministro da Unidade e G4

Semana Santa na Com. Cristo Rei Quanta espiritualidade! Uma semana Santa marcada pela fé com a presença de cada um que priorizou o encontro com Jesus. Muitas foram as riquezas dos momentos celebrativos, iniciando com o encerramento da Campanha da Fraternidade. Experiência única! A participação das crianças. Muitos provavelmente se perguntavam de onde vieram aquelas crianças e jovenzinhos, pois não eram rostos que marcam o dia a dia da comunidade, mas lá estavam eles e com eles seus familiares. E na simplicidade tentando entender o que nós seres humanos fazemos com o nosso mundo, mas com a certeza de que os que ali estavam buscavam forças na palavra de Deus para enfrentar esta fraqueza humana. A via Sacra seguiu com muita tranquilidade, marcada pela presença de idosos e crianças, momento em que a reflexão do sofrimento de Jesus substituiu o agito do dia a dia, dando espaço para a oração. Na quinta-feira santa, momento em que nos lembramos da instituição da Eucaristia, foi sinalizado pelo comprometimento das pessoas que estavam participando. Houve muita emoção no ritual do lava pés, contagiando a todos. Emergiu o choro da alegria, o choro do perdão, o choro do arrependimento, o choro por acreditar e confiar em Jesus Cristo e no servir, a maioria dos irmãos que participaram da celebração, lavaram os pés uns dos outros como disse o Senhor. A comunidade, numa grande harmonia, continuou louvando e adorando Jesus no Santíssimo Sacramento. Na sexta-feira santa, com os corações contritos e cheios de esperança, participamos da celebração da paixão e morte do Senhor Jesus, momento em que o ministro da Palavra fez com que refletíssemos sobre a nossa dedicação a Deus, nos questionando qual seria a nossa prioridade, pois nós somos prioridade para Deus, por isso é que o Pai nos deu o seu Filho e Ele se deixou ser seduzido se entregando até a morte. Durante a semana cada um de nós foi convidado a carregar a sua cruz simbolizada num pequeno graveto seco, e através de alguns papeizinhos escrevemos o nosso desejo colocando para fora aquilo que tínhamos dentro de nós e que nos afastava do Reino, alem das enfermidades de pessoas que conhecemos. Na Vigília Pascal, colocamos as nossas cruzes e os nossos desejos de mudança no fogo transformando em vida nova, desejos de mudança. A celebração foi marcada por muita alegria, pois todos estavam confiantes na ressurreição do Senhor, sem dúvida uma grande festa, a Festa da Páscoa de Jesus. Cada agente, apesar do cansaço de uma semana intensa assumiu o seu trabalho com amor e dedicação para que tudo acontecesse de forma harmoniosa e que a assembleia se sentisse acolhida e motivada a rezar. Por fim no domingo, em sinal de Unidade, a belíssima Missa do Domingo Páscoa com o nosso Pároco Padre Carlos, pois como ele mesmo costuma dizer, onde o pai está, os filhos estão e nós comunidade Cristo Rei estávamos lá, junto do Pai. Célia Caldeira Com. Cristo Rei

Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

www.stateresinha.org

Pág. 03


Semana Santa na Com. Santo Expedito A comunidade Santo Expedito viveu, uma Semana Santa diferente. Diferente pois Deus sempre renova todas as coisas e cada ano a semana Santa tem um significado renovado para cada um de nós. Tivemos uma boa participação em todos os dias do tríduo pascal, e grande demonstração de fé envolveu a todos os presentes, na celebração da Ceia do Senhor, também conhecida como lava pés. Na sexta-feira Santa a celebração da paixão do Senhor, foi momento de muita emoção e tristeza, pelo motivo de a narração do Evangelho, e os gestos celebrativos, trazerem presente todo o sofrimento, perseguição e injustiça que culminou com a morte de Jesus. No Sábado Santo, toda a tristeza foi arrancada de nossos corações, pela beleza da Celebração da Luz, com seus momentos riquíssimos em detalhes, e uma liturgia da palavra lindíssima, demonstrando a proteção e o grande amor de Deus para com seu povo. Conselho da Unidade

Semana Santa na Com. São Pedro Mais uma vez premiados, iniciamos nossa Semana Santa com a presença das comunidades irmãs Santo Expedito e Sagrada Família, no domingo de Ramos e a belíssima celebração com o tão querido Pe. João Batista. Partindo deste dia tão especial, fomos entrando pela semana. Na quarta feira nos unimos na caminhada pelo bairro em procissão com a Via Sacra organizada pelos grupos de vivência. Continuando com a quinta feira celebrando o Lava pés novamente com o Pe. João Batista, que a todos fez emocionar lavando os pés somente de três pessoas e passando à assembléia a oportunidade de abaixar-se como fez Jesus ao lavar os pés dos discípulos e, como ele mesmo disse não abaixar-se somente no sentido figurado da envergadura de coluna e sim abaixar-se colocando ao nível de ser igualado ao outro, ou seja, ninguém é melhor do que ninguém independentemente do que tem, perante o Pai somos todos iguais. Na sexta feira, a ministra Fernanda, que co-celebrou todos os dias com Pe. João Batista, nos fez mais uma vez ter certeza de que somos católicos, crendo que a ressurreição viria para nos salvar. No sábado então, cantamos o Aleluia com muita ênfase, e certos de que a Páscoa estava apenas começando, nos fortificamos com muita alegria renovando nossas promessas batismais para um novo ano na vida da igreja. Deixamos aqui o nosso muito obrigado primeiro a Deus por mais este momento tão Santo que tanto nos faz emocionar, ao Pe. João Batista, que como ele mesmo disse já se sente parte desta comunidade, e ao nosso Pároco Pe. Carlos por nos proporcionar momentos tão bonitos. Néia/Comunidade São Pedro

Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

www.stateresinha.org

Pág. 04


Semana Santa na Com. Sagrada Família Depois de celebrarmos o Domingo de Ramos na com. São Pedro juntamente com a Com. Santo Expedito que foi muito bem conduzida pelo Padre João Batista, tivemos uma Santa Semana em nossa Comunidade. No encerramento da Campanha da Fraternidade contamos com a presença de varias pessoas dos grupos de vivencia rezando e discutindo sobre o tema e o lema da campanha. Na quarta feira fizemos a procissão da Via Sacra, passando por alguns condomínios do nosso bairro; uma das estações rezamos em frente ao suposto futuro terreno da nossa igreja, e encerramos em frente à capela. Na quinta feira celebramos o lava pés e adoração ao Santíssimo no galpão da praça da fazenda; mais uma vez, irmãos e irmãs de fé, participaram desta tão bonita e emocionante lembrança da historia

da vida de Jesus na terra. Na sexta feira voltamos a nos encontrar na capela para celebrarmos a Paixão do Senhor; e no sábado com a benção do fogo novo e vigília pascal nos preparamos para a Páscoa do Senhor. Foi uma semana abençoada para todos que puderam participar, se emocionar e o mais importante, se alegrar, pois Cristo está vivo e habita no coração daquele que tem fé. Que Deus possa abençoar a cada um dos irmãos e irmãs que nos ajudaram para que os mais importantes momentos da nossa igreja fossem celebrados aqui em nossa comunidade. Obrigado ao ministro Marcos Itou que presidiu as celebrações e ajudou nas orientações litúrgicas, e a todos agentes de pastorais: Que Cristo ressuscitado ilumine os caminhos de cada um. Amém. Luisinho - Min. Unidade

Semana Santa na Com. Matriz A Comunidade Matriz e as Comunidades Cristo Rei e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro uniram-se para celebrar o Domingo de Ramos. Manifestando nossa fé, caminhamos em procissão partindo da Comunidade N.Sra. do Perpétuo Socorro em direção à Matriz, após a bênção dos ramos. O ministro da Palavra João Bosco, que animava a procissão, lembrou a todos de que não estávamos fazendo teatro, mas estávamos vivenciando a mesma realidade que viveu aquele antigo povo que acolheu Jesus com ramos de oliveira e O aclamavam dizendo: “Bendito O que vem em nome do Senhor, Hosana nas alturas”. Durante a homilia, o nosso Padre teceu a história da entrada de Jesus em Jerusalém com detalhes, dizendo-nos que se quisermos ser discípulos de Jesus devemos viver a mesma experiência de paixão e morte. Os Grupos de Vivência da Matriz marcaram presença no encerramento da Campanha da Fraternidade, apesar da ausência de representantes de três grupos. Muitos se posicionaram falando de suas experiências nos encontros durante o período quaresmal em que puderam refletir sobre o tema da Campanha da Fraternidade. Foi uma celebração bastante rica de depoimentos e sugestões. Na quarta feira santa, saímos às ruas do nosso bairro para vivenciarmos a “Via Sacra”. As famílias previamente convidadas decoraram a frente de suas casas usando de importante criatividade. As crianças nos surpreenderam com sua participação. De uma casa para outra, enquanto o carro de som nos ajudava a permanecermos atentos, catávamos os lixinhos que eram encontrados na rua. Foi um gesto concreto muito interessante, pois sentíamo-nos orgulhosos de poder participar do cuidado da vida do planeta em plena via pública. Fomos o exemplo para muitos que passavam e percebiam nossa atitude. Na Missa da Instituição da Eucaristia com o gesto do lava pés, abrimos a Celebração rezando a Ave Maria pelo dom do serviço do Padre Carlos e por todos os padres que servem a Igreja de Jesus. A quinta feira santa é por excelência o dia do sacerdote, por isso a grande motivação de rezar pelo ministério sacerdotal. Na homilia, o nosso Padre nos coloca sobre a humildade de Jesus e fala do gesto de amor para com todos, sem distinção. A equipe de liturgia quis destacar a participação das famílias na vida da Comunidade, por isso convidou alguns representantes para o gesto do lava pés. No Ofertório realizou-se a entrada dos santos óleos dos catecúmenos, da crisma e dos enfermos. Esses óleos foram abençoados pela imposição das mãos do nosso Arcebispo durante a Missa na Catedral com a participação de todos os padres da nossa Arquidiocese, no período da manhã de quinta feira santa. Ficamos em vigília de adoração, após a Missa até a meia noite. Na sexta feira da paixão, a igreja foi aberta por volta das 07 horas da manhã para acolher aqueles que quiseram rezar. Muitos participaram, cumprindo este gesto de amor e fé. Às 15h00min horas, a participação foi boa; muitos fiéis vieram para adoração da cruz do Senhor. No sábado santo, a celebração da grande vigília pascal trouxe à tona as maravilhas da criação de Deus. Destacando a bênção do fogo novo e da água que nos fortalecem para a vida. Aconteceu nesta Celebração o batismo da jovem Talita. Momento bastante especial para a Comunidade que recebe em seu meio uma moça que busca fazer parte da nossa Igreja. E para ela que busca uma vida nova concretizada em Cristo, na Eucaristia e na Palavra. No domingo de manhã, na caminhada da ressurreição e na Missa, também estava lá nossa Comunidade participando com fé e esperança, pois tem a certeza que Cristo ressuscitou, aleluia, aleluia! Fátima Comunidade Matriz Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

www.stateresinha.org

Pág. 05


Semana Santa na Com. Santa Rita Domingo de Ramos Que alegria para os paroquianos de nossa Comunidade quando Pe. Carlos nos disse: - “Podem celebrar a Semana Santa na Igreja”. Nossa esperança e ansiedade são intensas, pois não víamos a hora de nos reunir no templo sagrado, o qual por quase um ano vem passando por uma grande reforma, isto é, por uma nova construção, pois tudo veio a baixo e reerguido. No Domingo de Ramos, que alegria pois o inicio foi na casa do casal Juliano e Carmelita, que durante tanto tempo nos acolhe para que a boa nova aconteça, a participação dos fiéis foi grandíssima, pois não apenas pessoas de nossa comunidade, mas também das comunidades irmãs, paróquias irmãs e de outras cidades estiveram presentes. A chegada na Igreja emocionou muita gente, pois há muito não celebrávamos ali, e muitos puderam ver quão acolhedor ficara nosso espaço, o Pe. Carlos manifestou sua alegria com o olhar e com suas palavras, nos incentivando na fé e no amor. Hoje dizemos, somos gratificados pela experiência vivenciada. Encerramento da Campanha e Via Sacra Na simplicidade nossos animadores dos grupos de vivencia fizeram acontecer uma linda celebração da vida, onde vivenciamos o sentido da vida, do amor e da caminhada rumo a verdade, a fé que é Jesus. Vimos que a importância da vida é paz e bem para muitos, mas praticada por poucos, mesmo assim é compensador fazer a diferença no pouco que podemos. Tudo se completou com a Via Sacra, pois por onde passávamos, podíamos ver que muitos não dão a mínima importância para as coisas de Deus, mas que alguns olham e nova visão surge, o pequeno grupo que se reuniu para levar a palavra nas ruas de nosso bairro, passou por uma grande experiência, a do amor, da caridade e partilha, por passarem ensinamentos já a tanto tempo esquecidos e guardados na gaveta, passando ao povo que muito podemos fazer pela natureza e pela vida, pelo amor e pela fé, principalmente por nossos filhos e filhas que com um mundo tão devasso, acabam perdendo a fé. Que todos nós possamos ter esse olhar de amor, compromisso e compaixão pela vida e força para caminhar em Cristo Jesus, que é caminho, verdade e vida. Tríduo Pascal Nossa comunidade Santa Rita de Cássia foi agraciada com a presença do Pe. Àlvaro Barreiro que trouxe-nos a Palavra e a Celebração Eucarística, com humildade e alegria presidiu com amor e fé cuidando das ovelhas do Pe. Carlos. Na Ceia do Senhor, pudemos ver a alegria do povo de vivenciar o amor de Jesus por cada um de nós, no Lava-pés, no partilhar o pão e no se tornar o pão, alimento para nossa alma. E com a vigília tranquilidade para nossa vida, e importância da oração, do adorar Jesus, o sentimento de poder ver e sentir sua presença e seu amor. A Sexta feira nos mostrou que é no silêncio de nosso coração que ouvimos o que Jesus quer nos falar, nos pedir. E o Sábado Santo na Celebração da Luz com o fogo novo, que vem acender nossa alma, nossa vida, nossa fé. Com as leituras, abrir nossos ouvidos, nossos olhos e nosso coração, nos ensinando que na vida é preciso amar, partilhar, doar-se e estender a mão, servir não esperando ser servido, amando sem esperar ser amado. Por fim este tempo de amor e fé só vem nos fortalecer nesta dura caminhada rumo a salvação, mas gratificante por cada experiência. Paz e Bem. Ilhane da Silva Com. Santa Rita Conversa e Conversão -Sabe, Zé? Minha esposa de uns tempos para cá resolveu ajudar lá na igreja. Agora toda semana tem desculpa para ela sair de casa e isso está me dando nos nervos. Acho que já tem muita gente lá para “bajular “ o padre e não fazer nada; incrível, não é? -Que Deus abençôe a ela, disse o Sr. José. -Pior ainda, Zé. No começo ela ia na missa uma vez por semana; agora já inventou uma reunião semanal para ajudar a limpar a igreja. Veja bem... até parece que meia dúzia de gato pingado suja a igreja tanto assim... não sei não. -É assim mesmo, Armando. Só vemos as necessidades e os problemas quando participamos. O resto é fruto da nossa pobre e vã imaginação. -Para piorar a situação, já arrumou reunião da comunidade para ir também. Porque aquelas poucas pessoas da comunidade fazem tanta reunião? Afinal só tem missa uma vez por semana, nada muda...é sempre a mesma coisa. Eu vi isso muito bem na última vez que fui lá. -E quando foi a última vez que esteve lá, Armando? -Não me lembro bem, mas deve fazer seis ou sete meses que fui à missa. -Já que você tem tantas dúvidas, porque não vai a uma reunião com sua esposa? -Está louco? O que eu vou fazer lá? Vou me sentir como um estranho no ninho. Não conheço as pessoas nem os problemas, não sei nada sobre o assunto. Vou ficar olhando as paredes? -Não se preocupe, Armando. A comunidade é muito acolhedora. Você será bem vindo e acolhido por todos, com muito amor! Faça essa experiência e descobrirá o amor e a dedicação que estas pessoas tem por nós; e como é importante a nossa participação. Afinal, se nada sabemos a respeito, se não conhecemos pessoas, e nada mais acontece em nossas vidas; é porque não damos uma chance a nós mesmos, não acha? -Ah! Acima de tudo, descubra o amor de Deus e os planos que Ele tem para você. Ele vai mudar a sua vida, participe! Alguns dias depois ouviu-se então as boas vindas a Armando na comunidade, depois que sua esposa o apresentou. Participe você também. PARTICIPAR É DEVER DE TODOS! Luiz Paulo Biondo - Com Cristo Rei Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

www.stateresinha.org

Pág. 06


Paixão de Cristo Em uma noite cheia de fé e emoção aconteceu no Centro Pastoral Santa Teresinha, a Encenação da Paixão de Cristo, promovida pela Pastoral da Juventude. Após semanas de intenso preparo homens, mulheres, jovens e crianças colocaram seus dons e fé a serviço da comunidade e reproduziram um dos maiores acontecimentos da história: o Mistério da Redenção. A encenação tomou todo o espaço do Centro Pastoral, possibilitando assim, melhor desenvolvimento das cenas e conforto dos fiéis que mesmo com o tempo instável compareceram para contemplar a fé traduzida em arte. A encenação da Paixão de Cristo é muito comum no período de quaresma, sem contar, na infinidade de filmes produzidos que relatam a Paixão, Morte e Ressureição de Jesus. Mas o fato de ser uma encenação já conhecida, não tirou o brilho da apresentação, e muito menos abafou a emoção de muitas pessoas que deixaram as lágrimas correr em momentos especiais como a crucificação, a entrega do corpo de Jesus à Virgem Maria e a Ressurreição. A apresentação foi uma contribuição da Pastoral da Juventude para a comunidade como momento cultural e também como preparação para a celebração do Mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus. A encenação deste ano foi a semente para um projeto bem maior de evangelização e arte na Paróquia. Aguarde que vem novidades por ai! Luan - Seminarista

Informe e ação: o que você acha desta iniciativa da paróquia sobre a encenação da paixão de Cristo? (antes da encenação) Seminarista Luan Foi uma bela iniciativa que a paróquia teve, pois une a fé com a arte. Possibilita pessoas que tem o dom e não sabia, colocá-lo à disposição da igreja. Num momento tão importante que é o tempo da quaresma nada melhor do que vivenciarmos este momento. José Carlos e Cidinha Com. Sagrada Família Muito interessante, pois tudo o que eles estão fazendo é para nos enriquecer da palavra de Deus, independente de qual seja o evento é mais uma maneira de catequizar as pessoas. Informe e ação: O que você achou da apresentação? (após a encenação) Daiane Com. Matriz Estar aqui neste momento é de grande alegria, como não se emocionar com o que acabamos de ver; a condenação, Jesus sendo crucificado e principalmente ressuscitado. Jesus venceu a morte. Só temos que agradecer a Deus por poder estar aqui nesta noite. Parabéns a cada um dos atores, pessoas que eu não imaginava fazendo isso, e fizeram muito bem Deus abençoe a todos. Marco Rogério Com. São Pedro Gostaria de parabenizar a equipe que trabalhou para que este momento acontecesse. Quando vinha para cá comentei com minha esposa sobre o desafio a nós e os que estão envolvidos. Pois é dia de rodeio em nossa cidade e a resposta do povo foi positiva e veio prestigiar e apreciar este grande momento na vida da nossa paróquia. Emocionei-me principalmente no final, parecia que nós estávamos lá no momento em que aconteceu. Que possamos refletir sobre isto como cristão e como Igreja. Luizinho Com. Sagrada Família Eu estava fotografando o evento, então precisava ficar me deslocando de um lado para o outro para pegar o melhor ângulo; pude então observar no rosto e na expressão das pessoas a emoção de cada um que eu olhava. As lágrimas corriam dos olhos num sentimento que parecia que o tempo não tinha passado e tudo isso já aconteceu há mais de dois mil anos. Parabéns a quem teve a idéia e aqueles que a colocaram em prática. Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

www.stateresinha.org

Pág. 07


A Comunidade Santo Expedito Celebrou Neste mês de abril a Comunidade Santo Expedito, celebrou a festa do seu padroeiro. Foi mais um momento especial na vida da comunidade, pois mais uma vez sentimos a alegre e feliz participação das comunidades irmãs. O nosso mais sincero agradecimento às comunidades: Sagrada Família e Santa Rita, São Pedro e Cristo Rei, Santa Teresinha e N. Sra. do Perpétuo Socorro e saibam que somos muito gratos, e pedimos a benção de Deus a Todos. Na Celebração do Tríduo tivemos no primeiro dia a presença de um amigo e irmão que muito contribuiu com a história da comunidade, o sempre querido Diácono José Rubens, que esteve presidindo a celebração nos trazendo palavras importantes para o fortalecimento da nossa caminhada. No segundo dia recebemos em nosso meio o Pe. Jonas Barbosa, que dispensa comentários, pois poderá faltar espaço, para falarmos do nosso carinho e da nossa amizade; será sempre bem vindo Pe. Jonas. No terceiro dia foi muito especial, pois recebemos pela primeira vez em nossa comunidade a presença do Pe. Demetrius que rendeu muitos comentários positivos, de modo especial os elogios que foram tecidos pelas crianças. No dia em que celebramos a missa em louvor a Santo expedito, tivemos a grata felicidade de contar com a igreja cheia com a participação dos devotos de Santo Expedito e os irmãos e irmãs de nossa paróquia. Fechando com chave de ouro a nossa festa religiosa, esteve celebrando conosco o nosso querido pároco, Pe. Carlos Donizeti, que também dispensa comentário, por tão grande demonstração de amor e carinho com povo que Deus o confiou. Ao Pe. Carlos a nossa gratidão pelo carinho que tem conosco e pelo zelo que tem pela igreja de Jesus Cristo. Rogamos a Deus que proteja e abençoe todos os nossos ministros Ordenados e de modo especial os que estiveram conosco neste momento especial da nossa história. Santo Expedito Rogai por nós!!!

Excursão TV Século XXI No último dia 03 de abril de 2011, o Grupo de Oração Mãe Peregrina realizou uma excursão para a TV Século 21 em Valinhos. Foi um domingo de muitas bênçãos em nossas vidas e na vida dos que assistiram o pregador Laércio Oliveira falar de 1 Samuel 2,1-2 " Que o nosso Deus é maior do que os nossos problemas, maior que os nossos pecados, mais forte que a rocha, não há um rochedo semelhante ao nosso Deus, é ele a nossa força", e o dia todo foi conduzido nesse poder, nessa grandiosidade desse Deus que nos ama. Fomos muito bem recebidos, Frei Rinaldo mandou um abraço ao povo da Paróquia Santa Teresinha, rezou por nós, pelo nosso pároco Pe. Carlos. Tivemos a participação de algumas pessoas na adoração do Santíssimo, enfim saímos de lá com o nosso coração radiante de alegria. “Ninguém é santo como o Senhor, nele se eleva minha força" I Samuel 2-1 Rozi Coord. Grupo d e O r a ç ã o Paroquial Mãe Peregrina Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

www.stateresinha.org

Pág. 08


Pastoral Familiar No dia 27 de Março foi realizado o primeiro encontro de reestruturação da Pastoral Familiar na comunidade Matriz. Uma das principais escolhas da Paróquia dentro da proposta do 7º Plano de Pastoral foi a de investir na Evangelização das famílias. Dentre os projetos desenvolvidos pelo Conselho Pastoral, encontra-se o de reestruturar a Pastoral Familiar. Para isto foi elaborada uma programação de atividades para avaliar e planejar as atividades da Pastoral. O primeiro encontro foi realizado com o objetivo de apresentar para os casais um pouco da reflexão do Plano de Pastoral, encontrando fundamento para a necessidade de renovar para acolher e servir melhor. Também os casais puderam partilhar experiência e esclarecer dúvidas sobre o processo de reestruturação. O trabalho de reestruturação irá até o mês de agosto e tem como caminho: acolher as propostas da Igreja e discuti-las com as equipes que compõe a Pastoral. Também faz parte do processo o zelo pastoral com os casais que formam a equipe, afinal, são os primeiros a serem evangelizados e tornam-se fundamentais na evangelização a partir do serviço e do testemunho de católicos que vivem a fé. Luan - Seminarista

Formação com os Ministros

Cantinho da pastoral da criança

No mês de Abril foram realizados dois importantes momentos com os Ministros. No dia 09 na Comunidade São Pedro houve o encontro com os Ministros da Palavra. O encontro possibilitou que os Ministros partilhassem um pouco da caminhada e sobre o modo com que veem realizando o exercício do Ministério. A formação para os Ministros da Palavra levará em conta duas realidades: a necessidade de acolher as orientações da Igreja para o ministério e a busca de melhorar aspectos que levantados a partir da experiência de cada ministro, buscando assim oferecer uma formação mais completa. E no dia 16, na Comunidade Matriz, aconteceu o encontro com todos os Ministros, encontro que encerrou a primeira etapa da formação que consistiu: na acolhida dos novos leigos e leigas, na apresentação do projeto de formação, na realização da Ceia Judaica e com a reflexão sobre ser Igreja e o exercício do ministério não ordenado. Iluminados pelo ensino da Igreja e pela Palavra de Deus puderam perceber a importância e a beleza que é ser Povo de Deus e o que tal realidade traz para a vida. Também houve espaço para orientações sobre aspectos práticos dos exercícios dos ministérios. Todo o povo de Deus é chamado a valorizar Padres e leigos e leigas que colaboram com o Ministério da Igreja para o crescimento do povo de Deus: Anuncio e pregação da Palavra e Santificação por meio da Celebração dos Sacramentos. Luan - Seminarista

Vida com qualidade = ao pensar no tema da Campanha da Fraternidade eu pensei na água, porque quando passamos em uma represa, rio ou o reservatório da cidade a gente nem imagina que essa água pode acabar, mais isso é uma realidade. Sabe aquele velho hábito que muita gente ainda mantém: varrer a calçada com água e não com a vassoura? Pois é, se esse é o seu caso, que tal fazer uma conta rapida? Cada vez que a mangueira fica ligada por 15 minutos são perdidos 279 litros de água, isto significa que: se você lavar a calçada uma vez por semana, mais de 14 mil litros de água vão para o bueiro da rua por ano. Em 20 anos, esse gasto sobe para mais de 290 mil litros. Quantidade suficiente para suprir as necessidades diárias de água para beber de 145 mil pessoas. Só lembrando: o desperdício de água não impacta apenas no seu bolso. Quanto mais água tratada for para o ralo, mais o governo terá de investir em novas estações de tratamento. Um dinheiro que seria melhor empregado em educação e saúde. E mais: para manter a calçada limpa, é suficiente varrê-la, e aqui é possivel usar um balde com água já utilizada na lavagem de roupas, também dá pra usar essa água no quintal, se você fizer essa experiência, vai ver o quanto está fazendo o bem para o próximo e ao planeta, afinal use a vassoura, e não a mangueira, para varrer a calçada. Tenha consciência. Valdete Amado - Coordenação Paroquial da pastoral da criança

Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

www.stateresinha.org

Pág. 09


Maio: mês de Maria, a Mãe de Jesus e nossa Neste mês de maio nós, Paróquia Santa Teresinha, somos chamados a refletir e a rezar pelas nossas famílias: a “Família como berço de todas as Vo c a ç õ e s ” . N e s s e sentido, como todos os anos, acontece a dinâmica “Mariana”, quer dizer, de Maria com os exercícios de oração em louvor a ela. Durante o mês somos chamados a rezar um Terço meditativo todos os dias ou pelo menos uma vez por semana. Para motivar a nossa oração e meditação, a paróquia adquiriu 1000 velas de proteção de Nossa Senhora de Fátima. Mil, pois o nosso desejo é que ao menos 1000 famílias se reúnam para o Terço e a cada dia de oração a vela de proteção de Nossa Senhora será acesa pela família.

Os Grupos de Vivência serão a base, pois queremos que nenhuma família fique fora deste momento grandioso na companhia de Nossa Senhora, somos nós Igreja e Maria mãe do Cristo Ressuscitado no encontro Maternal. E para selar o mês, no dia 30 de maio numa segunda-feira acontecerá em todas as comunidades a coroação de Nossa Senhora e você poderá levar a vela que acompanhou a sua família nos dias de oração, isto é o que sobrou dela, para participar da dinâmica da luz na noite da coroação. Venha você também fazer a experiência de Deus, não fique de fora e não deixe a sua família de fora também. Procure a sua comunidade, adquira a sua vela e convide seu vizinho e amigos para se juntarem a nós. Participem e verão como é belo o experimento de Deus nos encontros com Maria nossa Mãe. João Bosco, Fátima e Marcos Itou Coordenação da Dinâmica

Caminhada da Ressurreição Na manhã do domingo de Páscoa muitas famílias se reuniram aos pés da imagem do Cristo para caminharem anunciando a ressurreição de nosso Mestre e Senhor. Com a motivação feita pelas crianças da Catequese Familiar, percorremos as ruas de nossa paróquia proclamando em alto e bom tom a boa notícia: Cristo Vive! Por instantes, parecíamos estar em meio à criação de Deus e fazendo parte dela como agente transformador, que estende sua mão para proteger as maravilhas da natureza. Através da dinâmica representada pelas crianças, foi possível refletir, mais uma vez,

Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

sobre o tema da Campanha da Fraternidade e constatar que a mudança só depende de nós! Em nome da Coordenação Paroquial de Catequese Familiar quero agradecer a todos, que de forma direta ou indireta, colaboraram para que mais este lindo momento de evangelização acontecesse. Que Cristo Ressuscitado abençoe a todos os catequistas pela dedicação e às famílias pela participação e apoio a seus filhos! Daiane- Catequese Familiar

www.stateresinha.org

Pág. 10


O canto da nossa Paróquia “Cantar é próprio daquele que ama”, nos diz Sto. Agostinho (354 - 430) Após o profundo período de recolhimento quaresmal, estando agora o sepulcro vazio, não há mais como e por que conter a alegria: a Palavra do Senhor se cumpriu, Cristo RESSUSCITOU! Não é vã a nossa fé... Então, unimos nossa voz à voz de tantos irmãos e irmãs, na terra e no céu, e bradamos: “HALLELUI-YAH!” Que este nosso canto, este grito de fé e de esperança, ecoe por todo o Tempo Pascal que se inicia e seja, de fato, expressão fiel da ressurreição. Se traduza em atitudes concretas de vida em plenitude em nossas celebrações e comunidades, e não nos esqueçamos de que o nosso dia-a-dia deve ser uma extensão daquilo que celebramos em nossas Liturgias... Neste mês de Maio, renderemos um louvor especial a Deus, pelo Trabalho e pelas Mães, sobretudo, agradecidos pelo Senhor ter-nos concedido a graça de poder chamar a Sua Mãe de nossa Mãe. Continuemos firmes e afinados na sinfonia da vida, seguindo a regência do Eterno Maestro, Jesus Cristo Ressuscitado! Coordenação Paroquial de Canto Mário Cezar dos Santos

CONVITE ESPECIAL A Catequese Familiar de nossa paróquia convida todas as famílias dos catequizandos para participarem do terço e chá da tarde em homenagem ao Dia das Mães, que se realizará no dia 15 de maio, às 15:00 horas, no Centro Pastoral Santa Teresinha do Menino Jesus. Será um momento muito especial, onde os pais e os filhos poderão preparar um ambiente acolhedor para suas esposas e mães, recebendo-as com todo o carinho que elas merecem. Faremos sorteio de brindes e teremos muitas outras surpresas!! Aguardamos vocês!

Comu l da e a p r to Ex dito - Perpétni an -S

uo S

-

-

ta Rita de C áss ia

o San çãorro ca oc

amília - São Pas da F Pe a r g dr to o Sa

Coordenação Paroquial de Catequese Familiar

Cr

oR ist

ei - Santa Tere si

nh

Paróquia Santa Teresinha Sumaré/SP

Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

Festa em Louvor a Santa Rita de Cássia Tríduo 19/05 Quinta feira 20:00h: Fraternidade e serviço constante aos pobres e oprimidos 20/05 Sexta feira 20:00h: Jesus caminho, verdade e vida 21/05 Sábado - 19:30h: Viver a Espiritualidade e o amor em Cristo Missa em Louvor a Santa Rita de Cássia 22/05 Domingo 07:30h: Presidente da Celebração Pe. Carlos Venha participar, você e sua família... Santa Rita, Santa das causas impossíveis. Rogai por nós... CPC-Conselho Pastoral Comunitário Pároco Pe. Carlos Donizeti

www.stateresinha.org

Pág. 11

a


24 horas de Oração

Escola da Fé 2011 A escola da fé tem sido muito abençoada por Deus, pois vem tendo uma bonita e importante participação com a presença de varias faixas etárias e que demonstra grande interesse pela palavra de Deus. Isso tem se tornado motivo de alegria para a equipe envolvida com a formação, o que também tem exigido uma grande e gratificante preocupação da equipe com a preparação das aulas. Salas de Aulas: - Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, todas as terças feiras, as 20:00 horas. - São Pedro todas as quartas feiras também as 20:00 horas. Se você está pensando em melhorar seu conhecimento bíblico, ainda é tempo, a sala da Comunidade São Pedro ainda tem vaga, mas somente para a sala da comunidade São Pedro. Aguardamos vocês. Paróquia Santa Teresinha - Fone: 3828-2652

Inicio dia 31 de maio às 20:00 horas, encerrando no dia 1º de junho com a missa e novena de Santa Teresinha, no dia 31 de maio (terça-feira) e a madrugada de ( quarta-feira) dia 1º de junho, rezaremos em casa durante 1 hora. Lembrando que no dia 1° a Igreja estará aberta o dia todo, por isso não deixe de participar, traga suas intenções. "Nada é pequeno onde o amor é grande".... Coordenação Grupo de Oração Mãe Peregrina

Agradecimento da Festa da Pizza 2011 Queremos agradecer a Deus pela vida de cada irmão e irmã que contribuiu para a realização da Festa da Pizza. Agradecemos a todos os que compraram; a todos os 101 agentes, que ajudaram na confecção das mesmas, agradecemos a todos os nossos patrocinadores e também àqueles que se doaram de um modo especial! O sucesso só se tornou possível graças à dedicação e a co-responsabilidade de todos. Queremos ressaltar em especial a participação do Pe. Carlos que não mediu esforços para que nossa festa da pizza alcançasse êxito, quer seja conseguindo doações ou até mesmo na sua confecção. Que Deus nosso Pai abençoe a todos os agentes de nossas comunidades e todos aqueles que direta ou indiretamente contribuíram para tal sucesso. O nosso muito obrigado! Que Santa Teresinha interceda junto a Jesus por todas as nossas necessidades. Pois sabemos: Nada é pequeno onde o amor é grande! Cida e João Bosco pela Coord. Festa Pizza A comissão organizadora de festa, seguindo a orientação do CPP - Conselho Pastoral Paroquial; Resolve pela não realização da festa junina, como vinha sendo programada, para priorizar a festa da Padroeira Santa Teresinha que será realizada no mês de setembro. Prezando por garantir o bom padrão de nossas festas que demanda grande empenho de todos os agentes de Pastoral, achamos prudente a não realização da festa junina. Contamos com a compreensão de todos. Fica triste não sô. Aí vem outra boa ideia! Resolvemos então promover uma festa junina de confraternização paroquial, com a participação de todos os paroquianos, com dança de quadrilha e muito mais. Será organizada de forma que todos possam participar e partilhar os seus dons culinários e desfilar seus trajes caipiras, e assim nois teremo a oportunidade de passa uma noite linda, com muita diversão e prosa. Fique atento que em breve todos receberão orientações em sua comunidade.

Comissão de Festa Paróquia Santa Teresinha P at r o c ina do r e s de s te J or n a l

Expediente da Pastoral V o c ê é no ss o ú n ic o p a tr o c ina d o r. Q u e m a in da n ã o é , se ja ta m b é m m a is u m d iz im ista , p a ra q u e p o ssa m o s c o nt inu a r o s p ro je to s d e e va n ge l iz a ç ã o p o r m e io d a c o m u nic a ç ã o.

Pároco - Pe Carlos Donizeti da Silva Coordenação: Luciano Soave - Com. Sagrada Família Membro: Emerson Miranda - Com. Sagrada Família Membro: Luisinho - Com. Sagrada Família Membro: Ricardo Ferreira - Com. Sagrada Família Membro: Rogério Oliveira - Com. Sagrada Familia Membro: Vinícius - Com. Sagrada Família Colaboradora: Ângela Herdeiro - Secretária da Paróquia Contato: F: 3828-2652/ e-mail: comunicacao@stateresinha.org

Informe & Ação - Paróquia Santa Teresinha

P a st o ra l d a C o m u n i c aç ã o

Participe da edição do Informativo, mandando críticas, sugestões ou matérias nos contatos ao lado. www.stateresinha.org

Pág. 12

Maio 2011  

...