Issuu on Google+

Página 24

NOROESTE NOROESTE NOTÍCIAS

- Um novo jeito de fazer jornal

31 de Maio de 2011

MANGA – PROPRIEDADES MEDICINAIS

Foto de mangueira carregada Consulte sempre seu médico. Esta fruta deliciosa, refrescante no verão, tem quase quinhentas variedades. Isso mesmo, quinhentas! Nativa da Índia, trazida de Goa pelos colonizadores portugueses, a manga é altamente nutritiva, rica em fibras, proteínas, sais minerais e vitaminas (A, B, C). Deve-se evitar, porém, o suco da fruta verde, porque contem substâncias abortivas. Nome científico: Mangifera indica Família: Anacardiáceas Nome comum: mangueira, manga Origem: Índia e Burma D e s c r i ç ã o e característica da planta: a mangueira apresenta copa bem enfolhada e pode variar de tamanho em função da variedade, da fertilidade do solo, da idade e do porta-enxerto. Em geral, as plantas não enxertadas podem atingir 40 metros de altura, enquanto que nas culturas comerciais e com plantas enxertadas, as plantas chegam a 7 metros. Para impedir o crescimento

excessivo da copa, são feitas podas controladas de formação e de produção. Plantas de menor porte facilitam o trabalho para controle de pragas e de doenças e na operação de colheitas. As folhas são grossas, coriáceas, inteiras, lanceoladas, verde-escuras na parte superior, a nervura principal e as secundárias são salientes e a coloração amarelo-esverdeada. Na extremidade dos ramos, forma-se uma inflorescência denominada panícula. Normalmente, a planta floresce e frutifica uma vez por ano, mas, com a adoção de técnicas especiais, como poda e aplicação de hormônios de crescimento ou a combinação de estresse hídrico por 30 a 70 dias e com a aplicação foliar de nitrato de potássio ou cálcio, consegue-se provocar o florescimento e frutificação mais de uma vez ao ano e na época desejada. No Brasil, essas técnicas são usadas com sucesso, principalmente, no Vale do São Francisco, nos estados de Pernambuco, Bahia e Minas Gerais. As primeiras flores a se abrir nas panículas são hermafroditas (30%), elas têm os dois sexos juntos, e depois vêm as masculinas (70%). Numa única panícula, formamse de 400 a 17.000 flores, mas somente algumas delas

resultam em frutos e atingem a fase de colheita. Em geral, duas doenças causadas por fungo, o oídio e a antracnose, podem destruir totalmente as flores. A mangueira se desenvolve e frutifica bem em clima quente e não tolera geada. A propagação é feita através de enxertia de uma variedade desejada em um porta-enxerto de outra variedade de mangueira. Plantas enxertadas são recomendadas porque nos pomares, a época de frutificação, o tamanho e a cor dos frutos ficam uniformes. Em plantas enxertadas, a frutificação pode ocorrer a partir do segundo ano e, comercialmente, no terceiro ou no quarto ano. O fruto tem uma casca externa e, logo abaixo, a polpa que pode ser fibrosa (“fiapos”) ou com pouca fibra e um caroço (semente) grande ou pequeno conforme a variedade. Externamente, a cor do fruto pode ser vermelha, roxa, amarela ou verde, em várias tonalidades relacionadas às variedades, assim com o seu tamanho. As comerciais mais conhecidas e exportadas têm as seguintes características: Haden, casca amareloavermelhada, peso médio 480 gramas; Tommy atkins, vermelho-amarelada, peso médio 580 gramas e Keitt, amarelo-esverdeada, peso médio 600 gramas.

P r o d u ç ã o e produtividade: o Brasil é um grande produtor de manga e está entre os oito maiores produtores mundiais dessa fruta, junto com o México, as Filipinas, a Índia, o Paquistão e a África do Sul. Em 2001, o Brasil produziu 540.000 toneladas em 67.000 hectares e exportou 94.000 toneladas, representando 17,4%.da sua produção. A região Nordeste é a principal produtora com 53% do total. A produtividade média no Nordeste é estimada em 20 toneladas por hectare, mas em áreas onde adotam técnicas mais avançadas chegam produzir 40 toneladas por hectare. Para o estado de São Paulo, a média é estimada em 9 a 10 toneladas por hectare. Utilidade: a fruta é consumida principalmente ao natural, como fruta fresca, mas é processada também em pedaços em caldas, sucos, néctar, geléias e sorvetes. Partes utilizadas: Casca dos ramos, folha, fruto.

Propriedades medicinais da manga A manga - fruto da mangueira, árvore frondosa da família das Anacardiáceas originária do Sul da Ásia, hoje cultivada em toda os países tropicais e subtropicais- apresenta uma polpa carnosa, algumas vezes fibrosa, amarela em diversos tons, rica em terebintina, um óleo-resina, e de agradável paladar ao natural ou sob forma de compotas, marmeladas, geléias e refrescos. As mais conhecidas variedades, que apresentam diferenças no tamanho, na forma , no colorido e no sabor, são as seguintes: Manga-espada, alongada e achatada dos lados. Permanece verdolenga mesmo após a maturação. Manga-rosa, arredonda e lindo colorido amarelo, matizado de rosa. Tamanho variável segundo a região

produtora. Manga-bourbon, mais ou menos esférica e verdeamarelada. Manga-família, mais ou menos esférica e verdeamarelada. Manga-favo-de-mel, alonga e intensa coloração amarela; muito doce. Manga-carlotina, pequena e arredondada. Amarelo-esverdeada, com pintinhas escuras, alto teor de vitaminas C. Manga-coração-deboi, como o nome indica, apresenta-se sob a forma de um coração. A manga é uma fruta saborosa e nutritiva, hoje nativa em certas regiões do Brasil. Ajuda a tratar de: anemias, bronquites (asmáticas e catarrais), desnutrição, escaras, escorbuto, feridas (incluindo as bucais), gengivites, tosses, úlceras varicosas.

Utilidades Medicinais Anemia - A manga pode ser incluída na dieta dos anêmicos, junto com alimentos que contenham ferro. Asma - Chá das folhas tenras da mangueira. Tomar morno, com mel. Diarréia - Tomar o chá dos ramos tenros. Digestão, distúrbios da Fazer uma ou mais refeições só de manga. Dispepsia - Ver digestão, distúrbios da. Diurese - Comer mangas ou tomar o suco. Respiratórias, doenças das vias - Xarope de manga: cozinhar o suco natural de manga com mel, até ficar reduzido à metade. Tomar uma colher de sopa de hora em hora. Sarna - Cataplasma com a goma-resina que se extrai do tronco. Verminoses - Preparar um decocto dos brotos dos ramos e da amêndoa das sementes, bem triturados, e tomar, em jejum, na dose de uma xícara de chá, juntamente com suco de limão.

NOROESTE NOROESTE

NOROESTE nos

31 de Maio de 2011 CIRCULAÇÃO:

NOTÍCIAS

Itaocara, Aperibé, Pádua, Cambuci, São Sebastião do Alto, Macuco, São Fidélis, Cordeiro, Miracema, Itaperuna, Laje do Muriaé, São José de Ubá, Porciúncula e Natividade

A 7 1

Ano XVII

- Um novo jeito de fazer jornal

NOTÍCIAS

Nº 169

31 de Maio de 2011

R$ 0,50

Alcione questiona e Consórcio UHE Itaocara esclarece a questão do ICMS Itaocara-RJ - Depois de uma onda de boatos envolvendo a questão de quem receberia o ICMS a ser gerado pela Usina Hidrelétrica denominada Itaocara I, que será construída entre Itaocara-Aperibé, no trecho médio-baixo Rio Paraíba do Sul, o Consórcio UHE Itaocara se fez representar a Prefeitura de Itaocara, no dia 12/05/11, através da firma “Martineli Advocacia Empresarial”, através dos doutores Rodrigo Sampaio Ribeiro de Oliveira e Sônia Ferreira Soares, para por fim as insistentes especulações sobre a repartição de receitas tributárias entre municípios em razão da arrecadação do ICMS pelo Estado do Rio de Janeiro, segundo a qual

“todo ICMS seria creditado ao município de Aperibé”. Segundo os palestrantes já citados, autoridades no assunto, “O ICMS será dividido em partes iguais entre Itaocara e Aperibé”. Além das questões do ICMS e do Royalty, estes já resolvidos, o Prefeito Alcione Araújo está ainda preocupado com os impactos sociais e ambientais que deverão ocorrer em suas maiorias em Itaocara, já que quase toda movimentação do empreendimento será na margem direita do Rio Paraíba do Sul, quer dizer em terras itaocarenses, e isso se traduzirá no comércio, na educação, na segurança, no transporte, na saúde, no esporte e até no lazer, em

face da maior estrutura que Itaocara oferece e da facilidade ao acesso ao canteiro de obras. Daí os contatos constantes que o Prefeito Alcione Araújo, e sua equipe, vêm mantendo com o empreendedor para que este possa mitigar ao máximo esses impactos. Outras reivindicações do Prefeito Alcione ficam por conta da justa e rápida indenização aos proprietários das terras atingidas, o aproveitamento das terras ao entorno da barragem, a segurança para Batatal e Itaocara e a criação de uma área para desenvolvimento turístico no local. Para quem não sabe, a barragem terá um lago com mais de 60 Km2 e atingirá uma profundidade de até 35 metros.

Prefeito Alcione

Acaba a “Lua de Mel” Cambuci vive ondas de protestos Presidente Michel revoluciona o Poder Legislativo entre o prefeito e parte Cambuci-RJ- Cansados Demonstrando imensa do povo de Aperibé de reivindicar melhorias para competência, excelente Como se diz, “tudo é bom enquanto dura” e pelo que se escuta pelas ruas da cidade de Aperibé, principalmente nas periferias, a “lua de mel” entre o povo e o prefeito está chegando ao fim. Muita gente á está sentindo falta, como se diz, do “governo popular” do prefeito Foguetinho que, apesar de muita crítica de alguns setores elitizados da população, realizou uma administração progressista e divulgou Aperibé para todos os recantos do país através do futebol, sem falar em obras como a Casa da Cultura e a praça que a circunda, a ponte construída na estrada AperibéFunil, calçamento do bairro Fagundes, a esmerada limpeza pública, a Quadra de Esportes, o calçamento de ruas da cidade, a construção de galerias de escoamento de águas pluviais, a conservação das estradas rurais, a recuperação do Hospital, a construção do Parque das Exposições, e tantas outras obras e serviços que beneficiavam o povo aperibeense, principalmente aos mais humildes e carentes. É bem verdade, porém, que o Dr. Flávio tem feito boas obras no município... O grande desgaste político

Prefeito de Aperibé, Dr. Flávio do ilustre e integro Prefeito de Aperibé, o Dr. Flavio, como apurou a nossa reportagem, fica por conta da ausência de Aperibé no campeonato estadual, da administração do Hospital, do esvaziamento do centro da cidade a ser provocado pela mudança da Prefeitura para o Parque das Exposições, em local distante e de difícil acesso para a população mais carente e do alto valor da contribuição de iluminação pública. Estas são as principais causas, dentre outras, que estão acabando com a citada “lua de mel”, isto em falar na debandada geral que começa a acontecer dentro do seu grupo de sustentação política, inclusive dentro do que o apoiou em sua eleição, fato já em evidência na cidade.

a cidade e para os distritos, sem que os ecos dos seus gritos cheguem às frias salas da Prefeitura, o povo resolveu criar o movimento “Cambuci em Ação” e este adotou a boneca “Maria do Socorro” como forma de protesto contra alguns políticos locais. Ela, foto do jornal “Folha da Cidade”, acompanha os integrantes do “movimento” em suas manifestações, como aconteceu recentemente durante uma reunião da Câmara de Vereadores, ocasião que os estudantes exigiam a regularização do transporte escolar. O poder público de Cambuci vem sendo acusado de deixar o município totalmente abandonado e órfão de obras. Nossa reportagem esteve no distrito de Funil e pode observar o abandono em que se encontra a sede do distrito, com ruas sujas e esburacadas, bem como suas estradas rurais, como a que liga Funil a Goiabal, sem condição de tráfego. Isto sem falar na estrada Funil- Três Irmãos- Cambuci que está em lastimável estado de conservação sabendo-se, porém que a mesma é “estadual”, mas que poderia ser bem conservada caso a Prefeitura se empenhasse junto ao governo estadual para tal fato. Campeão de crescimento negativo, Cambuci hoje só vive de saudade do passado, quando tinha comércio forte, indústria e prestação de

A boneca Maria do Socorro Musa do Povo de Cambuci serviços e boa administração pública. Para ilustrar bem a situação em que Cambuci vive mergulhado, basta citar uma frase dita a nossa reportagem por um morador da cidade, JPS, que não quis se identifica:- “É uma lástima que um município com o potencial de Cambuci para se desenvolver, viva nessa agonia mortal e pior, sendo notícia depreciativa constante na mídia. Se alguém der um tiro de canhão em suas ruas não acertará ninguém, de tão vazias que estão, prova inconteste de seu esvaziamento econômico”. Quem quiser participar das reuniões do movimento “Cambuci em Ação” e conhecer as “idéias” De sua musa inspiradora, a boneca “Maria do Socorro” é só comparecer a toda terceira quinta-feira do mês, às 19:30 horas, na quadra do “Tamos Aí”.

senso de administração, visão de futuro e, principalmente, a consciência de sua responsabilidade como parceiro independente do Poder Executivo na busca do progresso de Itaocara para propiciar melhor condição de vida para o povo. Michel (foto) aderiu à modernidade e já está disponibilizando na internet todas as informações da Câmara, além de haver introduzido o sistema de Protocolo Digital. A celeridade no andamento dos processos, a cordialidade no trato com o povo, vereadores e servidores é também sua

marca registrada. Sua sensibilidade é tamanha que até introduziu na Cãmara o “Vale Refeição”, um programa de grande valia para aqueles que trabalham no Poder Legislativo. Agora, uma grande inovação e que está repercutindo muito e positivamente junto ao povo, que é o programa da Câmara que vai ao ar pela Rádio Embalo FM.

Lauro Fabri conquista o povo de Varre e Sai Varre e Sai-RJ – Nossa reportagem esteve em Varre e Sai na última terça-feira, 24/05/11, para fazer uma matéria especial sobre o município que é destaque nacional na produção de vinho de uva e também para esclarecer a topomínia do município, que é fato de curiosidade nacional. Isto feito. Fomos surpreendidos por grande número de

pessoas descontes com os atuais rumos político-administrativos que Varre e Sai vem tomando e citam Antônio Said como exemplo de administrador. Ao mesmo tempo, disseram da expectativa de que Lauro Fabri, sobrinho do ex-prefeito Antônio Said, e seu sucessor político, venha a ser candidato e, com isso dar novo rumo aos destinos de Varre e Sai


Página 22

NOROESTE NOROESTE NOTÍCIAS

- Um novo jeito de fazer jornal

31 de Maio de 2011

NOROESTE NOROESTE

31 de Maio de 2011

NOTÍCIAS

Cidade

Literatura

Prefeito Alcione Araújo dá banho de obras em Itaocara po de Semente, onde Quem não passa pelo que circunda será construído o Bairro Caxias deveria passar prédio para abrigar para ver a reuma escola profiscapeasionalizante. mento Mas nem só de das ruas trabalho e obras transvive uma cidade versais à e o seu povo, eis Avenida que o lazer e a Cônegos cultura também Ananias e são essenciais desta tame a municibém, fato palidade tem que é uma cuidado de antiga reioferecer isso vindicação ao povo, dos moradoo d n u g e res do local, prou através da ais... S caba m is anos, já com os a competênhoje um dos o ã n ina que raújo, em do outros govern u q cia do prebairros mais á m É lcione A culos que em A , s e feito e do progressistas õ formaç quinas e veí in á seu Secretário de Cultura da cidade de mais m a R o d o - e Turismo, o consagrado Itaocara. Mas viária, a Magno Henrique Resende: o Teatro isso é apenas o Municipal Kiud, a Escola de começo: a AveMúsica, a Músinida Pastor José ca na Henrique da PraMata, do lado ça, a direito do VaCalçalão de Caxias, da das bem como as Artes, ruas que para o Carela convernaval, gem, tamo Fobém serão gueirão recapeadas e agora, em ato fato ocorcontinuo. rido em 29 A l é m de agosto, disso, a a palestra Rua São Alcione inicial para José, a P r e sidente Araújo, Prefe a realização m a i s ito da fund do filme “Pamoviação D de Itaocara a ER, ina o lado d tápio Silva- O mentada ugura o o n o v Filme” , uma da cidade, está sendo toa RJ-11 6 realização talmente preparada para Martins, de Alexanganhar um asfalto de altís- com prosseguimento até dre Palma, sima qualidade, isto para ao Camda Faculsuportar o grande fluxo dade de de veículos Educação que por ela da UFRJ, passam diaJ ú l i o riamente. Ela Hungria, é, guardadas as jornalisdevidas proporta e amções, a “Avenida bientaBrasil” de Itaolista e cara . Também Pre, segundo fontes feitubem informadas, ra de o governo Alcione Itaoestará asfaltando cara, a Rua Nilo Peçaque nha em Laranjais, a a r u lt u vai Sebastião da Penha gric ado a a lh e r p r o j e t a r o Rangel, a Avenida a p A Município de Itaocara no Presidente Sodré, a

Página 03

- Um novo jeito de fazer jornal

E tome mais máquinas... cenário nacional e internacional. Também é de se destacar a transformação do Posto da CEDERJ em

numa concorrida solenidade acontecida na Praça Cel. Guimarães, ocasião em que o Prefeito Alcione

Máquinas

Reflexões Heterogênias... Enlouquecer é preciso No contato rotineiro da vida, certas ocasiões geram inúmeras indagações sobre a informalidade do convívio individual. De fato, questionar e tentar a busca de novas hipóteses para o que se diferencia é altamente arriscado e também excitante. O contorno labial sofre alterações informativas, indicando aceitação ou controvérsia. A temperatura corporal aumenta assim como as batidas do coração. O castanho desses olhos sedutores propicia uma verdadeira tempestade ideária no jogo de palavras. Não obstante ainda, a comunicação teima em responder o que é humanamente impossível. O silêncio grita para que a voz apareça sem receios. E ela, trazendo sons roucos e contidos, surge na tentativa de acalmar eloqüentes expectadores. Em cada ruído, a simbolização remete ao imaginário e almeja alguma coerência. A temporalidade se reflete e vai de encontro a cada expressão externalizada no pequeno cubículo. Como se fosse possível, a espontaneidade consegue

Pólo, fato de vital importância para a evolução da Educação em Itaocara. Nota da Redação: O novo asfalto da Rua São José foi inaugurado no dia 29 de setembro de 2010,

Araújo pediu ao presidente do DER, a reconstrução da Estrada Itaocara- Cambuci, recebendo em troca a informação que tal rodovia já está nos planos para ser asfaltada em breve.

intimidar a introspecção e deixá-la confusa perante aos significados emergidos. Diante da internalidade, os rastros deixados na calçada e o perfume exalante misturando-se com o aroma noturno estão criando inquietude e indecisão. A água límpida que cai sobre a pele morena molha e desajusta ainda mais a expressão facial indefinida. O paradoxo vem inevitavelmente, causando dor e tristeza, mas não descarta possibilidades. Frente às escolhas, as mãos se entrelaçam, assim como as pernas se cruzam como uma forma de se defender do perigo, entretanto, o brilho que presenteia o conjunto harmônico que compõe a juventude quer arriscar, mesmo sabendo da existência de sombras impiedosas e invasivas. Acompanhar cada madrugada e despertar com o barulho de vivos também tem magia. E porque não se embriagar com esse tempero especial durante esses anos que ainda restam, sem medo de ser feliz?

Angústia da introspecção É necessário que confissões sejam feitas. Enquanto se acredita em determinado potencial, existem variáveis demonstrando o contrário. O frio tocando o corpo arrepiado e frágil vem de encontro à tristeza incontrolável. Durante a linguagem, a construção diária parece desmoronar em poucos segundos. A sensibilidade está aflorada e os olhos estão perdidos. A vontade de saciar a dor com o silêncio total é infinita. Nessas notas musicais que compõem a melodia sentimental, a subjetividade está tentando encontrar um sentido para o que aconteceu. De repente, o vigor se esconde, a alegria dá espaço ao desespero e a mente se desajusta totalmente. Naquela praça em noite chuvosa, as risadas anunciavam o fim de uma calmaria. Nesse estado, nada mais importa, mesmo que amanhã o sol brilhe ou que essas árvores acordem orvalhadas. Encontrar palavras para designar a profundidade de uma cena inesquecível e que marcará o começo ou fim de um novo caminho tem certo grau de dificuldade. Aquelas expressões e vozes estão inundando os pensamen-

Finalmente...

Maquinas, máquinas e Maquinas - Ninguém nunca adquiriu tantas como Alcione....

By Giselle Fallone Marra Mulher... Bicho complicado mesmo!

tos. Outro som é iniciado. Vê-se a criança e a lembrança dos conflitos ressurgirem. A insistência em sobreviver tem permitido que alguém continue a respirar. Perceber próprios erros é fundamental; ser compreendido também. Em outra ocasião, talvez renasça a luminosidade dos encontros ou tudo possa continuar da mesma forma. O medo e a confusão não perdoam. O refúgio é inexistente e os pulmões não executam satisfatoriamente sua função. Enquanto músicas fazem companhia, um filme se repete a todo o momento. A continuação de mais um texto deve ser interrompida, afinal: Que as frases se comportem e a praticidade apareça.

Ouvindo Djavan, certas emoções coincidem com seus olhares. Nesse verão que só faz chover, a água também molha faces por instantes dolorosos. Eis que nas pedras da cachoeira ou no fundo do mar se escondem tesouros preciosos e totalmente protegidos, assim como os seus lábios. Para abri-los, é preciso encontrar apenas uma chave em meio ao turbilhão de tantas. A expressão dos pensamentos por meio da voz suave, misturada à transpiração excessiva e agitação motora está indicando a presença de um sentimento devastador. Seria amor? Desejo? Querer? Impossível a resposta se o toque não acontece. No sábado de flores orvalhadas e o sol escondido, escuta-se dois verbalizando. Qual o intuito de uma escrita tecnicista quando o principal consiste em um aperto de mão? O cheiro de perfume doce conseguiu viajar até aqui. Ao término de um sonho, os cabelos não precisam ficar presos, mas eles insistem em dançar ao vento. A pele está macia e as mãos deslizam facilmente entre as curvas mais visíveis. Entre sorrisos e expectativas, a rua se torna o cenário

para o encanto. As frutas vermelhas do jardim representam a vivacidade presente no corpo doentio. Observando o céu e as nuvens, é possível ver a pureza do infinito. Inclinando-se para as lembranças, sente-se a genuinidade de enamorados. Um misto de envolvimento ardente e quebra de regras invade. É necessário que as palavras cubram o vazio angustiante quando, ao olhar o retrato colorido e causador de tenacidade, recordações teimam em atrapalhar a normalidade de um ser. No fim do mês, a rotina pode sofrer alterações. Em dias que antecedem, planos podem ser feitos, alterados ou excluídos. Felicidade tende a ser resgatada ou expulsada dos pensamentos. Ansiedade controlada ou aumentada. A estação atual estará substituída pelo outono. As árvores perderão suas folhas, outros aromas farão parte dos bosques. Mudanças inevitavelmente acontecem, mas a essência continua. Espera-se que na tarde tão almejada, os sorrisos ainda se comuniquem como antes; que o abraço ainda aqueça e que se uma pétala cair daquela rosa, que seja para marcar um ciclo positivo e de esperança.

Em um dia comum, milhões de pessoas comemoram o dia da Mulher. Na confusão das minhas idéias, penso para o que serve essa data comemorativa. Voltando aos tempos remotos, vê-se o feminino totalmente reduzido. Não ser homem representava inferioridade, submissão, sofrimento e dores psicofísicas. Lá está a pequena cozinhando para seu marido, esperando seu primeiro filho. Descasca a cebola, o alho, o tomate. Coloca na panela e vem aquele aroma que demora sair do corpo. De repente, percebe que seu amado abre a porta, tira o casaco e o coloca no sofá. Deita-se, pega o jornal do dia e logo adormece, enquanto o banquete é preparado. Ela sente algumas pontadas, mas não reclama. Termina seu trabalho e apóia-se na cadeira da cozinha. Convida aquele que está deitado para almoçar. Durante a refeição, não sabem o que dizer. O silêncio está fazendo barulho inconsciente. Ele se levanta, deixa o prato e os talheres usados no canto da pia, acende um cigarro e pega a chave do carro: vai voltar ao trabalho. À tarde, ela se desespera porque sente que seu bebê está pra nascer. Imediatamente, liga para o seu companheiro, que não pode sair do escritório no momento. Então, telefona para a mãe, que tenta chegar o mais rápido possível à casa da filha. Não dá tempo de ir ao hospital e a criança terá que nascer ali mesmo. Sentindo dores terríveis, percebe seu órgão genital se rompendo e gritos assustadores acontecem. Depois de algum tempo, sente que deu à luz. Em meio ao sangue de suas entranhas, eis que um belo menino é apresentado ao mundo. Derramando um pranto com um misto de sensações, ela continua deitada, enquanto a genitora faz o serviço higiênico. Agora, uma nova vida precisa de atenção e carinho. O pai acabara de chegar e fica feliz ao ver que ganhou um filho homem. Dá um beijo na testa de sua mulher e vai se alimentar. Todos os dias, ela lava, passa, cozinha e observa a criança. Como se fosse uma bola de fio, seus pensamentos estão entrelaçados e ela chora tanto. Tem crises histéricas, mas seu marido jamais a compreenderá. Mesmo assim, como aprendeu com a avó, vida de mulher é assim mesmo. Os anos passam e esposo está progredindo nos negócios, enquanto o filho entra na escola e a mãe continua fazendo bordados. Assim, a cada cólica, menstruação e hormônios desesperados, o feminino viu o amanhecer sem perspectivas, vivendo em função do outro e anulando sua própria racionalidade. No século XXI, apenas um progresso acontece: Agora, as mulheres também trabalham fora e ganham dinheiro. Estão cada

vez mais entusiasmadas com os estudos e não se cansam de almejar especializações nas suas devidas áreas. Mesmo assim, insistem em chamar a atenção de suas presas por seus dotes físicos. Uma tatuagem em lugares estratégicos mexe com o imaginário de muitos homens. A minisaia revela coxas turbinadas, produzidas pela academia. O decote da blusa mostra o silicone. O aplique deixa os cabelos longos e sedutores. A maquiagem retira as imperfeições. O clareamento dentário faz a menina ter um sorriso brilhante (literalmente). A importância para o belo é cada vez mais presente no contexto atual. O real conquistado pela brasileira tem endereço certo: compra de vestuários para agradar o sexo oposto, sapatos de diferentes formas, tamanhos e cores, batons, brilhos, base, corretivo, pó, rímel, lápis para os olhos perfumes, bolsas, cintos e se der certo, deixam um pouco do salário na poupança, até completar para realizarem uma drenagem linfática, lipoaspiração, implante de silicone no bumbum ou outra plástica que está fazendo sucesso no momento. Eu me pergunto para que tanta dedicação ao corpo se o cérebro feminino pode se expandir para outros roteiros. Os homens, na maioria dos casos, preferem gastar com objetos importantes, como carros, casas ou algo de valor. O corpo até tem pneuzinhos da cerveja dos fins de semana, mas isso não é problema para os mesmo, que sabem aproveitar cada segundo da vida com uma flexibilidade incrível. Se a mulher conseguiu desviar-se do único papel que exerceu durante toda a sua existência: cuidadora do lar, do marido e mãe, sinto dizer que ela está terrivelmente presa ao culto da beleza. A TV instiga o tempo todo a imagem da perfeição e por incrível que pareça, faz o feminino se sentir fraco diante aos photoshop’s e curvas modificadas por cirurgias caras e sacrificantes. Por mais que os livros sejam interessantes, que o emprego esteja uma maravilha, parece que as veias ultrafinas das pernas estão incomodando muito. “Eis que gastarei 80% do meu salário para tratálas”. No mês seguinte, lembra-se da marca de catapora no bumbum e resolve fazer um preenchimento. Mas tem também aquela verruga na axila que deve ser tirado. Esqueceu também de comprar produtos para tirar o frizz do cabelo e assim sucessivamente. Para mim, isso não significa crescer como MULHER, mas sim, continuar mostrando sua insignificância e a necessidade de ser reconhecida pelo homem como aquela que tem as ancas com boa capacidade para a geração de filhos, aquela que tem a bunda arrebitada e que os excita e finalmente... Aquela que nunca soube acreditar em sim mesmo e seguir um caminho mais tranqüilo por falta de amor próprio. Resumo em poucas palavras minha indignação com tantas: Antes – PRISÃO MATRIMONIAL E DOMICILIAR; Depois – PRISÃO CORPORAL; Futuro – ALGUM OUTRO TIPO DE PRISÃO, COM CERTEZA. Logicamente, meu texto não é cabível para todas, mas se você se encaixa, me perdoe, porque eu também sou mulher.


NOROESTE NOROESTE

Página 12

NOTÍCIAS

- Um novo jeito de fazer jornal

31 de Maio de 2011

NOROESTE NOROESTE

31 de Maio de 2011

NOTÍCIAS

Página 13

- Um novo jeito de fazer jornal

Cidade

A oposição só fala, Alcione faz... Itaocara de Cara Nova Só não vê a transformação que o prefeito Alcione Araújo está realizando no Município de Itaocara quem não quer, quem tem seus interesse particulares, indevidos, prejudicados, ou quem faz oposição apenas por fazer, na tentativa de abocanhar ganhos políticos e essa “cara nova” está bem visível no asfaltamento de diversas ruas na cidade e nos distritos; no esmero na limpeza das vias públicas; na melhoria da iluminação pública; no do consórcio do lixo; na iniciativa para se resolver em definitivo o crucial problema dos esgotos domésticos, industriais e hospitalares que são despejados in natura nos cursos d`água- já em andamento; no cuidado com as estradas rurais; nas políticas referentes à Saúde Pública, de Assistência Social , Agrícola e de Educação. Tudo isso pode ser verificado na prestação variada de serviços; na construção de diversas obras de grande impacto para o Município, tais como o asfaltamento do centro da cidade, a construção do prédio da pré-

Itaocara disciplina trânsito. Agora tem radar na rua... escola de Jaguarembé, a reforma e ampliação do Mercado do Produtor, em Ponto de Pergunta; na reforma ampliação e modernização de Centro de Saúde e no Hospital de Itaocara; no asfalto e Laranjais; na transformação do Posto do CEDERJ em Pólo Cecierj, fato que permitiu trazer diversas faculdades, inclusive a novíssima de Administração Pública, cujo vestibular será em ju-

Alcione asfalta rua de Laranjais Depois de dezenas de anos, o povo de Laranjais passou a ser lembrado pela Prefeitura de Itaocara, primeiro foi com Nicola Nicolau, Washignton Marinho, Carlinhos do Kid e Pedro Nassif, como viceprefeitos que foram, e fizeram muito por Laranjais. Recentemente, o ex-prefeito Manoel Faria conseguiu o asfalto de Laranjais a Cantagalo e a construção da moderna Quadra de Es-

Prefeitura de Itaocara cria a “Casa da Cultura” em Batatal

portes, e agora Alcione Araújo asfaltou a Rua Nilo Peçanha, uma velha reivindicação do povo. Outras obras estão previstas para breve, segundo fontes da Secretaria de Obras.

lho vindouro e para o qual se oferecerá 50 vagas; na construção de diversas pontes; na construção da Casa da Cultura em Batatal; na aquisição de terras confrontantes com o cemitério da cidade para ampliação e construção de sua capela mortuária; na aquisição da nova sede da Prefeitura e ua reforma (antigo fórum); no Projeto “Arte na Praça”; no Projeto “Música na Praça”; na criação da Escola de

Música e Teatro Municipal; na aquisição de máquinas pesadas, leves e veículos diversos, na cassação dos vergonhosos táxis fantasmas; Agora, enfrentando, um dos mais cruciais problemas da cidade, o governo Alcione Araújo está municipalizando o trânsito e já se inicia uma nova ordem com a sinalização da Rua São José (foto), no centro da cidade. Só não vê quem não quer...

Prefeitura de Itaocara decreta: pobre não pagará Contribuição de Iluminação Pública Ao contrário do que está ocorrendo em outros municípios, o prefeito Alcione Araújo, reconhecendo as dificuldades pelas quais passam os mais carentes resolveu, com o aval da Câmara Municipal, isentar de pagamento da Contribuição de

Iluminação Pública todo aquele consumidor cuja conta não ultrapasse 100 kw. É o que consta do Dec reto nº. 990/10. Para quem não sabe, a Contribuição de Iluminação Pública tem por objetivo manter a iluminação de vias públicas.

O prefeito Alcione (D) e sua esposa, Leila Martins de Araújo - Secretária de Ação Social

Prefeitura de Itaocara reforma escolas rurais Ao contrário do que parte da mídia vem informando, a prefeitura de Itaocara já reformou, na administração Alcione Araújo, diversas escolas rurais, como, exemplificando, que inclusive receberam ar condicionado e computador. É a modernidade que chega às escolas rurais e garante conforto e melhores condições de aprendizado aos alunos. Algumas escolas, porém, dizem fontes palacianas, “deverão ser fechadas em face do ínfimo contin-

gente de alunos”. Segundo tais fontes, o fechamento dessas unidades escolares se faz necessário em se analisando o fator custo x benefício, eis que não se justifica manter uma estrutura escolar para atender 3 ou 5 alunos, principalmente quando se pode transferir essa clientela para outra escola próxima sem nenhuma perda para alunos e corpo docente e administrativo, eis que a prefeitura dispõe de veículos para transportar o pessoal.

Muito mais já foi feito e mais ainda será, incluindo Portela e Estrada Nova também....

Aproveitando-se das facilidades de verbas concedidas pelo estado para transformação de antigas estações de trens da Estrada de Ferro Leopoldina em Casas de Cultura, o prefeito Alcione Araújo está acabando de reformar e modernizar a Estação de Batatal para tal finalidade. Segundo o Secretário de Cultura e Turismo, Henrique Resende, “tal iniciativa virá preencher uma lacuna no setor da cultura itaocarense, esta tão rica em história e produção artística e quem vem a somar-se a Escola de Música e ao Teatro Municipal, estes criados no governo do prefeito Alcione Araújo”. Ainda em referência à Cultura, lembra Henrique Resende, que “a Secretaria de Cultura e Turismo tem recebido todo apoio do prefeito Alcione Araújo, e assim

Casa da Cultura- Batatal foi criado o espaço permanente denominado “Calçadas das Artes”, na Rua Frei Tomás, ao lado do Recanto da Saudade, onde se expõe trabalhos

de artistas itaocarenses e da região, com grande sucesso, bem como se realiza o Projeto “Música na Praça”, que acontece sempre às sextas-feiras,

na Praça dos Quiosques, e se projeta agora a construção de uma Academia de Ginástica, ao ar livre, na mesma rua, à margem do Rio Paraíba do Sul”.

Prefeitura de Itaocara vai ampliar Prefeitura reforma Hospital de Itaocara o cemitério da cidade e construir Todo mundo sabe que depois da desapropriação feita, uma moderna capela mortuária em 2005, pelo prefeito MaSensível aos problemas de superlotação e ausência de capela mortuária no cemitério de Itaocara, o prefeito Alcione Araújo, depois de adquirir através de escritura pública o terreno contiguo ao cemitério, localizado a direita deste, de propriedade do Espólio de Arthur José Dias, com área de 4.379, 14 m2, conforme autorização legislativa transformada na Lei nº. 830/09, de 11 de dezembro de 2009, para expansão do já saturado “campo santo”, o prefeito determinou a construção de obras no local, inclusive cuidando de tomar medidas de proteção ambiental. Agora o

município acaba de adquirir também o imóvel localizado a esquerda, em sua divisa, de propriedade do Sr, Fernando “Carangueijo” e outros, isto através de desapropriação amigável, conforme o decreto editado pela municipalidade, sendo que nesta área será construída, além de nova expansão, uma moderna e funcional Capela Mortuária, fachada abaixo, com todo esmero para oferecer conforto para quem ali comparecer para velar seus entes queridos. Com isso, o prefeito Alcione Araújo atende a uma justa reivindicação da população Itaocarense

noel Faria, o hospital de Ita ocara passou a ser referência regional por sua excelência no atendimento. Agora, complementando esse grande trabalho, o Prefeito Alcione Araujo está reformando o prédio e equipando o Hospital com modernas aparelhagens. Tudo isso para propiciar melhor e mais digno atendimento ao povo. Todo mundo deve se lembrar da penúria com que vivia o citado hospital antes da desapropriação: sem remédio, sem material para Raio X e até se cobrando consultas. Hoje, tudo mudou para melhor... Ma só dá valor ao Sistema Municipal de Saúde de Itaocara quem viaja e tem a infelicidade de precisar de atendimento público em outra cidade ou quem assiste TV e vê o caos das filas, da falta de leitos, dos atendimen-

Foto Hospital Reformado tos em calçadas e corredores e das mortes causadas pela falta de atendimento. Quem duvidar das reformas compra de equi-

pamentos e do atendimento médico, é só fazer uma visita ao Hospital de Itaocara nesses “novos tempos”...


Jornal Noroeste