Issuu on Google+

Sphinx®: software para coleta e análise de dados acadêmicos e gerenciais. Tecnologia e informação para a decisão!

®

Copyright Sphinx Todos direitos reservados

Cartografia: uso de mapas geográficos no Sphinx® Última alteração em 90324

Esta funcionalidade está presente somente nas versões a partir da versão 5 do sistema Sphinx® e permite o uso de mapas geográficos para representação dos resultados, proporcionando novas possibilidades ao pesquisador/analista na confecção/visualização de relatórios. Os mapas, para serem reconhecidos pelo Sphinx®, devem estar no formato SHAPE (*.shp, *.shx), caso contrário não serão reconhecidos. Basicamente, a representação de um mapa pelo Sphinx se dá através de uma variável, aqui chamada de „Identificador‟. Através desta variável, o sistema consegue realizar a correspondência de cada ponto do gráfico com as respostas mantidas na base de dados do Sphinx. Para exemplificar, tomaremos uma hipotética pesquisa feita nas diferentes regiões do país, onde há 4 perguntas somente: - Gênero do respondente (Masculino; Feminino) – Fechada única; - Região do respondente (Norte; Nordeste; Centro-Oeste; Sudeste; Sul) - Fechada única; - Em quem votaria para Presidente da República (A; B; C; D) – Fechada única. - Idade do respondente – Aberta numérica

ATENÇÃO: As categorias da variável região são as responsáveis pelo alinhamento com o mapa geográfico. Esta variável será o Identificador. A funcionalidade de exibir resultados em um mapa pode ser acessada através das Visões, estando no estágio „Tratamentos e análises‟, opção „Visões‟.


Inicie normalmente a criação de sua visão (menu visão, nova visão), com gráficos e tabelas.

Antes da inserção do mapa geográfico, algumas dicas: 1) Copie os arquivos que compõe o mapa (*.shp, *.shx, *.dbf, *.txt) em uma pasta, juntamente com os arquivos da pesquisa; 2) Não altere o nome dos arquivos do mapa; 3) Não altere o conteúdo dos arquivos. Quanto aos arquivos que compõe o mapa, além do formato SHAPE (SHP), há arquivos com as extensões DBF, SHX e TXT. Todos estes arquivos são fundamentais para o funcionamento correto do recurso de cartografia no sistema Sphinx.

No sistema, para inserir o mapa desejado, acesse o menu „Inserir‟, opção „Mapa geográfico‟.


O sistema irá propor, automaticamente, um dos mapas que ele possui em seu banco de dados. Para indicar um mapa diferente, marque a opção „Mapa personalizado‟.

Ao escolher a opção de mapas personalizados, indique o arquivo onde está localizado o mesmo através do botão „...‟.

Depois de escolher o mapa, confirme a inserção através do botão „Abrir‟. Em seguida será necessário identificar qual será o identificador (no exemplo aqui ilustrado, será a variável Região).

Ao confirmar as alterações, o mapa será apresentado na visão, contendo as características pré-definidas.


* Como funciona o mecanismo: O reconhecimento dos mapas no Sphinx se dá através do arquivo TXT que está no diretório juntamente com o mapa. Neste, há uma espécie de mapa que faz a ponte entre as categorias do Sphinx e as posições corretas no mapa. Tomemos como exemplo a base de dados acima com as diferentes regiões do Brasil. No diretório onde se encontram os arquivos do mapa, existe um arquivo com extensão TXT, no qual as regiões possuem o mesmo símbolo da variável identificadora na base de dados.

Da mesma forma, em outros mapas, haverá este arquivo que permitirá fazer a correta codificação da variável no Sphinx e alinhar com o mapa.


DEMAIS OPÇÕES: - Mudar a cor de apresentação: Para mudar a cor, ao acessar as propriedades do mapa, clique com o botão direito – „Propriedades‟, „Parâmetros‟, e escolha dentre as cores propostas pré-definidas.

Também é possível definir cores personalizadas. Para isto, estando nas propriedades do mapa, acessar o botão „Avançado‟ e, na área de Cores, ativar a opção „Cores personalizadas‟. Clique em „Novo‟ e defina o número de cores que serão apresentadas, e quais serão elas.

Após a definição das cores, esta opção estará disponível para seleção, no menu padrão.


- Mudar a posição da legenda: Estando nas propriedades, selecione a posição que deverá ser posicionada a legenda.

- Apresentação de percentual: Basta marcar a opção „Percentual‟ (Pourcentage).


- Personalizar a distribuição das classes (intervalos): Para modificar o número de classes a serem apresentados, basta acessar o botão „Avançado‟ e, no que se refere ao Cálculo, modificar a opção „Limites das classes‟. Ao marcar esta opção será também necessário definir as classes a serem calculadas.

- Uso combinado: estrato + freqüência Para comparar gráficos, é interessante o uso de estratos conjuntamente com o mapa. Assim é possível comparar diferentes critérios em cima de um mesmo mapa. Funcionalidade que fica facilitada com o uso da Visualização condicionada a um perfil. Para tal, defina o mapa com percentuais e com as demais configurações desejadas. Copie e cole o mapa de maneira que fique duplicado. Em ambos, deixe a mesma configuração.


Para comparar duas categorias de uma variável ou dois perfis de respondentes (no exemplo, o desempenho de dois candidatos), siga os passos abaixo: - no primeiro mapa, com o botão direito, nas „Propriedades‟, guia „Cálculo‟, marque a opção „Limitar ao perfil‟ e escolha um candidato. - repita o procedimento no outro mapa e escolha outro candidato. Desta forma os resultados poderão ser comparados no mapa.

- Ilustrando o mapa com outra variável Também é possível verificar a posição de diferentes regiões do mapa com relação a uma outra variável (por exemplo, verificar a idade média dos eleitores entrevistados em cada das regiões). Neste caso, deve-se utilizar a opção Outros cálculos (Autres calculs...) do campo „Cálculo‟. Na janela exibida, defina o cálculo a ser realizado e clique em “OK”. Atenção: Não utilize diretamente as opções „Soma‟ e „Média‟ apresentadas pelo sistema. Estas duas opções servem apenas para validação do cálculo efetuado. A definição do cálculo é realizada por meio da seguinte operação: “nome da variável.medida” (no caso, Idade.média) ou “número da variável.medida” (no caso, V3.média).


Apรณs definir o cรกlculo, este serรก apresentado.


SPHINX CARTOGRAFIA