Page 1

Caro leitor...

Palavra do mês...

E mais do que um leitor, um irmão(ã) em Cristo. Talvez você nem saiba do que se trata esse papel que tem em mãos, mas afirmamos: é um sonho que aos poucos está se realizando e, com a graça de Deus, se tornará uma grande realidade. É também a mais nova forma que a nossa Paróquia São Pedro e São Paulo encontrou para comunicar-se com cada um de nós. O Boletim Pedro e Paulo surgiu a partir do desejo da Pastoral da Comunicação - PASCOM – em informar o que acontece na nossa igreja, quais as atividades têm sido realizadas, além de proporcionar um material de formação e espiritualidade para você, nosso leitor. Pela graça divina, podemos afirmar, que o nosso boletim tem a sua primeira edição em um mês de bênçãos, um mês Eucarístico e Mariano, sobre a graça de Pentecostes. A distribuição acontece ainda em uma data especial: no dia das mães. Nesse exemplar você vai encontrar a Palavra do Mês, que é a reflexão do nosso padre Carlos Eduardo sobre o mês de maio, mês dedicado à Maria, em que ele reza também por nossas mães. E que maravilha podermos conhecer e expressar o amor à Eucaristia lendo os artigos sobre o dia de Corpus Christi e o nosso Cerco de Jericó. Desejamos a você uma boa leitura, dessas poucas e simples páginas. Pedimos que guarde com carinho esse exemplar, e juntos façamos uma grande oração, para que na graça de Deus, essa mais nova forma de evangelização cresça e dê frutos.

No Magnificat, dos lábios de Maria saíram como que uma profecia que ultrapassara os tempos: “por isso, desde agora, todas as gerações me proclamarão bem-aventurada” (Lc 1, 48). Desde então, a piedade cristã, sempre devotou em todos os séculos, um lugar especial a Virgem Maria, que nos foi dada como mãe aos pés da cruz quando seu filho entregava-se pelos nossos pecados: “Mulher, eis ai teu filho. Depois disse ao discípulo: ‘filho eis ai tua mãe’ ” (Jo 19, 26-27). A partir do século XIII, na Itália, onde se celebra a primavera em maio, mês das flores, surgiu a devoção de dedicar esse mês a Maria, pois ela é a flor mais bela que Deus criou, foi concebida sem pecado original, e nenhum espinho de maldade tomou conta de sua vida e coração. No transcorrer deste mês, queremos levar Maria para nossas casas e fazermos o esforço para rezar o terço em família. Em nossas comunidades reforçaremos nossas práticas e devoções marianas, que culminarão com a coroação de nossa Senhora. Não nos esqueçamos de buscar também imitar as virtudes de Maria. Seria interessante olhar para Maria nos evangelhos e buscar aprender de seu silêncio, caridade, fé e esperança. Neste mês também celebramos o dia das mães. Sejamos gratos as nossas mães, rezemos pelas que ainda estão nesta terra e pelas que já partiram deste mundo. Que nossa Senhora abençoe a todas as mães.

PASCOM São Pedro e São Paulo

Padre Carlos Eduardo Acesse o nosso site, e leia a mensagem na íntegra


As muralhas cairão

Corpus Christi

E

m constante oração é que a nossa paróquia vai realizar nesse mês de maio, o primeiro Cerco de Jericó, com o tema: “senta-te à minha direita, até que eu ponha teus inimigos como escabelo de teus pés” (Sl 110,1), clamando pela queda das “muralhas”. O “Cerco de Jericó” consiste de sete dias e seis noites ininterruptas de adoração ao Santíssimo Sacramento exposto, e na oração do Santo Rosário. Na nossa paróquia será realizado durante os dias 13 a 19, das 10 ás 22 horas. Em 1979, o Papa João Paulo II devia ir à Polônia, mas as autoridades locais não aprovaram o seu visto de entrada no país. Um ano antes, Nossa Senhora apareceu para uma alma privilegiado da Polônia, e através de uma mensagem disse que em preparação e intercessão para a vinda do Santo Padre, deveria ser rezado por sete dias e seis noites o Rosário, diante de Jesus Eucaristico exposto. E o milagre veio, o papa conseguiu viajar. Na Bíblia podemos encontrar aquilo que poderíamos chamar do primeiro Cerco. No Antigo Testamento, depois da morte de Moisés, Josué foi escolhido para conduzir o povo para a Terra Prometida, porém, a cidade de Jericó era cercada por fortes muralhas. Mas um anjo apareceu a Josué e mandou que o povo dessem sete voltas em torno da cidade, e no sétimo dia, ao som da trombeta e com forte clamor a Deus, as muralhas caíram. Acredite, as suas muralhas também vão cair!

D

___ Cerco de Jericó - “senta-te à minha direita, até que eu ponha teus inimigos como escabelo de teus pés” De 13 a 19 de maio, das 10 ás 22 horas na Igreja Matriz

___ Nesse ano, a festa de Corpus Christi será celebrada no dia 30 de maio, e em nossa paróquia a Missa e Procissão de Corpus Christi será celebrada na Igreja Matriz de São Pedro e São Paulo ás oito horas da manhã.

esde 1264 toda a Igreja Católica celebra a solenidade de Corpus Christi, que foi instituída pelo Papa Urbano IV. A origem da festa aconteceu em 1247, na Diocese de Liége – Bélgica, quando Santa Juliana de Cornillon, teve consecutivas visões de um astro semelhante à lua, totalmente brilhante, porém com uma incisão escura. Jesus a revelou que lua significava a Igreja, a sua claridade as festas e, a mancha, sinal da ausência de uma data dedicada ao Corpo de Cristo. O fato foi levado ao bispo Jacques de Pantaleón que, mais tarde, foi eleito Papa (Urbano IV). Mas o fator que deflagrou a decisão do Papa, e que confirmava a antiga visão de Santa Juliana, deu-se por um grande milagre eucarístico, o de Bolsena, onde um padre tcheco, Pietro de Praga, durante a celebração da missa, duvidou da presença real de Cristo na Eucaristia, e viu brotar sangue da hóstia consagrada que embebeu as alfaias litúrgicas com o Sangue de Cristo. Corpus Christi é a grande solenidade que nos pergunta sobre o mistério da presença de Deus na história e em nossa vida. É o dia de dizermos: “eu creio Senhor, mas aumentai a nossa fé”. Também é uma oportunidade de, nestes tempos de perda de valores, principalmente do esquecimento de Deus, cada um de nós nos recolocarmos a caminho d’Aquele com quem já nos encontramos, mas que necessitamos buscar ainda mais.

Boletim Pedro e Paulo - Maio/2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you