Issuu on Google+

Nº 17 - ANO II SETEMBRO DE 2010

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Venda Proibida

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

CHURRASQUEIRA É FUNDAMENTAL NA ÁREA DE LAZER Paixão dos brasileiros, o espaço para churrasco tem lugar garantido nos empreendimentos de prédios e casas da Goldfarb

O

aroma de churrasco se espalha pelo ar. No fim de semana, é raro não encontrar um lugar em que alguém não esteja reunido com a família e os amigos e a carne assando na brasa. O cultuado churrasco é paixão dos brasileiros. Afinal, desde que o homem descobriu como fazer fogo, o churrasco passou a ser consumido. E adorado. Uma reunião em torno da carne assada é algo tão valorizado que a churrasqueira é item imprescindível na área de lazer dos empreendimentos de casas ou apartamentos da Goldfarb, seja de uso comum ou privativo. Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condo-

mínio do Sindicato da Habitação (Secovi) de São Paulo explica que em condomínios, seja a churrasqueira em área comum ou privativa (no quintal das casas), é preciso seguir regulamentos internos. “É claro que existem regras específicas em cada condomínio. No entanto, todas seguem o princípio que de não se deve atrapalhar o sossego dos vizinhos e garantir a segurança do local. Em primeiro lugar, e isso é praticamente regra geral, a churrasqueira deve ser reservada com antecedência. Assim não corre-se o risco de mais de um morador resolver preparar o churrasco no mesmo dia. Isso geraria confusão”, diz Gebara.

Alguns condomínios cobram taxas para uso de churrasqueira, por exemplo. “É uma forma de evitar que faça a reserva e não compareça no dia. Pode ser uma boa medida”, comenta Gebara. O regulamento interno deve especificar o número máximo de convidados que pode participar do churrasco e o morador deve deixar na portaria a lista com o nome dos convidados. Horário é outro item geralmente pré-definido para uso da churrasqueira e deve ser respeitado. Durante a festinha, o bom senso deve estar presente. Som alto demais, baru-

Reserva Morumbi Jardim. Morumbi Churrasqueira coberta com forno de pizza na área comum

Città de Roma Jardim Augusta Churrasqueira integrada com a área de lazer do condomínio

Bella Città Vila Bethânia Churrasqueira na área comum e na sacada dos apartamentos

Regras e bom senso para uso de churrasqueiras

Interessado em um dos empreedimentos? Para saber mais, ligue: (12) 3911.3777

lho excessivo e exageros devem ser evitados. “Nada pode perturbar a vida dos demais moradores”, diz. Embora grande parte das pessoas goste de churrasco, quem está de fora não está a fim de perceber a fumaça da carne invadindo a sala de casa. Por fim, assim que as horas tiverem passado, todos fartos com as comidas e bebidas, o responsável deve limpar tudo e entregar da mesma forma que recebeu. É claro que se a churrasqueira for no quintal de casa, a limpeza pode até ficar para depois, desde que o cheiro de carvão queimado não incomode o vizinho do outro lado do muro.

La Vie Jardim Americano Churrasqueira com forno de pizza na área comum


2

LAZER & GASTRONOMIA

ORGANIZAÇÃO DO CHURRASCO É ESSENCIAL Especialista dá dicas para escolher as carnes, preparar um bom churrasco e garantir o sucesso dessa reunião informal e tão adorada pelos brasileiros

C

hurrasqueira reservada, é preciso começar a organizar o churrasco. Embora seja um evento informal para reunir, comer, beber e conversar despretensiosamente, o responsável deve preparar de modo que haja carne para todos, acompanhamentos e bebida na temperatura certa. Talvez seja em meio a espetos e brasas a descoberta de um churrasqueiro nato. Primeiramente, a escolha dos tipos de carnes e a quantidade. Quantas pessoas vão participar do churrasco? Segundo o especialista em carnes Istvan Wessel, da Wessel Carnes, não importa a preferência pelo corte, porém deve ser gorda, pois é mais suculenta. “A picanha dispensa apresentações. Foi eleita a carne do churrasco, por combinar sabor com maciez. Este corte era conhecido por poucos na década de 70. Deve sempre ser cortada transversalmente às fibras, enquanto ainda está crua”, diz. Se você optar por mais diversidade, veja como exemplo este “mix”: de entrada, linguiça fresca, asa de frango e costela de porco. Entre as principais carnes para o churrasco, podem ser servidas picanha, maminha ou fraldinha. Algumas partes do frango também são ótimas para churrasco. As mais apetitosas são coxa, sobrecoxa e a coxinha da asa. “Comer a pele tostada, como todas as outras formas de pecar, é uma delícia. Grelhar até quase bem passa-

do é melhor, para se aproveitar bem a suculência das carnes escuras. Sem osso fica pronto em 15 minutos e é um ótimo aperitivo. Use o peito só em último caso, pois se trata de uma carne bem seca, ainda mais quando grelhada”, diz Wessel. A linguiça é uma das mais tradicionais entradas do churrasco. Um truque para a linguiça ensinado por Wessel: vire uma única vez, quando estiver bem enrugadinha. Se estiver inchada de líquido enquanto assa, fure com um garfo. Sirva imediatamente ao sentir que está pronta, para que não seque. A fraldinha, ensina Wessel, é personagem nova no cenário do churrasco. Até os anos 80 era considerada “carne de segunda” até que alguém a descobriu. “Ainda bem, por se tratar de uma carne que nasceu para a grelha. Controle bem o ponto, pois mal passada, a fraldinha parece carne crua, e poucos minutos depois, pode passar do ponto. Vale a atenção, pois ao ponto é uma carne que deixa saudades”, completa. Segundo Wessel, os peixes melhores para churrasco são robalo, garoupa, namorado e tainha, entre outros. “Escolha peixes menores, que são mais saborosos, por serem mais jovens. O peixe menor assa em pouco tempo, ficando, por isso, mais suculento. Os peixes grandes precisam de mais tempo na brasa, o que acaba secando a parte mais exposta ao calor”, ensina.

Dicas para o churrasco • A carne deve ser selada, ou seja, tostada rapidamente em toda a superfície para que os sucos permaneçam nela. • Comece a grelhar a carne na parte mais quente da churrasqueira, tostando de todos os lados. Depois, na parte do braseiro menos intenso, asse-a até chegar ao ponto desejado. • A gordura, principalmente no caso da picanha, fica para baixo, no primeiro momento. Em seguida, a carne deve ficar para baixo e assar. Só no fim é que a gordura deve ser virada para baixo e, assim, derreter. • Para descobrir o ponto da carne sem cortar, pressione-a com as costas de um garfo. Regra geral: quanto mais macia, menos passada; quanto mais firme, mais passada. • Nas carnes em postas, não saia do lado da churrasqueira em hipótese alguma. Se descuidar, passa do ponto. • Cuidado com a brasa: pode apagar ou, se pingar gordura derretida, virar labareda e queimar a carne. • Para apagar o fogo de vez, use as cinzas do churrasco anterior. • Para reavivar a chama, basta mexer um pouco com um pedaço de pau, que a cinza cai e a brasa fica mais forte. • Carnes marinadas devem ser regadas com o molho do tempero durante o preparo. As que forem temperadas com sal grosso devem ter o excesso removido antes de serem colocadas na grelha. • Não salgue carnes com antecedência. O sal facilita a exsudação, tornando a carne mais seca. Fonte: Wessel Carnes


3

DICA DE DECORAÇÃO

TRAGA A ALEGRIA DA PRIMAVERA PARA DENTRO DE CASA! Utilizar a varanda, cantinhos menores (como embaixo da escada), ou fazer um jardim de inverno podem ser boas escolhas para integrar a natureza à casa

A

estação mais florida do ano chegou. É primavera! Época de encher os olhos com as cores da natureza e sentir os deliciosos aromas das flores. O paisagismo é uma forma bonita e criativa de levar as plantas também para dentro de casa. Ter um belo jardim já não é privilégio apenas de quem mora em casas térreas ou possui um grande terreno para cultivar. O contato com a natureza também é possível em pequenos espaços como os apartamentos, por meio dos jardins internos e vasos com plantas nas varandas. “Manter a natureza em ambientes fechados é uma forma de trazer beleza, tranquilidade e harmonia ao ambiente e de aliviar a tensão trazida pelo cotidiano agitado das grandes cidades”, afirma a paisagista de São José dos Campos, Bianca Melo. Porém, no momento de planejar um jardim interno, não se pode esquecer de levar em conta as condições de iluminação, clima, temperatura, luminosidade do ambiente e condições de plantio, além de lembrar que a planta deve ficar em um local que seja contemplada pelos moradores e visitantes. O ideal é sempre consultar um paisagista, pois a formação desse profissional inclui conhecimentos de fisiologia, botânica e arquitetura e ele poderá analisar o espaço a ser plantado mais adequadamente. “As plantas necessitam de claridade, seja natural ou artificial”, afir-

ma Carlito Colhado, do Studio de Arquitetura Renata Pascucci. As tendências variam de acordo com as estações, segundo a paisagista Bianca. De acordo com o clima tropical que predomina na primavera, dentro de casa é indicado usar orquídeas, primaveras ou lírio da paz. Plantas de porte médio, por exemplo, não podem ser colocadas em lugares de muito movimento ou impedindo a visualização de uma sacada – a não ser que o morador queira criar uma barreira natural. Lembrando que deve se considerar o projeto arquitetônico da casa, para que o jardim valorize o conjunto ao invés de agredi-lo.

Escolha a planta ideal para o seu ambiente A melhor opção para quem quer criar um jardim dentro de seu apartamento sem ter muito trabalho são mesmo os vasos, ideais para cantos de leitura, reflexão e relaxamento. “Os melhores são os vasos de pequeno e médio porte, que são fáceis de deslocar e manusear na hora de cuidar das plantas”, diz Carlito. Ao lado, seguem algumas sugestões, segundo o arquiteto e paisagista Carlito, para se ter em casa ou no apartamento, lembrando que a posição das plantas próximas às janelas e a temperatura ambiente de cada estação alteram a sua resistência. Acabamentos sugeridos para esconder a terra do vaso são: pedras ornamentais e lascas de pinus.

Dracena arbórea Tem alta resistência Requer um pouco mais de cuidado. O ideal são duas regas por semana em dias fora do verão.

Cacto + flor Alta resistência. Não requer muitos cuidados e tem longa duração. A sua floração dura somente uma noite com um cheiro muito agradável. Não recomendado para ambientes com crianças.

Espada de São Jorge Tem alta resistência e quase não precisa de água. Ambiente de meia sombra. 100 ml de água por semana.

Licuala e jabuticabeira Média resistência.Requer mais cuidados e quantidade maior de água. Cerca de 200 ml de água por semana.


6

SUSTENTABILIDADE

CONSUMO DE ÁGUA CONSCIENTE A

WWF-Brasil, uma organização não governamental brasileira dedicada à conservação da natureza dá algumas dicas de como consumir água utilizando-se desta importante fonte de vida o mínimo possível. Algumas mudanças na rotina de sua família podem significar muito:

No banho Ao ensaboar-se, feche as torneiras. Evite banhos demorados. Reduzindo um minuto do seu banho você pode economizar de três a seis litros de água. Imagine numa cidade onde vivem aproximadamente 2 milhões de habitantes. Poderíamos ter uma economia de, no mínimo, 6 milhões de litros.

Vazamentos Esta é uma das principais fontes de desperdício de água em casa. Eles podem ser evidentes (como uma torneira pingando) ou escondidos (no caso de canos furados ou de vaso sanitário). Com uma abertura de um mililitro, o fiozinho de água escorrendo será responsável pela perda de 2068 litros de água em 24 horas.

Ecologicamente correto A Goldfarb constrói seus empreendimentos com bacia de descarga inteligente, que possui válvulas que permitem controlar o volume de água da descarga com opção de lançamento de apenas três litros. O fabricante indica uma economia de cerca de 40% com relação às bacias comuns.

Mãos, dentes e barba Vale o mesmo raciocínio. Não deixe a torneira aberta enquanto ensaboa as mãos, escova os dentes ou faz a barba.

Vasos sanitários No caso de vazamentos em vasos sanitários, verifique se há água escorrendo. Para isso, jogue cinzas, talco ou outro pó fino no fundo da privada e observe por alguns minutos. Se houver movimentação do pó ou se ela sumir, há vazamento. Outra forma de detectar um vazamento é observar o hidrômetro (ou relógio de água) da casa.

Torneiras Instale torneiras com aerador (“peneirinhas” ou “telinhas” na saída da água). Esse recurso dá a sensação de maior vazão, mas, na verdade, faz exatamente o contrário.

Lavar pratos Lave as louças em uma bacia com água e sabão e abra a torneira só para enxaguar. Use uma bacia ou a própria cuba da pia para deixar os pratos e talheres de molho por alguns minutos antes da lavagem, pois

Fonte: WWF-Brasil e Planet Life, programa de sustentabilidade da Goldfarb

isso ajuda a soltar a sujeira. Utilize água corrente somente para enxaguar.

Lavadoras Use-as sempre com a carga máxima e tome cuidado com o excesso de sabão para evitar um número maior de enxágues. Caso opte por comprar uma lavadora nova, prefira as de abertura frontal que gastam menos água do que as de abertura superior.

Jardins e plantas Regar jardins e plantas durante 10 minutos significa um gasto de 186 litros. Você pode economizar 96 litros se tomar estes cuidados: Regue o jardim durante o verão pela manhã ou à noite, o que reduz a perda por evaporação e durante o inverno, regue o jardim em dias alternados e prefira o período da manhã. Use uma mangueira com esguicho tipo revólver. Cultive plantas que necessitem de pouca água (bromélias, cactos, pinheiros, violetas). Molhe a base das plantas, não as folhas. Utilize cobertura morta (folhas, palha) sobre a terra de canteiros e jardins. Isso diminui a perda de água.

Roupa Lave de uma vez toda a roupa acumulada. Deixar as roupas de molho por algum tempo antes de lavar também ajuda. Ao esfregar a roupa com sabão use um balde com água, que pode ser a mesma usada para manter a roupa de molho. Enquanto isso mantenha a torneira do tanque fechada.

Planet Life No processo construtivo da Goldfarb, algumas implantações de seu programa de sustentabilidade Planet Life: medição de água individual em condomínios pode significar uma economia na conta e uma atitude de sua família na busca pela preservação de nossos recursos hídricos. Torneiras nas áreas comuns ou externas de uma casa podem contar com temporizadores que ajudam a controlar desperdícios.

Verduras Para lavar verduras, use também uma bacia para deixá-las de molho (pode ser inclusive com algumas gotas de água sanitária), passando-as, depois, por um pouco de água corrente para terminar de limpá-las.


7

DESENVOLVIMENTO

EXPEDIENTE Redação e Comercialização: Newslink Comunicação Rua Cândido Ferreira de Camargo, 57 Cambuí - Campinas-SP CEP: 13024-240 Fone: (19) 3579.2233

NOVA OPÇÃO DE LAZER PARA SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Direção Editorial: Élcio Ramos - Mtb 27.784

A região Leste receberá 1.230 metros de calçamento para a construção da nova ciclovia próxima a rodovia Tancredo Neves

P

reparem o fôlego e alonguem o corpo. A cidade vai ganhar mais uma ciclovia, desta vez na região Leste, com 1.230 metros e 1,5 metros de largura, na rodovia Tancredo Neves e seguindo até o entroncamento da Estrada Municipal Nelson Tavares da Silva. A bicicleta é um meio de transporte utilizado no mundo inteiro e uma das melhores alternativas ao trânsito caótico das grandes cidades e na redução de poluentes. Viabilizar condições de uso da bicicleta, por meio de ciclovias, é um estímulo para tornar-la um transpor-

te diário e a oportunidade do seu uso como lazer. São José dos Campos está investindo na medida. Segundo dados da Secretaria de Transporte da cidade, já são 13 ciclovias, construídas especialmente para atender aos ciclistas, e seis ciclofaixas, que consistem em divisões na pista de trânsito em diversas ruas, reservadas somente para o tráfego de ciclistas. As obras da nova ciclovia foram iniciadas em agosto com previsão de término em 40 dias. O projeto está sendo coordenado pela Secretaria de Transportes de São José dos Campos e prevê

que, além de interligar os espaços, ciclistas e motoristas dividam o espaço com segurança. Os futuros moradores dos três empreendimentos da Goldfarb - Bem Viver, Eviva Residencial Clube e o Vivavida - localizados na região Leste, serão beneficiados com a nova ciclovia. O maior deles será o bairro planejado Vivavida que desfrutará de um espaço para a construção de sobrados com dois e três dormitórios. O Eviva Residencial Clube possui apartamentos de dois dormitórios com sacada e o Bem Viver, apartamentos de dois dormitórios e sacada, todos com lazer.

Coordenação: Ademir Coluce Design Gráfico: Charles de Souza Leite e Lucas Andrade Repórteres: Janaina Nascimento e Michele Médola Estagiárias: Milena Acedo e Renata Cunha Editor de imagens: Celso de Menezes As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores. As informações divulgadas nos anúncios publicitários (produtos e serviços) são de responsabilidade dos anunciantes. Regulamentação: Lei Federal n° 5250 de 9 de fevereiro de 1967 - Artigo 2°: “É livre a publicação e circulação no território nacional de livros, jornais e outros periódicos, salvo se clandestinos ou quanto atentem contra a moral e bons costumes”; e Lei Federal 6.015 de 31 de dezembro de 1973.

Agora o LocalNews está na internet. Veja essa e outras edições no: www.localnewssjc.com.br

Benefícios e cuidados aos ciclistas • Antes de sair com a bicicleta, faça um alongamento nas pernas e braços. • Andar de bicicleta define os músculos e proporciona mais flexibilidade e resistência aos membros inferiores. • Durante o trajeto, atente-se às sinalizações. • O esporte é muito indicado para manter a forma, especialmente para quem não gosta de academia. • É uma das atividades que mais colabora para o gasto de calorias. • Excelente para o condicionamento cardiovascular. • É preciso ficar atento à postura. • Não se esqueça de usar capacete, luvas e roupas confortáveis que não interfiram nas articulações. • A garrafinha de água é indispensável!



Local News nº17