Page 1

Edição II, Ano I – Setembro de 2014 Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822

ABANDONO: O trágico resultado da “Dança das

Cadeiras” das administrações sertanejas

O

Alto-Sertão Sergipano sofreu nas últimas eleições uma dança das cadeiras: Três dos cinco municípios da região votaram na esperança e elegeram a mudança. Heleno Silva em Canindé de São Francisco, Tonhão (PSC) em Monte Alegre, Chico do Correio (PT) em N. S. da Glória e Dr. Albino (PSD) em Porto da Folha receberam do seu povo a missão de transformar seus municípios. Apenas o intocável Frei Enoque foi reeleito através do seu herdeiro político, o petista Roberto Araújo. Continue Lendo na Página 08

DESAFIO DE VIDA OU MORTE

EM POÇO REDONDO

Alunos correm sérios riscos estudando em escola com estrutura totalmente comprometida

A

“Vermelho, vermelhaço, vermelhusco, s condições de estrutura e a demora na reforma no Colégio Estadual Professora Noêmia de Souza, localizada na comunidade Santa Rosa do Ermírio, na zona rural de Poço Redondo, sertão de Sergipe, preocupam

funcionários, estudantes e a comunidade. Para se ter uma ideia, em várias salas o forro PVC cedeu e por pouco não atingiu os estudantes que estavam no local. No entanto, o que mais preocupa é a constatação de que esse problema pode voltar a acontecer caso nenhuma medida seja tomada. Continue Lendo na Página 03

vermelhante, vermelhão”

A

cidade de Nossa Senhora da Glória, no sertão sergipano, é alvo de várias polêmicas envolvendo o seu administrador, o prefeito Chico do Correio. A mídia do sertão já noticiou várias arbitrariedades do gestor que foi destaque na esfera estadual. Dessa vez o prefeito resolveu inovar. Aos poucos as cores da campanha eleitoral da candidatura comunista, ou

melhor, “socialista”, como muitos imaginam – o vermelho e o amarelo – está, de forma rápida, tomando conta da cidade.

Continue Lendo na Página 07

ESPECIAL: GLÓRIA: de Boca da

Mata à Capital do Sertão Confira na Página 06

Espaço Cultural de Setembro

na AL é aberto com boa programação Página 10

Após décadas de poderio, futsal

sergipano vive sem cessar um novo tempo Página 05

Heleno Silva e Kaká Andrade

trocam farpas e o clima esquenta em Canindé

Página 09


2 - política

Nossa Senhora da Glória/SE Setembro de 2014 - Ano I | II Edição

editorial Direção da Adjori e Portal Soudesergipe fazem visita de

Caro amigo leitor,

É

com grande prazer que trazemos a segunda edição do Jornal Sou de Sergipe para vocês que nos acompanham diariamente através da internet. Nesta edição estaremos abordando temas variados como educação, política, esportes, dentre outros.

cortesia ao presidente da Assembleia Ascom/Alese

Destacamos também a homenagem ao município de N. Sra. da Glória e a recepção da 1ª edição do jornal que agradou a população do sertão. Faltando menos de uma semana para as Eleições 2014, trouxemos também um balanço das administrações sertanejas que sofreram no último pleito uma verdadeira “dança das cadeiras”. Através deste meio, o leitor poderá desfrutar de um conteúdo diversificado e profissional, matérias com imparcialidade e verdade. Queremos contar com você para que seja assinante, colaborador ou anunciante. Robson Lopes / Redação SoudeSergipe

EXPEDIENTE DIRETORIA EXECUTIVA Gladson Cardoso - Jornalista DRT/SE 1.871 Robson Lopes - Jornalista DRT/SE 2.050

COMUNICAÇÃO Rede de Comunicação SoudeSergipe 11.863.739/0001-43

REDAÇÃO *Welder Ban Souza - Jornalista DRT/SE 1.794, FEBRAR 055627-13 *Elton Daniel S. Rezende | Acadêmico Comunicação Social: Jornalismo UNIT - Jornalista DRT/SE 2.049 *Gladson Cardoso - Jornalista DRT/SE 1.871

ENDEREÇO ELETRÔNICO Email: contato@soudesergipe.com.br Site: www.soudesergipe.com.br Tels: (79)3411-2829 (NetGlória) (79)9951-3848 Whatsapp: (79) 9907-9822

GESTOR DA INFORMAÇÃO Robson Lopes

OBSERVAÇÃO Os artigos assinados são de caráter pessoal de colunistas e não refletem a opinião deste Jornal

EDITORAÇÃO Lumia Designer

Jornal Filiado a ADJORI/SE

Diagramação Por: Rubens Ferreira COLABORADORES Airles Almeida, Denisson Salustiano, Bebeto da Barra da Onça, Raimundo Morais, Eleomar Marques, Waldson Diniz e Alfredo Madeiro; DESIGN PUBLICITÁRIO Gabriel Almeida FOTOS E IMAGENS Celso Monteiro

D

iretores da Associação dos Jornais da Capital e do Interior do Estado de Sergipe (Adjori/SE) e Diretor do Portal e Jornal Soudesergipe foram recebidos, na tarde de segunda-feira, dia 8/09, pelo presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado estadual Zé Franco (PDT). O encontro foi uma oportunidade de o Poder Legislativo conhecer um pouco mais da entidade que congrega jornais independentes e alternativos que atuam no Estado. Na ocasião, o presidente da Adjori, Cláudio Vasconcelos, falou

sobre a forma de trabalho da entidade e as finalidades da Associação. Atualmente, são 42 jornais filiados à Adjori e em torno de 22 em plena atividade. O presidente Zé Franco disse que para a Assembleia é muito importante apoiar os jornais que representam o interior sergipano. “Eles divulgam os eventos culturais, políticos e da cidadania de cada região. A nossa função é apoiar iniciativas que fomentem a informação e também gerem renda para os comunicadores”, declarou. A Adjori/SE está em atividade há quatro anos e é uma entidade reconhe-

cida de utilidade pública estadual. De acordo com Cláudio Vasconcelos, os jornais alternativos são uma importante ferramenta de comunicação e informação que não pode ser negligenciada. “Temos uma abrangência em todas as regiões do Estado. São jornais distribuídos regularmente e gratuitamente. Na média, a cada dois dias circula um jornal filiado à Adjori”, explicou Vasconcelos.

Vestígios do Passado Do gibão à Batina: a ocupação de Nossa Senhora da Glória e o papel da Igreja para o desenvolvimento de “Boca da Mata” Por: Airles Almeida dos Santos

A

história da origem do município de Nossa Senhora da Glória - Sergipe, insere-se no contexto do terceiro ciclo da ocupação do sertão sergipano (fins do século XVIII e início do XIX), muito semelhante em relação a história de outros municípios dessa região. Explica-se o início do povoamento da cidade a partir da expansão da atividade pecuária, resultante na ocupação de fazendas e sítios a partir do século XVIII compondo os primeiros núcleos de povoamento. O primeiro nome dado a esse insipiente aglomerado humano foi Boca da Mata por servir de ponto de parada aos viajantes, boiadeiros, tropeiros, tangedores de gado que preferiam pernoitar ao adentrar à noite na mata alta e densa. Foi graças aos ranchos desses viajantes que se formou o primeiro núcleo habitacional no local. Entretanto, ao analisar esse processo de ocupação, aparecem várias contestações, principalmente no que se refere ao período. A maior dificuldade para o estudo do tema é a falta de documentação ou pesquisas relacionadas ao assunto. Acreditou-se que a povoação que possibilitou a criação da atual cidade de Nossa Senhora da Glória teria surgido por volta de 1600 a 1625, século XVII. Essa tese nos diz que as

terras pertencentes ao referido município pertencia a Tomé da Rocha Malheiros, que obtivera uma sesmaria de 10 léguas da Serra da Tabanga, estendendo-se para o sertão. Essa tese passou a ser contestada. Segundo o professor José Carlos de Souza, em tal afirmação ocorreu um equívoco e ao analisarmos a história de Gararu (Curral de Pedras), a qual Boca da Mata pertencia, percebemos alguns problemas ao afirmarmos que a região foi ocupada no século XVII. O povoamento de Curral de Pedras teria sido resultado da fuga de colonos portugueses que se refugiaram na Serra da Tabanga, apavorados pela ação dos holandeses em território sergipano a partir de 1637. Portanto, por ser uma região de difícil acesso, a Boca da Mata dificilmente seria colonizada no século XVII antes de Curral de Pedras, como não foi, uma vez que estava localizado nas margens do rio São Francisco e isso é um fator que facilitou a ação de colono. O

sertão sergipano foi ocupado basicamente pelo elemento europeu e caboclos, fruto da miscigenação. Estes caboclos se tornaram vaqueiros, sendo os primeiros a provocarem o processo de expansão das terras para o sertão, compondo figuras principais das fazendas de criar. Dessa forma, a primeira povoação que deu início ao povoado de Boca na Mata surgiu a partir do fim do século XVIII e início do XIX, sendo constituído primeiramente Curral de Pedras e a partir daí os ranchos de tropeiros para pernoitar, dando origem a Boca da Mata. Foi a formação desses ranchos que provocou a derrubada da mata para o desenvolvimento de culturas agrícolas, como mandioca, milho e é claro para servir de pastagens para o gado. A evolução política de Boca da Mata iniciou-se em 1922, quando passou a ser sede do segundo Distrito de Paz de Gararu, já com a denominação

Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822

de Nossa Senhora da Glória. A emancipação deu-se em 26 de Setembro de 1928 pela Lei Estadual no 1014 quando passou a condição de vila e foi desmembrada de Gararu e passou a pertencer a Comarca de Capela. Foi a partir de então que começou sua fase de apogeu. No dia 1 de Janeiro de 1929, a vila teve nomeado como primeiro intendente João Francisco de Souza, que construiu a prefeitura. Ele foi nomeado para o período de 1930 a 34, mas teve o mandato interrompido pelo movimento revolucionário. Esse mesmo ano de 29 marca a passagem do bando de Lampião, no dia 20 de abril, pela feira de Glória e da volante de Zé Rufino. Somente em 1938, a vila foi elevada à categoria de cidade. Com a criação de novas comarcas em 1945, Glória passou a pertencer juridicamente a Nossa Senhora das Dores. Em 24 de julho de 1957 foi criada a comarca de Nossa Senhora da Glória.

A Igreja Católica também foi uma instituição responsável pelo processo de colonização de Sergipe. Porém, diferentemente das povoações que surgiram a partir de uma capela, “Boca da Mata” teve a sua construída apenas em 1904 (apesar da primeira missa ter sido celebrada por volta da última década do século XIX), enquanto o início da povoação se deu provavelmente em 1879. Segundo fontes historiográficas, o terreno onde a capela teria sido construída foi doado pelo senhor Francisco Teles Trindade, conhecido como Xixiu – primeiro habitante. O primeiro nome do povoado foi modificado pelo primeiro capelão Francisco Gonçalves de Lima, quando este fez campanha junto à comunidade para comprar a imagem de Nossa Senhora da Glória, a partir de então consagrada padroeira, e o sino para a primeira capela. Foi apenas em 1959 que a Igreja Matriz passou a ser paróquia e teve como primeiro pároco

José Amaral de Oliveira. A chegada da Igreja a Boca da Mata possibilitou a criação e enraizamento de costumes, baseados na ética e na moral religiosa, introduzindo novos modos de relação entre o homem e seu meio. Por isso, a maioria das festas do povoado passou a estar intimamente ligada à religiosidade desse povo sertanejo. Foi inclusive a chegada da santa que dá nome a cidade que deu origem a duas festas populares que são realizadas até hoje: a Festa de Santos Reis (06/01/1905) e a Festa da Padroeira (15/08/1906), que marca a chegada da imagem ao povoado O próprio nome dado ao município reflete essa mentalidade característica das regiões onde a Igreja Católica se fez presente. As representações da realidade sejam elas no campo material ou não sofreram forte influência de uma mentalidade religiosa e as pessoas do lugar sempre se viram a título de manifestação desse tipo, que refletiram a época e ainda refletem a condição de fé do povo gloriense, um povo que constrói sua existência através da crença divina na superação dos obstáculos criados pela dura realidade do sertão.


Nossa Senhora da Glória/SE Setembro de 2014 - Ano I | II Edição

poço redondo - 3

DESAFIO DE VIDA OU MORTE EM POÇO REDONDO Alunos correm sérios riscos estudando em escola com estrutura totalmente comprometida Por: Welderban | Redação Soudesergipe

A

s condições de estrutura e a demora na reforma no Colégio Estadual Professora Noêmia de Souza, localizada na comunidade Santa Rosa do Ermírio, na zona rural de Poço Redondo, sertão de Sergipe, preocupam funcionários, estudantes e a comunidade. Para se ter uma ideia, em várias salas o forro PVC cedeu e por pouco não atingiu os estudantes que estavam no local. No entanto, o que mais preocupa é a constatação de que esse problema pode voltar a acontecer caso nenhuma medida seja tomada. Além dos riscos de desabamento das paredes, várias rachaduras são vistas no teto da unidade de ensino, além de infiltrações e lodo espalhado pelas paredes. Algumas salas de aula estão comprometidas com infiltrações, mofo, falhas no sistema elétrico e inoperância nas lâmpadas e ventiladores. Durante a vistoria, também foram encontrados alguns barbeiros, insetos transmissores da doença de Chagas, o que denuncia a gravidade da situação. Embora as falhas na estru-

tura da escola estejam causando revolta aos pais de alunos, esse não é o único problema que afeta o local. Os estudantes também correm o risco de contrair doenças provenientes da quantidade maribondos que utilizam a escola como moradia. Os insetos criaram ninhos no local e estão se reproduzindo rapidamente. Diante das dificuldades encontradas, os estudantes são os maiores prejudicados. “Como é que fica a situação dos nossos filhos? Os jovens querem estudar, se formar, querem um futuro”, argumentou uma das mães. A diretora da escola Silvia Oliveira Du Valle, que está a frende da direção há um ano e quatro meses, espera que as medidas necessárias para a recuperação da unidade escolar sejam, de fato, iniciadas no prazo estabelecido. “Prometeram que o laudo estaria pronto o mais rápido possível. Já se passaram mais de dois meses da última visita e até agora nada foi feito. Eu fiz várias reivindicações. Já encaminhei ofícios e relatórios e até agora nada”.

Outro problema enfrentado pelos alunos é a falta de água para utilização dos banheiros. A verdade é que a escola não tem sequer o registro regularizado pela DESO para o fornecimento de água e isso impossibilita o uso constante dos serviços de higiene do local. São 209 alunos distribuídos nos turnos vespertino e noturno na modalidade de ensino médio regular, de responsabilidade do governo do estado. Na escola, somente 08 salas funcionam; quatro no período da tarde; quatro à noite. Visualizando o prédio em sua área externa é possível notar a depredação do patrimônio público. Janelas parcialmente destruídas e o telhado totalmente comprometido. O mato, esse parece não ser capinado há anos.

e a qualquer momento poderá desabar em cima de algumas residências e provocar uma grande tragédia. Lugar para praticar alguma modalidade esportiva alí não existe mais. O que sobrou foi à condenação do tempo e a falta de vontade do poder público para preservar àquela repartição escolar. Sem dúvida, entrou para o esquecimento estatal. O que antes parecia ser uma escola modelo, hoje é um cenário de descaso e perigo para quem a frequenta. Em Santa Rosa do Ermírio, estudar no Colégio Prof.ª Noêmia de Souza, é de fato, um desafio de vida ou morte.

PREOCUPAÇÃO Para aumentar ainda mais os problemas, o colégio possui uma quadra poliesportiva que também está em situação de risco e abandono. As pilastras de sustentação estão corrompidas por causa da ferrugem

Coluna Waldson Diniz Saudações

Olá amigo leitor, estou chegando para publicar nesse espaço notícias, fatos, ideias e pensamentos que nos ajude na atualização dos últimos acontecimentos e da prosperidade financeira, intelectual, familiar... afinal deter uma ou várias informações é estar à frente de alguém que não as têm. Quero ressaltar a minha admiração por aqueles que estão indo no sentido contrário, sim no sentido contrário. Ao tempo em que os impressos estão sendo abandonados ou sofrendo a transmutação para a web, aqui vemos o inverso, da mídia eletrônica para o impresso. É preciso ter coragem e determinação para encarar um desafio de tamanha grandeza. RIBEIRÓPOLIS Durante a preparação das matérias para publicação tomei conhecimento de mais um homicídio ocorrido no município de Ribeirópolis, uma cidade de pequeno porte, até então tran-

quila, com uma população em torno dos 20 mil habitantes vem registrando ininterruptamente vários crimes, alguns com maior carga de violência e brutalidade. ORKUT Você já teve ou tem uma conta no Orkut? Pois é, ele está com os dias contados. Após o surgimento de outras redes sociais com novas tecnologias para a comunicação o Orkut foi sendo deixado de lado e tornou-se uma terra de ninguém, novos perfis não podem ser mais criados, pois no último dia 30 de setembro ele deixou de existir, portanto, você que ainda tem interesse nos dados postados lá se apresse para exportá-los. A TURMA ESTÁ EM CAMPO Começou o período de caça aos tolos! Acredito que é dessa forma que os nossos políticos nos adjetivam e acreditam fielmente que somos! “A turma está em campo” prometendo

as mesmas coisas de sempre: mais saúde, uma melhor educação, segurança para o trabalhador... Ora, se ainda não mudaram o discurso é porque acham que isso funciona, prometer que vai dar mais e melhor, mas sempre sem dizer como o fará. Nós nos enganamos achando que vivemos num regime democrático, infelizmente, somos coordenados por plutocratas incapazes de ouvir um não sendo contrariados nas suas vontades. EXPLOSÃO DOS CAIXAS ELETRÔNICOS Por qual razão nossa polícia ainda não colocou as mãos nessa gangue que aterroriza pequenas cidades desguarnecidas e estoura na madrugada caixas eletrônicos ou agências por completo? Estamos assistindo uma organização criminosa ser mais inteligente e ágil do que a nossa polícia, praticando a mesma ação delituosa e saindo incólume. CARONEIROS

Marina Silva é a bola da vez para os aplausos e também para os ataques. Tendo uma votação expressiva na eleição passada, Marina, em substituição ao nome de Eduardo Campos, concorre mais uma vez ao cargo de Presidente. Seu nome é bem visto pelo eleitorado, não apenas baseio-me nos resultados das pesquisas recentes para afirmar isso, é só andar pelas ruas e buscar conversar com o cidadão. Por esse motivo a acreana começou a ser atacada pelos seus adversários que pensam agora em estratégias para barrar o seu crescimento. Mas um fato “engraçado” surgiu recentemente, a turma esperta dos “caroneiros” está abandonando os seus candidatos e fazendo novas plotagens ou discursos para casar a imagem com a de Marina e assim tentar obter o carinho e os votos da população.

Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822


4 - opinião

Nossa Senhora da Glória/SE Setembro de 2014 - Ano I | II Edição

Heleno admite erro e não será candidato a reeleição em Canindé de São Francisco Por: Welderban | Redação Soudesergipe

O

Prefeito do município de Canindé de São Francisco, Heleno Silva, afirmou em entrevista ao programa Jornal da Xodó, comandado pelo âncora Anselmo Tavares, na rádio Xodó FM de Nossa Senhora da Glória, que não será candidato à reeleição no ano de 2016. Heleno confessou várias vezes em outras ocasiões que foi um fiasco para Canindé e demonstrou arrependimento por pleitear o cargo de Prefeito de uma das cidades com a maior receita do estado de Sergipe. Ele insiste em dizer que Canindé não é uma cidade rica e que houve uma queda na arrecadação do município que prejudicou sua administração. A cidade que fica localizada no sertão sergipano tem uma receita mensal em média de R$ 10.000.000,00 (Dez milhões de reais). A última, que foi relacionada ao mês de junho deste ano, teve uma arrecadação de R$ 9.338.131,66 (Nove milhões, trezentos e trinta e oito mil, cento e trinta e um reais e sessenta e seis centavos); ou seja, desmente a informação prolata por Heleno em vários meios de comunicação. O despreparo, a falta de compromisso, as escolhas erradas de pessoas para fazer parte da administração do Pastor pode ter sido o fator chave para o seu insucesso. O fato é que a cidade parou no tempo e a perspectiva é de dias piores. Para assumir toda inca-

Charge: Alexsandro Marques

pacidade o Prefeito resolveu abandonar o projeto de oito anos que todo político sonha e faz o “titanic” afundar com os moradores daquele município. Isso porque o próprio gestor admitiu, publicamente, que foi o maior erro de sua vida ser prefeito de Canindé. Falando no popular: “Agora que a merda está feita ele vem com essa”. Sem dúvida, quem deve estar satisfeito é o povo de Canindé. Mas para a felicidade ser maior, seria necessá-

rio uma renuncia do próprio prefeito. Ora, todos sabem que essa é a vontade da maioria dos canindeenses. Para finalizar, depois de tanta conversa afiada, Heleno Silva falou que será candidato a Senador da República em 2018 e que voltará a ser o defensor do sertão. Fica difícil entender o propósito do Pastor depois de tanta incompetência a frente de uma prefeitura municipal. Afinal de contas o que ele quer de verdade?

O presente e futuro sombrios da política gloriense Por: Daniel Rezende | Redação Soudesergipe

N

ossa Senhora da Glória não vive seu melhor momento no quesito administração municipal, como também não desfruta de um quadro político agradável. E infelizmente, aqueles que estão insatisfeitos com o atual cenário da política da Capital do Sertão e aguardam mudanças provenientes de uma juventude politizada, devem saber que a expectativa para o futuro é um tanto desagradável. Se a política gloriense mostra necessidade de inovação e maior atuação, a nova geração não traz muita esperança de melhorias. Há muito não surge um nome jovem que chame a atenção da população e demonstre potencial para fazer a diferença em meio a tanta mesmice. Se os jovens ao menos demonstrassem interesse em se politizar e atentar-se aos pro-

blemas políticos e sociais que envolvem a sociedade, assim como se interessassem em investigar ações dos legisladores, secretários e prefeitos que por aqui passam, Glória sentiria uma pequena evolução, pois a partir de bons eleitores, consequentemente são gerados bons políticos. Porém, infelizmente, a atualidade gera pessimismo. Há quem afirme que existem grupos de jovens que pensam no futuro da política gloriense, a exemplo de uma equipe formada por um certo partido político há cerca de quatro meses. Desde a sua criação, promoveu alguns eventos em prol de pessoas carentes, fora isso, nenhuma atitude que demonstre se tratar de uma equipe politizada, e sim, de uma equipe de fantoches para promoção do grupo que luta pela vitória na Eleição Estadual de 2014.

Enquanto Glória sofre com uma atualidade pobre no quesito político, Canindé de São Francisco segue o mesmo caminho com uma gestão tão decepcionante quanto qualquer outra no Sertão Sergipano, porém, ao contrário da Capital do

Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822

Sertão, demonstra um futuro promissor na área política. Vários nomes jovens politizados vêm surgindo no município. Nomes estes que já demonstram competência, inteligência e vontade de fazer acontecer, vontade de mudar.

Tal situação vivida pela juventude gloriense talvez seja o reflexo de um país que contêm uma população desacreditada na política. Os vários escândalos de corrupção envolvendo políticos que demonstravam confiança à população e a ma-

nipulação midiática insistindo em passar a imagem da não existência de políticos honestos e defensores do povo são os principais fatores para a existência do cenário atual. Para que o quadro seja invertido não só em Glória, mas em todo país, seria necessária uma mudança não necessariamente radical, mas sim no pensamento individual, como afirmou o ex-presidente Lula em discurso recente e que cai como uma luva para o assunto discutido neste artigo “A única coisa que não pode acontecer na vida de um ser humano é ele negar à política. Acredite em você mesmo e entre na política. Ao invés de você ficar na sua casa, na sua televisão, no computador, no celular, numa mesa de bar ou numa sala de aula falando mal dos políticos, assuma que o político que você quer está dentro de você!”


Nossa Senhora da Glória/SE Setembro de 2014 - Ano I | II Edição

esportes

-

5

Atletas glorienses se destacam no cenário

sergipano em Corridas de Rua Por: Alfredo Madeiro

O

s atletas glorienses Nininho e Bobó, apesar de todas as dificuldades enfrentadas, vem conquistando bons resultados nas corridas de rua no Estado de Sergipe e em outros Estados do Brasil. NININHO começou no atletismo faz cerca de 03 (três) anos. No 25 de novembro de 2013, ingressou no Clube de Corredores Multsport da cidade de Salvador/BA passando a ser treinado por Gilmário Mendes Madureira, treinador da maratonista Marily dos Santos e de vários atletas de elite, entre eles: Marcio Leão, José Nilson de Jesus, Valdir Sérgio, Rosângela dos Santos. Em pouco tempo de treino já demonstrou talento para o atletismo conseguindo 5º lugar entre os Sergipanos na 31ª Corrida Cidade de Aracaju - São Cristovão/Aracaju realizada no dia 17 de março deste ano num percurso de 25km com muitas ladeiras, com o tempo 1h24min35seg. Após participar de algumas corridas de rua nas cidades de Aracaju, Lagarto, Poço Verde, Poço Redondo, Roteiro/AL, Canindé de São Francisco, sempre com bons resultados, conseguiu um excelente 5º geral e 2º na faixa na 13º Meia Maratona de João Pessoa, com o tempo de 1h11min30seg nos 21km, demonstrando uma grande evolução.

O Atleta se divide em dois para conciliar o trabalho com o esporte. Nininho tem que trabalhar de segunda a sábado, 8 horas por dia, no Supermercado Nunes Peixoto, na cidade de N. Sra. da Glória, e realizar o treino diário em dois períodos, um pela manhã, outro na parte da noite. Os treinos acontecem toda semana de domingo a domingo. A correria que já virou rotina na vida do atleta é com o objetivo de colher bons resul-

tados nas competições. Para isso, ainda há necessidade de um treinamento especifico com cerca de 80 a 120 km de rodagem semanal. Aos domingos, NININHO realiza “longões” (treinos de 20 a 25 km em estradas de chão ou em asfalto) e nos demais dias da semana são realizados treinos intervalados (distâncias curtas (400 e 1km) a serem cumpridas com repetições, tempo e descanso entre os tiros determinado pelo Treina-

dor Gilmário) e rodagens de 10 a 18km. No dia 14 de setembro, será a estreia de NININHO e BOBÓ na distância de 42km195mts - 1ª Maratona das Alagoas competição que irá contar com atletas de Alagoas e de outros Estados que será realizada na cidade de Maceió, no estado de Alagoas. Já BOBÓ ingressou no Clube de Corredores Multsport em janeiro deste ano e, após 01 mês e 15 dias de treino subiu

ao pódio, sendo a 4ª colocada entre as Sergipanas na 31ª Corrida Cidade de Aracaju - São Cristovão/Aracaju, tradicional corrida da capital sergipana, sediada no dia 17 de março, com o tempo de 1h58min30seg. Mesmo com uma rotina de trabalho na Empresa Avelan Móveis, 8 a 10 h por dia, de segunda a sexta feira, e às vezes, trabalhando aos sábados, conciliando treino em dois períodos, manhã às 5h da madrugada e à noite, 19h, perfazendo um total de 80 km semanal, já consegui vários resultados expressivos nas competições. A atleta obteve êxito logrado na Corrida dos Advogados na cidade de Aracaju/SE, realizada no dia 10/08/2014, sendo a campeã nos 5km com o tempo de 20min22seg. A capital sergipana trouxe sorte a Bobó. Ela foi 1ª colocada na corrida de Prevenção a Cegueira, no dia 01/06/2014, com o tempo de 46min28seg nos 10km; 1ª colocada na faixa etária na Corrida do Trabalhador do SESI nos 10km, e 2ª colocada geral nos 10km da corrida Bom Viver. Tanto BOBÓ como NININHO almejam serem atletas de elite, do nível nacional e participar de corridas fora do Estado de Sergipe representando bem a cidade de Nossa Senhora da Glória. Mas as dificuldades de conseguir elencar o nome da capital de sertão no

Brasil a fora é muita. Por conta do trabalho, os atletas ficam, às vezes, impossibilitados de desempenharem um bom papel durante as corridas. Isso porque a rotina de trabalho prejudica o condicionamento físico e interfere no desenvolvimento dos atletas. O ideal seria somente treinos e não dividir a carga de preparação muscular e ritmo com o trabalho, pois a adaptação à rotina que envolve as duas ocupações é um fator preocupante. Mesmo assim o sonho não é interrompido e os atletas glorienses continuam lutando pelos seus ideais. NININHO tem o apoio da MULSPORT, VIEIRA SAT, PRO SPORT e FARMÁCIA SARA e BOBÓ tem o apoio da MULTSPORT, CLINCOR ( Dr. YURI) e STUDIO PILATES Dr. ALAN PEDRO, empresas que ajudam estes atletas no custeio de suas despesas nos treinos e competições, as quais não são poucas, visto que se faz necessário: tênis apropriados para treino e competições, alimentação de qualidade, vitaminas, vestuário, dinheiro para inscrição, viagens etc. Não obstante, é preciso destacar a perseverança desses dois corredores. Sem dúvida, Glória tem muito o que comemorar no esporte, pois a única marca verdadeira que suscita o nome da cidade é o atletismo, através de Nininho e Bobó.

Após décadas de poderio, futsal sergipano

vive sem cessar um novo tempo Realizando momentaneamente o Campeonato Sergipano, FSFS almeja Série A-2 do Estadual Por Raimundo Morais

F

oram décadas de dominação de um grupo só frente ao futsal sergipano. Quem acompanha a prática salonista sergipana, sabe que foram 27 anos no poder, sendo 18 anos com Renan Tavares sendo presidente e os últimos 9 anos com Manoel Cruz à frente da Federação Sergipana de Futsal (FSFS). Sequência que dividiu produtividade inicialmente e relaxamento posteriormente. Porém, os velhos tempos ficaram para trás, e desde o mês de janeiro a modalidade em solo sergipano vive em um novo tempo. Tendo como novo presidente Vanilson Rezende, 1º vice Fábio Teles, 2º vice o Josué Santos e presidente do conselho fiscal Valney de Souza, os desacreditados durante o pleito eleitoral para a mesa diretora da FSFS, no começo do ano, vem revolucionando a prática em Ser-

gipe. Após anos de apagão na principal competição da modalidade do estado, Campeonato Sergipano, os novos administradores se renderam ao sacolão mercadológico, e junto ao Sistema Atalaia de Comunicação, afiliada a Rede Record de Televisão, faz um dos maiores certames estadual dos últimos tempos da região Nordeste. Com 16 equipes em disputa, divididos em quatro chaveamentos, Grupo A: Aracaju Futsal, Mega Forma, Joinville (Barra dos Coqueiros) e Nosso Clube (Nossa Senhora do Socorro); Grupo B: Fugase (Laranjeiras), Itaporanga, Estância e Simão Dias; Grupo C: Real Moitense, Internacional de Ribeirópolis, Siriri e Aparecida; Grupo D: Lei Seca (Nossa Senhora da Glória), Pumas (Monte Alegre), Desportiva (Canindé) e Juventus (Porto da Folha). O páreo que segue na sua fase de grupos, e igualmente a edições passadas, o certame acontecerá

em dois turnos, premiando ao término o campeão estadual com uma vaga na Taça Brasil, a vaga para a Liga Nordeste, que antes era dada ao campeão, agora acontecerá em uma disputa mais elaborada, com um quadrangular com os quatro primeiros colocados. A novidade foi bem vista pelos envolvidos na disputa estadual, de acordo com Josué Santos, Diretor de Competições e 2º vice-presidente da FSFS, a entidade usou da ideia como uma forma de atração para com as equipes, as quais buscarão adentrar nas primeiras colocações gerais da disputa estadual. “Depois do campeonato, faremos o campeão incluso, com os quatro melhores da disputa estadual, para tirar daí o representante sergipano a Liga Nordeste. É uma forma de dar a mais clubes a oportunidade de lutar pela vaga. Mas nada impede que o campeão estadual também fique com ela”, esclareceu. Telespectador fiel do campeonato, acompanhante da prática salonista sergipana há anos, o estudante aracajuano Mário Augusto, ilustrou ao Jornal Sou de Sergipe, os avanços da modalidade nesta temporada. “Faz tempo que não vejo um campeonato assim, tão disputado e nivelado, da maneira que se apresenta. Acredito, que esse novo panorama se deve principalmente a forma que o campeonato se apresenta, sobretudo, a estrutura que é

oferecida às agremiações participantes. Boas praças esportivas selecionadas, arbitragem qualificada, bons jogadores e preparadas comissões técnicas dão um brilho a mais à competição” comentou Mário. Com ginásios lotados nos quatro cantos do estado, o sucesso do futsal sergipano em 2014, e principalmente, do Campeonato Estadual Categoria adulta, impulsiona momentaneamente estudos visando a Série A-2 do páreo estadual, a famosa Segundona. Animado com o desempenho do certame, o presidente da FSFS, Vanilson Rezende, garantiu possibilidade do páreo de acesso. Com o aumento do número de participantes e busca de agremiações para a participação na próxima edição, o páreo de ascensão pode ser uma válvula de escape “Do jeito que a disputa vai com tantas cidades querendo voltar a ter um clube de futsal no campeonato sergipano, já estamos pensando em implantar a segunda divisão do futsal para 2015”, declarou o cartola. Sem mais no tocante de páreo de acesso, o Sergipano de Futsal que segue a todo o vapor, terá sequência após a fase de grupos, com os dois melhores de cada chave, o primeiro colocado jogará com o oitavo, o segundo com o sétimo e assim por diante. Além disso, o time melhor colocado dentre as duas equipes que jogam terá o direito de definir o duelo

em casa. Em meio aos ganhos e acertos, o futsal sergipano encabeçado com jovens “cabeças pensantes”, percebe-se que fazem valer do discurso de posse, quando o novo presidente falou de sua luta para chegar à presidência da FSFS e pediu à ajuda dos presidentes dos clubes, para o aumento da prática. Fábio Teles, o 1º vice-presidente, com lágrimas nos olhos, falou sobre a necessidade da ajuda de todos em prol do futsal sergipano, para o crescimento da modalidade em todo estado. Lei Seca é Capital do Sertão na disputa Sempre reconhecida como um polo do futsal, a Capital do Sertão, Nossa Senhora da Glória, após decepção na Copa TV Sergipe, aposta agora sua torcida no Leia Seca. Duelista do Grupo D, ao lado do Pumas (Monte Alegre), Desportiva (Canindé) e Juventus (Porto da Folha), a agremiação que conta com experientes e conhecidos da prática esportiva em Sergipe, a exemplo de Luciano Negão, Ricley, Adolfo, Neto Capela e Faguinho, apresenta positividades e se comporta como um das favoritas às fases subsequentes da disputa estadual. Qualificada de toques, passes trabalhados e pontaria expressiva, a equipe gloriense chega firme e forte na competição com a liderança do ex-jogador, hoje técnico, Alexandre Pernambucano.

Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822


6 - especial 84 anos

Nossa Senhora da Glória/SE Setembro de 2014 - Ano I | II Edição

GLÓRIA: de Boca da Mata à Capital do Sertão Por: Inácio Santana | Redação Soudesergipe - Imagens: Acervo de Airles Almeida - Fontes: http://ilzahistoria.xpg.uol | http://histse.blogspot.com.br/

26 de Setembro de 1928 é a data que marca a emancipação político-administrativa de Nossa Senhora da Glória. Mas a história do município é bastante anterior. A pequena vila que era conhecida como ‘Boca da Mata’, distante 126 quilômetros da capital, originou-se em meio a uma densa mata e a pequenos ranchos que gradualmente foram se instalando e dando notoriedade a pequenos grupos de comerciantes e viajantes que passavam e ali ficavam agraciados pelos atrativos agropecuários que a localidade proporcionava. Por volta de 1600 a 1625, os ranchos deles acabaram

formando a povoação. As primeiras casas do vilarejo foram a da Fazenda Boca da Mata, de propriedade de Antônio de Souza Correia (atual Avenida 7 de Setembro); a de Francisco Teles Trindade, conhecido por Xixiu, ao lado direito de onde veio a ser construída a Capela e a casa de Antônio Pereira de Souza (a primeira da Rua Velha, hoje Praça da Bandeira). Somente através do pároco Francisco Gonçalves Lima, que a primeira denominação da vila foi mudada para Nossa Senhora da Glória, após uma campanha comunitária que resultou na compra da imagem da santa que dá nome ao município. Em 1929 a vila teve como

primeiro intendente, Francisco de Souza, que construiu a Prefeitura Municipal. Ele foi eleito para administrar no período de 1930 a 1934, mas teve o mandato interrompido pelo movimento de 1930. Vários acontecimentos marcaram a história do município, a exemplo de prolongadas secas que castigaram a população e uma invasão dos cangaceiros comandados por Lampião. Nesta época muitos proprietários abandonaram as terras para se livrar de saques, e com isso tiveram seu progresso prejudicado. Em 1938, a vila foi elevada a categoria de cidade. Em 24 de julho de 1957 foi criada a

Comarca de Nossa Senhora da Glória. José Amaral de Oliveira foi o primeiro pároco da Igreja Matriz, que passou a ser paróquia em 1959. A igreja foi construída em um terreno doado por Francisco Teles Trindade conhecido por Xixiu. Atualmente o município é destaque em toda região do Alto Sertão Sergipano devido ao desenvolvimento econômico que tem alcançado. Além de sua boa localização geográfica, hoje possui a maior feira-livre da região e grandes empresas do ramo de móveis e laticínios, assim a antiga ‘Boca da Mata’ passou a ser a famosa ‘Capital do Sertão’.

Heróis que fazem nossa história

CARDOSO DOS REIS Cardoso dos Reis um exemplo de cidadão gloriense que muito fez por tal, principalmente no que se refere à educação do município. Com marco de sua predestinação pela educação, fundou o Educandário São Francisco de Assis, construiu o Colégio Glória, fundou a Escola de Corte, Costura e Bordado Dona Leopoldina, fundou o Colégio Nossa Senhora da Glória, e como Secretário de Educação do município, fundou A Escola Tiradentes. Além de dedicar boa parte de sua vida às causas populares.

PADRE LEON GREGORIE (UM BELGA GLORIENSE)

JORGE HENRIQUE VIEIRA SANTOS POETA E PROFESSOR

Nascido em Barchon, na Bélgica em 25 de março de 1925, Padre Leon Gregório é um ilustre filho que o município de Glória adotou. Muito conhecido por ações de assistencialismo aos pobres que desenvolveu desde sua vinda, na década de 70. Construiu asilos, escolas, creches, mantendo fardamento, material escolar e alimentação da população necessitada.

Nascido em 19 de março, formado em Língua Portuguesa, Literatura e Redação e atuante em sala de aula desde 1989, Jorge Henrique é mais um ilustre filho de Nossa Senhora da Glória. Conhecido por desenvolver poemas, como ‘Sua Ausência’, poema finalista do XI Concurso de Poesia da cidade de Lagarto - SE, em 1999. Premiado em alguns concursos de Sergipe e Alagoas. Seu primeiro livro publicado foi “Mutante in Sanidade”, logo após, publicou contos e alguns poemas. Jorge Henrique elaborou no ano de 2008 o cordel – “Glória Cantada em Versos – 80 anos de Emancipação Política”.

VÉIO ARTESÃO O Artesão Cícero Alves dos Santos, conhecido popularmente como Véio, está entre os personagens glorienses que mais orgulham o município. O artista continua esculpindo suas peças com criatividade, retratando a cultura de seu povo. O artesão Veio é um dos mais importantes populares do estado de Sergipe. Seu trabalho corre o mundo e uma parte dele está exposta em um museu ao ar livre, no terreno que pertence à sua família em Feira Nova.

Imagens que se confudem com a história de Nossa Senhora da Glória:

1º Centro de ensino

A passagem de Lampião e seu bando

O Colégio Estadual Cícero Bezerra foi fundado em 19 de agosto de 1963 com o nome de Grupo Escolar Cícero Bezerra e foi o primeiro Centro de Ensino de Nossa Senhora da Glória, com apenas uma sala de aula. Teve seu nome mudado para Escola de 1º Grau Cícero Bezerra em 1978, sendo esta denominação alterada para Escola Estadual Cícero Bezerra em 2000. Através do decreto nº 24173/2006 de 28/12/2006 foi transformada em Colégio Estadual Cícero Bezerra

O dia 20 de abril de 1929 marca a passagem do bando de Lampião pela feira de Glória e da Volante de Zé Rufino, o que provocou uma onda de pânico na população que temia saques e derramamento de sangue. No entanto a passagem de Lampião e dos cangaceiros pela localidade ocorreu de forma “tranquila”, uma vez que em Nossa Senhora da Glória, o capitão Virgulino agiu de forma diferente, contrariando a expectativa da população local, que temia uma passagem violenta.

Praça e construção da prefeitura Em 1929, João Francisco de Souza, primeiro intendente do município construiu a prefeitura. Foto: Praça da Prefeitura.

Casamentos caipiras Os festejos juninos marcam as maiores comemorações dos nordestinos. Em Nossa Senhora da Glória era (e ainda é) comum a realização dos tradicionais Casamentos Caipiras, já outras brincadeiras como quebra-pote e pau-de-sebo tornaram-se mais raras. Foto: Casamento Caipira 1984

Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822

Igreja católica e crescimento peculiar do município A Igreja Católica foi uma instituição responsável pelo processo de colonização de Sergipe. O lugar onde fosse construída uma igreja, ao mesmo tempo em que possibilitaria um aumento demográfico, elevaria sua situação e seu status, passando a ser mais valorizado. Em Nossa Senhora da Glória, esse processo ocorreu de modo peculiar. Diferentemente das povoações que surgiram a partir de uma capela, “Boca da Mata” teve a sua construída apenas em 1904 (apesar da primeira missa ter sido celebrada por volta da última década do século XIX), enquanto o início da povoação se deu provavelmente em 1879.

A tradicional Feira-livre A feira livre de Nossa Senhora da Glória, realizada aos sábados, é a mais importante do Sertão Sergipano. Inicialmente era realizada em frente à Igreja Matriz e foi transferida em 1919 da Rua Velha para a atual Praça Filemon Bezerra Lemos (Praça Da Prefeitura). Muitos anos depois foi transferida para a AV. Lourival Batista. Foto: Feira na Praça Lourival Batista, 1980.

Primeiro Mercado Público Na foto (sem data) imagem do primeiro mercado público de Nossa Senhora da Glória, construído em 1950.


N. sra da Glória - 7 Hinode recruta pessoas para equipe e garante vantagens Nossa Senhora da Glória/SE Setembro de 2014 - Ano I | II Edição

Redação Soudesergipe

H

inode: uma das mais sólidas e prósperas empresas brasileiras de vendas diretas atuando no segmento de bem-estar e beleza cosmética e perfumaria, há 26 anos, oferece uma completa linha de mais de 300 itens em seu catálogo, elaborado com as melhores matérias-primas do mercado mundial, com fabricação própria. A empresa que conta com uma linha completa de cosméticos para tratamento facial, corporal, capilar, maquiagem, produtos infantis e linhas de perfumaria feminina e masculina, tem como concorrente os mais desejados perfumes de grife. Em Agosto de 2012, foi inaugurada a primeira franquia Hinode do município de Nossa Senhora da Glória-SE, tendo como investidores os empresários Gladson Cardoso e Robson Lopes. Hoje, a empresa passa por uma fase de expansão, contando com mais 180 franquias, e com objetivo de chegar a mais de 200 franquias até o fim deste ano. As franquias foram criadas para dar suporte a rede de consultores da empresa, que cresce cada vez mais, batendo recordes de crescimento, devi-

Gladson Cardoso (Diamante e empreendedor da primeira franquia do Brasil em N. Sra da Glória-SE)

D. Adelaide Rodrigues (Fundadora da Hinode) e Marta Sales (Empreendedora da franquia de Itabaiana-SE)

Robson Lopes, Marta Sales, Presidente da Hinode Sandro Rodrigues e Gladson Cardoso

do a agressiva aposta de plano de carreira para os seus consultores. Conforme os planos de seu presidente, Sandro Garcia Rodrigues, a empresa contempla para 2014 um crescimento de mais de 100% comparados com 2013. A empresa projeta abrir mais 150 franquias até o fim de 2014 e sua rede de consultoras deverá crescer ainda mais, atingindo a marca de 100.000 pessoas. Seu faturamento em 2014 deverá ultrapassar 60 milhões. De acordo com notícias veiculadas em 2011, o Brasil tornou-se o campeão mundial em

mundo. Todos os produtos são avaliados e aprovados por modernos laboratórios, e em seguida registrados nos órgãos competentes. Isso garante sua máxima eficácia e segurança. Porque os Perfumes da Hinode são os melhores do Brasil? Alta concentração - Os perfumes fabricados pela Hinode possuem 23% de concentração de essência de altíssima qualidade, a maior concentração do Brasil, o que garante excelente fixação – de 8 a 12 horas ou mais. Os perfumes da Hinode

consumo de perfumes. Ou seja, o maior mercado consumidor do mundo está aqui e os melhores produtos existentes hoje no Brasil. Assim, a organização se solidifica como uma empresa de inclusão e distribuição de riqueza, com produtos de altíssima qualidade. A Hinode é também membro da ABEVD - Associação Brasileira de Empresas de Venda Diretas - o que garante o seu compromisso com o código de conduta do setor, colaborando para o desenvolvimento ético da venda direta no Brasil e no

são certificados pela Anvisa (Agência Brasileira de Vigilância Sanitária) e são classificados como um legítimo “Parfum”. Quais as vantagens de se trabalhar com a Hinode? O grande diferencial de se adquirir uma concessão da Hinode é que você será não apenas um micro franqueado, mas também um franqueador. Assim, você poderá indicar essa oportunidade de negócios a quem você quiser e a empresa lhe pagará bônus pelo volume de produtos comercializados pelas pessoas indicadas por você.

Entendendo melhor: Como em qualquer franquia tradicional você terá o direito de usar o nome da empresa e revender seus produtos com lucro de 100%. Não apenas 30% ou 40% como muitas empresas famosas que atuam nessa área, mas 100% de lucro. A empresa oferece a possibilidade de desenvolver o plano de carreira onde: •Você ganha de 3% a 18% de todas as vendas da equipe, conforme sua graduação dentro do negócio Hinode; •Você ganha de cada adesão (Cadastro) na formação da sua equipe até a quinta geração; •Você ganha ainda cruzeiros, viagens internacionais e carros ao alcançar as maiores graduações dentro do negócio. A Hinode está perto de você no estado de Sergipe! Você pode encontrar os produtos e saber sobre o negócio em Nossa Senhora da Glória, na Rua Pedro Alves Feitosa 140 B 2º Andar – Centro, ou em Itabaiana na Praça Etelvino Mendonça, 311 – Centro ou com os Consultores Robson Lopes (79) 9853-4423, Gladson Cardoso (79) 9853-4426 e Marta Sales (79) 9914-1019.

“Vermelho, vermelhaço, vermelhusco, vermelhante, vermelhão” Prefeito de Glória pinta cidade com supostas cores de sua campanha política

A

Por Welderban | Redação Soudesergipe

cidade de Nossa Senhora da Glória, no sertão sergipano, é alvo de várias polêmicas envolvendo o seu administrador, o prefeito Chico do Correio. A mídia do sertão já noticiou várias arbitrariedades do gestor que foi destaque na esfera estadual. Dessa vez o prefeito resolveu inovar. Aos poucos as cores da campanha eleitoral da candidatura comunista, ou melhor, “socialista”, como muitos imaginam – o vermelho e o amarelo – está, de forma rápida, tomando conta da cidade. Não se trata apenas do desperdício do dinheiro público. É ainda mais grave. Fere o princípio constitucional da impessoalidade na gestão pública. E fere também o pluralismo político, onde administradores agem como se fossem “donos da cidade”. A capital do sertão tem em sua bandeira as cores vivas do verde e amarelo nitidamente brasileiro e que, de acordo com o art. 37da Constituição Federal devem ser respeitadas e aplicadas em prédios públicos como forma de identificação

de território. O suposto abuso do poder econômico pode ser visto ao caminhar pelas ruas da cidade. Ginásio de Esportes, a quadra municipal que fica anexada à Escola Tiradentes, Prédios de algumas secretaria e placas de sinalização de ruas ganharam novas cores. Até a faixa de pedestre não escapou da coloração avermelhada. Segundo o superintende da SMTT, Ismael Andrade, as faixas em tons de vermelho e branco são chamadas de “faixas da vida” e têm o objetivo de aumentar a percepção dos motoristas em relação às mesmas, no intuito de proporcionar maior visibilidade. E como diz na letra da canção de Fafá de Belém... “Vermelho, vermelhaço, vermelhusco, vermelhante, vermelhão...” a cidade vai ficando cada vez mais viva, cheia de cores e um cheiro de PT no ar. Isso porque o excelentíssimo senhor prefeito Francisco Carlos Nogueira é do Partido dos Trabalhadores, se fosse do DEM a cidade poderia ficar azul da cor do mar, com o verde da esperança.

Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822


8 - política

Nossa Senhora da Glória/SE Setembro de 2014 - Ano I | II Edição

ABANDONO: O trágico resultado da “Dança das Cadeiras” das administrações sertanejas

Redação Soudesergipe

O

Alto-Sertão Sergipano sofreu nas últimas eleições uma dança das cadeiras: Três dos cinco municípios da região votaram na esperança e elegeram a mudança. Heleno Silva em Canindé de São Francisco, Tonhão (PSC) em Monte Alegre, Chico do Correio (PT) em N. S. da Glória e Dr. Albino (PSD) em Porto da Folha receberam do seu povo a missão de transformar seus municípios. Apenas o intocável Frei Enoque foi reeleito através do seu herdeiro político, o petista Roberto Araújo. Dois anos depois, chegamos à metade das administrações municipais. Nessas semanas cada prefeito irá bater nas portas dos seus eleitores em busca de votos para os candidatos que serão suas forças em Aracaju e Brasília. Porém, agora é hora de parar e analisar o que cada um fez e responder à altura, nas urnas. Para que essa resposta seja dada, preparamos um panorama das administrações sertanejas.

Canindé de São Francisco O Pastor Heleno Silva chegou a Canindé com a promessa de revolucionar e fazer dela uma cidade modelo. Para ser eleito fez o milagre de unir em sua coligação inimigos históricos tais como Genivaldo Galindo e Milsinho Balbino (PT). Talvez esse tenha sido o seu primeiro erro. O programa de governo de Heleno garantia que em 6 meses seria feita a inauguração do hospital que estava sendo construído há mais de dois anos pela administração Orlandinho Andrade. O Pastor se comprometeu em construir casas, quadras poliesportivas, saneamento e pavimentação de ruas. A palavra de ordem era: “Canindé pode! Canindé recebe R$10 milhões por mês”. Porém, a realidade atual é outra. A saúde continua com as mesmas deficiências. Os bair-

ros continuam a crescer sem qualquer planejamento urbano, com o esgoto correndo a céu aberto. Foram feitas demissões em massa de funcionários canindeenses e admissão de montealegrenses. O calendário de pagamento do funcionalismo foi rasgado. Os programas de assistência social como Renda Mínima e Bolsa Universitária foram mutilados. Refletindo na decadência do comércio no município. Abandonado por muitos de seus aliados, nos últimos dias Heleno reconheceu que ser prefeito de Canindé foi o maior erro de sua carreira política. Atualmente ele faz campanha para eleição dos seus aliados. Enquanto isso, os canindeenses rezam ao Deus do Pastor pelo fim dos dias ruins.

Nossa Glória

Senhora

da

Pela segunda vez candidato a Prefeito de Nossa Senhora da Glória, Chico do Correio (PT) teve que realizar uma polêmica aliança política com um dos mais controversos líderes políticos da região, o ex-prefeito Sérgio Oliveira, para que assim pudesse chegar ao poder. Na disputa, o candidato petista venceu com 316 votos de vantagem na disputa eleitoral contra o candidato Jairo Santana (ex-PT do B). Apesar do belíssimo trabalho realizado enquanto legislador na Câmara Municipal de Glória, Chico do Correio não vem agradando à população da Capital do Sertão. Os equívocos envolvendo sua gestão vão de denúncias de existência de secretarias fantasmas a licitações com números exorbitantes, como por exemplo, a polêmica envolvendo a suposta compra de R$ 190.800,00 de fogos de artifício. A maior marca negativa da gestão petista acabou se tornando, no entanto, a acumulação de diversas obras paralisadas: Pavimentações de Ruas, Quadra do Joviano Barbosa, Campo de Futebol Editon de

Oliveira, Praças da Juventude e Joviano Barbosa são consideradas as principais. Além de tais escândalos, a administração de Chico tornou-se alvo de críticas pelo constante desrespeito com a imprensa local. Entrevistas desmarcadas, centralização e ausência de informações e o constante abuso de autoridade por parte da Equipe de Comunicação da Prefeitura de Glória vêm marcando negativamente o setor comunicativo local. Bastante admirado por sua postura ética e íntegra, Chico vem sendo alvo constante de críticas por sua pífia administração à frente de Nossa Senhora da Glória. Porém, muitos consideram seus erros como consequência da aliança política feita pelo prefeito com o grupo de Sérgio Oliveira, e enquanto isso, a população gloriense sofre com as inúmeras falhas administrativas que vem marcando esses últimos dois anos e meio.

Porto da Folha Depois de tentar a disputa pela Prefeitura de Porto da Folha/SE por duas vezes, o jovem médico, Albino Tavares (PSD), conseguiu eleger-se em 2012, surgindo então como a esperança dos portofolheses, visto que a gestão anterior havia se desgastado com os dois mandatos. Porém, no decorrer desses dois anos de administração, a população portofolhense vem se desiludindo com as atitudes e omissões por parte do gestor. São vários os fatores que ora desiludem os buraqueiros, até mesmo porque a quantidade de votos que lhe dera a vitória foi bastante expressiva, aproximadamente 10 mil pessoas depositaram nas urnas sua esperança. Doravante, a cidade convive com uma das piores fases da sua história. São vários os reclames da sociedade no tocante aos dois anos da administração de Albino. Um dos seus primeiros erros foi alegar o excesso na

Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822

folha de pagamento do pessoal e ameaçar de exoneração os servidores efetivos em estágio probatório ou não, fato que causou histeria na cidade. Além dos cortes e atrasos nos pagamentos de salários dos servidores e as várias acusações de nepotismo e manutenção de cargo em comissão. Contudo, o maior escândalo da atual administração vem sendo a perseguição a opositores. Um dos maiores exemplos dessa denúncia foi o caso de um servidor, cujo nome não quis revelar, que segundo conta, foi transferido 35 vezes pelo simples fato de não comungar com o grupo que está no poder. A cidade praticamente estagnou no tempo e o cenário é desolador, muitos se dizem ansiosos para o fim de tal mandato. Mesmo restando dois anos, ainda há tempo para que o gestor possa colocar Porto da Folha nos trilhos, pois assim, todos ganhariam e conviveriam em situação mais humanitária.

Poço Redondo Eleito após uma vitória arrasadora, o queridinho de Frei Enoque, Roberto Araújo (PT), não poderia ficar de fora do quadro negativo e fazendo jus às demais administração do Sertão Sergipano vem deixando Poço Redondo a mercê do abandono. Durante sua gestão, Poço Redondo viu a oportunidade de ter um Campus da UFS em seu território escorrer pelos dedos, em uma disputa um tanto desigual com Nossa Senhora da Glória, fato que deixou o sentimento de revolta na população da terra onde Lampião morreu. Já não bastasse a derrota melancólica, a atual administração vêm acumulando escândalos. O mais recente foi durante a Festa da Padroeira do munícipio, onde os poçoredondenses tiveram que pagar a quantia de R$ 15,00 nos dois primeiros e R$ 20,00 no terceiro e último dia, para poder

então, participar dos tradicionais festejos, ora privatizados à uma empresa de produção de festas. Outras duas polêmicas, repercutidas a nível estadual no Jornal Cinform, foram os supostos ‘Calote do Leite’, que segundo denúncias foi responsável pelo desvio de aproximadamente R$ 76 milhões que seriam destinados a produtores e crianças residentes em assentamentos do município, e a ‘Máfia da Merenda’, denunciada pelo presidente do Conselho de Alimentação escolar (CAE). De acordo com o presidente Pedro Lima dos Santos, a prefeitura teria deixado de pagar as contas dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), referentes à alimentação escolar. Mesmo com tamanhos escândalos, o grupo guiado por Frei Enoque segue firme, forte e favorito para eleger o próximo candidato nas Eleições 2014.

Monte Alegre Em Monte Alegre de Sergipe a situação não é diferente das demais. O Prefeito Antônio Fernandes (Tonhão) iniciou a sua gestão cortando gratificações de vários servidores públicos, foi acusado pelo SINTEGRE de perseguição política e em seu mandato não realizou nenhuma obra estruturante. O vereador Ariosvaldo Dantas, o Tió da Baixa Verde, disparou contra o Prefeito da cidade durante seu discurso em uma sessão plenária da Câmara de Vereadores, ocorrida na manhã da terça-feira, 19 de agosto. Indignado com a atual administração, o parlamentar disse que até o momento o gestor não criou nenhum projeto de infraestrutura e não colocou em prática nenhuma indicação aprovada na câmara. Em tom agressivo, Ariosvaldo falou que o único projeto executado por Tonhão é o “Bolsa Familiar”, uma referência feita pelo vereador sob a acusação de estar havendo nepo-

tismo na administração atual. “O único projeto que ele executou foi o “Bolsa Familiar”, empregar todo mundo da família dele lá na prefeitura, só!” Enfatizou o Vereador. Os vereadores permanecem na bronca desde o início do mandato de Tonhão, pois foi aprovado créditos suplementares de 80 e 65%, mas até o momento não foi assentado nenhum bloco na cidade, ou seja, nenhuma construção de grande porte foi feita durante a gestão atual. Para completar, o vereador Tió ainda informou, com o reforço do parlamentar Nivaldo Babosa “TT”, que as festas tradicionais que fazem parte da cultura do município foram esquecidas por Tonhão, o qual sempre prolatou em palanque político pela valorização destas. O clima tende a esquentar. Os vereadores de oposição a Tonhão prometem levar a bronca adiante até o gestor colocar o município no caminho certo. Para eles, as promessas de campanha não saíram do papel e Monte Alegre, de fato, parou no tempo. A onda de mudanças era apenas uma marola. Dentre os prefeitos eleitos, uns se arrependeram e outros não convenceram. A seca mais penosa ainda nos atinge, aquela da boa administração do dinheiro público. Talvez ela dure por mais alguns anos. O Sertão parece ainda continuar praticando a Velha Política. No século da informação testemunhamos o desinteresse dos jovens pela política honesta. Isso reflete na falta de nomes promissores para as próximas eleições. A mudança tão exigida nas ruas deve ser feita nas urnas, então, que comecemos a partir de agora! Aos administradores e assessorias das cidades citadas, deixamos, de forma democrática, o espaço do Jornal Sou de Sergipe livre às devidas retratações nas edições seguintes.


Nossa Senhora da Glória/SE Setembro de 2014 - Ano I | II Edição

MEC divulga mais de 2400 vagas do Pronatec para Sergipe no 2º semestre Por Welderban | Redação Soudesergipe

O

Ministério da Educação divulgou que o Pronatec Brasil Sem Miséria tem mais 50 mil vagas exclusivas neste 2º semestre. A nova oferta é voltada aos programas Mulheres Mil, com 48 mil, e Vira Vida, com 2,36 mil. Com isso, estes programas somam 82 mil vagas em 2014. Desse total, 2415 vagas são destinadas para Sergipe, através do Instituto Federal (IFS). O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) vai encaminhar, aos municípios contemplados com vagas, a planilha com a oferta desta se-

gunda etapa. Em Sergipe, as cidades a serem beneficiadas são: Aracaju, com 900 vagas; Estância, 300; Itabaiana, 625; Lagarto, 100; Nossa Senhora da Glória, 320; e São Cristóvão, 170. Para as turmas compartilhadas, ainda está em vigência o prazo de 10 dias entre a publicação da turma e o início das aulas, sendo 5 dias para a realização das pré-matrículas e 5 dias de inscrições online via site do Pronatec. Para turmas exclusivas, não há a possibilidade de inscrição via internet. *Com informações do MDS

Jovem comete suicídio em Aquidabã

Lei Seca de Glória é

eliminado na semifinal do primeiro turno do Sergipano de Futsal

E

Por Welderban | Redação Soudesergipe

m jogo recheado de muitos gols o Lei Seca de Glória dá adeus ao primeiro turno do Campeonato Sergipano de Futsal, na noite do último sábado, 27 de setembro. O jogo sediado em Aracaju levou o torcida local ao delírio com uma vitória larga por 6 a 3 contra a equipe Gloriense.

primeiro turno do Sergipano, mas volta para casa com a cabeça erguida e com o foco no segundo turno do campeonato.

notas rápidas - 9

Evangélicos pretendem

lançar nome de bispo

como candidato a

Prefeito de Glória

A final será entre Aracaju e Real Moitense. As equipes decidirão o título em dois jogos.

O Lei Seca perde a oportunidade de disputar a final do

BOATOS: Gravação de áudio

envolvendo nome de vereador de Monte Alegre não passou de uma armação Por Welderban | Redação Soudesergipe

E Por Welderban | Redação Soudesergipe

O

Por Welderban | Redação Soudesergipe

jovem Eric Faro, 18 anos, cometeu suicídio por enforcamento na manhã da última segunda-feira, 29, no município de Aquidabã, localizado no agreste de Sergipe. Ele foi encontrado pelos familiares e amigos por volta das 10:00hrs, em sua residência, no Povoado Segredo, zona rural

de Aquidabã. O jovem sofria com depressão e segundo informações esse foi o motivo que levou Eric a praticar o ato por enforcamento. Esse é o segundo suicídio em uma semana. O último aconteceu na segunda-feira da semana passada. Um homem de Aproximadamente 55 anos, atirou contra sua cabeça em sua residência.

E

ssa semana foi veiculada nas redes sociais uma gravação de uma suposta conversa entre duas pessoas em que colocava o nome do presidente da câmara de Monte Alegre numa possível compra de votos. O áudio foi compartilhado nos grupos do Whatsapp através de vários aparelhos telefônicos. Após realizar uma investigação, nossa equipe de

reportagem descobriu que a gravação não passava de uma armação, com o objetivo de prejudicar o vereador Sérgio Murilo. Encaminhamos a veracidade dos fatos ao vereador que acionará a justiça para que os responsáveis pela trama sejam compelidos judicialmente ao crime de calúnia e injúria.

WWW.SOUDESERGIPE.COM.BR

stamos ainda no período das eleições de presidente, mas já começam os enlaces para a construção dos grupos políticos para o pleito de 2016 no sertão de Sergipe. Inconformados com a arbitrariedade de políticos considerados “ultrapassados” no município de Glória, lideranças religiosas e lideranças de alguns partidos, com o apoio de vários líderes comunitários, pretendem lançar uma nova opção para concorrer com uma chapa majoritária na próxima eleição municipal. O nome mais comentado é o do Bispo Joseclan Chagas da Igreja Nova Dimensão. Joseclan está no município de Glória há oito anos e poderá ser candi-

dato a prefeito com um novo partido, o PLC (Partido Liberal Cristão), que entrará em vigor a partir do próximo ano. O partido é denominado Governo dos Justos e tem como objetivo implantar os princípios estabelecidos por Deus, de justiça, bondade, verdade e prosperidade na política brasileira. A intenção é de promover uma união entre as religiões evangélicas do município e combater a corrupção, promovendo transparência e defendo os direitos da família. Nesse ínterim, a política de Glória ganha um novo rumo e poderá reservar grandes surpresas até o seu clímax.

Heleno Silva e Kaká Andrade trocam farpas e o clima esquenta em Canindé

Em Glória, Polícia Civil inicia devolução de

motos recuperadas durante operações Por Welderban | Redação Soudesergipe

O

Sistema de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) através da Polícia Civil vem intensificando ações de repressão e prevenção à criminalidade nos municípios do alto sertão. Neste ano foram desencadeadas operações no combate ao tráfico de drogas, roubos e furtos; culminado com várias prisões, mandados de busca e apreensão de veículos. A Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória, sob o comando de Delegado Jorge Eduardo, em parceria com o Delegado Samuel Oliveira, fez registros de 09 motocicletas com restrições de roubos que serviam como transportes nas ações criminosas. O Policial Civil, Gabriel Solano, relatou em entrevista ao Jornal Soudesergipe, que quatro veículos já foram identificados e devolvidos aos seus respectivos proprietários. Segue a lista: Uma motocicleta HONDA CG 125 Fan de propriedade do Senhor Ismar Santos de Farias com procedência de Trai-

Por Welder Ban| Redação Soudesergipe

O

Senador Kaká Andrade (PDT) disse ao FAXAJU que vai entrar com um processo judicial em desfavor do Prefeito de Canindé do São Francisco, Heleno Silva.

pu/Alagoas; uma motocicleta HONDA CG 150, cor vermelha, placa policial MVJ-0975 do senhor Manoel Bispo dos Santos, oriundo da Delegacia de Porto da Folha; uma moto CG 150, placa policial IAE-4967, de propriedade do Senhor Josivaldo Souza com procedência do município de Capela/SE. “Ainda falta o relatório da Secretaria de Segurança pública para as demais motocicletas

serem levadas aos seus donos. É importante a presença dos proprietários à delegacia, munidos de Boletim de Ocorrência, carteira de identidade e documento do veículo (caso não tenha sido levado durante o roubo.” Acrescentou Solano. As vítimas devem ficar atentas ao registro do Boletim. Se o mesmo estiver registrado em nome de outra pessoa, ambos devem comparecer com

os documentos. O trabalho da Polícia Civil de Glória deve se estender até a conclusão dos inquéritos policiais. Legenda da foto: O Senhor Ismar Santos Farias de Traipu/ Alagoas foi até à Delegacia Regional e retirou o veículo, o qual foi confirmado ser da sua posse por conta dos documentos apresentados.

O Parlamentar afirma que vem recebendo reclamações dos servidores públicos da prefeitura de Canindé, assegurando estarem sendo coagidos a votar nos candidatos apoiados por Heleno Silva, na eleição do dia 5 de outubro. Kaká ressaltou dizendo que o prefeito vem fazendo constantes ameaças em reuniões com servidores comissionados e prestadores de serviço da Prefeitura da cidade do alto sertão sergipano. Heleno negou as acusações e disse que Kaká não passava de um “Coronelzinho”, alegan-

do que o senador queria ser prefeito do município de Canindé. Após tomar conhecimento da matéria veiculada no FAXAJU, o prefeito de Canindé do São Francisco, disse que riu ao ler as acusações feitas pelo senador. Ironizando as acusações de Kaká, Heleno disse em uma emissora de rádio que ninguém teria o direito de lhe chamar de ditador. Além disso, o prefeito afirmou que a gestão passada dos “Andrades” havia deixado oito milhões de reais com o INSS. O clima tende a esquentar. Kaká insiste em levar as acusações adiante e irá solicitar às autoridades competentes que abram o procedimento judicial adequado, no intuito de enquadrar o Prefeito Heleno Silva.

Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822


10 - empresarial

Nossa Senhora da Glória/SE Setembro de 2014 - Ano I | II Edição

Espaço Cultural de Setembro na AL é aberto com boa programação Por Habacuque Villacorte, da Agência Alese

A

primavera – estação das cores, das flores e da alegria – chegou primeiro na Assembleia Legislativa de Sergipe, com a abertura da programação do mês de setembro do Espaço Cultural Deputado Djenal Queiroz. O coquetel de lançamento aconteceu na terça-feira, 23, e reuniu um grande público que foi prestigiar os artistas que têm seus trabalhos expostos nesta edição da mostra de arte. Até o dia 20 de outubro estarão em exposição as pinturas do artista plástico Eduardo Fabião Lima, as fotografias de Ângela Cristina e as esculturas de Keninho. Na abertura da Mostra, o escritor José Reginaldo dos Santos lançou seu livro “Mulheres Maravilhosas”. Na oportunidade, a cantora Raquel Delmondes fez o lançamento do seu CD “Vem cantar meu samba”. O presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado José Franco (PDT), a diretora de Comunicação Social, jornalista Sandra Cruzz, e a curadora do Espaço Cultural, Ilma Fontes, recepcionaram os artistas e os apaixonados pela arte sergipana. Também prestigiaram o diretor do Departamento Técnico-Legislativo da AL, Deoclécio Vieira Filho; a diretora de Cultura da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), Antônia Amorosa de Menezes; e o desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe, Edson Ulisses.

o amor e a paz. Meu primeiro livro foi sobre a paz. Agora eu decidi fazer uma declaração de amor. Fiz pensando nas mulheres mais próximas e, depois resolver estender para aquelas que tinham importância social no bairro em que moro, mulheres como Maria Feliciana, Maria Marques e Antônia Amorosa”. Foto: César de Oliveira, da Agência Alese

Foto: César de Oliveira, da Agência Alese

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Zé Franco (PDT), destacou a iniciativa. “Esse foi um grande projeto da professora Ilma Fontes. E vai seguir, vai ter continuidade. A cultura e a arte são necessárias e precisam ser preservadas. Quero um bem a esse Espaço Cultural e não apenas como presidente, mas como cidadão também. O nosso Nordeste tem uma diversidade cultural fantástica. Isso é uma dádiva de Deus. Terá sempre o meu apoio e o meu incentivo”. Já a curadora do evento, a professora Ilma Fontes, fez um convite para a sociedade sergi-

Foto: César de Oliveira, da Agência Alese

pana. “As pessoas têm até o dia 20 de outubro para virem prestigiar, aqui na Casa do Povo, Tem a exposição maravilhosa de Eduardo Fabião Lima, logo no primeiro dia da primavera, em plena sintonia com esse colorido da arte desse gaúcho que já está em Sergipe há 18 anos. Tem ainda a escultura de Keninho, um artista emergente, que vem de um prêmio de primeiro lugar por desenvolver um trabalho com tom crítico e político, algo bastante autoral, a partir da argila”. Em seguida, a curadora seguiu destacando o trabalho dos artistas. “Selecionamos fotos de Ângela Cristina, de

vários pontos de Aracaju, de Propriá, da Ilha do Cabeço, das cachoeiras, de Xingó. São paisagens bastante fotografadas, mas cada uma tem seu olhar peculiar. Sobre Raquel Delmondes eu avalio como uma nova estrela da música popular sergipana que se dedica com seriedade e que tem preparo para desenvolver sua arte. Já o livro de José Reginaldo presta uma homenagem às mulheres, mas não às políticas, mas aquelas que, de alguma forma, o ajudaram a tocar a vida”. Música A cantora Raquel Delmondes lançou seu CD valorizando o

trabalho dos compositores sergipanos. “São 11 faixas de 11 compositores maravilhosos. Tem trabalho de Joésia Ramos, Mingo Santana, João Melo e uma gama enorme de compositores nesse trabalho de samba todo acústico. Vêm comigo Ricardo Vieira no violão de sete cordas e Baraka no cavaquinho. É uma oportunidade única poder apresentar meu trabalho aqui, na Casa do Povo”. Livro Já o escritor José Reginaldo dos Santos falou um pouco do seu trabalho. “Todas as mulheres são maravilhosas. Sempre gostei de abordar temas como

Presente na Mostra Cultural, a cantora Antônia Amorosa não escondeu a satisfação pela homenagem. “Acho que cada Espaço Cultural que se abre, engrandece os agentes da nossa cultura e das representações literárias. Isso faz com que se enriqueça cada vez mais a nossa arte. A Assembleia desempenha com grande competência sob o comando de Ilma Fontes. E nos enche de felicidade ficar sabendo que dentro dos homenageados, um escrito nos presta uma homenagem, entre as mulheres sergipanas”. Foto Já a fotógrafa Ângela Cristina disse que poder apresentar seu trabalho na Mostra Cultural da Assembleia é um motivo de realização profissional. “Sou apaixonada pela natureza, por cenários como o por do sol, por exemplo. Sempre quando estou com meus familiares procuro retratar momentos únicos, de emoção. Fico feliz pelas pessoas apreciarem meu trabalho e espero poder voltar a esta Casa”.

I Feirão do Limpa Nome em Nª Sra da Glória é encerrado com 1.500 atendimentos Por Ascom/Tjse

A

pós 4 dias de muitos acordos e quase 1.500 atendimentos, foi encerrado neste sábado, dia 27/09, o primeiro Feirão do Limpa Nome da cidade Nossa Senhora da Glória. O projeto foi uma iniciativa do Tribunal de Justiça de Sergipe, através do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais e Soluções de Conflitos e Cidadania (Nupemec) e contou com a parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas do munícípio. No evento, a comunidade de Glória e de cidades vizinhas poderam tirar os seus nomes do SPC/Serasa negociando suas dívidas diretamente com o Banese, BaneseCard, Banco do Brasil, G Barbosa, Normas Col-

lection, Sobaby, Pámela Calçados, Ponteira Modas, Suzannes Multimarcas, Óticas Fernanda, Pereira Móveis, Movelaria Glória, Net Glória, Sthainy Fênix, entre outras. A Secretária Executiva da CDL de N. Srª da Glória, Rosa de Gois, explicou que com o sucesso do Arraiá do Limpa Nome, realizado em Aracaju, , a CDL procurou o TJSE para que a ação fosse levada aos municípios do interior do Estado. “O Feirão é muito importante para os lojistas, na medida em que recuperam os seus créditos. E para a população é a chance de se reinserir no mercado”, afirmou. A Juíza Coordenadora do Centro Judiciário de Resolu-

ções de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e organizadora do evento, Dauquíria Ferreira, informou que o Nupemec pré-negociou com as empresas, bancos e lojistas locais condições de pagamento muito vantajosas para que as pessoas consigam quitar seus débitos. “Com os feirões esperamos que as pessoas tenham seu crédito restaurado, sem nome limpo e sua autoestima elevada”. O Feirão do Limpa Nome, em parceria com os CDL’s locais, também será levado pelo TJSE para os municípios de Propriá, Itabaiana , Lagarto, Aracaju e Estância.

1º Shopping do interior do estado abre as portas Por Daniel Rezende | Redação Soudesergipe

F

oi inaugurado em Nossa Senhora da Glória, na manhã da última segunda, 30, no Avelan Shopping, o mais novo local de funcionamento do Detran-SE. Durante a cerimônia várias autoridades locais estiveram presentes prestigiando esta inauguração, que marcou o início dos trabalhos no primeiro shopping da Capital do Sertão.

Senhora da Glória, o Avelan Shopping é um investimento de R$ 6 milhões de reais do grupo Avelan, que conta com mais de sete mil metros quadrados de área construída em quatro pavimentos e disporá de 50 lojas, praça de alimentação, área infantil com jogos e ambiente totalmente climatizado.

Avelan Shopping Localizado na Avenida Lourival Batista, centro de Nossa

Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822


Nossa Senhora da Glória/SE Setembro de 2014 - Ano I | II Edição

sertão - 11

Dívida da Prefeitura poderá prejudicar a comercialização

de carne na feira de Monte Alegre

Por Welderban | Redação Soudesergipe

O

Prefeito do município de Monte Alegre de Sergipe, Antônio Fernandes (Tonhão), tem uma dívida que já dura quase um ano com a Prefeitura Municipal de Glória que, se não for paga até esta semana, o abate de animais para comercialização em Monte Alegre será interrompido.

Os marchantes pagam toda semana, individualmente, pela “sangria” o valor de 30 reais, e mais 10 reais da banca que totalizam o imposto à prefeitura de Monte Alegre. Esse valor é repassado para o município de Glória no intuito de garantir o abatimento dos animais e consequentemente a comercialização da carne na feira livre da

cidade. No entanto, a informação que surgiu nos últimos dias é que o Prefeito Tonhão não está repassando o montante ao órgão responsável pelo matadouro de Nossa Senhora da Glória e a dívida já está em média R$ 80.000,00 (oitenta mil reais). Esse débito já discorre des-

de o ano passado e segundo informações oficiais até o exato momento só foi pago um valor de R$ 11.000,00 (onze mil reais), o que deixou o Prefeito de Glória completamente revoltado. Na manhã da última sexta-feira, 19, o Prefeito Tonhão se reuniu com todos os marchantes e prometeu estabilizar

a situação. Mesmo assim, não foi o suficiente para convencer todos os açougueiros que já estipulam medidas para reverter o problema. O déficit que vem acumulando poderá acarretar em grandes prejuízos para os moradores de Monte Alegre. Decerto, se não for feito o pagamento até aproxima semana,

a população poderá ficar sem o produto de maior consumo dos brasileiros que é a carne animal e isso, sem dúvida, prejudicará diretamente a feira livre e consequentemente a arrecadação do município.

Eleitores vão às urnas decidir o

futuro de Sergipe Por Welderban | Redação Soudesergipe

Domingo, dia 05 de outubro, os eleitores de Sergipe vão às urnas decidir o futuro do estado e do Brasil. Os cidadãos irão escolher os seus representantes em cinco cargos diferentes: Deputado Estadual, Deputado Federal, Senador, Governador e Presidente da República. Cinco candidatos estão no páreo da disputa em Sergipe: Airton da CGTB (PPL 54), Betinho (PTN 19), Eduardo Amorim (PSC 20), Jackson Barreto (PMDB 15) e Professora Sônia Meire que é candidata pelo PSOL 50. URNAS ELETRÔNICAS As urnas que serão usadas no dia da eleição já foram distribuídas no interior do estado. Em Aracaju a distribuição dos equipamentos está prevista para o sábado que antecede o dia 05 de Outubro. Ao todo, são 5.488 urnas que serão utilizadas pelos eleitores sergipano. Para a distribuição, o TRE dispões de 14 caminhões, além do auxílio dos Correios. SEGURANÇA De acordo com dados do TRE, 4,5 mil policiais militares e 671 alunos do curso de formação de soldados estarão trabalhando no intuito de manter a segurança dos locais de votação e consequentemente preservar a paz e sossego dos moradores de cada cidade. Homens do Exército e agentes da Força Federal também vão reforçar a segurança no 1º turno do pleito no dia 5 de outubro. O pedido da utilização de Força Federal foi encaminhado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE) para os municípios

de Canindé do São Francisco e Poço Redondo, pertencentes a 28ª Zona Eleitoral de Sergipe. Ainda foram atendidos os pedidos da utilização de tropas federais para os municípios de Umbaúba, Santa Luzia do Itanhy, Indiaroba, Arauá, Pedrinhas, Riachão do Dantas, Boquim, Poço Verde e Ilha das Flores. PESQUISAS As pesquisas eleitorais deste ano foram um tanto complexas e dividiu opiniões de diferentes grupos políticos. A oscilação de resultados divulgadas por essas pesquisas colocará mais emoção na apuração do votos e indubitavelmente uma grande expectativa nos eleitores. Decerto, a verdadeira estatística sairá somente após a contagem dos votos. O TRE estima contar aproximadamente 1,4 milhão de votos nesta eleição. No total, Sergipe possui 685.934 eleitores do sexo masculino e 768.231 do sexo feminino. Em Aracaju, 44,86% dos votantes são homens e 55,14% mulheres. A Justiça Eleitoral, numa parceria entre o TRE/SE e o TSE, lançou o aplicativo Apuração Eleições 2014, que permitirá acompanhar, em tempo real, a apuração de votos em todo o país, através de um celular com acesso à internet. APLICATIVO PARA APURAÇÃO DOS VOTOS O aplicativo é gratuito e está disponível para as plataformas Android e iOS. Bastante intuitivo e de fácil manuseio, o Apuração Eleições

2014 permitirá que o interessado acesse os resultados da votação de qualquer candidato do país, assim que os votos começarem a ser totalizados pelo TSE. Além disso, será possível ver os percentuais da apuração, como votos válidos, brancos, nulos, comparecimento e abstenção. Os resultados poderão ser compartilhados através das redes sociais, facilitando a divulgação e aumentando a confiança e transparência no processo eleitoral brasileiro. VOTO CONSCIENTE É de extrema importância que eleitores se conscientizem quanto ao crime de captação ilícita de sufrágio, que é conhecido por compra de votos. Analisar os candidatos e suas propostas devem ser o melhor caminho para a decisão do voto. Saber o que os candidatos fazem pela Educação é essencial para tomar uma decisão certa. A Educação de qualidade para todos os cidadãos ajuda a reduzir a violência, a pobreza, a fome e a discriminação. Países que priorizaram o ensino de qualidade nas últimas décadas registraram um crescimento econômico acima da média. A Saúde também é outro fator que precisa ser elencado. O Brasil ainda apesar de apresentar uma melhora, ainda está com a saúde no “vermelho”. É preciso ficar atentos as propostas de renovação na saúde pública e assim eleger os candidatos que em sua sã consciência será o melhor para governar o estado de Sergipe o Brasil. *Com Informações TRE

WWW.SOUDESERGIPE.COM.BR Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822


12 - Comunicação

Edição I, Ano I – Agosto de 2014 Telefone: (79)3411-2829 – Whatsapp: (79)9951-3848 / (79) 9907-9822

Jornal Sou de Sergipe: Sucesso de

popularidade na sua 1ª Edição Por Daniel Rezende | Redação Soudesergipe

L

ançado no último dia 05 de Agosto, o Jornal Sou de Sergipe rapidamente se tornou assunto popular junto à população gloriense e de todo o Sertão. No dia do seu lançamento, a equipe responsável pelo jornal/portal foi convidada a participar de uma entrevista com o radialista Anselmo Tavares, apresentador do Jornal da Xodó 2ª Edição, onde foi informado em primeira mão aos ouvintes da emissora sobre a chegada do mais novo meio de comunicação da Capital do Sertão. No mesmo dia, os membros estiveram visitando também os companheiros de imprensa Voney Rangel e Carlos Dias, repórter e apresentador da FM Boca da Mata respectivamente. Os dois receberam com muito entusiasmo os seus exemplares da 1ª edição do jornal gloriense e os parabenizaram por mais essa conquista. O jornal chegou aos ouvidos de toda a população feiranovense e portofolhense através dos programas Voz da Cidadania da FM Sertaneja e Jornal do Sertão da Rio FM, e por fim foi anunciado numa das maiores rádios do estado: a Mix FM, através do repórter Tony Correia e o âncora Messias Carvalho do programa Fala Sergipe. Com uma repercussão maior do que a esperada, o Diretor Geral do Jornal/Portal Sou de Sergipe, Welder Ban, mostrou-se maravilhado com a recep-

Benildon Santana-Diretor de TV da Atalaia

Danilo Reis-Operador de Áudio Capital do Agreste

tividade “Tenho certeza, que está é uma das, senão a maior página da história dessa marca que já conta com inúmeras conquistas durante os seus 10 anos de existência”. Durante um pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, a Deputada Estadual Ana Lúcia (PT) também destacou o lançamento. Na ocasião,

Dilson Cruz-Advogado

Sou de Sergipe com Carlos Dias na Boca da Mata

a sergipana focou na matéria “A cidade que alcançou a glória em seu desenvolvimento” escrita por Inácio Santana “Um jornal muito bem feito e que destaca uma página inteira da história de Glória, trazendo todo o processo do desenvolvimento da cidade” citou Ana Lúcia. Ela aproveitou também para parabenizar a equipe pelo

Equipe da Xodó FM

Genivaldo Alves-O Chocolate do Mercadinho de Itabaiana

trabalho em nome do Diretor/ Jornalista Gladson Cardoso, o Jornalista Welder Silva e o estudante de Comunicação Social – Jornalismo, Daniel Rezende. Vários companheiros de comunicação também receberam exemplares do Jornal Sou de Sergipe, a exemplo de Vagner Teixeira, Idealizador da rede de

Crédito — Robson Amaral — Radialista e Oficial de Justiça

grupos Bastidores da Notícia; Benildon Santana, Cinegrafista e Diretor da TV Atalaia; Genivaldo Alves Santos, Proprietário do portal Itabaiana News, Danilo Reis, Operador de Áudio da rádio Capital do Agreste, entre outros. A aceitação ao lançamento da versão impressa do portal que

há 10 anos é sinônimo de informação, credibilidade e pioneirismo, gera o combustível necessário para que a equipe de jornalismo mais vitoriosa do Sertão Sergipano siga em frente neste mais novo projeto.

Jornal sou de sergipe segunda edicao  
Jornal sou de sergipe segunda edicao  
Advertisement