Issuu on Google+

Organização da Sociedade Civil de Interesse Público SOS Itupararanga

INFORMATIVO SOS ITUPARARANGA - NOVEMBRO / 2011 Projetos presentes e futuros são discutidos pela Diretoria da SOS Itupararanga Plano de Saneamento de Ibiúna, projeto Sistema Produtor de São Lourenço e pesca na represa foram alguns dos temas do encontro A atuação da ONG em 2011, seus projetos em andamento e as propostas de ações para 2012 foram temas discutidos durante a reunião anual da Diretoria da SOS Itupararanga, que promoveu o encontro de parceiros, associados e representantes de entidades e órgãos locais e da região. Na ocasião, destacou-se a importância da atuação da ONG junto aos diversos órgãos gestores da região e a ampliação da abrangência de seus projetos e ações, que também têm alcançado os municípios da APA – Área de Proteção Ambiental de Itupararanga. Neste contexto, os participantes abriram espaço para a análise do projeto Sistema Produtor São Lourenço e dos impactos previstos para o Município e para a Represa Itupararanga. Na tratativa deste tema, de fundamental importância, foram enfatizadas as recomendações necessárias para viabilizar a aprovação do projeto, que propõe o abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo com as águas do Reservatório do França, localizado em Ibiúna, A questão da pesca na represa e a participação da ONG na elaboração do Plano de Saneamento de Ibiúna, que prevê os investimentos necessários, para os próximos 30 anos, para o abastecimento, tratamento de esgoto, destinação de lixo e drenagem urbana de Ibiúna também foram tópicos discutidos na reunião. A reunião anual da Diretoria da SOS Itupararanga é, também, uma importante oportunidade para compartilhar informações, opiniões e para ouvir dos associados e parceiros sugestões de projetos e ações que poderão ser desenvolvidos pela entidade em defesa da Represa Itupararanga.

Capacitação tratou do futuro das crianças e adolescentes de Ibiúna Com o objetivo de contribuir e fortalecer o trabalho desenvolvido pelo CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Ibiúna, a SOS Itupararanga promoveu uma capacitação para os demais membros do conselho, em parceria com a Fundação ORSA. Foram abordados aspectos como as atribuições do CMDCA e a importância da atuação das entidades junto ao Conselho e à sociedade, de forma a promover a garantia dos direitos da criança e do adolescente, que devem estar apoiados na Educação, Saúde, moradia, lazer, segurança, profissionalização, cultura, dignidade, ao respeito e à convivência familiar, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação e violência. O encontro reuniu, além dos conselheiros, representantes de diversas entidades que desenvolvem projetos voltados às crianças e jovens do município, membros do Conselho Tutelar e também da Secretaria Municipal de Assistência Social. O CMDCA de Ibiúna realizará este mês sua IV Conferência Municipal, momento em que serão discutidos os projetos necessários ao atendimento das demandas do Município neste setor. A SOS Itupararanga estará presente, coordenando a participação de seus alunos do curso de informática no evento.

Rua Colômbia, 323 – Centro – Ibiúna/SP - CEP 18150-000 Fone: (15) 3248-3219 - e-mail: sos_itupararanga@terra.com.br


Organização da Sociedade Civil de Interesse Público SOS Itupararanga

Curso de Informática já formou mais de 400 jovens em Ibiúna Os certificados da Turma 14 do Curso de Informática da SOS Itupararanga foram entregues aos alunos durante a formatura realizada no dia 14 de Outubro, na Sede da entidade. O projeto, iniciado em 2007, já atendeu mais de 400 jovens e é realizado em parceria com a Braskind, entidade suíça de assistência social, tendo como objetivo promover a inclusão digital aos jovens com idades entre 13 aos 17 anos. Além de oferecer o conteúdo específico de informática, o projeto desenvolve atividades teóricas e práticas e oferece palestras que tratam de assuntos diversificados, como meio ambiente, os riscos oferecidos pelas drogas e Primeiro Emprego. Os formandos participaram, ao longo do curso, de uma oficina de artesanato com sucata, produzindo parte dos enfeites de Natal que serão utilizados na decoração do prédio da Prefeitura de Ibiúna, projeto que conta com a parceria da Secretaria de Turismo da cidade.

Sistema São Lourenço é discutido por representantes do Parque Jurupará Parecer do Conselho Gestor será aprovado no final do mês Cumprindo mais uma etapa no processo de licenciamento ambiental, a SABESP esteve novamente em Ibiúna para realizar a apresentação do projeto Sistema Produtor São Lourenço, desta vez, ao Conselho Gestor do PEJU - Parque Estadual do Jurupará. A captação de 6.000 l/s será realizada no Reservatório do França, em um ponto localizado na Zona de Amortecimento do Parque, área onde as atividades também estão sujeitas a normas e restrições específicas, com o propósito de minimizar os impactos negativos sobre a unidade de conservação. Além da capacidade do reservatório para a captação prevista, foram discutidas outras intervenções propostas pelo empreendimento no entorno do Parque, como a construção de 12 km de adutoras e a travessia subterrânea de 22 córregos. A ONG SOS Itupararanga, que sediou a reunião, destacou sua preocupação quanto à interface entre o Sistema Produtor São Lourenço e a qualidade das águas da Represa do França, que recebe o esgoto, sem tratamento, dos Municípios de Juquitiba e São Lourenço da Serra. O empreendimento favorecerá o aumento da ocupação destes municípios em função da oferta de mais de 2.500 empregos, acarretando o aumento da carga de efluentes lançados no Rio Juquiá, formador do reservatório. Outro ponto enfatizado pela ONG foi a importância de serem previstos investimentos pela SABESP para a melhoria do saneamento de Ibiúna, que não será atendido pelo novo sistema e ainda apresenta sérios problemas em função da falta de tratamento de esgotos dos seus núcleos rurais. O Sistema São Lourenço, que beneficiará 7 cidades da Região Metropolitana de São Paulo, afetará o Município de Ibiúna em diversos aspectos, pois não abastecerá a população local; favorecerá o aumento da carga de esgotos gerados nas cidades vizinhas que drenam para os mananciais localizados no Município; não possibilitará a geração de nenhum emprego para a população local e acarretará para o Município uma maior responsabilidade em implementar ações que garantam a preservação do manancial, e assim, a qualidade da água para o abastecimento público.

Rua Colômbia, 323 – Centro – Ibiúna/SP - CEP 18150-000 Fone: (15) 3248-3219 - e-mail: sos_itupararanga@terra.com.br


Informativo Novembro/2011