Page 1

ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL FREDERICO DIHL ALVORADA – RS

PROJETO DE HORA-ATIVIDADE PROFESSORA PROPONENTE: Vanessa Sozo Costa TÍTULO: Inclusão da informática educativa na construção de projetos de aprendizagem em momentos da hora-atividade. INTRODUÇÃO: Diante de uma nova realidade encontrada nas escolas municipais de Alvorada, onde professores possuem um período dentro da sua carga horaria para a realização de seus planejamentos, o momento denominado hora-atividade é preenchido para os alunos com atividades que complementam e enriquecem seus fazeres no cotidiano escolar. Tendo em vista esta situação, inúmeras possibilidades emergem no intuito de favorecer aprendizagens e diversificar as vivências. A inclusão da informática constitui-se como uma destas possibilidades. Possui um papel fundamental na construção do conhecimento. Serve como um recurso, nas diferentes áreas, um extensor atual, diferenciado e motivador do raciocínio lógico, do pensamento, da comunicação, da construção e resolução de hipóteses.

Atividades pedagógicas que englobam o uso das tecnologias, em especial a informática, favorecem uma nova socialização que, às vezes, não conseguimos nos ambientes tradicionais e, sendo assim, podem estimular a curiosidade, tornar alunos mais concentrados e também mais colaborativos, confeccionando


trabalhos integrados de forma organizada e prática. Estimula a comunicação voltada para a realidade atual de globalização buscando a inclusão social, estimulando assim o aprendizado de novas linguagens, contribuindo para o desenvolvimento das habilidades de comunicação e de estruturação lógica do pensamento crítico. CONTEXTO: Serão atendidas todas as 11 turmas das séries iniciais do ensino fundamental do turno da tarde. Turmas compreendidas do 1º ao 5º ano. OBJETIVO: Utilizar a informática na educação a fim de construir projetos de aprendizagem que visem a autoria, a pesquisa e a interdisciplinaridade. RESULTADOS DESEJADOS: Como resultado, esperamos a construção de projetos de aprendizagem que contemplem a utilização da informática das turmas das séries iniciais sob minha orientação e com a colaboração dos professores das turmas. PÚBLICO -ALVO: Alunos das séries iniciais. METODOLOGIA: De acordo com um planejamento realizado com os professores envolvidos com as turmas, será acertado previamente como acontecerá o desenvolvimento de cada projeto, ou seja, se seguirá um tema proposto pelo/a professor/a, pelo interesse dos alunos ou por uma situação- problema. Após, será realizado o projeto de aprendizagem com a turma procurando envolver diferentes parceiros na sua elaboração. Este projeto se assemelhará a um projeto científico simplificado.


A utilização da informática se dará com um excelente recurso para registros, pesquisas e comunicação. Se utilizará como uma forma de favorecermos a autoria dos projetos pelos alunos e para sua divulgação. Sabendo que por vezes a performance da internet não é satisfatória, utilizaremos recursos que não necessitem somente dela. Ao longo do projeto, terei um papel de professora orientadora e desafiadora. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA Informática na educação A informática educativa deve ser entendida como uma possibilidade diferente de representar e construir novos conhecimentos, de acessar informações e de se comunicar. Para isso, é preciso que os agentes envolvidos no processo de ensino aprendizagem, estejam dispostos a adotar uma metodologia de aprendizagem por projetos que envolvam alunos e professores através da investigação de problemas, a contextualização do tema, a tomada de decisões em grupo, as situações de troca, a reflexão individual e coletiva, a tolerância e a convivência com as diferenças. O educador deve então considerar a informática educativa como uma tecnologia de informação e comunicação, conhecendo o que ela tem a oferecer e como pode ser explorada.

Projetos de aprendizagem Os projetos de aprendizagem se constituem como um trabalho que propõe uma organização educativa que pretende renovar as concepções de educação e escola que temos hoje, aliando os interesses dos aprendizes, as novas


tecnologias e a construção do conhecimento interdisciplinar. Muda-se o campo de visão: de uma concepção de ensino para uma que valoriza a aprendizagem. E esta aprendizagem voltada para a construção de conhecimentos que sejam de

interesses de seus aprendizes e que os levem a relacioná-los com

diferentes situações. O projeto de Aprendizagem se assemelha muito com um projeto de pesquisa cientifico, que comumente encontramos somente em universidades, produzidos por cientistas. Porém, este possui algumas singularidades. Entre elas a de que todos podem realizá-lo, independentemente da idade, série ou nível social. Assim é um PA, ele parte de uma dúvida, de uma curiosidade, daquilo que se quer saber, independente da área do conhecimento. Pode ser de uma questão que se origine de interesses de um indivíduo ou de um grupo. Alguns elementos ficam evidentes quando trabalhamos com projetos, entre eles estão: •

A definição da questão norteadora do projeto

O levantamentos dos conhecimentos prévios dos alunos a respeito dos assuntos

A investigação em diferentes recursos

A construção da autoria

Divulgação do resultado do projeto

AVALIAÇÃO: A proposta de trabalhar com os alunos das séries iniciais nos períodos da horaatividade com a informática e os projetos buscará ao longo de seus desenvolvimento

a

criação

de

estratégias

onde

serão

avaliados

constantemente o trabalho realizados. Seja pelos envolvidos diretamente no projetos como também pelos parceiros da escola e comunidade. Será considerado satisfatório se evidenciarmos ao longo do trabalho o envolvimento, o empenho e a colaboração entre alunos e professores.

Projeto frederico  

PROJETO REALIZADO PARA O LABIN DA ESCOLA