Page 1

Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Atitudes e Comportamentos Alimentares Fatores de Risco em Estudantes Universitários

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Objetivos do estudo • Avaliar a relação entre: • • • • • •

Atitudes e comportamentos alimentares; O género A idade O IMC O peso O consumo de álcool

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Participantes do estudo 23% psicologia

16,3% enfermagem

15,6% Reabilitação psicomotora

12% Educação Básica

11,7% ciências do desporto

11,2% Serviço Social

7,4% Mestrado em Desporto

2,8% mestrado em psicologia da educação

77 do sexo masculino 392 estudantes universitários 315 do sexo feminino

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Metodologia • Utilização da escala Eating Atitudes- 26 (EAT-26) • Questionário Holandês do comportamento ( DEBQ – Dutch Eating Behavior Questionnaire) • Cálculo do índice de massa corporal (IMC)

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Resultados

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Resultados

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Resultados

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Resultados

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Resultados

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Conclusões • As estudantes universitárias são as que apresentam mais comportamentos de risco. • A ingestão do álcool não se relevou associada às atitudes alimentares e comportamentais mais preocupantes. • A intervenção deve de incidir sobre o grupo que é mais vulnerável: as mulheres jovens

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Educação

Bibliografia • Antunes C. & Pinto B., Atitudes e Comportamentos alimentares: Fatores de risco em estudantes univesitários. Universidade de Trás-osMontes e Alto Douro.

Ano Letivo 2016/2017

Serviço Familiar e Comunitário

Daniela Martins Soraia Salazar


Atitudes e comportamentos alimentaressd  
Advertisement