Page 1


Não espere mais do mesmo na edição do anuário que você tem

em mãos. Desde que a SOLLOS abraçou a causa da inovação, 12 anos atrás, nossa busca incansável pela originalidade vem se desdobrando, a cada ano, em uma nova safra de mesas de jantar, cadeiras, poltronas, sofás, luminárias e acessórios de alta performance nos mercados nacional e internacional. Nossa proposta é produzir um móvel essencialmente brasileiro e potencialmente cosmopolita, que faz frente ao que existe de melhor no mundo e atende demandas das Américas à Europa, da Ásia à Oceania – o lançamento acontece sequencialmente em São Paulo, Milão e Nova Iorque.

One should not expect more of the same from the yearly review you have in your hands. Since SOLLOS has embraced innovation as a cause 12 years ago, our restless search for originality has been unfolding year after year. A new wave of high-performance dining tables and chairs, armchairs, sofas, lighting, and accessories has been arriving to both Brazilian and international markets. Our proposal is to produce furniture that is essentially Brazilian, with a cosmopolitan potential that is on par with the best in the world, meeting demands from the Americas to Europe, from Asia to Ocean Pacific - released in sequence in Sao Paulo, Milan, and New York.

Uma realidade tangível, milimetricamente construída a partir de muitos sonhos materializados, com muita pesquisa e trabalho árduo, dos minuciosos processos artesanais à tecnologia que diferencia o selo SOLLOS.jaderalmeida. Por isso, você vai perceber nas próximas páginas, em cada contorno, o DNA da grife – alicerçado em conceito, qualidade e, principalmente, identidade. Sob direção criativa de Jader Almeida, que também é o principal designer da marca, desfilamos a seguir alguns desses destaques, como a coleção MIA.

A tangible reality constructed millimetrically from several dreams come true with much research and hard work, from rigorous handicraft processes to technology - all of these make the SOLLOS.jaderalmeida label stand out. This is why you will see the DNA of this brand in each outline - grounded in concept, quality, and identity more than anything. With Jader Almeida as Creative Director and also Head Designer, some of the highlights of this brand are showcased in this brochure - such as the MIA collection.

Com poética calculada – mas sem complexidades matemáticas –, os projetos condensam uma equação equilibrada de escalas, proporções e linhas versáteis que resultam em interpretações plurais, com a elegância e a precisão características que se somam neste compasso.

With calculated (but not complex) poetics, the projects condense a balanced equation of scales, proportions, and versatile lines that result in plural interpretations, with the added precision and elegance that are characteristic of this pace.

O alcance da narrativa dos novos produtos, assim como das coleções anteriores de Jader para a SOLLOS, reforça um traço raro na mobília contemporânea: seu poder transformador e a enorme qualidade de adaptação aos mais variados meios e a diferentes estilos e leituras. Nos seus lançamentos, a SOLLOS propõe uma experiência do morar urbano muito além da catarse visual, com diferentes percepções sobre o modo de viver contemporâneo. No conceito arquitetônico, bem como nos produtos de sua assinatura, Jader Almeida enfatiza o campo das sensações. É muito mais do que o mesmo.

The new products have narrative reach, similarly to previous collections by Jader for SOLLOS, reinforcing a rare trait of contemporary furniture: its transforming power and enormous adaptability to a varied range of environments, as well as to different styles and readings. In each of its releases, SOLLOS proposes an urban living experience that goes beyond visual catharsis, with different perceptions on the contemporary way of life. Jader Almeida emphasizes the field of sensations in his architecture concept, as well as in the products with his signature. This is much more than the same.


7


8


CARTA LETTER

NOSSA PRODUÇÃO OUR PRODUCTION

09

50

12

COLEÇÃO COLLECTION

57

21

DIÁLOGOS DIALOGUES

POÉTICA RACIONAL RATIONAL POETICS

WORLDWIDE

38

CLAD

27

MENOS E MELHOR LESS AND BETTER

37

31

PARA 2016... PLANS FOR 2016...


“Cultivamos a fabricação local, mas sabemos que a habilidade de nossas mãos possuem um alcance global.”


CARTA LETTER CLÁUDIO FRANK - CEO

Na SOLLOS, nosso pensamento ganha forma a partir do desenho conciso, da execução precisa, dos acabamentos minuciosos e uso responsável dos materiais. Nossos métodos híbridos de produção vão do uso de máquinas à celebração das virtudes do feito a mão.

Here at SOLLOS, our rationale is formed from concise design, precise execution, rigorous finishings, and responsible use of materials. Our hybrid production methods range from the use of machines to a celebration of handicraft and all its virtues.

Essa constituição é nitidamente compreendida em todos os produtos produzidos e comercializados pela SOLLOS, na última década, e que atualmente são substancialmente reconhecidos nacional e internacionalmente.

This mission is clearly understood in all products produced and commercialized by SOLLOS in the last decade, that currently have substantial renown both in Brazil and abroad.

O design elegante permite que as peças cumpram a função de maneira silenciosa e, por si só, estabeleçam conexões com as mais variadas culturas. A resposta positiva que está se redigindo à medida que expandimos, inclusive além das nossas fronteiras, legitima a nossa identidade e a atemporalidade da nossa assinatura. Seguimos a passos firmes, apesar do momento em que passamos em nosso país, acreditamos no entusiasmo, no trabalho e na perspicácia. No ano de 2015 lançamos produtos bem sucedidos, criamos novas relações, recebemos premiações além de showroons exclusivos no Brasil e no exterior. Iniciamos 2016 com planos ainda mais ousados reafirmando nosso comprometimento com o bom design.

Elegant design allows pieces to silently fulfill their function, and establish on their own a connection with a variety of cultures. The positive response that is forming as we expand abroad legitimates the identity and timelessness of our signature. Our firm steps move towards enthusiasm, labor, and insight in spite of the current economic situation in Brazil. In 2015, successful products were released, new relations are created, and awards were received as well as exclusive showrooms were presented in Brazil and abroad. 2016 thus begins with even bolder plans, thus reaffirming our commitment with good design.

11


12


13


COLEÇÃO COLLECTION

Estabelecemos nossa coleção a partir da ideia de continuidade, além de desdobramentos e interpretações de nossa própria linguagem. A cada nova coleção ou novo produto, há uma dose adicional de algo ainda não abordado; no entanto, mantemos uma clara linha de pensamento formal. O design unificado, sob direção de Jader Almeida, garante um tom uníssono e é rapidamente identificado em todos os objetos, desde os pequenos, como um candelabro ou uma luminária, aos maiores, como um sofá ou uma mesa de jantar. Todas as peças formam uma família forte e integrada. Os produtos conversam naturalmente uns com os outros, mas não apenas entre si: eles também são perfeitamente integrados aos demais objetos ao seu redor. Nossos produtos carregam atributos de valores duráveis sem frivolidades estéticas. Suportam naturalmente a passagem do tempo, fazendo com que a relevância de hoje seja garantida também amanhã. Cultivamos o equilíbrio entre passado, presente e prelúdios de futuro. Esses são alguns pensamentos que compõem nossa bem-sucedida receita de design, que tem atingido as pessoas e gerado boas memórias afetivas. Atributos como traço leve e livre de adornos – típicos da nova estética criada pelos arquitetos do movimento moderno de meados do século XX – são rapidamente percebidos nas cadeiras BOSSA, na mesa DUOMO, na poltrona MAD e no apoio LOOSE desenhados por Jader Almeida. Esses objetos dialogam espontaneamente com as cadeiras C2, a mesa M e o banco IBERÊ do grande arquiteto português Álvaro Siza, licenciados pela primeira vez no Brasil em 2015, por nós. Essa abordagem, muitas vezes, resulta em móveis minimalistas, essenciais, ricos em detalhes e visualmente atraentes de todos os ângulos. Como exemplo disso podemos citar a premiada mesa DINN, arquétipo conceitual de uma mesa, que se encaixa nos mais diversos ambientes do habitat humano. Prezamos pela qualidade e pela honestidade dos materiais. Compactuamos com a ideia de que a combinação entre eles lança um novo olhar e gera novas interpretações para os objetos. As mesas de apoio JARDIM ilustram perfeitamente essa narrativa: inúmeras possibilidades de combinações de materiais garantem caráter individual e versatilidade excepcional. As opções são os diferentes formatos de tampos em diversos tipos de mármores, madeiras ou lacas, em composição com o latão, o cobre ou o aço. Alguma combinação resultante se encaixará perfeitamente ao contexto desejado.

14

We have established our collection from an idea of continuity, unfolding and interpreting our own language. There is an additional shot of the unapproached in each new collection or new product; however, we sustain a clearly formal line of thought. The unified design directed by Jader Almeida guarantees a unison that is quickly identified in every object - from the small candlestick or table lamp to a larger sofa or dining table. Every piece is part of a strong and integrated family. The products converse naturally with each other, but not only amongst themselves: they are also perfectly integrated to other objects around them. Our products carry attributes of durable value with no aesthetic frivolities. They withstand the passing of time naturally, making today’s relevance to be assured for tomorrow. We create a balance between past, present, and a prelude of the future. These are some of the thoughts that compose our successful design recipe, one that has been reaching out for people to make good and affective memories. Attributes such as light traces free of adornments - typical of the new aesthetic created by modern architects from the mid20th century - can be quickly perceived in the BOSSA chair, the DUOMO table, the MAD armchair and the LOOSE support designed by Jader Almeida. These objects converse spontaneously with the C2 chairs, the M table, and the IBERÊ stool designed by the great Portuguese architect Álvaro Siza that were licensed for the first time in Brazil by us in 2015. This approach often results in minimalistic and essential furniture that is rich in detail and visually attractive from every angle. One example is the award-winning DINN table, a conceptual archetype of a table that first a myriad of environments in the human habitat. We praise for quality and honesty in materials. We condone with the idea that the combination of these objects generates a new gaze, with new interpretations. The JARDIM side tables illustrate that narrative perfectly: countless possibilities of material combinations guarantee its unique character and outstanding versatility. The options lie in different tabletop shapes in various kinds of marble, wood, or lacquer composed with steel, copper, or brass. One of the resulting combinations will fit perfectly to the desired context. Wood is recurring in our furniture - a living organic material that allows for pleasant tactile sensations. It is present in our


15


16


A madeira é recorrente em nossos móveis, um material orgânico, vivo, que proporciona sensações agradáveis na dimensão tátil. Está presente em nosso inconsciente coletivo e é tradicional no mobiliário brasileiro. Nossa saudável obsessão pela madeira nos permitiu moldar formas complexas, muitas vezes associadas ao plástico injetado, a exemplo das cadeiras EASY, CLAD, DINNA, MILLA, entre outras. Enxergamos as cadeiras e poltronas como uma extensão do corpo, algo comparado a uma prótese, que se encaixa e acomoda perfeitamente os mais diversos biótipos. Acreditamos que para usar um material de forma sofisticada, devemos estudar suas possibilidades e limitações. Essa premissa resultou em belas e instigantes formas, como as mesas de centro ROOTS e TWIST. As mesas TWIST possuem forma geométrica elementar, o círculo, mas o que de fato encanta nelas é o movimento das associações de curvas e a leveza visual. Do mesmo modo que fazemos com a madeira, trabalhamos os metais como peças de joalheria: ao olhar para produtos como a poltrona LICCI, o banco PHILLIPS, as luminárias PENN ou ALBERT, é comum associá-los a uma joia. Essa associação também se estende ao conjunto de cristaleiras e bar TIME. A estrutura metálica evidente sustenta o fechamento de acrílico, em uma abordagem preponderantemente arquitetônica. Essa solução permite planos inteiros, lisos, que evidenciam tudo o que dentro delas estiver. A cortiça e o vidro soprado também integram o nosso portfólio. A família MUSH, formada por mesas de centro e luminárias, celebra as tradições do vidro soprado, executadas manualmente, seguindo as antigas técnicas de manufatura – nas quais pequenas imperfeições garantem caráter individual às peças, o que as torna únicas. Os detalhes fazem diferença em nossos produtos. Acreditamos que a forma geral cria uma atração, a princípio, mas os detalhes é que motivam uma relação mais profunda e prazerosa e fazem com que um produto alcance o status de atemporal, para atender as futuras gerações. “Não compactuamos com modas efêmeras; adicionamos aos nossos produtos atributos que os fazem candidatos a futuros clássicos do design.”

collective subconsciousness and it is a tradition in Brazilian furniture. Our healthy obsession for timber has allowed us to bend it into complex shapes that are often associated to plastic injection molding, which can be seen in chairs such as EASY, CLAD, DINNA, MILLA, among other pieces. We see table and armchairs as an extension of the human body that could be compared to prosthetics, perfectly fitting and settling into a variety of body types. We believe that the sophisticated use of a material depends on our studying its possibilities and limitations. This premise resulted in fair and intriguing shapes, such as the ROOTS and TWIST coffee tables. The TWIST coffee table has the elementary shape of a circle, but what is so charming about them is the movement in its curves associated with its visual weightlessness. Similarly to our woodwork, we work with metal as one does with jewelry, as can be commonly associated when looking at products such as the LICCI armchair, the PHILLIPS stool, or the PENN or ALBERT lamps. This association can also be extended to the TIME bar and cabinet set. The evident metallic structure supports the acrylic handle in a predominantly architectonic approach. This solution allows for full and flat planes that put in evidence everything that lies within. Cork and blown glass are also materials in our portfolio. The MUSH family of coffee tables and lamps celebrates the tradition of handmade blown glass, made according to ancient manufacturing techniques in which small imperfections guarantee an individual character to each piece, which makes them unique. Details make a difference in our products. We believe that its general shape creates an initial attraction, but it is the details that motivate a deeper and more pleasant relation, making this product become timeless, meeting the needs of future generations. “We don’t condone with the ephemeral fads; we add attributes to our products that make them strong candidates to become future design classics.”

17


18


19


20


21


22


POÉTICA RACIONAL RATIONAL POETICS ALLEX COLONTONIO - JORNALISTA | JOURNALIST

Olhando de fora para dentro, a arquitetura do móvel no Brasil é discreta, sofisticada, rígida, essencial, moderna e emocional. Desde que Zanine Caldas e Sergio Rodrigues pavimentaram a estrada da nossa tradição marceneira ao lado de forasteiros que se redescobriram (e naturalizaram) nessas terras oriundos dos grandes êxodos no pós-Guerra da Europa – como o português Joaquim Tenreiro, o polonês Jorge Zalszupin, o romeno Jean Gillon, a italiana Lina Bo Bardi e o ucraniano Gregori Warchavchik, só para citar alguns –, excelentes criações nacionais transpuseram fronteiras e conquistaram status de arte em galerias e leilões internacionais.

Furniture design in Brazil is seen from abroad as discreet, sophisticated, rigid, essential, modern, and emotive. Since Zanine Caldas and Sergio Rodrigues paved the road of our carpentry traditions with foreigners from the European Post-WWII diaspora that have migrated and rediscovered themselves in this land. People such as Joaquim Tenreiro from Portugal, Jorge Zalszupin from Poland, Jean Gillon from Romania, Lina Bo Bardi from Italy and Gregori Warchavchik from Ukraine, to name a few - have created excellence that have overcome national borders, conquering the status of art in international galleries and auctions.

Olhando de dentro para fora, nota-se que esta vanguarda vem avançando timidamente desde as décadas de 1950 e 1960. É verdade que há muito não surgia uma geração tão expressiva de designers brasileiros como agora. A cada temporada, uma nova safra de gente talentosa, criativa e original desembarca no circuito com ideias novidadeiras realizadas com os fundamentos balizados pelos grandes mestres. Paradoxalmente, as empresas oferecem pouca oportunidade para eles e a produção não acontece – ou, quando acontece, não reverbera. Por tudo isso, não é exagero dizer que atualmente no País nenhuma outra parceria entre criador e fabricante é tão prolífica, sólida e consistente quanto a de Jader Almeida com a SOLLOS, marca inovadora que conquistou prestígio ao investir maciçamente em conceito, identidade, qualidade e sustentabilidade, e da qual é diretor criativo há pouco mais de uma década.

From within Brazil, it is possible to note that this vanguard has been advancing slowly since the 1950 and 1960 decades. It is true that such expressive generation of designers had not appeared in Brazil for long until now. Each season brings to the circuit a new harvest of talent, creativity, and originality with novel ideas based on great masters. Paradoxically, companies offer little to no opportunity for them, and production does not reverberate, if produced at all. For these reasons, it is not exaggerating to say that there is no other partnership between manufacturer and creator that is as solid, prolific, and consistent as the partnership between Jader Almeida and SOLLOS. He is the creative director at the innovative brand that became prestigious in investing massively in concept, identity, quality, and sustainability for over a decade.

Um case espetacular de consumo, credibilidade e crítica que está entre os mais expressivos – e premiados – do cenário e que vai muito além da fórmula certeira que condensa matéria-prima de primeira, desenho de autor, alta tecnologia com rigor artesanal e excelência desde o croqui ao manuseio/embalagem e distribuição dos objetos prontos, passando pelos canais de divulgação e comercialização.

A spectacular case for consumerism, credibility, and criticism among the most expressive and awarded members in the scenario goes way beyond the certain formula that comprises first-rate raw materials, authoring design, high technology with crafting rigor, and excellence from sketch to packaging, handling, and distributing the finished objects, as well as advertising and sales. The young designer has always pursued a larger panorama in his craft after graduating in Architecture - for both the furniture 23


24


25


Arquiteto por formação, o jovem designer sempre perseguiu um raciocínio mais panorâmico de seu ofício, tanto do móvel como do espaço ocupado pelo mesmo, o que faz com que sua perspectiva de criação exceda os meros contornos do produto e decodifique uma leitura de suas possíveis órbitas, em efeito plural. Nesta métrica, suas coleções de forte acento brasileiro, atemporais e cosmopolitas, sem folclores ufanistas, se desdobram em famílias inteiras de mobiliários e acessórios para compor a casa, numa narrativa única, contundente e surpreendente, que não deixa nada a dever aos italianos e escandinavos, líderes no segmento. Apesar da poética tangível da obra, Jader não se considera artista e talvez sejam justamente essa consciência e autocrítica os seus principais méritos. Ele sabe que, entre o croqui e a execução, é que reside o todo, e que o todo não pode ser desmembrado nem por uma fração de segundos. Com a colaboração panorâmica da equipe SOLLOS, gere intrinsicamente desde as etapas handmade aos procedures de ponta. Do encaixe ordinário de um parafuso secreto, ao detalhe mais extraordinário de acabamentos confeccionados com requintes de joalheria, lá estão seus gestos discretos, sofisticados, rígidos, essenciais, modernos e emocionais. Só que com os dois pés bem cravados no chão – tanto no “solo” da fábrica, quanto no chão do mercado que o consagrou. De dentro para fora e de fora para dentro, mesmo antes de completar 40 anos de idade, Jader é um dos criadores mais maduros e competentes da mobília contemporânea no Brasil.

26

and the space it occupies. This makes his creative perspective and rationale exceed the mere outlines of each product, decoding a reading of their many possible orbits. Within this metrics, his collections have a strong Brazilian accent that is timeless and cosmopolitan, with no vainglorious folklore, unfolding in entire families of furniture and accessories for the home in a single narrative that is sharp and surprising that owes nothing to the Italian and Scandinavian leads in this segment. In spite of the tangible poetics in his work, Jader does not see himself as an artist - which is perhaps this very consciousness and self-criticism that makes his main merits. He knows that the whole exists between sketch and execution, and it cannot be compartmentalized for a second. With panoramic collaboration with the SOLLOS team, he intrinsically manages from the handmade stages to high-end procedures. From the ordinary fitting of a hidden screw to the most extraordinary jewelry-like finishing - everything has his discreet, sophisticated, rigid, essential, modern, and emotive touch. However, he is well grounded both in the factory floor and in the market that consecrated him. Looking from inside or outside of Brazil, Jader is one of the most mature and competent creators in Brazilian contemporary furniture, even before age 40.


27


28


CLAD

“As peças de Jader Almeida se dão a conhecer em camadas. Cada uma delas pode ser saboreada lentamente.” A descrição feita pela jornalista Mara Gama pode perfeitamente ser atribuída à coleção CLAD: as peças devem ser saboreadas em camadas. De imediato, é possível perceber a leveza e a delicadeza dos produtos: o traço fluido, a organicidade das formas, os cheios e vazios, as torções e curvaturas além de arestas afinadas no limite da resistência da madeira. A arte cicládica, surgida entre 3500 e 3000 a.C. nas ilhas gregas de Cíclades, foi o ponto de partida para as formas desta coleção. A pesquisa sobre o tema resultou em peças com características conceituais dessa antiga forma de expressão, mas longe de parecerem caricatas. Nota-se que a estética e as linhas biomórficas, presentes nas obras em cerâmica e pedra, viabilizaram tanto a beleza quanto o conforto postural das cadeiras e poltronas em madeira maciça.

“Jader Almeida’s pieces are known in layers. Each one can be slowly savored.” This description made by journalist Mara Gama can be perfectly attributed to the CLAD collection: its pieces must be savored in layers. It is immediately possible to perceive the delicate weightlessness of the products: flowing outlines, organic shapes, empty and full spaces, twists, bends and corners attuned to the resistance limit of the timber. The Cycladic art that emerged in Greece between 3500 and 3000 b.C. was the starting point for the shapes in this collection. Research on the topic resulted in pieces with features conceptual to this ancient form of expression without seeming its caricature. It is possible to note that the aesthetic and biomorphic lines present in works of ceramic and stone have enabled both beauty and postural comfort in table and armchairs made of solid wood.

29


Em abril de 2014, a partir de um encontro de Jader Almeida com o arquiteto grego Stelios Kois, responsável pela reconfiguração do Museu de Artes Cicládicas de Atenas, teve início o projeto. O arquiteto conheceu o trabalho de Jader ao visitar o espaço da SOLLOS em Milão e propôs que o brasileiro desenhasse as cadeiras que fariam parte do mobiliário do museu. O briefing sugeria uma peça compacta e que tivesse relação com as artes cicládicas, para integração com o espaço. Segundo Stelios Kois, “a forma da cadeira CLAD desmascara a obsessão do Jader Almeida sobre os detalhes. O design é de tirar o fôlego. Inspirada nos princípios minimalistas de arte cicládica, suas curvas dão à silhueta final leveza e delicadeza. O uso de madeira maciça é equilibrado pela fluidez do desenho. Quando a luz toca suas superfícies, uma escultura é revelada.” O processo de manufatura da coleção CLAD faz parte de um sistema híbrido de produção, na qual máquinas de CNC (comando numérico computadorizado) fazem a usinagem dos componentes, enquanto um minucioso acabamento é executado manualmente. É muito difícil trabalhar com formas orgânicas e conseguir um resultado harmonioso, que seja delicado e toque o lado bom das pessoas. A CLAD proporciona um convite ao toque das mãos e do corpo, detalhes construtivos apurados que chegam aos limites da madeira, como a lapidação de uma gema. De fato, são cadeiras e poltronas que servem o corpo e a alma.

30

The project has started in April 2014, when Jader Almeida met Greek architect Stelios Kois, head of reconfiguration of the Cycladic Arts Museum in Athens. He knew Jader’s work by having visited the SOLLOS space in Milan, and he proposed that Jader should design chairs to furnish the museum. The briefing suggested a compact piece that had a relation to Cycladic arts, so it would integrate with the space. According to Stelios Kois, “the form of CLAD chair unmasks Jader Almeida’s obsession over the details. The design is breathtaking. Inspired by the minimalistic principles of Cycladic art, curves give to the final silhouette, lightness and delicacy. The use of solid wood is balancing with the fluidity of the design. When light touches its surfaces, a sculpture is revealing.” The manufacture process of the CLAD collection is part of a hybrid production system in which CNC (Computer Numeric Control) machine the components, with careful manual finishing. It is very difficult to work with organic shapes and achieve harmony in results that are delicate and reach out to the good in people. CLAD invites hands and body to the touch, with calculated constructive details that take timber to its limit, similarly to the cut of a gemstone. Indeed, these chairs and amrchairs serve bodies and souls.


MIA 32


PARA 2016... PLANS FOR 2016...

A cada ano a SOLLOS reflete sobre sua coleção, com o intuito de criar equilíbrio, unidade e assim lançar produtos que enfatizem e complementem uns aos outros.

SOLLOS reflects upon its collection each year in order to create balance and unity, thus releasing products that emphasize and complement each other.

“Gostamos de usar uma metáfora que diz que a nossa coleção é como um texto em construção, ao qual palavras são adicionadas para possibilitar maior sentido ao contexto. Esse contexto é a nossa retórica, são as nossas experiências e percepções de mundo que se materializam em cada item de nosso portfólio”, diz Claudio Frank, CEO da empresa.

“We like to use a metaphor: our collection is a text under construction in which words are added to give greater sense to its context. This context is our rhetoric - our experiences and worldviews that materialize in each item of our portfolio”, says Claudio Frank, CEO.

Para a SOLLOS, o novo não surge em detrimento do antigo; ao contrário, uma nova peça enriquece e dá contundência a todas as outras. A coleção, a cada ano, se reafirma com produtos que permanecem elegantes, desejados e com ótima repercussão comercial, em razão de qualidades e do design que não estão condicionados a tendências efêmeras. Mesas de jantar, cadeiras, poltronas, sofás, luminárias e acessórios formam a gama de produtos lançados nos mercados nacional e internacional. Neste ano é lançada a coleção MIA, com ponderado equilíbrio de escala, proporções e linhas. Pensadas para compor os mais diversos ambientes, as peças são livres para leituras e combinações individuais. A coleção MIA é composta de cadeiras de jantar com e sem braços, cadeira para home office e poltrona lounge. Desenhados por Jader Almeida, os produtos têm sutileza e elegância, características do traço do designer. A evolução e a conexão da coleção MIA com a coleção CLAD estão evidentes nas torções, nas linhas orgânicas e nas formas. Jader pensa as cadeiras como se fossem uma extensão do corpo. Esse conceito fica bastante claro no ato de sentar, pois a sensação é de que a cadeira envolve o corpo de maneira natural, como uma prótese que se adapta a necessidades e solicitações específicas. A última mesa de jantar lançada pela SOLLOS foi a premiada BANK, em 2013. Depois de três anos, duas mesas inéditas serão apresentadas: LOBB e LEGG. A primeira faz alusão às clássicas bases de mesas vitorianas. A robusta base com quatro pés é desafiada a suportar um tampo de dimensão generosa. A madeira aparece como protagonista, evidenciando toda a beleza e a performance característica do material. Os quatro pés são solicitados a equilibrar o peso do conjunto, sempre de maneira elegante e sutil.

For SOLLOS, new items appear not to replace the old, but to enrich and to provide vigor to every other piece. Each year the collection is reaffirmed by products that remain elegant, desirable, and with great commercial repercussion due to their quality and design that are not conditioned to ephemeral fads. Dining tables and chairs, armchairs, sofas, lamps, and accessories form the range of products released in both Brazilian and international markets. The MIA collection is released this year with a weighed balance between scale, lines, and proportion. The pieces designed to compose the most varied environments, free to be individually interpreted and combined. The MIA collection comprises chairs with or without arm, as well as armchairs and chairs designed for home office. The products designed by Jader Almeida are elegantly subtle - a characteristic of his design style. The evolution and connection between MIA and CLAD are evident in its organic lines, shapes, and twists. Jader thinks about chairs as if they were an extension of the human body. This concept is made clear when sitting, as the chair envelops the body naturally, like a prosthetic that adapts to specific needs. The last dining table released by SOLLOS was the awardwinning BANK, in 2013. After 3 years, two new tables are introduced: LOBB and LEGG. LOBB alludes to classic Victorian table legs. Its sturdy fourlegged base is challenged to support a tabletop with generous dimensions. Wood is its protagonist, evidencing all the beauty and performance that is characteristic of the material. The four legs are encouraged to balance the weight of the set, always elegantly and subtly. The table set is delicate and stout at the same time, due to a mathematical weight play. When the legs touch the floor gently, 33


O conjunto da mesa apresenta robustez e ao mesmo tempo delicadeza, em virtude do jogo de adição e subtração de massa. Quando os pés tocam o chão são delicados, amenizando a musculosa aparência. O tampo tem bordas arredondadas para o conforto de quem utiliza a peça. A transparência do centro da mesa, quando em vidro, evidencia a construção. No entanto, há também opções em mármore ou todo em madeira. A LEGG tem como característica a esbeltez; suas linhas suaves são ora ortogonais, ora orgânicas. Seu desenho celebra o minimalismo e a elegância. Jader busca no material a solução para a estabilidade e a resistência. O metal fundido foi eleito como solução ideal para a materialização. Versáteis, os tampos podem ser em vidro, mármore ou madeira, com dimensões que partem de dois e chegam a quatro metros no formato retangular ou, ainda, permitem formas redondas ou elípticas. A mesa adapta-se às mais diversas solicitações e aplicações, como sala de jantar, escritório, sala de conferências ou aparador, por exemplo. Ainda para este ano há, também, os desdobramentos e as interpretações dentro da própria coleção. As mesas de centro GARTEN fazem conexão com as mesas laterais JARDIM. As geometrias do tampo são exploradas em dimensões distintas. O pronunciamento das bordas transfere toda a elegância das mesas laterais para planos maiores. Luminárias instigantes e curiosas celebram técnicas manuais e reafirmam a assinatura de Jader e sua obstinação pelos detalhes. Nos sofás DORA, SATURDAY e DINN, a confecção, as proporções e o conforto ficam evidentes. A versão namoradeira da coleção DORA agora ganha interpretação de sofá, com 220 cm. SATURDAY é um sofá instigante, versátil e belo. A estrutura permite ser fracionada para facilitar o transporte. O conjunto pode ser tradicional ou composto de chaises em lados distintos, facilitando assim a adaptação. As diversas possibilidades de acabamentos geram interpretações particulares, com cada combinação de texturas e tipos de tecidos proporcionando um conjunto personalizado. O sofá DINN carrega em si toda a identidade marcante da premiada mesa DINN. A mesa é arquétipo do desenho de um apoio, e agora cede essa identidade ao sofá. As formas básicas, despidas de qualquer ostentação ou superfluidade, constituem as linhas construtivas do sofá. A atenção está toda voltada para as proporções e o conforto que o móvel oferece ao usuário. Uma composição com diferentes tipos de densidade de espumas e tem-se um sofá adequado e versátil. As mesas de apoio e os acessórios inéditos expressam todas as características de celebração da beleza e da qualidade dos materiais com a assinatura jaderalmeida.

34

they soften its hefty appearance. The tabletop edges are round for greater user comfort. When made in glass, the transparent tabletop center makes its build evident. However, there are options with marble center, or in wood. LEGG is slender by excellence; its soft lines are at times orthographic, at times organic. Its design celebrates elegance and minimalism. Jader finds in materials a solution for its stability and resistance. Thus, welded metal was selected as an ideal material solution. Versatile tabletops can be in glass, marble, or wood, from 2 to 4 meters wide when rectangular - but also allowing for round or elliptical shapes. This table is adaptable to the most varied needs and applications, such as dining rooms, offices, conference rooms, or a sideboard, for example. This year will also have unraveling interpretations within its collection. The GARTEN coffee tables are connected to the JARDIM side tables. Tabletop geometries are explored in different dimensions. The protruding borders transfers all the elegance of side tables for larger planes. Curious and instigating lamps celebrate handicraft techniques, reaffirming Jader’s signature and his obstinacy for detail. This is evident in the comfort and proportions of chouches DORA, SATURDAY, and DINN. The DORA sofa now has a couch interpretation in 220 cm. SATURDAY is a versatile, beautiful and instigating couch. Its structure allows fractioning for easy transportation. The set can be traditional or have chaises on either side, for easier adaptability. Various possibilities in finishings create particular interpretations with each combination of fabric types and textures, creating a custom set. The DINN couch holds within all of the remarkable identity of the award-winning DINN table. Its identity of archetypal table leg design is now lent to the couch. Basic shapes bare from ostentatious frivolities comprise its construction lines. All of the attention is turned to its proportions and the comfort that this couch can offer to its users. A composite of foams with different densities creates a versatile and adaptable couch. The unprecedented accessories and side tables express all of the characteristics of the jaderalmeida signature in celebrating beauty and material quality.


PRIMEIROS ESTUDOS - COLEÇÃO MIA MIA COLLECTION - FIRST SKETCHES 35


Para a primeira exposição do ano, escolheu-se novamente o antigo prédio na Avenida das Nações Unidas, número 345, em São Paulo. A ampla área de mais de 2.500 m² possibilitou interpretar as mais variadas cenas do cotidiano.

The first showcase of the year was once again in a vintage building in Avenida das Nações Unidas 345, Sao Paulo. Its area of over 2.500 square meters makes room for interpretation of various scenes in our quotidian life.

Todo o projeto e a curadoria são assinados por jaderalmeida design&architecture. Os ambientes característicos da linguagem do escritório são calmos, elegantes e fluidos. A arquitetura é pensada como um invólucro, e não apresenta ostentação ou excessos. A própria construção é a decoração.

The entire project and trusteeship are signed by jaderalmeida design&architecture. The environments based on the language of the studio are calm, elegant, and fluid. Its architecture is considered as an envelopment, with no ostentatious excesses. The build itself is sufficiently decorative.

Jader relata que cada ambiente é pensado de maneira a gerar interpretações, onde há um começo, e cujo final pode ser reformulado ou interpretado pelos atores. Os atores, nesse caso, são as pessoas que usarão os produtos que dão a tônica do projeto.

Jader reports that each environment is conceptualized in order to generate interpretations with a fixed beginning and an open ending, to be reinterpreted and reformulated by actors. These actors are the people who will use the products, giving the project their own tone.

Toda a concepção do espaço está baseada na conexão e na interligação. Os ambientes são amplos e concebidos de modo a dar a perspectiva de como os produtos poderiam ser utilizados. Grandes vãos, aberturas e corredores dão profundidade e diferentes perspectivas aos espaços e aos produtos. Para 2016, além de novos produtos, acabamentos foram adicionados ao portfólio da SOLLOS. Agora, também estão presentes o latão oxidado, o banho de ônix em componentes menores, os tecidos e a técnica de carbonização em madeira para pequenas superfícies de madeira maciça. Isso tudo garante nosso equilíbrio e continuidade.

36

The entire concept of space is based on interconnection. Open floorings are conceived in order to give a perspective on how these products may be used. Great openings and wide circulation spaces provide depth and different perspectives to spaces and products. Not only new products were added to the 2016 SOLLOS portfolio, but also new products. Oxidized brass and onyx plating are now present in smaller components, carbonized wood and fabrics are now in small hardwood surfaces. All of the above guarantee our balance and continuity.


37


38


MENOS E MELHOR LESS AND BETTER PEDRO ARIEL - JORNALISTA | JOURNALIST

Desde que uma crise econômica generalizada teve início em 2008, novos comportamentos começaram a surgir em função do novo momento. Nos últimos anos, uma nova crise, agora de valores, se alastrou entre os jovens, e verdades antes incontestes caíram por terra. Na Europa, toda uma nova geração entrou no mercado de trabalho com a economia em frangalhos e acabou aprendendo (e valorizando) a viver com menos. Menos luxo, menos desperdício, menos espaço... Ao mesmo tempo em que as pessoas passaram a compartilhar (de graça, ou quase) experiências de todos os tipos nas redes sociais. Já não existe mais fronteiras e a velocidade da informação é inimaginável. Especialistas anunciam um novo modelo econômico, a “Sharing Economy”, ou Economia Colaborativa. Nesse modelo, empresas digitais, que ocupam pouco espaço e tem poucos funcionários, ganharam valor de mercado estratosférico. Bons exemplos disso é o Airbnb, que reduziu a menos da metade o valor da hospedagem, e o Uber, que tornou o táxi um meio de transporte anacrônico. São exemplos de companhias que nasceram digitais, eliminaram atravessadores e oferecem serviços bons e baratos com uma navegação simples nos smartphones e ainda contam com a parceria do cidadão comum. Tudo sem maiores taxas ou impostos. Na Economia Colaborativa, o dinheiro em circulação diminui e os governos se desesperam em busca de uma legislação específica e novas formas de arrecadação. Em um cenário de crise e transformação, a indústria moveleira mundial busca também se adequar. Já não existe mais espaço para os móveis excessivos, grandes demais, enfeitados demais. O mobiliário que vimos surgir nos últimos anos em feiras como a de Milão é econômico em vários sentidos. São peças menores e destituídas de adornos e que gastam menos matérias primas. Mas, nem por isso, são menos interessantes. Esse novo minimalismo bebe na fonte dos designers escandinavos da primeira metade do século 20, que tinham na pureza formal seu principal trunfo. Mas também se espelham no preciosismo e na relação atávica com a natureza dos japoneses. São pequenos, leves, orgânicos e funcionais, de acordo com valores como parcimônia e simplicidade. Esse mobiliário também reflete nosso desejo de um cotidiano mais tranquilo e silencioso, num contraponto aos excessos da vida contemporânea: de compromissos, de informação, de exposição virtual. Nesse sentido, o móvel criado por Jader Almeida está perfeitamente inserido no contexto atual. Jader tem a convicção de que produtos de desenho eficaz podem incrementar a qualidade de vida através da praticidade e da beleza poética. Isso é tudo o que o novo momento pede. Isso explica o sucesso do designer onde quer que ele lance suas delgadas mesas e cadeiras. O mundo parece descobrir que Jader é o designer certo para esse início de século tão incerto.

Since a generalized economic crisis began in 2008, new behaviors emerged. In recent years, a new crisis of values has spread among young adults, in which old and solid truths were questioned. A whole new working generation entered the ravaged European market, and has ultimately learned (and valued) living with less. Less luxury, less waste, less room... At the same time, people started sharing (for free, or nearly so) all kinds of experiences on social networks. There are no more frontiers, and the speed of information flow is unimaginable. Specialists have announced a new economic model, the collaborative “Sharing Economy”. In this model, digital companies with small physical spaces and few employees have gained sky-high market value. A few good examples are Airbnb, that reduced hotel fees by more than half, and Uber, that transformed taxis into an anachronistic means of transportation. These companies were born in digital means, eliminating the person in the middle, offering good and inexpensive service with simple smartphone navigation, as well as counting with partnerships of the general citizenry. All of this with lower taxes. In the Sharing Economy, there is less money circulating; thus, governments despair in seeking specific legislations and new forms to collect tax. In this scenario of crisis and transformation, the world furniture industry also seeks to make adaptations. There is no more room for excessively large and embellished furniture. What we have seen lately in fairs such as Milan Design Week is economic in more ways than one. Pieces are smaller, with no embellishments, and therefore spend less in raw materials. They are in no way less interesting, however. This new minimalism can be traced back to Scandinavian designers of the early 20th century, whose trump card was formal purity. They are also inspired by the Japanese preciosity and ancestral relation to nature. They are small, light, organic, and functional, in accordance with values such as simplicity and thriftiness. This furniture also reflects our wish for more quiet and tranquility in our quotidian, to counter the contemporary excesses: in appointments, in information, or in virtual exposure. In this sense, the furniture created by Brazilian designer Jader Almeida is perfectly inserted in this present context. Almeida is certain that products with effective design can improve in quality of life through poetic beauty and practicality. This is everything that our new reality wants. It explains his success wherever he showcases the lean tables and chairs he designs. The world seems ready to find out that Jader Almeida is the right designer for this very uncertain early 21st century.

39


WORLDWIDE

Presente no mercado internacional, com distribuição na América do Sul, na América do Norte, na Europa, na Ásia e na Oceania, a marca SOLLOS.jaderalmeida apresenta sua coleção ainda no primeiro semestre em São Paulo, Milão e Nova Iorque, e conta com excelente receptividade de especialistas da área e do público, além de significativa repercussão na mídia.

Present in the international market, the SOLLOS.jaderalmeida brand is distributed in South America, North America, Europe, Asia, and Asia Pacific. Collections are presented in the first semester in Sao Paulo, Milan, and New York, with excellent reception by public and critics, as well as significant media repercussions.

Sobre a Milan Design Week, por exemplo, Claudio Frank enfatiza a relevância dessa participação por considerar o evento como a maior semana dessa área de design no mundo. O CEO da SOLLOS explica que durante o Milan Design Week, não é abordado apenas o design, mas também o processo criativo: “Usando uma metáfora, é como se fosse uma biblioteca, há muitos títulos, diversos assuntos. E a maneira com que você direciona seu olhar será sua conclusão.”

For example, Claudio Frank emphasizes the participation on the Milan Design Week, as he considers this event to be the largest Design week on the planet. The SOLLOS CEO explains that not only design is approached during Milan Design Week, but also the creative process: “If I may use a metaphor, it’s like a library with many titles on a number of subjects. Your conclusion will derive from how you direct your gaze.”

A programação principal na Milan Design Week é desenvolvida em uma galeria exclusiva no distrito de Brera, no centro histórico de Milão, onde, em todas as suas participações, a SOLLOS. jaderalmeida apresenta sua coleção internacional na mostra Good News from Brazil. A partir de projetos desenvolvidos por Jader Almeida, a coleção é exibida em composições que são capazes de gerar diferentes pontos de vista sobre o modo de viver contemporâneo. Além disso, uma grande plataforma valoriza a individualidade dos produtos, enquanto um mural enfatiza os processos de fabricação e também o processo criativo. “Um trabalho de pesquisa consistente, experiência no desenvolvimento profissional para a indústria e enorme talento na busca do essencial através de 40

The main venue of Milan Design Week is developed by an exclusive gallery in the Brera district, in the heart of Historic Milan, in which SOLLOS.jaderalmeida has presented in every participating week its international collection in a showcase named Good News from Brazil. The collection departs from projects developed by Jader Almeida, exhibiting compositions that can create different points of view on the contemporary way of life. In addition, a great platform values individuality in products, while a wall exhibit emphasizes the creative and manufacturing processes. Sandra Leise, publisher of Casa e Mercado magazine, reports on the 2015 edition, as “a consistent research labor with experience in professional development for the industry and huge talent in seeking the essential through simple and elegant


41


linhas simples e elegantes em todos os produtos”, é o que diz a publisher da revista Casa e Mercado, Sandra Leise, sobre o que viu na mostra em 2015. Durante a London Design Festival 2015, evento que é referência para a comunidade criativa internacional, o processo de criação foi um dos temas abordados por Jader Almeida em um painel de discussões realizado naquela semana. O painel, promovido pela The Conran Shop, abordou principalmente a influência do design no cotidiano das pessoas. A mediação foi realizada pela editora da revista Wallpaper, Suzanne Trocmé, e também contou com a participação dos designers britânicos Russel Pinch e Magnus Long. “É bastante claro para mim que Jader é um dos mais importantes designers de móveis do nosso tempo. O trabalho dele é funcional e bonito, fácil de dizer e muito difícil de fazer”, avalia Jasper Conran, presidente e diretor de criação da The Conran Shop. A linha de mobiliário do designer brasileiro marcou o início da comercialização pela grife. Entre os destaques estão a cadeira EASY, apresentada como referência do design de Jader Almeida, a poltrona MIRAH e o buffet TECA, que integraram a vitrine da loja de Londres. O lançamento oficial da coleção foi realizado em uma iniciativa promovida na Maison & Objet Paris, em setembro de 2015. A iniciativa reforça a presença da marca no mercado europeu junto à grife londrina.

*rendering milan design week 2016

42

lines in every product”. The creative process was one of the topics approached by Jader Almeida in a discussion panel during the London Design Festival of 2015 - a reference for the international creative community. The panel promoted by The Conran Shop discussed particularly the influence of design in people’s quotidian life. It was moderated by Suzanne Trocmé, editor-at-Large of Wallpaper magazine, and British designers Russel Pinch and Magnus Long also participated. “It is quite clear to me that Jader is one of the foremost furniture designers of our time. His work is both functional and effortlessly beautiful which is easy to say and very hard to do”, assesses Jasper Conran, CEO and creative director of The Conran Shop. The furniture line by this Brazilian designer marked the beginning of its commercialization. Highlights are the EASY chair - a reference of Jader Almeida’s design - as well as the MIRAH armchair and the TECA buffet that integrated the windows in the London store. The official release of this collection was made in an initiative promoted by Maison & Objet Paris in September 2015. This initiative reinforces the presence of the brand in the European market, with the London label.


43


44


45


Nos Estados Unidos, durante a Miami Design e a Arte Basel Miami, foi inaugurado o primeiro showroom exclusivo da marca jaderalmeida fora do Brasil. O showroom surge da parceria do designer com o empresário Paulo Bacchi, CEO da Artefacto, que, empenhado em globalizar o design brasileiro, leva a tendência ao mercado internacional desde que abriu a primeira loja em Miami, em 2002. Utilizando o conceito shop in shop, o showroom, que também tem projeto e curadoria de Jader Almeida, traduz a estética atemporal, leve e de traço preciso e fluido da coleção de móveis e acessórios assinadas pelo designer. “Seu estilo gira em torno do aconchego e da simplicidade”, diz Bacchi. O empresário avalia essa como uma grande parceria e acredita que o estilo de inspiração de Jader obtenha repercussão em território americano.

The first exclusive showroom of the jaderalmeida brand outside Brazil was during Miami Design and Art Basel Miami. This showroom was a partnership between the designer and Paulo Bacchi, CEO of Artefacto, who is determined to make Brazilian design global by taking trends to international markets since he opened his first store in Miami in 2002. Using the shop-in-shop concept, the showroom also designed and curated by Jader Almeida translated the timeless, weightless, and precisely fluid lines in the furniture and accessories signed by him. “His style gravitates around simplicity and coziness”, says Bacchi. The businessman values this partnership greatly, and he believes that the inspiration style by Almeida can gain repercussions on United States soil.

No espaço, além de ambientes de living que permitem sugestões diversas, uma estante expositiva destaca o design icônico da marca, bem como os materiais e os acabamentos minuciosos, que evidenciam a forma. Com cerca de 300m², o showroom está localizado na 17.651 Biscayne Boulevard em Aventura, Flórida.

The space includes living environments which allow for various suggestions, and an expository shelving unit highlights the iconic brand design as well as the carefully selected materials and performed finishings that evidence its shapes. This 300 square meters showroom is located at 17651 Biscayne Boulevard, Aventura, Florida.

O diretor de redação da revista Kaza, Allex Colontonio, considera que, atualmente, Jader Almeida é o designer brasileiro

Allex Colontonio, editor-in-Chief at Kaza magazine, considers Jader Almeida to be the one Brazilian designer who can currently

46


que mais consegue preencher o hiato entre forma e função com brilho e conteúdo. “As peças dele, definitivamente, podem estar em qualquer lugar do mundo, assim como ele”, considera. Colontonio ainda define que as criações de Jader são modernas, sofisticadas, originais, ergonômicas e cosmopolitas, pois “falam de um Brasil tecnológico, com excelência na marcenaria e tradição nos acabamentos, mas sem folclores ufanistas”.

fill best the gap between form and function, with shine and content. “His pieces can definitely be anywhere in the world and so can he”, claims Colontonio. He also states that Jader’s creations are modern, sophisticated, original, ergonomic, and cosmopolitan, as they “talk of a high-tech Brazil that does excellent woodwork and is traditional in finishings, without vainglorious folklore.”

A partir de Miami, novas possibilidades surgiram para o mercado internacional. Até o final de 2016, novos showrooms exclusivos serão lançados, uma iniciativa que vai ao encontro das estratégias da empresa. O designer afirma gostar da ideia de que o bom design se comunica em todas as línguas: “Penso que isso seja a consequência de um trabalho consistente e que contenha em si unidade de linguagem, transcendendo fronteiras de maneira natural.”

New possibilities have emerged from Miami to broaden the international market. By the end of 2016, new exclusive showrooms will be released - an initiative that meets the company strategies. Almeida says he likes the idea that a good design can communicate to every language: “I believe that’s a consequence for consistent work with a linguistic unity that transcends natural borders.”

Além da crescente participação no mercado internacional, para o Brasil a expectativa também é de avanço. Prova disso são as parcerias que viabilizam a realização de projetos contundentes, capazes de reforçar a identidade da SOLLOS e de Jader Almeida. A Itálica Casa tem o primeiro showroom exclusivo SOLLOS. jaderalmeida do Nordeste, em Recife/PE. A loja, referência em mobiliário contemporâneo na região, passou a ter também um

Internal expectations for the market also point to advances, in tandem with the growing participation in international markets. Partnerships that enable the production of poignant projects are proof that the identity of SOLLOS and Jader Almeida can be reinforced further. Itálica Casa in Recife has the first exclusive SOLLOS.jaderalmeida showroom in northeast Brazil. The store that is regional reference in contemporary furniture has now an integrated showroom signed by Jader Almeida, that values

47


projeto de showroom integrado assinado por Jader Almeida, que por meio de uma paleta de tons neutros e crus com cores pontuadas valoriza os produtos, os materiais e os acabamentos utilizados nas composições da coleção. A empresária Isabela Coutinho considera muito gratificante a presença dos produtos assinados por Jader na Itálica Casa. Para ela, trata-se de “uma obra conceitual que unifica elegância e equilíbrio”. Em Florianópolis, no Sul do Brasil, o showroom da ICON também apresenta com exclusividade a coleção. O espaço intimista fora do circuito comercial é um destino para os amantes do design. A proposta de showrooms exclusivos sintetiza a filosofia de design da marca em espaços cuidadosamente projetados e curados. Os ambientes permitem não só a profissionais, mas ao público de modo geral diversas leituras sobre o cotidiano através de um design que cumpre a função de maneira silenciosa e que pode ser experimentado em camadas. Essas características são evidenciadas pela colunista de design Mônica Barbosa: “Por que Jader Almeida encanta tanto? Sua produção é intensa, coerente, expressiva, delicada, atemporal e, sem dúvida, muito elegante.” O artista plástico goiano Marcelo Solá afirma que possui em casa várias peças desenhadas por Jader Almeida. A primeira delas foi a mesa BANK, adquirida em 2013. Na avaliação dele, além da nobreza do material, o objeto reflete um desenho essencial, sério e atemporal. “Há uma forma única e muito particular como arte, arquitetura, design criativo e funcional que se encontra na obra de Jader Almeida, traz um novo olhar e renova a tradição do mobiliário brasileiro de alto nível”. Na avaliação do arquiteto Arthur Casas, “o trabalho do Jader é preciso, racional, funcional e elegante”. Ele ainda acrescenta: “É um prazer especificar seu mobiliário nas minhas obras”. A arquiteta Raquel Silveira enfatiza que o desenho de Jader Almeida é elegante e vem acompanhado de uma função impecável. “Nos dá orgulho ter artistas assim como ele no Brasil.”

48

products, materials, and finishings used in the collection through a palette of neutral raw shades with splashes of color. Businesswoman Isabela Coutinho considers the presence of Jader’s products in Itálica Casa to be very gratifying. For her, this is “a conceptual work that unifies elegance and balance”. In Florianopolis, south Brazil, ICON also has an exclusive showroom of the collection. The intimate space outside the commercial circuit is a getaway for design lovers. The proposal of exclusive showrooms synthesizes the design philosophy of the brand in spaces carefully designed and curated. Environments not only allow professionals, but the general public to create several readings on quotidian life through a design that is silently functional, and that can be experienced in layers. These features are evidenced by design columnist Monica Barbosa: “Why does Jader Almeida enchant so many? His production is intense, coherent, expressive, delicate, timeless, and very elegant, without a doubt.” Goiás state artist Marcelo Solá claims to have several of Jader Almeida’s pieces in his home. His first acquisition was a BANK table in 2013. In his assessment, the materials are noble and the object reflects a design that is essential, serious, and timeless. “There is a single and very particular form of art, architecture, creative and functional design that can be found in Jader Almeida’s work, which renews traditions while bringing a new glance to high-level Brazilian furniture.” Architect Arthur Casas states that “Jader’s work is precise, rational, functional, and elegant.” He also adds that “It is a pleasure to specify his furniture in my work.” Architect Raquel Silveira emphasizes that Jader Almeida’s design is elegant, with impeccable function. “It makes us proud, to have artists of his caliber in Brazil.”


49


*

50

*Euvira Rocking Chair worldwide produced and distributed by ClassiCon


NOSSA PRODUÇÃO OUR PRODUCTION

A tônica da nossa produção está pautada nos materiais que utilizamos, em nossas técnicas de manufatura e em nossas relações, isso tudo alinhado ao bom design e à constante busca pelo aprimoramento. Esses atributos determinam nossa identidade e apresentam quem somos e como interpretamos o mundo. É nosso testemunho material. A partir do design como elemento integrador, acreditamos que para criar peças com individualidade, capazes de suportar a passagem do tempo, precisamos focar no equilíbrio entre a tecnologia e a tradição manual. Confeccionamos nossos móveis com o uso de máquinas mecânicas e com a tecnologia de CNC (comando numérico computadorizado), combinando as tradicionais técnicas do feito a mão por pessoas que se dedicam inteiramente ao ofício, almejando perfeição nos detalhes. A usinagem a partir de máquinas é precisa para a perfeita modelagem e o exato corte da madeira. Mesmo assim, elas deixam arestas que necessitam ser amenizadas. Através da sua experiência prática em atingir a curva ideal, a linha fluida e contínua, profissionais dedicam seus esforços para obter produtos agradáveis ao toque. Com os metais não é diferente. O acabamento fino dados às soldas tem a capacidade de as deixar invisíveis. Após processos de corte a laser e usinagens mecânicas, o polimento impecável evidencia e valoriza o material, deixando-o delicado como uma peça de joalheria. O detalhe nos interessa de forma significativa. Somos obstinados e vamos até o menor deles para encontrar a melhor solução construtiva, que resultará em uma estética agradável e precisa. Instigamos e desafiamos nossos clientes a olhar nossos produtos por todos os ângulos, todas as faces, da maior à menor característica. Não existe um ângulo ou uma face de qualquer peça que não tenha sido minuciosamente pensado e detalhado. Cultivamos a sensibilidade para criar e confeccionar produtos com linhas suaves e elegantes sem pretensão de ostentações. Somos desafiados e colocados à prova a cada novo produto. Esses fatores representam estímulos para adicionarmos novas camadas, lançarmos um novo olhar e sofisticarmos os detalhes construtivos de nossas peças. É com base nessas premissas que estamos construindo nosso legado. Para a SOLLOS, o simples é precioso. 52

The tone of our production line is based on the materials we use, in our manufacturing techniques, and in our relations in alignment with good design and a constant search for improvements. These attributes determine our identify, presenting who we are and how we see the world. This is our material testimony. Departing from design as an integrating element, we believe that creating pieces with individuality that can withstand the passing of time requires a focus on the balance between traditional handicraft and technology. We make our furniture with mechanical machines and CNC (Computer Numeric Control) technology, combined with traditional handicraft techniques by people entirely dedicated to the craft that seek perfection in every detail. Machining is precise to achieve perfect modeling and exact cuts of wood. However, they still leave edges to be softened. Professionals experienced in achieving the ideal curve with a continuous flow of lines dedicate every effort to result in products that are pleasant to the touch. It is no different with metals. The fine finishing done in welding makes them invisible. After laser cutting and machining, impeccable polishing gives value and evidence to the material, resulting in a delicate jewelry-like piece. Details are significantly interesting for us. We are driven to reach the smallest of details and find the best constructive solution for each, so they can produce a precise and pleasant aesthetic. We instigate and challenge our customers to look at our products from every angle and every face, from the largest to the smallest feature. There is no edge or face of any piece that was not considered and detailed with minutiae. We encourage sensible creation and manufacturing of products with soft and elegant lines, with no pretense for ostentation. We are challenged and put to the test in every new product. These factors serve as stimuli to add new layers, add a new gaze, and make constructive details in our pieces even more sophisticated. It is based on these premises that we are constructing our legacy. For SOLLOS, simple is precious.


53


54


55


56


57


58


DIÁLOGOS DIALOGUES

Nomes influentes da área criativa brasileira dialogam neste espaço com Jader Almeida. O encontro oportuniza melhor entendimento do processo de concepção dos projetos do designer, além de viabilizar a oportunidade de conhecer um pouco a linha de pensamento dele acerca de outros temas relevantes na área do design.

This space showcases dialogue between Jader Almeida and influent names in the Brazilian field of creativity. This meeting creates opportunities for greater understanding of design processes while giving insight to his rationale on other issues relevant to design as a field.

João Armentano, arquiteto - Há algum tempo nos conhecemos melhor em uma viagem à Suíça e você me disse que tinha ido a uma palestra minha em Florianópolis e pensado: “quero ser igual ele!” Tenho duas perguntas: onde encontra tanta inspiração para seus belíssimos trabalhos? Pesquisa? Estudo? Detalhes? Quando eu crescer quero ser igual a você. Qual dica me dá?

João Armentano, architect - Some time ago we got to spend some time in a trip to Switzerland and you said you had come to one of my lectures in Florianopolis and thought, “I want to be just like him!” I have two questions: where do you find so much inspiration for your beautiful work? Research? Study? Details? I want to be just like you when I grow up. What tips can you give me?

Eduardo Mahfuz Toldi, estilista da marca Egrey - Considero seu trabalho belo, polido, sofisticado e silencioso. Harmonioso entre forma e função. As novas tecnologias que influenciam os hábitos são parte de sua reflexão durante o processo criativo? Quais matérias-primas de origem brasileira você mais valoriza em suas criações? No que elas são únicas?

Eduardo Mahfuz Toldi, stylist for Egrey brand - I consider your work something beautiful, polished, and silently sophisticated. There is harmony between form and function. The new technologies that influence people’s habits are a part of your reflection during your creative process? What raw materials original from Brazil do you value most in your creations? What are they unique in?

Sim, João, quando você crescer... Enfim, os encontros são sempre fantásticos, criam referências e conexões. Minha inspiração é o mundo, são as pessoas, todas as coisas todo o contexto. Soa um pouco redundante, mas, talvez seja mesmo. Quanto mais pesquiso, estudo e trabalho, mais criativo eu fico – acredito que seja pelo fato de criar uma base de energia criativa que as coisas se multiplicam. Pra mim, muito da inspiração está associada ao fazer.

Fico feliz com seus simpáticos elogios. Sou muito sensível ao meio, logo, os hábitos e comportamentos resultantes de todos os novos aparatos de que dispomos hoje de alguma forma impactam no meu processo, na minha percepção e na minha leitura do mundo. Afinal de contas, um produto vai se relacionar com todos os demais. Por exemplo: a pessoa usará uma poltrona para assistir ao último filme de ficção científica na mais recente tecnologia de imagem de um televisor...

Voltando aos materiais, utilizo uma ampla gama para enriquecer os produtos e amplificar as interpretações e sensações e também, em alguns casos, possibilitar um novo olhar sobre as peças. Nessa última coleção, estou utilizando algumas pedras brasileiras exóticas, de uma beleza ímpar. Sabe aquela coisa que você olha e lhe causa surpresa? Então, a pedra, batizada de ironred, é encontrada no Norte do país, e sua coloração vermelha em contraste com o ferro (literalmente) é incrível e única.

Paula Marques, estilista da marca Huis Clos - Quais são suas principais referências estéticas? Existe um fio condutor nas suas criações? Algo que caracterize seu trabalho?

Costumo dizer que as referências estão em todos os lugares. Muitas vezes me pego observando a dobradiça de um par de óculos, não apenas pela estética, mas pela solução construtiva. Para mim, tudo se conecta de alguma maneira, e no momento de desenhar algo, tudo isso está no subconsciente e de alguma forma faz sentido e contribui para o processo criativo. Também gosto de salientar a escala e a proporção. Talvez essa seja

Yes, João, when you grow up... Well, meetings are always fantastic, they create connections and references. I’m inspired by the world, the people, everything and every context. It sounds a bit redundant but it just might be. The more I do research, study, and work, the more creative I feel - I believe that things multiply because I create a foundation of creative energy. For me, much of my inspiration is associating to doing things, hands-on.

You’re kind in your compliments. I am very sensitive to the environment, so the habits and behaviours resulting from every new device we have access to have somehow impacted upon my process, my perception and reading of the world. After all, one product will relate to all of the others. For example, one person will use an armchair to watch the latest Science Fiction movie in the cutting-edge technology of a television screen...

When it comes to materials, I use a wide range to enrich products, as well as to amplify the interpretations and sensations, and in some cases to enable a new gaze upon a piece. In my latest collection I am using a few exotic Brazilian gemstones of unparalleled beauty. You know, when you look at something that makes you surprised? So, this ironred gemstone is found in the north of Brazil, and its literal contrast between its red coloring and the iron is incredibly unique.

Paula Marques, stylist for Huis Clos - What are your main aesthetic references? Is there a spinal cord in your creations? Say, something that characterizes your work?

I usually say that references are everywhere. Often I catch myself observing the hinges on a pair of glasses - not only for its aesthetic purpose, but also for its constructive solution. In my view, everything is connected in a certain way. So when it’s time to draw something everything is subconsciously there, making sense and contributing to the creative process.

I also like to highlight scale and proportion. Maybe this is the tone of my designs. You know, that cozy feeling when you want

59


a tônica dos meus projetos. Sabe aquela sensação de aconchego, da vontade de tocar, usar? Isso é algo que busco e que conduz meus pensamentos projetuais, o que resulta naquele produto silencioso que cumpre todas as suas funções, sejam elas prosaicas ou poéticas.

Fernanda Marques, arquiteta - Sua bem-sucedida atuação como designer se dá sobretudo através da indústria. Você se interessa também pela edição de peças únicas ou em pequenas séries? Qual a sua avaliação sobre esse tipo de produção?

Um pouco disso, talvez, esteja ligado à minha trajetória. Desde meus 16 anos de idade estou “dentro de fábricas”. Então, meu pensamento sobre design sempre, de algum modo, é associado à indústria. No entanto, ultimamente tive algumas experiências com essa modalidade de peças únicas, o que foi bastante interessante. Em 2013, fui convidado pela Mostrablack para customizar uma bicicleta, e o resultado ficou ótimo. O representante no Brasil da marca italiana Valcucine também me convidou, entre outras pessoas, para interpretar uma técnica chamada art in vitrum, em peça única e com tema livre. Na última edição do programa Impressões by Laufen também fui um dos participantes. Essa modalidade é prazerosa e instigante. Há também alguns casos em que produzo peças sob encomenda para algum projeto especial. Penso que cada uma tem seu valor, individual.

Dado Castello Branco, arquiteto - O que é mais estimulante, criar uma peça com edição limitada, numerada, ou levar o bom desenho para uma grande marca e popularizar o design? Ou você considera que talvez um seja a consequência natural do outro? É interessante abrir um pouco o questionamento acerca do design. Há produtos em que o bom desenho está na função adequada, como segurança, métodos produtivos ou desempenho.

Na minha área de atuação, que é a de produtos que carregam individualidade, bem-estar, poesia, forma, entre outros fatores, há um certo misto de visões. Minha produção pode ser caracterizada como seriada, popular em algum grau, mas, se for comparada com algumas marcas de massa, será considerada uma produção menor. Então, olhando por essa ótica, do público e da estratégia, muitas vezes o limitado e o seriado se encontram. Ambos são estimulantes em suas particularidades, e quando algo é bom, seja em escala ou limitado, terá impacto na vida das pessoas.

Clarissa Schneider, jornalista - Amo o seu trabalho e a sua maneira de pensar o design. Acompanhei você em algumas criações e percebi que, quanto mais ideias você pensa, mais novos caminhos de criação se abrem para você. O design é um vício do bem? Para onde você vai?

Seus elogios são muito gratificantes... Nossos encontros sempre são ricos em trocas de ideias e pontos de vista. Acredito que muito do design seja isso, um compartilhamento de pontos de vista. Em seus instigantes projetos, como foi em 2012 para a comemoração dos 90 anos da Semana de 22, surgiu uma peça que permanece em produção, e a partir do tema dela muitas outras foram criadas. Então, concordo plenamente com sua colocação, das coisas nascem as coisas. Penso que todos que trabalham com projetos, criação, estão sempre se questionando, sempre pensando por que é assim e não de outra maneira. Acredito que esses questionamentos são o que fazem a evolução. Acho que todo designer é um viciado (risos), e acho que isso é bom... Falar de futuro sempre é inquietante, mas eu tenho uma linha de raciocínio linear, perene. Vou adicionando camadas, experiências e ideias que estão sempre sedimentadas em algo sólido. Não é

60

to touch and use something? That is something I seek, that guides my thoughts during a project - this results in that silently functional product, be it prosaic or poetic in its function.

Fernanda Marques, architect - Your successful career as a designer goes particularly well through the industry. Are you also interested in the creation of one-of-a-kind pieces, or in limited series? What do you think about this kind of production? This may be somehow linked to my trajectory. I’ve been ‘in a factory’ since I was sixteen. So I always think of design in some association to the industry. However, I’ve had some recent experiece with this modality of one-of-a-kind pieces that was quite interesting. I was invited by Mostrablack in 2013 to customize a bicycle, and the result was great. The Brazilian representative of Italian brand Valcucine invited me, among other people, to interpret a technique called art in vitrum, with an one-of-a-kind piece and free theme. I was also one of the participants of the latest edition of the Impressões by Laufen programme. This modality is pleasant and instigating. There are also some cases where I produce commissioned pieces for special projects. Each piece has its own individual value.

Dado Castello Branco, architect - What is more stimulating: creating a numbered piece in limited edition, or taking good design to a large and popular design brand? Or maybe you consider one to be a natural consequence of the other? It’s interesting to open a bit of questioning about design. Some products perform well when they function properly, such as products in safety, production, or performance. My field is in products that convey individuality, well-being, form and poetry among other factors - so there’s a certain mixture of views. My production can be characterized as serial and popular to a certain degree, but it is considered a smaller production when compared to mass-market brands.

So from this perspective of public and strategy, the serial and limited lines can sometimes meet in the middle. They are both stimulating in their particulars, and when something is good (be it limited edition or in large scale) it will have an impact on people’s lives.

Clarissa Schneider, journalist - I love your work and the way you think about design. I have been following some of your creations, and I have realized that the more ideas you have, the more creative paths are opened to you. Is design a benign addiction? Where will these paths lead you?

Your compliments are very gratifying... Our meetings are always rich in the exchange of ideas and viewpoints. I believe that much of design is based on that sharing of worldviews. In 2012, a piece that was created to commemorate the 90th anniversary of the 1922 Brazilian Modern Art Week is still in production, and several others were created from its theme. So I agree completely with your point - things grow out of other things. I think that everyone that works with creation and projects are always questioning why things are one given way, and why aren’t they different. This questioning is what I believe that fuels evolution. I think every designer is addicted to it (laughs), and that’s a good thing... It is always disquieting to talk about the future, but I have a perennial linear rationale. I add to it layers, experiences, and ideas that are always based on something solid. It’s not about wanting to always be the same, but to sustain a language, following one point of view, and translating experiences into


61


aquela constatação de ser sempre igual, mas, sim, manter uma linguagem, seguir um ponto de vista e traduzir as experiências em produtos. Acho que vou seguir nesse caminho, ou não, talvez amanhã eu pense diferente...

David Bastos, arquiteto - Qual sua opinião sobre a nova geração de designers brasileiros?

Acho um pouco difícil opinar sobre o momento, já que o tempo sempre mostra a melhor resposta. Penso que para um designer se desenvolver e de fato criar uma maturidade, depende de um sistema produtivo eficiente, da cadeia de suprimentos à indústria. Percebo certa dificuldade nesse aspecto. No entanto, por outro lado, a própria dificuldade traz respostas e meios não menos sofisticados de explorar uma boa produção. É fato que os nomes que estão surgindo, alguns mais consistentes, outros mais experimentais, se caracterizam por uma grande energia criativa e avidez, com conexões rápidas e maneiras de pensar diferentes. Tenho certeza de que bons designers irão se estabelecer.

Mônica Barbosa, colunista de design - Sua produção é intensa, coerente, expressiva, delicada, atemporal e, sem dúvida, muito elegante. Por que Jader Almeida encanta tanto?

products. I think I’ll follow that path, or not - I may change my mind tomorrow...

David Bastos, architect - What is your opinion on the new generation of Brazilian designers?

I think it’s a bit difficult to state an opinion about the scene, since time will always tell it better. For designers to develop and become mature, I believe they depend on a production system that is efficient from their supply chain to the industry. And I see some difficulties in that matter. On the other hand, the difficulty in itself brings answers and means that are not any less sophisticated to explore the idea of good production.

It is a fact that names that emerge (some with more consistency, some more experimental) can be characterized by their great creative energy and eagerness, creating different ways of thinking and in fast connection. I am certain that good designers will become established through all of this.

Mônica Barbosa, design columnist - Your production is intense, coherent, expressive, delicate, timeless, and very elegant, without a doubt. Why does Jader Almeida enchant so many?

Obrigado por tantos adjetivos... Parece-me um pouco difícil elaborar uma resposta objetiva, já que muito disso está no campo das sensações. Talvez esse seja o ponto convergente: as sensações! Gosto de uma frase de Mies Van der Rohe que diz: “a arquitetura começa quando a técnica é superada”. Associo essa ideia muito ao design. Design por si é multifacetado, mas o que atinge as pessoas são as sensações, e eu busco isso. Tocar o lado bom das pessoas através de memórias afetivas, materiais naturais, linhas suaves e proporções bem resolvidas. Acho que é isso.

Thank you for this many adjectives... It seems a bit difficult for me to create an objective answer, as much of it lies in the field of sensations. Maybe that’s where everyone converges to - sensations! I like a quote by Mies Van der Rohe that says, “architecture begins when the technique is overcome.” I associate much of this idea to design. Design on its own is multi-faceted, but it’s the sensations that reach out to people, and that’s what I seek. I want to touch on the good side of people through affective memories, natural materials, soft lines, and well-resolved proportions. Maybe that’s it.

Natalie Klein, estilista da marca NKstore - Como manter a identidade brasileira através do design? Qual é o ponto de partida para iniciar a criação de uma nova peça?

Natalie Klein, stylist for NKstore - How does one sustain a Brazilian identity through design? What is the starting point to begin the creation of a new piece?

O design, assim como todas as áreas de criação, é fruto do espírito humano. Quando nos colocamos no exercício de pensar, criar algo, trazemos conosco toda a carga de informações, experiências e vivências que temos dentro de nós; acredito que isso fica explícito quando projetamos um novo produto. Claro que em nosso tempo, quando a informação é cada vez mais global e transversal e algo pode estar simultaneamente em muitos lugares, o desafio é cada vez maior. Por outro lado, penso que se manter natural, deixar os pensamentos fluírem nos momentos de criação, permite à nossa identidade prevalecer, mesmo com todas as demais influências.

No meu processo, para a criação de cada nova peça, parto da minha própria produção, ou seja, adição de camadas, refinamento e depuração. É uma maneira da qual gosto, pois me coloca em uma linha de pensamento e garante uma linguagem coerente.

62

Design is a product of the human spirit, like any other creative field. When we put ourselves to the exercise of thinking and creating something, we bring with us all of our background experience and information we have inside; I believe that is explicit when we design a new product. Of course, in these times of global and transversal information something can be in many places at the same time, and the challenge is even greater.

On the other hand, I think that keeping it natural and letting thoughts flow in creative moments allows for our identity to prevail over all other influences. My process in creating each new piece departs from my own production, that is, adding layers, refining, and depuration. It’s the way I like to do things, because it puts me in a trail of thought that guarantees a coherent language.


63


64


NOSSOS PARCEIROS

Ao longo de nossos 12 anos, fizemos parcerias que nos proporcionaram excelente repercussão comercial. Hoje, nossa coleção está presente nas melhores lojas das principais cidades e regiões do país. Nossos parceiros oferecem aos seus clientes a melhor seleção de móveis e acessórios de nossa assinatura, além de acabamentos adequados a cada projeto. De norte ao sul do Brasil, fazem do bom design uma ferramenta, criando conexões afetivas com as pessoas.

Stampa | Um acervo moderno e atemporal, há 30 anos no mercado capixaba evoluindo com o melhor do design brasileiro. stampaonline.com.br 27 3089 5555

Dpot | Mobiliário brasileiro moderno e contemporâneo. dpot.com.br 11 3082 9513

Italica Casa | Alinhando o melhor do design moderno e contemporâneo com qualidade, talento e sofisticação. italicacasa.com.br 81 3465 4394

Lilia Casa | Referência em arte e design autoral. liliacasa.com.br 86 3232 7501

Arquivo Contemporâneo | O melhor do design brasileiro: Arquivo Contemporâneo e Jader Almeida, juntos há mais de 10 anos. arquivocontemporaneo.com.br 21 2227 9122

Home Design | Superar as expectativas dos clientes oferecendo produtos que proporcionem experiência do estar bem. homedesign.com.br 71 3503 5959

Mazzullo | Há 15 anos no mercado, apresenta com exclusividade os ícones do design contemporâneo brasileiro. siga: /mazzullomoveis 98 3268 2608

Via Condotti | Há 55 anos, construindo ambientes, interpretando sonhos, inspirando jovens e escrevendo muitas histórias. viacondotti.com.br 62 3238-3800

Maiora Design Furniture | Há 10 anos trazendo personalidade e estilo em móveis e objetos de design. maiora.com.br 51 3019 8170

Finish | Reúne em seu portfolio produtos e ambientes assinados pelos grandes nomes do design brasileiro. finish-br.com.br 21 2108 8196

Espaço A | Através de uma curadoria especializada, trazemos o melhor das grifes de design nacionais e internacionais. espacoa.grupoespacoa.com.br 83 3244 2009

LCL Design | Oferecer móveis e acessórios em composições equilibradas de ambientes contemporâneos é o nosso estilo. lojaslcl.com.br 48 3437 0014

Icon | Ícones do design.

Hill House | O melhor do mobiliário brasileiro.

iconinteriores.com 48 3333 8126

hillhouse.art.br 61 3363 5273

Artzzi | Comprometidos com o melhor atendimento, showroom criteriosamente selecionado e constantemente atualizado. artzzi.com.br 19 3254 6496

VB Design | Sob o comando de Wellington Theotonio, oferece o melhor do design nacional e internacional. vbdesign.com.br 82 3311 4242

São Romão | Acervo de Design Brasileiro. saoromaomoveis.wordpress.com 31 3281 8117

Oficina Interiores | No bom gosto dos ambientes, evidencia o belo da vida, do mundo e as mais belas criações do homem. officinainteriores.com.br 84 3201 8780

65


66


COORDENAÇÃO DE PROJETO PROJECT COORDINATION

TEXTOS TEXTS Claudio Frank - CEO Allex Colontonio - Jornalista | Journalist Pedro Ariel - Jornalista | Journalist Regina Zandomênico - Jornalista | Journalist

PROJETO GRÁFICO GRAPHIC DESIGN Alexandre Maydana Laura Piazza

FOTOS PHOTOS Dilvugação SOLLOS

REVISÃO TEXTUAL TEXTUAL REVISION Daise Ribeiro P. Carpes

TRADUÇÃO TRANSLATION Meggie Fornazari

IMPRENSA PRESS | press@sollos.ind.br

AGRADECIMENTOS ACKNOWLEDGEMENT Alexandre Iódice | Allex Colontonio | Arthur Casas | Clarissa Schneider | Cristiane Correa Dado Castello Branco | David Bastos | Eduardo Mahfuz Toldi | Fernanda Marques | Glória Coelho Isabela Coutinho | Jasper Conran | João Armentano | Mara Gama | Marcelo Solá | Mônica Barbosa Natalie Klein | Paula Marques | Paulo Bachi | Pedro Ariel | Raquel Silveira | Sandra Leise | Simone Quintas Stelios Kois | Irrepeças | ClassiCon

APOIADORES INTERNACIONAIS INTERNATIONAL SUPPORTERS

APOIADORES NACIONAIS NATIONAL SUPPORTERS

jaderalmeida.com | sollos.ind.br | sollos@sollos.ind.br | 55 49 3641 0014 Cliente: CHANDON Proyecto: Identidad Para tener validez este archivo digital, debe estar acompañado de una prueba de pre-prensa (cromalín) firmada por ambas partes: El cliente e Interbrand.

Ante cualquier duda comuníquese al 4788-9665 La Pampa 1351 - C1428DZA Bs. As. - Argentina

Producto: Aplicación horizontal positiva b/n Fecha: 07/05/2010

100% BLACK

67


68


69


Anuário SOLLOS.jaderalmeida 2016  

Yearly review SOLLOS.jaderalmeida

Anuário SOLLOS.jaderalmeida 2016  

Yearly review SOLLOS.jaderalmeida

Advertisement