Page 1

Agrupamento de Escolas Fernando Pessoa

EB1 do Mieiro - Travanca

Data:

Turma:

N.º:

Avaliação

___________________________

______ _

_______

________________________________

Nome:

Professora:

________________________________________________

_________________________________

Ficha de Avaliação Área Curricular de Português Caderno 1 50minutos + 20minutos de tolerância

Lê o texto com muita atenção. (…) Mas a maior aventura do rapaz no rio ainda estava para acontecer e deu-se numa tarde de primavera, quando o campo estava cheio de trevos, de malmequeres e de girassóis e a casa parecia toda cercada de flores, que cresciam nos canteiros e nos vasos que a mãe do rapaz regava e tratava com tanto cuidado. Era uma tarde já quente mas a água do ribeiro ainda estava muito fria para se poder tomar banho e o rapaz estava deitado de bruços na pequena praia de areia, distraído a fazer uma construção com pedras e ramos de árvores. De repente ouviu um grande barulho na água atrás de si e voltou-se ainda a tempo de ver um enorme peixe que dava um salto imenso fora da água, todo torcido como se fosse uma bailarina, e, depois de ficar um instante suspenso no ar, olhando tudo à roda, caiu outra vez dentro de água, com um grande estardalhaço, salpicando água até onde estava o rapaz. Este ficou quieto de medo, porque nunca tinha visto um peixe daquele tamanho e nem sabia que os peixes podiam dar saltos tão grandes fora de água. Sem saber o que fazer e até sem coragem para fugir, o rapaz ficou a olhar para a água e viu claramente o peixe que nadava de um lado para o outro, como se fosse dono do lago. Mas o mais extraordinário é que daí a bocado o peixe tirou metade do corpo fora da água, como se estivesse em pé no fundo, e pôs-se a olhar para o rapaz, com um sorriso na sua boca enorme. E depois, como se fosse um sonho, o rapaz ouviu o peixe a falar, com uma voz estranha, que parecia vir do fundo do rio: – Olá, rapaz! Tu vives aqui? – perguntou o peixe, com muito bons modos. Página 1 de 10


– Vi-vi-vo. – gaguejou o rapaz, ainda a tremer de medo. – Ah! – disse o peixe – Este é um sítio muito bonito. O ribeiro é muito bonito, a água é muito limpa e há várias pedras onde se pode construir uma casa. Este lago é teu? – É, é m-meu – disse o rapaz – É on-onde eu tomo banho no Verão, é onde eu brin-brinco sempre que não está a cho-chover. Mas, diz-me uma coisa, peixe – o rapaz encheu-se de coragem – como é que tu falas a língua das pessoas? – Ah, isso é a história da minha vida. Queres ouvi-la? – Quero. – disse o rapaz, já cheio de curiosidade. – Pois bem, vou contar-te. (…) Miguel Sousa Tavares, O segredo do rio

Responde agora ao que te é pedido sobre o texto que acabaste de ler, de acordo com as orientações que te são dadas.

1. As personagens do texto são: (assinala com X a opção correta) O rapaz e a mãe O peixe e a mãe do rapaz O rapaz e o peixe O rapaz, a mãe e o peixe

2. Assinala com X a opção correta. A história do texto aconteceu:

Numa tarde de verão. Numa manhã quente de primavera. Numa tarde de primavera. Numa manhã de verão.

Página 2 de 10


3. O rapaz estava deitado de bruços na pequena praia de areia. Que estava a fazer? (assinala com X a resposta correta)

O rapaz estava a dormir. O rapaz estava distraído a fazer uma construção com pedras e ramos de árvores.

O rapaz estava a tomar banho. O rapaz estava a ler um livro.

4. Assinala com X a opção correta, de acordo com o sentido do texto.

“… um enorme peixe (…) caiu outra vez dentro de água com um grande estardalhaço…”

ruidosamente. em silêncio. com delicadeza. suavemente.

5. Assinala com X a resposta correta, de acordo com o sentido do texto.

Ao ver o peixe, o rapaz ficou

zangado. contente. assustado. triste.

Página 3 de 10


6. Assinala com X a opção correta, de acordo com o sentido do texto.

A voz do peixe era…

profunda. estranha. clara. fininha.

7. Assinala com X a resposta correta, de acordo com o sentido do texto.

Depois de lhe ter passado o medo, o rapaz ficou curioso em relação ao peixe. Que pergunta lhe fez?

Tu vives aqui? Este lago é teu? Como é que tu falas a língua das pessoas? Queres ouvi-la?

8. Numera as frases de 1 a 6, de acordo com a ordem dos acontecimentos.

De repente, um peixe deu um enorme salto fora de água. O peixe perguntou ao rapaz se o lago era dele. O rapaz ficou muito assustado. Era uma tarde quente de Primavera. O rapaz quis saber a história da vida do peixe. O rapaz estava à beira do lago deitado de bruços.

Página 4 de 10


9. Lê o seguinte texto, com atenção, e responde ao que te é pedido.

Estação Litoral da Aguda

Aquário O Aquário mostra a fauna e flora aquáticas locais, exibindo os peixes e invertebrados economicamente importantes para a pesca artesanal, estabelecendo assim a continuidade pedagógica com o Museu das Pescas. Em 15 aquários, de 1.200 até 6.700 litros, habitados por mais de 1.000 animais de cerca 60 espécies, foram reconstruídos os biótopos mais característicos do mar da Aguda e das águas doces adjacentes. A Exposição foi concebida como um passeio subaquático, simbólico e autoguiado, que começa na zona entre-marés e desce em seguida para um habitat de laminárias. Aumentando a profundidade, continua a mergulhar na zona rochosa do mar da Aguda e chega aos bancos de areia, a 25 metros de profundidade, onde se localiza um recife artificial. Subindo novamente, a exposição regressa a terra e termina numa pequena ribeira de água doce que atravessa as dunas. Alguns animais marinhos podem ser observados no Aquário.

O Museu das Pescas O Museu das Pescas da Estação Litoral da Aguda enriqueceu o seu espólio para focar três aspetos fundamentais: 

 

A pesca constitui, a par da caça, a primeira atividade primária universal em que as tecnologias criadas pelo Homem, o distinguiram definitivamente das outras espécies: As várias populações espalhadas pelo mundo criaram soluções comuns para capturar os mais diversos animais aquáticos; A necessidade de arranjar alimento impulsionou o Homem a conceber e executar artes e mecanismos de pesca que, de uma forma geral, são muito parecidos em diferentes locais do planeta.

Distinções 

2004 - foi considerado o melhor parque zoológico de Portugal, numa análise a 30 estruturas, realizada pela Direção Geral de Veterinária, Instituto de Conservação da Natureza e Eurogroup for Animal Welfare. In www.http://pt.wikipedia.org

Página 5 de 10


9.1. De onde foi retirado este texto informativo? ________________________________________________________________________ 9.2. O que podemos observar na Estação Litoral da Aguda? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________

9.2.2. Coloca uma X na expressão verdadeira. No aquário posso observar vários animais de 60 espécies. No aquário posso observar 1000 animais de mais de 60 espécies. No aquário posso observar mais de 1000 animais de cerca 60 espécies.

9.3. Quais foram os organismos responsáveis pela distinção obtida em 2004? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________

9.4. A pesca é uma atividade económica muito importante. Concordas com esta afirmação? Justifica. ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________

Responde agora ao que te é pedido sobre gramática. 10. Assinala com X a frase que é sinónima com a seguinte: “… a casa parecia toda cercada de flores…” … a casa parecia toda protegida por flores… … a casa parecia toda rodeada de flores… … a casa parecia toda coberta de flores… … a casa parecia toda pintada de flores… Página 6 de 10


11. Lê a frase seguinte:

O peixe contou a sua história ao rapaz.

11.1. Sujeito ____________________________________________ 11.2. Predicado _________________________________________ 11.3. Complemento direto _________________________________ 11.4. Complemento indireto________________________________

12. Reescreve a frase pontuando-a de acordo com o que te é pedido.

Amanhã, vens ao rio

Imperativa __________________________________________________________ Exclamativa _________________________________________________________ Interrogativa _________________________________________________________

13. Segue o exemplo e completa o quadro. Escreve o verbo que pertence à família de palavras de cada um dos nomes.

Nome sonho

Verbo sonhar

banho estranho fuga baile

Página 7 de 10


14. Há palavras que se formam a partir de outras palavras.

lapiseira

é formada por

lápis

+

-eira

Completa o quadro com as palavras que se seguem, conforme o exemplo anterior:

brincadeira

____________ +

-eira

curiosidade

____________ +

-dade

claramente

____________ +

-mente

grandemente

____________ +

-mente

15. Indica o valor dos advérbios. Quantidade Lugar

Tempo

Modo

ou grau

A água estava muito fria. O rapaz chegou cedo ao rio. Os peixes davam bastantes saltos. Ele viu claramente o peixe. Ali estavam os dois a conversar. Amanhã voltaremos aqui.

16. Completa as frases seguintes com há, ah ou à: O rapaz gosta de se deitar ____ beira do lago. ____! Que agradável é estar ali. Este lago é o sítio mais bonito que ____...

Se acabaste antes do tempo previsto,

PÁRA AQUI!

deves aproveitar para rever a tua prova. Página 8 de 10


Caderno 2 40minutos + 10minutos de tolerância Nos museus praticam-se muitas ações. Do 1.ª grupo de verbos seguinte escolhe aquelas Parte que costumas ou gostarias de praticar.

andar

rir

conhecer

sentir

comer

ouvir

partilhar

ver

descobrir

nadar

cheirar

assustar

experimentar

encontrar

falar

beber

escolher

Agora, com ajuda dos verbos que escolhestes do quadro, escreve ou imagina uma ida ao Museu do Mar.

Não te esqueças de: 

escrever na 1ª pessoa (tu és o narrador);

situar a ação no espaço e no tempo;

falar das tuas emoções e experiencias;

respeitar o número de linhas;

organizar as ideias que vais escrever numa folha de rascunho;

utilizar corretamente os sinais de pontuação;

atribuir um título ao texto.

Página 9 de 10


___________________________________________ 1

_______________________________________________________________________

2

_______________________________________________________________________

3

_______________________________________________________________________

4

_______________________________________________________________________

5

_______________________________________________________________________

6

_______________________________________________________________________

7

_______________________________________________________________________

8

_______________________________________________________________________

9

_______________________________________________________________________

10

______________________________________________________________________

11

______________________________________________________________________

12

______________________________________________________________________

13

______________________________________________________________________

14

______________________________________________________________________

15

______________________________________________________________________

16

______________________________________________________________________

17

______________________________________________________________________

18

______________________________________________________________________

19

______________________________________________________________________

20

______________________________________________________________________

Pรกgina 10 de 10


Outra sugestão

Imagina a história que o peixe contou ao rapaz sobre a sua vida. Escreve um pequeno texto (15 a 20 linhas) sobre o que lhe aconteceu, por que razão fala a língua das pessoas…

Título ___________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ___________________________________________

Página 11 de 10


Pรกgina 12 de 10

Profile for Sofia Padrela

Ficha de Avaliação - Português  

Ficha de Avaliação Trimestral - Português - 3.º ano

Ficha de Avaliação - Português  

Ficha de Avaliação Trimestral - Português - 3.º ano

Advertisement