Page 1

Felizmente Há Luar! de Luís de Sttau Monteiro Sinopse: Denunciando a injustiça da repressão e das perseguições políticas levadas a cabo pelo Estado Novo, a peça Felizmente Há Luar!, publicada em 1961, no mesmo ano de Angústia para o Jantar, esteve proibida pela censura durante muitos anos. Só em 1978 foi pela primeira vez levada à cena, no Teatro Nacional, numa encenação do próprio Sttau Monteiro. Eu sou um homem de teatro concreto, real, de palco. Para mim, o teatro surge quando está no palco, quando estabelece uma relação social, concreta, num povo e num grupo. O livro meramente, ou o texto, tem para mim muito pouco significado, apesar de eu ser um autor teatral. (...) Se vocês são o teatro do futuro, eu sou o do passado. Eu sou um homem para quem só conta o espetáculo.

A Casa Torta de Agatha Christie Sinopse: A numerosa família Leonides vive numa estranha mansão nos subúrbios de Londres, sob o olhar protector, e um tanto controlador, do patriarca Aristide Leonides. Quando o velho milionário é assassinado, deixa para trás uma longa lista de suspeitos, encabeçada pela própria viuva, cinquenta anos mais nova do que ele. "Detective" e narrador em A Casa Torta, Charles Hayward não voltaria a figurar em mais nenhum livro de Agatha Christie. Esta participação única é todavia bastante marcante, pois A Casa Torta permaneceria sempre como um dos títulos preferidos da autora e tem, a par de O Assassinato de Roger Ackroyd, um dos mais surpreendentes finais de toda a sua obra.

O Estranho Caso de Benjamin Button de F. Scott Fitzgerald Sinopse: Na génese deste conto publicado pela primeira vez em 1922 terá estado, segundo F. Scott Fitzgerald, uma observação de Mark Twain em que o escritor lamentava que a melhor parte da vida fosse ao início e a pior no fim. Assim nasceu Benjamin Button, mas, como o leitor poderá começar a adivinhar, para grande desgosto e estupefacção de todos os envolvidos, o «pequeno» Benjamin vem ao mundo com a aparência, o tamanho e as peculiaridades de um homem de 70 anos… O Estranho Caso de Benjamin Button inspirou uma adaptação ao grande ecrã.


Platão e um Ornitorrinco Entram num Bar... de Daniel Klein, Thomas Cathcart Sinopse: Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 10º, 11º e 12º anos de escolaridade, destinado a leitura autónoma. Finalmente, uma hilariante e irreverente viagem pelas grandes escolas, tradições e pensadores filosóficos. Platão e Um Ornitorrinco Entram Num Bar… é um livro para todos aqueles que não querem levar demasiado a sério as coisas sérias. Não precisa de saber muito de filosofia para desfrutar em pleno deste livro, pois está escrito ao estilo de Marx (Groucho, não Karl). Os autores, ambos licenciados em Filosofia por Harvard, tiveram o cuidado de não deixar nada de fora e, como tal, através deste divertido livro qualquer leitor compreenderá as grandes ideias da filosofia ocidental e fará uso delas da melhor forma possível: com humor. O livro provoca o riso, mas também deixa o leitor a pensar. É um autêntico curso intensivo em que se explica a filosofia através de uma série de anedotas e histórias cómicas. Será difícil negar que esta é a melhor forma de abordar uma disciplina vista por muitos como séria, maçuda e inacessível.

O Colecionador de Sons de Fernando Trías de Bes Sinopse: Desde pequeno, Ludwig Schmitt von Carlsburg tem a assombrosa capacidade de dissecar os sons e albergá-los dentro de si. Durante a infância dedica-se a colecioná-los, mas quando crê que a sua coleção já está terminada, descobre que lhe falta um som, uma frequência única, a mais ansiada, um som perfeito, celestial, mágico e eterno. Dedicará então todas as suas energias a perscrutar os sons da Terra em busca do último som da sua coleção. Pelo caminho descobre que consegue cantar as sonoridades que guardou, convertendo-se no mais genial dos tenores da Alemanha. Mas o seu dom esconde uma maldição. Um thriller assustador, impregnado de romantismo e paixão, cuja trama inquietante cativa o leitor, da primeira à última página.

Astérix & Companhia de Goscinny, Uderzo Sinopse: Muitos leitores estão convencidos de que os personagens das aventuras de Astérix o Gaulês são estrelas! Mas os nossos heróis, que entendem por bem não levar isto nada a sério, decidiram brincar com este vedetismo, Assim, um a um, os gauleses, os romanos, os piratas e outros, expuseram-se pessoalmente, posando sob os holofotes, para tirarem um retrato à maneira das estrelas dos tempos áureos de Hollywood.


Química Explosiva de Nick Arnold Sinopse: Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para apoio a projectos relacionados com Temas Científicos nos 7º, 8º e 9º anos de escolaridade. Na colecção «Ciência Horrível» eis o volume Química Explosiva. Não traz qualquer matéria diferente da que se estuda nos compêndios escolares, mas apresenta-se, através da graça do texto e a linha caricatural das ilustrações, de uma forma divertida e aliciante, capaz de conquistar o aluno jovem e levá-lo a adorar a química. É este o milagre do livro, onde se encontram notícias curiosas sobre tal ciência, como, por exemplo, a história bizarra de dois diamantes, um deles pertencente à rainha Maria Antonieta, hoje num museu, por parecer trazer a desgraça a quantos a possuíram; outro, pertença do rei inglês Eduardo VII, que faz parte das jóias da Coroa britânica e matou de angústia quem o lapidou. Informações como estas enriquecem a obra deveras atractiva, tornando a química, realmente, numa explosão... mas de alegria. «Todos os segredos da Química desvendados»

A Caixa dos Perigos de Blue Balliett Sinopse: Depois de O Mistério do Quadro Desaparecido, bestseller mundial considerado «O Código Da Vinci para jovens» e de O Mistério do Talismã de Jade, Blue Balliett regressa com um novo livro juvenil. Um rapaz numa pequena cidade que tem um modo diferente de ver as coisas. Uma rapariga maliciosa que não pára de um lado para o outro. Um diário misterioso. Um fogo. Um estranho. Uma morte. Estas são algumas das coisas que encontrarás em A Caixa dos Perigos, o novo mistério da popular autora Blue Balliett.

A Rapariga que Sabia Ler de Frances Hardinge Sinopse: Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para os 7º, 8º e 9º anos de escolaridade, destinado a leitura autónoma. Depois de Mosca Mye «acidentalmente» pegar fogo ao moinho onde o tio a acolheu após a morte do pai, esta rapariga de doze anos não tem outra alternativa senão fugir da aldeia onde vive e ir em busca de outras oportunidades. Mas as coisas não vão correr exactamente como ela pensava. É que Mosca tem um dom bastante invulgar na sua comunidade, sabe ler, e esse facto mudará o seu rumo a caminho de Mandelion, onde uma série de circunstâncias a conduzirão ao centro de uma intriga política sem precedentes… Uma história mágica sobre o poder inspirador dos livros para construir um mundo melhor.


Os da Minha Rua de Ondjaki Sinopse: Há espaços que são sempre nossos. E quem os habita, habita também em nós. Falamos da nossa rua, desse lugar que nos acompanha pela vida. A rua como espaço de descoberta, alegria, tristeza e amizade. Os da Minha Rua tem nas suas páginas tudo isso. “Como num filme, sempre me acontecia isso: eu olhava as coisas e imaginava uma música triste; depois quase conseguia ver os espaços vazios encherem-se de pessoas que fizeram parte da minha infância. De repente um jogo de futebol podia iniciar ali, a bola e tudo em câmara lenta, um dia eu vou a um médico porque eu devo ter esse problema de sempre imaginar as coisas em câmara lenta e ter vergonha de me dar uma vontade de lágrimas ali ao pé dos meus amigos”.

A Dama Negra da Ilha dos Escravos de Ana Cristina Silva Sinopse: Da autora de As Fogueiras da Inquisição, um romance histórico magnífico que retrata uma personagem fascinante de São Tomé do século XVI. A personagem central deste romance, D. Simoa Godinho, é uma das figuras históricas mais intrigantes e misteriosas da Lisboa do século XVI. Tendo nascido em S. Tomé, no seio de uma família rica de fazendeiros, acabaria mais tarde, já casada com o fidalgo Luís de Almeida, por vir viver para a capital do reino, onde viria a expressar o seu carácter profundamente humano através de inúmeras obras de solidariedade, nomeadamente junto da Misericórdia. Ficamos a conhecer toda a sua vida - a infância e juventude no exotismo de S. Tomé, a paixão por Luís de Almeida, a sua influência na sociedade lisboeta da época neste romance soberbo que tão bem soube captar as múltiplas nuances desta personalidade que tem apaixonado sucessivas gerações de historiadores.

A Turma de François Bégaudeau Sinopse: A Turma inspira-se no dia-a-dia tragicómico de um professor de Francês colocado numa escola pública da cidade de Paris. Neste romance escrito encostado à realidade, François Bégaudeau evidencia os problemas de expressão e compreensão nas salas de aula da língua que, na turma, nem todos dominam. E convida-nos a entrar na escola de hoje, problemática e multicultural. A realidade francesa afinal tão próxima da realidade portuguesa, e quem sabe de tantas outras. Este romance foi adaptado ao cinema num filme realizado por Laurent Cantet, com a participação do próprio autor como actor principal. Recebeu a Palma de Ouro do Festival de Cannes 2008.


O Homem que não Tira o Palito da Boca de João Melo Sinopse: O autor usa uma linguagem magnificamente técnica, semiótica, de lógica formal e jurídica - obsessivamente perfeccionista, requintada, paranoicamente explicativa - para tratar de questiúnculas ou, pelo contrário, explicar formalmente, com uma lógica administrativa, a podridão familiar, política, económica, o quotidiano de miséria, prostituição, indecência, malfeitoria e sacanice (no Sambila e outros bairros) de pobres diabos e cidadãos abandonados pelos coevos. Histórias de casais e traições (infidelidades) são uma das obsessões divertidas de Melo. E, depois, há o tema das raças, cores de pele, classes, mas também o do assassinato piedoso, entre tantos.

O Carteiro de Pablo Neruda de António Skármeta Sinopse: Mario Jiménez, jovem pescador, decide abandonar o seu ofício para se converter em carteiro da Ilha Negra, onde a única pessoa que recebe e envia correspondência é o poeta Pablo Neruda. Mario admira Neruda e espera pacientemente que algum dia o poeta lhe dedique um livro ou aconteça mais do que uma brevíssima troca de palavras ou o gesto ritual da gorjeta. O seu desejo ver-se-á finalmente realizado e entre os dois vai estabelecer-se uma relação muito peculiar. No entanto, a conturbada atmosfera que se vive no Chile daquela época precipitará um dramático desenlace… Através de uma história tão original como sedutora, Antonio Skármeta consegue traçar um intenso retrato da convulsa década de setenta no país andino, assim como uma recriação poética da vida de Pablo Neruda.

Contos Arrepiantes de Bram Stoker Uma série de contos fantásticos do criador de Drácula. Nesta recolha são apresentados seis contos: - O Enterro das Ratazanas - A Profecia da Cigana - As Areias de Crooken - O Segredo do Ouro que cresce - A Índia - A Casa do Juiz


Conversa n’A Catedral de Mario Vargas Llosa Sinopse: Sentados a uma mesa da taberna A Catedral, o jornalista Santiago Zavala conversa com o seu amigo Ambrosio. Estamos em Lima, na época ditatorial do general Manuel A. Odría (1948-1956), e dessa conversa acompanhada de cerveja emerge um Peru cruel, corrupto, desesperançado, matéria-prima ideal, portanto, para um romance que só um grande jornalista e escritor como Vargas Llosa poderia ter produzido. Uma história esplêndida que reúne muitos dos ingredientes que fizeram a fama do autor peruano - as críticas ácidas, a irreverência, a rebeldia e o humor sarcástico. Conversa n’A Catedral é a crónica de uma ditadura e da resistência possível graças à palavra. Uma aguda reflexão sobre a identidade latino-americana e sobre a perda da liberdade. Um romance que, mais do que um marco na carreira literária do autor, é um ponto de referência inevitável na história da literatura universal.

O Diário de Anne Frank de Anne Frank Sinopse: Judia alemã, Anne Frank nasceu em 1929 e morreu em 1945. Filha de um comerciante, viveu com a sua família em Frankfurt até que à chegada ao poder do partido nazi se seguiu um agravamento das manifestações de antisemitismo no país. Em 1941, a família emigrou para Amesterdão, onde Anne passou a viver confinada a um esconderijo. Durante dois anos, escreveu um diário em que relata a experiência da perseguição movida pelos nazis e fala dos terrores que se abatiam sobre os que com ela partilhavam aquele pequeno espaço. A família acabou por ser descoberta e transportada para o campo de concentração de Bergen-Belsen, onde Anne e sua mãe viriam a morrer. O diário de Anne Frank é um dos mais vivos testemunhos do horror que o nosso século conheceu. Encontra-se traduzido em mais de trinta línguas e fez da sua jovem autora um símbolo do sofrimento dos inocentes perante a injustiça. A casa de Amesterdão que albergou a família Frank é hoje um museu.

Memorial do Convento de José Saramago Sinopse: Memorial do Convento é uma obra literária escrita por José Saramago. Em resumo, o livro conta duas histórias que, a dado momento, se entrelaçam. A primeira história leva-nos ao tempo da construção do Convento de Mafra, cuja edificação foi feita por D. João V e oferecida a Deus, para que este lhe desse um herdeiro, uma vez que o rei era casado já há dois anos com D. Maria e até então não tinham tido filhos. Saramago fala e critica a opressão que os nobres e o clero exerciam sobre o povo, uma vez que esta grandiosa construção custou muitos sacrifícios e originou muitas mortes dos populares. A segunda história é a história de amor entre Blimunda e Baltazar, pessoas pobres e humildes. Blimunda tem o dom de ver por dentro das pessoas, mas para isso tem que estar em jejum.


A Metamorfose de Franz Kafka Sinopse: Conto escrito por Franz Kafka, escritor tcheco com fluência em alemão. A obra foi lançada em 1915, e aborda sobre a vida de Gregor Samsa, personagem principal, que se sente oprimido pelo trabalho e pelo desprezo da própria família. Gregor Samsa é um caixeiro-viajante que se sente sobrecarregado pela profissão e desmotivado pelo dia a dia cansativo das atividades laborais que cumpre rigorosamente, sente-se reduzido a um inseto. Mantém-se no emprego para pagar as dívidas dos pais, sentindo-se oprimido pelo trabalho e pela família…

O Violino de Auschwitz de Maria Angels Anglada Sinopse: É Dezembro de 1991 e, num concerto de homenagem a Mozart em Cracóvia, a primeiro violinista impressiona o seu colega de trio com um instrumento rústico e humilde. No dia seguinte, quando ele lhe pergunta como é que ela o obteve, uma notável história se revela: A da vida de Daniel, um luthier, que sobreviveu passando por grandes dificuldades em Auschwitz, como carpinteiro e trabalhando às tardes na fábrica IG Farben. A inesperada relação com o comandante do campo e a posterior encomenda de um violino com as especificações de um Stradivarius tornaram-se dois momentos decisivos na vida de Daniel, em Auschwitz, sobretudo após descobrir o segredo por trás dessa tarefa.

Instruções para Salvar o Mundo de Rosa Montero Sinopse: Num cenário de subúrbio, onde a noite reclama o seu território e os fantasmas reivindicam o seu espaço, um taxista viúvo que não consegue superar a perda da mulher, um médico desiludido, uma cientista anciã e uma belíssima prostituta africana sedenta de vida cruzam os seus caminhos, para nos obsequiarem com uma visita guiada ao mundo vertiginoso e convulso que cada um encerra dentro de si. Mas esta não é uma história de horrores, é antes uma fábula de sobreviventes, de quatro personagens que reúnem todos os elementos necessários para serem considerados uns desgraçados, que se movem nos mundos limítrofes à máfia, ao tráfico de mulheres brancas, e a universos virtuais como Second Life, mas que conseguem encontrar um apoio que lhes permite a remição e a saída das trevas que os mantinham prisioneiros. Uma intensa e hipnótica história de esperança que deambula entre o humor e a emoção e nos mergulha na sociedade caótica dos nossos dias. Uma história que pode ser a de qualquer um de nós.

Novos livros na BE  

Novos livros na BE ESPAMOL

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you