Issuu on Google+

Modelo Enterprise SPICE Um Modelo Integrado, baseado no SPICE, para Avaliação e Melhoria em toda a Empresa Clenio F. Salviano Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), Rodovia D. Pedro I, km 143.6, CEP 13069-90, Campinas, SP, Brazil Abstract: This one-page article describes the participation of CTI in EnterpriseSPICE Model during 2010. This article (in Portuguese) is included in the CTI 2010 Results (“Resultados do CTI 2010”) report (to be available from www.cti.gov.br).

I.

29 processos, organizados em 4 categorias de processo [Figura 1]. Cada processo define um propósito e um conjunto de melhores práticas.

especiais está definido o processo de Segurança. No foreword do relatório técnico é recomendado este modelo “como uma

DESCRIÇÃO DO PROJETO

Este projeto coordena a participação da Divisão DMPQS do CTI no programa internacional para desenvolvimento e disseminação do modelo Enterprise SPICE®. Enterprise SPICE é um modelo integrado para avaliação e melhoria de processo em toda uma empresa. O termo SPICE é utilizado no nome do modelo para indicar sua compatibilidade com os requisitos da Norma ISO/IEC 15504 [1] que também é conhecida como SPICE (Software Process Improvement and Capability dEtermination). II.

RESULTADOS E AÇÕES EM 2010

Em 2010 a ação mais relevante está relacionada com a participação de um pesquisador do CTI no conselho consultivo (Advisory Board) deste programa. Esta participação é também como representante da SPICE Academy que junto com o SPICE UsersGroup patrocinam o programa. O conselho é composto por 13 especialistas mundiais em melhoria de processo. O principal resultado deste programa em 2010 foi a publicação em setembro do relatório técnico com a primeira versão pública do modelo [2], disponível no website www.enterprisespice.com. O modelo integra e harmoniza melhores práticas de 12 disciplinas e 28 modelos de processos em um único modelo. Com isto, o modelo Enterprise SPICE provê um mecanismo efetivo para avaliar e melhorar processos de toda uma empresa. Como um modelo compatível com a Norma ISO/IEC 15504, Enterprise SPICE agrupa as melhores práticas em processos de referência para orientar o estabelecimento dos processos em uma empresa. Esta versão do modelo define

Figura 1 – Logo e Arquitetura do Modelo Enterprise SPICE Na categoria de Governança e gestão, estão definidos processos para Governança da empresa, Gestão de investimentos, Gestão de recursos humanos, Arquitetura da empresa, Gestão de relacionamentos de negócio, Gestão de acordo com fornecedores, Proposta, Gerência de projeto e Gerencia de riscos. Na categoria de Ciclo de vida estão definidos processos para Necessidades, Requisitos, Design, Implementação de design, Utilização e descarte, Integração, e Operação e apoio. Na categoria Apoio estão definidos processos para Análise alternativa, Medição e análise, Garantia e gestão da qualidade, Gestão de configuração e mudança, Gestão da informação, Gestão de conhecimento, Treinamento, Pesquisa e inovação, Ambiente de trabalho, Definição de processo, e Melhoria de processo. Na categoria Aplicações

referência eficiente e efetiva para pensar sobre, melhorar e avaliar processos realizados em toda uma empresa grande, média ou pequena” [2, p. 4]. III.

REFERÊNCIAS

[1] The International Organization for Standardization and the International Electrotechnical Commission, ISO/IEC 15504 - Information technology — Process assessment, 2004-2008. [2] The Enterprise SPICE Project Team, Enterprise SPICE (ISO/IEC 15504) An Integrated Model for Enterprise-wide Improvement, Technical Report – Issue 1, Sep/2010 (www.enterprisespice.com) Contatos: Clenio F. Salviano, telefone +55 19 3746 6109; e-mail clenio.salviano@cti.gov.br


Modelo Enterprise SPICE (Potuguese)