Page 1


SMAR ano 38 Em 2012 a SMAR completa 38 anos. 38 anos explorando o futuro. A paixão pelo que fazemos, a busca incansável pela excelência e o forte compromisso com as pessoas e com o meio ambiente sempre estiveram presentes na nossa história. Nestes 38 anos, as conquistas foram muitas: começamos simples, com muita vontade e determinação e hoje somos líderes em automação, presentes em mais de 95 países e referência mundial em tecnologia fieldbus. Conquistas que construímos com muita ousadia, determinação e com os valores de sempre. Valores que nos inspiram há 38 anos. O início, em 1974, foi modesto, começando com alguns funcionários, algumas ferramentas e muita vontade de vencer. Vontade esta que fez com que a SMAR crescesse e se transformasse numa multinacional brasileira que transcende limitações geográficas e está presente nos 5 continentes. Há 38 anos a SMAR vem pela força de sua Gente, desenvolvendo e provendo ao mercado a mais avançada tecnologia de automação e controle. Com idéias inovadoras, a SMAR nasceu, cresceu e tornou-se a líder mundial em automação no setor sucroalcooleiro.Jovem e cheia de energia, está presente em todos os segmentos industriais, oferecendo ao mercado brasileiro e mundial os mais avançados produtos e soluções em automação e controle. Hoje, a SMAR dá forma ao mundo da automação e controle, numa extensão e profundidade que nem mesmo nós fundadores poderíamos imaginar quando tudo inciamos. Empresa com muita determinação e criatividade, consciente do seu papel, a SMAR desenvolve tecnologia de alto nível, gera milhares de empregos diretos e indiretos, proporciona benefícios aos seus clientes e atua de forma voluntária nas questões sociais, ambientais e culturais. Nestes 38 anos fomos ousados tecnologicamente, contribuímos para o desenvolvimento tecnológico brasileiro e mundial, tornamos nossos clientes competitivos com o uso de nossa tecnologia, qualificamos profissionais, inovamos o mundo da automação e controle, desenvolvemos e produzimos chips, ultrapassamos 1000 funcionários acreditando no potencial dos brasileiros, tornamos-nos referência mundial e fornecedores de tecnologia para os nossos concorrentes e muito mais. Muito mais há por vir. Esperamos que este portfólio possa dar-lhes uma idéia do que é a SMAR e convidamos-lhes a visitar o nosso site para mais detalhes: www.SMAR.com.br Atenciosamente,

Mauro Sponchiado Presidente

02


Company Profile

Core Business

VISÃO Ser uma empresa de automação empresarial com forte atuação internacional e a líder no Brasil, facilitando o crescimento sustentável dos nossos clientes do mundo todo com vantagens e benefícios únicos proporcionados pelos nossos talentos, tecnologia e produtos inovadores, atuando de forma segura, rentável e com responsabilidade social e ambiental.

MISSÃO Suprir o mercado mundial de automação com produtos e soluções abrangentes, avançadas, práticas, robustas e de custo efetivo. 03


Presença Mundial

A SMAR possui 10 subsidiárias distribuídas estrategicamente e uma rede de distribuição de produtos em mais de 95 países através de empresas especializadas em Controle e Instrumentação.

Expertise A história da SMAR é orientada à aplicação e ao gerenciamento de soluções em automação e controle. Cerca de 16% de seus colaboradores trabalham em laboratórios de pesquisa e desenvolvimento no Brasil e EUA. Mais de 30% de seus funcionários possuem títulos de graduação e pós-graduação, sem contar com técnicos especialistas nas mais diversas áreas, o que torna a SMAR referência mundial em tecnologia de redes industriais. 04


Company Profile

Patentes - Inovação e Resultados A SMAR, através de seu comprometimento na criação de produtos inovadores e de alta tecnologia, obteve reconhecimento em dezenas de patentes.

05


Principais Inovações e Conquistas 2008: FF-SIS - 1º protótipo de instrumentação SIS para FOUNDATION fieldbus. 1º Computador de vazão HSE.

2007: Linha 400 de equipamentos de alta performance. Mais de 2 milhões de ASICS produzidos.

2006: OPC UA e EDDL 1° protótipo das duas tecnologias.

2005: DFI302 – controlador fieldbus multiprotocolos. SYSTEM302 - Primeiro sistema de controle baseado em arquitetura multiprotocolo fieldbus totalmente padronizada. SMAR assume presidência da PROFIBUS América Latina. SMAR é considerada a maior empresa brasileira de automação, segundo pesquisa da Câmera Americana - AMCHAM.

mundo. FB4050 – 1° controlador de comunicação Fieldbus FOUNDATION/ PROFIBUS de baixo consumo a possuir recursos avançados como coprocessador matemático e controlador para LCD.

2003: DC302 – 1° equipamento com FFB do mundo.

TM302 - Primeiro sistema de gerenciamento de tancangem FOUNDATION fieldbus.

TM302 – 1° sistema de medição em tanque FOUNDATION fieldbus no

2004: FR302 – 1° Relé fieldbus.

2002: A era do fieldbus.

2001: Prêmio Albert F. Sperry da ISA. O primeiro livro sobre fieldbus: “Fieldbuses for Process Control”. Primeiro gerenciamento de ativos via web.

FC302 – 1° computador de vazão FOUNDATION fieldbus HI302 -1° interface HART® / fieldbus. Prêmio DC302. 2000: 1° equipamento HSE registrado

1999: American Automatic Control conference. Primeira Unidade móvel de treinamento em Fieldbus. Primeira família de equipamentos de campo PROFIBUS PA. com profile v3.0

1998: SYSTEM302 versão 4.0, um sistema completo para automação industrial. FF Beta Test. Syncrude. Sira

1997: Registro do Stack de Comunicação. FY302 - Prêmio de Melhor Produto da revista Control Engineering. Daishowa - Primeira planta interoperável, operando em fieldbus.

1996: Finalização da norma do fieldbus H1. 1995: FF Alpha Test. Doação do sistema fieldbus para centro de treinamento da ISA.

1994: 1° planta fieldbus. Primeira planta fieldbus comercial. LD302 - Prêmio de Melhor Produto da revista Control Engineering.

1993: Transmissor de Temperatura ISP/WorldFIP. 1992: 1° chip fieldbus. FB1050 primeiro chip fieldbus. Teste de Campo na British Petroleum IEC/SP 50. Demonstração do SP50 na Interkama. 1987: Contribuições para estudos de padronização do fieldbus.

1984: 1° sistema supervisório de controle e aquisição de dados baseado no PC.

06


Company Profile

Desenvolvimento de tecnologias

Há mais de 20 anos, a SMAR contribui com o desenvolvimento e padronização de tecnologias de automação.

Testes e protótipos fieldbus

A SMAR forneceu suporte técnico e equipamentos para a criação e certificação do primeiro Centro de Competência PROFIBUS da América Latina. Demonstração da tecnologia de Funções Instrumentadas de Segurança (SIF) em instrumentos FOUNDATION fieldbus, na Shell Global Solutions em Amsterdã.

Tecnologia fieldbus é a tecnologia de comunicação

A SMAR sempre foi e continua sendo a “Primeira em Fieldbus”. Não só pelo suporte, mas também no desenvolvimento desta tecnologia. A SMAR já provou isso várias vezes, desde que comecei a usar seus equipamentos em 1996, pois eles têm um grupo de engenheiros excepcionais que rapidamente transforma conceitos em produtos de qualidade e soluções. Ian Verhappen, MTL - Director of Industrial Networking Technologies

interoperável, totalmente digital, serial e bidirecional, entre equipamentos de campo (como sensores, transmissores, conversores, atuadores) e sistemas de controle. É uma LAN (Local Area Network) para instrumentos usados tanto na automação de processo quanto na produção, com capacidade embutida de distribuição do controle de aplicação através da rede. 07


Participação em Órgãos de Normalização

“A vasta experiência que a SMAR tem em FOUNDATION fieldbus, em particular, vai fortalecer a gama de soluções para automação de processos que podemos oferecer aos nossos clientes em todo o mundo.” Klaus Endress, CEO do grupo Endress+Hauser

08


Company Profile

Casos de Sucesso Cosan / Jataí A SMAR fornece soluções integradas em automação de processos ao Grupo Cosan, um dos maiores produtores, comercializadores e exportadores de açúcar e etanol, além do maior gerador mundial de energia elétrica a partir do bagaço da cana-deaçúcar, foi fundado em 1936, com a construção da Usina Costa Pinto, em Piracicaba (SP). A partir da década de 80 iniciou-se um processo de expansão baseado principalmente em aquisição de empresas do

fácil diagnóstico e manutenção também influenciaram bastante na

setor e hoje possui 23 unidades produtoras, 21 em São Paulo,

escolha, o que permitiu a capacitação rápida de seus funcionários.

uma na cidade de Jataí (GO) e outra em construção, em Caarapó

A planta conta com 2500 pontos de I/O divididos entre

(MS), quatro refinarias e dois terminais portuários, sendo um de

transmissores PROFIBUS PA e equipamentos PROFIBUS DP.

açúcar e um de etanol.

O Grupo Cosan trabalha em parceria com a SMAR há mais de 20

A Cosan, com quase 40 mil funcionários, tem uma capacidade

anos, e sua escolha por esse fornecedor foi facilitada pelo know-

de moagem de 60 milhões de toneladas de cana-de-açúcar

how que a SMAR possui em açúcar e etanol e seu conhecido

para a safra 2009/2010, o que garantiu a maior participação no

comprometimento com seus clientes.

mercado brasileiro com 10% do mercado. A unidade de Jataí tem uma capacidade de moagem de 4 milhões de toneladas e produz

Resultados Garantidos

cerca de 370 mil m³ de etanol hidratado e 105 MW de potência, da

A unidade pode contar com facilidade operacional do sistema

qual consome apenas 28 MW. Todo o excedente dessa energia

e número reduzido de operadores em campo, já que toda a

é vendida através de consórcio.

usina pode ser controlada diretamento do Centro de Operações

Sua unidade de Jataí, atualmente a mais moderna do mundo,

Integradas (COI). O SYSTEM302 possibilita ao cliente mais

adotou o sistema de controle da SMAR, o SYSTEM302, ao

flexibilidade de produção. Outro ponto a se ressaltar é o aumento

procurar uma solução de controle de processo que além do

da segurança da planta, pois com a diminuição do número de

respaldo técnico do fornecedor, garantisse o suporte tecnológico

funcionários em campo, diminui-se a possibilidade de falha

para todas as etapas do ciclo de vida da planta. Outra necessidade

humana e, como o sistema é projetado para agir de forma segura,

era uma plataforma aberta de automação que desse suporte

em caso de falha isso garante uma planta com um alto grau de

a tecnologias de automação modernas e reconhecidas

proteção.

mundialmente, o que permitiria um ciclo de vida longo e saudável para a planta. Fatores como facilidade de operação do sistema,

AÇÚCAR & ETANOL 09


Biblioteca de Fotos Petrobras

Petrobras O primeiro sistema FOUNDATION fieldbus do mundo em uma aplicação em alto-mar situa-se na Bacia de Campos, no Rio de Janeiro. É na plataforma Namorado 1, também conhecida como PNA-1, em que a Petrobras, concentra o envio de gás para o continente. Sua capacidade produtiva diária é de 40 mil barris de petróleo e 3 milhões de m3 de gás. O sistema instalado mede a pressão e a vazão do gás natural, além de controlar os compressores e a Unidade Hidráulica para testes de poços. Ele opera com uma rede que conecta os equipamentos de campo e as estações de operação dentro da sala de controle. Esta plataforma é responsável por controlar os gasodutos de Roncador, Marlim-S, Cabiunas, Marlim PCH-1 Namorado 2. A tecnologia Fieldbus foi escolhida devido à sua facilidade de integração com todos os dados gerados pelos instrumentos do sistema e pela sua moderna arquitetura de controle distribuído, que é localizado dentro dos equipamentos de campo. Além de fornecer muito mais informação de maneira mais rápida e segura, ela também diminui os custos de cabos, bandejamento, além dos custos de instalação e manutenção. O tempo gasto em instalações também é reduzido de forma significativa. O projeto adota o SYSTEM302 da SMAR e inclui centenas

Esta é a primeira instalação comercial do mundo com tecnologia

de equipamentos interligados às interfaces DFI302 - Bridges

HSE (High Speed Ethernet), que é também a primeira instalação

Universais para Fieldbus que operam em redundância. Na sala de

do mundo do H1 Fieldbus em uma plataforma.

controle existe o fornecimento para duas estações de operação e

A SMAR coordenou o projeto, além de fornecer todos os

duas estações de engenharia conectadas por uma rede Ethernet

equipamentos de campo, o hardware de controle e software.

de fibra óptica.

ÓLEO & GÁS 10


Company Profile

Foto Ilustrativa

Bisotoun Petrochemical Co. (BPC)

A BPC, subsidiária da NPC (National Petrochemical Company),

óptica redundante.

é uma planta de alquilbenzeno linear (LAB) com produção total

Alguns processos controlados pelo SYSTEM302 nessa planta

de 50.000 toneladas por ano, licenciada pela IFP. Localizada

são: controle de operação de compressores, controle da planta

em Kermanshah (Irã), a planta possui em torno de 5000 sinais

de geração de H2 (Hidrogênio) e N2 (Nitrogênio), BMS (Burner

de entrada/saída: 1.250 instrumentos FOUNDATION fieldbus,

Management System) para quatro fornos, controle de motores

dentre os quais alguns instrumentos de outros fabricantes

elétricos, monitoramento de tanques e interface com ESD

(interoperabilidade); 150 instrumentos 4-20 mA; 3.500 sinais

(Emergency Shutdown System).

discretos. A planta possui 45 painéis, que representa uma redução de 30% se comparado a um sistema DCS convencional. Os sinais estão divididos em 34 pares de DFI302 (redundantes), totalizando 112 canais H1. Além disso, o SYSTEM302 é responsável pela integração de 12 pacotes de outros fabricantes através de comunicação OPC e Modbus. O sistema implantado na BPC utiliza oito estações de operação (redundantes) e quatro de engenharia. A planta é dividida em três áreas e a interligação dessas áreas é feita por um anel de fibra

QUÍMICA & PETROQUÍMICA 11


Binzhou Chemical Group controle de caldeira e usou o SYSTEM302 para controlá-lo. Este projeto assegurou que o uso de Fieldbus aprimora a capacidade de diagnóstico, reduz custos de operação da planta e minimiza o tempo exigido para configuração do sistema de controle, instalação e comissionamento. Graças ao sucesso na caldeira, a BCG escolheu uma solução baseada em Fieldbus para automatizar a planta de PO. Diferentemente da aplicação da caldeira, a planta de PO apresenta uma série de desafios, por ser extremamente corrosiva, tóxica e altamente explosiva. O sistema Fieldbus vai ao encontro destes critérios técnicos importantes, como segurança intrínseca, redundância de sistema, segurança e instalação elétrica simplificada e diagnóstico remoto de instrumentos, que permite a manutenção proativa. A partida dessa segunda fase foi finalizada no final de 1999. O sistema redundante instalado permitiu operação com alta disponibilidade, onde caminhos distintos da rede de controle até o operador são chaveados automaticamente em caso de falha. Essa receita de sucesso abriu caminho para as modernizações subsequentes com a versão 7 do SYSTEM302 em 2007, adotando como backbone de automação, a rede High Speed Ethernet, mantendo a supervisão via OPC. O melhor de tudo foi o comissionamento do sistema, alcançado Binzhou Chemical Group (BCG), localizada em Binzhou, província

com a simplicidade do “plug-and-play”, porque os equipamentos

de Shandong, uma das maiores produtoras químicas da China,

de campo são automaticamente detectados no momento em que

foi formada no final da década de 60 e opera várias plantas de

são conectados.

produção, incluindo, uma refinaria, uma planta de chlor-alkli, uma

A experiência da BCG demonstrou que o diagnóstico robusto

planta geradora de energia e uma planta de Propylene Oxide (PO).

de equipamentos Fieldbus melhora a manutenção preditiva e

Estas plantas se centram em torno de 2 categorias principais de

com isso minimiza o tempo de paradas. O uso da programação

produção: produtos petroquímicos e materiais químicos especiais.

padronizada do Fieldbus e da linguagem de blocos funcionais

Anteriormente, a BCG havia instalado Fieldbus em um projeto de

simplifica o treinamento e permite o desenvolvimento de

QUÍMICA & PETROQUÍMICA 12


Company Profile

estratégias de controle em muito menos tempo. Como o Fieldbus permite que o controle seja realizado nos equipamentos de campo, são necessários menos controladores centralizados no processo do PO. A tecnologia também fornece redução substancial em E/S permitindo uma arquitetura de controle e supervisão menor e mais eficiente. O SYSTEM302 tem fornecido uma performance de controle contínua e confiável desde o seu comissionamento e início de operação.

Depoimento de Cliente: “Fieldbus é compensador em termos de custo, simples, poderoso, confiável e muito mais. Um sistema SDCD tradicional simplesmente perde para as qualidades de um sistema Fieldbus em quase todos os aspectos.” Niu Qi, Vice-Presidente - Binzhou Chemical Company

13


Cognis (Ex - Henkel) A indústria química Cognis S.A. localizada em Jacareí, São Paulo, produz matéria-prima para a indústria farmacêutica e de cosméticos extraída de óleo vegetal. Ela processa 20 t/d de óleo vegetal. O SYSTEM302 está controlando o processo de esterilização, o reator, as torres de destilação, o sistema de vácuo, o nível dos tanques e o armazenamento do produto. O controle de batelada é realizado em conjunto pelos equipamentos de campo e o LC700 trocando dados através do módulo Fieldbus instalado no controlador lógico, que também é parte da rede Fieldbus. O controlador lógico também é responsável pelo sistema de integração, pelo transporte de matéria-prima e outros produtos necessários à planta. A planta tem 212 equipamentos Fieldbus, 2

É um sistema interoperável em que os equipamentos de campo

servidores de E/S digitais, 3 estações de operação

da SMAR, tais como o LD302 - Transmissor de Pressão, TT302

e mais de 930 pontos de E/S digitais. Existem até 16 equipamentos

- Transmissor de Temperatura, FI302 Conversor de Fieldbus para

por barramento. A estratégia de controle implementada pelo

Corrente, FY302 - Posicionador de Válvula e IF302 - Conversor de

sistema inclui Feed back, Feed forward, Split ranges, Override e

Corrente para Fieldbus, estão conectados no mesmo barramento

Controle em Cascata, totalmente executados pelos equipamentos

com 19 Medidores de Vazão Vortex de um outro fornecedor.

de campo.

FARMACÊUTICO 14


Company Profile

Corning Incorporated A Corning Incorporated é a maior produtora de fibra óptica para telecomunicações do mundo. Em 1997, a Corning decidiu construir uma nova e moderna fábrica em Midland, na Carolina do Norte, Estados Unidos. A planta começou a produzir fibra na primavera em 1999. O sistema de controle escolhido para esta planta deveria ter a mais avançada tecnologia do mundo. A Corning escolheu o SYSTEM302 da SMAR para ser a base tecnológica desta nova planta. Com o início bem-sucedido em 1999, a produção da Corning

O próximo passo foi incluir “switches” Ethernet redundantes e 16

necessitava de um crescimento contínuo. Em dezembro do mesmo

terminais de operação. Destes terminais a planta é vista como

ano, a Corning decidiu expandir a fábrica de Concord, dobrando sua

uma aplicação contínua.

capacidade e a transformando na maior planta do mundo deste tipo.

A estratégia de controle implementada para este sistema inclui

O SYSTEM302 da SMAR controlaria esta nova expansão na planta.

Feed back, Feed forward, Split ranges, Override e Controle de

Em 2007, todo o sistema FOUNDATION fieldbus foi atualizado

Cascata, totalmente executados pelos equipamentos de campo.

para o SYSTEM302 versão 7, baseado no controlador DF63. O tempo gasto para essa troca foi de apenas 3 semanas, incluindo atualização de configuração, firmware e hardware. A planta tem mais de 500 equipamentos Fieldbus, entre transmissores de temperatura FOUNDATION fieldbus (TT302), Conversores de

FOUNDATION para corrente (FI302), conversores de corrente para FOUNDATION (IF302), transmissores de pressão (LD302), posicionadores de válvula (FY302), 16 servidores em redundância, 24 estações de operação e mais de 2.600 pontos discretos de E/S sendo executados no sistema Fieldbus. Uma característica única do sistema é ter sido projetado com redundância completa para evitar que qualquer falha pare o processo. Cada segmento Fieldbus é alimentado nas duas extremidades por fontes de alimentação DF52 em redundância. Além disso, em cada extremidade dos segmentos há um DF63. Estes controladores enviam seus dados para servidores redundantes.

QUÍMICA & PETROQUÍMICA 15


Deten A Deten Química S.A. é uma produtora de Alquilbenzeno Linear (LAB), localizada na zona petroquímica de Camaçari, Bahia, Brasil. LAB é a matéria-prima básica usada em detergentes. A Deten foi uma das primeiras no mundo a instalar e operar um sistema de controle baseado em Fieldbus antes mesmo do padrão final do Fieldbus ter sido alcançado. Toda a produção da Deten vem de duas plantas idênticas. Na época da instalação do Fieldbus as plantas tinham 15 anos e uma grande parte da instrumentação ainda era pneumática. O processo químico da

12 meses sem qualquer problema, um projeto maior foi iniciado

Deten exige confiabilidade, flexibilidade e benefícios econômicos

em 1996 ampliando o uso de instrumentos Fieldbus, incluindo

a longo e curto prazo, entre aplicações críticas como reatores,

Transmissores de Pressão e Temperatura, Conversores de

bateladas, assim como controles de caldeira e compressor.

Fieldbus para Corrente, Conversores de Pressão Fieldbus e

Em dezembro de 1994, a companhia responsabilizou-se por um

Controladores Programáveis com Módulos de Comunicação

projeto inicial em Fieldbus para testar o sistema em somente uma

Fieldbus. Este projeto tornou a companhia 100% controlada por

parte da empresa, em um tipo de projeto piloto. A atualização

Fieldbus.

envolveu primeiramente adicionar uma unidade de otimização

A planta é projetada para redundância total a fim de prevenir que

de processo a uma das plantas e um sistema de controle digital

qualquer falha interrompa o processo; ela tem vários níveis de

baseado em transmissores inteligentes e controladores multi-

redundância permitindo operar em segurança sem interrupção.

loop da SMAR foi usado no controle desta unidade. Havia 63

Além disso, equipamentos de tripla redundância estão instalados

equipamentos compatíveis com Fieldbus instalados e 43 loops

em loops de controle críticos e informações de segurança e status

de controle.

são enviadas entre PLCs como watchdog timer.

Em seguida, a outra planta também recebeu uma unidade de

Em 1997, a SMAR demonstrou o uso da Internet para monitorar

otimização, mas esta unidade foi implementada com a tecnologia

a planta química em um Congresso Mundial sobre Fieldbus em

Fieldbus. Esta instalação envolveu quase 1000 equipamentos

São Paulo, Brasil. A SMAR usou uma conexão dial-up fornecida

de campo incluindo transmissores de pressão, transmissores

por um provedor de acesso. Foi necessário uma conta com

de temperatura, equipamentos de vazão, equipamentos de

este provedor, uma placa de fax-modem e a configuração

medição de nível, conversores de sinais convencionais para

do computador. A aplicação basicamente consistiu em um

Fieldbus. Também incluía aproximadamente 800 pontos de E/S

computador-servidor, conectado diretamente aos equipamentos

convencionais discretos. A supervisão da planta estava distribuída

de campo e um computador-cliente, que estava no quiosque

entre 12 estações de operação.

da SMAR. A aplicação demonstrou algumas características:

Baseado no sucesso da execução deste projeto por mais de

manutenção remota, diagnose e operação; integração de

QUÍMICA & PETROQUÍMICA 16


Company Profile

processo; e como toda a informação que o Fieldbus tem para

Em 2004, a área de Sulfonação, a primeira fase do planejamento,

oferecer pode ser facilmente enviada através da Internet, tornou

foi implantada com 207 equipamentos de campo, utilizando

possível a manutenção remota.

Modbus/TCP para comunicação entre as bridges FOUNDATION

A integração da tecnologia da Internet no sistema de controle

e os PLCs de campo via rede Ethernet.

Fieldbus melhora a habilidade de administrar as operações de

Em 2007 a Deten II foi atualizada e contempla 616 instrumentos

processo. Com esta capacidade, os funcionários da planta podem

de campo, além de contar com a introdução do conceito de

verificar variáveis de processo, executar manutenção em tempo

arquitetura integrada através de redes HSE, em que alarmes

real e monitorar telas supervisórias.

gerados em dispositivos H1 interligados a Linking Devices HSE

A redução nos custos de projeto, instalação e início de operação

(DF63) enviam sinais diretamente às lógicas de intertravamento

devido ao Fieldbus ocasionou vantagens econômicas significantes

implementadas nos Controladores HSE (DF75). O que deixa a

para a Deten. A companhia calculou um total de economia no

arquitetura de controle muito mais enxuta e integrada.

projeto de 32 a 45 por cento. Isto inclui a economia no custo dos

A complementação do planejamento compreende a implantação

cabos de aproximadamente 97 por cento. Outras economias na

com a mesma filosofia em 2008 nos setores Deten I, com 555

instalação foram alcançadas através da redução de bandejas de

equipamentos de campo, deixando a planta totalmente integrada.

cabos e custos do painel.

A redução dos custos e tempo de implementação do projeto,

Em 2000, a Deten efetuou um planejamento de implantação do

aliado à melhora no gerenciamento de documentação e dados de

FOUNDATION fieldbus que visava garantir o funcionamento do

processo, foram resultados sentidos de imediato. Com a entrada

sistema até 2006, quando seria iniciado a instalação do projeto

em operação, pode-se constatar a confiabilidade do sistema e a

final. Este sistema previa uma nova filosofia de intertravamento

redução dos custos de manutenção, o que resultou na melhora

baseada no HSE – High Speed Ethernet. Era preponderante

dos índices técnicos de produção.

manter a confiabilidade do sistema.

Depoimento de Cliente: “O Sistema Fieldbus na Deten foi o pioneiro. Primeiro no mundo (versão ISP-50 ), e apesar de todas as dificuldades da implantação de um sistema totalmente novo, superadas com muito empenho e trabalho em parceria pela DETEN e SMAR, o seu desempenho é excelente. Sua confiabilidade e continuidade operacional são ótimas, bem acima das expectativas. Não temos problemas de congelamentos, erro de comunicação, perda de informações, etc . Com este sistema reduzimos as perdas operacionais e os custos de manutenção. Com certeza foi um investimento que deu certo. Estamos muito satisfeitos !” Alexandre Pessoa, Engº de Instrumentação - DETEN

“O Sistema Fieldbus implantado pela SMAR em nossa Fábrica de Camaçari / Bahia é um sucesso total. Além dos fatores de redução de perdas operacionais e de custos de manutenção, contribui significativamente para a melhoria da qualidade de nossos produtos, para o aumento da produtividade do nosso pessoal, na medida que lhes proporciona uma enorme motivação profissional, possibilitando Controle Avançado de Processo e outros ganhos.” Eng. Luiz Petersen, Coordenador Elétrico e de Instrumentação - DETEN

17


Foto Ilustrativa

BASF

A SMAR participou em parceria com a Krohne/Conaut de um consórcio para fornecer equipamentos com protocolo PROFIBUS PA, incluindo serviços de configuração, visando reforçar a Planta de Resina da Unidade de Tintas Glasurit, do grupo BASF, localizada em São Bernardo do Campo, SP. Esta é a maior instalação com tecnologia PROFIBUS PA no Brasil. A linha PROFIBUS PA da SMAR foi lançada em outubro de 1999 na feira da Interkama em Dusseldorf, Alemanha, atendendo à solicitação do mercado europeu. A qualidade e funcionalidades superiores dos transmissores SMAR foram reconhecidos pela matriz alemã que hoje padroniza seus transmissores de pressão e temperatura da marca SMAR, em um contrato sem precedentes na história da automação brasileira alcançando milhares de unidades em poucos anos.

QUÍMICA 18


Company Profile

Banatski Dvor

O projeto de extração, injeção e produção de gás do Reservatório

utilização de tecnologias padrões e a independência de software

Subterrâneo de Gás Banatski Dvor, ao norte da Sérvia é um

especiais. Além disso o sistema de controle precisaria integrar

dos exemplos de como o SYSTEM302 é capaz de produzir

subsistemas mais antigos que trabalhavam com o controle de

resultados nas mais adversas situações. O clima desfavorável e

compressores e a instrumentação HART. A integração com

o ambiente com atmosfera explosiva são variáveis conhecidas

o sistema de parada de emergência HIMA também foi uma

que são melhor tratadas com tecnologia fieldbus e equipamentos

exigência do grupo, assim como a incorporação da estação de

intrinsecamente seguros.

transferência de custódia Daniel.

Sua capacidade de injeção pode chegar a 7 milhões de m /dia e

Toda a instrumentação desse projeto foi de outros fornecedores,

a produção chega a 10 milhões de m /dia. Os principais objetivos

mostrando a interoperaboilidade da tecnologia FOUNDATION

a serem alcançados foram a redução de consumo de energia

fieldbus dentro do SYSTEM302. Os benefícios se estenderam

elétrica durante o inverno e a injeção máxima durante o verão

nas fases operacionais e de manutenção, em que o AssetView

para aproveitar os baixos preços do gás.

da SMAR, permite acesso remoto via Internet.

3

3

A escolha do SYSTEM302 se baseou na possibilidade de

“Durante a instalação, comissionamento e operação, o SYSTEM302 da SMAR no armazenamento subterrâneo de gás da BANATSKI DVOR tem comprovado ser: um sistema confiavél, adequado para controle distribuído e para sistemas de expansão fácil, especialmente na fase construtiva da planta, e fácil de configurar. Em particular eu gostaria de salientar que o SYSTEM302 prova ser interoperável com instrumentação, assim como pacotes e subsistemas de outros fornecedores, como os de segurança e supervisão mostrando o que o fieldbus realmente traz: Liberdade para escolher e poder para integrar. O AssetView da SMAR é fácil de usar para manutenção, diagnóstico e configuração remota de equipamentos. A engenharia da SMAR não só provê suporte técnico imediato, mas também atualização e melhoria contínua de seu sistema.” Mr. Miodrag Pramenko, Engenheiro chefe de sistemas de controle e instrumentação - Serbia Gas

PRODUÇÃO DE GÁS 19


Rhodia

A Rhodia, empresa mundial de química de especialidades, com

viabilização econômica que permitiria a implantação do projeto

presença no Brasil desde 1919, é líder em importantes mercados,

dentro do orçamento disponível e a forte parceria que já existia

reconhecida mundialmente nas áreas de polímeros, química

entre a Rhodia e SMAR, empresa nacional que foi a precursora

orgânica e inorgânica e em formulações.

da tecnologia fieldbus (Inicialmente ISP50 e depois FOUNDATION

Empresa fortemente engajada nos princípios do desenvolvimento

H1/HSE).

sustentável, oferece ao mercado soluções sob medida,

Ele mensura que aspectos como o tempo disponível para a

desenvolvendo produtos inovadores para os mais variados

migração entre as tecnologias foram vitais para o empreendimento

setores, entre eles, agroindústria, automotivo, calçadista,

e cita alguns benefícios obtidos:

construção civil, eletroeletrônico, farmacêutico, têxtil, derivados de madeira e produtos de consumo.

• Facilidade que a tecnologia proporciona à manutenção como

As soluções Rhodia podem ser encontradas em vários

a centralização dos procedimentos em uma única estação de

produtos como, cremes dentais, perfumes, produtos agrícolas,

trabalho, gerando redução das intervenções no campo;

roupas, calçados, materiais de construção, automóveis ou

• Rápida localização de falhas;

eletroeletrônicos, entre outros.

• Menor tempo por intervenção;

A empresa localizada em Paulínia, interior de São Paulo, optou

• Maior quantidade de informações para diagnóstico e controle;

por algumas tecnologias para otimização de seus processos como

• Aumento da disponibilidade da planta através da distribuição

os protocolos fieldbus.

do controle para os instrumentos de campo e a utilização de

De acordo com o engenheiro de manutenção sênior Ronaldo

recursos avançados como mestre backup;

Sérgio Novaes Manzano, das alternativas disponíveis no mercado,

• Redução de visitas de instrumentistas ao campo e uma maior

as que se mostraram mais viáveis na época foram as com SDCDs

visibilidade do processo.

ou com redes digitais fieldbus. Manzano explica que a escolha Outros aspectos decisivos pela escolha da tecnologia, foram

inicial pelo fieldbus ISP50 foi baseada em dois fatores principais: a

QUÍMICA & PETROQUÍMICA 20


Company Profile

enumerados pelo assistente técnico sênior de engenharia,

atingiu todas as unidades de fabricação de solventes. Baldo

Hamilton Roberto Baldo. Ele revela que para a operação

revela que hoje as plantas estão estabilizadas e confiáveis,

ocorreram melhorias como o refinamento das informações para

o processo de integração permite ter unidades interligadas e

supervisão, pois cada instrumento, além do valor de processo,

trocando dados entre si, apresentando uma melhora considerável

fornece seu status para telas de gerenciamento de rede onde a

na operação destas unidades, obtendo um controle mais eficaz

utilização de tecnologias complementares como a OPC completa

e uma profundidade maior de dados e diagnósticos. Os custos

a solução. Na área de projetos, verificou-se a diminuição

por malha implementada são mais acessíveis, o que tornou as

do volume de documentação, diminuição de cabeamento e

unidades mais competitivas. O aumento das informações obtidas

acessórios, a otimização do layout da sala de controle (painéis

da planta propiciou tomadas de decisão mais rápidas e eficientes.

menores, etc) e possibilidade de utilização de equipamentos de

A Rhodia está em fase de implementação de mais uma unidade

outros fabricantes, reforçando o conceito de interoperabilidade.

fabril que contará com a nova tecnologia HSE e projeção de novos

Antes da aquisição da tecnologia, as 11 plantas da empresa

empreendimentos para curto e médio prazo.

eram constituídas de controles pneumáticos e a modernização

Depoimento de Cliente: “As principais vantagens do SYSTEM302 são seu baixo custo de implementação e o diagnóstico de manutenção. Somando-se à alta qualidade de serviço da SMAR.” Hamilton Baldo, Técnico Senior de Instrumentação - Rhodia

21


Duke Energy A Oconee Nuclear Station foi a primeira usina nuclear construída e operada pela Duke Energy. A usina está localizada no lago Keowee em Seneca, Carolina do Sul, Estados Unidos, e vem fornecendo eletricidade segura, confiável e econômica para as Carolinas do Sul e do Norte desde 1973. Desde o início de suas operações a Oconee gerou com segurança e confiabilidade mais de 500 milhões de megawatts-hora – a primeira estação nuclear nos Estados Unidos a atingir este marco. Com uma capacidade de geração de aproximadamente 2,6 milhões de kilowatts é uma das maiores plantas e a segunda estação nuclear nos Estados Unidos a ter sua licença renovada pela Comissão de Regulação Nuclear (NRC) por mais 20 anos. No processo de renovação desta licença a Duke Energy buscou novas tecnologias para a substituição da antiga instrumentação pneumática existente. Para a área de utilidades dos três reatores da Oconee Nuclear Station, a Duke Energy escolheu FOUNDATION fieldbus entre todas as tecnologias de mercado. A SMAR foi a empresa escolhida para fornecimento do sistema de controle SYSTEM302 por sua capacidade em fornecimento de sistemas

F OUNDATION fieldbus, se encaixando nas característricas desejadas para estas novas décadas de utilização, além de à planta.

FOUNDATION fieldbus para corrente, FP302 - conversor de FOUNDATION fieldbus para pressão, FR302 - relé FOUNDATION

O SYSTEM302 fornecido para cada reator possui um sistema

fieldbus, eliminando os antigos equipamentos pneumáticos.

redundante de controle com 16 pares de controladores HSE /

Além das soluções SMAR, os reatores também utilizam

FOUNDATION fieldbus modelo DF62. O sistema foi dimensionado

equipamentos F OUNDATION fieldbus de outros fabricantes,

para 512 equipamentos, utilizando 8 equipamentos de campo por

aproveitando os recursos de interoperabilidade que o SYSTEM302

canal. A tecnologia e os controladores foram escolhidos também

disponibiliza, tornando nula a dependência de um único fornecedor

pela possibilidade de ampliação da planta.

de tecnologia e de equipamentos.

Além da redundância dos controladores HSE / FOUNDATION

Cada reator conta com a redundância de OPC Server e de

fieldbus DF62 para cada malha de controle, o sistema conta

switches, com quatro terminais, sendo três estações, uma de

com um equipamento de campo configurado como mestre

engenharia e duas de operação, e um servidor para base de

para que em uma eventual tripla falha no sistema e perda dos

dados SQL (para armazenamento de dados de histórico e alarme).

possuir a habilidade de atender às customizações necessárias

processadores fieldbus, ocorra somente a perda de supervisão e nenhuma parada de controle no campo. Desde 2005 os reatores já possuem malhas de controle funcionando em FOUNDATION fieldbus e estão em processo contínuo de adição de equipamentos de campo como LD302 – transmissor de pressão, TT302 - transmissor de temperatura, FI302 - conversor de

ENERGIA NUCLEAR 22


Company Profile

O SYSTEM302 disponibiliza para cada reator um avançado

na sala de controle.

sistema de diagnóstico que somado à aplicação do equipamento

A estratégia de controle implementada para cada reator é

SMAR DC302- entradas e saídas remotas F OUNDATION

totalmente distribuída no campo. Ela inclui malhas de controle

fieldbus, permite localizar e identificar falhas em cada

PID, indicação, conversão do sinal fielbus para pressão e corrente

controlador HSE/ F OUNDATION fieldbus, em cada fonte de

e intertravamento com a utilização do FR302 (relé fiedbus) para

alimentação H1 FOUNDATION fieldbus e em cada fonte de

desligar/ligar bombas e motores.

alimentação dos controladores HSE/FOUNDATION fieldbus. O

Satisfeita com a tecnologia, com a qualidade no fornecimento

SYSTEM302 informa ainda a disponibilidade de todos os pontos

e com o diagnóstico que proporciona facilidade na manutenção

supervisionados pelo sistema em cada OPC Server e, através

de cada reator, a Duke Energy continua incluindo malhas de

dos alarmes configurados, identifica a perda de um equipamento

controle FOUNDATION fieldbus para cada reator, em substituição

de campo e também a temperatura alta dentro dos gabinetes.

a malhas de controle pneumático existentes, utilizando a

Os alarmes e dados de diagnósticos estão disponibilizados no

capacidade de expansão do SYSTEM302.

sistema supervisório e também por meio de avisos audiovisuais

Depoimento de Cliente: “É com grande satisfação que eu digo, a SMAR é a melhor fornecedora de sistemas de controle com a qual eu me associei em meus 32 anos como Engenheiro de Sistemas de Controle. Seu comprometimento com a Duke Energy e seu extraordinário serviço para prover instrumentos de maneira rápida e eficiente são muito apreciados. Espero ter uma associação longa recompensadora com a SMAR. Eu divulgarei a todos os meus outros associados na indústria Nuclear. Resumindo, a SMAR é absolutamente das melhores.” Willard H. Killough, Jr., PE. Engenheiro de Sistemas de Controle

23


Santelisa Vale Bioenergia S/A

Com a união entre a Santelisa Valle e a Louis Dreyfus Commodities

Desde março de 1997, quando o sistema entrou em operação

(LDC), criou-se a segunda maior companhia mundial de açúcar,

total, já proporcionou ao grupo vários benefícios. A produção de

etanol e bioenergia, com capacidade de moagem de 40 milhões

vapor aumentou, o processo se tornou muito mais estável e o

de toneladas de cana-de-açúcar por ano.

processo de cozimento do açúcar teve um aumento expressivo

Em 1997, iniciou-se um ambicioso e moderno projeto de

de 30% em produtividade.

automação na Unidade Santa Elisa, envolvendo as mais

As vantagens de uso desse sistema não só foram observadas no

modernas tecnologias de controle para a época (as primeiras

período de partida da planta, mas também no período operacional,

redes digitais de campo - os conhecidos fieldbuses). O projeto

cujos custos com manutenção e desperdício de matéria-prima

incluiu todas as áreas de produção da usina e foi dividido em três

foram minimizados.

partes: a planta de geração de vapor, a planta de fabricação de

O projeto de automação com mais de 5 mil nós, abrange desde

açúcar e a planta de destilação de álcool.

o nível de campo, onde se tem 3.200 instrumentos PROFIBUS-

O SYSTEM302 permitiu a distribuição das funções lógicas e

PA SMAR, até o nível de controle, onde as unidades de

a total integração entre 200 equipamentos fieldbus e os mais

processos serão totalmente interligadas em rede Ethernet

de 5.000 pontos de I/O conectados a 20 CLPs – controladores

de alta velocidade através da DFI302, e comandarão todas

lógicos programáveis.

as plantas, integradas ao novo ambiente de engenharia do

Outro benefício alcançado ao se adotar o SYSTEM302 foi a

SYSTEM302-7.

total capacitação do corpo técnico do grupo, que trabalhou em

A Cia. Energética Santa Elisa foi a primeira grande usina

conjunto com a experiente equipe da SMAR e assumiu uma

de cana-de-açúcar a instalar um sistema completo de

grande parte da configuração, testes das malhas de controle e

automação baseado no SYSTEM302 e continua a utilizá-

pontos de supervisão. Hoje a planta é monitorada e operada de

lo para alçar novos patamares de excelência operacional.

uma sala de controle integrada, com 24 estações de operação e 2 estações de engenharia.

AÇÚCAR & ETANOL


Company Profile


Pemex Plataforma E-KU-A2

“Floteis”, ou seja, plataformas habitacionais, comumente

A plataforma E-KU-A2 encontra-se no campo KU-MALOOB-

chamadas de “Hotéis Flutuantes”. São projetadas para

ZAAP , em Campeche (Golfo de México), local onde a estatal

acomodar 220 pessoas cada uma e são conectadas a outras

mexicana PEMEX, empresa responsável pela exploração, refino

plataformas do campo Campeche por pontes.

e distribuição da produção de óleo e gás, vem fazendo grandes

A SMAR foi selecionada para o fornecimento da tecnologia

investimentos.

FOUNDATION fieldbus do SDMCS, o que incluiu a integração

A E-KU-A2 é uma plataforma de enlace, cuja principal função é

de toda a instrumentação fieldbus de ambas as plataformas e

servir de conexão entre plataformas de produção e habitação, faz

o desenvolvimento de lógicas de controle dos equipamentos

tratamento prévio em gases extraídos antes da armazenagem.

não fornecidos em pacotes proprietários.

A participação da SMAR no projeto aconteceu por meio da

Neste caso, o sistema também foi baseado em uma

implementação do SDMCP (Sistema Digital de Monitoração e

arquitetura de alta disponibilidade, com redundância de redes,

Controle de Processo) da plataforma. Os sistemas automatizados

processadores e fontes, inclusive em termos de integração com

incluem:

outros controladores. Parte da integração com todos os pacotes

Integração de compressores de ar de planta e de

foi feita em um PLC Trusted fornecido pela ICS Triplex, sendo

instrumentação;

que o DFI302 ficou como mestre na comunicação Modbus TCP/

Integração de sistemas de tratamento de água potável;

IP redundante com este PLC. A arquitetura contou com três

Integração de sistemas de controle de águas de serviço;

estações de operação e uma de engenharia por plataforma.

Tratamento de águas negras e oleosas;

A SMAR forneceu toda a base de dados e software OPC

Integração de sistema de HVAC;

para integração totalmente interoperável com o supervisório

Integração com SPPE (Sistema de parada por emergência);

fornecido pela ICS Triplex (Panorama HMI).

Integração com sistemas de controle e geração de energia

Foi utilizado nessa automação o SYSTEM302 baseado

da plataforma.

em protocolo F OUNDATION fieldbus, integrando os vários

Na automação foi utilizado o SYSTEM302 baseado em

dispositivos fieldbus, dispositivos analógicos 4-20 mA e

protocolo F OUNDATION fieldbus, onde foram integrados

transmissores de vazão com protocolo Modbus RTU de

dispositivos analógicos 4-20 mA e, entre eles diversos

vários fabricantes como ABB, Rosemount, Fisher, Foxboro e

equipamentos de vários fabricantes além da SMAR, como

conversores 4-20 mA para FOUNDATION fieldbus SMAR IF302

ABB, Foxboro, KTEC, Fisher, comprovando o conceito de

e módulos de processamento discreto em campo DC302

interoperabilidade foi comprovado.Todo o sistema e rede de

também SMAR, para execução de lógicas discretas em campo,

supervisão e controle foi desenvolvido pela SMAR usando

minimizando a quantidade de cabos a ser usados por pacote,

o supervisório ProcessView, incluindo a rede HSE, Modbus

obtendo uma arquitetura realmente distribuída.

TCP/IP e a rede LAN. Ainda a arquitetura desenvolvida foi totalmente redundante, usando fontes, processadores e redes redundantes, garantindo alta disponibilidade dos sistemas fornecidos. Plataformas HA-KU-M e HA-KU-S As plataformas HA-KU-M e HA-KU-S também estão instaladas no campo KU-MALOOB-ZAAP, em Campeche (Golfo do México), sendo uma instalada na área MALOOB-ZAAP-S e a outra na área MALOOB-ZAAP-M. Estas instalações são

ÓLEO & GÁS 26


Company Profile

CFE - Comisión Federal de Eletricidad

A CFE – Comisión Federal de Eletricidad, é o departamento

A termelétrica Punta Prieta II, localizada na cidade de La Paz, Baja

responsável pela geração de energia no México. Ela possui

California Sur, no México, conta atualmente com o SYSTEM302

atualmente sete unidades utilizando o SYSTEM302.

em suas três unidades, automatizadas pela SMAR. Um total de

O primeiro sistema Fieldbus instalado no país iniciou suas

113 MW é gerado pela termelétrica com o sistema instalado.

operações na Planta de Energia Termelétrica de Mazatlan,

Também no México, na cidade de Guaymas, estado de Sonora, a

localizada no nordeste do México. Esta unidade é alimentada por

termelétrica Carlos Rodríguez Rivero (Guaymas II) recebeu em 2005

uma caldeira de alta pressão que produz 600 t/h de vapor a 150

o SYSTEM302 em sua Unidade 4, gerando um total de 150 MW. O

kgf/cm2. As malhas envolvidas foram: controle mestre de pressão

sistema conta com automação total da caldeira desta unidade, com

do ar, controle de combustão (limites cruzados), dois dampers de

aproximadamente 2600 pontos de E/S conectados ao SYSTEM302.

ar com estação de balanceamento, ajuste de oxigênio, controle

Atualmente, 450 equipamentos de campo estão conectados

do nível do tubulão (3 elementos), controle de fluxo de água de

às diversas unidades automatizadas pela SMAR com o

alimentação, controle de nível do desaerador, fluxo de vapor

SYSTEM302, contando com 68 malhas de controle para produzir

(feedforward) e intertravamento e alarmes com LC700.

aproximadamente 880 MW.

Este sistema vem trabalhando continuamente, há mais de 36 meses, sem paradas ou qualquer tipo de problema, proporcionando 50% de redução de custo se comparado ao DCS/ PLC tradicional. Em 1998, comprovada a performance do SYSTEM302, um segundo sistema foi instalado, dessa vez na Unidade 2 da planta. Com a mesma capacidade e os mesmos loops de controle, o novo SYSTEM302 instalado superou as expectativas. Funcionou exatamente como o primeiro, mas com um novo recorde de tempo de instalação: uma semana. Até agora nenhuma manutenção foi necessária em qualquer dos dois sistemas. Aplicado também na Unidade 3, o SYSTEM302 proporciona hoje um total de 616 MW gerados pelas unidades de Mazatlán.

ENERGIA 27


Prêmios e Reconhecimento A SMAR recebeu vários prêmios e reconhecimentos pelos excelentes resultados obtidos no desenvolvimento da tecnologia fieldbus.

1994: LD302 Transmissor de Pressão Fieldbus - Prêmio de Melhor Produto recebido da revista Control Engineering.

1995: Reconhecimento para a SMAR e sua administração pelo tempo substancial e recursos dedicados a trazer vantagens para os profissionais de medição e controle na América do Sul e pela doação de instrumentação fieldbus para uso nos programas de treinamento da ISA.

1996: Líder do Grupo de Especificação para Fieldbus FOUNDATION Eng. Libânio Carlos de Souza.

1996: Líder do Grupo de “Pressure Profile” para Fieldbus FOUNDATION Eng. Eugênio F. da Silva Neto.

1996: Prêmio Excelência em Documentação - “Three Views of Fieldbus in Water and Wastewater Applications” por Libânio Carlos de Souza, Edward W. Baltutis, Mark T. Hood e Joseph Signorelli.

1997 FY302 Posicionador de Válvulas Fieldbus - Prêmio de Melhor Produto recebido da revista Control Engineering.

2000: Membro do Grupo “Data Link Bridge”, no Programa de Desenvolvimento do High Speed Ethernet Eng. Libânio Carlos de Souza.

28


Company Profile

2000: Líder do Grupo “Multiple Input/Output (MIO)” no Programa de Desenvolvimento do High Speed Ethernet Eng. Sérgio Hideki Tateishi.

2001: Ao sucesso do Programa de Desenvolvimento do High Speed Ethernet - Grupo de Devenvolvimento do “Linking Device” da SMAR.

2001: DT301 Transmissor de Densidade Prêmio de Melhor Produto recebido da revista Control Engineering.

2001: Prêmio Albert F. Sperry outorgado pela ISA em reconhecimento à dedicação da SMAR em prol da tecnologia fieldbus.

2001: Primeiro dispositivo HSE registrado.

2002: Prêmio IAN Magazine Excellence Awards - DC302

2003: Prêmio de inovação FINEP - AssetView.

2006: 2006: Prêmio MasterCana Fenasucro

2008: 2008: Prêmio CanaSauro concedido ao vice-presidente e fundador da SMAR Mauro Sponchiado, o prêmio é um reconhecimento aos profissionais que, há mais de 30 anos dedicaram a vida ao setor sucroalcooleiro. 29

2010: 2008: Prêmio CanaSauro concedido ao diretor da SMAR Eduardo Munhoz, dedicação há mais de 30 anos ao setor sucroalcooleiro.


Portfolio de Produtos A SMAR possui uma linha de produtos completa. Pressão + Pressão Diferencial + Nível

LD301

LD301

LD301

LD302

LD302

LD302

LD303

LD303

LD303

Transmissor de Pressão Diferencial

Transmissor de Nível Sanitário

LD400

LD301

Transmissor LD com Selo Remoto SR301E

LD301

LD302

LD302

LD303

LD303

Transmissor de Pressão Manométrica

Transmissor de Pressão Absoluta

Transmissor de Pressão com alta performance

LD301 LD302 RD400

LD303

LD1.0

Transmissor de Pressão Econômico Capacitivo

Transmissor LD com Selo Remoto Flangeado Tipo T

Transmissor de Nível por ondas guiadas

30


Company Profile

LD301

LD301

LD302

LD302

LD303

LD303

Transmissor LD com Selo Remoto Sanitário SR301S

Transmissor LD com Selo Remoto Rosqueado SR301R

LD290 + Válvula Manifold

LD301 LD302 LD303 Transmissor de Nível

LD291 LD292 LD293

Transmissor de Pressão 4 a 20 mA Baseado em Microprocessador

Transmissor de Pressão Manométrica

Transmissores de Densidade / Concentração Modelos Sanitários

DT301 DT302 DT303 Modelos Industriais

31


Posicionadores e transmissores de posição

FY301

FY301 FY400

FY302

FY302 FY303

FY303

Posicionadores de Válvula

Posicionadores de Válvula

Posicionador de Válvula com Sensor Remoto

ACP301 TP301

ACP302

TP302

ACP303

TP303

Atuador Cilíndrico Pneumático

Transmissor de Posição

Configuradores e Interfaces

CONF401 Configurador HART®

HPC401 Configurador HART® para Palm

HI321 Interface USB HART®

HI311 Interface Serial HART®

PBI PROFIBUS Interface

Temperatura TT421

TT301

TT411

TT302

TT423

TT303

Transmissor de Temperatura

Transmissor de Temperatura para Montagem em Painel 32

Transmissor de Temperatura para Montagem em Cabeçote


Company Profile

Conversores

ASICs

Controladores

FP302 FP303 Conversor de Fieldbus / PROFIBUS PA para Sinal Pneumático

DeviceNet

HT2015 Modem HART®

LC700 Controlador Lógico Programável

IF302 IF303 Conversor de Corrente para Fieldbus / PROFIBUS PA

HT2012 Modem HART®

Controlador Digital CD600 Plus

FI302 FI303

Conversor de Fieldbus / PROFIBUS PA para Corrente

FB2050 Controlador de Comunicação

FB4050 - TQ Controlador de Comunicação

HI302 Interface HART® / Fieldbus FB3050 - TQ Controlador de Comunicação

HCC301 Conversor HART® para Corrente

HT3012 - TQ Coprocessador Matemático, Controlador de LCD e Conversor D/A Modem HART®

33

DFI302 Interface Universal Fieldbus

DeviceNet

Controlador HSE/PROFIBUS 1DP e 2PA

Controlador HSE/PROFIBUS 1 DP e 4 PA

Planta Didática

TM

TM


Auxiliares

AM01P Estação de Transferência Automático / Manual

Outros

RP302 Repetidores

RP312 Fieldbus H1

4-20 mA

Válvulas Manifold JM1 Caixa de Junção CIV200P Conversor de Corrente para Voltagem

4-20 mA FR302 Relé Fieldbus

JM400 Caixa de Junção

IS400P Distribuidor de Sinal e Isolador

DF52 Fonte de Alimentação H1

BT302 Terminador Fieldbus / PROFIBUS PA

SB312 DF47 Barreiras de Segurança Intrínseca

34

DC302 Entrada e Saída Remota


Company Profile

Sistemas e Soluções com SYSTEM302

DeviceNet

TM

AUDITFLOW Sistema de Medição de Vazão

STUDIO302

DeviceNet

TM

CONF700 Software de Configuração PROCESSVIEW Supervisório

DeviceNet

TM

SYSCON Configurador de Sistema Fieldbus

CONF600 Plus Software de Configuração

ASSETVIEW Ferramenta de Gerenciamento de Ativos

LOGICVIEW FOR FFB Ferramenta de Programação Ladder para Blocos Funcionais Flexíveis PROCESS EQUIPMENT DATABASE Gerenciador de Informações de Planta

35


Entradas 4 - 20 mA

Saídas 4 - 20 mA

36

reta isc aD reta trad isc En aD íd Sa

TM

...

FOUNDATION H1 I.S.

DC302 (E/S Remota)

Rede de Fibra Óptica

DFI302 (Controlador Redundante) ou Computadores de Vazão

Servidor de Comunicação

Canal 1

... Canal 8

Barreira de Segurança Intrínseca TM FOUNDATION Fisco

Servidor de Comunicação

Estação de Engenharia, Operação e Manutenção

Engenharia

HI302 (Conversor TM HART/FOUNDATION Fieldbus)

DFI302 (Controlador Redundante)

Eth ern et

Manutenção

PA

Acoplador DP/PA

Servidor de Comunicação

Operação

DP

DFI302

Manutenção e Gerenciamento de Ativos

DFI302

Servidor de Comunicação

Alarme e Gerenciamento de Ativos

4 - 20 mA

E/S Discreta I.S.

DFI302 (Controlador com Módulos de E/S)

Roteador ou Firewall

Intranet Corporativa

- MES (Sistema de Gerenciamento de Produção) - ERP (Sistema de Planejamento Empresarial) - CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente)

4 - 20 mA I.S.

E/S Discreta

DFI302

Sintonia Automática Controle Avançado

Manutenção

Impressora Matricial

Pacotes Integrados de Terceiros Transferência de Dados CLP F&G ESD

Modbus TCP Modbus RTU

Internet

Servidor de Comunicação

Impressora Laser

Servidor Servidor

Arquitetura do SYSTEM302


Company Profile

Engenharia e Projeto A maioria dos nossos clientes prefere que a compra do sistema

nharia básica do sistema . Essa equipe também pode incluir pro-

inicial seja uma solução completa da SMAR. Entretanto, como

fissionais do cliente. O usuário é o mais indicado para liderar o

o SYSTEM302 é de fácil configuração e pode ser expandido

projeto do sistema, pois é ele quem melhor conhece o processo.

gradualmente, a engenharia e a integração do sistema poderão

A preparação e configuração da estação de trabalho do ope-

ser feitas pelos próprios usuários finais. A melhor solução na

rador e o Teste de Aceitação na Fábrica (FAT) podem ser fei-

maioria dos casos é deixar o projeto inicial e o comissionamento

tos nas instalações da SMAR e podem ser presenciados pelo

sob responsabilidade da experiente equipe de engenharia da

usuário final. O Teste de Aceitação no Campo (SAT) e Teste de

SMAR, enquanto a equipe do próprio cliente cuida da instalação

Integração no Campo (SIT) do sistema completo com todos os

e manutenção do sistema. Uma equipe de projeto da nossa em-

equipamentos de campo também são opções disponíveis.

presa pode gerenciar todo o empreendimento, a partir da enge-

Nossos Sistemas

Reunião Inicial

A SMAR, muitas vezes, desenvolve os programas aplicativos

Treinamento

Configuração

que executam as medições, o controle, o sequenciamento lógico e a funcionalidade, de acordo com as instruções contidas

Integração

nos documentos fornecidos pelo usuário, tais como fluxogramas de engenharia, diagramas lógicos, tabelas de causa e efeito e

FAT

Reuniões

outros documentos descritivos dos requisitos operacionais. Os projetos gerenciados pela nossa empresa são entregues com a documentação completa do sistema, incluindo programas e con-

Partida

figurações, esquemas de ligação, referência cruzada e manuais. SAT

SIT

Avaliação Final

SMAR Serviços Manutenção Petroquímica Óleo e Gás

Projeto Comissionamento

Papel e Celulose

Açúcar e Etanol

Treinamento

ERP

Siderurgia Mineração

Geração de Energia

Quimica

Pacote

Caldeiras Tancagem Tratamento de Água

37


A SMAR dispõe de grupos de profissionais especializados em

de instrumentos, possui total domínio na seleção e instalação

vários tipos de processos, que podem dar uma contribuição

dos dispositivos. Nossa equipe de projetos também é especiali-

valiosa com sua experiência em controle. Nossa empresa, sen-

zada em outros aspectos da engenharia de sistemas, tais como

do ao mesmo tempo uma fornecedora de sistemas e fabricante

computadores, infraestrutura de redes e dispositivos wireless.

A Construção do seu próprio sistema Há casos em que os usuários desenvolvem seu próprio sistema,

quire autoconfiança para a realização da manutenção e futuras

preservando o segredo de seu processo. O alto grau de abertura

atualizações. Dessa maneira, é possível a obtenção de uma

e a facilidade de utilização do SYSTEM302 dão plenas condi-

economia inicial que pode ser ampliada a longo prazo. Ao mes-

ções ao usuário para realizar a integração de seu sistema por

mo tempo, o usuário fica em melhores condições de resolver as

conta própria, com apoio da SMAR.

dificuldades que possam surgir, estando a SMAR sempre dispo-

Ao desenvolver o seu sistema por conta própria, o usuário ad-

nível para prestar sua reconhecida assistência.

38


Company Profile

Há uma crescente tendência nas indústrias em diminuir o pe-

incluindo manuais e procedimentos de inspeção e checklist, já

ríodo de execução do projeto e da entrada em operação das

visando os testes de aceitação (FAT, SAT e SIT) baseados na

plantas. A experiência mostra que na fase de comissionamento

norma IEC 62381.

e partida é muito comum a discussão sobre escopo e responsa-

As alterações técnicas solicitadas pela engenharia ou pelo clien-

bilidade entre os diversos fornecedores. Muitas vezes a entrega,

te têm impacto reduzido, eliminando atrasos em função da proxi-

aceitação e aprovação do sistema de automação fica prejudica-

midade entre os departamentos.

da pela indefinição de responsabilidades.

A tranquilidade do usuário final fica ainda maior se somarmos a

A escolha de um fornecedor de automação que concentre o má-

esses recursos serviços oferecidos pelo nosso Departamento de

ximo de fases do projeto evita estas divergências, que podem

Assistência Técnica, tais como instalação elétrica, mecânica, de

comprometer o sucesso do empreendimento.

equipamentos de campo, redes de comunicação, entre outros.

Para solucionar esses impasses, a SMAR, além do Depar-

A alta qualidade e confiabilidade dos nossos equipamentos

tamento de Engenharia de Aplicações e Projeto, possui um

são mantidas na montagem de nossos painéis. Nossa vasta

Departamento de Montagem de Painéis com competência para

experiência, comprovada por milhares de painéis em operação,

construir painéis projetados pela nossa equipe ou a partir de

torna sua partida e manutenção rápida, segura e confiável.

seu próprio projeto. Fornecemos a documentação completa,

39


O SYSTEM302 ao utilizar a plataforma Microsoft Windows per-

A SMAR oferece o apoio completo, incluindo treinamento, servi-

mite aplicações e interoperabilidade com os principais protoco-

ços, manutenção e suporte técnico. Por meio de sua rede mun-

los disponíveis no mercado de Automação Industrial.

dial de negócios, engenharia, serviços técnicos e representan-

Os manuais de configuração de software, hardware, instalação

tes, oferece amplas condições para a prestação de assistência

e manutenção do sistema, aliados aos módulos de treinamento

técnica em campo e via Internet, permitindo que a transferência

oferecidos pela SMAR, permitem ao usuário o desenvolvimento

de arquivos e informações contribuam para a conclusão de pro-

de novos projetos de forma clara e dinâmica.

jetos e serviços sem atrasos.

Treinamento Desde o início do seu envolvimento com a tecnologia

SMAR tem condições de oferecer treinamento para as equipes de seus

f i e l d b u s , a S M A R t e m f e i t o u m c o n s i d e r á v e l e s f o r-

clientes:

ço para ensinar essa tecnologia aos usuários por todo o mundo. A SMAR doa constantemente equipamentos para várias entidades edu-

• Especificação, projeto e configuração de sistemas, incluindo as esta-

cacionais, universidades e escolas técnicas, tais como ISA, Lee College,

ções de trabalho e supervisão;

SENAI e outros.

• Instalação, configuração, operação e manutenção dos equipamentos

Módulos de treinamento abrangem os aspectos básicos e avançados

de campo;

dos produtos de nossa empresa, bem como os protocolos e tecnologias

• Instrumentação básica para controle de processos;

aplicadas aos projetos.

• Controle automático de processos;

Treinamentos específicos de manutenção ou para atender às necessi-

• Controle de utilidades;

dades de sua planta e equipe podem ser realizados em nosso centro de

• Tecnologias e protocolos digitais.

treinamento ou nas instalações do cliente, no Brasil ou exterior. Na qualidade de fabricante de produtos e fornecedor de soluções, a

Kit Didático

A primeira unidade móvel para treinamento em tecnologia fieldbus do mundo entrou em operação em agosto de 1999 no Brasil.

Planta Didática 40


Company Profile

A SMAR oferece suporte técnico e serviços de primeira classe aos seus usuários e clientes, por meio de uma equipe altamente especializada e com ampla experiência. Garantimos a manutenção de seu sistema, fornecendo sobressalentes e serviços de forma rápida e com qualidade, em todas as fases do projeto e na manutenção da planta.

Suporte Online Disponibilizamos um sistema de informação e suporte técnico

O atendimento é rápido, com respostas enviadas em menos de

via internet no endereço www.smar.com/brasil2/suporte.asp,

24 horas, via chat, e-mail ou telefone (exceto fins de semana e

onde usuários podem esclarecer suas dúvidas sobre produtos e

feriados). O grupo de atendimento é composto por engenheiros

serviços SMAR. Nele os usuários registrados podem submeter

e técnicos qualificados, que a partir deste canal podem fornecer

questões técnicas e consultar a seção de Perguntas Mais Fre-

consultoria básica e ainda suporte inicial à configurações e en-

quentes.

genharia.

Assistência Técnica Objetivando um pronto atendimento, a SMAR mantém um serviço de

A SMAR possui a maior equipe de atendimento e suporte do Brasil.

assistência técnica, assegurado por especialistas,

24 horas/

Nossos profissionais localizam-se na nossa matriz em Sertãozinho e em

dia, 7 dias/semana. Toda e qualquer requisição de atendimento pode ser

nossas filiais: São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Maringá e Maceió. A

realizada pelos telefones:

SMAR também fornece suporte no exterior. Para mais detalhes, consulte:

(16) 3946-3509 (horário comercial)

(16) 3946-3599 (atendimento de plantão)

www.smar.com/brasil2/assistencia.

O Departamento de Assistência Técnica e Suporte está capacitado a fornecer os seguintes serviços: • •

Projetos de instalações elétricas e instrumentação; Execução ou supervisão de instalações de instrumentação e elétrica;

Certificações de instalações de instrumentação analógica ou digital;

Pré-comissionamento e comissionamento de sistemas;

Acompanhamento e apoio em partidas de plantas;

Assistência à operação do projeto;

Apoio durante os períodos de paradas de plantas para manutenções corretivas, preventivas e preditivas;

Apoios emergenciais e reparos em instrumentos.

Oferece ainda, contratos de manutenção preventiva para sistemas e para equipamentos de campo. 41


Responsabilidade Social

Uma responsabilidade de todos nós

A SMAR é reconhecida no mundo todo por sua persistência em aprimorar o bem-estar e a segurança dos seus colaboradores, bem como em investir na qualidade de vida da comunidade em que está inserida. Com o apoio da SMAR Collection, setor de Responsabilidade Social, tem participação ativa na construção de uma sociedade mais justa e solidária. Durante todo o ano são desenvolvidas ações de inclusão e sociabilização das comunidades carentes, além de ajuda frequente a diversas instituições filantrópicas da cidade e da região, a partir da venda de produtos da loja SMAR Collection e da realização de campanhas temáticas de arrecadação e doação de agasalhos, brinquedos e alimentos, que transformam as unidades da empresa em grandes centros de arrecadação e contam com o empenho voluntário de um número expressivo de seus funcionários.

42


Company Profile

Futuro Sustentável

A SMAR reconhece suas responsabilidades com o meio ambien-

A SMAR combina o melhor sistema de automação, o

te e procura nortear seus objetivos de acordo com os princípios

SYSTEM302, e os melhores equipamentos de campo para me-

do desenvolvimento sustentável. A empresa tem em seus valo-

lhorar os processos industriais que utilizam recursos naturais,

res a sinergia entre o desenvolvimento tecnológico, a preserva-

com equipes experientes e servindo às necessidades dos clien-

ção do meio ambiente, a minimização de impactos ambientais e

tes. É a tecnologia brasileira contribuindo ao bem comum do

o máximo aproveitamento da matéria-prima.

Planeta!

43


Galeria de Aplicações

SMAR tem aplicações consagradas com fieldbus em praticamente todos os segmentos industriais e em todos os continentes.

Alimentos • Evaporadores • Misturas e bateladas • Retorta • Fermentação

Cervejaria

Açúcar e Etanol • Cozedores a vácuo • Destilaria• Moendas • Fábrica de açúcar

• Malteamento • Silos • Preparação • Mosturação • Fermentação • Maturação • Filtração • Acabamento • Envase • Pasteurização

Biodiesel

Farmacêutico

• Reatores • Decantadores • Lavagem • Purificação • Evaporadores

• Aplicações para HVAC •Injetáveis • Cremes • Pós e comprimidos orais • Defensivos Animais • Iluminação • CIP

Energia

Têxteis

• Estratégias de gerenciamento das caldeiras • Monitoração de desempenho • Parada de emergência

• Tecelagem•Tingimento 44


Company Profile

Metalurgia

Mineração

• Altos-fornos • Fundição contínua• Fornos de reaquecimento •Tratamento biológico dos efluentes • Linhas de recozimento • Sinterização

• Beneficiamento de minérios • Piro/hidroprocessamento • Refino eletrolítico • Moegas • Moinhos de esferas • Sistemas de flotação • Separadores magnéticos • Fornos de calcinação

Celulose & papel

Petróleo & gás

• Preparação de massa • Caixa de entrada • Branqueamento • Caldeira de recuperação

• Plataformas, oleodutos e gasodutos • Craqueamento catalítico • Colunas de destilação • Detecção de vazamento de óleo e gás • Reatores

Saneamento • Retrolavagem de filtros • Tratamento químico • Nível do classificador • Monitoração de estações remotas • Processamento de lodo • Contator biológico rotativo • Secagem de lodo • Controle do incinerador

Química & petroquímica • Colunas de destilação • Reatores • Evaporadores • Trocadores de calor • Misturadores • Tancagem

Ensino e pesquisa

Vidro

• Plantas Didáticas • Kit Didático • Projetos de automação para planta piloto

• Fornos de vidro • Fornecedoras •Tratamento térmico 45


46


Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem prévia consulta. Informações atualizadas dos endereços estão disponíveis em nosso site.

www.smar.com.br

Copyright 2012 - SMAR Equipamentos Industriais Ltda - Todos os Direitos Reservados

Smar Company Profile (Português)  

Apresentação do Smar Company Profile.