Issuu on Google+

50 pa lavras Janeiro / Fevereiro, 2011 Número 2

Agrupamento de Escolas de Albufeira

Porta Aberta

Alunas do AEA recebem prémio Alunos Da EB1/JI de Vale Pedras na Presidência Cantaram os Reis na EBSA Campanha do Laço Branco: uma caminhada para dizer NÃO à violência contra as mulheres! (p.6-7)

Nesta edição há: Prémios .......................................2 Dias importantes .........................6 EB1/JI ..........................................8 Notícias .......................................10 Desporto .....................................12 Cantinho das Línguas ..................14

Fomos ao teatro!

Passatempos ...............................18

A Companhia de teatro Avalon veio a Albufeira para representar duas peças: Blackbeard & The Lost Treasure Of Skull Island e Murder at the Manor. (p.14-15)

...e muitas notícias...

A não esquecer...  Karaoke no Dia do Patrono (11 de Março) - na EB 2,3 Dr. Francisco Cabrita - para todo o agrupamento!  O Carnaval está a chegar!! Aproveita!

Notícias das EB1/JI Caliços Correeira Vale de Pedras

Concurso de lançamento de foguetões Vê como participar!

Há ainda para consultar os resultados dos torneios desportivos realizados!


Editorial

Esta é a II edição do Jornal do Agrupamento! O jornal é um meio democrático a que todos temos acesso para comunicar o que se passa em todas as escolas do Agrupamento. Há tantos projectos, tantas iniciativas, tantas experiências, desenvolvidas pelos alunos e professores, invisíveis à comunidade escolar. Porque não divulgá-los e partilhá-los? Mas realizar um jornal na Escola é muito mais que divulgar informações, fazer anúncios ou realizar um trabalho em grupo. É também isso, mas vai muito além, e o que se procura é sobretudo desenvolver a criatividade, o espírito crítico, a expressão escrita….. É conhecer a realidade, os problemas locais, a cultura e clima do Agrupamento. Desejo, pois que, em conjunto com os seus professores, os nossos alunos encarem a escrita como um acto de cidadania, visando informar e formar leitores atentos, interessados, despertos para os factos que ocorrem à sua volta e que esta seja apenas uma em muitas das publicações que se seguirão! A Presidente da CAP: Prof. Clara Pinto

2

ENTREGA DOS PRÉMIOS "VAMOS CONTAR A HISTÓRIA DE NUNO ÁLVARES PEREIRA" No dia 5 de Novembro, sextafeira, o Presidente da República recebeu alunos e professores vencedores do concurso lançado pela DGIDC - DirecçãoGeral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular - e pela Comissão de S. Nuno de Santa Maria, intitulado “Vamos contar a história de D. Nuno Álvares Pereira.” Tratou-se de uma audiência pública no Museu da Presidência da República, onde os alunos e os professores premiados receberam os prémios nos vários escalões - do 1º ao 4º escalão, que vai do 1º ciclo ao Secundário. No ano passado, propus aos alunos das turmas a realização de trabalhos em vários suportes, tendo até sido publicado num blog as orientações para a elaboração dos trabalhos. Enviei os bonitos e bons trabalhos das minhas turmas A e B do 6º ano. Mas nem todos podem ganhar e as alunas do 6º B, Beatriz Teixeira, Catarina Almeida, Maria Ferreira e Mariana Falagueira conseguiram alcançar o 3º lugar a nível nacional, o que muito me encheu de orgulho. Não só a mim, claro, mas também aos pais, que decidiram acompanhar as alunas a Lisboa e participar nesta festa. O encontro foi na estação das Ferreiras, onde esteve presente a representante da APEBSA, Associação de Pais da Escola Básica e Secundária de Albufeira, D. Fátima Custódio, a fim de felicitar as alunas e desejar boa viagem. As alunas, a professora coordenadora do trabalho e a escola, receberam diplomas e lembranças. Um dia a ficar na memória das premiadas. Prof. Ana Pereira Fonte das fotos: página oficial da Presidência da República


Clube Amigo é... Este ano, apesar de ter sido uma acção/ campanha realizada um pouco "em cima do joelho", tendo tido pouco tempo para mobilizar os alunos e eventualmente alguns professores, ainda consegui, com a preciosa ajuda da D. Fátima Custódio, colaborar com a AMI. A Associação de Pais da EBSA, através desta sua representante, enviou as fotos recolhidas entre alguns pais e alunos da EBSA, que colaboraram no 17º peditório anual da AMI. Outros alunos e Encarregados de Educação colaboraram com o CLUBE AMIGO É..., ajudando a AMI.

A todos, o meu muito obrigada. Bem hajam.

Mais um ano em que o Amigo É… e a Associação de Pais — APEBSA — se solidarizam com a A.H.S.A. – Associação Humanitária Solidariedade Albufeira – divulgando a 5ª campanha de RECOLHA DE SANGUE. Esta decorreu no dia 29 de Janeiro na AHSA, Centro de Dia do Rossio, com a presença uma equipa do Hospital Distrital de Faro do Serviço de Imunologia.

Prof. Ana Pereira

DIA MUNDIAL DA LUTA CONTRA A SIDA A SIDA é uma doença que continua a matar muitas pessoas em todo o mundo. Por isso, nunca é de mais “falar” de SIDA. «A SIDA (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) é uma doença causada por um vírus, o vírus da imunodeficiência humana (VIH, ou HIV na língua inglesa) que ataca o sistema imunitário do nosso organismo, destruindo a nossa capacidade de defesa em relação a muitas doenças. O doente infectado pelo VIH fica progressivamente débil, frágil e pode contrair várias doenças que o podem levar à morte. Estas doenças normalmente não atacam as pessoas cujo sistema imunitário funcione bem, pelo que são designadas por “doenças oportunistas”.» In Folheto SIDA – Tudo o que necessita saber (Coordenação Nacional para a Infecção VIH/SIDA). A Equipa de Educação para a Saúde do Agrupamento propôs aos Directores de Turma que recordassem a efeméride e desenvolvessem com os seus alunos diversas actividades (debates, jogos, fichas…). A Equipa da Educação para a Saúde distribuiu pela comunidade escolar materiais da Campanha Nacional da Luta Contra a SIDA (folhetos informativos, pins, lápis, canetas, réguas, porta-chaves…).

As professoras de Ciências Naturais Fátima Anica e Sandra Santos desenvolveram com os seus alunos diversas actividades na EBSA: - Decoração do espaço escolar com laços vermelhos gigantes. - Afixação de cartazes informativos. - Distribuição de folhetos informativos elaborados pelos alunos. - Realização de curtas-metragens. - Distribuição de marcadores de livros distribuídos aos professores.

Os alunos da Turmado 8º D da EBSA jogam o “Jogo da Transmissão do vírus da SIDA” dinamizado pela Enfermeira Martine da Saúde Escolar de Albufeira.

A Enfermeira Martine da Saúde Escolar de Albufeira também se juntou a nós neste dia. As turmas do 9ºA e 9ºB da Escola Francisco Cabrita e 8º D e 9ºC da Escola Básica e Secundária de Albufeira receberam a sua visita para uma sessão de esclarecimento sobre o VIH – SIDA. A Equipa de Educação para a Saúde do Agrupamento

3


Weihnachten… Navidad… Christmas…Noël… Natal…?

O Natal foi multilingue na EBSA. Muitos foram os postais que recebemos, com os mais nobres desejos, os melhores votos para 2011, as mais auspiciosas palavras, para uma época como aquela! Algumas foram as letras, desenhadas e decoradas com o primor merecido, que alinharam, em cascata de imagens, a expressão mais utilizada no momento. Uma história, impessoal (que poderia ser a tua) em alemão… Um Adventskranz, sempre verde… Eis alguns dos ingredientes que nos permitiram decorar a escola e torná-la mais tua… A todos os que colaboraram, Professores Aldina Ramos, Miguel Melo, Um Muito Obrigado! Lucília Lage e Lisboa e Mónica Moreira

¿Cómo has celebrado la Navidad? te ºA) Ruben(7tugués, Estudianen casa r o ia il P – m 12 vidad, do mi fa He visitaabuelos. Esta Nea comide mis s costumbre, hebuena. como e alao en Noch me han do bacico! Los reyes o les he ¡Qué r chocolates, per s a mis traído unos vaquero o unas pedido . He regalad ro barapadres s de vestir, pe astante prendae he sentido bhe muy tas. M a sido una noc feliz. H l para todos.. especia

Vanessa (7ºA) 12 – Portuguesa, Estudiante He celebrado la Navidad con mi familia, en Albufeira. Hemos cenado marisco y “bacalhau à Brás”, un plato típico portugués. ¿Lo que he pedido a los Reyes? Una tele! Pero ha sido un pedido, porque lo que he recibido no ha sido nada de esto: juguetes. He dado un regalo especial a todos mis parientes: un beso con mucho cariño. Me he sentido bastante feliz.

Beatriz (7ºA)

12 – Portuguesa, Estudiante He pasado la Navidad muy bien. La he celebrado con mi familia, en mi casa. Yo y mi familia hemos comido bacalao y pavo asado. Yo he pedido unas zapatillas, por ello ha sido el mejor regalo de la noche. He hecho durante las vacaciones muchas cosas guay y me he sentido muy feliz. Pero me he quedado un poquito triste, ya que los Reyes no me han traído nada.

O Natal também foi celebrado na Escola Dr. Francisco Cabrita. Em alemão, inglês, francês, e, inclusive, português! Na Feira de Natal da Escola, não houve um Pai Natal, mas não faltaram cartazes que o retratavam e postais a desejar “Boas Festas”. Não houve filhós, nem arroz doce, mas não faltou o vinho (Glühwein - vinho tradicional alemão servido quente), nem as bolachas (Weihnachtsplätzchen - bolachas de natal), dando um cheirinho típico ao Natal alemão. A todos os que colaboraram, muito obrigado! Mónica Moreira, Cristina Novo e Ana Ferreira

4

NATAL ECOLÓGICO NA EBSA No âmbito do Projecto Eco-Escolas os alunos do 7º ano, das turmas A, B, D e E criaram, nas aulas de Área de Projecto, várias decorações de Natal. A Escola ficou mais Natalícia e aproveitou-se o “lixo” produzido nas nossas casas. Os alunos utilizaram: pacotes de leite, garrafas de pl|stico, revistas velhas, CD’s inutilizados, tampas de plástico dos garrafões, cápsulas das máquinas de café expresso, esferovite e embalagens de cartão.

Coroas de Natal construídas com pacotes de leite, CD’s e cápsulas das máquinas de café expresso.

Equipa da Eco-escolas da EBSA


Página Cultural QUEM FOI EDWIN HUBBLE? Hubble foi um cientista e astrónomo famoso, pois existe um satélite com o seu nome. Nasceu a 20 de Novembro de 1889 em Missouri e faleceu a 28 de Setembro de 1953. Hubble mudou-se para Chicago, não foi um aluno muito esforçado na escola, mas mesmo assim conseguiu uma bolsa da Universidade de Chicago. Hubble deve ter-se esforçado um pouco mais nas suas actividades físicas, pois bateu o recorde de salto em altura no estado de Ilinóis. Todas estas descobertas realizaram-se porque Hubble tinha necessidade de descobrir mais sobre o mundo. Ele quis inventar um objecto que descobrisse mais coisas para além do mundo. Em 1923, o astrónomo americano Edwin Hubble estudou a região exterior do que se julgava ser uma nebulosa, na constelação de Andrómeda. Com o potente telescópio de 254 cm de monte Wilson, ele pôde observar que a zona (nublosa) era composta de estrelas, algumas das quais eram estrelas brilhantes variáveis do tipo cefeidas. Hubble concluiu que para essas estrelas intrinsecamente brilhantes aparecerem tão fracas, deviam estar extraordinariamente afastadas da Terra. O seu trabalho ajudou os astrónomos a começarem a compreender a imensa dimensão do universo. Depois de ter entrado na Universidade não deixou que o seu trabalho académico interferisse no desporto e fez parte da equipa de basquetebol. Todavia, sobressaiu, mais uma vez, tendo recebido uma bolsa de estudos Rhodes, que lhe permitiu viajar e estudar. Hubble começou a tirar fotografias de uma mancha de luz em forma que parece ser do tamanho da lua, denominada de Andrómeda. O telescópio Hubble, assim denominado em sua homenagem, é o telescópio óptico mais sensível até hoje construído e foi colocado em órbita pelo Space Shuttle Discovery a 25 de Abril de 1990. Após modificações necessárias devido a erros de fabricação, forneceu imagens extraordinárias do Universo.

Efemérides DEZEMBRO 1 – Restauração da Independência. Dia Mundial da SIDA. 2 – Dia Internacional para a Abolição da Escravatura. 3 – Dia Internacional dos Deficientes. 8 – Imaculada Conceição, Padroeira de Portugal. 10 – Dia da Declaração Universal

José Lourenço

dos Direitos Humanos. 18 – Dia Internacional dos Migrantes. 25 – Natal. JANEIRO 1 – Dia de Ano Novo. Dia Mundial da Paz. 4 – Dia Mundial do Braille. 6 – Dia dos Reis Magos. 23 – Dia Mundial da Liberdade. FEVEREIRO 2 – Dia Mundial das zonas húmidas. 11 – Dia Mundial do Doente. 14 – Dia dos Namorados. 22 – Dia Europeu da Vítima.

5


CAMPANHA DO LAÇO BRANCO 25 DE NOVEMBRO Segundo a OMS (2002), a violência é um défice planetário, com custos incalculáveis e cujas consequências na vida humana são difíceis de identificar. Enquanto problema, a violência doméstica está identificada como uma prioridade no mundo, na Europa e em Portugal. Segundo o Conselho da Europa, a violência contra as mulheres no espaço doméstico é a maior causa de morte e invalidez entre as mulheres dos 16 aos 44 anos, ultrapassando o cancro, os acidentes de viação e até a guerra (2002). Segundo o Conselho da Europa (2006) 12 a 15% das mulheres europeias com mais de 16 anos de idade vivem situações de violência numa relação conjugal, e muitas continuam a sofrer de violência física e sexual após a ruptura, vindo mesmo a morrer. O Plano Nacional de Saúde 2004-2010 refere que uma em cada três mulheres é vítima de violência. Em todo o mundo têm surgido estudos que demonstram a relevância deste fenómeno cujas consequências são traduzidas na precariedade da saúde física, da saúde psicológica, da saúde sexual das mulheres, muitas vezes levando à morte e afectando ainda a saúde e o desenvolvimento dos filhos (Internacional Council of Nurses (ICN), 2001). A temática "Violência nas Relações de Intimidade" escolhido para neste evento representa hoje uma prioridade em saúde, exigindo que os profissionais de saúde desenvolvam e integrem respostas nas suas práticas de cuidados atendendo a que a qualidade das relações interpessoais íntimas tem efeitos directos sobre o estado de saúde dos indivíduos e o estado de saúde influencia a qualidade das relações de intimidade. Os enfermeiros têm competências para influenciar as capacidades das pessoas, famílias e comunidades de forma a manter e fomentar um funcionamento óptimo e reduzir ao mínimo os efeitos negativos das situações de doença ou mal-estar (ICN, 2007). http://www.esenfc.pt/event/event/home/index.php?target=home&event=53&defLang=1

No dia 17 de Dezembro foi realizada uma caminhada para dizer “Não { violência contra as mulheres”. Aqui ficam algumas imagens para mostrar a participação da comunidade escolar:

6


Campanha do laço branco No dia 6 de Dezembro de 1989, um rapaz de 25 anos chamado Marc Lepine invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica, na cidade de Montreal, Canadá. Ordenou que os rapazes, que eram aproximadamente 48, se retirassem da sala, permanecendo somente as raparigas. Começou a atirar indiscriminadamente sobre elas enquanto lhes gritava “Vocês são todas feministas”. Chegaram a morrer 14 mulheres! Para “coroar” este acto hediondo, Marc Lepine suicidou-se. Deixou uma carta onde se vangloriava do que tinha planeado fazer porque não suportava a ideia de ver mulheres a estudar Engenharia, um curso tradicionalmente dirigido exclusivamente a homens e que no qual, ele tinha sido recusado. O crime mobilizou a opinião pública de todo o Canadá, gerando amplo debate sobre as desigualdades entre homens e mulheres e a violência gerada por esse desequilíbrio social. Assim, um grupo de homens decidiu organizar-se para reconhecer que existem homens que cometem a violência contra a mulher, mas para afirmar que também existem aqueles que repudiam essa violência. Assim lançaram uma campanha para demonstrar que eram contra a violência contra a mulher e iniciaram a Campanha do Laço Branco (White Ribbon Campaign), distribuindo cerca de 100.000 laços entre os dias 25 de Novembro e 6 de Dezembro. O dia 25 de Novembro foi proclamado pelo UNIFEM – Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher - Dia Internacional de Erradicação da Violência contra a mulher. Esta campanha foi posteriormente implementada noutros países como Índia, Japão e Vietname, Noruega, Suécia, Finlândia, Dinamarca, Espanha, Bélgica, Alemanha, Inglaterra e Portugal, Namíbia, Quénia, África do Sul, Marrocos, Israel, Austrália e Estados Unidos onde organizações de protecção dos direitos das mulheres têm trabalhado em parceria com a UNIFEM. Flávia Lima Nº 11 9ºB (FC) - Fonte: www.lacobranco.com.br

No dia 16 de Dezembro foi também realizada uma sessão de sensibilização dedicada ao mesmo tema orientada pelos alunos da turma B do 9º ano, em colaboração com a professora de Língua Portuguesa, Sandra Milagres, direccionada para as turmas 8ºC, 5ºD e 7ºC no auditório da Escola EB 2,3 Dr. Francisco Cabrita.

CONCURSO DE UM CARTAZ ALUSIVO AO DIA MUNDIAL SEM TABACO - 31 de Maio A equipa de Educação para a Saúde alerta todos os alunos, professores e educadores do nosso Agrupamento que está a decorrer o concurso para um cartaz alusivo ao Dia Mundial Sem Tabaco (31 de Maio). Os alunos podem participar individualmente ou em grupo e por grau de ensino (Jardins de infância, 1º Ciclo, 2º Ciclo, 3º Ciclo e Secundário). Haverá prémio para o primeiro classificado de cada grau de ensino. A data limite de entrega dos trabalhos é no próximo dia 18 de Março. Todos os interessados devem consultar o regulamento do concurso e, no caso dos alunos, falar com professor responsável pela sua turma. Para mais esclarecimentos, poderão contactar a organização pelos seguintes e-mails: maria.b.vieira@gmail.com ; cantinho.saude@ebsa.pt.

7


Biblioteca da Escola EB1/JI de Caliços Nos dias 8, 9 e 10 de Novembro, os alunos vieram à Biblioteca para ouvirem as histórias da Maria Castanha e A Lenda de S. Martinho. A lenda de S. Martinho transmite-nos uma grande mensagem. Com ele compreendemos que devemos ajudar todos, sem excepção. Foi esta a grande mensagem que passamos para os alunos que vieram à biblioteca ouvir esta história. Para além da Lenda de S. Martinho, também contamos a história da Maria Castanha, ela também passa uma grande mensagem: a ajuda , a partilha, a solidariedade, a amizade... Cumprimentos! Visite o Blog da BE dos Caliços: http://biblioteca-calicos.blogspot.com/

Unidade de Multideficiência da EB1/JI de Caliços Aqui ficam alguns trabalhos realizados pelos alunos que frequentam a unidade de multideficiência da Escola E. B. de Caliços com a professora Ascensão Calado.

8

A Educadora Beatriz Martins, da EB1/JI de Caliços, que estuda a “construção intercultural do curriculum", partilhou connosco algumas ideias que explora na sua tese de doutoramento, que muito se adequa ao nosso quotidiano escolar e que se relaciona com as notícias desta página. “Na escola, como comunidade cultural, os alunos deveriam viver, experimentar em si e entre si, a grande riqueza de produções culturais, técnicas, científicas, artísticas, que constituem a cultura humana, procurando nela o quanto há de comum, partilhável, num marco de respeito pelas diferenças.” “A pedagogia deveria contribuir para a construção de chaves para a interpretação do Mundo, um saber interpretativo, que facilite aos alunos a possibilidade de representar-se a si mesmo e representar o mundo em que vive.”


FESTA DA ALIMENTAÇÃO NO JI DOS CALIÇOS

EB1/JI de Vale de Pedras No dia 17 de Dezembro de 2010, a turma do 2°D, juntamente com toda a escola EB1/JI de Vale de Pedras, esteve envolvida num lanche de Natal, que teve lugar na cantina da escola, onde se proporcionaram momentos de partilha entre crianças com troca de presentes.

Dia de Reis Dando sequência ao projecto de articulação “De Mãos Dadas”, as turmas do 2°D da Escola EB1/JI de Vale de Pedras, com os alunos da sala 4 do Jardim de Infância, celebraram o Dia dos Reis com um lanche partilhado. Os alunos do 1°Ciclo, ofereceram um Bolo Rei no qual se encontrava um brinde. Uma aluna do 2°D, tendo encontrado o brinde, foi a rainha da festa, tendo escolhido para rei um aluno do JI. Seguiu-se o “baile” dos reis.

EB1/JI da Correeira Na fotografia ao lado podemos admirar a árvore vencedora, aquando da entrega do prémio do concurso realizado na EB1/JI Correeira " Árvores de Natal com materiais recicláveis”. Mas também foi

A Brincar também se aprende! Estamos a aprender a utilizar o quadro interactivo. (Sala 3 JI

Estamos a trabalhar em articulação com a Câmara Municipal no projecto "FAUNA E FLORA" (Sala 2 JI CORREEIRA)

Sala 3 JI

9


Nova Imagem

J

á repararam que a turma CEF 1, do 2º ano tem uma imagem nova???? Imagino que seja difícil não reparar numa imagem que se aproxima, um pouco, da imagem de um verdadeiro Técnico Administrativo. O novo traje corresponde a um desejo manifestado pelos alunos, no ano lectivo transacto e ao qual só agora foi possível atender. A nova indumentária não se limita a melhorar a apresentação de quem a veste, mas projecta uma imagem positiva e que traz como retorno um tratamento mais respeitoso e simpático, por parte da comunidade educativa em geral. Agora só é preciso que estes alunos possam concluir o seu curso e enveredar por uma promissora carreira profissional. Foi no passado dia 18 de Novembro que os alunos da turma CEF 1, do 2º ano, estiveram presentes num julgamento, no Tribunal da Comarca de Albufeira. Contrariamente às ilações que possam tirar, desta feita os alunos estiveram presentes apenas como espectadores, com o objectivo de observarem o funcionamento deste tipo de instituição e a sua organização administrativa. A Drª Paula Martins, Escrivã de Direito deste tribunal, recebeu-nos de forma exemplar e com grande cortesia, prestando todo o tipo de esclarecimentos aos alunos e professores. A Coordenadora de Curso: Rosa Neves

CEF em Tribunal

CLONAGEM: fonte de vida ou sentença de morte? oi ainda durante o primeiro período que os F alunos da turma A do 11º ano, numa das suas actividades da aula de Biologia e Geologia, realizaram um debate sobre um dos temas que actualmente mais apaixona o mundo científico e a sociedade em geral: a clonagem. Nesta actividade os alunos vestiram (literalmente...) a pele de algumas personagens da sociedade, na tentativa de defender, por vezes ferozmente, os seus argumentos sobre este tema tão polémico: desde membros Amish, terroristas da Al Qaeda, investigadores científicos, casais homossexuais, padres e freiras católicos, membros da Clonaid, directores do Centro de Interpretação do Lince Ibérico e de parques e museus Jurássicos, até cidadãos de Albufeira, todos estiveram presentes nesta acalorada discussão!

10

Assuntos tão polémicos como a clonagem de pessoas já falecidas (como Michael Jackson ou Hitler) ou até animais extintos como os dinossauros, passando pela criação de «raças perfeitas», pela possibilidade de cura de muitas doenças através da clonagem terapêutica, a alteração da estrutura familiar com a clonagem de alguns dos membros da família, ou mesmo até o simples facto de o Homem tentar assumir o papel de Deus na Criação, serviram para que todos tentassem argumentar a favor das suas ideologias, o que, num grupo culturalmente tão diversificado, não foi tarefa fácil... Será afinal a clonagem um crucial avanço científico para a Humanidade, ou apenas o início de uma era em que a nossa espécie pode estar a contribuir para a sua própria destruição? Só o futuro o dirá...e a polémica continua! " Marco Neves


VISITA DE ESTUDO DO 7ºA e 7ºC DA EBSA A LISBOA

N o dia 25 de Novembro realizou-se uma visita de estudo a Lisboa, no âmbito das disciplinas de Ciências Físico-Químicas e Ciências Naturais. Logo pela manhã, as turmas do 7º A e C partiram rumo à capital para visitar o Planetário da Calouste Gulbenkian e o Pavilhão do Conhecimento. A viagem decorreu sem percalços e à hora marcada estávamos na zona de Belém. Passámos à porta do imponente Mosteiro dos Jerónimos e entrámos no Planetário. Aí existiam umas cadeiras muito confortáveis -que até davam para tirar uma soneca- à nossa espera. A sala escureceu e viajámos durante uma hora e meia pelo espaço. Vimos constelações de estrelas, planetas e ficámos a perceber melhor o que é a latitude e longitude de um lugar. Quando a sessão terminou fomos logo para o autocarro, porque ainda tínhamos que atravessar a cidade de Lisboa para irmos até ao Parque das Nações. Ficámos com vontade de voltar a Belém, com mais tempo, para podermos passear pelos belos jardins da zona e visitar todos os monumentos lá existentes. A Raquel está deitada numa cama de pregos a sentir, como os faquires, que afinal não custa nada, pois o peso do corpo fica distribuído por milhares de pontas de pregos.

Feira dos Fósseis e Minerais Nos dias 9, 10 e 13 de Dezembro realizou-se na Escola Básica e Secundária de Albufeira uma Feira de Fósseis e Minerais organizada pelos professores do Grupo 520 (Biologia e Geologia) da EBSA. Os alunos tiveram a oportunidade de conhecer e adquirir diversos fósseis e minerais. O lucro realizado com a feira será utilizado na aquisição de matérias didácticos para as aulas de Ciências Naturais e de Biologia e Geologia.

Já no Parque das Nações arranjámos uns banquinhos para almoçar e confraternizar com os colegas e professores. Da parte da tarde, esperava-nos a melhor experiência do dia: a visita ao Museu de Ciência Viva – Pavilhão do Conhecimento. Tivemos a oportunidade de observar, experimentar, tocar, mexer -sozinhos ou em gruporepetir e aprender com os módulos interactivos que estavam disponíveis nas exposições “Explora” e “Vê, Faz e Aprende”. A Bicicleta Voadora também fez as nossas delícias: todos queriam andar e até os mais “medricas” não deixaram de experimentar. Ainda visit|mos a exposição tempor|ria intitulada “Sexo… e então?!”. Esta é uma exposição sobre sexualidade e amor, destinada especialmente aos pré-adolescentes. O amor e a sexualidade são mostrados através da perspectiva humorística e irreverente de dois personagens, Titeuf e Nádia. Mais ricos em experiências e conhecimento voltámos para Albufeira. Na viagem de regresso houve sempre animação. Alguns alunos estavam eléctricos e muito bem-dispostos. Quando chegámos à escola, já de noite, tínhamos as nossas famílias à espera, ansiosas por saber como tinha corrido a viagem… Fátima Anica

Alguns alunos do 7ºA e C testam os seus conhecimentos no final da Exposição “Sexo… e então?!”

XVI Olimpíadas do Ambiente

Decorreu no dia 16 de Dezembro a 1ª Eliminatória das XVI Olimpíadas do Ambiente. As Olimpíadas do Ambiente têm como objectivo incentivar o interesse e aprofundar os conhecimentos dos alunos sobre o Ambiente. Na edição deste ano o Agrupamento de Escolas de Albufeira participou na categoria Júnior com os alunos inscritos do 7º ao 9º ano e na categoria Sénior com os alunos do secundário inscritos. Os alunos apurados na 1ª Eliminatória irão participar ainda numa 2ª Eliminatória antes do grande desafio Nacional. O tema central da edição deste ano é a “Água” e a Final Nacional irá realizar-se em Faro.

11


CLASSIFICAÇÕES CLASSIFICAÇAO Singulares Homens - Infantis B (1998/99) N° Nome Pts 1o Raphael Positello (FC) 12 2o Yoan Barroca (DN) 11 Rodrigo Santos (FC) 10 3o Rodrigo Tavares (Fer) 10 Tiago Seong (FC) 8 Marcos Andrade (FC) 8 5o Diogo Alves (FC) 8 ALEXANDRE GALAIO (ASA) 8 JOSE ARAUJO (ASA) 4 Pedro Saúde (FC) 4 HUGO OLIVEIRA (ASA) 4 FILIPE AGOSTINHO (ASA) 4 9o André Magalhães (Fer) 4 Christian Mendes (Fer) 4 Rodrigo Martins (Fer) 4 Wilian Oliveira (FC) 4 Pedro Vargas (Fer) 2 Gerson Júnior (DD) 2 Pedro Rodrigues (DN) 2 VÍTOR CAZES (ASA) 2 17º Daniel Paulino (DN) 2 Filipe Felício (DN) 2 João Franco (DD) 2 João Graça (DD) 2 25° Daniel Teixeira (DD) 1

13/12/2010 ESCOLA EB2,3 D.DINIS – QUARTEIRA CLASSIFICAÇAO Singulares Homens - Iniciados (1996/97) N° Nome Pts 1o Carlos Gabriel (FC) 12 2o LEANDRO MARREIROS (ASA) 11 Gustavo Sousa (FC) 10 3o Bruno Santos (FC) 10 CAIUS DAN (ASA) 8 NELSON BRÁS (ASA) 8 5o MIGUEL LUZ (ASA) 8 Ivan Sofiyak (Fer) 8 Daniel Correia (FC) 4 Lucas Aguiar (DD) 4 9o Daniel Guimarães (DN) 4 Leonardo Rodrigues (DN) 4 13° Scott Harman (FC) 2 CLASSIFICAÇÃO Singulares Homens - Juvenis (1994/95) N° Nome Pts. 1o TIAGO VARELA (ASA) 12 11 2o Rodrigo Baião (FC) Cláudio Almeida (DD) 10 3o André Gonçalves (DD) 10 Jefferson Rita (DD) 8 5o Álvaro Quelhas (DN) 8

CLASSIFICAÇÃO Singulares Senhoras - Infantis B (1998/99 N° Nome Pts 12 1o Mafalda Vicente (FC) o 2 Ana Afonso (DD) 11 Kátia Roldam (DN) 10 3o SARA CARDOSO (ASA) 10 Laura Fortunato (DD) 8 ELIZA BEBU (ASA) 8 5° Ariana Teixeira (DN) 8 Barbara Xabregas (FC) 8 Mariana Costa (DD) 4 9o Priscila Borba (DD) 4 CLASSIFICAÇÃO Singulares Senhoras - Iniciados 1996/97) N° Nome Pts 1o Ana Alice Leal (DN) 12 11 2o Catarina Ludovina (FC) 10 Ana Vieira (FC) 3o Sara Roldam (DN) 10 8 Ananda Souza (FC) 8 Inês Carvalho (FC) 5o 8 Anastácia Petrova (FC) EDNA CABRAL (ASA) 8 Daiane Silva (DD) 4 9o Maria Kushkova (DN) 4 Bruna Moreira (DD) 4

A equipa do CEF2 do primeiro ano foi a vencedora do torneio de Futsal na EBSA, porém não conseguiu superar a experiência da equipa de professores. EB 23 Dr. Francisco Cabrita — DESPORTO ESCOLAR – NATAÇÃO PROF. Helena Miranda Lista de alunos participantes no 1º encontro de Natação, no dia 19 de Janeiro de 2011, 4ªfeira das 9h às 13.30h na Piscina Municipal de Albufeira: Ano/turma 5ºD 5ºE 5ºE 5ºE 5ºE 6ºA 6ºB 6ºB 6ºB

12

Número 10 1 12 13 17 16 2 17 21

Nome do Aluno Dinis Cunha Alexandra Ferreira Lúcia Guerreiro Mariana Queiroz Patrícia Monteiro Pierre Positelo Ana Sofia Barnabé Juliano da Silva Rui Ramos

Ano/turma 7ºB 8ºB 9ºA 9ºC

Número 9 11 26 11

Nome do Aluno Cristian Toma Lisa Pereira Vladyslav Bochko Igor Ertyukch


O Natal e a obesidade A época do ano que em que festejamos o Natal é dada a gastos desnecessários, em compras desenfreadas, que muitas pessoas põem em prática despendendo dos seus magros ordenados, muitas vezes em alimentação supérflua. Como crianças que somos, pensamos que há um exagero em relação às compras de guloseimas e principalmente no que diz respeito ao seu consumo exacerbado. Comemos muitos bolos, bombons e comidas doces… O resultado desta alimentação é a obtenção de uns quilinhos a mais que, depois, se tornam difíceis de eliminar. Após a festa de Natal, vem a festa de Ano Novo, e ainda a festa do Dia de Reis… Toda uma épo-

ca de doçaria! Se não houver regras e educação na alimentação, terminamos e começamos um novo ciclo anual de desrespeito pela nossa própria saúde, que é o que aqui está em causa, para além do nosso bem-estar físico e psíquico. Assim, encaremos este novo ano como uma nova possibilidade para ter em atenção a nossa conduta alimentar, a fim de nos podermos olhar no espelho e ver reflectida a saúde corporal e mental da nossa pessoa. Alícia Frango, Catarina Correia, Tomás Rodrigues, Vanessa Silva (5.º D)

Missão 00-Lixo No dia 30 de Novembro de 2010, a nossa Turma (5.º D) esteve de plantão na missão de recolha de lixo, retirando da escola, com auxílio de oito pinças, quatro sacos bem cheios de papéis, sacos plásticos, vidros, pacotes e latas de sumo, garrafas de água, pacotes de tabaco, restos de um guarda-chuva, dois grandes cartões e muitas pastilhas elásticas. Nós ficamos entusiasmados com a proposta

que a professora Marta Cirne nos apresentou e mostrámo-nos empenhados em ajudar a libertar o ambiente escolar de tanta poluição. Ficámos admirados com a quantidade de resíduos que colegas nossos e, admitindo, nós próprios produzimos e deitamos para o chão. Desta forma, ficámos mais sensibilizados e alertados para a defesa do ambiente, relativamente a estes actos impensados. Concluindo, a partir deste dia, tornámo-nos verdadeiros Eco-alunos. Alícia Frango, Catarina Correia e Tomás Rodrigues (5ºD-FC)

Vencedores do CORTA-MATO 2010/2011

Aqui ficam as fotografias dos vencedores do corta-mato realizado no dia 22 de Novembro, na Francisco Cabrita.

INFANTIS A FEM

INFANTIS B FEM

INFANTIS A MASC

INICIADO MASC

INFANTIS B MASC

INICIADO FEM

JUVENIL MASC

13


Fomos ao Teatro!! No dia 6 de Janeiro, alunos dos 2º e 3º ciclos das escolas EB 2/3 Dr. Francisco Cabrita e Escola Básica e Secundária de Albufeira foram ao teatro. A Companhia de Teatro Avalon representou duas magníficas peças de teatro que colocaram os alunos participantes em contacto com a língua inglesa, com uma cultura diferente das suas e com o universo do teatro. No período da manhã, a peça destinava-se a alunos com idades compreendidas entre os 10 e os 12 anos e tinha como título Blackbeard & The Lost Treasure Of Skull Island. Os anos de escolaridade presentes foram o 5º, o 6º e o 7º. Quanto à peça de teatro representada no período da tarde, Murder at the Manor, destinava-se à faixa etária igual ou superior aos 13 anos de idade. Participaram, por isso, nesta sessão, alunos do 8º e do 9º anos de escolaridade. Em ambas as sessões, vários foram os alunos que

subiram ao palco para contracenar com os fabulosos actores da companhia acima referida. São peças de teatro interactivas, nas quais os alunos desenvolvem as suas competências na língua inglesa, as suas capacidades de representação, a sociabilização, enfim, uma série de aspectos que nos fazem sentir que vale a pena organizar estas e outras actividades similares. O sucesso da actividade é perfeitamente perceptível nas fotografias na página ao lado. Os docentes responsáveis pela organização contaram com a colaboração da Câmara Municipal a vários níveis,

dado que a actividade decorreu no Auditório Municipal e que foi disponibilizado transporte para todos os intervenientes.

Blackbeard & The Lost Treasure Of Skull Island Avalon Theatre Company’s Play – Synopsis Blackbeard and his first-mate, Lieutenant Oliver Lovely, have the only map in the world that will help them find the Lost Treasure of Skull Island. But Calico Jack and Anne Bonney will do anything to steal the map and get the treasure for themselves. Skull Island has many surprises for these swashbuckling (and sometimes silly!) pirates!

A Murder Mystery Play Synopsis YOU ARE INVITED! Greek shipping millionaire, Giorgios Smoothiakous, is having a party at his English manor house. Everyone who is anyone is invited! Jemimah Gummi, American heiress to the fabulous Gummi Bear fortune, Baron Apfel Von Strudel, the German aristocrat, wealthy divorcee Penelope Langrabber, French food critic Professor Pommefrite will all be there! Joining them for this lavish 1930’s party is the famous female pilot Amy Eyre, British war hero Major Payne, Surrealist artist Percy Paynter and his faithful (but dull) secretary Myrtle Mope. Derek Dym, financial advisor to the rich and famous and the beautiful movie star Gloria Glammer are also on the guest list. But the party ends when Giorgios is murdered by one of his

14

guests! This madcap murder mystery is sure to be ―the crime of your Life! Whether in literature or on the stage this is an eccentric, uniquely British “whodunnit”. ACTIVITY 1 – Vocabulary Match the phrases in Column A to their definition in Column B. COLUMN A COLUMN B 1.) To be clueless a.) To forget where you put something 2.) To be an heiress b.) A female who will inherit family money or possessions 3.) To be slippery c.) To not have answers or solutions 4.) To have a rank d.) To talk nonsense 5.) To be grateful e.) Difficult to catch or pick up 6.) To mislay f.) Level or position in the military 7.) To babble g.) To appreciate, to thank 8.) To be penniless h.) To interrupt, to enter when not welcomed or not invited 9.) To bluff, a bluff i.) To be financially ruined 10.) To intrude j.) To pretend ACTIVITY 2 – Vocabulary – MYSTERY NOUNS Match the vocabulary in column A with the correct definition in column B. COLUMN A 1.) A CRIME 2.) A CRIMINAL 3.) A SUSPECT 4.) A DETECTIVE 5.) CLUES 6.) EVIDENCE 7.) TO BE GUILTY 8.) TO BE INNOCENT 9.) ALIBI 10.) INTERROGATION 11.) A WITNESS

COLUMN B a.) A person who the police think is probably a criminal. b.) All the scientific information which helps the detective to solve the crime. c.) When someone is proved to be responsible for a crime. d.) Something not legal, an illegal act. e.) The suspect's story about what he or she was doing at the time of a crime. f.) A person who saw something very important related to the crime. g.) A person who is responsible for an illegal act. h.) When the police, or detective, asks a suspect many questions related to the crime. i.) Small pieces of information that help the detective, to solve the crime. j.) When someone is proved to be not responsible for the crime. k.) A person who tries to solve the crime and catch the criminal.


Workshop de alemão

No mês passado tivemos a oportunidade de ter na nossa escola um workshop de alemão absolutamente fantástico e inovador. Recebemos na nossa escola dois conceituados professores/músicos vindos directamente da Alemanha, Eva e Bastien. No início do dia eles apresentaram-se e nós também. Falámos sobre Albufeira, salientando os seus aspectos positivos e negativos. Depois com os aspectos que tínhamos referido anteriormente surgiram ideias fantásticas para a criação da nossa música intitulada Sweet Home Albufeira. Foi muito giro, porque todos nós tivemos ideias para criar a música e no fim ficámos todos satisfeitos com o resultado obtido. À tarde foi-nos apresentada outra música intitulada Dieses leben- Juli. Treinámos, treinámos bastante as duas músicas… até que o ponteiro das horas chegou às 4h da tarde. Ohh mein Gott!! Tinha chegado a hora de apresentarmos as duas músicas a outras turmas. Estávamos todos um bocadinho nervosos, queríamos todos fazer boa figura. Acho que a missão foi plenamente cumprida, cantámos todos muito bem, afinados e felizes. Acho que os nossos professores e restantes alunos gostaram muito das nossas músicas. O workshop foi uma experiência única, inovadora. Todos nós adorámos e aqueles momentos irão ficar para sempre na nossa memória. Stefanie Guerreiro, nº22, 9ºA

No dia 15 de Novembro de 2010 participámos num workshop no âmbito da disciplina de alemão. Gostámos bastante, foi muito divertido e melhorámos a nossa pronúncia nalgumas palavras alemãs, que era um dos maiores problemas. Os coordenadores do workshop eram muito simpáticos e tentavam sempre que os percebêssemos. As canções que cantámos, uma delas criada por nós, eram muito giras e conseguimos, graças às boas explicações dos coordenadores, compreendê-las e dizê-las da maneira correcta. Achámos muito divertido e esperamos que se repita! Adriana Guiomar, 9ºC, nº1; Ana Rita Coelho, 9ºC, nº5 No passado dia 15 de Novembro, realizou-se um workshop de Alemão para as turmas C e A, do nono ano, na sala 21, organizado pelos alemães Eva e Sebastian. O workshop teve como objectivo principal desenvolver a capacidade de comunicação dos alunos em alemão, num ambiente onde reinava o divertimento. As turmas começaram por fazer alguns exercícios para se sentirem mais à vontade e para se divertirem um pouco. A comunicação em alemão foi difícil, sendo necessário recorrer ao inglês e, por vezes, ao português, que era traduzido para alemão pela professora Mónica Moreira. Passado algum tempo, os alunos tiveram hora de almoço durante a qual repousaram. Às 14 horas dirigiramse novamente para a sala 21 onde ensaiaram duas músicas: Dieses Leben da banda Juli e Sweet home Albufeira, que foi escrita pelos alunos. Por volta das 16 horas os estudantes dirigiram-se para o auditório da escola para dar um “mini-concerto” a algumas turmas. No fim, Eva e Sebastian cantaram para todos. Os alemães cantaram muito bem e eram muito simpáticos. Foi um dia diferente e divertido, afirmaram todos. Joana Rocha, 9ºC

15


Cocoon Exposição de Pintura Talvez já toda a gente tenha ouvido falar em motocross, mas será que alguém sabe o que é BOOKCROSSING? Tornar o mundo numa biblioteca global é o objectivo e qualquer pessoa pode participar. Até tu. A BiblioEBSA associou-se a esta acção mundial e convidate a ser um Bookcrosser. Para isso basta descobrires os livros libertados, levá-los, lê-los e dar notícias deles no sítio da Internet www.bookcrossing.com. Depois é deixá-los por aí, em qualquer espaço público, e esperar que ele apareça registado no sítio da Internet. Quem sabe onde irá parar: na tua cidade, noutra localidade, alémfronteira ou noutro continente?... Desde o dia 26 de Janeiro de 2001 há dois livros na BiblioEBSA libertados e à espera de começar a correr mundo. Vem descobri-los, viajar com eles e, depois, deixá-los partir. E já agora traz também tu livros que já leste e que queiras libertar numa viagem pelo mundo fora...

Escritores na Biblioteca Apesar de já não estarmos em 2010, continuamos a celebrar os 100 anos da existência da República Portuguesa. Os eventos têm sido muitos em todo o país e também por cá. Não é de estranhar, portanto, a presença do historiador José Sequeira Gonçalves e do ilustrador João Espada para apresentarem o seu livro Amanhecer na Rotunda, sobre os eventos que conduziram à implantação da República em Portugal. Foi a 21 de Janeiro passado que tal aconteceu, na BiblioEBSA, numa “aula” diferente para alunos das turmas D e E do 6º ano que parecem ter ficado deslumbrados com as palavras dos dois convidados.

Notícias da BiblioEBSA Até à próxima edição, sempre com Boas Leituras

16

Estas e muitas outras notícias em: biblioebsa.blogspot.com

Cristiana Madeira Carneiro “A pintura é uma auto-descoberta. Todo o bom artista pinta o que ele é.” Jackson Pollock

Segundo Cristiana Madeira Carneiro, esta frase do pintor americano Jackson Pollock é a que melhor define a pintura presente nas suas telas: um trabalho único sem influências externas. A sua pintura vem-lhe de dentro, da alma. E do interior da sua imaginação revelaram-se os trabalhos da exposição Cocoon, presentes na BiblioEBSA entre os dias 17 e 31 de Janeiro de 2011. Quadros onde desponta o talento (por vezes aparentemente inocente, mas muito profundo) de uma jovem farense decidida a dedicar a sua vida à arte, a qual podemos acompanhar sempre em noodlydoodly.blogspot.com.

O concurso VIVE PCI — Património Cultural Imaterial pretende apelar aos jovens entre os 15 e 25 anos que utilizem a sua veia artística para apresentar trabalhos sobre o Património Cultural Imaterial do Algarve em fotografia ou vídeo. Existem vários prémios para ganhar, uma festa final na Fnac do AlgarveShopping e uma exposição itinerante que percorrerá várias localidades do Algarve e ainda as cidades de Lisboa e Porto. Para apresentar este projecto, O grupo Ao Luar Teatro representou a peça “Caminhos de Pedra” no Auditório da EBSA. Para saber mais visita o sítio www.vivepci.com.

Quais? Muitos livros e multimédia.

material

Novidades

Porquê? Resultado de um prémio ganho pela BiblioEBSA no Projecto Ler para Conhecer, promovido pela SIBS (a entidade responsável pela gestão das famosas Caixas Multibanco). E agora? Bom, falta que sejam descobertos os novos livros, CD-roms e DVD-roms que todos ajudaram a conquistar.


Trabalhos elaborados pelos alu-

Biblioteca da Escola nos da escola Eb1/JI da CorreeiAlunos da Escola EB1/JI dos Caliços a lerem informalmente durante o intervalo EB1/JI da Correeira ra, depois de ouvirem um conto. A «nossa» professora Laura Brás mais uma vez esteve na Escola EB1/JI de Vale Pedras a encantar miúdos e graúdos com o seu «jeitinho» de contar histórias. Nesta fotografia são os alunos do 3º A, da professora Patrícia Abrantes que estão a encantarnos com o poema que estão a declamar.

A turma do jardim de Infância, da professora Ana Cristina, da escola EB1/JI de Vale Pedras, a verem uma exposição sobre animais, na biblioteca. Que atenção!

EB1/JI de Vale Pedras - Trabalho realizado por SARA LIBEREIRO, 3º A “Na minha escola a minha turma, 3º A, foi { biblioteca, com a turma do 3º B, ouvir uma história contada pela própria autora: Era uma vez um cão que estava na rua e pensou: ‘-Vou-me deitar na estrada, ou me apanham ou morro.’ O Porto estava a jogar e um carro cor-da-paz parou. O Porto tinha marcado um golo a senhora que estava dentro do carro chamou-o e disse: ‘-Bs bs bs’ - Sofia pegou no cão e logo se ouviu: ‘-Porto! Porto!’ E o cão passou a chamar-se Porto. Sofia levou-o para sua casa numa caixa fofa. Lá puseram-no numa casota. Davam-lhe tudo o que ele queria, mas uma cadela chamada Patanisca, que já lá morava, tinha ciúmes dele. Noutro dia apareceu outro cão chamado Leão, que só queria brincadeira e ele veio tirar um pouco de tudo. O Porto e a Patanisca andavam furiosos e a Patanisca deu mesmo uma dentada no olho do Leão. Mas rapidamente o Leão começou a ter proibições e ficou também numa casota. O Porto começou a entender os seus donos e aí começou a ser amigo do Leão. E pensou: ‘-Mais vale estar aqui que num outro sítio abandonado! Até posso beber sumo de laranja todos os dias!’ Todos nós sabemos tratar bem os animais e se os adoptamos devemos trata-los o melhor possível. Eu gostei muito deste livro, porque conta uma história bonita e está bem ilustrado e bem escrito!”

Exposição de presépios elaborados pelos alunos de Educação Religiosa Moral Católica 

A Escritora Marta Cirne esteve na Escola EB 1/JI de Vale Pedras a apresentar o seu livro Porto cão-peão Patanisca e Leão, às turmas dos terceiro e quarto anos. Os alunos da turma do 3º A, da Profª Patrícia Abrantes, elaboraram PowerPoints e fichas de leitura sobre o livro. Fizeram também troca de livros na sala de aula. O Clube de Artes, dinamizado Na Francisco Cabrita... pela professora Sandra Caetano,  expôs na Biblioteca Dr. Francisco Fotografia na Biblioteca da EscoCabrita, a exposição «Magic la Dr. Francico Cabrita Fishes» reutilizando meias A Rede de Bibliotecas de Albufeivelhas, às quais foi dada uma ra está a apresentar em todas as nova cara. Bibliotecas Escolares do ConceSão os peixinhos mais cool dos lho a Exposição «Olhar S. Tomé» mares dantes navegados.  do artista Bruno Rodrigues. Na nossa escola esta exposição foi um grande sucesso entre os alunos.

Na Biblioteca está patente a «Exposição Musik+X, a música Pop, Hip-Hop, Indie e Techno Alemã». Esta exposição proporciona uma fascinante viagem pelos mundos e ambientes da música alemã. 

17


Passatempo: Procura as 11 palavras que estão na vertical, horizontal e na diagonal. W B Y P I N G U I M

P U L E R G C Z A B

U R O Ç P F O C A D

L R E K Y V R R R G

B O I N O L U G A U

Q T B W A E J J L R

S I S O X V A C O S

O N V L K R Y Y B O

J G H A H L E V O P

B U M T C S A U S O

V E A D O V N U R L

O M A M U T E U U A

Z C Ç N B T R R E R

BURRO OVELHA MAMUTE RENA PINGUIM BOI LOBO CORUJA URSO POLAR FOCA VEADO

Diogo Rosa, Mariana Alves e Diana Marques (5ºB)

!... M E ICIP

T

PAR

Concurso:

Os alunos do Jornal da Escola lançam um concurso para a criação de uma máscara alusiva ao Carnaval, Entreguem na sala 5 (Clube do Jornal) ou aos alunos do 5ºB (FC) a vossa máscara. A máscara do aluno vencedor será publicada no Jornal da Escola!

E, já agora, é bom saber um pouco sobre… A

História do Carnaval

O Carnaval é um período de festas regidas pelo ano lunar no Cristianismo da Idade Média. O período do Carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou "carne vale" dando origem ao termo "Carnaval". Durante o período do Carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. O Carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX. A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Nova Orleães, Toronto e Rio de Janeiro inspiraram-se no Carnaval parisiense para implantar as suas novas festas carnavalescas. Diogo Rosa, Mariana Alves e Diana Marques (5ºB)

Sabias que…?

Carlos Ventura

18

1. Male und setzte die Wörter richtig ein!

2. Was passt?

Monica Moreira e Miguel Melo


Karaoke No dia 17 de Dezembro, realizou-se um Karaoke na Escola EB 2,3 Dr. Francisco Cabrita. O evento decorreu de modo bastante positivo e contou com a participação dos alunos das turmas a seguir indicadas: 8ºB, 8ºC, 9ºB, 9ºC e 9ºD. Os alunos cantaram em grupos e/ou individualmente. De entre as músicas escolhidas, encontram-se algumas natalícias e outras sobre temáticas diversas. A seguir, encontram-se fotografias representativas da animação que imperou na escola naquele dia. And the winners are: INDIVIDUAL 1º LUGAR – Vera Santos (8ºC) e Ana Carolina Godinho (9ºC) 2º LUGAR – Raquel Bonifácio (8ºB) 3º LUGAR – Mariana Pais (9ºC)

GRUPO 1º LUGAR – Alunas do 9ºB 2º LUGAR – Alunas do 8ºB 3º LUGAR – 9ºC (todos os alunos)

A professora Sandra Pina Gonçalves, responsável pela organização, contou com a colaboração de vários alunos, professores e auxiliares de acção educativa, tendo, no final da actividade, agradecido a todos eles, uma vez que o sucesso do karaoke dependeu dessa mútua cooperação. De entre os mais destacados, encontraram-se o professor de música José Júlio Alvadia, o qual foi responsável pelo som, a professora Conceição Vieira, a chefe do pessoal D. Maria João e o aluno do 9ºA, José Correia, que constituíram o júri, as alunas Carla Pereira e Inês Pires do 8ºC, as quais realizaram o trabalho de pesquisa dos links das músicas instrumentais, os alunos do 9ºD que participaram de forma célere na montagem do palco, juntamente com os auxiliares de acção educativa, os alunos do 8ºB que desempenharam o papel de apresentadores, e todos os alunos que participaram cantando as suas músicas favoritas. A mesma professora referiu, mais tarde, que o sucesso da actividade dependeu, igualmente, da receptividade e do espírito de iniciativa, em particular, da Coordenadora do estabelecimento de ensino, a professora Catarina Duarte, e da Comissão Provisória, em geral. Acrescentou, ainda no final, que iria decorrer um outro karaoke no Dia do Patrono, o qual será iniciado pelos alunos que alcançaram os primeiros, segundos e terceiros lugares, e que, face aos pedidos para subir ao palco durante aquele primeiro momento, iria aceitar novas inscrições para o karaoke de Março.

19


JANTAR DE HOMENAGEM Realizou-se no passado dia 30 de Novembro, no restaurante “Tasquinhas” em Albufeira, o jantar de confraternização e homenagem à D. Graça Fonseca que se aposentou recentemente da sua função de chefe de secretaria do já extinto Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Cabrita. O jantar contou com a presença de cerca de 70 pessoas, não só docentes e funcionários do Agrupamento de Escolas de Albufeira, mas também de outros já aposentados ou que se encontram a desempenhar funções noutros estabelecimentos e que não quiseram deixar de se associar a esta manifestação de amizade e reconhecimento para com esta funcionária que nos obsequiou com a sua boa disposição, disponibilidade e profissionalismo.

E, como prometido, aqui ficam os nomes dos alunos que pertencem ao quadro de valor e excelência de 2009/10 da Escola Básica e Secundária de Albufeira — EBSA: Quadro de Excelência Ano/turma

Nome

5ºC

Francisco Jesus, nº 10

5ºD

Amélia Chen, nº2

5ºD

Jinjin Zhu, nº12

6ºA

Basília Tipote, nº3

6ºA

Iracema Tipote, nº12

7ºA

Alexandra Smintina, nº1

7ºA

Andreia Rodrigues, nº4

7ºA

Beatriz Cartas, nº6

Quadro de Honra Ano/turma Nome

20

6ºB

Ana Marcelino, nº3

6ºC

Diana Smintina, nº11

8ºB

Yang Yang, nº24

Agrupamento de Escolas de Albufeira E-mail: jornal.francisco.cabrita@gmail.com; escolaviva@ebsa.pt

A Equipa do Jornal agradece a todos os que colaboraram para este jornal! Com o apoio de:


Porta Aberta n.º 2