Page 1

Agrupamento de Escolas de Albufeira

Novembro / Dezembro, 2010 Número 1

Porta Aberta Nome e Logótipo do Jornal Escolar Concurso e vencedores

Participaram no concurso do logótipo e do nome do jornal alunos dos quinto, sexto e sétimo anos de escolaridade das turmas A, B, D e E, da Escola Dr. Francisco Cabrita, da EB1/JI dos Caliços e do 6ºC da Escola Básica e Secundária de Albufeira. No que diz respeito ao nome do jornal, aqueles que alcançaram os 1º, 2º e 3º lugares foram os seguintes, respectivamente: “Porta Aberta” (autora: Patrícia Monteiro, nº 17, 5ºE), “O Expresso do Agrupamento” (turma autora: 6ºB), e “Avioneta - Notícias a Bordo” (autor: Miguel Guerreiro, nº15, 5ºE). Quanto ao logótipo, a professora de Educação Visual Ascensão Marrachinho colaborou com a Equipa do Jornal, propondo aos seus alunos do sétimo ano de escolaridade, turmas A e B, a criação de logótipos, visto que se proporcionava, atendendo aos conteúdos a leccionar naquele nível de escolaridade. Os três logótipos que mais pontuação receberam de ambas as turmas foram os seguintes: Ano/Turma: 7ºA - David Barbosa, nº4; - Rodrigo Duarte, nº21; ras v a l - Temen Nassar, nº 22. pa 0 5 Ano/Turma: 7ºB - Carolina Palhinha, nº 7; - Mafalda Vicente, nº 15; - Rafaela Rodrigues, nº 17. Os logótipos mais pontuados de entre os seis acima apresentados, foram os da autoria das alunas Rafaela Rodrigues, Mafalda Vicente e Carolina Palhinha. O vencedor foi o da Rafaela Rodrigues. Os logótipos finalistas encontram-se em cima à direita. Não poderíamos deixar de terminar esta notícia sem agradecer a todos os que colaboraram connosco nesta fase inicial de um jornal que brotou num agrupamento que sofreu um crescimento notável nos últimos meses.

Nesta edição há: Inaugurações .............................. 2 Cultura ........................................ 4 Celebrações ................................ 6 Na Linha ...................................... 10 Clubes ......................................... 13 Cantinho das Línguas .................. 16 Passatempos ............................... 22 ...e muitas notícias...

A não esquecer...  Karaoke na última semana de aulas  Dia Mundial da Luta contra a Sida—1 de Dezembro  Restauração da Independência —1 de Dezembro  Dia da Imaculada Conceição—8 de Dezembro  Bolo-Rei, Filhoses—É Natal!


O ano lectivo começou com uma inauguração EB1/JI de Vale Pedras A Escola Básica do 1º Ciclo e Jardim de Infância de Vale Pedras foi inaugurada oficialmente no dia 10 de Setembro. Porém, já estava em funcionamento há um ano. Esta cerimónia contou com a presença da comunidade escolar, da Direcção Regional de Educação, na pessoa do seu director, Luís Correia, e da autarquia (estiveram presentes o Presidente, o Vicepresidente e Vereador da Educação e o Presidente da Junta de Freguesia). A escola tem 12 salas de aula do 1º ciclo, 4 salas de actividades para o ensino pré-escolar, sala de professores, biblioteca, sala de informática e duas salas polivalentes. Há também um auditório e amplos espaços exteriores. Esta

2

“As escolas de Albufeira têm condições ímpares a nível mundial”, afirmou o Director Regional da Educação. escola pode acolher 388 alunos (288 do 1.º ciclo e 100 do pré-escolar). A propósito deste grande investimento, o Presidente da Câmara de Albufeira, Desidério Silva, frisou: “Ao longo dos últimos oito anos, temos vindo a investir fortemente na Educação. Orgulhamo-nos de proporcionar as melhores condições de trabalho e de ensino à comunidade escolar do concelho”. Também o Director Regional da Educação, Luís Correia, gostou do que viu: “as escolas de Albufeira têm condições ímpares a nível mundial”. Houve ainda tempo para umas palavras da Presidente da Comissão Administrativa Provisória, Professora Clara


Pinto, que começou por dar as boas-vindas ao novo ano lectivo: “Hoje é para mim o início do ano lectivo após 2 meses de intenso trabalho. Recordo uma frase de Eduardo Prado Coelho que dizia: ‘precisa-se de matéria prima para construir um país’. Nós povo temos matéria prima, temos muitas coisas mas faltam muitas outras. Cabe-nos colmatar o muito que falta e esse objectivo só poderá ser alcançado através dos valores da ética e do conhecimento que só a família e a escola conseguem transmitir. É meu desejo que esta escola, hoje inaugurada, seja capaz de educar as crianças como bons cidadãos do amanhã e que seja reconhecida, não só pela qualidade das suas instalações, mas sobretudo pela qualidade da sua matéria prima, dos alunos, professores e funcion|rios”. Lembramos ainda as palavras do Vicepresidente da Câmara de Albufeira, José Carlos Rolo, responsável pelo pelouro da educação: “Pode faltar dinheiro, mas n~o para a educaç~o.”

Deixamos aqui algumas fotografias da nova escola! E assim o nosso agrupamento vai ficando cada vez maior. A EB1/JI de Vale Pedras junta-se às suas congéneres da Correeira e dos Caliços que, por sua vez, são inseparáveis da Escola EB 2,3 Dr. Francisco Cabrita e, agora, da Escola Básica e Secundária de Albufeira. 3


Página Cultural 5 de Outubro - é feriado… mas porquê? O dia 5 de Outubro é festejado como a data da implantação da República e, por esse motivo, é feriado no nosso país. Mas vamos recordar a razão pela qual se dá relevância a este facto. Em 1890, mais concretamente no dia 11 de Janeiro, a Inglaterra dá um Ultimato a Portugal: teria de retirar as suas forças militares do território compreendido entre as colónias de Moçambique e Angola. Mas eram estes territórios que interessavam a Portugal para concluir o famoso Mapa Cor-de-Rosa, ou seja, uma faixa de costa a costa. O nosso país cedeu e os republicanos viram isto como uma humilhação e culparam o governo e o rei D. Carlos I. O governo caiu e as manifestações a favor da república começam a desencadear-se. Em 1907, João Franco lidera um governo ditatorial para tentar travar críticas e manifestações (os jornais são proibidos e os opositores perseguidos). Mas, em 1908, o ambiente de descontentamento instala-se e em Janeiro há uma tentativa de revolução republicana que fracassa. Algumas personalidades são presas e condenadas ao degredo. Contudo, no dia 1 de Fevereiro, um acontecimento muda a nossa história: o regicídio (o rei D. Carlos e o príncipe herdeiro, Luís Filipe, são assassinados). Entretanto, o Partido Republicano Português começa a ganhar espaço no parlamento e prepara a revolução. No dia 2 de Outubro de 1910, tem lugar uma reunião de emergência na sede do PRP. O Almi-

rante Cândido dos Reis marca as operações para a n o i t e seguinte. Porém, no dia seguinte, Miguel Bombarda, médico psiquiatra e conspirador republicano, é assassinado por um doente. Os dirigentes da revolução reúnem-se e decidem avançar no dia seguinte. Assim, no dia 4, começam as hostilidades com troca de tiros em Lisboa entre os revolucionários e as tropas fieis à monarquia. Em desvantagem, os republicanos começam a concentrar-se num só local. Pelas 11 horas, os navios que aderiram à causa republicana bombardeiam o palácio onde se encontra o rei D. Manuel II que foge para Mafra. Muitos partidários da causa juntam-se ao grupo de resistentes e combatem as tropas. São pedidos reforços, mas os acessos a Lisboa tinham sido cortados pelos revolucionários, impedindo o auxílio aos monárquicos. Entretanto, o navio D. Carlos é tomado pelos republicanos. Já na manhã do dia 5 de Outubro, às 9 horas, Eusébio Leão, José Relvas e outros dirigentes republicanos entram na Câmara Municipal de Lisboa e, da varanda, proclamam a República. A praça do município enche-se de multidão que aplaude a vitória republicana. No dia seguinte, a família real embarca num iate e procura refúgio em Inglaterra. (Arquivo Alfa) Adaptado do site: http://www.centenariorepublica.pt

4


Efemérides SETEMBRO 6 – Dia Internacional da Paz 8 – Dia Mundial da Alfabetização 16 – Dia Internacional para a Preservação da camada de ozono 21 – Dia Mundial da Doença de Alzheimer 22 – Dia Europeu sem carros 27 – Dia Mundial do Turismo 29 – Dia mundial do Coração 26 – Dia europeu das Línguas OUTUBRO 1 – Dia Mundial da Água, da Música. Dia Internacional do Idoso 3 – Dia da Infância 4 – Dia Mundial dos Animais 5 – Implantação da República. Dia Mundial do Professor 9 – Dia Mundial dos Correios 15 – Dia da Bengala Branca (cegos) 16 – Dia Mundial da Alimentação 17 – Dia Mundial contra a pobreza e a exclusão social 24 – Dia das Nações Unidas 30 – Dia Nacional da Prevenção do cancro da mama 31 – Dia Mundial da Poupança NOVEMBRO 1 – Dia de Todos os Santos 2 – Dia dos Fiéis Defuntos 11 – Dia de S. Martinho 14 – Dia Mundial da Diabetes 15 – Dia Nacional da linguagem gestual portuguesa 16 – Dia Internacional da Tolerância 17 – Dia Mundial do Não Fumador 20 – Dia dos Direitos Internacionais da Criança 21 – Dia Mundial da Televisão. Dia Internacional da Saudação 24 – Dia Nacional da Cultura Científica. Dia Mundial da Ciência

Halloween No dia 31 de Outubro celebra-se o “dia das bruxas”, u m a data muito festejada nos países a n g l o saxónicos, como os Estados Unidos, Irlanda ou Reino Unido. Originalmente, nesta época assinalava-se o fim do Verão, mas as tradições pagãs e religiosas misturaram-se e deram origem a esta celebração. Segundo a tradição celta, o lugar onde os mortos se encontravam era um lugar perfeito e, nesta época, os espíritos “voltavam” para visitar os seus familiares e guiá-los para o tal mundo perfeito. No campo religioso (católico), já existia uma festa em honra de Todos os Santos, mas o Papa Gregório III mudou a data para o 1º de Novembro. Esta festa também ganhou uma celebração vespertina ou vigília, no dia anterior (31 de Outubro). Em inglês, essa era conhecida por All Hallow’s Eve (Vigília de Todos os Santos), passando depois por All Hallow Een até chegar à palavra actual "Halloween".

5


Os alunos das turmas B e D do sétimo ano da Escola Dr. Francisco Cabrita, festejaram o Halloween com trabalhos muito imaginativos e criativos que estiveram em exposição para toda a comunidade escolar. Aqui estão imagens d e s s e s magníficos trabalhos: Os mobiles são muito variados! Uns mais assustadores e outros mais simp |t i co s … Mas todos respeita-

6

O dia de S. Martinho comemora-se no dia 11 de Novembro. Diz a lenda que quando um cavaleiro romano andava a fazer a ronda, viu um velho mendigo cheio de fome e frio, porque estava quase nu. O dia estava chuvoso e frio, e o velhinho estava encharcado. O cavaleiro, chamado Martinho, era bondoso e gostava de ajudar as pessoas mais pobres. Então, ao ver aquele mendigo, ficou cheio de pena e cortou a sua grossa capa ao meio, com a espada. Depois deu metade da capa ao mendigo e partiu. Passado algum tempo a chuva parou e apareceu no céu um lindo Sol. (Imagem: http://2.bp.blogspot.com/_kdeDKUQPDl0/Ssg_cMAb51I/ AAAAAAAAJss/eBRj0vFlcqI/s400/S_Martinho_17.jpg)

PROVÉRBIOS POPULARES

ram o tema. Havia bruxas, fantasmas, morcegos, vampiros, abóboras, vassouras, aranhas acompanhadas das suas teias, corvos, gatos e a lua cheia! Na sexta-feira, dia 29 de Outubro muitos alunos decidiram vestir-se a rigor e assinalaram a data com cores mais obscuras... 

O porquê do "Verão" de S. Martinho

- No dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho. - Mais vale um castanheiro do que um saco com dinheiro. - Dia de S. Martinho fura o teu pipinho. - Do dia de S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o teu bornal. - Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho. - Se o Inverno não erra caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho. - Se queres pasmar teu vizinho lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho. - Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho. - Pelo S. Martinho, prova o teu vinho, ao cabo de um ano já não te faz dano. - Pelo S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho. - Pelo S. Martinho semeia favas e vinho. - Pelo S. Martinho, nem nado nem cabacinho. - Água-pé, castanhas e vinho faz-se uma boa festa pelo S. Martinho.


S. Martinho ADIVINHAS do dia de S. Martinho

Na rua está um vendedor De castanhas assadas É com esforço e amor Que faz feliz a rapaziada

1- Tenho camisa e casaco Sem remendo nem buraco Estoiro como um foguete Se alguém no lume me mete

Todo o dia a apanhar chuva Coitado do vendedor! Mas à beira das castanhas Fica cheio de calor.

2- Se me rio... de mim sai uma donzela Mais donzela do que eu Ela vai com quem a leva Eu fico com quem me deu

Com o frio a chegar A natureza está-se a transformar Os ouriços a abrir Para as castanhas apanhar.

3- Qual a coisa qual é ela Tem três capas de Inverno A segunda é lustrosa A terceira é amargosa

O S. Martinho está a chegar A lareira vou acender Para as castanhas assar E contigo as comer.

4-Tem casca bem guardada Ninguém lhe pode mexer Sozinha ou acompanhada Em Novembro nos vem ver

Soluções: 1- Castanha 2- Ouriço 3- Castanha 4- Castanha

QUADRAS Como é bom comer Castanhas assadas E no magusto ver As meninas coradas

O São Martinho na Francisco Cabrita No Dia de São Martinho, Quinta-feira, 11 de Novembro de 2010, pelas 12h00, a turma CEF 6 - Serviço de Mesa, do segundo ano, sob a coordenação da formadora Ana Bárbara, desenvolveu uma actividade para comemorar este dia, servindo castanhas e jeropiga aos professores da Escola EB 2/3 Dr. Francisco Cabrita. O balanço da actividade foi francamente positivo pela contagiante boa disposição que imperou!

7


O São Martinho na EB1 dos Caliços

Visita ao Circuito do Pão

Os alunos do 4ºB, com a professora Elisabete Costa, assinalaram o S. Martinho com a elaboração de quadras alusivas ao tema. Aqui fica o resultado dessa tarefa: No S. Martinho eu vou aprender, Partilhar, sorrir e oferecer. Nesse dia salto junto à lareira A pequenada quer é brincadeira. (Duarte)

Nós somos o 2º B, da Escola da Correeira e fomos ver o Circuito do pão, no passado dia 12 de Outubro de 2010, no pavilhão EMA. Gostámos muito e foi divertido!

Pela altura de S. Martinho Acontece um pequeno Verão Com ele castanhas e bom vinho Para aquecer o coração. (Ivan) O S. Martinho nós vamos festejar, Tanta castanha para saborear. É dia para também partilhar, Juntos castanhas vamos trincar. (Leandro) Gosto muito do S. Martinho, Nesse dia salto a lareira, Os graúdos bebem vinho, A pequenada anda na brincadeira. (José Pedro) Castanha, castanhinha, No lume está a assar. Enquanto na relva fofinha, Eu quero mas é brincar. (Francisco Mestre)

Hoje é S. Martinho, E eu vou festejar. Fazer um magustinho E as castanhas saborear. (Madalena) Hoje celebro o S. Martinho, Muitas castanhas a assar. Para os graúdos há vinho, E as crianças vão brincar. (Lucas) desenhos de Alina, Lucas e José Carvalho.

8

Sala 7 Prof. Sílvia Alegria

A infância A infância é como um relógio que nos acompanha ao longo da vida. Os dias vão passando, a lua e o sol brincam sem tréguas; o mundo vai girando no infinito como criança perdida, mas feliz. A música que oiço neste momento baila em doce voz de silêncio, que antes habitava no meu coração de bebé. Ser criança é a melhor coisa do mundo.

Pedro Baptista, 2º. Ano, 8 anos - sala 3 Prof: Nelson Moniz – Correeira.

Muitas castanhas a assar, Pois é dia de S. Martinho. Para a festa começar, Vou à adega buscar vinho. (Alexandre)


E no Jardim de Infância da Correeira, na sala 4, com a Educadora Susana, o que se passa?

Estivemos com os nossos amigos que agora estão no 1º C a ver um filme. Um dia animado!

Aqui mesmo a trabalhar nós aprendemos. "Um jogo de mímica"

A turma do 3ºB da EB1/JI de Vale Pedras esteve a trabalhar os acrósticos com a professora Sónia Pinto. Eis alguns deles dedicados ao tema da amizade: A amizade é importante Mesmo em pequena quantidade Importante é nós Zelarmos pela amizade Adorar os amigos Dentro do nosso coração Esperarmos por eles com muita saudação.

Amizade deve ser Mil amigos a valer Iremos um dia andar Zarpar ou navegar Amar sem parar Dar sem receber E viver, estudar para saber. Vera Lúcia

Amizade

Fábio Rico

A turma CEF6 da Francisco Cabrita está presente durante os almoços de 4ªfeira na cantina e também serviu dois almoços especiais. O dia 20 de Outubro foi dedicado à cozinha italiana e a 3 de Novembro foi o dia do Brasil. Podemos confirmar que tudo parece apetitoso!

Carlos Ventura (nº5, 8ºA) partiu à aventura e descobriu algumas informações que considera que a comunidade escolar deve conhecer. Assim, aqui fica a relação dos dicionários disponíveis na biblioteca da Escola Dr. Francisco Cabrita.

9


SEMANA DA ALIMENTAÇÃO A semana de 11 a 15 de Outubro ficou conhecida no Agrupamento de Escolas de Albufeira pela “ Semana da Alimentaç~o” e teve como tema central a temática da alimentação saudável e da alimentação no mundo, tendo em vista a comemoração do Dia Mundial de Alimentação (16 de Outubro). Ao longo da Semana da Alimentação, a equipa de Educação para a Saúde do Agrupamento em parceria com o projecto Escola Activa dinamizou um conjunto de iniciativas que pretenderam levar a comunidade educativa a reflectir sobre hábitos alimentares e estilos de vida promotores da saúde, não esquecendo o tema proposto pela FAO para o Dia Mundial da Alimentaç~o de 2010, “Unidos Contra a Fome”. Entre as v|rias actividades realizadas no Agrupamento de Escolas de Albufeira, são de destacar, pelo envolvimento e impacto na escola, as seguintes: Jogo da “AliMentaÇ~o”, realizado em sala de aula por alunos dos 1º e 2º ciclos; Leitura nas bibliotecas do Agrupamento da História “Tchim e a AliMentaÇ~o”, da autoria de Graça Gonçalves, pela professora Laura Braz. Participaram nesta actividade alunos do 2º ciclo da Escola E.B. 2,3 Dr. Francisco Cabrita e da Escola Básica e Secundária de Albufeira; Preenchimento pelos alunos de grelhas e questionários sobre os seus hábitos alimentares, ponto de partida para uma reflexão sobre opções alimentares e impacto das mesmas na saúde individual; Observação directa dos hábitos alimentares dos alunos no refeitório escolar (início de um estudo levado a cabo por uma turma do 3º ciclo da Escola E.B. 2,3 Dr. Francisco Cabrita); Afixação no refeitório escolar da Escola Básica e Secundária de Albufeira de cartazes sobre a alimentação saudável elaborados por alunos desta escola; Jogo “O papel rasgado” dirigido a turmas do 3º ciclo e do secund|rio – dinâmica que pretendeu sensibilizar os alunos para a importância de uma alimentação saudável e equilibrada, assim como para a prática do exercício físico; Rastreio da Tensão Arterial realizado no Gabinete de Educação para a Saúde da Escola E.B. 2,3 Dr. Francisco Cabrita – iniciativa dinamizada pela enfermeira Cátia Vieira que presta atendimento semanal à comunidade escolar naquele gabinete; Promoção de alimentos saudáveis através da venda no espaço escolar de fruta, saladas, batidos e sumos de fruta natural, organizada pelos alunos das turmas B e C do 9º ano e do CEF “Serviço de Mesa” da Escola E.B. 2,3 Dr. Francisco Cabrita; Divulgação nas escolas do concurso para criação de um livro de receitas de saladas – iniciativa da Câmara Municipal de Albufeira, integrada no projecto “Saber comer para melhor crescer” (incentivo ao consumo de produtos hortícolas pelas crianças);  Exploração dos recursos existentes no sítio da FAO sobre o Dia Mundial da Alimentação 2010 (vídeos, galeria de imagens, etc.) acessíveis em http://www.fao.org/getinvolved/worldfoodday/en/ e da petição para acabar com a fome no mundo que pode ser assinada em http:// www.1billionhungry.org. A equipa de Educação para a Saúde do Agrupamento de Escolas de Albufeira agradece a todos os intervenientes na Semana da Alimentação o esforço e a dedicação demonstrados ao longo desta semana junto dos alunos, visando sempre a divulgação de hábitos alimentares saudáveis, promotores da saúde. Profª. Conceição Vieira Profª Helena Miranda Coordenadora da Educação para a Saúde Coordenadora do projecto Escola Activa

10 10


Vamos, então, partilhar as imagens das várias iniciativas que decorreram durante essa semana!

Foi promovido e posto em prática, nas aulas de Formação Cívica do 2.º Ciclo, um jogo sobre a alimentação, o qual foi adaptado da obra Tchim e a AliMentaÇão, da autora Graça Gonçalves. A Professora Laura Brás, que leccionou na nossa escola durante vários anos, teve a amabilidade de ler, contar e deliciar os alunos com esta história, na Biblioteca.

no serviço de almoço, no passado dia 6 de Outubro e voltaram a fazê-lo na semana seguinte, no dia 13. Ainda no âmbito da semana da alimentação, na Segunda-feira, houve serviço de waffles, salada de frutas, sumos e bati-

dos de fruta. Ainda no mesmo âmbito, foi feito um rastreio da tensão arterial, na sala 18A, com o intuito de sensibilizar os alunos para uma boa prática alimentar.

Assim, muitos alunos puderam, com ajuda dos seus professores, de uma forma divertida, reflectir sobre os seus hábitos alimentares. Os alunos do 3.º Ciclo (9ºB) montaram uma banca, onde comercializaram produtos frutícolas e outros de saudável digestão (à direita). Na cantina, Alunos do CEF 6 participaram

1111


JÁ ABRIRAM… A saúde não depende exclusivamente da prestação de cuidados, uma vez que a influência do ambiente (social, biofísico e ecológico) é determinante. Por esta mesma razão se diz que a saúde é um conceito positivo que implica “ um estado completo de bem-estar físico, social e mental e não apenas a ausência de doença”. (OMS, 1948). É então importante estarmos informados e consciencializados acerca da nossa própria saúde, assim como das competências que devemos adquirir de forma a mantermos o nosso bem-estar. E onde devemos procurar essa informação? Em contexto escolar, podemos encontrar os Gabinetes de Educação/Promoção para a Saúde onde se pretende, entre outros aspectos, informar e apoiar os alunos nas várias áreas da educação para a saúde, nomeadamente, alimentação e actividade física, educação sexual e infecções sexualmente transmissíveis, consumo de substâncias psico-activas (drogas) e saúde mental/violência em meio escolar. No nosso Agrupamento existem dois gabinetes de informação e apoio ao aluno, um na Escola E.B. 2,3 Dr. Francisco Cabrita, denominado Gabinete de Educação para a Saúde (GES), e outro na Escola Básica e Secundária de Albufeira, conhecido por Cantinho da

Saúde (PES). Estes espaços contam com a colaboração de professores de Educação para a Saúde, de uma enfermeira do Centro de Saúde de Albufeira e de uma assistente social. O Gabinete de Educação para a Saúde (GES) funciona na sala 18A da escola E.B.2,3 no seguinte horário de atendimento: - Segunda-feira, das 10:10 às 11:40 horas; -Terça-feira, das 9:55 às 14:00 horas; e -Sexta-feira, das 9:00 às 13:25 horas. O Cantinho da Saúde (PES) funciona na sala 2.22 da escola básica e secundária no seguinte horário de atendimento: -Segunda-feira, das 9:00 às 13:15 horas; -Terça-feira, das 9:00 às 11:00 horas e das 14:25 às 15:55 horas; e -Quinta-feira, das 9:00 às 12:30 horas. Apesar dos gabinetes acima referidos privilegiarem a informação e o apoio aos alunos do nosso Agrupamento, os mesmos encontram-se abertos a toda a comunidade escolar (pais e encarregados de educação, professores e outros agentes da educação). Conceição Vieira (Coordenadora de Educação para a Saúde) Maria João Moreira (Assistente Social)

O TEATRO VEIO À ESCOLA No passado dia 30 de Setembro, os alunos do 9º ano e do CEF de Serviço de Mesa da Escola E.B. 2,3 Dr. Francisco Cabrita assistiram à peça de teatro-debate “Nem muito simples… Nem demasiado complicado” apresentada pela Associação Usina. Este espectáculo que retrata situações problemáticas do dia-a-dia dos adolescentes foi realizado no âmbito do projecto de Educação para a Saúde e Sexualidade da escola. A sessão de teatro-debate iniciou-se pela representação de 7 pequenas histórias relacionadas com a sexualidade. Após a apresentação da peça, algumas dessas histórias foram de novo representadas de modo a permitir aos alunos intervirem, apresentando e experimentando pôr em prática

12

as suas ideias para modificarem as situações geradas em cena. Esta actividade teve uma grande adesão por parte dos espectadores (alunos e professores) que participaram com entusiasmo no decorrer de toda a peça e poderá constituir um ponto de partida para os projectos de Educação Sexual a desenvolver nas turmas envolvidas. A sessão de teatro-debate realizada na Escola E.B. 2,3 Dr. Francisco Cabrita resultou de uma candidatura apresentada pela Equipa de Educação para a Saúde do Agrupamento { medida 3 do programa “Cuidate” promovido pelo Instituto Português da Juventude. P rof ª C oncei çã o Vi eir a (Coordenadora da Educação para a Saúde)


Feira “ Hora da Troca” Para a comemoração da semana Europeia da prevenção de resíduos, organizou-se no dia 26 de Novembro na Francisco Cabrita a feira “ Hora da troca” onde alunos e professores puderam trocar objectos que já não utilizam. A ideia é simples!!! Trocar objectos úteis que já não usamos, mas que outras pessoas podem precisar e vice-versa. Com a realização desta feira pudemos contribuir para a reutilização de materiais e para a diminuição da reposição de resíduos em aterros sanitários. De que estás à espera?! Tens cenas que já não “curtes”? Então, porque não as trazes para a escola e as trocas por outras com os teus amigos na próxima feira? Participa! Ajuda a reduzir a produção de resíduos! E assim contribuirás para um Planeta mais Sustentável.

Sabias que, na tua Escola, já está em funcionamento o Clube das Ciências !? O Clube das Ciências da Escola E. B. 2,3 Dr. Francisco Cabrita de Albufeira é um espaço onde os alunos podem desenvolver actividades extra-curriculares, com principal ênfase numa componente científica experimental. Afinal a Ciência pode ser maravilhosamente divertida!!! Faz como os teus colegas. Não percas mais tempo e junta-te a nós. Vamos realizar várias actividades práticas e educativas. Estamos à tua espera todas as Terças-feiras das 12.40 às 13.25; 13.40 à 15.10; 15.20 à 16.05, na sala 15. Espreita o que andamos a fazer! Professoras: Margarida Brazão, Hélia Saraiva e Catarina Guerreiro

13


O cinema está de volta à Escola Básica e Secundária de Albufeira. Provavelmente nunca chegou a partir. Ficou apenas à espera que voltássemos nós. E, de facto, assim aconteceu. Este ano lectivo retorna-se ao caminho para amar cinema: vendo filmes, trabalhando sobre eles e estudando aspectos técnicos da cinematografia. Este ano regressa-se ao feitiço das imagens em movimento animado, ficcionado, documentado. Se já éramos muitos, somos mais agora. Alunos de 8º ano continuam o percurso iniciado no 7º. Alunos de 10º ano dão agora o primeiro passo nesta caminhada. A catedral do cinema continua a ser o Auditório Municipal de Albufeira; o nosso castelo é a escola e mais além. O cinema espera-nos com nove filmes: três no 8º ano; seis no 10º, divididos entre longas e curtas-metragens. Com a sua arte pretende também ensinar-nos. E, no fim, que possamos amá-lo (mais uma vez). O início da jornada começou já com a Noiva Cadáver de Tim Burton e a localidade de Pleasantville criada por Gary Ross. Filmes jovens da cinematografia americana concebidos para todas as idades. O Programa JCE pretende ser o teu mapa. Tu serás o viajante que decide o caminho a trilhar. Resta saber: vais “cortar-te” ou “adicionar-te”? A Equipa JCE

Por acasos do destino, mas porque nós também fazemos os acasos acontecer, um pouco da nossa escola pôde ser vista pelo país inteiro. Uma aula sobre cinema, dada aos alunos do 8º D pela Drª Graça Lobo (Coordenadora do Programa JCE), deu origem à fotografia publicada na edição de 23 de Outubro de 2010 da revista “Notícias S|bado”, incluída no jornal Diário de Notícias. Esta ilustra uma reportagem sobre a “stôra” que leva o cinema às escolas. Nós também andamos por ali e sabemos quem somos, não é verdade? Para os que não “apanharam” a dita, aqui fica uma amostra para aguçar a curiosidade. Quem quiser ler mais: www.slideshare.net/cafecarlos/jce-reportagem-dn-231102010?from=embed José Paulo Ribeiro

14


O filme Pleasantville fala sobre dois jovens irmãos que, enquanto “lutavam” pela posse do comando, se infiltraram acidentalmente numa série de televisão que passava na altura, denominada Pleasantville. Nessa série, não havia vícios, ódio nem outros pecados, isto é, era um mundo perfeito. O irmão era um espectador assíduo, ao contrário da irmã. Depois de estarem dentro da série televisiva, ficaram incrédulos e pasmados. Decidiram tentar adaptar-se àquele lugar, onde não havia cor, só preto e branco, onde tudo era perfeito e não havia lugar a mudança. A irmã era idolatrada por um rapaz e decidiu aproveitar-se dessa situação e ter relações sexuais com ele. O que ela desconhecia era que, ao fazê-lo, poderia modificar aquele mundo. Os outros jovens começaram a imitá-los e não tardou muito até as cores começarem a aparecer. O preto e branco tinha agora desaparecido, dando lugar a um mundo de cores nunca antes vistas. As pessoas experimentavam sensações desconhecidas até então, demonstrando raiva, tristeza e até vandalismo. Por cada nova descoberta, mais cores apareciam e as suas mentalidades alteravam-se cada vez mais. Algumas pessoas, inicialmente, não queriam que o seu mundo mudasse e discriminavam as outras que não eram a preto e branco, uma crítica à discriminação talvez e às mentalidades retrógradas. Passado algum tempo aceitaram esse facto e, quando os dois irmãos tiveram oportunidade de voltar ao mundo real, a irmã, que no início não gostava de estar lá, não quis regressar, acabando por ir apenas o irmão. Na minha opinião, este filme não deixa de ser um pouco utópico, visto que a história não corresponde a algo meramente possível. Penso que o filme tem uma história original e fora do comum, tendo algumas partes engraçadas e outras emotivas, e apesar de ser um filme original, tem mais características de entretenimento do que de conhecimento cultural. No fundo, aquilo que de mais importante podemos retirar da história é a crítica às sociedades recriminadoras, fazendo enaltecer a liberdade e o respeito à diferença entre cada cidadão. Os actores, na minha opinião, interpretam bem os seus papéis e o realizador tem mérito e foi perspicaz ao fazer este filme, uma vez que é necessário estar atento aos pormenores para os perceber totalmente. Os cenários são adequados e os efeitos especiais ao nível da imagem são apelativos. Para concluir, gostei bastante do filme e penso que deveria ter sido mais divulgado e publicitado na altura em que estreou, pois tem tudo para ser um grande sucesso.

Pedro Chaves (EBSA - 10ºB nº 27) Esta crítica ao filme Pleasantville (1998), de Gary Ross, resulta de uma actividade proposta pela Profª Casimira Faria no âmbito da disciplina de Português.

15


Can you match the summaries with the film pictures? 1. A young boy sometimes imagines he lives in a dark alternative world, populated with monsters, spirits and… Vincent Price. This is a short film by Tim Burton. 2. A very famous group of Gauls go to Egypt to help in building a palace to impress Caesar. But there are only three months to do this and a lot of problems to solve. Alain Chabat directed this French film. 3. In this Italian film Toto, a young boy, learns about life, love and cinema. And to help him in the way there is his friend Alfredo, a projectionist at a cinema. Giuseppe Tornatore directed it. 4. Stephen Daldry is the director of this story about an English boy who finds that he prefers dancing to boxing. In the process he realises the importance of friends, family and people who believe in us.

Shakespeare is famous for writing plays and poems. How much do you know about him? Circle the correct option in each sentence. 1.

He was born in 1564 / 1654 in Oxford / Stratford-upon-Avon.

2.

He married Anne Hathaway / Anne Boleyn and they had two / three children.

3.

Many famous Shakespeare plays, such as Romeo and Juliet, were performed on stage at the Globe Theatre / River Theatre.

4.

He died in 1616 / 1661. José Paulo Ribeiro

Key: Film Challenge – 1. Vincent; 2. Asterix & Obelix: Mission Cleopatra; 3. Nuovo Cinema Paradiso; 4. Billy Elliot Shakespeare Quiz – 1. 1564/Stratford-upon-Avon; 2. Anne Boleyn/three; 3. Globe Theatre; 4. 1616.

16


LO QUE SABES SOBRE LA CULTURA ESPAÑOLA… 1. España tiene una población total de aproximadamente… a) 70 millones b) 100 millones c) 40 millones d) 15 millones 2. En España se habla… a) castellano, catalán y gallego. b) francés, valenciano y castellano. c) catalán, euskera, vasco, castellano y gallego. d) gallego, catalán, castellano y vasco. 3. La mayoría de la población es… a) musulmana b) testigos de Jehová. c) católica. d) protestante. 4. La capital de España es (son)… a) Barcelona. b) Sevilla. c) Madrid. d) Barcelona y Madrid. 5. El rey de España se llama… a) Rey Juan Manuel I. b) Rey Francisco González. c) Rey Juan Carlos I. d) Rey Felipe III. 6. El Primer Ministro español se llama… a) José Luis Rodríguez Zapatero. b) José María Aznar. c) Antonio Cuevas. d) Anzoátegui.

7. Francisco Franco fue… a) Jugador de fútbol. b) Actor. c) Militar. d) Militar y Dictador. 8. Se habla castellano como lengua oficial en… a) México, Venezuela y Brasil. b) Chile, Argentina y Paraguay. c) Guyana, Bolivia y Uruguay. d) Surinam, República Dominicana y Perú. 9. Gaudí es… a) un famoso pintor español. b) un famoso arquitecto español. c) un famoso personaje de ficción español. d) nadie. 10. El Museo Picasso lo podemos encontrar en… a) Madrid. b) Barcelona. c) Salamanca. d) Granada. 11. La Paella es un plato típico de… a) Venezuela. b) Madrid. c) Valencia. d) Sevilla. 12. El día de la Hispanidad es el… a) 12 de octubre. b) 1 de mayo. c) 17 de abril. d) 31 de marzo. Miguel Melo Clave: 1-c; 2-d; 3-c; 4-c; 5-c; 6-a; 7-d; 8-b; 9-b; 10-b; 11-c; 12-a.

Welche Bilder und Filmtitel passen zueinander? 1. 2. 3. 4. 5.

Dracula Der weiße Hai Jurassic Park Harry Potter Batman

6. Indiana Jones 7. Titanic 8. Das Geisterschloss 9. Sieben 10.In 80 Tagen um die Welt

11. Der Hund von Baskerville 12. Hexen, Hexen 13. Dirty Dancing 14.Mein Freund- der Fuchs 15. Der Mörder trägt Handschuhe

Mónica Moreira

17


¿Si el día 12 de octubre ha sido un día de fiesta en EBSA? ¿Por qué? Bien… A ver… Sabes que el día 12 se conmemora la efeméride histórica del Descubrimiento de América en 1492 por parte de Cristóbal Colón. ¿Cómo celebrarlo? Los alumnos de Español hemos celebrado el día de la Hispanidad de múltiples formas. En la BiblioEBSA han estado expuestos, durante la semana, nuestros trabajos sobre personajes hispanohablantes bastante conocidas, los pintores de antaño y de ahora y otros sobre las comunidades. Profesora Aldina Ramos y el profesor de Español han leído algunos poemas y cuentos en la lengua de Cervantes (hasta la nueva historia de Caperucita Roja hemos escuchado). Y en las banderas de los países en los que se habla oficialmente el castellano estaban nuestras fotografías… ¡Qué chulo! Imagínate que hemos movido las caderas, bailando músicas latinas y qué bien que nos hemos salido… Y, para finalizar, nos hemos ido a comer… ¿Qué? Tortilla, ¡claro! ¿Día de fiesta? ¡Por supuesto que sí! ¡Hasta pronto! Los Alumnos de Español

Miguel Melo

Queda do Muro de Berlim “Albufeira. 9 de Novembro de 2010. Alunos de Alemão da Escola Dr. Francisco Cabrita assinalam a queda do Muro de Berlim.” Podia ser este o início de uma notícia de uma efeméride para a toda a comunidade escolar. Responsáveis: os alunos e os docentes de Alemão. Desde pesquisas sobre acontecimentos e relatos de época (apresentados no friso cronológico), a preparativos e montagem da exposição (em jeito de réplica mural), graffittis a mensagens dos alunos registadas, tudo isto aconteceu à entrada da nossa escola, subitamente transformada nas Portas de Bradenburg! Com entusiasmo e muita cor! A todos os intervenientes, desde elementos da CAP, professores colaboradores, alunos e auxiliares de educação, muito obrigado! “A exposiç~o sobre a queda do Muro de Berlim foi interessante e bem montada. :)” - Anastácia e Ananda – 8ºB “Penso que a ideia da exposiç~o sobre a queda do muro de Berlim foi boa e permitiu que, ao fazermos as pesquisas, aprendêssemos mais coisas relacionadas com a Alemanha e com o Muro de Berlim. Gostei bastante da ideia de podermos pintar e escrevermos o que quiséssemos na "amostra" do muro. Apreciei também a Porta de Bradenburg que estava muito bem feita. No geral foi uma boa exposiç~o.” - Joana Rocha, 9ºC

Mónica Moreira

18


Workshops com o Pintor Serguei Sergueev Serguei Sergueev nasceu em 1960 em Astracham, Rússia. Reside em Albufeira há oito anos e em 2006 abriu um estúdio em Ferreiras, onde realiza trabalhos por encomenda e dá aulas de pintura. Lecciona o curso de pintura de azulejos no “Clube do Avô”, organizado pela Autarquia de Albufeira.

19/10 Escola Dr. Francisco Cabrita 20/10 Escola E.B.1/JI da Correeira 21/10 Escola E.B.1/JI dos Caliços 22/10 Escola E.B.1/JI Vale Pedras

O Pintor Serguei Sergueev e um aluno a pintarem a tela que ficará exposta na Biblioteca da Escola Dr. Francisco Cabrita (em baixo, à esquerda) e o quadro que ficará no 1º ciclo (à direita). Maravilhoso!

VISITAS DAS TURMAS DO 5º ANO À BIBLIOTECA As turmas do 5º ano fizeram uma visita guiada à BE (Biblioteca Escolar) para conhecerem melhor o espaço, aprenderem a usá-lo e perceberem qual a sua importância no desenvolvimento do seu ensino/ aprendizagem.

Manda Um Postal... A Equipa da Biblioteca em colaboração com o Clube de Artes está a desenvolver uma actividade chamada «Manda um Postal». Escolhes o postal de que mais gostas, escreves e completas o desenho. Depois é só mandá-lo, colocando-o no marco do correio da Biblioteca. Nós fazemos o resto.

O Museu Zoológico Já Existe Estes animais embalsamados são o inicio do Museu Zoológico que vamos fazer na escola, o qual tem como objectivo o conhecimento e estudo dos animais existentes no Algarve. O museu teve como ponto de partida uma proposta do pintor Serguei Sergueev que também é veterinário e que também se dedica a embalsamar animais, procurando preservar o conhecimento da fauna algarvia para memória futura. De referir que estes animais foram embalsamados e oferecidos pelo pintor. A Biblioteca da Escola está a desenvolver esta iniciativa com o pintor Serguei Sergueev, com a colaboração do Departamento de Ciências Exactas. Está a decorrer uma exposição dos animais embalsamados na Biblioteca. Visita-a! Ivone Salgueiro

19


Dia Mundial do Não fumador Outro dia a assinalar: no dia 17 de Novembro assinalou-se o dia Mundial do não fumador. Os cigarros fazem mal à saúde porque contêm uma substantiva nociva, a nicotina. Existe uma lei que protege os cidadãos e faz com que os fumadores não possam fumar em sítios públicos e fechados, deixando, assim, de prejudicar aqueles que não fumam. Este sinal quer dizer que não se pode fumar. As pessoas que fumam devem evitar fazê-lo quando estão ao lado de algum não fumador, especialmente crianças. Joana Santos Melissa Pereira 5ºB

Imagem: http:/

www.queroparardefumar.com.br/glossario.asp?idglossario=35)

Desenvolvimentos das actividades durante o dia.

Projecção na biblioteca de diapositivos alusivos ao Dia Nacional do Não Fumador.

Lançamento dos balões no átrio da escola.

Comemoração do Dia Nacional do Não Fumador Realizou-se no passado dia 17 de Novembro no Agrupamento de Escolas de Albufeira, a comemoração do Dia Nacional do Não Fumador, com uma série de eventos organizados pelos gabinetes de Educação para a Saúde em parceria com a Escola Activa. Entre as várias actividades propostas, destaca-se a leitura nas turmas dos 10 mandamentos do controlo do tabagismo e a distribuição de material variado relativo à campanha de prevenção do tabagismo, actividade que contou com a colaboração da enfermeira da Saúde Escolar e da assistente social que integra os gabinetes. Além das actividades já referidas, ficou a cargo do Director de cada Turma a elaboração de um ou mais slogans, que foram escritos em balões e posteriormente lançados pelos ares de Albufeira, com grande adesão por parte dos alunos, num dos intervalos da manhã. Este foi ainda o dia escolhido, para a divulgação do concurso para criação de um cartaz alusivo ao Dia Mundial Sem Tabaco, que será comemorado dia 31 de Maio do próximo ano. A Equipa de Educação para a Saúde do Agrupamento

Campanha Laço Branco: pela eliminação da violência contra a mulher

25 de Novembro é o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Esta data marca o início da Campanha do Laço Branco que pretende alertar todas as pessoas para o problema da violência sobre a Mulher. O símbolo da Campanha é um laço branco e todos nós poderemos afirmar a nossa indignação perante esta forma de violência começando por enviar um laço branco virtual aos nossos amigos e familiares, através página electrónica oficial da campanha, acessível em www.whiteribbonday.org.au.

20


O corta mato escolar realizou-se com grande entusiasmo no dia vinte e dois de Novembro de dois mil e dez nas proximidades da escola. Por volta das nove horas e meia as raparigas juntaram-se no recreio para realizarem a prova feminina. Foi uma partida muito divertida e concorrida. As raparigas vencedoras ficaram muito contentes e regressaram às aulas pensando já no corta mato do próximo ano lectivo. Os rapazes foram de igual modo brilhantes!!! De cara rosada e suada entraram na sala de aulas sorridentes. As actividade escolares prosseguiram normalmente mas este evento ficou na memória de toda a comunidade escolar. Joana Santos nº12 e Melissa Cabrita nº19 - 5ºB

Participaram cerca de 230 alunos nesta actividade da coordenação do desporto escolar e do Projecto escola activa.

CLASSIFICAÇÃO Singulares Senhoras - Infantis A (2000) No dia 10 de Novembro, realizou-se um torneio de Badminton na Francisco Cabrita. Eis os resultados: CLASSIFICAÇÃO Singulares Homens - Infantis A (2000) NºJ

Nome

CLASSIFICAÇÃO Singulares Senhoras - Infantis B (1998/99) NºJ

Nome Mafalda Vicente (7B)

Ricardo Lourenço (5D)

Barbara Xabregas (7B)

Dinis Cunha (5D) Mário Camacho (5C)

Mariana Silva (6C) Leonor Abreu (6C)

Tomás Rodrigues (5D)

2º 3º

CLASSIFICAÇÃO Singulares Homens - Infantis B (1998/99) Nome

Marcos Andrade (7C)

Diogo Alves (6D)

Raphael Positello (7A) Rodrigo Santos (7E)

CLASSIFICAÇÃO Singulares Homens - Juvenis (1994/95) NºJ

Nome Vanessa Silva (5D)

NºJ

NºJ 1º

Nome

Rodrigo Baião (9C)

2º 3º

Gulherme Madeira (7B) Kledmilton Silva (7B)

CLASSIFICAÇÃO Singulares Senhoras - Iniciados (1996/97) NºJ Nome 1º Catarina Ludovina (9A) 2º Inês Carvalho (9C) Ana Catarina Vieira (9C) 3º Carla Santos (9C) CLASSIFICAÇÃO Singulares Homens - Iniciados (1996/97) NºJ Nome 1º Daniel Correia (9C) 2º Bruno Santos (7A) João Luís (8B) 3º Ruben Salgado (9A)

21


1-Qual é coisa, qual é ela, que é redonda como o Sol, tem mais raios do que uma trovoada e anda sempre aos pares? 2-Qual é coisa, qual é ela, que tem uma perna mais comprida que a outra e noite e dia anda sem parar?

3-Qual é coisa, qual é ela, que atravessa todas as portas sem nunca entrar nem por elas sair? 4-O que será, que será, que sendo preto ou branco, de noite é sempre pardo, escaldado, tem medo de água fria e dizem ter mais de oito vidas?

Laura Tintim, Joana Santos—5ºB

Na aula de Estudo Acompanhado do 6ºB, do dia 21 de Outubro, estivemos a trabalhar com o tangran. A professora Margarida Brazão contou-nos, com a ajuda de um powerpoint, uma das engraçadas origens deste puzzle matemático. Aproveitamos para registar fotograficamente muitas das criações obtidas pelos alunos, usando as sete peças do tangran. O tema seleccionado foi "construções animalescas", tendo sido cães e gatos os animais destacados. Uma das curiosidades foi saber que com este instrumento se podem produzir 1700 criações distintas. Gostaríamos de voltar a repetir aulas como esta!

1. 2. 3.

4.

Descobre as respostas para as quatro questões, depois de olhares com muita atenção para a imagem que se segue (à direita). No espaço designado pela alínea a), escreve qualquer coisa. Na alínea b), descobre qual a cruz maior e marcaa com traço. Na imagem da alínea c), o macaco está a pensar como deve fazer para saltar o muro, a fim de conseguir alcançar uma das bananas que a Palmeira dá. Como farias se fosses tu? Imagina que morreste. Que Caixão escolherias para ti?

Tomás Rodrigues, 5ºD SUDOKU

22

1-A roda da bicicleta. 2-O relógio. 3-A fechadura. 4-O gato

Adivinhas

Gafes em jornais… “MULHER NEGA TER-SE SUICIDADO” “A POLÍCIA NÃO ACREDITA NUM ATIRADOR QUE ALEGA NÃO ESTAR MORTO” “PRISIONEIROS ESCAPAM APÓS EXECUÇÃO” “LADRÕES ROUBAM 600 PÃES DE UMA CARRINHA VAZIA” “BOI ENRAIVECIDO FERE AGRICULTOR COM UM MACHADO” "A VÍTIMA FOI ESTRANGULADA A GOLPES DE FACÃO" "O VELHO REFORMADO, ANTES DE APERTAR O PESCOÇO DA MULHER ATÉ À MORTE, SE SUICIDOU." "O PRESIDENTE DE HONRA É UM JOVEM SEPTUAGENÁRIO DE 81 ANOS" "O CADÁVER FOI ENCONTRADO MORTO DENTRO DO CARRO" "QUATRO HECTARES DE TRIGO FORAM QUEIMADOS. EM PRINCÍPIO, TRATA-SE DE UM INCÊNDIO." Alunos que seleccionaram os títulos: Tomás Rodrigues; Diogo Romão, Bianca Martins; Vanessa Silva; e Cláudia Silva (Turma do 5.º D)


Jack Petchey 2010 A cerimónia de 2010 ocorreu no Hotel Montechoro no dia 22 de Outubro das 18:30h às 21:30h. Nesta cerimónia, os meninos premiados foram chamados ao palco para receberem uma medalha correspondente aos prémios de realização, assim como um adulto de cada instituição que recebeu o prémio de liderança que se traduz em dinheiro para ser gasto em qualquer coisa que possa ser útil para a escola. O grupo de dança do Desporto escolar da Escola EB 2.3 Dr. Francisco Cabrita actuou com uma dança preparada pela professora Dalila Soromenho, de início com uma música da novela Caminho das Índias e no fim com a música Feeling dos Dzrt. A este propósito, a escola foi felicitada pela fundação por terem considerado a “actuaç~o especial, com técnica e alegria”. Participaram 30 alunos de diversas turmas.

E, já agora, quem é Jack Petchey? “Jack Petchey nasceu em Julho de 1925 na |rea Este de Londres, em Inglaterra. Proveniente de um meio ambiente social pouco favorecido, tornou-se um empresário bem sucedido. Em 1945 no fim da Segunda Guerra Mundial, Jack Petchey deixou a Marinha e tornou-se empregado de escritório. O pessoal administrativo da firma disse-lhe: “Nunca ir|s ser um homem de negócios”. Mesmo assim este coment|rio desencorajante não o impediu de se tornar num dos mais bem sucedidos empresários da Grã-Bretanha! Embora muitos projectos de apoio tenham sido patrocinados nos últimos anos pelo Jack Petchey, só em 1999 foi criada uma Fundação, com o seu nome, para apoiar projectos. Jack Petchey foi nomeado como “ Oficial da Ordem do Império Brit}nico” (Order of Bristish Empire) nas Honras do Aniversário da Rainha, em Junho de 2004, por serviços prestados a gente jovem, em Londres e no Concelho de Essex, através da Fundaç~o Jack Petchey.”

Daniel Monteiro, Diogo Rosa — 5ºB

http://www.jackpetcheyfoundation.eu/index.php? option=com_content&task=view&id=23&Itemid=43

Da Escola Dr Francisco Cabrita foram distinguidos os seguintes alunos: Linlin Xu; Gonçalo Francisco Dias; Taynara Carvalho; Ruben Carvalho ; João Daniel Costa; Nicole Francisco ; João Pedro Correia e Scott Joe Harmon. Foram também atribuídos estes Prémios de Realização aos alunos: Tiago Gameiro; Gonçalo Esperança; Sandy Pereira; Gabriel Matos Silva; Tiago guerreiro; Andreia Contreiras; Eliane Rodrigues; Marlise Barradas e Lincoln Paes da Escola Básica e Secundária. Foram ainda homenageados os adultos que receberam o Prémio de Liderança do Ano, (da Escola Básica e Secundária, a Auxiliar Lurdes Fragoso e da Escola Dr. Francisco Cabrita o professor Emidio Teodósio). Os premiados vão aplicar o dinheiro do prémio a favor dos alunos. Assim sendo, a D. Lurdes contribuiu com todo o prémio para a compra do equipamento para a Rádio-Escola e o professor Emídio decidiu aplicar no arranjo de um forno para cozer barro e azulejo que se encontra na sala de EVT e para a compra de focos de luz para serem usados nas festas da Escola. Maria José Leote

21


E, já agora, aqui ficam os nomes dos alunos que pertencem ao quadro de valor e excelência de 2009/10 da Escola Dr. Francisco Cabrita: (para o próximo número divulgamos os correspondentes à EBSA) Quadro de Valor 5ºA David João Inácio, 5ºA 5ºB Vlada Valeriu Nani, Ana Sofia Damas Barnabé

5ºC 5ºD 5ºE 6ºA 6ºB 6ºC 6ºD 6ºE 7ºA 7ºB 7ºC 7ºE 8ºA 8ºB 8ºC

8ºD 9ºA 9ºB 9ºC 9ºD CEF5 CEF6

Quadro de Excelência David João Inácio Bruno Miguel Valentim Gameiro Lopes, Carlos André Gomez Pires, Iris Cristiana Ciobancan, Sebasatian Augusto da Graça Fernandez, Vlada Valeriu Nani Joana Lisa Malagueta Mota, Leonor da Leonor da Silva Abreu Silva Abreu Helena Sofia Diogo Faísca Helena Sofia Diogo Faísca, Miguel da Costa Loução Núria Sofia Ferreira Khan Iryna Valentinivna Budyakovska Marcos Daniel Mendes Andrade Cristiana Filipa Queimado Reis Bárbara Alves Xabregas, Cátia Isabel Guerreiro Filipe, Mafalda Cristina Pereira Vicente Miguel Alexandre R. Sobral ——Gonçalo Francisco Dias João Xavier Reis F. Gonçalves —Inês Barros da Silva, Cadi Candé Inês Barros da Silva Alexandra Andrade Santos, Patrícia Alexandra Andrade Santos, Patrícia Timofti, Raquel José Martins Bonifácio Timofti Vera Sofia Augusto dos Santos César Marco C. Loureiro César Marco C. Loureiro Catarina de Carvalho L. S. Ludovina, Rúben Filipe Lopes Costa Wei Dong Pan Inês Filipa Manuel Carapinha Ana Carolina Leote Godinho Ana Carolina Leote Godinho, Joana Filipa Lourenço Rocha, Carlos Miguel Atanásio Gabriel, Marta Lança Santos Stefanie Palma Guerreiro Taynara Teotónio de Carvalho Bárbara Inês Travessa Figueiredo, Rúben Miguel Dias Carvalho, Vânia Filipa da Silva Araújo Tiago Miguel Magro Espanhol Cristiana Malveiro Louro, Olesya Lychuk, Roselyne Virginie Lincoln Arthur Radons de Carvalho, Pintão Lougnon Roselyne Virginie Pintão Lougnon Rúben Nunes Prudêncio Anderson Patrício Teodoro Neto, Rúben Nunes Prudêncio Kathleem Anjos Martins

24

Agrupamento de Escolas de Albufeira E-mail: jornal.francisco.cabrita@gmail.com; escolaviva@ebsa.pt

A Equipa do Jornal agradece a todos os que colaboraram para este jornal! Com o apoio de:

Porta Aberta n.º 1  

Jornal Agrupamento Escolas de Albufeira

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you