Page 1


2013 3a Edição

Rio de Janeiro, 2013


Portfólio referencial de produtos e serviços 3a Edição Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC)

Presidente Antonio Oliveira Santos Vice-Presidentes 1º José Roberto Tadros; 2º Darci Piana; 3º José Arteiro da Silva, Abram Szajman, Adelmir Araújo Santana, Bruno Breithaupt, José Evaristo dos Santos, José Marconi Medeiros de Souza, Laércio José de Oliveira e Leandro Domingos Teixeira Pinto. Vice-Presidente Administrativo Josias Silva de Albuquerque. Vice-Presidente Financeiro Luiz Gil Siuffo Pereira. Diretores Alexandre Sampaio de Abreu, Antonio Airton Oliveira Dias, Antônio Osório, Carlos Fernando Amaral, Carlos Marx Tonini, Edison Ferreira de Araújo, Euclides Carli, Francisco Valdeci de Sousa Cavalcante, Hugo de Carvalho, Hugo Lima França, José Lino Sepulcri, Ladislao Pedroso Monte, Lázaro Luiz Gonzaga, Luiz Gastão Bittencourt da Silva, Marcelo Fernandes de Queiroz, Marco Aurélio Sprovieri Rodrigues, Pedro Jamil Nadaf, Raniery Araújo Coelho, Valdir Pietrobon, Wilton Malta de Almeida, Zildo De Marchi. Conselho Fiscal Arnaldo Soter Braga Cardoso, Lélio Vieira Carneiro e Valdemir Alves do Nascimento.

Brasília SBN Quadra 1 Bloco B nº 14, 15º ao 18º andar Edifício CNC CEP: 70041-902 PABX: (61) 3329-9500 | 3329-9501 E-mail: cncdf@cnc.org.br Rio de Janeiro Avenida General Justo, 307 CEP: 20021-130 Rio de Janeiro Tel.: (21) 3804-9200 Fax: (21) 2544-9279 E-mail: cncrj@cnc.org.br Fale conosco: parcerias@cnc.org.br Este Portfólio se encontra disponibilizado no site (http://www.cnc.org.br/portfolio) Departamento de Planejamento (Deplan) – Elaboração: Daniel Lopez, Luiz Bittencourt, Miguel Nicoletti, Rodrigo Wepster e Vitor Ribeiro Assessoria de Comunicação (Ascom) – Edição, ilustrações, capa e diagramação: Leonardo Rinaldi, Marcelo Vital e Elineth Campos (revisão)

C748p Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Portfólio referencial de produtos e serviços 2013 / Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. – 3. ed. - Rio de Janeiro : Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, 2013. Programa de Desenvolvimento Associativo 124 p. ; 21 cm. 1. CNC. Produtos e Serviços. 2. Programa de Desenvolvimento Associativo. I. Título. CDD 380.0981


Sumário Apresentação

5

1. Ação Social

6

2. Análise de Crédito

8

3. Asseio e Conservação

12

4. Assessorias

14

5. Banco de Talentos

18

6. Cartão Fidelidade

22

7. Central de Compras

24

8. Certificação de Origem

26

9. Certificação Digital

30

10. Certificado de Exclusividade

34

11. Comunicação

36

Divulgação (Revista, Jornal, Cartilha, Boletim, Calendário, Clipagem, Informativo, Agenda e Guias) Design Gráfico Revista Farmacêutica (Catálogo de Vendas) Promoção de Vendas

37 40 41 42

12. Conciliação e Arbitragem

44

13. Consultoria: Análise Mercadológica

46

1 4. Convênio com Concessionária ou Revendedora de Veículos

48

15. Convênios com Órgãos Públicos e Privados

50

16. Educação

52

Desenvolvimento Profissional Videoteca

17. Eventos Feira e Exposição Disponibilização de Espaços

53 58

60 61 63


18. Financeiro Linha de Crédito Serviço de Cobrança Descontos

19. Informática Acesso à Internet Softwares Sites

66 67 68 69

72 73 74 75

20. Lazer

76

21. Meio Ambiente

80

Coleta de Resíduos Análises Ambientais Incineração de Resíduos Farmacêuticos

81 82 83

22. Pesquisas do Comércio

84

23. Previdência Privada

88

24. Qualidade: Programas

90

25. Saúde

92

Atendimento Odontológico Medicina Ocupacional Planos de Saúde Clínicas e Profissionais da Saúde

93 95 97 100

26. Segurança Patrimonial

102

27. Seguros

104

Assistência Funeral Vida e Acidentes Pessoais Responsabilidade Civil Boletim de Ocorrência

28. Telefonia Telefonia Móvel

29. Guia de Implantação Simplificado

105 106 108 109

110 111

114


Apresentação Prestar serviços essenciais aos representados é uma das formas de que dispõem as entidades sindicais para atuar na defesa dos interesses da categoria. Além disso, permite a aproximação com as empresas e o aumento do número de associados, o que se reflete em representatividade e sustentabilidade financeira. Para tomar a decisão de implantar um novo produto ou serviço, é importante que uma entidade tenha ao seu dispor informações relevantes, o que motivou a CNC a lançar a primeira edição do Portfólio referencial de produtos e serviços, em 2011, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA), consolidando dados sobre o que sindicatos e federações do Sicomércio comercializam para os seus representados. Nesta terceira edição, que inclui informações adicionais encaminhadas em 2013, o Portfólio apresenta 45 opções de produtos e serviços, e traz como novidade uma metodologia simplificada, para auxiliar as entidades no processo de implantação de novos negócios, com ferramentas alinhadas ao Sistema de Excelência em Gestão Sindical (Segs). A elaboração e a atualização deste material só são possíveis pelas contribuições voluntárias das Federações e dos Sindicatos que, atendendo ao pedido da CNC, responderam pesquisa detalhando seus principais produtos e serviços que geram benefícios para as empresas representadas.

Boa leitura!

Antonio Oliveira Santos Presidente


Capítulo 01

Ação Social

6


Descrição

Ação Social

Ação Social Parcerias com entidades governamentais, Sesc, Senac e/ou com entidades privadas, objetivando a obtenção de espaços, equipamentos e exames médicos, alimentos e capacitações para disponibilização para necessitados.

Público-alvo Pessoas e famílias carentes, jovens em situação de risco, pequenos agricultores e creches.

01

Gestão e operacionalização A entidade sindical, junto com a Prefeitura e empresas terceirizadas, organiza e promove a distribuição de donativos: alimentos, remédios, equipamentos médicos, capacitações, etc. A divulgação é feita por meio de mídia impressa, TV, rádio, outdoor, e-mail, site, visitas às empresas, revistas especializadas, panfletos e reuniões.

Principais riscos •• Falta de apoio dos órgãos do governo; e •• Falta de apoio da diretoria da entidade.

Lucratividade Nenhuma.

Recomendações •• Realizar levantamento de necessidades para a definição de ações que atendam às expectativas do público-alvo.

Entidades sindicais de referência •• Sindicato do Comércio Varejista de Patos de Minas MG •• Sindicato dos Representantes Comerciais no Estado do Pará PA •• Sindicato do Comércio Varejista de Frutas e Verduras do Recife PE

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

7


Capítulo 02

Análise de Crédito

8


Comercialização de consultas de análise de crédito: Serasa Experian, Boa Vista Serviços (SCPC) e Check 10, com o fim de proporcionar ao

Análise de Crédito

Descrição

EM

Análise de Crédito

AQU I T PA RC ER IA

empresário maior segurança em seus negócios e transações comerciais.

Público-alvo Empresários.

02

Gestão e operacionalização A atuação da entidade sindical pode se dar:

•• Na divulgação do serviço aos empresários, recebendo

determinado percentual sobre as vendas efetivadas; ou

•• Na representação/distribuição do fornecedor das consultas,

assumindo todo o processo de venda e pós-venda, recebendo um determinado valor sobre as consultas realizadas pelo cliente final.

A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Possibilidade de os fornecedores (Serasa Experian, Boa Vista

Serviços (SCPC) e Check 10) rescindirem o contrato/convênio com a entidade sindical;

•• Inadimplência por parte dos clientes; e •• Dificuldade de posicionar o produto no mercado de atuação (em função do preço, da concorrência, etc.).

Lucratividade Variável, conforme o volume de clientes utilizando o serviço e/ou a margem de lucro definida pela entidade sindical.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

9


Análise de Crédito

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

•• Adotar política de análise de crédito de todos os clientes interessados; e •• Firmar contrato com o cliente final, no caso de atuação como distribuidor.

02

Entidades Sindicais de Referência SERASA EXPERIAN

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais MG

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Piauí PI •• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Juazeiro do Norte CE •• Sindicato Regional dos Empregadores Lojistas de Iguatu CE •• Sindicato do Comércio Varejista de Floriano PI •• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC Boa Vista Serviços

•• Federação do Comércio do Estado do Acre AC •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas AL

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá AP

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia BA •• Federação do Comércio do Estado do Ceará CE

10

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Estado do Espírito Santo ES

•• Federação do Comércio do Estado de Goiás GO •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais MG

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso MT

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco PE

•• Federação do Comércio do Paraná PR

A CNC tem parceria com a Boa Vista Serviços (SCPC) e com a Serasa Experian. Para mais informações, acesse www.cnc.org. br/servicos ou contate a Coordenação de Programas Externos (GPE/CNC).

(21) 3804-9200 Ramais: 333 e 468

Análise de Crédito

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do

02

parcerias@cnc.org.br

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio Grande do Norte RN

•• Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul RS

•• Sindicato do Comércio Varejista de Palmeira dos Índios AL •• Sindicato do Comércio Varejista de União dos Palmares AL •• Sindicato do Comércio Varejista de Novo Hamburgo RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS CHECK 10

•• Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção de Campo Grande MS

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

11


Capítulo 03

Asseio e Conservação

12


Descrição Lavagem de pisos e coberturas de lonas, pintura de barracas e muros.

Público-alvo

Asseio e Conservação

Asseio e Conservação

Postos revendedores de combustíveis associados.

Gestão e operacionalização

03

Em parceria com empresários e governos (municipal e estadual), são fornecidas lixeiras e uniformes aos feirantes, para higienização das feiras, a fim de oferecer melhores condições de trabalho aos feirantes, bem como melhor qualidade de produtos, serviços e ambiente aos usuários.

Principal Risco •• Falta de adesão ao produto.

Lucratividade Não se aplica.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados

existente e potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidade Sindical de Referência •• Sindicato do Comércio Varejista de Feirantes e de Frutas e Verduras, Flores e Plantas de Belém PA

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

13


CapĂ­tulo 04

Assessorias

14


Descrição

Assessorias

Assessorias Disponibilização de serviços de assessoria.

Público-alvo Associados e empresas pertencentes à categoria.

Gestão e operacionalização

04

Oferecimento de assessorias inerentes à representação sindical, assim como de assessorias administrativa, jurídica, contábil, comercial, fiscal e de informática. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes. Para se beneficiar do serviço, algumas entidades sindicais exigem do empresário a pontualidade no pagamento das contribuições.

Principais Riscos Não há.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados

existente e potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

•• Primar pela qualidade e pela confiabilidade das informações prestadas.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

15


Assessorias

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio do Estado do Ceará CE •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais MG

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco PE

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Roraima RR

04

•• Sindicato dos Representantes Comerciais no Estado de Alagoas AL •• Sindicato dos Corretores de Moda de Fortaleza e Região Metropolitana CE •• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza CE •• Sindicato dos Salões de Barbeiros e de Cabeleireiros, Institutos de Beleza e Similares de Fortaleza CE

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Materiais de Construção do Distrito Federal DF

•• Sindicato do Comércio Atacadista no Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Varejista de Açailândia MA •• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caxias MA •• Sindicato do Comércio Varejista de Juiz de Fora MG •• Sindicato do Comércio Varejista de Patos de Minas MG •• Sindicato dos Empregadores no Comércio de Nova Andradina MS •• Sindicato dos Representantes Comerciais do Estado de Mato Grosso do Sul MS

•• Sindicato do Comércio Varejista de Frutas e Verduras do Recife PE •• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caruaru PE

16

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Comerciais de Pernambuco PE

•• Sindicato das Empresas de Segurança e Vigilância no Estado do Paraná PR

Assessorias

•• Sindicato dos Representantes Comerciais e Empresas de Representações

•• Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Município do Rio de Janeiro RJ

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio do Município do Rio de Janeiro RJ •• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Roraima RR

04

•• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS •• Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul RS

•• Sindicato do Comércio Varejista de Joinville e Região SC •• Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado de Sergipe SE

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

17


CapĂ­tulo 05

Banco de Talentos

18


Descrição Cadastramento, recrutamento e seleção de profissionais especializados.

Banco de Talentos

Banco de Talentos

Público-alvo Empresas e escritórios de contabilidade.

Gestão e operacionalização

05

Manutenção de banco de dados contendo currículos de profissionais diversos, geralmente denominado Banco de Talentos. Mediante solicitação, os dados desses profissionais são disponibilizados para as empresas. Algumas entidades sindicais efetuam, também, a análise e a seleção dos profissionais, facilitando o processo de contratação pelo empregador. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Falta de mão de obra qualificada para suprir a demanda das empresas; •• Não atendimento às expectativas das empresas em relação à seleção dos profissionais; e

•• Suspensão ou cancelamento do processo de seleção.

Lucratividade Variável, podendo haver ou não cobrança do serviço pela entidade sindical.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar contrato com o cliente do serviço.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

19


Banco de Talentos

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração

de Imóveis e dos Condomínios de Edifícios Residenciais e Comerciais no Estado de Goiás GO

•• Sindicato do Comércio Atacadista no Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Varejista de Juiz de Fora MG 05

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caruaru PE •• Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Município do Rio de Janeiro RJ

•• Sindicato do Comércio Varejista de Novo Hamburgo RS •• Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul RS

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Santa Maria RS •• Sindicato Intermunicipal do Estabelecimentos de Educação Infantil do Estado do Rio Grande do Sul RS

20

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Banco de Talentos

05

Portf贸lio referencial de produtos e servi莽os Pda/Cnc

21


Capítulo 06

Cartão Fidelidade

22


Descrição Disponibilizar cartão de fidelidade para os associados, a fim de que estes possam obter descontos em diversos serviços e produtos.

Cartão Fidelidade

Cartão Fidelidade

Público-alvo Associados.

Gestão e operacionalização

06

Locação de espaços na entidade sindical, descontos em cursos do Sesc e do Senac, serviços de hotelaria, etc. são alguns dos benefícios disponibilizados para os associados, sendo a comercialização feita diretamente pela entidade sindical. Algumas entidades sindicais estipulam validade para o cartão fidelidade. Para se beneficiar do serviço, algumas entidades sindicais exigem do empresário a pontualidade no pagamento das contribuições.

Principais Riscos •• Inadimplência.

Lucratividade Não há.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso MT

•• Sindicato do Comércio Varejista de Gravataí RS Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

23


CapĂ­tulo 07

Central de Compras

24


Descrição Intermediação entre empresas fornecedoras de produtos e associados da entidade sindical para compra e negociação coletivas em grandes quantidades, com o objetivo de garantir menor preço.

Central de Compras

Central de Compras

Público-alvo Associados.

07

Gestão e operacionalização Promoção de reunião das empresas, a fim de formar uma rede de compras, com o objetivo de negociar grandes volumes de produtos, garantindo considerável desconto, podendo, assim, oferecer ao consumidor preços mais acessíveis.

Principal Risco •• Dificuldade de comercializar o produto em função dos preços da concorrência.

Lucratividade Variável.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados

existente e potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidade Sindical de Referência •• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

25


Capítulo 08

Certificação de Origem

26


Comercialização do Certificado de Origem, documento obrigatório que atesta oficialmente a origem da mercadoria do país exportador e garante a redução da alíquota do imposto de importação. Somente entidades autorizadas pelo Ministério do Desenvolvimento,

Certificação de Origem

Descrição

EM

Certificação de Origem

AQU I T PA RC ER IA

Indústria e Comércio Exterior (MDIC) podem emitir os Certificados.

Público-alvo

08

Empresas exportadoras.

Gestão e operacionalização Embora seja autorizada pelo MDIC a emitir Certificados de Origem para os países da Associação Latino-Americana de Integração (Aladi) e do Mercado Comum do Sul (Mercosul), a CNC delega essa atividade às Federações. Os clientes interessados em obter o Certificado devem proceder ao pedido, que pode ser presencial ou via internet. A documentação necessária deve ser apresentada na federação, para que haja a autenticação do Certificado. O pagamento do Certificado de Origem é efetuado no ato de sua emissão ou por meio de boleto bancário.

Principal Risco •• Erro de análise dos documentos pelo profissional da federação na emissão do Certificado.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

27


Certificação de Origem

Para mais informações sobre o Certificado de Origem, contate a Divisão Econômica/ CNC:

(21) 2544-9421 izisferreira@cnc.org.br ou jaymeperez@cnc.org.br

08

•• Ter profissionais qualificados para exercer a função de emissão do Certificado, considerando-se a especialização técnica requerida; e

•• Solicitar cópia da declaração de exportação e a fatura, a fim

de confrontar as informações com aquelas constantes do Certificado. Qualquer discrepância pode acarretar prejuízo ao próprio interessado no documento, que buscará ressarcimento com a federação.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas AL

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas AM

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia BA

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Espírito Santo ES

•• Federação do Comércio do Estado de Goiás GO •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais MG

•• Federação do Comércio do Estado do Pará PA •• Federação do Comércio do Paraná PR •• Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul RS

•• Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina SC •• Federação do Comércio do Estado de São Paulo SP

28

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Certificação de Origem

08

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

29


Capítulo 09

Certificação Digital

30


Comercialização de certificados digitais (emissão e validação). Também são comercializados tokens e/ou smartcards para armazenamento dos Certificados.

Certificação Digital

Descrição

EM

Certificação Digital

AQU I T PA RC ER IA

O Certificado Digital permite a efetivação de transações eletrônicas com segurança e pode ser utilizado em consultas e trâmites de informação em diversos segmentos da sociedade, como, por exemplo, Conectividade Social (FGTS), Sped Fiscal (Receita Federal), Declaração da Pessoa Jurídica (Receita Federal), emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), petições eletrônicas, transmissão de mensagens via e-mail, etc.

09

Público-alvo Empresas, empresários e seus funcionários.

Gestão e operacionalização A atuação da entidade sindical pode se dar:

•• Como Autoridade de Registro (AR), podendo criar Pontos de

Atendimento (PAs), a partir do credenciamento no Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), órgão do governo federal. A venda (emissão) do Certificado Digital é feita no site da entidade sindical, que redireciona para o site da empresa certificadora. As validações dos Certificados e a aquisição de mídias (tokens e smartcards) ocorrem nas entidades sindicais – devem ser presenciais, perante o agente de registro; ou

•• Por meio da indicação de clientes à Autoridade de Registro (AR), para comercialização dos produtos e serviços.

A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Dificuldade de posicionar o produto no mercado local; •• Possibilidade de a empresa certificadora não renovar o contrato com a entidade sindical;

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

31


Certificação Digital

09

A CNC firmou parceria com a Certisign para que as Federações tornem-se Autoridades de Registro (ARs) na venda de certificados digitais.

•• Dificuldade de acesso à entidade para realização do atendimento;

•• Erro do agente de registro na análise dos documentos apresentados pelos clientes; e

•• Inexistência de mídias em estoque para atender à demanda dos clientes.

Para mais informações, acesse www.cnc.org. br/serviços ou contate a Gerência de Programas Externos (GPE)/CNC: (21) 3804-9200 Ramais: 333 e 468 parcerias@cnc.org.br

Lucratividade Média de 25%.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados

existente e potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Divulgar ostensivamente os benefícios e utilidades da

certificação digital, principalmente para os empresários e profissionais liberais.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas AL

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas AM

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá AP

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia BA

•• Federação do Comércio do Estado do Ceará CE •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal DF

•• Federação do Comércio do Estado do Maranhão MA •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais MG

32

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


de Mato Grosso do Sul MS

•• Federação do Comércio do Estado do Pará PA •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Paraíba PB

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado

Certificação Digital

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado

de Pernambuco PE

•• Federação do Comércio do Paraná PR •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro RJ

09

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio Grande do Norte RN

•• Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul RS

•• Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina SC •• Federação do Comércio do Estado de Sergipe SE •• Federação do Comércio do Estado de São Paulo SP •• Sindicato do Comércio Varejista de Arapiraca AL •• Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Ribeira do Pombal e Região BA

•• Sindicato Regional dos Empregadores Lojistas de Iguatu CE •• Sindicato do Comércio Atacadista de Drogas e Medicamentos de São Luís MA

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Gêneros Alimentícios de São Luís MA

•• Sindicato do Comércio Varejista de Material Elétrico e Aparelhos Eletrodomésticos MA

•• Sindicato do Comércio Varejista de Patos de Minas MG •• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caruaru PE •• Sindicato dos Lojistas do Comércio do Município do Rio de Janeiro RJ

•• Sindicato do Comércio Varejista de Lajeado RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Novo Hamburgo RS

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

33


CapĂ­tulo 10

Certificado de Exclusividade

34


Descrição Fornecimento de certidão que atesta que a empresa solicitante é a única a comercializar determinado produto em um ou vários estados brasileiros ou em todo o território nacional, isentando-a de licitações.

Público-alvo Associados.

Gestão e operacionalização

Certificado de Exclusividade

Certificado de Exclusividade

10

Este serviço fica a critério da entidade interessada em contatar o sindicato que presta o serviço. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes. Para se beneficiar do serviço, a entidade sindical exige do empresário a pontualidade no pagamento das contribuições.

Principal Risco •• Emissão de certificado para empresa que não tem direito de exclusividade sobre a comercialização do produto/serviço.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados

existente e potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul MS

•• Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina SC •• Sindicato dos Representantes Comerciais do Estado de Mato Grosso do Sul MS

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

35


Capítulo 11

Comunicação

36


Comunicação

Divulgação (Revista, Jornal, Cartilha, Boletim, Calendário, Clipagem, Informativo, Agenda e Guias) Descrição Divulgação de informações institucionais ou de empresas em diversos tipos de materiais, como, por exemplo, revista, jornal, cartilha, boletim, calendário, clipagem, informativo, agenda, banner e guias, que podem ser comercializados ou não pelas entidades sindicais.

Público-alvo

11

Empresários, profissionais autônomos e pessoas físicas em geral.

Gestão e operacionalização Venda e/ou cessão de espaços em publicações, no site e/ou na agenda personalizada com a logomarca do sindicato para anúncios de ações, informações, indicadores, serviços, atividades, pesquisas, etc. de empresas. O tipo de anúncio, o tamanho, o preço, a frequência de publicação e outras condições comerciais variam conforme o contrato firmado entre a entidade sindical e o cliente. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes. Para se beneficiar do serviço, algumas entidades sindicais exigem do empresário a pontualidade no pagamento das contribuições.

Principais Riscos •• Atraso na distribuição do material; •• Inexistência de clientes interessados, o que vai requerer da entidade sindical o preenchimento dos espaços com outras informações; e

•• Não atendimento às necessidades do público-alvo com as informações publicadas.

Lucratividade Variável, conforme a política de precificação de cada entidade sindical.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

37


Comunicação

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada;

•• Adotar política de análise de crédito de todos os clientes interessados; e •• Firmar contrato com o cliente do serviço.

11

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas AL

•• Federação do Comércio do Estado do Ceará CE •• Federação do Comércio do Estado do Maranhão MA •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais MG

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul MS

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso

MT

•• Federação do Comércio do Estado do Pará PA •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Piauí PI •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio Grande do Norte RN

•• Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares •• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Materiais de Construção do Distrito Federal DF

•• Sindicato do Comércio Varejista de Juiz de Fora MG

38

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


•• Sindicato do Comércio Varejista de Uberaba MG •• Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção de Campo Grande MS

Comunicação

•• Sindicato do Comércio Varejista de Patos de Minas MG

•• Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção e Elétricos, Vidros, Louças, Tintas, Ferragens, Maquinismos, Mármores, Granitos e Gesso de Belém e Ananindeua PA

•• Sindicato dos Representantes Comerciais no Estado do Pará PA •• Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Campina

11

Grande PB

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caruaru PE •• Sindicato dos Lojistas do Comércio do Município do Rio de Janeiro RJ •• Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Porto Alegre RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Bagé RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Santa Cruz do Sul RS •• Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul RS

•• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração

de Imóveis e dos Edifícios em Condomínios Residenciais e Comerciais – Região Florianópolis/Tubarão SC

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Itajaí SC •• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

39


Comunicação

Design Gráfico Descrição Criação de layout que contempla pacote definido de peças gráficas.

Público-alvo Associados da entidade sindical.

Gestão e operacionalização 11

Elaboração de um pacote de peças definidas em conjunto com o associado, que pode conter: criação e redesign de marcas, fôlderes, flyers, e-mails marketing, cardápios, papelarias institucionais, sinalização e outros. A impressão do material criado é de responsabilidade do associado. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Não cumprimento de prazos; •• Não remetimento das peças gráficas à identidade do negócio; e •• Não atendimento às expectativas do cliente.

Lucratividade O serviço pode ser gratuito ou precificado (cobrado). No caso de gratuidade, o retorno do investimento é obtido pela aproximação da entidade sindical com os empresários que representa, o que, consequentemente, aumenta o número de associados.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar contrato com o cliente do serviço.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Roraima RR

•• Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Município do Rio de Janeiro RJ

40

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Descrição Comercialização de publicação contendo lista de preços dos medicamentos.

Comunicação

Revista Farmacêutica (Catálogo de Vendas)

Público-alvo Proprietários de farmácias.

Gestão e operacionalização Estabelecimento de convênio com editora para publicação de listagem de medicamentos e sua distribuição para as farmácias. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e

11

visitas aos clientes.

Principal Risco •• Distribuição gratuita de revistas pela concorrência.

Lucratividade Há uma lucratividade de 20%.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar parceria com editora.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Alagoas AL

•• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Goiás GO

•• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos no Estado do Pará PA

•• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado do Rio Grande do Norte RN

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

41


Comunicação

Promoção de Vendas Descrição Promoção de campanha de vendas com o objetivo de fortalecer a marca da entidade sindical, incentivando o comércio local, com desenvolvimento de material gráfico (gratuito ou não).

Público-alvo 11

Empresários.

Gestão e operacionalização Elaboração de projeto de campanha, com sorteio de brindes e premiação por desempenho, bem como entrega aos associados de material gráfico, gratuitamente ou não. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes. Para se beneficiar do serviço, algumas entidades sindicais exigem do empresário a pontualidade no pagamento das contribuições.

Principal Risco •• Baixa adesão ao serviço.

Lucratividade Gratuito ou variável, conforme a política de precificação de cada entidade sindical.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

42

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


•• Sindicato do Comércio Varejista de Arapiraca AL

Comunicação

Entidades Sindicais de Referência

•• Sindicato do Comércio Varejista de Açailândia MA •• Sindicato Intermunicipal do Comércio de Tecidos, Confecções e Armarinhos de Mato Grosso MT

•• Sindicato do Comércio Varejista de Camaquã RS •• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre RS

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

11

43


Capítulo 12

Conciliação e Arbitragem

44


Descrição Auxílio na resolução de conflitos relativos a relações de trabalho e direito patrimonial, de forma extrajudicial, entre empregadores e empregados, possibilitando solucionar os problemas de modo ágil, sigiloso, eficaz e com baixos custos, o que, muitas vezes, é mais econômico que o processo judicial.

Público-alvo

Conciliação e Arbitragem

Conciliação e Arbitragem

Empresas associadas e colaboradores.

Gestão e operacionalização

12

O serviço é oferecido na sede da entidade sindical ou em local específico para essa finalidade. É necessário firmar parceria com o sindicato dos empregados da categoria. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco •• Falta de adesão ao serviço.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Paraíba PB

•• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e

Administração de Imóveis e dos Condomínios de Edifícios Residenciais e Comerciais no Estado de Goiás GO

•• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

45


Capítulo 13

Consultoria: Análise Mercadológica

46


Descrição Disponibilização de informações e capacitação para identificar oportunidades de negócios.

Público-alvo Associados.

Consultoria: Análise Mercadológica

Consultoria: Análise Mercadológica

Gestão e operacionalização Disponibilização, por meio de parceria com o Sebrae, de informações que fomentem oportunidades de negócio para os associados. São realizadas consultorias para capacitação na área de marketing, racionalização de custos, processos de vendas e logística voltados para o segmento de atuação. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes. Para se beneficiar do serviço, algumas entidades sindicais exigem do empresário a

13

pontualidade no pagamento das contribuições.

Principal Risco •• Falta de adesão ao produto.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas AL •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso

MT

•• Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares •• Sindicato do Comércio Varejista de Arapiraca AL •• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato dos Salões de Barbeiros e de Cabeleireiros, Institutos de Beleza e Similares de Fortaleza CE

•• Sindicato do Comércio Varejista de Frutas e Verduras do Recife PE Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

47


Capítulo 14

Convênio com Concessionária ou Revendedora de Veículos

48


Descrição Oferecimento de desconto para aquisição de veículos diretamente da fábrica ou de lojas revendedoras de veículos.

Público-alvo

Convênio com Concessionária ou Revendedora de Veículos

Convênio com Concessionária ou Revendedora de Veículos

Empresários associados.

Gestão e operacionalização

14

A partir da apresentação da carteira de associado (dentro da validade) e/ou de autorização da entidade sindical em concessionárias ou revendedoras, o associado obtém descontos variados aplicados no preço de tabela, dependendo do modelo do veículo. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos Não há.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Prever contrato entre a empresa fornecedora e o cliente do serviço.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato dos Corretores de Seguros e Capitalização no Estado de Goiás GO

•• Sindicato dos Representantes Comerciais e Empresas de Representações Comerciais de Pernambuco PE

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

49


Capítulo 15

Convênios com Órgãos Públicos e Privados

50


Descrição Disponibilização de serviços prestados por órgãos públicos e privados.

Público-alvo Associados.

Gestão e operacionalização Por meio de parcerias firmadas pela entidade sindical, os associados obtêm

Convênios com Orgãos Públicos e Privados

Convênios com Órgãos Públicos e Privados

certidões, informações, atualização de cadastros em cartórios, Detran, prefeituras, conselhos regionais, Anvisa, entre outros.

15

Principais Riscos •• Dificuldade de comercializar o produto, em função dos preços da concorrência; e

•• Eventuais falhas no sistema operacional.

Lucratividade Variável.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Estabelecer bom relacionamento político com os órgãos públicos e privados, a fim de manter a parceria.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio Varejista de Araxá MG •• Sindicato do Comércio de Vendedores Ambulantes de Santarém PA •• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

51


Capítulo 16

Educação

52


Descrição

Educação

Desenvolvimento Profissional Oferta de cursos, treinamentos e palestras diversas, que podem ser coordenadas pela própria entidade sindical ou por empresas especializadas.

Público-alvo Empresários e pessoas físicas, variando conforme o conteúdo do curso.

Gestão e operacionalização

16

Promoção de cursos, treinamentos e palestras. As turmas podem ser mistas (participantes diversos), ou os cursos podem ser realizados in company (treinamento específico para funcionários de uma mesma empresa). A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Alguns exemplos de cursos, treinamentos e palestras: •• cursos para imobiliárias e condomínios; •• capacitação profissional para atacadistas; •• capacitação profissional nas áreas de gestão de negócios, hospedagem e alimentação;

•• ciclo de palestras e oficinas para o setor óptico; •• capacitação profissional para atendentes de drogarias e farmácias; •• capacitação profissional para o comércio varejista de materiais de construção: vendas, atendimento, gestão de estoque, recursos humanos, contabilidade, licitação, segurança do trabalho, desenvolvimento de equipes e operador de empilhadeira;

•• formação empreendedora com qualificação para o mercado de trabalho; •• liderança, marketing pessoal, desenvolvimento de competências e capacitação para tomada de decisões; e

•• cursos nas áreas tributária, fiscal, financeira, administrativa, de saúde, de gestão e de vendas.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

53


Educação

Por meio de convênios específicos, algumas entidades sindicais oferecem descontos em: •• ensino médio; •• ensino fundamental; •• cursos de graduação; •• cursos de pós-graduação; •• cursos de informática; e

16

•• cursos de idiomas.

Principais Riscos •• Possibilidade de a empresa que coordena o curso e/ou palestra rescindir o contrato com a entidade sindical;

•• Realização de cursos e/ou palestras em datas próximas de outros eventos com conteúdo e público-alvo semelhantes;

•• Não atendimento às expectativas dos participantes em relação aos

professores, palestrantes e/ou consultores (falta de conhecimento, falta de didática);

•• Não atendimento às expectativas dos participantes em relação aos

conteúdos apresentados (desatualização das informações transmitidas, determinação incorreta do público-alvo);

•• Inadequação da estrutura física; e •• Falta de quórum para a realização do curso e/ou palestra.

Lucratividade Variável.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada;

54

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


atendam às expectativas do público-alvo;

•• Adequar as datas de realização dos cursos e/ou palestras ao calendário de

Educação

•• Realizar levantamento de necessidades, para a definição de conteúdos que

eventos regionais e nacionais; e

•• Firmar contrato com o cliente do serviço.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio do Estado do Ceará CE •• Federação do Comércio do Estado do Maranhão MA

16

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais MG

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul MS

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso MT

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco PE

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Roraima RR

•• Sindicato dos Representantes Comerciais no Estado de Alagoas AL •• Sindicato do Comércio de Irecê e Região BA •• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal DF

•• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração

de Imóveis e dos Condomínios de Edifícios Residenciais e Comerciais no Estado de Goiás GO

•• Sindicato do Comércio Atacadista no Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Varejista de Carnes Frescas no Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Varejista de Material de Construção, Louças, Tintas, Ferragens e Ferramentas Manuais, Produtos Metalúrgicos,

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

55


Educação

Madeiras e Compensados, Materiais Elétricos e Hidráulicos, Pisos e Revestimentos, Tubos, Conexões, Vidros e Maquinismos para Construção no Estado de Goiás GO

•• Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Atacadista de Drogas e Medicamentos de São Luís MA

•• Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Atacadista de Drogas e Medicamentos de São Luís MA

16

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Gêneros Alimentícios de São Luís MA •• Sindicato do Comércio Varejista de Açailândia MA •• Sindicato do Comércio Varejista de Imperatriz MA •• Sindicato do Comércio Varejista de Material Elétrico e Aparelhos Eletrodomésticos de São Luís MA

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caxias MA •• Sindicato do Comércio Varejista de Juiz de Fora MG •• Sindicato do Comércio Varejista de Patos de Minas MG •• Sindicato do Comércio Varejista de Aquidauana MS •• Sindicato dos Empregadores no Comércio de Nova Andradina MS •• Sindicato do Comércio de Ópticas do Estado de Mato Grosso MT •• Sindicato do Comércio Varejista De Tangará da Serra MT •• Sindicato do Comércio de Vendedores Ambulantes de Santarém PA •• Sindicato do Comércio Varejista de Feirantes e de Frutas e Verduras, Flores e Plantas de Belém PA

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caruaru PE •• Sindicato das Empresas de Segurança e Vigilância no Estado do Paraná PR •• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado do Rio Grande do Norte RN

•• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis em Condomínios Residenciais e Comerciais do Estado de Roraima RR

56

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


do Estado de Roraima RR

•• Sindicato do Comércio de Hotéis, Restaurantes e Bares do Estado de

Educação

•• Sindicato do Comércio de Bens e Serviços Tecnológicos de Informática

Roraima RR

•• Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do Estado de Roraima RR

•• Sindicato do Comércio Varejista de Maquinismo, Ferragens, Tintas e Materiais de Construção do Estado de Roraima RR

•• Sindicato do Comércio Varejista de Peças e Acessórios para Veículos do Estado de Roraima RR

16

•• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Roraima RR

•• Sindicato do Comércio Varejista de Veículos do Estado de Roraima RR •• Sindicato dos Barbeiros, Cabeleireiros e Institutos de Beleza para Homens e Mulheres do Estado de Roraima RR

•• Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços Funerários do Estado de Roraima RR

•• Sindicato dos Fotógrafos Profissionais Autônomos do Estado de Roraima RR •• Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado de Roraima RR •• Sindicato dos Representantes Comerciais Autônomos e Empresas de Representação do Estado de Roraima RR

•• Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Foz do Iguaçu RS •• Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Porto Alegre RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Bagé RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Lagoa Vermelha RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Novo Hamburgo RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS •• Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

57


Educação

Videoteca Descrição Oferta de cursos, treinamentos e palestras diversas por meio de um acervo de vídeos em DVD focados na área empresarial e coordenados pela própria entidade sindical.

Público-alvo Empresários e funcionários, variando conforme o conteúdo do curso.

16

Gestão e operacionalização A entidade disponibiliza, em sua sede, uma videoteca com vídeos de cursos, treinamentos, negociação, liderança, motivação e palestras diversas, com resultado imediato.

Principais Riscos •• Falta de recursos para adquirir novos títulos; •• Não atendimento às expectativas dos participantes com relação aos títulos oferecidos; e

•• Falta de estrutura física.

Lucratividade Variável.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada;

•• Realizar levantamento de necessidades para a definição de conteúdos que atendam às expectativas do público-alvo; e

•• Manter a videoteca sempre com novos títulos.

58

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


•• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS

Educação

Entidade Sindical de Referência

16

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

59


CapĂ­tulo 17

Eventos

60


Descrição

Eventos

Feira e Exposição Organização de feiras e exposições de produtos e segmentos específicos, nas quais é feita a divulgação de tendências e novidades, bem como são estabelecidas relações comerciais.

Público-alvo Fornecedores, revendedores e consumidores em geral.

17

Gestão e operacionalização Organização e promoção, em conjunto com empresas terceirizadas, de eventos para o público-alvo. Pode haver, também, a comercialização dos espaços para montagem de stands. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Ausência de público; •• Não comercialização dos stands; e •• Baixo índice de relações comerciais estabelecidas no evento.

Lucratividade Variável.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada;

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

61


Eventos

•• Realizar levantamento de necessidades, para a definição de temas que atendam às expectativas do público-alvo; e

•• Adequar as datas de realização das feiras e exposições ao calendário de eventos regionais e nacionais.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul MS

17

•• Federação do Comércio do Estado do Pará PA •• Sindicato das Empresas Organizadoras de Eventos e Afins do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio Varejista de Patos de Minas MG •• Sindicato do Comércio de Ópticas do Estado de Mato Grosso MT •• Sindicato Intermunicipal do Comércio de Tecidos, Confecções e Armarinhos de Mato Grosso MT

•• Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção e Elétricos, Vidros, Louças, Tintas, Ferragens, Maquinismos, Mármores, Granitos e Gesso de Belém e Ananindeua PA

•• Sindicato do Comércio Varejista de Lagoa Vermelha RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Nova Prata RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Novo Hamburgo RS •• Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul RS

•• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC

62

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Descrição

Eventos

Disponibilização de Espaços Disponibilização de auditório, sala de reunião e/ou salão de festas para realização de eventos, palestras, cursos e/ou confraternizações.

Público-alvo Empresas em geral.

Gestão e operacionalização

17

Cessão ou aluguel de espaços para realização de eventos. Os espaços podem ter tamanhos, plantas baixas e capacidade de acomodação variados. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco •• Dano ao patrimônio.

Lucratividade Variável, embora existam entidades sindicais que oferecem gratuitamente aos seus associados os espaços disponíveis.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada;

•• Assegurar-se de que os ambientes são equipados com ar-condicionado ou ventiladores, mobiliário e recursos audiovisuais adequados à realização de eventos; e

•• Firmar contrato com a empresa cliente.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

63


Eventos

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Roraima RR

•• Sindicato do Comércio Varejista de Arapiraca AL •• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Materiais de Construção do Distrito Federal DF

17

•• Sindicato do Comércio Atacadista no Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Goiás GO

•• Sindicato do Comércio Varejista de Açailândia MA •• Sindicato do Comércio Varejista de Juiz de Fora MG •• Sindicato do Comércio Varejista de Patos de Minas MG •• Sindicato dos Representantes Comerciais do Estado de Mato Grosso do Sul MS •• Sindicato do Comércio Varejista de Bagé RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Lajeado RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Joinville e Região SC •• Sindicato Regional das Empresas de Representação Comercial e dos Representantes Comerciais Autônomos SC

64

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Eventos

17

Portf贸lio referencial de produtos e servi莽os Pda/Cnc

65


CapĂ­tulo 18

Financeiro

66


Descrição

Financeiro

Linha de Crédito Disponibilização de linha de crédito com condições diferenciadas em relação ao mercado.

Público-alvo Empresários.

Gestão e operacionalização Estabelecimento de convênio com financeira, que disponibiliza o acesso ao crédito com condições especiais para os empresários indicados.

18

A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco •• Possibilidade de a financeira rescindir o contrato com a entidade sindical.

Lucratividade Variável, conforme o convênio firmado entre a financeira e a entidade sindical.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e potencial,

bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar contrato com a financeira.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais MG •• Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção de Campo Grande MS •• Sindicato do Comércio Varejista de Feirantes e de Frutas e Verduras, Flores e Plantas de Belém PA

•• Sindicato do Comércio Varejista de Frutas e Verduras do Recife PE •• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS •• Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul RS Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

67


Financeiro

Serviço de Cobrança •• Descrição Cobrança de dívidas e renegociação, com o objetivo de reduzir a inadimplência sem acionar a justiça.

Público-alvo Associados.

18

Gestão e operacionalização Estabelecimento de parceria com escritório especializado na cobrança de dívidas e renegociação. O valor do serviço é acrescido na ação do inadimplente e pago somente quando o credor recebe. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco •• O inadimplente não fechar acordo.

Lucratividade Variável.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de

Imóveis e dos Condomínios de Edifícios Residenciais e Comerciais no Estado de Goiás GO

•• Sindicato dos Despachantes no Estado de Mato Grosso do Sul MS •• Sindicato do Comércio Varejista de Frutas e Verduras do Recife PE •• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS

68

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Descrição

Financeiro

Descontos Oferecimento de descontos em diversos produtos e serviços por meio de parcerias.

Público-alvo Associados.

Gestão e operacionalização

18

Estabelecimento de parcerias para oferecimento de redução da taxa de ICMS, descontos em estacionamentos, farmácias, postos de combustíveis, cartão-refeição e/ ou alimentação, óticas, etc. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes. Para se beneficiar do serviço, algumas entidades sindicais exigem do empresário a pontualidade no pagamento das contribuições.

Principal Risco •• Insatisfação do cliente.

Lucratividade Variável.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

69


Financeiro

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul MS

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso

MT

•• Sindicato dos Representantes Comerciais no Estado de Alagoas AL •• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

18

•• Sindicato dos Salões de Barbeiros e de Cabeleireiros, Institutos de Beleza e Similares de Fortaleza CE

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Drogas e Medicamentos de São Luís MA

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caxias MA •• Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção de Campo Grande MS

•• Sindicato dos Empregadores no Comércio de Nova Andradina MS •• Sindicato das Empresas de Segurança e Vigilância no Estado do Paraná PR

•• Sindicato do Comércio Varejista de Bagé RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Lajeado RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Veículos e de Peças e Acessórios para Veículos no Estado do Rio Grande do Sul RS

•• Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul RS

70

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Financeiro

18

Portf贸lio referencial de produtos e servi莽os Pda/Cnc

71


Capítulo 19

Informática

72


Descrição Disponibilização de acesso à internet.

Informática

Acesso à Internet

Público-alvo Empresários e profissionais autônomos.

Gestão e operacionalização Disponibilização de computador (com ou sem impressora) e de profissional para prestar atendimento aos usuários no acesso à internet para envio e recebimento de

19

e-mails, bem como para a realização de consultas diversas. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Problemas com o computador; •• Lentidão no acesso à internet; e •• Queda de energia.

Lucratividade Variável.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Manter antivírus e antispam atualizados.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato dos Representantes Comerciais no Estado de Alagoas AL •• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caxias MA

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

73


Informática

Softwares Descrição Disponibilização de softwares de gestão.

Público-alvo Associados.

19

Gestão e operacionalização Estabelecimento de convênios com empresas especializadas para aquisição de softwares de gerenciamento de escritórios, despachantes, corretoras de seguros, com treinamento de operacionalidade, manutenção e suporte técnico e preços diferenciados em relação ao mercado. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco Não atendimento às expectativas dos associados.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares •• Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul RS

74

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Descrição Disponibilização de sites.

Informática

Sites

Público-alvo Associados.

Gestão e operacionalização Estabelecimento de convênio com empresas especializadas para estruturação

19

de sistemas gerenciais de internet para páginas institucionais e para comércio eletrônico, com preços diferenciados em relação ao mercado. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Não atendimento às expectativas dos associados; e •• Possibilidade de os fornecedores rescindirem o contrato com a entidade sindical.

Lucratividade Variável.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados

existente e potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares •• Sindicato do Comércio Varejista de Juiz de Fora MG •• Sindicato do Comércio Varejista de Teresina PI

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

75


CapĂ­tulo 20

Lazer

76


Lazer

Lazer Descrição Disponibilização de áreas de lazer.

Público-alvo Associados.

Gestão e operacionalização A partir de preenchimento de ficha de adesão, a entidade sindical disponibiliza

20

acesso a áreas de lazer para recreação, realização de festas, esporte, relacionamento social e entretenimento. Para tanto, algumas entidades sindicais firmam parceria com o Sesc regional. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes. Para se beneficiar do serviço, algumas entidades sindicais exigem do empresário a pontualidade no pagamento das contribuições.

Principais Riscos •• Falta de adesão ao produto; e •• Inadimplência.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

77


Lazer

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Roraima RR

•• Sindicato dos Representantes Comerciais no Estado de Alagoas AL •• Sindicato do Comércio Varejista de Frutas e Verduras de Fortaleza CE •• Sindicato do Comércio Varejista de Carnes Frescas no Estado de Goiás GO

20

•• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Goiás GO

•• Sindicato do Comércio Varejista De Tangará da Serra MT •• Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção e Elétricos, Vidros, Louças, Tintas, Ferragens, Maquinismos, Mármores, Granitos e Gesso de Belém e Ananindeua PA

•• Sindicato dos Representantes Comerciais de Aracaju SE

78

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Lazer

20

Portf贸lio referencial de produtos e servi莽os Pda/Cnc

79


CapĂ­tulo 21

Meio Ambiente

80


Descrição Programa de Coleta Seletiva de Resíduos, adaptado à legislação, que inclui a limpeza dos sistemas de tratamento de efluentes e a destinação para reciclagem

Meio Ambiente

Coleta de Resíduos

das embalagens de óleos lubrificantes usadas. Coleta de óleo de cozinha em bobinas por empresa especializada.

Público-alvo Postos revendedores de combustíveis, restaurantes, bares, etc.

21

Gestão e operacionalização Estabelecimento de parceria com empresa especializada, para coleta de resíduos nos postos de combustíveis e para a destinação correta destes, observando-se as conformidades técnicas e legais. O associado coleta o óleo de cozinha, e esse resíduo é vendido. O valor arrecadado é revertido em uma ação social a uma entidade carente. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco •• Não cumprimento de determinados termos do contrato por parte do fornecedor.

Lucratividade Média de 8%.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada;

•• Realizar controle e acompanhamento por meio de indicadores; e •• Firmar parceria com o fornecedor do serviço.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Campina Grande PB •• Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Campinas SP

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

81


Meio Ambiente

Análises Ambientais Descrição Análises ambientais de ar, água e solo dos postos de combustíveis.

Público-alvo Postos revendedores de combustíveis em geral.

Gestão e operacionalização 21

Estabelecimento de parceria com empresa especializada, para oferecimento e comercialização do serviço. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Quebra de equipamentos do fornecedor; e •• Falta de mão de obra qualificada para prestar o serviço.

Lucratividade Média de 24%.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar contrato com o fornecedor do serviço.

Entidade Sindical de Referência •• Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Derivados de Petróleo e Lojas de Conveniência do Estado do Paraná PR

82

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Descrição Incineração dos resíduos (medicamentos) do Grupo B, uma vez que, segundo

Meio Ambiente

Incineração de Resíduos Farmacêuticos

a Anvisa, drogarias e farmácias devem dar destino final aos resíduos.

Público-alvo Drogarias e farmácias.

Gestão e operacionalização

21

Estabelecimento de parceria com empresa especializada, para recebimento dos resíduos e encaminhamento para incineração. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes. Pode ser realizada, também, pelo próprio órgão fiscalizador, que informa a prestação do serviço pelo sindicato. Para se beneficiar do serviço, a entidade sindical exige do empresário a pontualidade no pagamento das contribuições.

Principal Risco •• Furto dos resíduos.

Lucratividade Gratuito.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidade Sindical de Referência •• Sindicato do Comercio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Goiás GO

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

83


Capítulo 22

Pesquisas do Comércio

84


Descrição Realização de pesquisas diversas relacionadas ao setor terciário da economia.

Público-alvo

Pesquisas do Comércio

Pesquisas do Comércio

Empresários, profissionais autônomos e população em geral.

Gestão e operacionalização

22

Realização, por meio dos institutos de pesquisa das entidades sindicais ou de convênios, de pesquisas diversas, tais como:

•• Pesquisa Conjuntural do Comércio; •• Pesquisa Sazonal de Intenção de Compra; •• Pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias; •• Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor; e •• Pesquisa de Confiança e Intenção de Compra do Consumidor. A Pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias e a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor são realizadas em parceria com a Divisão Econômica da CNC, que disponibiliza metodologia e recebe os dados para compor os índices em nível nacional. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco •• Possibilidade de a empresa que coordena a pesquisa rescindir o contrato com a entidade sindical.

Lucratividade Não informada.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

85


Pesquisas do Comércio

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Ter uma assessoria de comunicação que ofereça suporte à divulgação da pesquisa na mídia.

Entidades Sindicais de Referência 22

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas AL

•• Federação do Comércio do Estado do Ceará CE •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais MG

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco PE

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio Grande do Norte RN

•• Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina SC •• Federação do Comércio do Estado de Sergipe SE •• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal DF

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caruaru PE •• Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Porto Alegre RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC

86

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Pesquisas do Comércio

22

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

87


CapĂ­tulo 23

PrevidĂŞncia Privada

88


Descrição Disponibilização de plano de previdência privada com preços reduzidos.

Público-alvo

Previdência Privada

Previdência Privada

Associados.

Gestão e operacionalização

23

Estabelecimento de convênio para disponibilização de plano de previdência privada em que a entidade sindical assume 50% do valor, e o associado, os 50% restantes.

Principais Riscos •• Falta de adesão ao produto; e •• Inadimplência.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidade Sindical de Referência •• Sindicato dos Despachantes no Estado de Mato Grosso do Sul MS

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

89


CapĂ­tulo 24

Qualidade: Programas

90


Descrição

Qualidade: Programas

Qualidade: Programas Monitoramento da qualidade de combustíveis e alimentos, realizado por meio de análise laboratorial especializada. O material é levado para laboratório, e os laudos e resultados das análises são enviados ao posto ou consultados através do site do sindicato. O serviço deve ser adaptado à legislação, que inclui a limpeza dos sistemas de tratamento de efluentes e a destinação para reciclagem das embalagens de óleos lubrificantes usadas.

Público-alvo Postos revendedores de combustíveis associados e hortifrutigranjeiros.

24

Gestão e operacionalização Por meio de estrutura própria ou de parceria com empresa especializada, realizar o monitoramento dos combustíveis, a classificação de produtos vegetais com coleta de amostras e a análise laboratorial, observando-se as conformidades técnicas e legais. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Não cumprimento de determinados termos do contrato por parte do fornecedor.

Lucratividade Média de 5%.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar parceria com o fornecedor do serviço.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato do Comércio Varejista de Frutas e Verduras do Recife PE •• Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Campinas SP Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

91


Capítulo 25

Saúde

92


Descrição

Saúde

Atendimento Odontológico Atendimento odontológico, incluindo consultas e exames.

Público-alvo Associados, diretores, funcionários e respectivos dependentes e demais pessoas físicas.

Gestão e operacionalização

25

Oferecimento do serviço diretamente ou por meio do estabelecimento de parcerias com profissionais autônomos ou clínicas especializadas. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos Não informado.

Lucratividade O serviço pode ser gratuito ou pode haver uma lucratividade que variará conforme o público atendido.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Ribeira do Pombal e Região BA •• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração

de Imóveis e dos Condomínios de Edifícios Residenciais e Comerciais no Estado de Goiás GO

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

93


Saúde

•• Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás GO •• Sindicato dos Representantes Comerciais do Sul do Maranhão MA •• Sindicato do Comércio Varejista de Juiz de Fora MG •• Sindicato do Comércio Varejista de Aquidauana MS •• Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção de Campo Grande MS

•• Sindicato do Comércio de Marabá PA 25

•• Sindicato do Comércio Varejista de Veículos e de Peças e Acessórios para Veículos no Estado do Rio Grande do Sul RS

•• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis e dos Edifícios em Condomínios Residenciais e Comerciais - Região Florianópolis/ Tubarão SC

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado de Sergipe SE

94

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Saúde

Medicina Ocupacional Descrição Realização de exames admissionais, periódicos, demissionais, de mudança de função e retorno de afastamento e/ou de programas de medicina e segurança do trabalho, como o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

Público-alvo Empresários.

25

Gestão e operacionalização Oferecimento do serviço diretamente ou por meio de parcerias com empresas e clínicas especializadas. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Possibilidade de o parceiro rescindir o contrato com a entidade sindical; e •• Inadimplência por parte dos clientes.

Lucratividade O serviço pode ser gratuito ou lucrativo. A lucratividade variará conforme o convênio firmado ou de acordo com os valores cobrados aos empresários.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada;

•• Adotar política de análise de crédito de todos os clientes interessados; e •• Firmar contrato com empresa ou clínica especializada, caso o serviço não seja prestado diretamente pela entidade sindical.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

95


Saúde

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas AM

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Paraíba PB

•• Federação do Comércio do Estado de Sergipe SE •• Sindicato do Comércio de Feira de Santana BA 25

•• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio Atacadista no Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Varejista de Patos de Minas MG •• Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção de Campo Grande MS

•• Sindicato dos Empregadores no Comércio de Nova Andradina MS •• Sindicato dos Lojistas do Comércio de Belém PA •• Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí PI •• Sindicato dos Lojistas do Comércio do Município do Rio de Janeiro RJ •• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado do Rio Grande do Norte RN

•• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração

de Imóveis e dos Edifícios em Condomínios Residenciais e Comerciais Região Florianópolis/Tubarão SC

•• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC •• Sindicato do Comércio Varejista de Joinville e Região SC

96

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Saúde

Planos de Saúde Descrição Comercialização ou indicação de planos de saúde de assistência médica e hospitalar com condições diferenciadas em relação ao mercado.

Público-alvo Funcionários da entidade sindical, associados e seus respectivos funcionários e dependentes.

25

Gestão e operacionalização Comercialização do plano de saúde diretamente ou por intermédio da operadora do plano, de uma cooperativa ou de uma administradora de plano de saúde. A adesão dos interessados pode se dar na entidade sindical, ou estes são encaminhados à operadora, à cooperativa ou à administradora do plano. Tipos de plano, coberturas, valores, carência e abrangência do atendimento variam conforme a operadora e a administradora do plano de saúde. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Possibilidade de a operadora, cooperativa ou administradora do plano de saúde rescindir o contrato com a entidade sindical; e

•• Inadimplência por parte dos clientes, caso a entidade sindical seja a responsável financeira perante a operadora ou administradora.

Lucratividade Existem convênios firmados sem fins lucrativos para a entidade sindical. No caso daqueles em que há um retorno financeiro, este varia conforme os contratos com as operadoras, cooperativas e/ou administradoras. Pode ser um valor percentual sobre a adesão do associado ao plano e/ou um valor percentual sobre a fatura total dos planos vendidos por intermédio da entidade sindical.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

97


Saúde

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada;

•• Adotar política de análise de crédito de todos os clientes interessados; e •• Firmar contrato com a operadora ou administradora do plano de saúde.

25

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio do Estado do Ceará CE •• Federação do Comércio do Estado do Maranhão MA •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais MG

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso

MT

•• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Roraima RR

•• Sindicato dos Representantes Comerciais no Estado de Alagoas AL •• Sindicato do Comércio Atacadista de Carnes Frescas e Congeladas de Fortaleza CE

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Drogas e Medicamentos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio Varejista de Carnes Frescas de Fortaleza CE •• Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Fortaleza CE •• Sindicato do Comércio Varejista de Livros do Estado do Ceará CE •• Sindicato do Comércio Varejista de Pacajus CE •• Sindicato dos Corretores de Moda de Fortaleza e Região Metropolitana CE •• Sindicato dos Representantes Comerciais do Estado do Ceará CE •• Sindicato dos Revendedores de Veículos Automotores do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio Varejista de Material de Construção, Louças, Tintas, Ferragens e Ferramentas Manuais, Produtos Metalúrgicos, Madeiras e Compensados, Materiais Elétricos e Hidráulicos, Pisos

98

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Saúde

e Revestimentos, Tubos, Conexões, Vidros e Maquinismos para Construção no Estado de Goiás GO

•• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Goiás GO

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Drogas e Medicamentos de São Luís MA

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Gêneros Alimentícios de São Luís MA

•• Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de São Luís MA •• Sindicato do Comércio Varejista de Material Elétrico e Aparelhos Eletrodomésticos de São Luís MA

25

•• Sindicato do Comércio Varejista de Juiz de Fora MG •• Sindicato dos Despachantes no Estado de Mato Grosso do Sul MS •• Sindicato dos Empregadores no Comércio de Nova Andradina MS •• Sindicato do Comércio de Vendedores Ambulantes De Belém PA •• Sindicato do Comércio Varejista de Feirantes e de Frutas e Verduras, Flores e Plantas de Belém PA

•• Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí PI •• Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Farroupilha RS

•• Sindicato do Comércio Varejista de Lajeado RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Novo Hamburgo RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Viamão RS •• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração

de Imóveis e dos Edifícios em Condomínios Residenciais e Comerciais Região Florianópolis/Tubarão SC

•• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC •• Sindicato dos Representantes Comerciais da Região Sul do Estado de Santa Catarina SC

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

99


Saúde

Clínicas e Profissionais da Saúde Descrição Oferecimento de descontos em consultas e exames.

Público-alvo Associados da entidade sindical.

25

Gestão e operacionalização Estabelecimento de convênios com profissionais e/ou empresas de saúde, para oferecimento de descontos em consultas e exames. A utilização do serviço pelo cliente se dá mediante autorização prévia da entidade sindical. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco •• Não atendimento às expectativas do cliente.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar contrato com os profissionais e/ou empresas de saúde.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Goiás GO

100

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


de Imóveis e dos Condomínios de Edifícios Residenciais e Comerciais no Estado de Goiás GO

Saúde

•• Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração

•• Sindicato do Comércio Varejista de Material de Construção, Louças,

Tintas, Ferragens e Ferramentas Manuais, Produtos Metalúrgicos, Madeiras e Compensados, Materiais Elétricos e Hidráulicos, Pisos e Revestimentos, Tubos, Conexões, Vidros e Maquinismos para Construção no Estado de Goiás GO

•• Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Varejistas de Feirantes de São Luís MA •• Sindicato dos Representantes Comerciais do Sul do Maranhão MA •• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos no Estado do

25

Pará PA

•• Sindicato do Comércio de Marabá PA •• Sindicato do Comércio de Vendedores Ambulantes de Belém PA •• Sindicato do Comércio Varejista de Bagé RS •• Sindicato do Comércio Varejista do Vale do Paranhana RS

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

101


CapĂ­tulo 26

Segurança Patrimonial

102


Descrição Comercialização de sistema de monitoramento e alarmes para lojas, com condições diferenciadas em relação ao mercado.

Público-alvo

Segurança Patrimonial

Segurança Patrimonial

Associados da entidade sindical.

Gestão e operacionalização

26

Estabelecimento de parceria com empresa especializada para encaminhamento de relação de associados. A empresa especializada estabelece contato com os empresários e comercializa diretamente os produtos. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Possibilidade de a empresa especializada rescindir o contrato com a entidade sindical; e

•• Desgaste na imagem da entidade sindical, caso a empresa não preste um serviço de qualidade.

Lucratividade Não informada.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar contrato com a empresa especializada.

Entidade Sindical de Referência •• Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás GO

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

103


CapĂ­tulo 27

Seguros

104


Descrição

Seguros

Assistência Funeral Comercialização ou disponibilização de serviço de assistência funeral.

Público-alvo Associados e/ou dependentes.

Gestão e operacionalização Estabelecimento de parceria com empresa especializada, para comercialização ou disponibilização de serviço de assistência funeral. Possíveis modelos de comercialização:

27

•• contrato entre a empresa especializada e a entidade sindical, que oferece ao associado esse benefício; e

•• informação ao associado, pela entidade sindical, sobre o serviço e, se houver

interesse, agendamento de visita da empresa para apresentação e comercialização.

A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco •• Possibilidade de a empresa rescindir o contrato com a entidade sindical.

Lucratividade Não há lucratividade quando o serviço é oferecido como benefício aos associados da entidade sindical. No caso em que a entidade sindical faz a indicação de seus associados para que a empresa especializada ofereça seu serviço, não foi informada a lucratividade obtida.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/ serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar contrato com o fornecedor do serviço.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Varejista de Patos de Minas MG •• Sindicato do Comércio de Vendedores Ambulantes de Santarém PA •• Sindicato do Comércio Varejista de Feirantes e de Frutas e Verduras, Flores e Plantas de Belém PA

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

105


Seguros

Vida e Acidentes Pessoais Descrição Comercialização ou disponibilização de seguro de vida e acidentes pessoais.

Público-alvo Empresários associados da entidade sindical.

27

Gestão e operacionalização Estabelecimento de parceria com empresa especializada, para comercialização ou disponibilização de seguro de vida e acidentes pessoais. Possíveis modelos de comercialização:

•• contrato entre a empresa especializada e a entidade sindical, que oferece gratuitamente ao associado o benefício, contemplando as coberturas básicas; e

•• contrato entre a empresa especializada e a entidade sindical para a comercialização do seguro de vida e acidentes pessoais.

A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco •• Possibilidade de a empresa rescindir o contrato com a entidade sindical.

Lucratividade Não há lucratividade quando o serviço é oferecido como benefício aos associados da entidade sindical. No caso em que o seguro é comercializado, a lucratividade é variável. Há uma situação em que o retorno é de 30% e outra em que a seguradora repassa, anualmente, 10% do prêmio total do seguro para a entidade sindical.

106

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


•• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

Seguros

Recomendações potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar contrato com o fornecedor do serviço.

Entidades Sindicais de Referência •• Sindicato dos Representantes Comerciais do Sul do Maranhão MA

27

•• Sindicato das Empresas de Segurança e Vigilância no Estado do Paraná PR •• Sindicato do Comércio Varejista de Santo Ângelo RS •• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

107


Seguros

Responsabilidade Civil Descrição Disponibilização de seguro com cobertura para danos materiais, corporais e/ou morais cometidos pelo segurado, perdas financeiras, custas judiciais e honorários com processo de defesa.

Público-alvo Empresários e empresas associadas.

27

Gestão e operacionalização Estabelecimento de parceria com empresa especializada, para comercialização do seguro. Os interessados consultam a tabela de prêmios no site da entidade sindical e, havendo interesse, encaminham proposta para análise da empresa especializada. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principal Risco •• Possibilidade de a empresa rescindir o contrato com a entidade sindical.

Lucratividade Não há. O retorno do investimento se dá pela aproximação da entidade sindical com os empresários que representa, o que, consequentemente, aumenta o número de associados.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Firmar contrato com o fornecedor do serviço.

Entidade Sindical de Referência •• Sindicato do Comércio da Região de Chapecó SC

108

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Descrição

Seguros

Boletim de Ocorrência

Solicitação de boletins de ocorrência, para atendimento dos segurados.

Público-alvo Corretores associados.

Gestão e operacionalização

27

Estabelecimento de convênio com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Estado, a fim de que o corretor possa solicitar Boletim de Ocorrência (BO) através do site do sindicato. O representante da entidade sindical efetua a retirada do BO no referido batalhão, para que, em seguida, o corretor pegue o documento no sindicato.

Principais Riscos Não há.

Lucratividade Não há.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada; e

•• Prever contrato entre o corretor e o cliente do serviço.

Entidade Sindical de Referência •• Sindicato dos Corretores de Seguros e de Empresas Corretoras de Seguros no Estado do Espírito Santo ES

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

109


CapĂ­tulo 28

Telefonia

110


Descrição

Telefonia

Telefonia Móvel Comercialização de linhas telefônicas móveis e/ou de aparelhos com preços diferenciados em relação ao mercado.

Público-alvo Associados da entidade sindical, empresários e/ou pessoas físicas em geral.

28

Gestão e operacionalização Estabelecimento de convênio com operadoras de serviço de telefonia móvel que atuam na região. Os interessados firmam contrato com a entidade sindical, para usufruir do serviço. Geralmente, a operadora encaminha uma fatura única à entidade sindical, que se responsabiliza pela eventual inadimplência do cliente. Possíveis modelos de comercialização:

•• tarifa zero nas ligações entre os membros do grupo; •• aparelhos com baixo valor ou com descontos especiais; •• aparelhos em regime de comodato; e •• comercialização de modem de internet 3G. A divulgação pode ser feita por meio de publicações, site, mala direta, e-mail marketing, fôlder, telefone, outdoor, busdoor, rádio, TV, mídias sociais, eventos e visitas aos clientes.

Principais Riscos •• Possibilidade de a operadora rescindir o contrato com a entidade sindical; e

•• Inadimplência por parte dos clientes.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

111


Telefonia

Lucratividade Dependerá do contrato firmado entre a entidade sindical e a operadora de telefonia, bem como do nível de inadimplência dos clientes.

Recomendações •• Verificar a viabilidade do negócio, analisando os mercados existente e

potencial, bem como a estrutura interna necessária à operacionalização do produto/serviço. Um plano de negócios é a ferramenta indicada;

28

•• Adotar política de análise de crédito de todos os clientes interessados; •• Firmar contrato o cliente do serviço; e •• Se o contrato com a operadora permitir que a entidade sindical defina o preço dos produtos/serviços comercializados, orienta-se que a margem de lucro seja suficiente para cobrir eventual inadimplência, a qual é significativa nesse tipo de produto.

Entidades Sindicais de Referência •• Federação do Comércio do Estado do Ceará CE •• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Roraima RR

•• Sindicato do Comércio Atacadista de Carnes Frescas e Congeladas de Fortaleza CE

•• Sindicato do Comércio de Peças e Serviços para Veículos do Estado do Ceará CE

•• Sindicato do Comércio Varejista de Carnes Frescas de Fortaleza CE •• Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Caucaia CE •• Sindicato do Comércio Varejista de Pacajus CE •• Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza CE •• Sindicato dos Corretores de Moda de Fortaleza e Região Metropolitana CE •• Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás GO •• Sindicato do Comércio Varejista de Nova Prata RS

112

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


•• Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó SC

Telefonia

•• Sindicato do Comércio Varejista de Lajeado RS

28

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

113


Guia de Implantação Simplificado

114


Apresentação A partir do conceito de produtos e serviços (“Toda atividade ou bem, com ou sem contrapartida financeira, fornecido pela entidade sindical que não constitui a essência da representação sindical”),

Guia de Implantação Simplificado

Guia de Implantação Simplificado

apresentamos, de forma pratica e resumida, uma metodologia para implantação de produtos e serviços, apresentando algumas ferramentas para essa estruturação na entidade sindical.

Como Identificar Produtos e Serviços Essa identificação pode ser feita das seguintes formas:

•• consulta a este Portfólio referencial de produtos e serviços, também disponível em www.cnc.org.br/portfólio;

•• análise dos produtos da concorrência, por meio de redes de relacionamento, jornais e propagandas;

•• pesquisa de novos produtos disponíveis no mercado; •• pesquisa de satisfação dos associados da entidade; e •• demanda interna, por meio da comunicação com os setores da própria entidade sindical.

Para identificar produtos e serviços de maior potencial, sugere-se a utilização da Folha de Pontuação, conforme a seguir: Escolha três propostas ou ideias de produtos ou serviços supostamente de maior potencial para a entidade, utilizando o Portfólio referencial. Após isso, analise os fatores críticos e faça a pontuação de acordo com a explicação abaixo.

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

115


Guia de Implantação Simplificado

1. Mercado

•• O produto está sob demanda: a demanda pode ser interpretada como

procura, pois é ela que vai indicar o quanto se comprará da oferta que a entidade disponibilizará no mercado.

•• Demanda: porcentagem da população com interesse – isto é, quantos são os consumidores que vão adquirir o produto ou serviço.

2. FinanCEIROS

•• Custo de implantação: se o valor em reais para a implantação é elevado ou não, de acordo com a interpretação da entidade.

•• Custo de operação: se o valor em reais para manter o produto ou serviço em funcionamento na entidade é elevado ou não, de acordo com a interpretação da entidade.

3. Recursos Humanos

•• Necessidade de profissionais especializados: se, para colocar em prática o

produto ou serviço, são necessários profissionais com formação técnica ou formação básica ou se é possível fazer isso com pessoas sem formação.

•• Quantidade de recursos humanos requeridos: quantidade de pessoas necessárias para que o produto ou serviço esteja em operação.

4. Técnicos

•• Viabilidade: facilidade de implantação: se a entidade tem facilidade para operacionalizar o produto ou serviço.

•• Capacidade de execução pela entidade: se a entidade tem facilidade para executar (operacionalizar) o produto ou serviço.

A planilha apresentada a seguir aborda os principais itens que a ferramenta deve conter. O arquivo em MS Excel relativo a esta planilha está disponível no site da CNC (http://www.cnc.org.br/portfolio). Veja o exemplo na página ao lado:

116

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


Avaliação do produto ou Folha serviço de Pontuação

Avaliação do produto ou serviço

Escala crescente (1 a 5): 1 = menor impacto 5 = maior impacto

PROD 1

Fatores críticos

1

2

3

4

5

PROD 2 Nota

1 2 3 4 5

PROD 3 Nota

1 2 3 4 5

Nota

2º) Atribua o peso de cada fator crítico, multiplicando o peso X o impacto. Veja o exemplo:

1. Mercado (peso=0,3) (positivo)

1º) Marque com X o impacto percebido para cada fator crítico, Veja o exemplo:

- O produto está sob demanda

1,2

- Demanda: % da população com interesse

1,5 Subtotal

2,7

Subtotal

Subtotal

3º) Some as notas obtidas.

Guia de Implantação Simplificado

Folha de Pontuação

2. Financeiros (peso = 0,3) (negativo)

- Custo de implantação - Custo de operação

Subtotal

Subtotal

Subtotal

Subtotal

Subtotal

Subtotal

Subtotal

Subtotal

Subtotal

3. Recursos Humanos (peso=0,2) (negativo)

4º) Repita a operação (1º, 2º e 3º) em todos os tópicos dos fatores críticos.

- Necessidade profissionais especializados - Qtde. recursos humanos requeridos 4. Técnicos (peso=0,2) (positivo)

- Viabilidade: facilidade de implantação - Capacidade de execução pela entidade

Total de pontos:

6º) Compare as pontuações.

OBS: Nem sempre o produto ou serviço que tem pontuação baixa não trará resultados positivos para a entidade sindical, pois muitas vezes o produto ou serviço traz associado para a entidade, ou seja, traz valor agregado.

5º) Some todos os ‘subtotais’ das notas obtidas, observando as somas e subtrações orientadas.

Posicionamento no Mercado É importante posicionar um produto ou serviço no mercado, de forma a fixá-lo na mente dos clientes. É necessário elaborar estratégias que garantam vantagens sobre os concorrentes e que agreguem valor para o cliente. Para tanto, deve-se definir qual será a postura de comercialização. O que ajudará na diferenciação no mercado é o atendimento que surpreende o cliente e a estrutura para melhor atendê-lo, porque, com bom ambiente e excelente atendimento, a possibilidade de o cliente voltar à entidade é muito maior. Muitas vezes, com pequenas mudanças, pode-se potencializar a atuação da entidade, assim como os ganhos financeiros. Abaixo são listadas algumas perguntas para promover o melhor posicionamento do produto ou serviço no mercado:

•• A equipe está bem treinada e motivada? •• O local de atendimento é adequado e tem boa estrutura? •• Será adotada uma política de preços mais agressiva ante os concorrentes?

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

117


Guia de Implantação Simplificado

•• Será adotado preço diferenciado para os associados? •• O sistema de entrega do produto ou serviço é eficiente? •• O produto ou serviço atende às necessidades do cliente?

Análise de Riscos Na implantação de um produto ou serviço devem ser considerados os riscos envolvidos, isto é, que incertezas podem ocorrer quando se empreende um negócio. Com a identificação dos riscos envolvidos, é possível efetuar sua análise, elaborar possíveis respostas e monitorá-los permanentemente, evitando prejuízos e/ou problemas com o produto ou serviço oferecido. Eis algumas questões que devem ser consideradas:

•• As cláusulas contratuais foram interpretadas de forma a atender aos requisitos dos produtos e serviços?

•• O produto ou serviço está sujeito a eventual cancelamento por parte do fornecedor?

•• Qual é o nível de inadimplência dos clientes? •• A entidade pode oferecer suporte ao produto ou serviço, caso o fornecedor não tenha condições de atender?

Após a identificação dos riscos, devem ser analisados a probabilidade de ocorrência e o impacto nos resultados do negócio. Lembre-se: riscos estão sempre presentes. Por isso, é importante o desenvolvimento de ações que visem:

•• Mitigá-los (diminuir seus efeitos); •• Preveni-los; ou •• Transferi-los.

Análise dos Recursos Internos Para a implantação de um produto ou serviço, devem-se elencar todos os recursos necessários internos que a entidade deverá providenciar, os quais são delimitados da seguinte forma:

•• Adaptação da infraestrutura física: mobiliário, telefonia, material de

escritório, destinação de espaço para atendimento e alocação da equipe de trabalho, recursos de segurança (extintores de incêndio, câmeras, etc.);

118

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


(software), periféricos (pontos de rede, tomada de energia, etc.), impressora, entre outros; e

•• Adequação de recursos humanos: quantidade de profissionais

necessários, carga horária de trabalho, perfil de atuação (requisitos técnicos e comportamentais) e treinamentos necessários.

Guia de Implantação Simplificado

•• Aquisição de recursos tecnológicos: computador, programa

Plano de Comunicação O plano de comunicação, em sua simplicidade, tem a função de compreender o comportamento do cliente, para que seja adotada a melhor estratégia, a fim de satisfazer suas necessidades. Na divulgação do produto ou serviço, podem ser desenvolvidas algumas ações, como, por exemplo:

•• Criação de fôlder contendo informações sobre o produto ou serviço; •• Promoção de eventos, como café da manhã com empresários; •• Envio periódico de e-mail marketing promovendo os produtos; •• Utilização de mídia espontânea; •• Publicação de anúncio dos produtos e serviços em revistas e informativos, sites e mídias sociais; e

•• Promoção de reuniões setoriais, por ramos de atividade que a entidade representa.

Viabilidade Financeira Proceder à análise financeira é extremamente importante para atingir o objetivo traçado, pois permite avaliar a rentabilidade de um produto ou serviço, de modo a orientar a sua implantação com sucesso. A análise financeira refere-se à avaliação, à estabilidade e à lucratividade de um negócio ou projeto. A planilha apresentada a seguir aborda os principais itens que a ferramenta deve conter, sendo necessário adaptá-la à realidade de cada produto ou serviço. O arquivo em MS Excel relativo a esta planilha está disponível no site da CNC (http://www.cnc.org.br/portfolio). Veja o exemplo:

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

119


Guia de Implantação Simplificado

Relatório - Simulação Produto

Spread / Comissão

Taxa Mensal de Adm Produto A Produto B Produto C Produto D Produto E Produto F TOTAL

MÊS 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 TOTAL ANUAL

R$ 2,00 R$ 4,00 R$ 6,00 R$ 8,00 R$ 10,00 R$ 12,00

Quantidade de Produtos por mês (1 cliente) 2 1 1 1 1 1 7 Inadimplência Receita Total

N° CLIENTES 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 110

RECEITAS R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$

Receita Mensal por Cliente R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$

25,00 4,00 4,00 6,00 8,00 10,00 12,00 69,00 4%

R$

66,24

DESPESAS

R$ 662,40 R$ 1.324,80 R$ 1.987,20 R$ 2.649,60 R$ 3.312,00 R$ 3.974,40 R$ 4.636,80 R$ 5.299,20 R$ 5.961,60 R$ 6.624,00 R$ 7.286,40 R$ 43.718,40 R$

1.650,00 1.650,00 1.650,00 1.650,00 1.650,00 1.650,00 1.650,00 1.650,00 1.650,00 1.650,00 1.650,00 1.650,00 19.800,00

RESULTADO R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$

(1.650,00) (987,60) (325,20) 337,20 999,60 1.662,00 2.324,40 2.986,80 3.649,20 4.311,60 4.974,00 5.636,40 23.918,40

RESULTADO ACUMULADO R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$

(1.650,00) (2.637,60) (2.962,80) (2.625,60) (1.626,00) 36,00 2.360,40 5.347,20 8.996,40 13.308,00 18.282,00 23.918,40 23.918,40

Qualidade Os clientes estão cada vez mais exigentes, por conta das ofertas disponíveis no mercado. Assim, é importante que a entidade gerencie a qualidade do produto ou serviço executado, por meio de indicadores de desempenho que facilitem a tomada de decisão e permitam avaliar:

•• Aumento da satisfação e confiança dos clientes; •• Aumento da produtividade; •• Aumento da lucratividade; •• Redução dos custos internos; e •• Melhoria contínua da imagem e dos processos. Recomenda-se a utilização do programa Segs para a melhoria da gestão e dos resultados da entidade.

120

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


O contato com os clientes não termina após a compra de um produto ou serviço. Esse é o momento de fidelizá-los; é a oportunidade de dar suporte a eles, com o objetivo de mantê-los satisfeitos. Para facilitar a atuação da entidade, estão listadas abaixo algumas formas de realizar o pós-venda:

Guia de Implantação Simplificado

Pós-venda

•• Pesquisa de satisfação; •• Serviço de telemarketing; •• Envio periódico de mensagens de felicitações ou que demonstrem

preocupação com a satisfação do cliente em relação ao produto ou serviço adquirido; e

•• Criar canal de comunicação para que o cliente possa tirar suas dúvidas e ser ouvido.

Lembre-se de que os resultados de um programa de pós-venda não são imediatos. Pense em médio prazo e não desista nos primeiros meses.

Recomendações Com base na experiência adquirida pelas entidades sindicais, listam-se, aqui, algumas recomendações:

•• Firmar contrato entre a entidade sindical e o cliente final; •• Proceder à análise de crédito dos clientes (empresas e sócios); •• Incentivar as empresas a conhecer a entidade; •• Fazer, periodicamente, análise crítica dos produtos e serviços; •• Não oferecer promoção no pós-venda, para que não se configure como venda; e

•• Acompanhar a lucratividade e o número de clientes ativos, por meio de indicadores de desempenho.

Planejamento do Produto ou Serviço O Planejamento é uma forma de descrever todos os aspectos e todas as áreas necessárias ao sucesso na implementação do produto ou serviço. Trata-se de um documento de projeto que expõe os fatos e processos do produto ou serviço a

Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc

121


Guia de Implantação Simplificado

122

ser implementado e dá significado e estrutura ao que, de outra forma, seria uma abstração intangível. A planilha apresentada a seguir aborda os principais itens que o planejamento deve conter. O arquivo em MS Excel relativo a esta planilha está disponível no site da CNC (http://www.cnc.org.br/portfolio).

Pda/Cnc Portfólio referencial de produtos e serviços


IMPLANTAÇÃO PRODUTO OU SERVIÇO Nome do Produto ou Serviço

Líder do Produto ou Serviço

Descrever o nome do produto ou serviço

Indicadores do Produto ou Serviço

Meta

Executivo do Produto ou Serviço Meta

Meta

Meta Data de Início

Descrever um ou mais indicadores para o

produto ou serviço disponibilizado Objetivo do Produto ou Serviço

Público-alvo

Descrever neste campo os objetivos da atividade planejada. Exemplo: comercilaizar para os associados determinado produto ou serviço por meio da própria entidade ou de parceiro, com relação custo/benefício atrativa.

Empresas do setor do comércio de bens serviços e turismo do Brasil. Empresas de micro, pequeno e médio portes.

Plano de Divulgação

Principais Riscos

Descrever neste campo as atividades necessárias para definição do plano de comunicação. Exemplo:

Descrever neste campo os riscos envolvidos que devem ser considerados, isto é, que incertezas podem ocorrer quando se empreende um negógio.

Criação de fôlder contendo informações sobre o produto ou serviço; Promoção de eventos; Envio de e-mail marketing; e Publicação de anúncio, release, etc.

Guia de Implantação Simplificado

Inserir logo da entidade

Recursos Internos Infraestrutura física

Recursos Tecnológicos

Descrever neste campo quais os recursos materiais (mobiliário, tomadas de energia, bebedouro, etc.)

Descrever neste campo quais os recursos tecnológicos (computador, impressora, software, etc.)

Recursos Humanos Descrever neste campo quais os recursos humanos (nº de colaboradores, remuneração, perfil desejado, etc.)

Ações Pós-Venda

Recomendações

Descrever neste campo quais as ações necessárias para realizar o pós venda. exemplo: Pesquisa de satisfação, telemarketing, envio de mensagens de felicitações, estabelecimento de canal de comunicação para que os clientes possam tirar dúvidas e ser ouvidos, além de outras.

Descrever neste campo quais as recomendações necessárias para este produto ou serviço. exemplo: firmar contrato entre a entidade e a empresa, realizar análise de crédito, acompanhar lucratividade, realizar análise crítica.

Etapa

Responsável

Data de conclusão acordada

Descrição da etapa

1 Indicar quem é o responsável Data final Descrever a atividade a ser realizada 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14Portfólio referencial de produtos e serviços Pda/Cnc 15

Concluída em Data em que foi concluída

123


A busca pela melhoria contínua é uma constante nas entidades sindicais patronais do comércio. Este portfólio, em sua 3a edição, é composto de opções de produtos e serviços oferecidos pelas Federações e pelos Sindicatos do Sistema CNC, contendo informações de operacionalização e referências, com o intuito de promover o fortalecimento da base sindical.

Portfolio de Produtos e Serviços 2013  

Elaborado com a finalidade de compartilhar as informações úteis de comercialização de produtos e de prestação de serviços que possam gerar r...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you