Issuu on Google+

4 Congresso da Fenattel começa dia 24 em São Paulo o

“Para expressar a liberdade” precisa de sua adesão Um abaixo assinado circula em todo o país colhendo adesões para um projeto de lei de iniciativa popular que democratize o setor de comunicações no País A ação faz parte do movimento "Para Expressar a Liberdade", que pretende acabar com o monopólio da mídia brasileira, presa a meia dúzia de famílias da elite, que dominam a opinião pública nacional há décadas, indo contra os interesses populares. É hora dos trabalhadores de todo o país fazerem pressão no Congresso Nacional para que os deputados e senadores finalmente democratizem a mídia nacional e dêem voz aos veículos populares. PROJETO POPULAR

Para ser apresentado no Congresso, um projeto de iniciativa popular precisa recolher assinaturas equivalentes a 1% do eleitorado nacional distribuídos em pelo menos cinco Estados. A lei da Ficha Limpa, por exemplo, necessitou 1,3 milhão de assinaturas. Conseguidas as adesões, o projeto é apresentado à Câmara dos Deputados, onde segue os trâmites habituais para a votação de matérias. Se aprovado vai ao Senado para o mesmo ritual. Caso seja aprovado novamente, vai para a presidenta Dilma para sanção ou não. CUT LEVA CAMPANHA A TODO O PAÍS

A CUT, suas federações e sindicatos espalhados pelo Brasil também se movimentam para fazer a população participar do movimento "Para Expressar a Liberdade". Afinal, essa luta não é só nossa, mas de toda a sociedade. Na internet é possível baixar os documentos para impressão e coleta das assinaturas. O site da campanha também disponibiliza material para divulgação das notícias e ações nas redes sociais e nos veículos parceiros, entre eles a TVT e a Rede Brasil Atual, ambas ligadas aos Metalúrgicos do ABC. Conheça o projeto e saiba tudo sobre porque lutamos pela democratização das comunicações e pela liberdade de expressão de fato no site da campanha www.paraexpressaraliberdade. org.br ou no portal da CUT (www. cut.org.br) onde qualquer cidadão pode abrir e imprimir as listas de

ARQUIVO DO SINTTEL-RIO

Terá início na sexta-feira, dia 24, e vai até o dia 26 o 4º Congresso da Federação Nacional dos Trabalhadores em Telecomunicações (Fenattel). O evento será em São Paulo e reunirá cerca de 360 delegados de todas as regiões do país, representantes dos 21 Sindicatos filiados à entidade. O Sinttel-Rio, segundo maior Sindicato da federação, levará uma das maiores delegações: 60 delegados, entre trabalhadores de base e dirigentes da entidade Consta da pauta do congresso grandes questões de interesse dos trabalhadores e da categoria, como a terceirização e precarização do trabalho na rede e nos call centers, mulheres e jovens trabalhadores, negociações coletivas, bem como

de interesse geral da sociedade brasileira e de todos os cidadãos, caso da democratização das telecomunicações e universalização da banda larga. O Sinttel-Rio contribuirá para a discussão dos principais temas

da pauta do congresso com a apresentação de seis teses: "Terceirização e Precarização dos Trabalhadores da Rede", escrita pelos diretores José Adolar, Yeda Paura e Marcelo Lopes; "Saúde e Condições de Trabalho, por Edna

Sacramento; "Comunicação", por Taiana Storque; "Precarização nos Call Centers", por Ricardo Pereira, Virgínia Berriel e Reneo Augusto; e “Igualdade para Avançar na Autonomia das Mulheres”, por Virgínia Berriel.

Prestadoras recuam, mas impasse continua . . . . . . . . . . Na última rodada de negociação com o Sinttel-Rio, o Sinstal (sindicato patronal) e as empresas prestadoras de serviços de telecomunicações (Hawuai, Logictel, Nokia Siemens, Instel, Stefanini, Flowers, Italtel, entre outras) recuaram e admitiram reajustar os salários e benefícios em 7,22% (INPC integral) e manter as demais cláusulas do acordo atual. Apesar do recuo o impasse continua, pois para o Sinttel isso ainda é pouco já que o salário mínimo teve um reajuste de 9%. O Sindicato rejeitou a proposta

das empresas e insistiu que quer a aplicação do piso regional do estado fixado em R$ 918,65 para a categoria em geral e R$ 1.491,69 para os técnicos. As empresas e o Sinstal ficaram de avaliar mais uma vez para marcar nova rodada de negociação. O Sindicato lembra que a data base dos trabalhadores das prestadoras é 1º de abril e que essa foi a quarta rodada de negociações. Se o impasse nas negociações persiste é exclusivamente porque as empresas têm resistido em aplicar o piso.

NOSSA PAUTA

Piso Salarial - aplicação do piso regional do estado: R$918,65 Piso para Técnico - aplicação do piso regional do estado para a categoria no valor de R$1.491,69 Abrangência - garantia de extensão da data base e do texto da Convenção para os trabalhadores de TV por assinatura e de rede interna e externa Unificação da data base com os demais trabalhadores de prestadores de serviços de Telecom (TV por assinatura e rede interna e externa)

Carro agregado - reajuste de 15% na atual tabela que não foi reajustada na convenção passada PPR - cumprimento do documento básico para medição da PPR Bolsa de estudos - implementação do programa de bolsa de estudos para cursos técnicos Vale refeição - no valor de R$18,00 com redução da coparticipação Garantia de seguro para avarias nos carros Auxílio para filhos com necessidades especiais.

Claro: erros no sistema prejudica trabalhadores Nove trabalhadores assistentes do RCV da Claro no Rio de Janeiro receberam a PPR/12 com uma diferença de R$ 500,00 a menos, isso segundo a empresa porque não apresentaram a avaliação individual dentro do prazo. Numa reunião com esses trabalhadores dia 20, o Sindicato apurou que ao contrário do que diz a Claro, o erro foi dela. Os trabalhadores não iam agir contra eles próprios. De acordo com trabalhadores o sistema de avaliação individual feito pelo próprio empregado foi inaugurado esse ano e o sistema era falho. Muitos tiveram dificuldade de completar a ação por falha do sistema, outros abriram chamada com os

seus supervisores e não tiveram retorno. O período de avaliação estabelecido pela empresa foi de 18/12/12 a 22/02/13. Além das falhas gerais do sistema, parte desses trabalhadores estava de férias em janeiro. Ao voltar em fevereiro, seus gestores entraram de férias e seus substitutos nada sinalizaram. O sistema de aviso da empresa também é falho. Outros trabalhadores fizeram avaliação dentro do prazo, têm o documento que mostra o envio concluído, mas não receberam. Outros, não conseguindo enviar, abriram chamado com suas supervisoras substitutas, e estas foram demitidas de forma que eles não têm como confirmar o que dizem.

Para o Sindicato o erro é da Claro e precisa ser corrigido. Portanto, vamos cobrar da empresa o pagamento do que foi surrupiado dos empregados na PPR mediante a aceitação de nova avaliação desses empregados. PACOTE DE TV - Os trabalhadores da Claro que trocaram seus pacotes de TV de outras operadoras pelo pacote de TV da Claro para usufruir da vantagem de pagar 50% do valor, compraram gato por lebre. A empresa vendeu ilusão, seduziu os empregados a comprar seus pacotes, mas na hora de cobrar o boleto de todo mundo veio no valor integral. Absurdo! O Sindicato exige a correção imediata do abuso.

MONITORIA DE ASSISTENTE - De acordo com

denúncias feitas ao Sindicato, os assistentes que atendem aos lojistas e que trabalham 7h12, estão sendo monitorados pelos mesmos critérios de monitora dos teleatendentes. Um absurdo. Esses assistentes prestam um serviço diferenciado e em muitos casos ficam mais de 30 minutos com o cliente. Não podem ser avaliados da mesma maneira que alguém que deve ficar 5 minutos. Por outro lado, não são avisados da monitoria e são avaliados online, o que também é errado. Os trabalhadores temem ser prejudicados na PPR/13 e têm razão. O Sindicato exige o fim dessa prática e vai ficar de olho.

Assembleias de prestação de contas e de previsão orçamentárias O Sindicato convoca todos os trabalhadores para participarem amanhã, dia 22, da assembleia de prestação de contas da entidade bem como a discussão e aprovação da proposta de previsão orçamentária para o exercício de 2013. No verso desta edição os trabalhadores podem conferir o balanço financeiro da entidade relativo ao exercício de 2012 e os editais de convocação destas duas assembleias. A sua participação é muito importante.

Campeonato: nova rodada dia 29 A primeira rodada do campeonato do Sinttel, no último sábado, dia 18, no campo da Vila Olímpica do Salgueiro, foi um sucesso. Confira o resultado dos jogos no Portal do Sinttel (www. sinttelrio.org.br). Em virtude do congresso da Fenattel, a próxima rodada será dia 29.


Demonstrações contábeis do Sinttel-Rio NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Passamos a analisar as Demonstrações Contábeis do período de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2012 do SINTTEL –RJ. As demonstrações compõem-se de Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício e Notas Explicativas e estão em concordância com o Estatuto da entidade e legislação específica vigente. DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS No ano de 2012, o SINTTEL-RJ mais uma vez esteve presente junto aos trabalhadores e à sociedade em diversos eventos. Participou da Rio +20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, no evento da Cúpula dos Povos por Justiça Social e Ambiental, onde a CUT divulgou um documento que recebeu o apoio do SINTTEL-RJ, com o entendimento de que desenvolvimento sustentável só é possível com soberania popular, igualdade e valorização do trabalho. Outro evento importantíssimo foi a eleição para prefeito e vereadores. O então candidato à reeleição Eduardo Paes, esteve no Sinttel-Rio para uma reunião com a categoria de Telecomunicações. Na ocasião, a direção do sindicato entregou ao prefeito um Termo de Compromisso para que a Prefeitura passe a exigir, nos editais de licitação para a prestação de serviços de teleatendimento, que as empresas vencedoras paguem aos trabalhadores o piso regional de salários. O SINTTEL- Rio esteve presente no 14º CECUT e no 11º CONCUT, o Congresso Estadual e o Congresso Nacional da CUT, respectivamente, onde defendeu as questões relativas aos trabalhadores da área de Telecomunicações. Também igualmente importante foi a realização da eleição da nova diretoria do SINTTEL –RJ que terá mandato até 06/06/2016. A chapa 1, eleita com 97,78 % dos votos válidos, conta com representantes de 16 empresas de telecomunicações nas diversas áreas: teleatendimento, prestadoras de serviços de rede e das grandes operadoras Oi, Embratel, Vivo e Claro. A diretoria eleita destacou como compromisso fundamental a representação, a mobilização e a conquista de direitos para a categoria. Em outubro, houve o lançamento do livro “Duas décadas de humor- tirinhas em quadrinhos publicadas no Jornal do Sinttel de 1989 a 2011 “, do programador

visual e ilustrador do Sindicato, Alexandre Bersot. Este livro é um marco na história do SINTTEL-Rio porque reúne tirinhas que marcaram época e contam as lutas dos trabalhadores em telecomunicações/ teleatendimento e também a história do Brasil nas duas últimas duas décadas sob uma ótica bem humorada. Nas atividades sociais, culturais e esportivas, tivemos o 8 º Campeonato de Futebol Trovão Azul, que vem se tornando o mais expressivo campeonato do gênero, que conseguiu reunir este ano, 42 equipes de 13 empresas diferentes. Também tivemos a Festa do Dia Internacional da Mulher, do Dia da Telefonista e do Operador e a Festa dos Aposentados. ANÁLISE DA DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO Passamos a analisar o Demonstrativo do Resultado do Exercício do ano de 2012. As receitas ordinárias do Sindicato (mensalidades, taxa negocial e contribuição sindical ) somaram aproximadamente R$ 6,2 milhões. A receita com mensalidades representou 46,18 % do total das receitas. As receitas extraordinárias ficaram em torno de R$ 747 mil e são representadas, basicamente, pelos rendimentos de aplicação financeira. Houve um acréscimo de 3,5 % na receita total quando comparada a 2011. Este acréscimo é basicamente decorrente da rubrica contribuição sindical. O total de receitas no ano de 2012 ficou em R$ 6.996.598,22. O total de despesas no ano de 2012 foi de R$ 5.253.664,48. Deste total, a despesa com pessoal representou 63,31 % e os gastos com despesas gerais, que incluem telefone, água e energia elétrica, representam 21,74 % da despesa total. No total, as despesas sofreram um acréscimo de 3,66 %. Este acréscimo em 2011 foi de 5,43 %. Apesar dos esforços em manter as despesas, a receita com mensalidades vem sofrendo constantes baixas, com o fechamento de empresas e demissões de trabalhadores. Isto se traduz no menor crescimento desta rubrica. De 2009 para 2010, houve um decréscimo de R$ 189 mil, cuja recuperação não ocorreu em 2011. E de 2011 para 2012, novamente houve uma perda de aproximadamente R$ 32 mil. O exercício findou com um resultado superavitário de R$ 1.742.933,74. SINTTEL RIO SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TELECOMUNICAÇÕES, TRANSMISSÃO DE DADOS E CORREIO ELETRÔNICO, TELEFONIA MÓVEL CELULAR, SERVIÇOS TRONCALIZADOS DE COMUNICAÇÃO, RADIOCHAMADAS, TELEMARKETING, PROJETO, CONSTRUÇÃO, INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E MEIOS FÍSICOS DE TRANSMISSÃO DE SINAL, SIMILARES E OPERADORES DE MESAS TELEFÔNICAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Convoco os associados quites e em pleno gozo de seus direitos sindicais a comparecerem a Assembleia Geral Ordinária, prevista nos Estatutos desta entidade, a realizar-se em sua sede, a rua Morais e Silva , 94 – Maracanã, no dia 22 de maio de 2013, às 18 horas, em primeira convocação e às 18:30 h, em segunda e última convocação com a seguinte Ordem do Dia: a) Apresentação e discussão do Balanço anual (Prestação de Contas) e respectivo parecer do Conselho Fiscal. Rio de Janeiro, 20 de maio de 2013. Luis Antonio Souza da Silva Coordenador Geral Sinttel – RJ SINTTEL RIO SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TELECOMUNICAÇÕES, TRANSMISSÃO DE DADOS E CORREIO ELETRÔNICO, TELEFONIA MÓVEL CELULAR, SERVIÇOS TRONCALIZADOS DE COMUNICAÇÃO, RADIOCHAMADAS, TELEMARKETING, PROJETO, CONSTRUÇÃO, INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E MEIOS FÍSICOS DE TRANSMISSÃO DE SINAL, SIMILARES E OPERADORES DE MESAS TELEFÔNICAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Convoco os associados quites e em pleno gozo de seus direitos sindicais a comparecerem a Assembleia Geral Ordinária, prevista nos Estatutos desta entidade, a realizar-se em sua sede, a rua Morais e Silva , 94 – Maracanã, no dia 22 de maio de 2013, às 20 horas, em primeira convocação e às 20:30 h, em segunda e última convocação com a seguinte Ordem do Dia: a) Apresentação e discussão da Previsão Orçamentária 2013. Rio de Janeiro, 20 de maio de 2013. Luis Antonio Souza da Silva Coordenador Geral Sinttel – RJ


Jornal do Sinttel-Rio nº1365