Page 1

CAMPANHA SALARIAL DAS PRESTADORAS DE SERVIÇO

Empresas empurram trabalhadores para a greve SOCORRO ANDRADE

Campanha das Operadoras

TIM adia terceira reunião de negociação A reunião estava marcada para quinta-feira passada, dia 4, e a empresa teve a cara de pau de pedir o adiamento com a justificativa de que ainda não elaborou uma outra proposta, já que a primeira apresentada foi sumariamente rejeitada pela Comissão Nacional de Negociação. A TIM quer aplicar o reajuste só em janeiro de 2012, congelar o tíquete refeição de call center no mesmo valor atual e reduzir o tíquete dos trabalhadores das lojas. Para a Comissão, o adiamento da reunião pode ser uma estratégia da empresa para cansar os trabalhadores, fazendo com que eles pressionem os sindicatos para o fechamento do Acordo. “Essa tática será rechaçada”, garante Mauro Cava de Brito, coordenador da Comissão Nacional de Negociação dos Trabalhadores da TIM.

Zero de avanço. Foi o que aconteceu ontem, dia 9, na quarta rodada de negociação com as prestadoras de serviço de telecom. As empresas, numa demonstração de total desrespeito com os trabalhadores, apresentaram uma proposta tão ruim que a resposta da Comissão só podia ser uma: NÃO. E hoje mesmo a Comissão de Negociação se reúne no Sindicato para fechar o calendário de assembleias. Nosso encaminhamento aos trabalhadores é: rejeitar a proposta imoral das empresas e preparar a greve. No início da reunião de ontem, numa demonstração de boa vontade, o Sindicato apresentou para as empresas a seguinte contraproposta: Reajuste salarial de 6% a partir de 1º de setembro de 2012 Escalonar o reajuste dos pisos salariais de maneira a que, em fevereiro de 2013, o piso geral chegasse a R$ 835,00; o piso do OSC a R$ 840,00 e o piso do cabista a R$ 910,00. Para que o piso do cabista não ultrapassasse outros níveis do mesmo cargo, a Comissão propôs que se aplicasse, excepcionalmente, o acréscimo mensal de R$ 12,00 a todos os cabistas. O Sindicato propôs ainda a definição de prazo para mudanças no plano de saúde; a definição de piso para o cargo de consultor; garantia do adicional de periculosidade para técnico de Velox ou ADSL; implementação em 60 dias do programa de remuneração variável; acesso a treinamento e curso de nível técnico para todos os empregados do setor.

. .

A PROPOSTA DAS EMPRESAS

Depois de pedirem uma pausa para avaliar essa proposta do Sindicato, as empresas voltaram para a reunião dispostas a não aceitarem nada. A proposta apresentada por elas foi: Reajuste salarial pelo INPC de 5,39% Aceitar o escalonamento do piso geral e do piso do OSC e rejeitar o piso do cabista Piso do cabista – reajustar para R$ 862,00 a partir de 1º de setembro e, a partir daí, mais nada Plano de saúde – cada empresa apresentará sua proposta individual no prazo de até 120 dias Cargo de consultor técnico – regras a serem negociadas com cada empresa

.. . . .

GVT: REAJUSTE SÓ EM JANEIRO

SOCORRO ANDRADE

TELEATENDIMENTO

A próxima rodada de negociação com a empresa está marcada para o dia 16. A exemplo da TIM, a GVT só quer pagar o reajuste salarial e dos benefícios em janeiro. A empresa também quer aplicar apenas o INPC acumulado de setembro/2011 a agosto 2012, mais a inflação acumulada dos meses de setembro, outubro e novembro/2012, sem nenhum ganho real. A proposta foi rejeitada pela Comissão de Negociação.

Assembleias discutem Pauta

Negociação com a Embratel começa dia 18 Nas duas últimas campanhas, a empresa praticamente se limitou a reajustar os salários com base no INPC acumulado, uma vez que o “ganho real” concedido foi irrisório e muito aquém do que os trabalhadores reivindicavam e do que várias categorias conquistaram. Nos dois anos, é bom destacar, os trabalhadores do Rio votaram contra o fechamento do Acordo com base na proposta da empresa, mas foram voto vencido após a apuração do resultado das demais assembleias no país. Este ano, a pesquisa realizada pelo Sinttel-Rio mostrou que a categoria novamente está disposta a lutar para conquistar ganho real. Por isso, a assembleia do Rio considerou como itens principais da Campanha Salarial o reajuste salarial pelo INPC mais 5% de ganho real; tíquete refeição de R$ 26,00; cesta básica de R$ 300,00; gratificação de férias de 70%; auxilio creche e auxílio excepcional de R$ 650,00; data base em 1º de setembro. O INPC acumulado até setembro é de 5,57%. Como a data base ainda é 1º de novembro, este índice pode aumentar ou diminuir uma vez que falta computar a inflação de outubro.

. . ..

Adicional de periculosidade – não aceitam pagar para ADSL Remuneração variável – cada empresa trataria isoladamente Acesso a treinamento – manter o que já é praticado Data base – manter a data base de 1º de setembro até 2014. Em 2015 passaria para junho e só em 2016 passaria para abril, como reivindicamos. Essa proposta é um acinte, uma brincadeira de mau gosto, um deboche. Inaceitável. Mas os trabalhadores terão a oportunidade de manifestar sua opinião nas assembleias que serão marcadas. Fique atento e mantenha a mobilização. Se as empresas querem greve, é greve o que terão.

Paralisação na Contax Mackenzie em 2011

No período de 15 a 18 de outubro, (ver calendário abaixo) o Sinttel-Rio estará realizando assembleias com os teleatendentes, no horário das 13 às 15h, na Atento, Contax, Tivit e demais centros de atendimento para discutir e aprovara a Pauta de Revindicações da Campanha Nacional de Negociação Salarial conforme edital publicado no verso desta edição. É muito importante que trabalhadores participem das assembleias nos seus locais de trabalho e apresentem suas reivindicações e sugestões à Pauta. Esse é o momento e a decisão não deve ser delegada aos outros. Cada trabalhador deve ter consciência de sua importância na empresa e, assim, cobrar o que acredita que merece. A campanha salarial envolve um contingente de mais de 1 milhão de trabalhadores em todo o país. A Comissão Nacional de negociação formada pela Fenattel conta com representantes de nove estados (Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Pernambuco,

Ceará, Paraná, Mato Grosso, Goiás e Santa Catarina). O Rio é representado pelos diretores Ricardo Pereira e Carlos Amaral. Os principais itens da Pauta são: piso nacional, reajuste salarial e de benefícios, ganho real, redução da jornada, fim do banco de horas, assistência médica de qualidade, melhoria da creche, etc. Confira os locais das assembleias e participe. CALENDÁRIO DE ASSEMBLEIAS

Atento 16/10 – Bolsa de Valores, Campo Grande e Madureira 17/10 – Teleporto e Searj Contax 15/10 – Site Mauá e Beneditinos 16/10 – Engenho de Dentro, Rio Comprido e Niterói 17/10 – Passeio Tivit – dia 16, às 13h Tellus – dia 16, às 15h

Vidax: Sinttel move ação por demissão imotivada O Sindicato já ajuizou ação coletiva contra a empresa cobrando, entre outras coisas, a declaração de rescisão indireta por culpa exclusiva do empregador, para os que ainda são empregados da Vidax. Esse tipo de rescisão equipara-se a dispensa imotivada e garante aos trabalhadores o direito a todas as verbas atrasadas e, ainda, as rescisórias. Por isso, a recomendação do Departamento Jurídico (DJUR) do Sinttel-Rio é para que os trabalhadores não peçam demissão, mesmo que consigam nova colocação no mercado de trabalho. Caso o novo empregador exija a baixa na Carteira, os trabalhadores podem com-

parecer ao Jurídico do Sindicato que emitirá uma declaração informando o ajuizamento da ação e o pedido de rescisão indireta. Os que desejarem subscrever a ação, devem comparecer ao DJUR munidos de identidade, CPF, comprovante de residência, PIS, CTPS , extrato do FGTS e do CNIS. QUEM MIGROU PARA A TELLUS – Para os que migraram para a Tellus com pedido de demissão, o Sindicato ajuizou ação coletiva pleiteando a declaração de nulidade dos pedidos formulados pelos trabalhadores como condição para admissão na Tellus. Para subscrever a ação, devem comparecer ao DJUR munidos de identi-

dade, CPF, comprovante de residência, PIS, CTPS , extrato do FGTS e do CNIS. Nesta ação há também o pedido de pagamento das verbas rescisórias. Em ambas as ações, a Claro figura no pólo passivo pois, na condição de tomadora dos serviços, é ela quem vai ter de arcar com o pagamento das verbas deferidas caso a Vidax deixe de pagar. BRAÇOS CRUZADOS – Em assembleia realizada dia 4, os trabalhadores da Vidax aprovaram greve para a segundafeira dia 8. Só que tanto a participação na assembleia como a participação na greve foi comprometida pelo mesmo motivo: ninguém tinha dinheiro para pagar o

transporte. Os trabalhadores continuam em casa de braços cruzados, sem voltar ao trabalho por absoluta falta de condições. A Vidax, que já estava com os salários e benefícios de agosto em atraso, não pagou os salários e benefícios de setembro. O pagamento deveria ter sido feito até sexta-feira, dia 5. Sem salários, sem vale refeição (VR) e sem vale transporte (VT) há mais de dois meses os trabalhadores não tem realmente como voltar ao trabalho. A Vidax também não vem recolhendo FGTS nem o INSS desses trabalhadores que também estão sem plano de saúde.


CRIATIVA

Mais 120 trabalhadores recebem a rescisão CAMILA PALMARES

O pagamento da segunda listagem de homologações começou ontem, dia 9. Conforme determinação da Justiça, a partir de agora semanalmente será liberada uma nova lista. Os trabalhadores devem ficar atentos ao Portal do Sinttel ou entrarem em contato pelo telefone 2204 9307. O pagamento das homologações teve início dia 2, com a quitação de 82 rescisões. Para a diretoria do Sinttel , essa decisão da Justiça é resultado do reconhecimento da entidade como Sindicato de luta e comprometido com a defesa dos trabalhadores. As homologações acontecem no auditório da entidade onde os trabalhadores recebem o cheque relativo às verbas rescisórias - saldo do salário, liberação do FGTS e pagamento da multa de 40%, mais um salário por multa de atraso uma vez que a empresa não cumpriu o prazo de 10 dias estabelecido pela Justiça do Trabalho para pagamento das verbas rescisórias. Os trabalhadores também reconhecem a ação do Sinttel-Rio em sua defesa e têm manifestado isso no contato com os diretores e nos e-mails enviados, como fez Simone Pessanha: “O motivo do meu contato é para agradecer a todos do Sindicato o excelente trabalho que vêm fazendo. Estou muito feliz por ter acreditado no Sindicato. Não me decepcionei.”

Beatriz Emygdio recebe seu pagamento: "justiça foi feita e a atuação do Sindicato fez a diferença".

Outros trabalhadores ouvidos pelo Departamento de Imprensa durante a homologação também elogiaram a ação do Sinttel-Rio. “Foi excelente o Sindicato obter a guarda dos bens da empresa, pois só assim acelerou o pagamento aos trabalhadores”, observou Denise Regina de Amorim , 7 meses de Criativa/Detran. FORÇA E SERIEDADE

Já Cintia Gomes Lapaz de Oliveira, 8

anos de empresa, disse que a ação do Sindicato foi muito positiva. ”Eu já confiava no Sinttel antes mesmo do ocorrido. Estou feliz com a conquista”. Para Beatriz Emygdio da Silva, 2 anos de Criativa, “justiça foi feita e a atuação do Sindicato fez a diferença, pois sem ele os trabalhadores levariam anos para obter seus direitos”. Claudia Ferreira Martinho Amorim, 8 anos de casa, ressaltou que “o Sinttel-Rio sempre esteve

Atento assume compromissos com Sinttel-Rio Em reunião realizada dia, 2 em São Paulo, com os dirigentes sindicais, o gerente da empresa e o Setor de Relações Sindicais e Trabalhistas assumiram uma série de compromissos para resolver, de uma vez por todas as pendências que vinham sendo cobradas pelo sindicato. Banco de Horas – a empresa garante que nenhum trabalhador será mandado de volta pra casa como forma de compensar as horas extras acumuladas. Escala 7 x 1 – a empresa diz que essa escala não existe mais. Intermédica – a Atento se comprometeu a emitir um co-

municado aos trabalhadores com a lista da rede credenciada, uma vez que o livro está desatualizado. Excesso de punições – a empresa diz que, quando houver erro, o trabalhador passará por um processo de qualificação para evitar que haja punição. Elevadores Campo Grande – grávidas, obesos e pessoas com dificuldades de locomoção podem utilizar, a partir de agora, o elevador da Hermes. Os trabalhadores devem ficar alerta para a prática de alguns chefes que, pressionados por causa das denúncias, in-

ventam inverdades com o objetivo de levar os trabalhadores a não buscarem seus direitos e o Sinttel-Rio. Não caiam nessa conversa mole. Se a empresa desrespeitar o compromisso assumido e as pendências continuarem, denunciem imediatamente ligando para o SinttelRio no telefone 2204.9300 ou enviem e-mail para os diretores Ricardo Pereira – ricardo@sinttelrio.org.br – e Alan Dias – alandias@sinttelrio.org.br. O Sindicato colocará o carro de som na porta da Atento cobrando respeito e responsabilidade da empresa.

Haja fôlego. O premiado curta de animação "Imagine uma menina com cabelos de Brasil...", do companheiro Alexandre Bersot, ilustrador e programador visual do Sinttel-Rio, foi selecionado para o Lakino - Latin American Short Film Festival em Berlim, Alemanha, que acontece de 10 a 14 de outubro. "Imagine...", realizadoem 2010, participou de mais de 40 festivais pelo Brasil e pelo mundo e ganhou 15 prêmios nacionais e internacionais. Também será lançado em breve como livro infantil e, no próximo ano, será usado pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro para fins culturais e didáticos em escolas públicas de toda a rede. Depois dessa maratona de sucesso, Bersot agora começa um novo filme, chamado "O carro do meu pai", que ainda não tem previsão para ficar pronto.

As festas de Natal e Ano Novo nas colônias de Férias do Sinttel em Barra de São e Miguel Pereira já se tornaram uma tradição. Como a procura geralmente é grande, caso o número de inscritos supere o número de quartos é realizado um sorteio. Portanto se você está pensando em juntar a família e passar as festas de final de ano nas colônias fique atento ao prazo de inscrição, que vai de 15 a 19 de outubro. Se houver sorteio este acontecerá no dia 23/10, às 18h, no auditório da entidade (Rua Morais e Silva, 94). Faça sua inscrição hoje mesmo pelos telefones 2568 0572 ou 2204

ASSESSORIA DE IMPRENSA Rosa Leal Reg. 740 DRT/DF rmleal@globo.com REDAÇÃO Socorro Andrade e Rosa Leal ILUSTRAÇÃO Alexandre Bersot www.alexandrebersot.com.br

O conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) negou 11 pedidos de recursos e reconsiderações da Oi, que somavam cerca de R$ 90 milhões. As multas somam R$ 25,8 milhões, e o ressarcimento devido aos consumidores chega a R$ 64 5 milhões. A decisão foi tomada na última reunião do conselho diretor da agência, realizada nesta quinta-feira, dia 4. Uma das multas foi aplicada

9300 ramal 203. Para mais informações sobre valor dos pacotes, condições de pagamento, número de hóspedes por quarto, programação do evento, etc , entre em contato por telefone ou visite o portal do Sindicato (www.sinttelrio.org.br) . BAILE ANOS DOURADOS

Que tal reviver, ou viver a experiência dos anos 50 e 60? Dançar o rock pioneiro de Bill Halley e Elvis Presley? Ou ao som dos Carpenters, Ray Charles, James Brown? Se você se amarra nessa volta ao passado não perca a oportunidade de

DIAGRAMAÇÃO L&B Comunicação Ltda ESTAGIÁRIA Camila Palmares IMPRESSÃO Gráfica do SINTTEL-Rio: Jorge Motta Reg 17.924 DRT /RJ (prod. gráfica) Valdir Tedesco (impressor) CIRCULAÇÃO Semanal TIRAGEM 12 mil exemplares

R. Morais e Silva, 94 - Maracanã - RJ - CEP 20271-030 - Tel.: 2204-9300 - Fax Geral 2567-1589 E-mail Geral sinttelrio@sinttelrio.org.br - Site http://www.sinttelrio.org.br E-mail Jurídico juridico@sinttelrio.org.br - E-mail Imprensa imprensa@sinttelrio.org.br

bersot

humor EDIÇÃO Socorro Andrade Reg. 460 DRT/PB socorroandrade@sinttelrio.org.br

Anatel nega 11 pedidos de recursos da Oi por cobrança antecipada de assinatura básica de telefonia fixa e chegou a R$ 14,3 milhões. Mas, pelo ganho auferido à época, a empresa terá de ressarcir os consumidores em R$ 64,5 milhões. A empresa poderá recorrer. A outra multa, por descumprimento de metas de qualidade na telefonia fixa, chegou a R$ 11,5 milhões. Dessa multa, não cabe mais recurso.

Natal nas colônias de férias

Linda garota de Berlim

DIRETOR DE IMPRENSA Marcello Miranda marcellomiranda@sinttelrio.org.br

junto ao trabalhador. Com a sua força e seriedade ajudou a fazer justiça.” Todos os trabalhadores, independentemente de terem aderido ou não à ação que o Sindicato está movendo contra a Criativa, devem comparecer à homologação na data e horário marcados. A homologação é por ordem alfabética, como determinou a Justiça do Trabalho. Quem ainda não está em outra empresa pode se habilitar para recebimento do seguro desemprego.

participar do Baile dos Anos Dourados na Colônia de Férias do Sinttel-Rio em Miguel Pereira, de 23 a 25 de novembro. Dentre as atrações, música ao vivo, o tradicional bingo (com uma cartela grátis), buffet e bebidas free e concurso com prêmio para a melhor caracterização. O pagamento pode ser parcelado em até cinco vezes, sendo o primeiro cheque para 10/11/2012. O ônibus sai da sede do Sinttel às 20 horas (impreterivelmente) do dia 23. E então, o que você está esperando para fazer a sua reserva? Ligue 2568-0572 e 2204-9300 ramal 203, de segunda a sexta-feira, de 9 às 18h.

Fonte: INFO Online

Provider negocia PPR/12 Depois de muita pressão e de cobranças sistemáticas do Sindicato, a Provider finalmente confirmou reunião para o dia 15, a partir das 13h30, para negociar a PPR/12. A empresa é a última a negociar. Todas as demais empresas do setor já negociaram conforme determina a Convenção Coletiva em vigor.

Em defesa da ampla e verdadeira liberdade de expressão São Paulo recebe entre os dias 12 e 16 de outubro a Assembleia Geral da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP). A SIP tem sido, nos últimos anos, a principal porta voz dos donos da mídia no continente, mas suas ações não se limitam à defesa de interesses empresariais. Não por acaso, os momentos em que ela esteve mais em evidência tiveram relação com a busca de desestabilizar governos progressistas, como tem acontecido sistematicamente no Brasil desde o primeiro governo Lula e prossegue no governo da presidenta Dilma. A SIP coloca-se contra qualquer tentativa de regulação democrática da mídia, e usa a bandeira da liberdade de imprensa para defender a liberdade das empresas. A entidade faz de tudo para preservar o quadro de monopólio da comunicação nas mãos de uns poucos grupos – no Brasil, seis famílias controlam toda a mídia nacional. Depois de 11 anos, a Assembleia Geral da SIP volta a São Paulo, e não há dúvida de que eles querem transformar o evento em um palco político para suas ideias. Pensando na necessidade de um contraponto, a campanha “Para expressar a liberdade”, a partir da iniciativa do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação e da Frente Paulista pela Liberdade de Expressão e Direito à Comunicação, em parceria com veículos como a Carta Maior, Revista Fórum, Brasil de Fato e Caros Amigos, vai promover duas atividades: 15/10, às 10h30 – Ato público pela ampla e verdadeira liberdade de expressão 15/10, de 15h às 21h – Contraconferência online: A liberdade de expressão na América Latina – quais são os obstáculos a serem superados e de que lado está a SIP? Com a participação de dezenas de ativistas e especialistas do Brasil e da América Latina. Participe você também. SOCORRO ANDRADE

Adeus a Altomiro Há pouco mais de uma semana a diretoria do SinttelRio sofreu mais uma perda. Tratase do companheiro ALTOMIRO PEREIRADEOLIVEIRA, 66 anos, ex-cabista da Telerj, onde trabalhou de 1977 a 1993 e deixou vários amigos. Altomiro foi um militante de primeira hora, participou de todas as grandes lutas do Sindicato e ainda hoje se fazia presente nas diversas ações da entidade. Ao longo dos últimos anos os trabalhadores da Embratel, Oi e das diversas empresas de call center espalhadas pelo Centro se acostumaram com a presença animada e brincalhona de Altomiro, todas as quartas-feiras, distribuindo o Jornal do Sinttel. Até bem pouco tempo ele dividia essa tarefa com o companheiro Edson Barreto, também falecido. Os dois tinham prazer em distribuir o jornal do Sindicato e invariavelmente todas às terças ambos costumavam ligar para o Departamento de Imprensa para ter certeza de que o jornal ia sair. Altomiro faleceu vítima de um derrame. A diretoria do Sinttel lamenta a sua perda e manifesta total solidariedade a seus familiares e amigos.

no1.336

Jornal do Sinttel-Rio Edição nº1336  

Empresas empurram trabalhadores para a greve

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you