Issuu on Google+

FILIADO À

CUT Boletim Informativo do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de Goiás Fone: (62) 3227-7900

e-mail: sinttelgo@uol.com.br

site: www.sinttelgoto.org.br

Nº 49/12 DATA: 26/09/2012

ALCATEL OBRIGA TRABALHADORES A PARAREM SUAS ATIVIDADES É isso mesmo, companheiro. Não é trote! Atitude da empresa levará categoria à greve No início deste ano, a Alcatel apresentou uma proposta absurda para pagamento do Programa de Participação nos Resultados (PPR) 2012. Ela simplesmente ofereceu um modelo de PPR em que os funcionários deveriam trabalhar muito mais para receber um valor final ainda menor que o de anos anteriores. Além disso, ela queria que as despesas com combustível fossem incluídas nas metas desse programa. Com uma oferta tão mesquinha, não sobrou outra saída senão a rejeição pelo SINTTEL-GO! Diante disso, a empresa se comprometeu a apresentar uma nova sugestão de acordo em seguida, mas até o momento não se manifestou. Em todo esse período, o sindicato solicitou a reabertura das discussões com a empresa, mas foi em vão, pois não obteve resposta alguma. O SINTTEL-GO lamenta essa postura da Alcatel e destaca que a categoria não vai aceitar metas baseadas em uma avaliação retroativa para pagamento do

PPR. Portanto, este é o momento para todos se unirem ao sindicato e se mobilizarem para receber o PPR, pois a Alcatel só negocia quando os trabalhadores estão de braços cruzados. É isso mesmo! Já está fazendo parte da cultura da empresa, pois no Distrito Federal funciona assim há vários anos e no Mato Grosso também é parecido. Todo ano é a mesma história. Só se consegue as reivindicações após greves e paralisações. Sendo assim, os trabalhadores de Goiás estão sendo punidos por não estarem de greve. Você acha isso justo? A empresa acha que é, pois nunca atende às reivindicações da categoria de maneira pacífica. Então é hora de mobilizar para fazer uma paralisação de advertência e mostrar para a Alcatel que os trabalhadores não vão aceitar apenas imposições. Além disso, o Acordo Coletivo será negociado somente após a conclusão das negociações do PPR. Para isso será organizada uma paralisação por semana. Confira no edital abaixo e participe!

EDITAL DE CONVOCAÇÃO O Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações no Estado de Goiás, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o Artigo 29, V, do Estatuto em vigor, CONVOCA OS TRABALHADORES DA ALCATEL para participarem de ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, a realizar-se no dia 28 DE SETEMBRO DE 2012, na sede do sindicato (localizada na Av. Circular Qd. 126 Lt. 14, Setor Pedro Ludovico. Goiânia-GO), às 17h30, em primeira convocação, e em segunda convocação às 18h, conforme quorum estabelecido em estatuto, para discutir e deliberar sobre os seguintes assuntos: I-Discussão e deliberação da pauta de reivindicações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2012/2013; II- Deliberação de paralisação de advertência; III- Aprovar a instauração de dissídio coletivo e contratação de advogados para este fim, em caso de Impasse nas negociações; IV- Discutir e deliberar a contribuição assistencial prevista no inciso IV do art. 8º da CF e alínea "e" do art. 513 da CLT; V-Todos os assuntos que forem de interesse desses trabalhadores, com vistas a implementação desse ACT Goiânia, 26 de setembro de 2012 Vanderley Nunes Rodrigues Presidente - Sinttel-GO

GESTÃO 2009/2013 PARTICIPE! LUTE!

Jornalista responsável: Aline Cruz MTB 2573/GO


Orelhinha49-Anatel-obriga-trabalhadores-pararem-atividades