Page 1

PUB

JORNAL MENSAL DE DESPORTO DO CONCELHO DE SINTRA • DIRETORA: GRAÇA TRACANA ANO VII • N.º 79 • maio 2013 // GRATUITO

Sintra Desportivo

DIREITOS RESERVADOS: Sérgio Gastão Martinho

Varge Mondar recebe Taça de Portugal Feminina

Pág. 12 JOMA

Desporto Escolar

Mem-martins sport clube

Taça de Portugal XCO

Mais de mil atletas em diversas provas

Desporto Escolar sempre a somar

MMSC sobe de divisão

A Juventude Operária de Monte Abraão organizou o seu 32º Grande Prémio de Atletismo e, em simultâneo, decorreu a edição sete da Caminhada “Monte Abraão em Movimento”.

O Desporto mais uma vez, voltou a somar pontos. Para esta edição, registou alguns eventos, com provas desportivas, bastante competidoras. A Fase nacional do mega Sprint 2013 , também se inseriu no âmbito do Desporto Escolar. pág. 4,5

BTT de Rio de Mouro com futuro promissor

O Mem Martins sport Clube está de parabéns, pelo excelente grupo de trabalho conseguido. Carimbaram assim três subidas, no clube.

A Escola de BTT Rio de Mouro esteve representada com todos os seus atletas naquela que foi a primeira presença da equipa em provas da Taça de Portugal.

pág. 6

pág. 11

pág. 3

PUB

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


Sintra Desportivo maio 2013

2

DESPORTO DO CONCELHO DE SINTRA

editorial

Parque Desportivo da Praia das Maçãs

A primavera do desporto

O

Sol e as temperaturas amenas começam a sentir-se. Este clima, é propicio à prática do desporto. Orgulhamo - nos de ser o veículo de informação das modalidades e respetivos protagonistas, numa região cuja população desportiva tem uma qualidade incalculável. Nesta edição, como sempre, primamos pela diversidade. Artes marciais, desporto motorizado, Tenis de Mesa, atletismo, futebol, futsal, caminhada, BTT, dança, ginástica, boxe,desporto escolar, enfim, um pouco de tudo. Somos atenciosos às atividades dos nossos clubes e aos feitos dos atletas sintrenses. O Sintra Desportivo tem vindo, passo a passo, a assumir um lugar de excelência no concelho. Como único jornal desportivo das freguesias de Sintra, temos conseguido ao longo das nossas edições firmar-nos entre os clubes, atletas e dirigentes desportivos. Entretanto boa leitura! ■

FICHA TÉCNICA Diretora: Graça Tracana (direcao.gracatracana@gmail.com)

Encontro com Pedro Pinto lança torneio Carlos Mozer O candidato do PSD/CDS-PP à Câmara Municipal de Sintra, Pedro Pinto, esteve com o exfutebolista Carlos Mozer, no Parque Desportivo da Praia das Maçãs. Um encontro que levou Carlos Mozer a decidir dar o seu nome a um torneio de futebol que se vai realizar naquela praia de Sintra, este Verão. “Sempre liguei a Educação ao Desporto e à prevenção de comportamentos de risco nos jovens. E por isso apoio esta iniciativa de Carlos Mozer, que partilha comigo o amor ao

Lobinhos

"Competir para Desenvolver"

Silvia Almeida vice campeã distrital

Conceção gráfica: Vera Tracana (design.mpalavra@gmail.com) Serviços administrativos: Carlos Carvalho (contabilidade.mpalavra@gmail.com) Equipa comercial:Clara Torrado, José Rebelo, José Aguiar, Maria Almeida e Sónia Rodrigues. (comercial.mpalavra@gmail.com)

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS: Patinar Lobinhos

Fotografia: Nuno Pimenta, Sérgio Martinho, Paulo Carvalho e Paulo Sanches.

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS: Sociedade Recreativa de São Marcos

(redacao.desportivo@gmail.com)

■ RS

Sociedade Recreativa de São Marcos

Chefe de redação: Verónica Ferreira Colaboradores: António Duarte, Carlos Gonçalves, Linda Alagoinha, Manuela Almeida,Rita Sousa, Rui Glórias, Nuno Pimenta, Paulo Carvalho, Paulo Sanches e Victor Martins.

futebol, de apadrinhar um torneio aqui no Concelho de Sintra”, afirmou Pedro Pinto. Carlos Mozer e Pedro Pinto estiveram juntos e aproveitaram para dar uns toques de bola, no Parque Desportivo da Praia das Maçãs, que está ao cuidado do Maçã Sport – Associação PróDesporto. A organização do torneio de futebol Carlos Mozer caberá a esta Associação Desportiva de Sintra.

Propriedade: Mérito da Palavra, Lda. Morada: Av. dos Bombeiros Voluntários, n.º19, Loja 1 2725-592 Mem Martins Contatos.: 219 202 240/219 202 335 NIF: 510 015 603 Registo da ERC n.º (em fase de registo) Depósito legal: 266837/07 Tiragem média: 35000 Periodicidade: Mensal. Impressão: Gráfica Funchalense - Morelena, 2715 Pêro Pinheiro.

sintradesportivo.blogspot.com facebook.com/sintra.desportivo INTERDITA A REPRODUÇÃO DE TEXTOS, IMAGENS E ANÚNCIOS DE PUBLICIDADE SEM DEVIDO CONSENTIMENTO DO SINTRA DESPORTIVO AS NOTÍCIAS DESTE JORNAL FORAM REDIGIDAS AO ABRIGO DO ACORDO ORTOGRÁFICO

No passado Sábado, dia 13 de abril, os Atletas David Neves e Rodrigo Neves da Sociedade Recreativa de São Marcos, participaram no 1º Torneio Competir para Desenvolver, elaborado pela Associação de Ténis de Mesa de Lisboa (ATML). Os resultados foram fantásticos para estes meninos de 13 anos, que competem pelo primeiro ano na categoria de

Cadetes (13,14 e 15 anos). Ambos ganharam dois jogos e perderam um, ficando assim em segundo lugar dos seus grupos. Resultados:David Neves: V 3-0 :V 3-1 :D 2-3 , Rodrigo Neves:V 3-2:D 0-3:V 3-0. Mais uma vez os atletas mostraram orgulho em representar as cores da Sociedade Recreativa de São Marcos, e a sua Freguesia. ■ RS

Terminado o campeonato Distrital de Patinagem Livre no escalão de junior, Sílvia Almeida, sagrou-se vice-campeã Distrital. O Sintra Desportivo, dá assim os Parabéns à atleta Silvia pela sua prestação e comportamento desportivo. A atleta conseguiu ser vice-campeã distrital nas disciplinas de figuras obrigatórias e patinagem livre, preparando agora para alcançar o melhor resultado possível na disciplina de solodance. ■ RS

PUB

PUB

Café

Café I

St. André Almoçageme

Telm.: 961 838 076

Café II R. Praia da adraga Almoçageme

Telm.: 912 706 493

PUB

PUB


Sintra Desportivo

JORNAL MENSAL

3

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Andebol Atletismo

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS: JOMA

JOMA junta mais de mil atletas

A Juventude Operária de Monte Abraão organizou o seu 32º Grande Prémio de Atletismo e, em simultâneo, decorreu a edição sete da Caminhada “Monte Abraão em Movimento”. Mais de mil pessoas participaram nas diversas provas. O dia, convidativo para a prática do desporto, começou cedo com as provas destinadas aos atletas mais jovens. No escalão de benjamins a vitória foi para Jonathan Rosa e Erica Fonseca, ambos do Sporting Clube da Reboleira e Damaia. Em infantis os grandes vencedores foram Duarte Clara, do Linda-a-Velha Sporting Clube, e Sofia Makiesse, da Juventude Operária de Monte Abraão. Antes da prova principal, onde alinharam as restantes categorias, disputou-se a prova de iniciados, onde Micaela Basaúla garantiu mais uma vitória para o JOMA, enquanto Ricardo Moura, da Sociedade Filarmónica e Recreativa da Amadora, triunfou nos masculinos. Na corrida principal, que partiu às 10h30 com uma moldura humana impressionante, alinharam todos os escalões de veteranos, os juvenis, os juniores e os seniores, embora uns dando duas voltas a um traçado de 4 mil metros, e outros dando apenas uma. O vice-presidente da Câmara Municipal de Sintra, Marco Almeida, foi o respon-

sável pelo tiro de partida. Cinco minutos mais tarde saíram os participantes na VII Caminhada “Monte Abraão em Movimento”, onde seguiram, para além de muitas outras figuras ilustres, o presidente do JOMA, João Pedro Cardoso, e a presidente da Junta de Freguesia de Monte Abraão, Fátima Campos. Na prova de atletismo, em juvenis, venceram Miguel Wemans, do Grupo Desportivo e Recreativo de Manique de Cima, e Bruna Jesus, da Associação Atlética do Pego Longo. Já nos juniores, os primeiros a chegar à meta foram João Jorge, da Associação Desportiva, Recreativa e Cultural Mente Traquina, e Kcenia Bougrova, do Valejas Atlético Clube. Nos masculinos completaram o pódio André Pereira (ADRC Mente Traquina) e Leonardo Lopes (SFRAA), e nos femininos, Catarina Carreira (Linda-a-Pastora SC) chegou em segundo lugar, à frente de Joana Coelho (GDR Manique de Cima). No escalão sénior sagraram-se vencedores Hugo Correia, do Sporting Clube de Portugal, e Andreia Santos, do JOMA. Emiliano Vieira e Márcia Martins, ambos atletas do JOMA, garantiram a segunda posição, enquanto Nuno Carraça (URC Abrunheira) e Marisa Antunes (AMB Cruz Vermelha) ocuparam o terceiro lugar do pódio. ■ Rita Sousa

PUB


4

Sintra Desportivo maio 2013

DESPORTO DO CONCELHO DE SINTRA

Desporto escolar

“O Desporto Escolar sempre

PUB

Escola Secundaria C/ 3º Ciclo de Ferreira Dias

O Desporto Escolar na Escola Secundária C/ 3º Ciclo de Ferreira Dias O desporto escolar tem-se revelado uma maisvalia na educação para a cidadania e formação dos jovens, conquistando assim um lugar de relevo no processo educativo. Tem como objetivos principais a promoção da saúde, fundamental para o desenvolvimento e crescimento harmonioso e equilibrado, bem como na prevenção de comportamentos desajustados, promovendo a integração social, a aceitação de regras, o respeito pelos outros e por si próprio, o desenvolvimento de atitudes de superação, em suma, contribuir para a formação integral dos jovens. O Clube do Desporto Escolar da Escola Secundária Ferreira Dias promove atividades de complemento curricular em ligação estreita com a disciplina de Educação Física. As áreas de desenvolvimento do desporto escolar são as seguintes: Entende-se por Atividade Interna o conjunto de atividades físico- desportivas enquadradas no Plano Anual de Atividades da escola, desenvolvidas pelo grupo de Educação Física, nomeadamente, o Corta-Mato interno, o Inter-Turmas de diferentes modalidades, o Dia Aberto da Dança, a Escalada, Ações de Formação de Arbitragem dirigidas aos alunos e Ações de Formação Interna dirigidas aos professores do Grupo de Educação Física. Este ano letivo, a Atividade Interna já movimentou cerca de 1494 alunos (do 7º ao 12º ano). A Atividade Externa é desenvolvida no âmbito dos grupos/equipa e centra-se na participação em torneios e encontros escolares, estruturados PUB

por fases sequenciais de apuramento, organizados pelas estruturas do Ministério de Educação. Os grupos/equipa existentes nesta escola são os seguintes: Voleibol - Iniciados Femininos – Profª Responsável - Sofia Santos (treinos 2x/semana), Voleibol – Juvenis Femininos – Prof. Responsável – Nuno Pimpão (treinos 2x/semana), Voleibol – Juvenis Masc. e Juniores Masc. – Profª Responsável – Patrícia Santos (treinos 2x/semana), Basquetebol – Juniores Masculinos – Prof. Responsável – Carlos Pereira, Escalada – Vários Escalões e Misto – Profª Responsável – Maria Faria, Canoagem Vários Escalões e Misto – Profª Responsável – Ana Lourenço. A Atividade Externa movimenta cerca de 140 alunos, ao longo de todo o ano letivo. A concretização deste Projeto só é possível devido à dedicação e entrega dos professores de Educação Física desta Escola, que origina uma elevada participação dos alunos, ao apoio incondicional da Direção, aos apoios da Associação de Pais e Junta de Freguesia da Agualva e à excelente comunicação entre a Escola e a Equipa de Apoio às Escolas de Sintra. O Ministério da Educação e Ciência deve continuar a apostar e apoiar o Desporto Escolar. Profª Manuela da Branca

Agrupamento de Escolas Alto dos Moinhos

meadamente do voleibol, e pretende marcar uma posição de qualidade a nível regional, nacional e internacional. Assim, o voleibol feminino tem vindo a ocupar espaço na prática desportiva do concelho de Sintra. Tal deve-se à determinação do professor Carlos Pinto e de um grupo de alunas da Escola Básica do Alto dos Moinhos, praticantes da modalidade, em promover a qualidade desportiva do voleibol. Esta atitude e a promoção do Gira-Vólei no Agrupamento de Escolas Alto dos Moinhos conduziram à adesão de um número significativo de praticantes e de seguidores da modalidade, que envolveram a comunidade – desde famílias, escolas e outras entidades. Atingindo esta dimensão, tornou-se imperativo criar uma estrutura que garantisse a qualidade desportiva na promoção e na formação do voleibol feminino, mediante uma organização e uma gestão exigente do grupo. Em resposta a esta necessidade, no dia 8 de novembro de 2012, foi criado oficialmente o CDAMV – Clube Desportivo Alto dos Moinhos Vólei. Os órgãos sociais que o compõem assumiram, com elevado orgulho e responsabilidade, trabalhar para uma boa organização e gestão do clube e contribuir, desse modo, para a dinâmica desportiva, cultural e recreativa das freguesias da Terrugem e de S. João das Lampas, e do concelho de Sintra. Atualmente, o CDAMV conta com cerca de 60 atletas inscritas na Federação Portuguesa de Voleibol, distribuídas pelos escalões de Minis, Infantis e Juvenis femininos. A relação profunda entre a Educação Física, a atividade interna e o Desporto Escolar permitiu o preenchimento de uma lacuna na oferta desportiva a nível federado, no concelho de Sintra. Prof. Carlos Pinto DIREITOS RESERVADOS

PUB

DIREITOS RESERVADOS

O Agrupamento de Escolas Alto dos Moinhos nasceu no ano letivo de 2003/2004. O seu nome deve-se ao facto de a escola sede se situar no lugar designado por Alto dos Moinhos. Situado no concelho de Sintra, no limite da fre-

guesia da Terrugem que confina com a freguesia de S. João das Lampas, o Agrupamento é composto por 11 estabelecimentos: a Escola Básica do Alto dos Moinhos (sede), as 8 escolas do 1.º ciclo e os 7 jardins-de-infância. A população escolar ronda os 1600 alunos que estão divididos por cerca de 60 turmas. No que diz respeito ao Desporto Escolar, o grupo de Educação Física preconiza um modelo de Clube do Desporto Escolar sustentado no progressivo envolvimento do maior número possível de alunos de todos os anos de escolaridade. A elaboração do Plano de Atividades permite definir as prioridades a nível das modalidades a desenvolver na atividade interna e os grupos/equipas de Desporto Escolar a criar, tendo em conta a cultura desportiva que se tem vindo a consolidar na população escolar, e a participação nos quadros competitivos do DE. Na Escola Básica do Alto dos Moinhos funcionam diversos grupos/equipas das seguintes modalidades: voleibol feminino (infantis e iniciados), râguebi (misto), orientação, ginástica de trampolins e futsal masculino (infantis). Além do DE, o Agrupamento de Escolas do Alto dos Moinhos desenvolve um conjunto de atividades com o objetivo de dar continuidade à implementação do voleibol no concelho de Sintra e nas freguesias da Terrugem e de S. João das Lampas. O projeto de desenvolvimento desportivo na modalidade de voleibol conta com o apoio da Câmara Municipal de Sintra e da Federação Portuguesa de Voleibol, nomeadamente através do Gira-Vólei. Nos dias 12, 13 e 14 de março de 2013 aconteceu mais um encontro dos centros Gira-Vólei do Agrupamento de Escolas do Alto dos Moinhos. Este encontro realizou-se na Escola Básica do Alto dos Moinhos e contou com a participação de 430 atletas distribuídos pelos 3 dias de torneio. Salientamos a participação de 320 atletas dos 3.° e 4.° anos de escolaridade, com 8 e 9 anos. Entendido como um dos principais vetores de formação e de educação, o desporto constitui uma componente importante na vida das crianças e dos jovens. As atividades desportivas garantem a ligação entre o aperfeiçoamento físico e o desenvolvimento intelectual, estimulam saudáveis espíritos de cooperação e de competição, o que contribui para a transformação do indivíduo enquanto elemento integrante da sociedade atual. A recente história do Agrupamento de Escolas do Alto dos Moinhos está intimamente ligada à promoção e ao apoio da prática desportiva, no-

Agrupamento Escolas Alto dos Moinhos PUB


Sintra Desportivo

JORNAL MENSAL

5 PUB

DIREITOS RESERVADOS

a somar”

Fase Nacional - Mega Sprint 2013

Vila Nova de Gaia, 5 e 6 de abril de 2013 Disputou-se entre os dias 5 e 6 de abril, em Vila Nova de Gaia, a fase nacional do torneio de Mega Sprint. Este campeonato é constituído por quatro provas: Mega Sprint (40m), Mega Salto , Mega Km e Estafetas. Començando pelo Mega Sprint, o destaque vai para a aluna Inês Barros (Inf.B) que se sagrou campeã com a marca de 5.93s, ficando apenas a um centésimo do record nacional desta prova (5.92s). Rita Pinheiro (Inic.) foi a primeira aluna a não passar à final das iniciadas femininas com a marca de 6.07 sendo assim a 7ª classificada a nível nacional. Todos os outros alunos da CLDE de Sintra ficaram pela fase eliminatória. No que diz respeito ao Mega Salto, a melhor classificação obtida volta a pertencer a aluna Inês Barros que foi 6ª classificada no seu escalão com a marca de 4.45m. Valériya Semenikhina foi a 7ªa classificada com a marca de 5.01m no escalão de Iniciadas Femininas. Os restante alunos não passaram as fases finais. Na prova de resistência, Mega Km, foi onde a nossa CLDE obteve melhores resultados, alcançando as seguintes classificações entre os 8 primeiros: 2ºLugar (Inf.B): Sofia Makiesse,3ºLugar (Inf.A):Rodrigo Lopes, 4ºLugar(Inf.A): Carla Rodri-

gues, 7ºLugar(Juv.): Vanessa Agulha e o 8ºLugar(Juv,): Samuel Silva. Parabéns a todos os alunos! Prof. Paulo Barrigana DIREITOS RESERVADOS

Mega Sprint 2013 – Fase Nacional

PUB

Fase Nacional - Mega Salto 2013 PUB


6

Sintra Desportivo maio 2013

DESPORTO DO CONCELHO DE SINTRA Futebol Sintrense

MMSC sobe de divisão

Juniores do Sintrense perto de fazer história

DIREITOS RESERVADOS: Sérgio Martinho

DIREITOS RESERVADOS: União Sintrense

Mem-Martins Sport Clube

O Mem Martins sport Clube está de parabéns, pelo excelente grupo de trabalho conseguido. Carimbaram assim três subidas, no clube. No dia 6 de abril, a equipa de Juvenis subiu à I divisão. Num jogo realizado, no campo de Carcavelos. Os Juniores também

conseguiram realizar este feito, subiram até à divisão de honra. Não nos esquecendo dos mais novos, que também carimbaram para a história do clube, os Iniciados A subiram à I Divisão. O Sintra Desportivo dá assim os parabéns a este excelente grupo de trabalho que tem atingido os objetivos pretendidos. ■ RS

PUB

Ao vencer o 1º de Dezembro no seu estádio, a equipa de juniores do Sport União Sintrense ficou apenas a uma vitória de, pela primeira vez na sua história, a subida aos nacionais de futebol deste escalão. Aconteceu no sábado, o derby com o 1º de Dezembro, os pupilos do técnico Paulo Rato, venceram por 1-0 e acumularam para três pontos a vantagem sobre o

Sportivo de Loures, o atual 2º classificado. Com dois jogos para o final do Campeonato, o Sintrense necessita de vencer apenas um jogo. Na próxima jornada, em Cascais, poderá ser feita a festa da subida em caso de vitória. Se tal não acontecer, tudo ficará adiado para a última jornada em casa no jogo frente à União de Tires. ■ RS


Sintra Desportivo

JORNAL MENSAL

7

Clube Atlético do Cacém

"O Objetivo é chegar o mais longe possível na Taça de Lisboa" DIREITOS RESERVADOS: Atlético do Cacém

O Sintra Desportivo tem conhecimento que o Atlético do Cacém chegou à acordo com o treinador José Carlos Pires para comandar a sua equipa de futenol Sénior. Usufruímos também da informação que é um conceituado treinador, com um percurso extenso no futebol. Fale-nos um pouco do seu percurso até chegar ao Atlético do Cacém. Comecei em 1983 com 24 anos de idade no futebol jovem do Cultural da Pontinha, JunioresdoPontinhense,de seguida orientei séniores do Pontinhense,unidos,Aguias da Musgueira,Massamá,Camarate, Pero Pinheiro,Juvenis do atlético de portugal e técnico de zona da A.F.Lisboa,real de massmá,1ºDezembro,Sintrense,SL Olivais, Pero pinheiro e Venda do pinheiro. Carimbei algumas subidas de divisão , os Juniores do Pontinhense à 1º divisão da A.F.Lisboa, a subida dos Séniores do Unidos à 1ºdivisão Distrital e campeão de Lisboa desta divisão, a subida do Real de Massmá à 3º divisão nacional e participação em 5 finais da taça da A.F.Lisboa. Fui durante 27 anos dirigente despor-

tivo , no Cultural da Pontinha sendo 14 como presidente da direçao e ainda pertenci à comissão organizadora das primeiras 28 edições do torneio internacio-

nal de futebol infantil da Pontinha. Fiz parte do gabinete de scouting do Naval 1º maio e do Real de Massama durante uma época cada. Nesta nova etapa, o que o fez aceitar o projeto do Atlético do Cacém? Aceitei o projeto do ATC porque, depois de algum tempo de afastamento, primeiro por problemas de saúde e depois porque estive num projeto de desporto autarquico, senti que podia ser útil ao ATC, no seu projeto para o futebol e porque apesar de outos convites senti que este era o momento certo para regressar ao treino ativo. Quais os objetivos da equipa no presente e futuro? Os ojetivos no imediato é alcançar um lugar que permita participar no novo

PUB

PUB

PUB

campeonato pró-nacional da A.F.Lisboa, chegar o mais longe possível na taça de Lisboa e participar no planeamento do futuro do futebol do Atlético do Cacém em todos os escalões, criando uma fisolofia de trabalho em bases organizativas devidamente planeadas numa zona com grande potencial de jovens para a prática do futebol. Quer deixar alguma mensagem , aos seus atletas? A mensagem final é, que todos diretores, atletas ,sócios e simpatizantes sejam um só em prol de um Atlético do Cacém melhor, com muito trabalho e dedicação num momento díficil que todas as associações atravessam. ■ Rita Sousa


8

Sintra Desportivo maio 2013

DESPORTO DO CONCELHO DE SINTRA

PUB

SEDE LISBOA:Rua da Bela Vista nº17, Loja B 2735.184 Cacem Telf: 21 4261236 - fax:21 0371117 PORTO:Telf: 22 9812448 - Fax: 22 9812449 email: auto_elevacao@hotmail.com

www.autoelevacao.pt

Comercialização e Assistência Técnica a Equipamentos de Elevação Mesas de Tesoura,Monta Pratos,Elevadores Unifamiliares, Equipamentos para Deficientes, Plataforma Sobe Escadas, Plataformas para Cadeira de Rodas, Portas com Fechamentos Automáticos e/ou Manuais PUB

PUB

PLANTEL Guarda-redes: Nuno Almeida, Soutilha e Kameni. Defesa: Franklim, Ferro, Zé Paulo, Pedro Nobre, Ricardo Esteves, Jorge, João Estalagem, Ricardo Gonçalves. Médio: Rúben Clara, Diogo Rocha, Tiago Nogueira, Diogo Nogueira, Edson, Humaro Embalo, Frederico. Avançado: Ivan Santos, Rafael, Patrick, Geraldo, Fábio Magalhães, Fábio Dias, Ferra, Rúben Freire.

Clube Atlétic


Sintra Desportivo

JORNAL MENSAL

co do Cacém

PUB

PUB

9 PUB PUB

PUB

PUB

PUB

FICHA TÉCNICA Presidente: João Souto Nogueira. Treinador: José Pires. Treinador Adjunto: Dário. Diretor: Daniel Samico. Massagista: Lino Lopes.

PUB


10 Sintra Desportivo maio 2013

DESPORTO DO CONCELHO DE SINTRA

PUB

II Caminhada Solidária do Cacém

DIREITOS RESERVADOS: JF Cacém

Caminhada junta 345 participantes no Cacém

A Caminhada Solidária do Cacém decorreu na manhã de domingo, pelas 10 horas. A ação, movida pela Junta de Freguesia com o apoio da Câmara Municipal de Sintra superou genero-

samente a edição anterior, calculando com a presença de 345 pessoas que percorreram os 4 km do percurso. ■ RS

Atletismo

II Grande Prémio "Abraçar Queluz a Correr DIREITOS RESERVADOS

PUB

3ª Feira MASSAMÁ FEIRA SOLIDÁRIA E DAS INSTITUIÇÕES

Solidária e das

Instituições

Parque Salgueiro Maia, Massamá

Programa

25 de m aio O II Grande Prémio "Abraçar Queluz a Correr", a quinta prova do Troféu “Sintra a Correr”, consumou-se no último fim-desemana de abril, pelas 9horas, em Queluz, numa estrutura do Ginásio Clube de Queluz, com a cooperação da Câmara de Sintra.

10h00 – Abertura ao Público 10h30 – Yoga do Riso

Ass. Deficientes Forças Armadas (Sintra)

11h00 – Tuna “Mactamã”

Univ. Sénior Massamá

11h30 – Shorinji Kempo e Krav Maga

A centralização dos participantes registou-se na rua Afonso de Albuquerque, no Bairro da N. Sra. da Conceição, junto à sede do Ginásio Clube de Queluz. ■ RS

Real Sport Clube

PUB

12h00 – Grupo Coral “Raízes de Massamá” Ass. Ref. Pens. e Idosos Massamá

12h30 – Música / Mímica

Igreja Ref. Evangélica

13h30 – Grupo de Batuque

Associação Olho Vivo

Tendas de divulgação Insufláveis Artesanato Exposições Animação

Intervalo 14h00 – “A magia dos desenhos animados” Espetáculo Infantil -TAR 2

14h45 – 12 Macacos

Hip - Hop na solidariedade

15h15 – Tuna Universitária “A Feminina” 15h45 – Grupo Muzenza de Capoeira 16h00 – Tuna Universitária Mista 16h45 – “O amor é mágico”

Oficina de Teatro e Expressões

17h45 – Banda Filarmónica S. Bento de Massamá


PUB

Sintra Desportivo

JORNAL MENSAL

11

Taça de Portugal XCO

DIREITOS RESERVADOS: Sérgio Gastão Martinho

Escola BTT Rio com futuro promissor a nível nacional

Consumou-se em Silves, a primeira prova a contar para a Taça de Portugal XCO e o 1º Encontro Inter-regional de Escolas. A Escola de BTT Rio de Mouro esteve representada com todos os seus atletas naquela que foi a primeira presença da equipa em provas da Taça de Portugal. No início da prova, foi dia dos mais novos se fazerem à pista e a “obter resultados positivos” sem esquecerem da diversão. O 2º lugar de Frederico Massena (Infantis) e o 4º lugar de André Lousada (Juvenis), permitiram à formação de Rio de Mouro conquistar o 2.º lugar por equipas. Durante a prova, os atletas da competição tiveram pela frente um percurso duro e exigente, muito dificultado pela lama que se formou devido à chuva do dia anterior, deixando o percurso muito difícil. Ainda assim, a equipa conseguiu colocar quatro atletas nos lu-

gares mais altos do pódio. Em Veteranos “C”, José domingos e Luís António trouxeram para Rio de Mouro o 2º e 3º lugar respetivamente. Na categoria C2, Ana Lopes conquistou o 3º lugar em Juniores femininas, e Andreia Lopes foi segunda entre as Sub-23. Feitas as contas, o desempenho dos atletas nas diferentes categorias permitiu à equipa alcançar um total de 8 pontos, ficando a dois pontos da melhor equipa. “Este resultado marca uma brilhante estreia na Taça de Portugal para a formação de Rio de Mouro, que deixa desde já marcas de um futuro promissor”, melhorando a sua prestação, com o objetivo principal nos Campeonatos Nacionais. A segunda etapa da Taça de Portugal de cross country olímpico (XCO), disputada também em Rio de Mouro, assistiu ao domínio dos corredores forasteiros. Na prova de elite masculina evidenciou-se o francês Julien Trarieux (Bridgestone Anchor), enquanto a corrida de elite feminina foi ganha PUB

pela campeã da Estónia, Maaris Meier (Saertex Portugal/Edaetech/Lavarinhas). David Rosa é o novo líder da Taça. Julien Trarieux teve de enfrentar a forte oposição do campeão português de XCO, David Rosa (Movefree/E. Marques e Rosa/Liberty Seguros), que foi o segundo classificado, a 47 segundos do gaulês. O terceiro foi o suíço Barben Emilien (Zimmermann BMC New-Work), a 4m01s do vencedor. Com este resultado, David Rosa subiu ao comando da geral da Taça de Portugal de XCO na categoria de elite masculina. A corrida feminina colaborou para desordenar as contas da geral individual da Taça, o que augura luta renhida e muita emoção para as próximas provas. A estoniana Maaris Meier foi a vencedora, triunfo que lhe permitiu alcançar, no topo da geral do troféu, a espanhola Lucia Vázquez (Vicma Bike Team), segunda em Rio de Mouro, a 2m19s da ciclista báltica. A portuguesa Joana Barbosa (CDC Navais-Póvoa

de Varzim) fechou o pódio, a 6m25s da vencedora. O facto de a prova de Rio de Mouro ser de classe 1 internacional, a competição de maior categoria no calendário ibérico deste ano, contribuiu para uma forte presença de corredores internacionais de grande qualidade. O vencedor da geral masculina foi também o melhor sub-23, mas o quarto classificado deste escalão, Pablo Rodríguez (BH-SR Suntour-KMC), manteve a liderança nos menores de 23 anos. Entre as sub-23 impôs-se Liliana Almeida (Avança/Moreira Congelados/Topgel), mas foi também a segunda classificada neste domingo, Andreia Lopes (Escola BTT de Rio de Mouro), quem assumiu a liderança da geral. O espanhol Diego Calderon (Scott-Sportbici) triunfou na categoria de juniores e igualou no comando da geral o português João Santos (ND Travanca/Bicicletas Andrade), que hoje não foi além do segundo lugar. No setor feminino de juniores, Ana Tomás (BTT Seia) voltou a ser superior a toda a concorrência e é cada vez mais líder. A corrida de cadetes foi ganha por Daniel Viegas (BTT Loulé/BPI), mas o segundo posto de João Antunes (CRC/Alfacycles/ Vegas Cosmetics) valeu a este corredor o primeiro posto na geral. A cadete Diana Ferreira (Saertex Portugal/Edaetech/Bicicletas Lavarinhas) continuou em Rio de Mouro o percurso glorioso que começara na anterior prova, em Silves. Rio de Mouro assistiu ao acentuar do domínio dos corredores que já chegaram à localidade sintrense na liderança da Taça em masters A e B, com a vitória de Marco Sousa (Róódinhas/Santos Silva) na primeira daquelas classes e de António Sousa (Candibyke/ Interdesign/Xarão) na segunda. Nos mais velhos, masters C, a vitória foi para o corredor da casa Luís António (Escola BTT de Rio de Mouro), que passou a partilhar o comando da geral com Carlos Cabrita (BTT Loulé/BPI), que hoje foi o terceiro classificado. Teresa Fernandes (Clube Xelb) teve o segundo sucesso sucessivo e consolidou a liderança. Por equipas venceu a Saertex Portugal/ Edaetech/Bicicletas Lavarinhas. A Taça de Portugal de XCO vai percorrer no dia 19 de maio, na pista dos Cucos, Torres Vedras. ■ Rita Sousa

PUB


12 Sintra Desportivo maio 2013

DESPORTO DO CONCELHO DE SINTRA

PUB

Alvarinhos BTT

DIREITOS RESERVADOS

II Circuito de Alvarinhos em BTT O Futebol Clube de Alvarinhos organizou o segundo circuito de BTT, no dia 7 de abril de 2013, com o objetivo de angariar fundos para a construção da nova sede já em curso. A prova teve uma dureza média-baixa com alguma técnica. Cada circuito tem 10km e a duração da prova é de 3 voltas (para o percurso de 30km) e 5 voltas (para o percurso de 50km). Todo o percurso foi marcado quer com fitas quer com placas assim como marcação no solo e terá andamento livre cronometrado. A partida foi às 9h00 e a entrega dos dorsais teve início às 8h00. O 2º Circuito de BTT do F. C. Alvarinhos, no concelho de Sinra, proporcionou grandes momentos de BTT e convívio entre praticantes e população envolvente. ■ Rita Sousa

PUB

Taça de Portugal Feminina

Ana Azenha vence em Varge Mondar PUB

A prova que contou com o apoio da Junta de Freguesia de Rio de Mouro e da Federação de Ciclismo de Lisboa, contemplou diferentes distâncias, adaptadas a cada categoria etária, com as cadetes e veteranas a cumprir 10 voltas ao circuito, totalizando um total de 52,8 quilómetros. Ana Azenha, completou o percurso 1h25m34s, conseguindo uma vantagem

DIREITOS RESERVADOS: Sérgio Gastão Martinho

Ana Azenha venceu a primeira corrida da Taça de Portugal Feminina/ Ciclismo a Fundo, prova realizada em Varge Mondar, na freguesia de Rio de Mouro, em Sintra e lidera o troféu na categoria de elite.

de 41 segundos sobre a segunda classificada, Irina Coelho (Freebike Shop/Bike Clube S. Brás) e de 43 segundos sobre a terceira classificada, Veronique Bastos (Reyno de Navarra). Esta tarde tem lugar o circuito de Rio de Mouro, que marca o arranque da Taça de Portugal de Cadetes (Zona B), prova que terá uma extensão de 57,6 quilómetros. ■ Rita Sousa

PUB

PUB

CERTIDÃO ----Celso dos Santos, notário com Cartório Notarial, sito na Rua João de Deus, 23-A, em Sintra: ----CERTIFICO, para efeitos de publicação, que por escritura de 08/04/2013, exarada a folhas 29 do livro de notas nº 318, deste Cartório, os senhores. LUÍS FERNANDO SOUSA COSTA e mulher MARIA FERNANDA ESTEVES LOPES COSTA, residentes na Rua da Pedra Alta, nº 51, Terrugem, Sintra declararam serem donos e legítimos possuidores do seguinte bem:------------------------------------------Prédio rústico de cultura arvense com 880 m2, com o nome e localização de “Almargem”, freguesia da Terrugem, concelho de Sintra, inscrito na matriz sob o artigo 94 da Secção V. -------------Invocaram a usucapião como causa da aquisição daquele prédio por estarem na sua posse, em nome próprio, contínua, pública e pacífica desde 1986 -----------------------------------------------------------ESTÁ CONFORME---------------------------------------------------------------------------------------------------------Sintra, 08 de Abril de 2013.-----------------------------------------------------------------------------------------O Notário ___________________________________ ( Celso dos Santos)


Sintra Desportivo

JORNAL MENSAL

13

Futebol

“Cada vez mais o treinador não pode ser só um treinador”

Sabemos que no passado ano, no final da época, Carlos Manguito acabou a sua união com o Recreios do Algueirão. Clube no qual expandiu um trabalho admirável durante vários anos e onde executou vários cargos, desde coordenador técnico a chefe do departamento de futebol, passando ainda pelas funções de diretor desportivo e vice-presidente desportivo, sempre em paralelo com a função de treinador. O que o fez aceitar este convite, por parte do presidente do Atlético do Cacém João Nogueira, a executar o cargo de coordenador do futebol juvenil e da Academia de Futebol do clube? Eu é que agradeço o convite para esta entrevista. Aproveito para tornar público que decidi sair do clube. Aceitei o convite por parte da direção do Atlético Clube Cacém para desempenhar esse cargo com alguma expectativa e entusiasmo, por ter conhecimento das boas condições a nível de instalações que o clube possui e também porque pensei ser possível desenvolver um bom trabalho na área da formação. Quando aceitou este cargo, sabia que existia obstáculos em vários aspetos e compreendendo que "a sua resolução não seria fácil nem instantânea", mesmo assim aceitou o convite. O que tinha determinado ou em mente, para reestruturar gradualmente o funcionamento do futebol de formação e a colocá-lo no patamar que o clube merece? Ao aceitar este convite tinha a ideia de que a situação no Clube não estava a funcionar devidamente, mas depois de fazer uma observação e análise no terreno, rapidamente percebi que estava muito pior do que eu imaginava. Pelo facto de entrar para o clube já com a época a decorrer, fui confrontado com inúmeras situações de desagrado a vários níveis, sobre as quais compreendi a razão que os encarregados de educação dos jovens tinham e que não eram de resolução fácil nem momentânea.Contudo,conseguiaindaassimesclarecer e resolver muito do que estava mal. PUB

Outras situações que pretendia resolver e melhorar no Clube, e depois de várias tentativas nesse sentido, continuavam a não correr da melhor forma, por motivos que me ultrapassavam. Devido à grande envolvência e quantidade de equipas o clube tem estado exposto a confusões, falhas e desagrados. Tinha em mente a reestruturação do futebol juvenil no clube, esse trabalho seria preparado no final desta época e colocado em prática na próxima, mas perante alguns acontecimentos e situações menos agradáveis em que fui colocado, com as quais não me identifico, ponderei deixar o clube e nem coloquei a possibilidade de preparar a próxima época. Com imensa pena minha, pois continuo a dizer que o clube tem todas as condições a nível de instalações para se realizar um bom trabalho e ser uma grande referência no futebol de formação do concelho. E em relação a Academia de Futebol do clube, que performance esperava? A Academia de Futebol estava a funcionar de forma descontrolada, no inicio da época não foi feito uma definição dos grupos dos atletas em função da sua idade e desempenho, entre os grupos da formação e as equipas de competição do clube, andava praticamente tudo misturado e a confusão estava instaurada. Deste modo, só na próxima época é que esta situação poderia ser resolvida e começar a funcionar devidamente. Ainda assim, consegui ajustar uma ou outra situação mais complicada. Tenhorealizadotrabalhosnestaáreaháváriosanos com algum sucesso e tudo indicava que poderia vir a concretizar o mesmo trabalho neste clube. Como coordenador do futebol juvenil, como avalia o comportamento dos treinadores? Na minha opinião e pelo que tenho observado ao longo dos anos, grande parte dos treinadores estão muito limitados só à área do treino. Eu, como sempre desempenhei a função de treinador em paralelo com todos os outros cargos directivos nos clubes que representei, considero de extrema importância esses conhecimentos e experiência. Cada vez mais o treinador não pode ser só um treinador, como diz Mourinho “quem percebe só de futebol, de futebol nada sabe”. É importante que os treinadores tenham conhecimento da envolvência do departamento de futebol e do clube de um modo geral, certamente ficarão mais aptos e com mais sentido de responsabilidade nas suas PUB

DIREITOS RESERVADOS

Antes de mais, o Sintra Desportivo agradece a sua disponibilidade para realizar esta entrevista. Gostaríamos de conhecer melhor quais foram as suas funções e desempenho no Clube Atlético do Cacém, tendo em conta, todo o seu historial na formação de futebol, tinhamos todo o gosto que nos fizesse um balanço dessa passagem pelo clube.

carreiras desportivas. Temos conhecimento que dirige uma Escola de Futebol, a SintraFoot. Fale-nos um pouco, sobre o conceito da escola e o que defende acima de tudo, para um bom desempenho da mesma. A Sintrafoot | Escolas Carlos Manguito, está integrada na Associação Académica Desportiva de Sintra, a qual foi fundada pelo responsável Carlos Manguito. O local de funcionamento da Escola de Futebol Sintrafoot é na Escola Secundária de Mem Martins, local com excelentes condições estruturais ao dispor dos seus alunos. Gostaria de deixar alguma mensagem, aos atletas que frequentam estas escolas de Futebol, e até mesmo aos seus pais, que os acompanham com alguma assiduidade nesta atividade desportiva? OsatletasquefrequentamasEscolasdeFutebol devem respeitar as normas de funcionamento que passam pela assiduidade aos treinos e jogos para que sejam convocados, não devendo faltar às atividadesescolares,poisosestudosdevemserconciliados com o desporto. Os atletas devem ser rigorosos nos horários a cumprir nos treinos e jogos para que são convocados. Os atletas devem manter sempre umaatitude digna dentroe foradocampo.Respeitar de igual forma adversários, colegas, treinadores, árbitros, dirigentes, público. Não esquecerem que estarão sempre a representar-se a si e à Escola de Futebol. Os atletas também devem estar atentos aos seus treinadores e concentrados nos treinos, de forma a ser possível um maior aproveitamento na PUB

sua evolução enquanto praticantes. Em relação aos pais, existem normas de procedimento (Implementadas pelo Instituto do Desporto de Portugal) com as quais eu concordo, que podem e devem utilizar no acompanhamento das atividades desportivas dos seus filhos. Existe a forma positiva e a negativa, será importante que todos consigam diferenciar e colocar em prática os procedimentos mais correctos no desenvolvimento na formação das crianças e jovens. Terei todo o gosto em referir algumas dessas normas e contribuir deste modo para um melhoramento da prática desportiva e neste caso mais concreto no futebol. ■ Rita Sousa

Escola Sintrafoot A Sintrafoot | Escolas Carlos Manguito tem como objectivo base formar crianças e jovens dos 3 aos 14 anos ao nível do Futebol e não só. Dar oportunidade a todos os que gostem de praticar a modalidade é uma prioridade, independentemente da habilidade natural que possuam, fomentando a prática do desporto e cultivando a evolução individual e colectiva. Contudo, os técnicos da escola, com experiência e formação adequada, estão atentos aos alunos mais talentosos, que demonstrem faculdades físicas, técnicas e mentais acima da média, ajudando-os a evoluir cada vez mais através da sua integração numa equipa mais competitiva, quando o momento certo chegar. Aplicando uma metodologia de treino utilizada nos melhores clubes e academias do mundo, adaptada ao futebol moderno, a escola procura formar jogadores e equipas de qualidade, tendo em conta as necessidades dos seus alunos em cada fase do seu crescimento e evolução. PUB


14 Sintra Desportivo maio 2013

DESPORTO DO CONCELHO DE SINTRA

Futebol Feminino BREVES

Dança BREVES

1.º Dezembro na luta pelo título DIREITOS RESERVADOS :Arquivo

DIREITOS RESERVADOS

Encontro Nacional de Dança realiza-se pelo segundo ano em abril

Equipa de Sintra permanece sem vencer na fase de apuramento e está cada vez mais longe da confirmação do título nacional. O 1.º Dezembro e o Ouriense empataram a um golo, num jogo da quarta jornada do apuramento de campeão do nacional de futebol feminino, e adiam decisão do campeonato. O Ouriense, líder a fase de apuramento, tinha de ven-

cer o jogo de hoje e aguardar por uma derrota do Albergaria frente ao Vilaverdense para quebrar a preeminência do 1.º de Dezembro, campeão nacional há 11 épocas consecutivas. No entanto, o Albergaria venceu (3-2) e adiou a decisão para a próxima jornada em Ourém, naquele que poderá ser o jogo do título. ■ Rita Sousa

O projecto Ai! a Dança promoveu em finais de Abril o 2.º Festival Corpo, "um dos maiores encontros de dança do país", que terá lugar no Condomínio AMOET, em Lourel.

BREVES

Há um ano, a adesão superou as expectativas da organização com cerca de 4000 visitantesdois dias e 1200 bailarin o s a dançarem durante quatro mos-

tras. No Centro de Exposições estiveram cerca de 25 artistas e 12 terapeutas. "Este ano, esperou-se uma maior adesão não só de público, mas também de artistas", dizem os promotores do evento criado para celebrar o Dia Mundial da Dança, assinalado a 29 de Abril. ■ Rita Sousa

1º Mini Triatlo

1º Mini Triatlo nos Bombeiros V. Colares BREVES

DIREITOS RESERVADOS :Noticias de Colares

Os Bombeiros Voluntários de Colares, no dia 13 de Abril levou a cabo o 1º Mini Triatlo. Este evento teve como finalidade apresentar a Escola e Equipa de Triatlo, como também a demonstração de atletas da Seleção Nacional de Natação Júnior Sénior. A prova disputou-se na piscina dos Bombeiros e nas zonas circundantes, que contou com a Escola e Equipa de Triatlo. Durante o evento houve ainda uma demonstração de atletas da Seleção Nacional de Natação Júnior/Sénior. A Prova saldou-se por um êxito assinalável dado à grande participação de atletas jovens. ■ Rita Sousa

PUB

PUB

PUB


Sintra Desportivo

JORNAL MENSAL

15 PUB

Campeonato Nacional de Enduro

DIREITOS RESERVADOS

Gonçalo Reis deu espectáculo

Gonçalo Reis foi a Freixo de Espada à Cinta dar espectáculo. Após uma lesão contraída na última prova do Campeonato Nacional de Enduro em Góis no passado mês de março, Gonçalo Reis que defende as cores da KTM. Já no ativo, o atleta da FantasticWin foi a meados de março pôr à prova a sua KTM 250 SX-F no 1º EnduroCross de Vila Nova de Santo André tendo de forma muito humilde e divertida levado de vencida a competição em todas as mangas classificativas e por consequente à geral. Porém e como os desafios são parte integrante da agenda de Gonçalo Reis em 2013, foi com enorme alegria que o atleta do Team SolPosto Competi-

ções | KTM Portugal esteve presente no último fim-de-semana de 23 e 24 de março em Freixo de Espada à Cinta que por sua vez veio a receber a primeira prova do Campeonato Nacional de Motocross 2013. Ali e de forma surpreendente, o famoso atleta de enduro não defraudou o público presente ao dar um grande espetáculo em termos de condução mostrando-se logo ao vencer o “holeshot” na manga de qualificação. Apesar de estar ali para ganhar ritmo e divertirse a treinar sem pressão na muito movimentada classe MX2, o atleta do Magoito foi de forma surpreendente o 4ª classificado na grande final mostrando assim o seu valor e respetiva fiabilidade da sua KTM 250 SX-F perante a fina-flor do Motocross nacional. No final desta competição, Gonçalo Reis comentava de forma feliz, “Mais um objetivo cumprido pois já estou recuperado e com a motivação em altas. Em Vila Nova de Santo André diverti-me como já esperava e finalmente aqui em Freixo de Espada à Cinta senti-me aliviado por me sentir bem e acarinhado por todos os presentes até porque o objetivo é manter-me ativo e dinâmico de forma consistente. A 2ª prova do Campeonato Nacional de Motocross foi no dia 7 de abril em Marinha das Ondas pelo que o trabalho continuou a ser bastante forte para a próxima etapa do nacional de enduro.”

PUB

■ Redação

Rali de Portugal Open

«Apesar da desistência, a prova foi espetacular!»

A dupla de Sintra Gil Antunes e Diogo Correia acabaram por não terminar da melhor forma o duro rali, já que após a segunda especial foram obrigados a abandonar a prova. A equipa do Opel Astra Gsi entrou bem na prova, obtendo um bom crono à geral e dominando as duas rodas motrizes, isto apesar deum problemanomotornãolhespermitir rodar a 100%. Como nos salienta Gil Antunes, “Entramos bem na prova, acima de tudo com o intuito de dar espetáculo e desfrutar destes troços. Logo na primeira especial o motor falhava em algumas zonas, inclusive numa passagem pela ribeira de Vascão, desligou-se e perdemos bastante tempo para conseguir voltar a coloca-lo a trabalhar. Apesar de tudo PUB

PUB

DIREITOS RESERVADOS

O Automóvel Clube de Portugal levou para a estrada mais uma edição do Rali de Portugal Open.

PUB

estávamos na frente das duas rodas motrizes, mas na especial seguinte, perdemos todo o óleo da suspensão traseira e para não danificar mais material optamos por terminar mais cedo a nossa prova. No casodeserumaprovapontuávelparaumqualquer campeonato, ainda fazíamos o esforço de levar o carro até ao final e terminar o rali, mas aqui a nossa participação era apenas para nos divertir, pelo que não havia necessidade de sacrificar ainda mais a mecânica do carro”. ■ Redação PUB

PUB


16 Sintra Desportivo maio 2013

DESPORTO DO CONCELHO DE SINTRA

Academia Karaté Rinchoa

DIREITOS RESERVADOS:Academia de Karaté Rinchoa

Jovens karatecas do Dojo Samurai qualificam-se para o nacional

1ª Diogo Felgueiras, Mariana Lélis, Guilherme Palma e Miguel Alcobia (esquerda para direita) 2ª Treinador João Duarte, Guilherme Palma, Miguel Alcobia, Diogo Felgueiras, Mariana Lélis e treinador Nuno Dias (esquerda para direita)

Os karatecas do Dojo Samurai na Rinchoa estiveram em grande destaque ao conquistarem uma medalha PUB

de prata, duas de bronze e um quinto lugar no campeonato regional juvenil centro-sul, que se realizou sobre

a alçada da Federação Nacional de Karate Portugal (FNK-P) no passado sábado na Póvoa de Santa Iria.

O primeiro a entrar em ação foi Guilherme Palma (Dojo Samurai Energy Fitness Club em Mem Martins) nos -45kg, classificando-se em terceiro lugar depois de em quatro combates perder apenas para o vencedor, representante do Sporting CP, por 4-5. Logo de seguida Diogo Felgueiras, que também disputou quatro combates perderia na luta pelo bronze, classificando-se em quinto lugar. Em representação do Dojo Samurai e do Colégio dos Plátanos, estiveram Mariana Lélis e Miguel Alcobia. Mariana chegou à final da prova de forma brilhante sem ter sofrido qualquer ponto. No entanto cederia na final perante uma atleta que esteve melhor taticamente. Conquistando desta forma a medalha de prata. Já Miguel Alcobia conquistou a medalha de bronze perdendo apenas com um dos finalistas, depois de ter estado em bom nivel nos primeiros combates. O Dojo Samurai conseguiu desta forma apurar todos os atletas para o Campeonato Nacional que se realizará em maio, em que só os oito melhores de cada região estarão presentes, em que perto de mil karatecas tentam a qualificação. ■ Rita Sousa


Sintra Desportivo 79  

Sintra Desportivo 79

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you