Page 4

SINTHORESP

4

Sindicalismo contratuh

Evento aponta desafios das mulheres na atual conjuntura

O Sindicato participou em março do “Viver Mulher - Não à Violência”, em Salvador (Bahia). O evento é organizado pela Contratuh, Confederação à qual o Sinthoresp é filiado. Compareceram nosso presidente Francisco Calasans Lacerda, o secretário-geral Rubens Silva, os diretores Valdir Farias, Elizabete Cordeiro e Antonio Luiz de Sousa (Jandaia). Rubens comenta: “O Viver Mulher sempre traz palestras que orientam a ação sindical, especialmente em defesa da trabalhadora”.

internacional

Congresso de Direito defende decisões das assembleias

Dias 9 e 10 de maio, o Sinthoresp participou do VI Congresso Internacional de Direito Sindical, em Fortaleza (CE). O evento reuniu Sindicatos, Federações, Confederações, Ministério Público e Judiciário. O presidente Francisco Calasans Lacerda, o secretário-geral Rubens Silva, os diretores Edimundo Alves dos Santos e Valdir de Farias e a advogada Valdete Camilo representaram nossa categoria. Os participantes reafirmaram o entendimento de que as assembleias são soberanas.

Fetrhotel

Hoteleiros debatem MP 873 da contribuição sindical

Dirigentes e advogados do Sinthoresp e da Fetrhotel (Federação Interestadual dos Trabalhadores Hoteleiros de São Paulo e Mato Grosso do Sul) se reuniram dia 13 de março, em nossa sede, para debater a Medida Provisória 873, que dificulta o recolhimento das contribuições. Para os sindicalistas, a Medida é inconstitucional. Também consideram que o governo federal baixou a MP com o objetivo de desviar o curso da luta contra a reforma da Previdência - PEC 6/2019.

Março/abril de 2019

Nossa Escola qualifica

Os cursos são profissionalizantes, a cu Os governos pouco investem em formação profissional, o Sistema S (Senac etc.) não dá conta da demanda e o setor privado cobra caro demais. Mas o Sinthoresp investe. Desde 1993, funciona na rua Taguá, 282, nossa Escola de Hotelaria. Ela já capacitou 20 mil alunos. Há 18 cursos, todos grátis, ministrados por profissionais qua-

lificados e conceituados. O aluno põe a mão na massa em situações típicas de trabalho. Ao se formar recebe certificado. “Há professores com 30, 40 anos de experiência nos principais hotéis e restaurantes”, diz nosso secretáriogeral Rubens Silva. Ele observa: “Seria muito oportuna parceria com as empresas que

utilizam a mão de obra que qualificamos, a fim de implementarmos Cursos a Distância, que ajudariam quem não pode se deslocar até o Centro”. A Escola também ajuda profissionais desempregados. “Como os cursos são gratuitos, quem se qualifica aumenta as chances de recolocação”, comenta nosso secretário-geral.

Professor é pedra fundamental Falaremos aqui de um homem decisivo para nossa Escola de Hotelaria. E que a nomeia: Aparecido Wolf Molitor. Aos 86 anos, o professor tem muito pra contar. A Escola começou em 1993, quando ele idealizou o curso “A Arte de Bem Servir”, com as disciplinas de Inglês, Maître, Barman, Sommelier e Cozinha. Molitor começou a trabalhar de ajudante-geral na cozinha, ainda garoto, num hotel de Cerqueira César, sua terra natal, no Interior paulista. Não parou mais. Lá mesmo, o ajudante foi promovido a garçom. Aos 20 anos, conseguiu vaga de garçom no trem São Paulo-Presidente Prudente. Relembra: “No primeiro dia, precisei servir macarrão. Por infelicidade, caiu tudo no chão”. Pensou que seria demitido. Porém, seu chefe o fez treinar na madrugada

FILHA SEGUE LIÇÕES DO PAI Celly Adelina Molitor é professora de Administração na Hospitalidade na Escola do Sinthoresp. Ela é filha de Aparecido Wolf Molitor e conta: “Desde cedo, acompanhava meu pai em restaurantes. Fiz bicos até os 17 anos”. Em 1998, começou a lecionar em nossa Escola. Celly comenta: “Fico orgulhosa pelo reconhecimento ao meu pai. Ele mantém viva uma tradição, que é a de servir bem e ter domínio técnico e cultural, a fim de garantir ao cliente um ótimo atendimento”. mais - Em nosso site, você encontra o texto completo

www.sinthoresp.com.br

a técnica de servir. “Trabalhei sem dormir, mas deu certo”, diz. Inglês - Molitor continuou a estudar. Isso lhe rendeu, anos depois, emprego como maître no Terraço Itália, SP. “Vi essa vaga no jornal Diário Popular. Mandei carta e me chamaram pra entrevista”, conta. Como lhe pediram nova carta, ele a redigiu em inglês. O professor relata: “Ganhei a vaga na hora”. Lá, atendeu a grandes figuras da política e das artes, como a rainha Elizabeth II e a atriz Catherine Deneuve. Muito esforçado, ele conseguiu também se formar em Hotelaria e Turismo, além de Jornalismo. Doença - Conhecido por sua extrema dedicação ao trabalho, o professor foi parado por um AVC, em 2006. Já não trabalha. E desabafa: “Estou muito lúcido, mas meu corpo me impede de fazer o que mais amo, que é servir bem e proporcionar experiências incríveis aos clientes”.

Já capacitamos mais de 20 mil alunos Opções - Os cursos oferecidos pela Escola são: Cozinha (Básica, Brasileira e Internacional); Garçom; Bartender; Camareira; Governança; Inglês; Espanhol; Informática; Administração na Hospitalidade; Confeitaria (Básica e Internacional); Panificação; Gestão em A&B, Libras e Supervisão de Andares. formação - Escola do Sindicato oferece cursos gratuitos em Hotelaria e Gastronomia

Nos últimos oito anos, a procura pelos cursos da Escola de Hotelaria aumen-

tou, capacitando 4.652 trabalhadores. Os dois cursos mais frequentados foram

Informática, que formou no período 693, e Inglês, com 531 estudantes.

inscreva-se Site - sinthoresp.com.br/escola/ facebook.com/escolasinthoresp/ Email - escola@sinthoresp.org.br Telefone - 2185.7166.

Profile for sinthoresp

Jornal do Sinthoresp - Edição março/abril 2019  

Publicação do Sindicato dos Trabalhadores em Restaurantes, Bares, Hotéis e Similares de São Paulo e Região. Formato Tablóide, 8 páginas, 4 c...

Jornal do Sinthoresp - Edição março/abril 2019  

Publicação do Sindicato dos Trabalhadores em Restaurantes, Bares, Hotéis e Similares de São Paulo e Região. Formato Tablóide, 8 páginas, 4 c...

Advertisement