Page 1

JANEIRO 2010 Nº 20

SINTH-BA

VOSSO VENTRE A dança que faz subir... a autoestima feminina!

AO PÉ DO OUVIDO A intensa relação entre a orelha e o resto do seu corpo

YO ? A Contorcionismo? Ginástica? Religião? Por Lord Ganesh, é tudo mito!

. v ver


CONVÊNIO CRTH-Ba

SINTH-BA

Conselho Regional de Ética dos Terapeutas Holísticos do Estado da Bahia

Sindicato dos Terapeutas Holísticos da Bahia

e

SUSTENTABILIDADE QUEM AMA...CUIDA!

s

ucesso! É a palavra chave para descrever a iniciativa de Paulo Argollo e sua afinada equipe. O Sindicato e o Conselho dos Terapeutas Holísticos da Bahia estiveram presentes em todos os dias do festival e puderam perceber o cuidado e o carinho que a equipe de organizadores e a produção dedicaram ao público, aos participantes e aos palestrantes, procurando sanar os imprevistos inerentes a toda iniciativa pioneira. Quem não foi perdeu a oportunidade de passar cinco dias maravilhosos em Imbassaí e ver o nascimento do projeto de criação de uma grande área de preservação, sustentável e em comunhão com as necessidades da comunidade local. Além, claro, das atrações do evento. Queremos desde já declarar nossa participação no próximo festival, em novembro de 2010, com muito mais incentivo e colaboração.

T E R A P E U TA , AGORA VOCÊ E SEUS D E P E N D E N T E S D I R E TO S P O D E M FA Z E R G R A D U A Ç Ã O , PÓS-GRADUAÇÃO OU MESTRADO, C O M D E S C O N TO S D E

Solicite Informações pelo email:

ftc@sinthbahia.org

14 a 16 de maio de 2010 Tropical Hotel da Bahia Salvador - Bahia Palestras, cursos, vivências, oficinas. Inscrições e reserva de stand: Tel : (71) 3243-3984 - 8868-3639 E-mail : etnbrasil@gmail.com Site : www.etnbrasil.com.br realização

Mãos à obra!

10 A 20%

NAS ANUIDADES, S O L I C I TA N D O O C O N V Ê N I O E N T R E O S I N D I C ATO E O I M E S .

SINTH-BA

Como presidente do Conselho de Terapeutas Holísticos da Bahia, eticamente não devo dar preferência a algum terapeuta específico, mas me sinto no dever de fazer menção a um método de avaliação que realmente me surpreendeu. Por um pensamento qualquer, daqueles que vêm sem uma razão aparente, decidi fazer uma avaliação pelo método bioenergético. Apesar de há muitos anos conhecer terapeutas da área e ouvir diversos relatos de curas reais, nunca programei uma consulta, por sempre achar que estava razoavelmente bem de saúde. Para minha surpresa e constatação do que no íntimo estava desconfiado, fui informado de que meus sistemas linfático e o imunológico estavam comprometidos, a tal ponto que, em pouco tempo, poderiam sucumbir aos ataques de agentes patológicos. Vinha sentindo alergias inexplicáveis, dificuldades em lidar com má digestão, apesar de ter uma alimentação bastante saudável. Através do método, foi indicado o melhor tipo de tratamento, quais as ervas e alimentos adequados para meu caso caso. Conclusão: após 27 dias de tratamento obediente e rigoroso, tudo mudou para além de qualquer expectativa, a ponto de agora só necessitar manter a alimentação saudável. Para mais informações sobre a formação no método bioenergético ou consulta, ligue para (71) 3249-1621. www.wix.com/biosaude/salvador Percival Carpi


Não estamos falando daquele beliscão terrível que muita gente recebeu da mãe quando aprontava alguma coisa na infância. Técnicas que estimulam pontos da orelha, longe de parecerem o castigo da meninice, trazem benefícios para a saúde.

Um puxãozinho não dói!

4

A acupuntura tradicional visa a cura de enfermidades pela aplicação de estímulos através da pele, com a inserção de agulhas em pontos específicos. A acupuntura auricular é uma técnica de aplicação de pontos nas orelhas, atuando no sistema nervoso central para equilibrar os canais de energia do corpo. Tem efeito mais rápido que a acupuntura tradicional e é usada para tratar ansiedade, estresse, dor, inflamação,alcoolismo, dependência de antidepressivos e de nicotina, depressão e insônia. Restaura a pressão arterial, regulariza a fome, ajuda no relaxamento muscular e recupera o apetite de ex-fumantes. A técnica cuida do lado físico, psíquico, energético e estético, e é muito usada em tratamentos para o emagrecimento. Além de curativos, os efeitos são preventivos, já que fornecem ao organismo energia suficiente para impedir doenças. O tratamento não possui reações e não causa dependência. A acupuntura é uma técnica segura, com efeito prolongado, Além de agulhas, a técnica ainda usa cristal, semente de mostarda, esferas de ouro ou prata, partículas magnéticas, pedras, contas, stipper, moxa ou apenas a pressão dos dedos nos pontos específicos. A aplicação dura de 30 a 45 minutos. Após o tratamento com as agulhas, usam-se ainda esferas, sementes de mostarda, agulhas semipermanente ou stipper durante até cinco dias. O mais importante é o acupunturista fazer o diagnóstico correto para a combinação dos pontos auriculares serem os mais eficazes para se obter o resultado positivo.


O yoga queima calorias, fortalece o tônus muscular, melhora a flexibilidade e traz uma série de benefícios para o corpo do iogue (praticante de yoga). Mas ginástica é ginástica, yoga é yoga! Há linhas de yoga que são bastante praticadas por pessoas que querem complementar suas atividades físicas e esportivas, dentre as quais as principais são a Hatha Yoga e o Power Yoga. O objetivo principal de qualquer linha de yoga não é apenas para fins estéticos e desempenho físico, mas sim o de promover o equilíbrio e o bem-estar do corpo e da mente. Maria Alice Figueiredo explica, no seu artigo O que o Yoga não é, como a yoga pode ser uma grande aliada do corpo: "O Hatha Yoga trata, basicamente, da circulação da energia vital (prána) em nosso corpo. Sua finalidade é limpar e desimpedir os 'canais' sutis de circulação dessa energia (nádís), de modo a facilitar a comunicação entre a mente e o corpo, tornando-o um veículo adequado às energias mentais mais delicadas, abstratas e espirituais”. E aquele contorcionismo todo? Os inúmeros movimentos da yoga são chamados de ásanas, que, segundo Maria Alice Figueiredo, "são posições estáticas que atuam sobre a circulação da energia vital, estimulando determinadas áreas do corpo, principalmente órgãos e glândulas. Seu objetivo é o bom funcionamento orgânico dos sistemas respiratório, digestivo, circulatório, nervoso, reprodutor e eliminador de resíduos. Promove a flexibilidade das articulações e o alongamento muscular, proporcionando uma boa postura da coluna vertebral, importante para a livre circulação do prána, a energia sutil. A prática dos ásanas mobiliza os músculos, mas seu objetivo não é o desempenho muscular".

Yoga é ginástica!

Yoga é religião!

No que você pensa quando ouve a palavra yoga? Numa pessoa sentada horas a fio em posição de lótus, com os polegares e indicadores unidos, entoando um mantra ininterrupto? Ou o contrário, numa espécie de contorcionista de circo desafiando as leis da física?

Yoga é autoconhecimento! Como resume Manuela Mendonça no seu artigo O princípio do yoga e a moral, “yoga começa quando a gente olha pra gente. Quando levantamos qualquer questão, seja sobre a vida, seja sobre nós mesmos, seja sobre qualquer coisa, já é um começo”. As técnicas todas envolvidas, que certamente trazem benefícios estéticos para o corpo físico, de nada valem se o iogue não compreender o yoga como uma modo de vida que visa, em

primeira mão, o equilíbrio do ser. E, para uma harmonia entre mente, corpo e espírito, é preciso muito mais que posições e mantras, mas, sobretudo, mudança de comportamento e autoestima. Mas e o corpo? Manuela Mendonça responde: “Também, ora... Hatha Yoga serve a esse propósito, ajudando a trazer uma condição mental ideal para a meditação. Saúde, um corpo bom...tudo isso vem, mas vem muito mais se o foco for o ser humano inteiro, o Yoga como ele é: inteiro”.

Sem dúvida, o yoga foi desenvolvido no seio do hinduísmo e tem entre os seus praticantes um número expressivo de hindus. Mas o yoga não é em si uma religião ou crença e pode ser praticado por qualquer pessoa que professe qualquer outra religião (ou nenhuma!). Como explica Maria Alice Figueiredo, "a palavra religião vem do latim religare, ou reunir, que tem o mesmo significado da palavra yoga. No entanto, o yoga não é um sistema de crenças, e sim um trabalho objetivo, sistemático, de caráter científico/experimental, que, por ativar a consciência nos níveis superiores de nosso ser, capacitanos a vivenciar estados espirituais de modo direto e autêntico, independente de qualquer sistema interpretativo particular. Por isso, o yoga não é proselitista, nem dogmático ou sectário. O yoga terá discípulos, mas não seguidores, porque nele tudo é uma questão de experiência pessoal direta, onde a crença é dispensável". Maria Alice explica ainda que "há um ramo de yoga chamado Bhakti Yoga, que mostra como transformar a devoção em um trabalho sistemático. Isso pode ser feito por devotos de qualquer religião, pois o yoga não determina que o bhakta seja hinduísta, nem sugere a escolha de qualquer forma particular de devoção.


Entrevista

Marta Molinero

Como a senhora descobriu a yoga? Foi num momento de transição. Estava até de mudança de cidade, do Rio para Porto Alegre. Desde o Rio já sabia que meu caminho era yoga. Descobri isso quando li o livro "Mergulho na paz", do professor Hermógenes. Desde quando trabalha com yoga? Trabalho com yoga há 22 anos. Os primeiros anos foram de vivência pessoal, necessária e instranferivel, e de didática. Depois, foram oito anos de pratica em academia, ensinando e aprendendo. Daí fui apresentada à Associação Brasileira de Professores de Yoga, dirigida na época pelo professor Hermógenes, onde obtive aprovaçao para atuar como professora. Eu era a número 136, só tinha essa quantidade de professores de yoga no Brasil... Aprendi várias línhas, mas, como diz o professor Hermógenes, a yoga é uma! Em síntese, o que significa a yoga? É um sistema de reeducação psicofísica, que visa, através da união de mente e corpo, tornar o homem um ser harmônico,um todo unificado.

Quais os benefícios que a yoga traz para o indivíduo? A yoga atua beneficiando os aspetos mais intricados do ser, sejam físicos ou emocionais. Aperfeiçoa a mente e faz despertarem, nesse mergulho interno, as potencialidades mais íntimas do homem. Reeduca o corpo e suas emoções. Todas as modalidades de yoga têm como objetivo (por diferentes caminhos) o reencontro do homem consigo mesmo, com o eu mais profundo que o habita. Quais os maiores mitos em torno da yoga? Eu tive um aluno que me perguntou se a gente aprende a caminhar sobre pregos, se a yoga era uma acrobacia, se ele ia ficar pendurado e retorcer o corpo como num circo... Quem pode fazer yoga? Todos podem fazer yoga, independentemente de qualquer equipamento especial, mas sempre com a consciência das suas limitações. Existe yoga para crianças, para a terceira idade, para grávidas, com posturas direcionadas para casos especificos, claro. Mas a yoga é uma só. A yoga não é só para jovens ou atletas.

Você também é psicóloga. Como o yoga pode se aliar ao tratamento psicológico? Aliar a psicologia à yoga é como aliar uma terapia de cura a outra, uma vez que o homem é um ser completo em que interagem vários aspectos. Eu nunca deturpo a yoga, mas acrescento técnicas psicológicas e vivências que complementam e acompanham as técnicas de yoga. Pode-se usar respirações da yoga na regressão, bem como pode-se incorporar algumas respirações próprias do tratamento de transtorno de pânico a posturas de yoga. Como se tornou a representante da Associação Internacional de Professores de Yoga na Bahia? Ha cinco anos conheci a YITA, com sede brasileira em São Paulo. Na época a presidenta-diretora da Associação na Bahia era a senhora Luiza Rehm, grande amiga e professora dedicada, que terminou sua vida neste plano em janeiro deste ano, deixando muita saudade e muitos ensinamentos. Após ela falecer, assumi automaticamente a presidência da associação na Bahia. Sinto-me muito apoiada pelos membros baianos e pela diretoria de São Paulo e pelo Sinth e CRTH-Ba.


Entrevista

Nanci Manoel

Como conheceu a dança do ventre? Comecei a fazer aulas de dança em 1982, quando tinha apenas 4 anos, por recomendação médica, devido a geno valgo, uma alteração postural dos membros inferiores. E, a partir daí, não parei mais. Em 1995 conheci a dança do ventre e me apaixonei, me encontrei! Há 14 anos mergulho no mundo da dança do ventre e das danças folclóricas árabes. Como a dança do ventre mudou sua autopercepção enquanto mulher? A DV me auxiliou muito a superar a timidez na adolescência. O religare com a sexualidade, energia vital, nos deixa receptivas ao verdadeiro amor. Com a DV, sinto o poder que temos (todas nós mulheres) e que às vezes está encoberto e o que precisamos fazer é, simplesmente, redescobri-lo, e para isso a dança do ventre é perfeita! Você acredita que a dança do ventre tenha funções terapêuticas? Tenho alunas que procuraram a DV por recomendação de médicos, psicólogos e terapeutas e vejo resultados surpreendentes como: superação de ansiedade, de síndrome de pânico, de depressão,

entre outras. É uma dança milenar com benefícios mil. Além das funções terapêuticas, existem os benefícios físicos, mas somente se ministradas por uma profissional capacitada. Como a dança do ventre atua na melhoria da autoestima feminina? O desbloqueio de sentimentos reprimidos atua diretamente na transformação das emoções da mulher, incutindo em seu ser mais feminilidade, leveza, suavidade e beleza. Nesse caminho do autoconhecimento, entramos num processo de autocura onde há aumento da consciência da energia sexual/vital, da sensualidade natural, da auto-estima e do prazer em viver. Quem pode fazer dança do ventre? Mulheres de todas as idades que buscam uma atividade física prazerosa, terapêutica e de autoconhecimento. Já para crianças, o trabalho é especial, diferenciado do trabalho com adultos. Mais lúdico, tem foco na alegria das danças folclóricas, envolvendo mais movimentos de braços e também o uso de véu. Homens que praticam a dança também são beneficiados? A dança do ventre é, essencialmente, feminina. Existem homens que fazem dança do ventre e usufruem os benefícios, dentre eles a respiração no

baixo ventre, realizada em alguns pranayamas, que trabalha o tônus e a irrigação sanguínea da região pélvica, auxiliando os órgãos a desenvolver melhor suas funções e à energia vital circular e equilibrar todos os centros de energia do corpo além do trabalho constante e consciente na musculatura abdominal proporcionar a estabilização lombar. Mas existem danças árabes masculinas que trabalham a força, a virilidade e a flexibilidade e são lindas! Uma delas é o tahtib (dança com bastões), que também ensino. Quais os maiores mitos em torno da dança do ventre? Algumas pessoas acham a dança linda, mas não fazem por que “causa barriga”! Afirmação completamente falsa, mas, mesmo assim, até alguns profissionais da área de saúde crêem no mito e, infelizmente, por falta de conhecimento, muitas mulheres deixam de fazê-la por crer nesse mito. Como toda atividade física, a dança do ventre queima calorias, portanto, pode fazer com que a bailarina diminua a massa de gordura. A DV trabalha a força e a elasticidade dos músculos abdominais através das ondulações, enrijece os músculos abdominais, afina a cintura e os quadris adquirem um formato levemente arredondado, como o de um violão, bem feminino.

7

Revista 20 alt  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you