Põe na Mesa - Edição 41

Page 1

Vote consciente Conheça bem os candidatos e o sistema eleitoral para escolher seus representantes

Revista do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Refeições Coletivas da Região Norte/Oeste do Estado de São Paulo

Página 16

Ano 17 • Edição 41 • Setembro de 2018

Mulher

Saúde

Negociações

Página 4

Página 8

Página 26

Gravidez tardia

Doenças dos ossos

Eleições sindicais



Palavra do Presidente

Votar por quê? C

om a baixa popularidade dos políticos e dos partidos, que mesmo trocando de nome ou sigla com intuito de ludibriar os eleitores desalentados, o processo eleitoral brasileiro passa por um momento de descredito com a população em geral. Não há de se falar em classe A, B ou C, existe uma revolta generalizada com tanta roubalheira, tantos desmandos e pouca punição. Preocupa-nos a ascensão da extrema direita que promete resolver tudo na base da bala, o enfraquecimento da esquerda que não convence mais a massa e o centro não consegue reagir a esse crescimento deturpado. Cria-se no eleitor uma dúvida cruel sobre o voto, às pesquisas apontam um grande número de indecisos e nunca na história desse país se pesquisou tanto a vida dos políticos.

Bom, pelo menos vamos tirar desse momento ruim algo de bom! Será que estamos aprendendo a votar? Mais a Constituição Federal “carta magna deste país”, nos garante o direito do voto. Somente pelo voto podemos mudar os velhos hábitos dos políticos de carreira, que usam a política como herança hereditária, passando-as de pai para filho e neto. Chega de abusos! É hora de mudança e a mudança só acontece pelo voto. Por isso me dirijo aos leitores da Revista Põe na Mesa, associados ou não ao Sindicato, familiares e simpatizantes do nosso trabalho, que não deixem de exercer a cidadania através do voto. “Não vote em branco ou nulo” escolha um candidato pela sua reputação, conheça o seu plano de governo, suas ideias e alianças políticas. E não se esqueça

do velho ditado, “diga-me com quem andas e te direi quem tu és”. O voto numa democracia é uma conquista do povo e deve ser usado com critério e responsabilidade. Votar em qualquer um pode ter consequências negativas sérias no futuro, sendo que depois é tarde para o arrependimento. Que Deus nos abençoe e nos dê sabedoria para escolher bem nossos representantes.

Waldir Aparecido Avanzo Presidente do Sinterc

Edição nº 41 • Setembro de 2018 • A revista Põe na Mesa é uma publicação do Sinterc − Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Refeições Coletivas da Região Norte e Oeste do Estado de São Paulo. Sede: Rua Cussy Júnior, 11-16, Centro, Bauru-SP, CEP 17015-022. Telefone/FAX: (14) 3234-9763. Diretor Presidente: Waldir Aparecido Avanzo. Suporte Administrativo: Francisco Viana. Suporte Jurídico: Dr. Bruno Avanzo. Jornalista responsável: Gabriel Pelosi - MTB 46.273-SP. Projeto Gráfico, diagramação e arte: Bruno Gonçalves − www.brunogoncalves.com.br. Impressão e pré-impressão (CTP): Grafilar − www.grafilar.com.br − Telefone: (14) 3812-5700. Tiragem: 5.000 exemplares. Todas as matérias, textos e imagens publicadas nesta revista são de estrita responsabilidade da diretoria do Sinterc.

Setembro de 2018

3


Mulher

Gravidez tardia Conheça os riscos e as recomendações médicas para quem planeja ter filhos mais tarde

A

o longo dos anos, a mulher vem participando cada vez mais do mundo corporativo, atingindo atualmente 48% do mercado de trabalho, de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Com isso, a independência financeira, a autonomia, o reconhecimento profissional e o status social tornam-se conquistas prioritárias em suas vidas e, por conta da dedicação ao trabalho, muitas acabam adiando a gravidez Dados do Ministério da Saúde apontam que o número de mulheres que foram mães após os 40 anos no Brasil subiu 49,5% em 20 anos, passando de 51.603 em 1995 para 77.138 em 2015. “Atualmente, registra-se uma tendência cada vez maior de gravidez entre mulheres que se encontram na faixa entre os 35 e 45 anos. Uma gestação nesta fase da vida exige dos profissionais de saúde mais atenção, já que há maiores chances de complicações para a mulher e para o feto”, explica Fábio Muniz, médico ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade São Cristóvão.

4

Setembro de 2018

Idade ideal De acordo com o especialista, dados da literatura médica citam que a faixa etária ideal para ter filhos estaria entre 20 e 29 anos. Porém, existem variações quanto à definição de idade materna avançada para a gravidez, sendo que alguns autores consideram o limite de 35 anos e outros até os 45. O consenso é que quanto mais tardia a gravidez, maiores são os riscos. “As gestantes com mais idade vão engravidar numa fase em que coincide com o início de doenças crônicas, como hipertensão arterial, diabetes, disfunções da tireóide entre outras. Existem outras patologias que também se apresentam com maior frequência neste período, como abortamentos e anomalias cromossômicas. A incidência de Síndrome de Down, por exemplo, em gestações aos 18 anos é de 1 entre 1.000, já aos 40 anos passa a 1 entre 100”, explica Fábio. Em consequência do maior risco, pode ocorrer aumento da mortalidade para a mãe e o feto.


Pexels

Setembro de 2018

5


Mulher No entanto, a evolução dos conhecimentos médicos permite que seja possível mulheres em idades avançadas curtirem a maternidade. “O ideal é que o pré-natal comece antes mesmo da concepção. O casal deve procurar o ginecologista antes de engravidar para uma avaliação clínica geral com investigação das funções cardíacas, renais, entre outras. A realização de exames laboratoriais, a atualização vacinal e medidas visando uma gravidez saudável como o controle do peso. Se tudo estiver bem, recomenda-se o uso de ácido fólico (vitamina do Complexo B) para diminuir o risco de malformação do sistema nervoso central do bebê, bem como outras vitaminas que estejam em carência”, aconselha o obstetra. Outro ponto que merece atenção para aquelas que desejam engravidar com mais de 40 anos é o aspecto emocional. Segundo Fábio, a cobrança por gerar filhos e algumas tentativas sem sucesso podem acarretar frustração que impactam na taxa de fecundidade. “É fundamental o acompanhamento multidisciplinar nestas circunstâncias”, acrescenta. O médico explica ainda que mulheres após os 35 anos que engravidam espontaneamente possuem, do ponto de vista teórico, mais chances de terem gravidez gemelar. Isso acontece porque, nesta faixa etária, o estímulo para ovular precisa ser maior. Assim, o organismo produz mais FSH (hormônio estimulador de folículos, que são as estruturas dos ovários que contêm os óvulos) para garantir o desenvolvimento dos poucos folículos que restam. Então, aumenta a probabilidade de se produzir mais de um óvulo em um mesmo ciclo.

6

Setembro de 2018

Getty Images

Planejamento

Tratamentos Para o médico ginecologista Renato de Oliveira, especialista em reprodução humana, apesar da gravidez tardia ser uma realidade, vale lembrar que as mudanças biológicas não acompanham as transformações sociais. “Portanto, para quem deseja focar na carreira e engravidar mais tarde, uma ótima opção são as técnicas de reprodução assistida”, recomenda. Para as mulheres que desejam postergar a gravidez, os métodos de reprodução assistida, como a ovodoação e a preservação da fertilidade (congelamento de oócitos), são alternativas para a conquista da gravidez. Nos casos em que o desejo é preservar a fertilidade, a melhor técnica é o congelamento de oócitos pela vitrificação. “Os oócitos captados são congelados e as suas características, mesmo após o descongelamento, são preservadas. Quando a mulher decidir utilizar os seus gametas, eles serão descongelados e fertilizados. Os embriões formados serão transferidos para o útero e o teste de gravidez será feito em, aproximadamente, 12 dias”. Porém, o congelamento feito até os 35 anos de idade, apresenta resultados melhores. “Se a mulher pensa em ter filhos após essa idade, é essencial que converse com um especialista para avaliar a possibilidade de criopreservação dos óvulos, uma vez que sua chance de gravidez será compatível com a idade que tem quando congela os gametas”, finaliza Renato.


Chances de engravidar em cada fase da vida: 20 anos O período é considerado o ideal para a gravidez, pois nessa fase a fertilidade da mulher está em alta e há um risco menor de ter problemas gestacionais como, por exemplo, a má formação genética, pois os óvulos são mais novos.

30 anos Para muitas mulheres, esse é o melhor período para pensar na maternidade, como explica o médico ginecologista Renato de Oliveira: “a decisão de postergar a gestação é consequência, principalmente, de fatores sociais, como a competitividade da vida profissional e a espera de uma melhor situação econômica. Nesse cenário, mulheres com 30 anos tem 15% de probabilidade de engravidar a cada mês de tentativa e 80% de chance de gravidez dentro de um ano”.

Após 35 anos

Fotolia

Ao nascer, a menina já perde 70% dos oócitos, que são os gametas femininos, resultando em, aproximadamente, dois milhões de gametas. “Na primeira menstruação, a mulher possui de 300 a 500 mil oócitos. Aos 30 anos, estima-se que apenas 500 oócitos serão selecionados para serem ovulados. E, depois dos 35 anos, há uma queda importante tanto da quantidade quanto na qualidade dos oócitos maternos, que por possuírem a idade da mãe, ficam mais suscetíveis a alterações genéticas e erros na divisão celular quando fecundados. Assim, principalmente após os 38 anos, aumenta a probabilidade tanto de aborto quanto de nascimento de uma criança com alguma síndrome genética”, explica o ginecologista.

Setembro de 2018

7


Saúde

Doenças dos ossos Saiba como se prevenir da osteoartrite, doença que acomete grande parte da população com mais de 60 anos

P

ara muita gente, reumatismo leva a duas percepções: a de que essa é uma doença de idosos e que se manifesta pela “dor nas juntas”. O termo reumatismo, no entanto, se aplica a mais de uma centena de males, alguns afetando até mesmo crianças e adolescentes. Porém, no conjunto das doenças comumente chamadas de “reumatismos”, a osteoartrite é a mais freqüente, representando cerca de 30% a 40% das consultas em ambulatórios de reumatologia, segundo levantamento da Sociedade Brasileira de Reumatologia. Dados da previdência social apontam que a osteoartrite é responsável por 7,5% de todos os afastamentos do trabalho; é a segunda doença entre as que justificam o auxílio-inicial, com 7,5% do total; é a segunda também em relação ao auxílio-doença (em prorrogação) com 10,5%; e é a quarta a determinar aposentadoria (6,2%). Osteoartrite é o mesmo que osteoartrose, artrose ou doença articular degenerativa. É uma doença que se caracteriza pelo desgaste da cartilagem articular e por alterações ósseas, entre elas os conhecidos “bicos de papagaio”. É mais comum em mulheres e os

8

Setembro de 2018

locais mais afetados são as mãos e os joelhos. Nos homens, a doença costuma afetar articulação coxofemoral na ligação do fêmur com a bacia. Ela é pouco comum antes dos 40 e mais freqüente após os 60 anos.

Causas A doença é classificada como primária e secundária. Na osteoartrite primária, a principal causa é hereditariedade. Nesse caso, o médico avalia o histórico familiar, para indicar o melhor tratamento, a fim de minimizar e retardar a evolução dos danos à cartilagem. Já na osteoartrite secundária, as causas são variadas: Obesidade Envelhecimento Lesões nas articulações Esforços repetitivos Doenças metabólicas que podem comprometer os nervos periféricos, como a diabetes

ΔΔ ΔΔ ΔΔ ΔΔ ΔΔ


Prevenção

Dolgachov/123RF

Sintomas

ΔΔ ΔΔ ΔΔ ΔΔ ΔΔ

Shutterstock

Melhor não tentar ignorar. Os sintomas da osteoartrite variam de acordo com a pessoa. Alguns chegam a ficar muito debilitados, enquanto que outros sentem apenas sintomas leves. No entanto, as dores nas articulações causadas pela osteoartrite podem aumentar com o passar dos anos, reduzindo a mobilidade articular. Entre os sintomas mais comuns, estão: Calor e inchaço das articulações Dores nas articulações Rigidez nas articulações após longos períodos em repouso Rangidos nas articulações Limitação dos movimentos

Por ser hereditária, a osteoartrite primária não pode ser prevenida, mas ambas podem ser minimizadas com exercícios físicos para fortalecer as articulações e a musculatura, evitando o fumo, tendo uma alimentação saudável, evitando sobrecarregar as articulações nas atividades diárias e controlando o peso. Segundo o médico Túlio Cardoso, especialista pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, como a osteoartrite é uma doença crônica de desgaste gradual da cartilagem articular, é necessário ter muito cuidado com as atividades físicas. Mesmo assim, a prática de exercícios físicos é recomendada como tratamento, tanto para fortalecer a musculatura, quanto para evitar o sobrepeso, protegendo as articulações. “Quem tem osteoartrite deve praticar esportes e exercícios em geral, porém, é fundamental optar pelas atividades de baixo impacto. Recomenda-se priorizar os alongamentos e fortalecimento muscular”, ressalta. Dentre os exercícios mais indicados para quem tem osteoartrite, o médico recomenda atividades na água, como a natação e a hidroginástica, além de pilates, alongamentos e musculação. Já o médico ortopedista Gualter Maldonado de Azevedo, traumatologista membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, a escolha das atividades vai depender do tipo e do grau da osteoartrite. “Um paciente com osteoartrite pode e deve praticar esportes, porém, não é qualquer exercício que está indicado. De maneira geral, caminhada em terreno plano praticamente não tem contraindicações. Aulas de ginástica com pouco peso e orientadas por profissionais de educação física também são extremamente benéficas e ajudam a diminuir a dor”, explica. Setembro de 2018

9


saúDE DiEta ajuDa? Na osteoartrite, a única dieta que deve ser considerada é a que tem por finalidade diminuir o peso. Nas osteoartrites dos membros inferiores, principalmente dos joelhos, a obesidade é um fator agravante. Sendo assim, é fundamental manter o peso nos limites da normalidade. A redução preventiva do peso corporal faz diminuir a incidência de artrose de joelhos, por exemplo. Nos casos já instalados, perder peso é indicação importantíssima do tratamento. Por menor que seja a redução, haverá sempre um benefício. Emagrecer não é fácil, mas o sacrifício é compensado com o alívio dos sintomas e o retardamento da evolução da doença. Porém, segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia, não há nenhuma prova científica de que qualquer outro tipo de dieta tenha influência significativa no tratamento da osteoartrite.

Doenças reumáticas mais comuns além da osteoartrite artrite reumatoide Dor, inchaço nas articulações, sensação de calor e vermelhidão por mais de quatro semanas também são alguns dos sintomas. Segundo estudo da Comissão de Artrite Reumatoide da Sociedade Brasileira de Reumatologia, aproximadamente 55% dos pacientes têm diagnóstico tardio – o que pode levar à incapacidade física e funcional. Apesar da origem genética, sabe-se que fatores ambientais também podem desencadear a doença, como o tabagismo. Estima-se que afete aproximadamente 1,5% da população, principalmente mulheres.

Fibromialgia É uma síndrome comum, na qual a pessoa sente dores por todo o corpo durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles. Junto com a dor, a fibromialgia também causa fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade. Diferente da osteoartrite ou da artrite reumatoide, que apresentam deformidades e inflamações, seu diagnóstico é mais difícil. A Sociedade Brasileira de Reumatologia calcula que 3% dos brasileiros sofrem da fibromialgia.

10

Setembro de 2018


Consignado com garantia do FGTS A modalidade de empréstimo denominado de crédito consignado agora poderá ser contraída oferecendo como garantia o FGTS, mas há limite. Será no máximo de 10% do saldo do FGTS somado a multa de 40% que é obrigatória quando o trabalhador é dispensado sem justa causa. Esta modalidade poderá ser realizada em até 48 meses. Mesmo considerando esta modalidade mais econômica, cuidado quando for contrair empréstimo. Tenha convicção que terá recursos para honrá-lo. Fotos: Shutterstock

Gota A gota ou artrite gotosa, também chamada de reumatismo nos pés, é uma doença inflamatória que acomete sobretudo as articulações e ocorre quando a taxa de ácido úrico no sangue está em níveis acima do normal. A maioria dos portadores de gota é composta por homens adultos, com maior incidência entre os 40 a 50 anos – principalmente indivíduos com sobrepeso ou obesos, com vida sedentária e usuários frequentes de bebidas alcoólicas. Apesar de ter relação direta com o ácido úrico, nem todas as pessoas que têm essa taxa elevada desenvolvem gota.

Lúpus É uma doença autoimune que pode afetar principalmente pele, articulações, rins, cérebro mas também todos os demais órgãos. Pode ocorrer em pessoas de qualquer idade, raça e sexo, porém as mulheres são muito mais acometidas. Ocorre principalmente entre 20 e 45 anos, sendo um pouco mais frequente em pessoas mestiças e nos afrodescendentes.

Fonte:

ΔΔSociedade Brasileira de Reumatologia: www.reumatologia.org.br

Idosos inadimplentes Dados da Serasa Experian apontam que os idosos são os mais inadimplentes no que se refere às contas básicas como água, luz e gás. As pendências das contas básicas daqueles que têm idade superior a 61 anos representam 34,3% do total. Estes números somente confirmam o que já era de prática nas famílias: idosos, aposentados e pensionistas, passaram a suportar o orçamento da casa em função do desemprego de outros membros da família.

Contas básicas ATRASADAS Sem dúvida alguma quando a inadimplência atinge contas básicas é que a situação do orçamento familiar está no limite, em penúria. Em sã consciência nenhuma pessoa deixaria de pagar a conta de água e energia, por exemplo, por desejo próprio. Demonstra que praticamente toda renda está sendo consumida na sobrevivência, ou seja, compra de alimentos. Sem dúvida a retomada o crescimento econômico do Brasil é fundamental para o emprego voltar e reverter a difícil situação de parte da população brasileira.

Reinaldo Cafeo Economista, especialista em engenharia econômica, mestre em comunicação e doutor em economia. 8 www.planetaeconomia.com.br Setembro de 2018

11


Beleza

Manchas de pele Saiba como evitar manchas de sol e o melasma e conheça os tratamentos mais avançados para uma pele saudável

A

s manchas na pele podem ser tratadas como problema estético, mas também requerem atenção, pois podem ser indicativos de doenças mais graves. Quem dirige ou trabalha próximo a janelas deve ficar atento à radiação UVA, que ultrapassa vidros e janelas e pode induzir a pigmentação da pele. O dermatologista Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que as manchas de pele são provocadas por um pigmento chamado melanina, que dá a cor marrom para a nossa pele, e seu estímulo depende da radiação ultravioleta proveniente do sol. De acordo com o dermatologista, uma pele com manchas já sofreu algum grau de fotoenvelhecimento e esse dano crônico, que resultou nas manchas, é cumulativo e progressivo. “Novas manchas podem surgir por conta do sol tomado há muitos anos, e por causa disso, novas lesões podem aparecer na mesma região tratada. Se a pessoa continua tomando muito sol, o problema se agrava”, explica o dermatologista.

12

Setembro de 2018

Melasma Comumente associado à gravidez, o melasma pode surgir em várias etapas da vida, sendo comum a partir dos 25 ou 30 anos. Caracterizadas por serem uma hiperpigmentação da pele, as manchas podem surgir tanto no rosto, quanto em partes do corpo que ficam expostas ao sol, como braços e colo. Segundo Teresa Noviello, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, um erro bastante comum é associar o melasma somente às mulheres, já que as manchas também podem aparecer nos homens. Apesar de não ter reflexos graves na saúde, as manchas escuras costumam incomodar os pacientes, principalmente as mulheres. De acordo com Teresa, não há uma causa especifica, mas um fator agravante é a exposição à luz ultravioleta e, até mesmo, a luz visível. Além disso, a predisposição genética; fatores hormonais; gravidez; e uso de anticoncepcionais e medicamentos também estão entre as principais causas. O melasma divide-se em três tipos: o epidérmico, quando há depósito de pigmento na camada mais superficial da pele; o dérmico, que é quando atinge a derme, havendo depósito de pigmento ao redor dos vasos superficiais e profundos; e o misto, quando há excesso de pigmento em ambas as áreas, tanto na epiderme quanto na derme.


Dundanim/Fotolia

Setembro de 2018

13


bElEza

Prevenção Os raios UVA e UVB incidem com maior força no verão, mas também atuam significativamente no inverno. Por conta disso, o protetor solar deve ser usado o ano todo. “Explico aos pacientes que as radiações UVA e UVB estão presentes na atmosfera e podem causar manchas e acelerar o envelhecimento”, alerta Volpe. Confira algumas dicas dos dermatologistas: O protetor deve ser usado a cada duas horas se estiver diretamente exposto ao sol; Se não tiver diretamente exposto ao sol, a recomendação é passar o protetor duas vezes ao dia; Utilize sempre protetor solar fator 30; Para peles mais claras, a recomendação é usar protetor fator 60; Evite exposição ao sol entre 10h e 16h; Acessórios como boné, chapéu e óculos escuros também ajudam na proteção contra os raios UVA e UVB.

Δ Δ Δ Δ

Photodune

Δ Δ

Consulta O médico explica que uma mancha pode ser sintoma de uma lesão pré-maligna para câncer de pele, por isso é importante sempre que as manchas sejam analisadas por um dermatologista antes de qualquer tratamento. “Se houver alguma dúvida se a mancha pode ser maligna, o dermatologista poderá fazer exames auxiliares, como a dermatoscopia, para tirar essa dúvida. Lasers não podem ser aplicados em lesões malignas, isso apresenta um risco muito grande”, detalha Volpe.

14

Setembro de 2018

trataMEntos Atualmente, os quatro tratamentos mais comuns para clarear a pele são: cremes despigmentantes, aliados a produtos com vitamina C e prescrição de fórmula oral de clareadores e antioxidantes; peelings, associados a ácidos clareadores; microagulhamento, associados a produtos despigmentantes; e tratamento com alguns lasers específicos. Conheça outros métodos:

Vektra deep Unindo tecnologias consagradas e em novas versões o protocolo une duas tecnologias: o laser Vektra e a radiofrequência microagulhada. Segundo o


Picoway Consiste em lasers ultrarrápidos, que asseguram procedimentos com menos sessões, menor intervalo entre elas, além de conferir mais segurança e menos dor ao paciente. Picoway clareia manchas e olheiras, sendo um procedimento muito utilizado para controle do melasma. “Ao entrar em contato com o cromóforo (pigmento), o laser fragmenta essa cor, que é então absorvida pelo organismo. Nos

Divulgação/Naves Coelho Assessoria e Marketing

dermatologista, o laser age nas células produtoras de melanina, impedindo a célula de liberar o pigmento para as células mais superficiais. É como se o melanócito guardasse o pigmento para ele, por isso acaba clareando. Além disso, nas manchas já instaladas, o laser fragmenta o pigmento em partículas muito pequenas, o que facilita a eliminação pelo organismo. Na mesma sessão, pode ser feita a radiofrequência microagulhada que agora apresenta a tecnologia de sucção para diminuir o nível de dor. O protocolo clareia manchas solares e do melasma, e ainda melhora sinais do envelhecimento e cicatrizes de acne. O Vektra Deep é feito em três sessões com intervalo mensal entre elas.

tratamentos de manchas, como atua apenas no alvo (o pigmento), o procedimento é mais suave, por isso não tem tempo de recuperação e o paciente pode voltar imediatamente às atividades normais após a sessão”, explica Jardis Volpe. São indicados de quatro a seis sessões, com intervalo de três semanas.

lumina XT Novo procedimento do Spectra XT que trata as manchas com a vantagem de promover uma melhora global da pele, inclusive atuando contra olheiras e poros dilatados. O tratamento libera três vezes mais energia que o anterior, clareando olheiras e manchas, fechando os poros e melhorando a textura da pele. Esse upgrade promove maior estímulo de colágeno, atuando de forma global no rejuvenescimento, de maneira eficaz e ainda mais segura. O equipamento emite lasers em nano que são absorvidos pelas células que produzem o pigmento. Dessa forma, ocorre o clareamento. O protocolo compreende apenas seis sessões rápidas e indolores realizadas a cada quinze dias.

Setembro de 2018

15


Política

Voto consciente Conhecer os candidatos e o sistema eleitoral ajuda na escolha de seus representantes

O

ano é de eleição, mas 96% dos brasileiros não se sentem representados pelos políticos em exercício no país. Os dados são de um estudo feito pelo Instituto Locomotiva/Ideia Big Data, em janeiro deste ano. A pesquisa também mostra que 93% dos cidadãos acreditam ser preciso formar novas lideranças políticas para mudar o país. Com a aproximação das Eleições para o cargo de presidente, governador, senadores e deputados federal e estadual aumenta a expectativa de mudanças no cenário político do Brasil. Muitos eleitores, entretanto, não acreditam ser possível mudar a história do país e insistem na ideia de que a corrupção é inerente à política brasileira. O resultado dessa descrença, na avaliação de especialistas, é o aumento da desconfiança do eleitor em relação aos partidos políticos e na política como um todo. Estudiosos do processo eleitoral preveem um alto índice de abstenção, crescimento do voto nulo e o fortalecimento dos

16

Setembro de 2018

candidatos “antipartidários”. Segundo o professor de direito eleitoral da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro, Marcos Ramayana, há um descrédito total das pessoas nos partidos políticos. “Pela experiência que eu tenho, dificilmente alguém, tirando os militantes mais


Elza Fiúza/ABr

O não político

identificados, vai votar pela escolha partidária. A população em geral está desacreditada dos partidos políticos. A tendência vai ser a opção pelo voto carismático, na pessoa, que é o voto efetivamente pessoal”, avalia.

Para a professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), cientista política e especialista em comportamento eleitoral, Helcimara Telles, a “espetacularização” e a “criminalização” da política tem aberto caminho para candidatos outsiders, aqueles com estilo e discursos antipartidários, que participam das eleições sem o apoio de grandes partidos nacionais e têm como lema que não são políticos. “Há um cenário de altíssimo desinteresse na política e as pessoas, no chavão, não querem políticos (nos postos políticos). Querem políticos que dizem que não são políticos. Do meu ponto de vista, tem a ver com a percepção alterada, reenquadrada e sobrerepresentada de que hoje o principal problema do Brasil seria a corrupção”, avalia Helcimara. Para a professora, inconscientemente, o eleitor descrente, revoltado, que pratica o “voto de protesto”, acaba trocando projetos de longo prazo por outros de curto prazo. Ela ressalta que o enfraquecimento das siglas enfraquece também a própria democracia. Além dos próprios partidos, Helcimara Telles atribui o atual momento de descrença dos eleitores na política à forma como a Justiça e o Ministério Público têm atuado nos escândalos de corrupção. Setembro de 2018

17


Política Participação popular As eleições deste ano determinarão o futuro do país para, pelo menos, os próximos quatro anos. Motivo pelo qual é fundamental que cada eleitor faça a sua opção de modo consciente e com seriedade. Nesse contexto, é necessário entender que a República Federativa do Brasil constitui-se em Estado democrático de direito. De acordo com a Constituição Federal de 1988, “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente”. Assim, o sentido da democracia está na possibilidade de o cidadão exercer a soberania popular, que se concretiza pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto na escolha dos governantes. Daí, o eleitor tem em suas mãos um importante instrumento de mudança política e social: o voto. A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, destaca a importância da participação direta da população na democracia. “A Constituição brasileira de 1988 não manteve a democracia representativa, não afirmou que o poder seria exercido apenas pelo representante. Antes, introduziu-se há 30 anos que o modelo de democracia seria semirepresentativa”, disse a ministra, ao participar do Fórum Você Muda o Brasil. “Uma parte das funções do Estado haverá de ser cumprida pelo representante eleito nos termos desta Constituição e uma outra parte do poder, vivida diretamente pelo cidadão”, afirmou Cármen Lúcia, ao enfatizar a relevância de mecanismos como plebiscitos e projetos de lei de iniciativa popular. 18

Setembro de 2018

No entanto, a ministra pondera que apesar da importância de tais mecanismos, nem toda população tem conhecimento do funcionamento deles. “O Brasil, portanto, tem um grande espaço de participação direta do cidadão, de que o cidadão sequer toma conhecimento, para participar do processo político, do processo de poder”.

Ficha Limpa Entre os avanços conquistados a partir dos processos que permitem mais participação dos cidadãos, Carmen Lúcia lembrou a Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de políticos condenados em segunda instância. “A chamada Lei da Ficha limpa, que mudou após o questionamento da corrupção no Brasil e no processo eleitoral, não no processo de apuração de eleições,


Consciência

Marcelo Camargo/ABr

mas no processo de candidatura, é de iniciativa popular”, disse a ministra sobre a legislação aprovada em 2010. “É uma das únicas leis no Brasil votada por unanimidade pelo Congresso”, ressaltou a presidente do Supremo. O Brasil é um país reconhecido pela sua ampla representatividade democrática. Desse modo, no atual contexto político e social do País, os dias destinados à realização das eleições representam um dos raros momentos em que todos se igualam, pois não há diferença de raça, sexo, condição financeira, classe ou grupo social, já que existe igualdade de valor no voto dado por cada cidadão. Diante da liberdade e da igualdade no exercício da soberania popular, é fundamental que o voto seja consciente, pois esse é um fator preponderante para que se alcance um resultado satisfatório no pleito.

Conhecer o funcionamento do processo eleitoral brasileiro, entender o sistema por meio do qual os candidatos são eleitos, perceber o que é legítimo e aquilo que ofende a moralidade da disputa eleitoral contribui para a conscientização do eleitor na escolha de seus representantes. É importante que o eleitor procure se informar a respeito das ideias do partido político ao qual o seu candidato está filiado, pois a ideologia partidária – ou seja, os propósitos daquela legenda – está ligada ao que o candidato escolhido realizará se for eleito. O eleitor deve estar atento à atuação de cada candidato. Aqueles que possam tentar comprar votos ou oferecer alguma vantagem em troca de apoio político certamente continuarão a promover a corrupção se forem eleitos. Precisamos entender, contudo, que nem todo político é igual ou corrupto. Existem candidatos interessados em promover uma mudança social e política, por isso devemos buscar conhecer as propostas do candidato e do seu partido, assim como o seu passado. Conclui-se que o cidadão, no pleno exercício da democracia, tem um forte papel no destino do seu país, cujo instrumento é o voto consciente. Logo, o eleitor que exercer o seu direito ao voto a partir de uma decisão madura, refletida e consciente contribuirá para impedir a eleição de maus políticos e possibilitará o alcance de uma maior legitimidade no processo eleitoral. Fontes:

ΔΔTribunal Superior Eleitoral: www.tse.jus.br ΔΔÚltimo Segundo: www.ultimosegundo.ig.com.br ΔΔAgência Brasil: www.agenciabrasil.ebc.com.br

Setembro de 2018

19


Política

Candidatos à Presidência Confira os nomes confirmados pelos partidos para a disputa pela Presidência da República nas eleições de 2018, em ordem alfabética: Alvaro Dias

(Podemos) - 19 Marcello Casal Jr/ABr

Alvaro Dias cumpre o quarto mandato de senador (três consecutivos desde 1999 e um de 1983 a 1987). Entre 1987 e 1991, foi governador do Paraná. Começou a carreira política no então PMDB, hoje MDB. Depois passou por PST e PP, até se filiar ao PSDB, em 1994. Em 2001, foi expulso por agir contra orientações do partido, mas retornou em 2003 e voltou a sair em janeiro de 2016, para entrar no PV. No ano seguinte foi para o Podemos, antigo PTN, partido pelo qual anunciou a pré-candidatura à Presidência da República em novembro, durante evento no Rio de Janeiro.

Ocupação: professor de ensino superior Bens: R$ 428.451,09 Vice: Manuela D’Ávila (PCdoB)

Eymael

Geraldo Alckmin

Paulo Whitaker/Reuters

Presidente nacional do DC, José Maria Eymael já disputou quatro vezes a Presidência da República (1998, 2006, 2010 e 2014, derrotado em todas). Deputado federal constituinte em 1988, o candidato exerceu dois mandatos na Câmara dos Deputados (entre 1987 e 1995).

(PSDB) - 45

Eymael informou os seguintes dados ao TSE:

Fernando Haddad

Ocupação: deputado Bens: nenhum Vice: Professora Suelene Balduino (Patriota)

(PT) - 13

(PDT) - 12

Roosewelt Pinheiro/ABr

Ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação, é a primeira vez que Fernando Haddad concorre à Presidência da República. Formado em direito pela USP, Haddad tem 55 anos e também é mestre em economia política e doutor em filosofia pela mesma universidade – onde foi professor.

Wilson Dias/ABr

Ciro Gomes

Setembro de 2018

Ocupação: advogado Bens: R$ 1.695.203,15 Vice: Kátia Abreu (PDT)

Ocupação: empresário Bens: R$ 6.135.114,71 Vice: Helvio Costa (DC);

Daciolo informou os seguintes dados ao TSE:

20

Haddad informou ao TSE os seguintes dados:

Médico de formação, Geraldo Alckmin (PSDB) começou a carreira pública em Pindamonhangaba, onde se elegeu vereador em 1973. Depois, foi prefeito da cidade e deputado estadual e federal por São Paulo. Em 1986, se elegeu deputado constituinte federal. Em 1988, deixou o então PMDB para fundar o PSDB. Em 2001, assumiu o governo de São Paulo após a morte do então governador Mário Covas. Reelegeu-se em 2002. Em 2006, Alckmin disputou a Presidência e perdeu para o então presidente Lula. Em 2010, elegeuse novamente para o governo de São Paulo, reeleito em 2014. Em dezembro de 2017, foi eleito presidente nacional do PSDB e anunciou a pré-candidatura para o Palácio do Planalto.

Alckmin informou os seguintes dados ao TSE: Ocupação: médico Bens: R$ 1.379.131,70 Vice: Ana Amélia Lemos (PP)

José Cruz/ABr

Cabo Daciolo

Atual vice-presidente do PDT, Ciro Gomes foi ministro da Fazenda entre setembro de 1994 e janeiro de 1995, período do

Ciro informou os seguintes dados ao TSE:

Marcello Casal Jr/ABr

Ocupação: senador Bens: R$ 2.889.933,32 Vice: Paulo Rabello (PSC)

Cabo Daciolo, de 42 anos, foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro nas eleições de 2014. Ele disputará a Presidência pela primeira vez.

Em 2001, foi chefe de gabinete da secretaria municipal de Finanças na gestão de Marta Suplicy. Dois anos depois, virou assessor especial do ministro da Fazenda Guido Mantega. Foi secretário-executivo do Ministério da Educação e assumiu a pasta em 2005, onde ficou nos governos Lula e Dilma Rousseff. Deixou o cargo para concorrer à prefeitura de São Paulo em 2012, sendo eleito no 2º turno. Em 2016, tentou a reeleição, mas foi derrotado por João Dória (PSDB).

(DC) - 27

Dias informou os seguintes dados ao TSE:

(Patriota) - 51

final do governo de Itamar Franco e início do governo Fernando Henrique Cardoso. Foi também ministro da Integração Nacional, entre janeiro de 2003 e março de 2006, no primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva. Disputou a Presidência duas vezes (1998 e 2002, derrotado em ambas). Foi governador do Ceará, prefeito de Fortaleza e deputado estadual e federal pelo Ceará. Já se filiou a sete partidos (PDS, PMDB, PSDB, PPS, PSB, PROS e PDT).


Guilherme Boulos (PSOL) - 50

Marcello Casal Jr/ABr

João Goulart Filho informou os seguintes dados ao TSE: Ocupação: escritor e crítico Bens: R$ 8.591.035,79 Vice: Léo da Silva Alves (PPL)

Marina Silva (Rede) - 18

Bolsonaro informou os seguintes dados ao TSE: Ocupação: membro das Forças Armadas Bens: R$ 2.286.779,48 Vice: General Mourão (PRTB)

Guilherme Boulos informou os seguintes dados ao TSE:

João Amoêdo

Ocupação: historiador Bens: R$ 15.416,00 Vice: Sonia Guajajara (PSOL)

(MDB) - 15

Marcello Casal Jr/ABr

Marina informou ao TSE os seguintes dados: Ocupação: historiadora Bens: R$ 118.835,13 Vice: Eduardo Jorge (PV)

Vera Lúcia (PSTU) - 16

Vera Lúcia (PSTU) tem 50 anos e militou no PT, mas foi expulsa do partido em 1992 junto com integrantes do grupo político Convergência Socialista, que anos depois fundou o PSTU. Ela foi candidata a prefeita de Aracaju em 2012 e é graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Não haverá coligação no PSTU.

Amoedo informou os seguintes dados ao TSE:

Meirelles informou os seguintes dados ao TSE:

Ocupação: engenheiro Bens: R$ 425.066.485,46 Vice: Professor Christian (Novo)

Ocupação: engenheiro Bens: R$377.496.700,70 Vice: Germano Rigotto (MDB)

João Goulart Filho

Militar da reserva, Jair Bolsonaro (PSL) cumpre o sétimo mandato consecutivo como deputado. Em

Filho do expresidente João Goulart, deposto pelo golpe militar de 1964, João Goulart Filho (PPL) fundou um

(PSL) - 17

(PPL) - 54

Vera Lúcia informou ao TSE os seguintes dados:

Wilson Dias/ABr

Marcello Casal Jr/ABr

Jair Bolsonaro

Marina Silva (Rede) foi deputada estadual no Acre (1991-1994) e senadora pelo mesmo estado por dois mandatos (1995 a 2010). Ela se licenciou do Senado de 2003 a 2008, quando ocupou o cargo de ministra do Meio Ambiente no governo Lula. Filiada ao PT desde 1986, deixou a legenda em 2009 para se filiar ao PV, partido pelo qual concorreu à Presidência em 2010, mas não conseguiu chegar ao segundo turno. Em 2014, se candidatou novamente, desta vez pelo PSB.

Marcello Casal Jr/ABr

João Amoêdo (Novo), empresário carioca de 55 anos, fez carreira como executivo de empresas e, em novembro do ano passado, foi anunciado como pré-candidato a presidente do Partido Novo. Amoêdo é um dos fundadores da sigla, que presidiu entre setembro de 2015 e julho de 2017, quando se afastou por causa da pré-candidatura. Formado em Engenharia Civil e Administração, João Amoedo teve a maior parte da atuação profissional em instituições financeiras. Foi vicepresidente do Unibanco e membro do conselho de administração do Itaú-BBA. Em 2011, passou a integrar o Conselho de Administração da construtora João Fortes. No mesmo ano, participou da fundação no Partido Novo.

Marcello Casal Jr/ABr

(Novo) - 30

Henrique Meirelles Ex-ministro da Fazenda do governo Michel Temer, Henrique Meirelles (MDB) fez carreira como executivo da área financeira. Ocupou a presidência do Bank of Boston no Brasil entre 1984 e 1996, quando foi escolhido para presidente mundial da companhia. Em 2002, Meirelles se elegeu deputado federal pelo PSDB de Goiás. Em 2003, assumiu a presidência do Banco Central, escolhido pelo então presidente Lula. Comandou o BC até 2010, quando terminou o governo Lula. Em abril deste ano, trocou o PSD pelo MDB. Voltou a integrar o governo em 2016, como ministro da Fazenda, convidado Temer.

instituto em homenagem ao pai e disputará a Presidência pela primeira vez. Ele é autor do livro “Jango e Eu: Memórias de um exílio sem volta”.

Marcello Casal Jr/ABr

Guilherme Boulos (PSOL) tem 36 anos e é coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST). Ele disputará a Presidência pela primeira vez. Antes de se tornar líder do MTST, Boulos foi militante estudantil na União da Juventude Comunista e se formou em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP). Filiou-se em março ao PSOL. No mesmo mês, foi lançado como pré-candidato após receber maioria dos votos em disputa com outros três nomes do partido.

5 de janeiro, o parlamentar deixou o Partido Social Cristão (PSC) e anunciou que se filiaria ao PSL. Pouco depois, anunciou que pela sigla seria pré-candidato à Presidência, nona legenda à qual se filiou. Atualmente o parlamentar é réu em ação penal no Supremo Tribunal Federal (STF) por suposto crime de apologia ao estupro e injúria, por afirmar que não estupraria a deputada Maria do Rosário (PT-RS) porque ela “não merece”. A defesa nega que Bolsonaro tenha feito apologia ao estupro.

Ocupação: outros Bens: R$ 20.000,00 Vice: Hertz Dias (PSTU

Fonte:

ΔΔG1: g1.globo.com

Setembro de 2018

21


Logo Ali

São José do Rio Preto Uma das cidades mais promissoras e desenvolvidas do país reúne atrações para todos os públicos

S

ão José do Rio Preto é uma das cidades mais desenvolvidas do estado de São Paulo e oferece a seus habitantes e visitantes estabelecimentos capazes de satisfazer os mais diversos públicos. Ganhou esse nome depois que o fazendeiro Luiz Antônio da Silveira doou parte de suas terras a seu santo protetor, o São José com a intenção que seu patrimônio se tornasse uma cidade. O município foi fundado em 19 de março de 1852. Sua história econômica esteve por muito tempo ligada à cafeicultura. A população estimada em 2018 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é de 456.245 habitantes. É um dos principais polos industriais, culturais e de serviços do interior de São Paulo. Segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, publicada na revista Você S.A., São José do Rio Preto é a 18ª colocada no ranking das cidades brasileiras mais promissoras para se construir uma carreira profissional. A Firjan classificou a cidade como a segunda mais desenvolvida do país.

22

Setembro de 2018

Anfiteatro Nelson Castro

Clima É uma das regiões mais quentes do Estado de São Paulo. Os verões são quentes e úmidos, com temperaturas máximas que podem ultrapassar 35oC ou até mesmo chegar a 40oC. Os invernos são secos e relativamente frios, com mínimas que podem chegar abaixo de 10oC. A temperatura média anual é de 23,6oC. Na estação seca, a umidade do ar pode ficar muito baixa, com valores abaixo de 30%.


Fotos: Ricardo Boni/MTur Destinos

Vista aérea de São José do Rio Preto

Teatro Paulo Moura

Cultura Rio Preto possui uma importante tradição cultural, com forte atuação no teatro. Há 49 anos realiza o festival de teatro que já levou para a cidade alguns dos espetáculos mais premiados. Começou como uma mostra amadora, tornou-se profissional ao longo dos anos, passou a ter caráter competitivo e nacional, e em 2001, transformou-se em um evento internacional. Realizado pela Prefeitura e pelo Sesc São Paulo, o

Festival Internacional de Teatro de Rio Preto (FIT) apresenta espetáculos nacionais e internacionais de vários gêneros e formatos. Traz ainda, ações formativas e um ponto de encontro com intervenções e performances que unem diversas linguagens. Um dos palcos de maior destaque está no Teatro Municipal Paulo Moura. Inaugurado no último semestre de 2012, o Teatro presta homenagem ao músico local Paulo Moura. Localizado no prédio da Swift, o espaço conta com dois pisos, possui capacidade de 954 lugares, sendo 940 poltronas e 14 áreas destinadas a cadeirantes. Conhecer os museus da cidade e a Pinacoteca Municipal também são passeios interessantes para quem visita Rio Preto. O Museu de Arte Primitivista, por exemplo, é o principal museu da cidade. Lá estão expostas obras que retratam a vida rural da região por meio dos trabalhos do pintor José Antônio da Silva. São mais de 120 itens que se dividem em objetos históricos e pinturas. A entrada é de graça e funciona de segunda a sexta, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 14h30. A Pinacoteca funciona no mesmo prédio da Secretaria Municipal de Cultura e tem diversas exposições de obras diferentes. Outro museu para conferir na cidade é o Museu de Arte Naif com obras de vários artistas primitivistas. Foi inaugurado em 2007 e dispõe de obras com características artísticas Naif, à base de muito contraste e cores. O museu oferece visitas guiadas e funciona de segunda a sexta, das 7h30 às 17h30. Setembro de 2018

23


Logo Ali Esporte Seus mais tradicionais clubes de futebol são o América Futebol Clube, que joga no estádio Benedito Teixeira, com capacidade para 32.936 espectadores, e o Rio Preto Esporte Clube, que tem como casa o estádio Anísio Haddad, com capacidade para 14.000 torcedores.

Passeio de trem Andar de trem é uma das coisas legais para se fazer em São José do Rio Preto. A cidade tem um passeio histórico conhecido como Trem Caipira. Ele ocorre apenas um domingo por mês e sai da estação Engenheiro Schmitt. Antes de subir no trem, o visitante é recebido por uma feira de artesanato. O trem faz o percurso de 10 quilômetros e o passeio dura cerca de meia hora. Nesse deslocamento o visitante conhece um pouco mais da história de São José do Rio Preto e dos trilhos que foram fonte importante de comércio e transporte da cidade.

Museu José Antônio da Silva

Trem Caipira

Parques São José do Rio Preto tem muitos parques para curtir um pouco o ar puro. O mais conhecido é o Parque da Represa Municipal. É formado pelo lago responsável por 30% a 40% da água que é usada para abastecimento da cidade, depois de tratada. Lá é possível praticar atividades físicas, comer algo nos quiosques ou apenas contemplar a paisagem. Considerado o cartão postal da cidade, o lugar conta com uma pista de 2,7 quilômetros, equipamentos de exercícios físicos e musculação, e mais de 10 espécies de animais silvestres, mamíferos e peixes. Durante à noite, a 24

Setembro de 2018

Parque Ecológico

fonte luminosa com os mais de 30 jatos de água oferecem aos visitantes um espetáculo artístico e aquático. O Parque da Criança é parada obrigatória para quem vai com os pequenos, pois tem uma grande variedade de brinquedos para que eles possam se


Fotos: Ricardo Boni/MTur Destinos

Basílica

Basílica Menor de Nossa Senhora da Conceição Aparecida

A Basílica Menor de Nossa Senhora da Conceição Aparecida possui uma arquitetura especial e é considerada uma das principais obras arquitetônicas do interior paulista. No alto do bairro Boa Vista, o prédio de concreto, majestoso, erguido no fim dos anos 30, chama a atenção. A torre de quase 56 metros de altura com a cruz é uma das mais altas da cidade. Com mil metros quadrados, a Basílica possui piso de ladrilho hidráulico, português, e 12 colunas imponentes de mármore. No teto, as pinturas formam uma enorme obra prima. O órgão de tubos construído na década de 40 é uma das preciosidades da basílica e funciona até hoje.

Estrelas

CIECC

Represa

divertir. O Parque Ecológico, que funciona de terça a sexta, das 8h às 17h, e aos sábados, domingos e feriado das 9h às 18h, também é indicado para ir com as crianças. Ótimo lugar para uma caminhada e ficar mais próximo da natureza.

Rio Preto também é um ótimo lugar para contemplar o céu. O Centro Integrado de Educação, Ciência e Cultura (Ciecc) de São José do Rio Preto oferece atividades gratuitas em um espaço onde o visitante é convidado a “fazer ciência”. O Centro apresenta atividades relacionadas à física, química e biologia, além do planetário, onde as estrelas são projetadas numa cúpula hemisférica de 11 metros de diâmetro no interior de uma sala circular contendo 96 lugares com poltronas reclináveis. Como um grande teatro virtual de astronomia, o planetário proporciona um espetáculo de indiscutível importância científico-cultural para o público, permitindo que o espectador viaje pelo imenso oceano cósmico sem sair de sua poltrona. Todas as visitas e sessões de planetário são monitoradas. Setembro de 2018

25


Eleições sindicais 2018

TRABALHO DE BASE

N

os dias 05 e 06 de setembro/2018 o Sinterc realizou o processo eleitoral para composição de nova diretoria que vai dirigir a entidade no quinquênio 2018 a 2023. Tivemos que reunir todos os esforços possíveis para poder coletar os votos necessários na base territorial do Sindicato. Foram dois dias de eleição, sete equipes para comandar as sete urnas, e muitos quilômetros rodados em todas as regiões abrangidas pelo Sindicato. Foram coletados 68% dos votos, sendo validos 57%, quantidade suficiente para eleger a diretoria conforme estatuto da entidade. As equipes que visitaram as unidades com as urnas itinerantes tiveram diversas histórias para contar, entre elas, alguns relataram dificuldades de entrar nas unidades, outros enfrentaram dificuldades por conta do horário de pico do almoço, pessoas que adoraram votar e pessoas que se abstiveram em participar, assim como, aqueles que votaram em branco. Respeitamos todas as opiniões, pois, é assim o processo democrático de direito. Temos que ouvir as opiniões diversas para buscar melhorar cada dia mais e poder trazer cada trabalhador (a) para se juntar à luta pela manutenção dos direitos, melhores condições de trabalho e de vida para toda à categoria. Ao final do dia 06 de setembro o Dr. Marcos Vinicius Vicente,

26

Setembro de 2018

coordenador do pleito, e o Presidente da Mesa Apuradora, Sr. José Carlos de Paula, deram por encerrados os trabalhos, proclamando eleitos todos os integrantes da (chapa 1) para mandato que se iniciará em 13/11/2018 à 12/11/2023 com a seguinte composição:

Diretoria Efetiva: Presidente Waldir Aparecido Avanzo; Secretário Geral - Francisco José Barbosa Viana; Tesoureira - Vilma dos Santos Costa. Diretoria Suplente: Hélio Santiago dos Santos; Lucelena Aparecida Zanon; Valdir Soares Pereira.


da Confederação - Membro Efetivo: Waldir Aparecido Avanzo. Conselho Representantivo da Confederação - Membro Suplente: Francisco José Barbosa Viana.

Conselho Fiscal Efetivo: Carlos Licurgo Cavazana; Amarildo Lopes; Fabricio Pagliaro de Almeida. Conselho Fiscal Suplente: Gisele Mesquita da Silva Lopes; Ednamara Medeiros da Silva; Lilian Maria Inamorato Comino Cuin. Representante no Conselho

da Federação - Membros Efetivos: Waldir Aparecido Avanzo e Francisco José Barbosa Viana. Representante No Conselho da Federação - Membros Suplentes: Hélio Santiago dos Santos e Lucelena Aparecida Zanon. Representante no Conselho

A solenidade de posse acontecerá no dia 10 de novembro na sede central do Sindicato em Bauru/SP. Além dos diretores atuais do Sinterc e toda equipe de funcionários, contamos com a ajuda de vários companheiros e companheiras de diversas entidades e de varias regiões do Estado, que foram convidados e fizeram questão de participar do processo eleitoral. Gostaria de registrar a participação da Fetercesp (Federação dos Trabalhadores em Empresas de Refeições Coletivas do Estado de São Paulo) através do assessor (Carlos Ferreira), do Sintercamp com (Pedro Ignácio e Tereza da Silva), Sintercoj com (Gelson Silva, Cicero Fernandes, Jorge Rodrigues e Isa Delfino), Sindirefeições Suzano com (Júlio Cesar, José Pereira, Sidnei Lima e João Vitor), Sintercub com (Abenésio dos Santos), Sintecesta com (Elisio Golberto), Sintenutri com (Gilza Marchi), da Força Sindical regional Bauru através do coordenador (José Carlos de Paula), Químicos de Ipaussu com (Edmar Santos e Jair Nunes), Gráficos de Bauru com (Amilton Kauffman e José Roberto Granna), e o Coordenador Geral do Pleito Dr. Marcos Vinícius Vicente e a assessoria jurídica do Dr. Bruno Avanzo, ambos do escritório (Avanzo & Vicente Sociedade de Advogados). Nossos agradecimentos especiais a todos os envolvidos neste belíssimo trabalho. Setembro de 2018

27


28

Setembro de 2018


Setembro de 2018

29


30

Setembro de 2018


Você sabe o que é limbo jurídico previdenciário-trabalhista? Como agir quando o INSS negar o meu benefício?

DOUTOR RESPONDE Agência Brasil

Marcos Vinicius Vicente Advogado

É

muito comum que após um tempo recebendo um benefício por incapacidade, seja auxílio-doença ou auxílio-acidente, o INSS interrompa esse benefício, aduzindo que o trabalhador está recuperado para retornar ao seu posto de trabalho. Todavia, ao tentar retornar às suas funções, ainda doente e impossibilitado, o médico do trabalho da empresa considera o trabalhador inapto e o encaminha para realizar novo pedido de benefício ao INSS. Ocorre que, nesse novo pedido, novamente o INSS indefere o benefício, determinando o retorno ao trabalho. É nesse ponto que surge o limbo jurídico previdenciário-trabalhista, onde empresa e INSS colocam o trabalhador em um jogo de empurra-empurra, ficando sem receber o benefício previdenciário e o salário mensal, submetendo o trabalhador a condições indignas.

Mas como agir quando eu me encontrar nessa situação? Pois bem, nos termos do artigo 476, da CLT, em caso de benefício por incapacidade, o contrato de trabalho fica legalmente suspenso. Entretanto, após alta do INSS, o contrato laboral retoma os seus efeitos, com todas as obrigações e deveres. Dessa forma, a empresa deve reintegrar o trabalhador

imediatamente após a cessação do benefício, ainda que de forma readaptada. Aliás, é comum que, em algumas situações o empregado fique inapto para uma função, mas capaz para outra. Nesse sentido, fica claro que a empresa deve reintegrar o trabalhador imediatamente após alta médica, haja vista que o trabalhador não pode ficar sem proventos para seu sustento e de sua família. Assim, caso a empresa não aceite a reintegração do empregado, a Justiça do Trabalho, de forma pacífica, tem reconhecido que o trabalhador possui direito a indenização pelos salários não pagos após a alta do INSS. Sem prejuízo, a Convenção Coletiva de Trabalho da nossa categoria, na Cláusula 48º, prevê expressamente que “no caso de alta médica concedida pelo INSS, a empresa que se recusar a reintegrar o empregado, mediante avaliação do Médico do Trabalho

da empresa, efetuará pagamento dos dias não cobertos por aquele Órgão até a solução do impasse”. Destarte, é importante que o trabalhador deixe tudo documentado, registrando o seu retorno ao trabalho logo após a cessação do benefício pelo INSS. Ademais, cumpre ressaltar que essas orientações não se aplicam quando o próprio empregado se considerar incapacitado para o desempenho de suas atividades sem qualquer avaliação médica. Assim, caso o trabalhador se encontre nessa situação, o primeiro passo a ser feito é procurar os representantes do Sindicato, para que force a empresa a cumprir a Cláusula da Convenção Coletiva. Não sendo resolvido administrativamente, o trabalhador deve procurar a Justiça do Trabalho para que esta determine a imediata reintegração ao emprego, com pagamento das remunerações atrasadas. Setembro de 2018

31


Campanha Salarial: Refeições Escolares A união dos sindicatos laborais mostra resultado positivo nas negociações do segmento no estado

O

s sindicatos de trabalhadores de refeições coletivas filiados a FETERCESP (Federação TRABALHO DE BASE de Trabalhadores do Estado de São Paulo) decidiram nomear uma comissão de negociação, ficando a coordenação para o SINTERC sob a assistência da Federação, para discutir com o SINDIMERENDA - SP (Sindicato Patronal), referente à data base da categoria e a Convenção Coletiva de Trabalho para 2018/2019. Iniciando-se as negociações em 25/07 e terminadas em 12/09. Exaustivas reuniões tratando de cada tema da Convenção anterior e também da reforma trabalhista que tem causado muita insegurança jurídica tanto para os trabalhadores quanto para as empresas, pois tratam de temas de extrema importância na vida dos trabalhadores sem definir regras, ficando a marcê do judiciário a resolução dos impasses. Conseguimos trazer para dentro da Convenção Coletiva e normatizar diversos temas que trata a reforma trabalhista. Em razão da alta da inflação para o período e muita negociação, tivemos um resultado satisfatório nas cláusulas econômicas e manutenção total das cláusulas sociais.

32

Setembro de 2018

Confira o resumo das negociações Reajuste Salarial O reajuste salarial dos empregados foi de 4,12%, devendo ser aplicado nos salários a partir de 01 de agosto de 2018 de forma (retroativa).

Piso Salarial O salário normativo de Cozinheira Escolar é de R$ 1.263,00.

Vale Compras/Cesta Básica O vale compras ou cesta básica de alimentos é de R$ 141,50.

Cesta de Natal Até o dia 20 de dezembro as empresas deverão fornecer aos empregados uma cesta de natal no mesmo valor da cesta básica, ou seja, R$ 141,50.

Seguro de Vida Todas as indenizações tiveram seus valores corrigidos em 33,3%.

Homologação de Rescisão Deverão preferencialmente ser realizadas no sindicato e caso


o comunicado de férias com 30 dias de antecedência do gozo das férias e o pagamento do saldo deverá acontecer com dois dias de antecedência da saída de férias. Em caso de descumprimento, a empresa efetuará pagamento em dobro da remuneração das férias, incluindo o terço constitucional.

Ausências Legais Fica garantida a remuneração do empregado(a) para acompanhar filhos menores ou dependentes legais de até 14 anos, mediante comprovação de ATESTADO ou DECLARAÇÃO MÉDICA. A mesma garantia se dá ao empregado(a) que necessitar ausentar-se nos horários de visita hospitalar, ou quando for necessária a permanência de acompanhante mediante comprovação escrita, através de ATESTADO ou DECLARAÇÃO MÉDICA, enquanto perdurar a internação.

Acordo Mútuo

seja na empresa, obrigatoriamente deverão enviar os documentos e comprovantes de pagamento ao sindicato para análise jurídica e o não envio em tempo determinado, enseja em multa em favor do empregado de 30% do piso normativo, assim como, encontradas falhas serão comunicadas à empresa e terá prazo de dez dias para corrigir. Caso não o faça, será aplicada multa de 30% sobre o saldo da rescisão em favor do empregado.

Aviso Prévio A proporcionalidade que trata o parágrafo do artigo 1º da Lei 12.506/2011 é aplicada exclusivamente em benefício do empregado, ou seja, os dias proporcionais serão apenas indenizados e não trabalhados. Em caso de pedido de demissão, o trabalhador cumprirá 30 dias, sem qualquer acréscimo de dias neste período.

Férias O empregado deverá receber

A realização de acordo mútuo previsto no artigo 484 – A, da CLT (Lei 13.467/2017), só poderá ocorrer mediante assistência do Sindicato. Por fim, após a quinta rodada de negociação, as partes Laboral e Patronal chegaram ao consenso sobre a composição final da Convenção Coletiva de trabalho 2018/2019. Parabéns a todos os sindicatos envolvidos e aos trabalhadores, que por força da representação sindical têm garantido todos os direitos conquistados ao longo do tempo.

Setembro de 2018

33


DaDinhos DE taPioCa CoM quEijo Coalho ingredientes 2 xícaras (chá) de tapioca granulada 2 xícaras (chá) de queijo coalho ralado na hora 4 xícaras (chá) de leite morno Sal e pimenta a gosto

RECEITA DO CHEF

Fotos: Divulgação

Modo de preparo 1) Retire o palito do queijo coalho e triture levemente no liquidificador ou processador, para ralar. 2) Numa tigela, misture a tapioca granulada (não é a hidratada) e o queijo coalho ralado. 3) Acrescente o leite morno à mistura. A tapioca vai absorver o leite. 4) Mexa bem e acrescente sal e pimenta. Se a tapioca não tiver amolecido, coloque mais um pouco de leite. 5) Espalhe a mistura em uma travessa, deixando uns dois dedos de altura, para que possa cortar em cubos. 6) Cubra com plástico filme e leve à geladeira por 3 horas. 7) Após a mistura endurecer, desenforme e corte em cubinhos. 8) Frite em óleo bem quente ou doure na manteiga. Você também pode levar ao forno médio numa travessa antiaderente e untada para não grudar. Doure todos os lados e sirva com o acompanhamento que desejar.

CusCuz Paulistano ingredientes 1 cebola média picada 1 molho de tomate 1 lata de ervilha 1 lata de milho verde 2 latas de sardinha 1 tablete de caldo de galinha 2 ovos cozidos Tomates para decorar 2 xícaras (chá) de água 1 pimentão médio picado ½ xícara (chá) de azeite Cheiro verde e temperos a gosto 3 xícaras (chá) de farinha de milho

Modo de preparo

34

Setembro de 2018

Imagens ilustrativas.

1) Em uma panela refogue a cebola, o pimentão, as azeitonas, o milho, a ervilha, o molho de tomate, o caldo de galinha, a sardinha e o cheiro verde. 2) Coloque a água e quando ferver, acrescente a farinha de milho. 3) Unte uma forma com óleo, enfeite com tomates, sardinha e ervilha e algumas folhinhas de cheiro verde. 4) Coloque a massa e deixe esfriar por duas horas. 5) Desenforme e sirva frio.


O ano está acabando. Logo começa o verão e as férias. Você trabalhou duro o ano todo e agora está na hora de se programar para descansar e curtir com sua família. O Sinterc oferece para você várias opções de convênios e parcerias com colônias de férias, clubes de viagens e thermas. Aproveite!

O Thermas dos Laranjais encanta por sua beleza exuberante, com estrutura que valoriza a diversão e relaxamento, com toboáguas, escorregadores, corredeiras e piscinas que são abastecidas por fonte de água mineral naturalmente aquecida por rochas submersas a mais de mil metros.

O Pargos Club conta com uma rede de colônias de férias em Atibaia (SP), Ubatuba (SP), Cabo Frio (RJ), Fri-burgo (RJ), Guarapari (ES), Fortaleza (CE), Natal (RN) e Belém (PA). Com excelente estrutura, garante amplo lazer para sua família. Os associados do Sinterc dispõe de pacotes especiais.

Os trabalhadores sócios do Sinterc têm descontos especiais para curtir o Novo Thermas de Piratininga. A estrutura conta várias piscinas de água fria e quente, toboáguas e cascatas, quadras poliesportivas, campos de grama, areia, playground, recreações e praia artificial.

Confira todas opções do Sinterc para suas férias: www.sinterc.org.br/beneficios/lazer/

 (14) 3234-9763  www.sinterc.org.br ` www.fb.com/sinterc

Serviço de Atendimento ao Trabalhador

0800 777 9763


Se faz bem para a saúde, o São Francisco apoia.

“A São Francisco foi a primeira empresa que acreditou no meu potencial.” Dani Nóbile (Paratleta)

• Vôlei Ribeirão • Botafogo Futebol Clube • Comercial Futebol Clube • Sertãozinho Futebol Clube • Ivinhema Futebol Clube • Santa Helena Futebol Clube • Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto • Ciclofaixa de Lazer de Ribeirão Preto • Rafael Falsarella (Triatleta)

Apoiar o esporte também é uma forma de promover a saúde e a qualidade de vida. É por isso que o São Francisco aposta no talento e na garra de seus atletas e investe em diversas modalidades e equipes.