Põe na Mesa - Edição 29

Page 1

Revista do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Refeições Coletivas da Região Norte/Oeste do Estado de São Paulo • Ano 14 • Edição 29 • Julho de 2015

Onde está o seu dinheiro? Trabalhador está sentindo no bolso os efeitos negativos da crise econômica, que é fruto da corrupção, da má gestão do governo, alta dos impostos e da inflação

Página 4

Desastres naturais

Esportes

Logo ali

Página 10

Página 22

Página 24

Mãe natureza mostra sua força

Academia: Mil e uma utilidades

Lençóis Paulista, a cidade do livro



Palavra do Presidente

Juntos somos fortes!

Uma categoria profissional é composta por diversos trabalhadores, cada um com seus interesses, mas todos com objetivos comuns: salários dignos, melhores condições de trabalho, benefícios, perspectivas de crescimento na carreira, estabilidade, relações de trabalho democráticas, etc. A categoria de Refeições Coletivas tem demandas específicas, como: condições seguras de trabalho, saúde ocupacional, aposentadoria especial, regimes e jornadas de trabalho compatíveis e condições de igualdade com os empregados do tomador de serviços. Cobranças e reivindicações fazem parte do dia-a-dia do trabalhador. Se-

jam elas coletivas ou individuais, estão sempre no centro das disputas e conflitos inerentes à luta de classe. Daí a importância do sindicato. Quanto mais organizado o trabalhador estiver, mais chances de vitória ele terá. E, para vencer a queda de braço com o patrão, é imprescindível que os trabalhadores tenham um sindicato forte, representativo e combativo. Direitos e conquistas não caem do céu. São frutos de uma luta coletiva que só é possível através da estrutura sindical. Ao sindicalizar-se, você assume o seu papel de protagonista nas lutas e conquistas da categoria profissional. A unidade é o que nos torna forte e o sin-

Waldir Aparecido Avanzo Presidente do Sinterc

dicato é o nosso principal elo de união e transformação.

Você faz a diferença!

Nesta edição

Cautela, estamos em crise!

4

Desastres naturais

10

Mulheres de fibra

14

Viva uma gravidez saudável

18

Academia: Mil e uma utilidades

22

Logo ali: Lençóis Paulista

24

Dr Responde: Aposentadoria

28

Negociações 2015

31

Trabalho de Base

32

Receitas do Chef

34

Edição no 29 • Julho de 2015 A revista Põe na Mesa é uma publicação do Sinterc − Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Refeições Coletivas da Região Norte e Oeste do Estado de São Paulo. Sede: Rua Cussy Júnior, 11-63, Centro, Bauru-SP, CEP 17015-022. Telefone/FAX: (14) 3234-9763. Diretor Presidente: Waldir Aparecido Avanzo. Suporte Administrativo: Francisco Viana. Suporte Jurídico: Dr. Sérgio Ribeiro. Jornalista responsável: Priscila Nóbrega − MTB 61545-SP. Projeto Gráfico, diagramação e arte: Bruno Gonçalves − www.brunogoncalves.com.br. Impressão e pré-impressão (CTP): Grafilar − www.grafilar.com.br − Telefone: (14) 38125700. Tiragem: 6.500 exemplares. Todas as matérias, textos e imagens publicadas nesta revista são de estrita responsabilidade da diretoria do Sinterc.

Julho de 2015

3


Cautela, Economia

O

estamos em

Brasil está passando por um momento delicado em sua história econômica. Com a inflação em alta, o PIB em baixa, os empresários cautelosos, é visível o movimento das empresas reduzindo investimentos, demitindo funcionários e cortando custos. Como se não bastasse, o trabalhador tem que se adaptar às incertezas do mercado e buscar alternativas para sobreviver. Crises sempre existiram e sempre existirão, mesmo que em pequeno espaço de tempo. Na verdade, segundo especialistas, é quando passa esse período que ocorre uma espécie de limpeza no mercado, onde só permanecem as empresas e profissionais que conseguem se adaptar e inovar para sobreviver em qualquer situação. Em tempo de mudanças repentinas e, algumas vezes inesperadas, as empresas estão mantendo seus talentos, qualificando-os e trocando os perfis que não estão devidamente adaptados. É preciso ficar atento ao que o mercado busca e entender que aperfeiçoamento e qualificação sempre são necessárias e podem ser grandes oportunidades de crescimento.

Pressão dentro das empresas

Com a crise batendo na porta das empresas, há cada vez mais pressão por parte dos gestores, com atividades e metas apertadas. Dessa forma, o profissio-

4

nal precisa saber lidar com adversidades, ser ágil e focado nas soluções. A partir deste comportamento devem despontar novas competências até então não utilizadas, que propiciam desenvolvimento para o profissional e a organização. A redução de cargos nas empresas proporciona para os que ficam a oportunidade de acumular novas funções e, nesse sentido, é necessário ter inteligência emocional, flexibilidade, visão estratégica e paciência para aprender, se adaptar, se desenvolver e obter os resultados esperados. Dessa forma, ocorre uma transformação inevitável no mercado, que gera mudança de parâmetros e quebra de paradigmas, trazendo à tona inovação e superação. É hora de sair da zona de conforto e mostrar o que de fato cada um pode fazer usando seu potencial máximo.

Outro lado bom da crise

O momento é perfeito para repensar a carreira: o que faria diferente, o que repetiria se fosse possível e o que ainda pode e deve ser feito para se tornar um profissional mais pleno. Não são apenas as empresas que precisam avaliar seus funcionários neste momento – eles também podem e devem analisar se estão satisfeitos com o trabalho que realizam. É importante refletir se este não seria o cenário ideal para traçar uma nova estratégia e ser mais feliz em um novo cargo e em outra área ou empresa. É tempo de definir o foco e abraçar a causa para alcançar o objetivo com a intenção de obter novos conhecimentos e experiências, resultando em crescimento. No lugar de enxergar o momento atual como crítico, é possível repensar e arquitetar o projeto de vida. As carreiras agradecem quando agem assim. Julho de 2015


Povo brasileiro sofre com a crise economica, vê seu poder de compra diminuir, o desemprego aumentar e a inflação, mais uma vez, atormentar a sua vida

crise! “

Crise era marolinha, mas virou onda porque mar não serenou

Presidenta Dilma Rousseff

Julho de 2015

5


A crise vai permanecer forte em 2015 Como todos estão sentindo e ouvindo, a conclusão comum dos empresários e economistas é a de que o ano de 2015 não será um bom ano para a economia brasileira. Os motivos são muitos e todos estão ligados aos equívocos cometidos pelo governo federal, resultados da “nova matriz econômica” — como ficou conhecida a política econômica adotada pela presidente Dilma Rousseff (PT), em 2011. Os sinais são de dois tipos: profissional, por parte de investidores, economistas, empresários, etc.; e populacional, visto que quem sente os efeitos mais severos do mau momento econômico é o povo. O consumo das famílias vive um momento de desaceleração, tanto pelo fim dos programas de incentivo ao consumo quanto pela menor oferta de crédito. Provém daí parte da insatisfação que gera os protestos iniciados no

6

O consumo das famílias vive um momento de desaceleração, tanto pelo fim dos programas de incentivo ao consumo quanto pela menor oferta de crédito

ano passado e endossados pelo início da Copa do Mundo. Isso, aliado à retração da indústria, à inflação e à baixa taxa de investimentos, criou um cenário de crescimento pequeno. Em 2013, por exemplo, o Brasil cresceu 2,5%. Média menor do que a apresentada pelo mundo (3%). Em 2014, O Brasil cresceu 1,4%, fechando o governo Dilma com um crescimento médio de 1,9%. Esse resultado é o menor dos últimos 20 anos, uma vez que a média de crescimento dos dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso (19942002) foi de 2,3% e dos dois mandatos de Lula (2002-2010) 4%. Para os próximos anos, as projeções da Focus, responsável pela pesquisa, são: 1,8% (2015), 2,5% (2016), 3% (2017) e 2,8% (2018). Assim, é possível ver que o ano que vem sofrerá com condições piores que as vividas atualmente. Julho de 2015


Desespero ou despreparo? A divulgação dos números do PIB mostra um quadro que seria desalentador por si só, mas que ganha aspecto de tragédia para um governo de continuidade que ainda não conseguiu começar a Governar com eficácia. O cenário é desesperador porque todas as fichas estão colocadas no ajuste fiscal de Joaquim Levy, última linha de defesa para tentar atravessar o desastre previsto para 2015 e, cada dia mais, também 2016. O Planalto precisa do PMDB parlamentar se quiser evitar a aprovação de mais dificuldades econômicas pelo Congresso. Depende do “aliado” (aspas compulsórias) para, na mão contrária, aprovar medidas impopulares, algo cada vez mais ilusório. Necessita também encontrar um discurso para ruas cada vez mais inquietas, outra improbabilidade. A resultante é que não há solução política à vista, e a esgarçadura do tecido econômico jogou no colo do ajuste de Levy toda a responsabilidade por uma saída. A coisa está feia. Julho de 2015

7


Encare a crise com sabedoria

É importante que, em meio a crise, os brasileiros, no geral, saibam passar por ela sem que sua qualidade de vida diminua, seu negócio feche, enfim, sem que a crise afete diretamente em seu dia a dia. Portanto, se prepare diariamente para encarar de frente essa crise que afeta todos os setores do País. Reduza imediatamente seu grau de endividamento

Não importa que sacrifícios isso possa envolver, mas uma coisa é certa, se você quer seguir o ano tranquilamente, a primeira providencia é reduzir a todo custo seu grau de endividamento. As taxas de juros estão altas e o Banco Central não dá o menor sinal de que possa vir a reduzi-las em curto prazo.

Prepare-se para uma redução de vendas

Se você, trabalha por conta, além do emprego fixo, fazendo docinhos para vender ou qualquer outro tipo de revenda, o primeiro passo é assumir que as vendas estão sofrendo redução. Essa é uma retração clássica dos consumidores, sejam pessoas físicas ou jurídicas e não pode ser ignorada em seu planejamento estratégico.

8

Faça cursos e se capacite

Os tempos de vacas gordas tendem a deixar muitos profissionais desempregados. E quando o funcionário procura se aperfeiçoar, se capacitar realizando cursos extras, fazem com que, na maioria das vezes, se destaque e consiga manter o emprego.

Participe de eventos setoriais

Em épocas de crise se torna importante participar de um número maior de eventos para poder ter uma avaliação externa da crise e do cenário traçado para o futuro. É um ótimo momento também para o compartilhamento de experiências e soluções adotadas por outros profissionais que estão no mesmo barco. É uma situação onde a união faz a força.

Seja criativo

Uma das boas lições que se pode extrair de uma crise econômica como a que estamos enfrentando é o incentivo à criatividade. Se você ficar sentado chorando suas pitangas e não fazendo absolutamente nada, ai sim a coisa vai ficar bem feia. Coloque sua criatividade para trabalhar. Esteja aberto a sugestões e não crie qualquer tipo de barreira a mudanças. Em momentos de crise é que avaliamos de forma mais contundente qual o valor que poderíamos estar entregando ao mercado que ainda não foi agregado ao nosso produto ou serviço.

Julho de 2015


Opinião

Ela nos ensina mais Freud do que Marx Por Arnaldo Jabor

mesmo sendo absurdo). A crise nos mostra que o petismo maculou as ideias de uma verdadeira esquerda no país, A crise é boa. Nada melhor do que uma crise para nos sequestraram as palavras, a linguagem romântica d’andar a sensação de que a vida muda, que a História anda, tanho. A crise prova que a velha esquerda ancorada no que a barra pesa. A crise nos tira o sono e nos faz alertas. petismo não tem programa, nem projeto; tem um sonho A crise nos faz importantes, nós, a opinião pública, nós, o que vira pesadelo. A crise acaba com os fins justificando “povo”, nós, os ex-babacas que viviam na sombra, na moos meios. A crise acaba com o “futuro” e nos traz o doce, o dorra e que de repente saíram batendo panelas nas ruas. essencial presente. A crise nos ensina que ninguém se deNa crise no Brasil, a política fica visível para a população. fine apenas como “companheiros”, “comandantes”, “avenA crise nos lembra a maldição chinesa: “que você viva em tureiros”, “guerreiros do povo brasileiro”, pois as pessoas tempos interessantes” — por “tempos interessantes” se são compulsivas, agressivas, invejosas, narcisistas, fracasentenderia uma época de calamidade, guerras e instabilisadas e com problemas sexuais. A crise nos ensina mais dade. A crise é boa porque acabaram as antigas crises ceFreud do que Marx. A crise ensina que revolução no país gas, radiofônicas, anos 1950. Hoje as crises são on-line, na tem de ser administrativa e não de ruptura e utopia. internet, nos celulares com todos as roubalheiras ao vivo, A “contemporaneidade”, esse “faz-tudo” do novo vocaimediatas, na velocidade da luz. A crise é uma aula, quabulário, inventou a “utopia da distopia”. Nada como uma se um videogame. A crise é um thriller em nossas vidas. boa distopia para saciar nossa fome de certezas. A crise enA crise nos permite ver a verdade. Mas como — se todos sina que não adianta mostrar apenas os horrores da misémentem o tempo todo? A crise nos ensina a ver a verdade de ria dos desvalidos; a verdadeira miséria está nos intestinos cabeça para baixo, nos ensina que a verdada própria política. de é o contrário de tudo o que dizem os A crise nos mostra que existem fascisA crise nos mostra depoentes, testemunhas e réus. A verdade tas de direita e de esquerda, que a verdaque existem fascistas deira esquerda está em tudo o que é proestá em tudo o que os políticos negam. A crise é boa para conhecer tipos hufundo e que a direita está em tudo o que é de direita e de manos. Temos de tudo — uma galeria superficial — logo, o PT é de direita. de personas, de máscaras, de bonecos de esquerda, que a A crise nos revela que o país (e a viengonço, temos um reality show sobre o da) é mais complexo do que a divisão verdadeira esquerda “opressores e oprimidos” e que o capiBrasil, temos o desfile de caras, de bocas, de mãos trêmulas, temos as vaidades na está em tudo o que talismo não é uma pessoa malvada para fogueira, os clamores de honradez, os falconscientemente nos destruir; capitalisé profundo e que a sos testemunhos, a lama debaixo das digmo não é um regime político — é um nidades, temos os intestinos, os nós nas direita está em tudo modo de produção. tripas, os miasmas que nos envenenam, crise nos ensinou que a corrupção o que é superficial — de Ahoje sujeiras escorrendo pelas frestas da lei. não é um pecado contra a lei de E tudo vai diplomando o povo em Ciên- logo, o PT é de direita Deus — é um sistema, uma ferramenta cia Política. A crise é boa para acabar com de trabalho. A crise nos mostra que não a crença de que um operário tem uma aura de santidade e há mais inocentes em Brasília — todos são cúmplices. E mostra que para ser presidente tem, sim, que estudar e ter aprendemos que mesmo com terríveis expectativas pacompetência. E nos mostra também o mal que um sujeito ra 2015, as ruas provaram que a história é intempestiva egoísta e deslumbrado pode fazer a um país. (Nietzsche) e marcha no escuro, quando nós dormimos. A crise nos mostra que o crime político não é um deA crise nos lembra a frase de Baudrillard tão citada por feito, mas uma instituição. A crise nos espanta: como um mim: “O comunismo hoje desintegrado tornou-se viral, partido consegue esquecer qualquer resquício de grancapaz de contaminar o mundo inteiro, não através da idedeza e contaminar as instituições? A crise nos ensina o ologia nem do seu modelo de funcionamento, mas através horror do narcisismo totalitário. A crise nos ensina que do seu modelo de disfuncionamento e de desestruturação os velhos “revolucionários” ficaram iguais aos piores da vida social”, vide o estrago do PT e o novo eixo do mal políticos oligárquicos — ambos trabalham na sombra, da América Latina. A crise está abrindo nossos olhos. na dissimulação, no cabresto dos militantes. A crise nos Ouso dizer que por vielas escuras e mal frequentadas a lembra que a burrice é uma “força da natureza’, como os crise fará bem ao Brasil. A crise também é útil porque nos ciclones e terremotos. Crise também é cultura. A crise é dá uma porrada na cara para deixarmos de ser bestas. Brecht, Shakespeare e revista “Caras”. A crise acabou com a mistificação de que o PT era o partido dos “puros”, como Arnaldo Jabor muitos intelectuais acreditaram e continuam acreditando, É cineasta, roteirista, diretor de cinema e TV, produtor cinematográfico, com a fé inquebrantável do “mesmo assim”— quebraram dramaturgo, crítico, jornalista, escritor e comentarista político a Petrobras e o país, mas “mesmo assim”, continuam acreda Rede Globo, Estadão, Jornal O Globo, entre outros ditando, como religiosos: “Credo quia absurdum”(Creio Julho de 2015

9


Desastres naturais

Mãe natureza mostra sua força

O Brasil, assim como outros países do mundo, tem sido cenário de constantes tragédias naturais, como enchentes, tornados e secas, que fazem milhares de vítimas todos os anos

A

natureza tem sua beleza própria, porém causa desastres como tornados, enchentes, secas, entre outros fenômenos que podem ocorrer a qualquer momento. Segundo especialistas, nenhuma região do Brasil está imune a um evento desse porte, embora existam áreas com riscos de eventos em maior proporção que outras. Para os especialistas, a região tropical e a zona temperada são mais favoráveis para os tornados, por exemplo. Em 2004, 4 municípios do Sul do Brasil decretaram situação de emergência por conta de tornados. Quando as massas frias chegam ao Sul, chegam com mais intensidade que no Nordeste, por exemplo. No caso de encontrar uma massa quente, o contraste térmico é grande e, com a muita umidade, torna a atmosfera instável. No Nordeste chega com menos intensidade. Até 2004 o Brasil não havia sofrido furação, até que Santa Catarina foi atingida neste ano. Na meteorologia, diz-se que, se uma coisa ocorreu uma vez, ela pode ocorrer de novo. O tornado é um fenômeno de curta duração e de média ou pequena escala que se forma em segundos, minutos, e logo desaparece. Já o furacão é de grande escala, atinge muito mais área, mas o poder de destruição é menor.

Alguns casos no Brasil e no mundo

De acordo com pesquisadores do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), os tornados no Brasil ocorrem há pelo menos 77 anos e são registrados normalmente entre os meses de abril, maio, outubro e novembro. As intensas chuvas dos últimos meses e anos inundaram cidades de inúmeros Estados brasileiros, deixando mortos e desabrigados na maioria delas. A seca é outro problema enfrentado por morado-

10

res de algumas cidades do Nordeste. Em outros Países também sofrem com fenômenos naturais. Os Estados do Texas e de Oklahoma, e um pouco mais ao sul, regiões do México, foram afetados por uma onda de mau tempo, com vários tornados que destruíram muitas casas e fizeram transbordar os rios. No México, muito perto da fronteira com os Estados Unidos, Ciudad Acuña foi sacudida pela passagem de um tornado que matou pelo menos 14 pessoas. Foram registrados ventos de 270 a 300 km/h.

Seca pode durar 30 anos

O cenário da atual seca no Sudeste, que passa pela pior crise hídrica dos últimos 85 anos, pode durar por 30 anos mais, segundo afirmou especialistas em meteorologia. O ocorrido nessa região é que o clima atual no país obedece a um ciclo de esfriamento do oceano Pacífico nos últimos anos, que se opõe às décadas de 1980, 1990 e 2000, quando o clima era mais quente. O início do ano assustou, em termos climáticos, a agroindústria, com um atraso do cultivo da soja e perspectivas de queda da produtividade em outras matérias-primas agrícolas, como o café. A crise hídrica do Sudeste deixou em alerta os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e, principalmente, São Paulo. O sistema Cantareira, que abastece 5,6 milhões de pessoas na região metropolitana de São Paulo, já utilizou as duas cotas do chamado “volume morto”, uma reserva técnica adicional dos reservatórios. As chuvas de fevereiro e março, que superaram a média para esses meses, elevaram parte dos níveis das reservas, mas não o suficiente para melhorar a situação.

Estamos vivendo em um caldeirão químico?

Nos últimos meses ouvimos falar muito sobre o nível diário do sistema Cantareira, que passou a ocupar as primeiras páginas dos jornais e a frequentar conversas de rodas de amigos. Há, no entanto, outras consequências menos evidentes desse período de clima bicudo: os frutos da combinação das emissões de poluentes (usinas térmicas e emissões veiculares) aliada às altas temperaturas e radiação solar, que resultam na deterioração da qualidade do ar. A mistura complexa desses diversos poluentes liberados para a atmosfera faz das cidades um verdadeiro caldeirão químico que, sob o efeito da radiação solar, forma outros poluentes, sendo o ozônio seu integrante mais ilustre. Vale ressaltar que o ozônio é formado naturalmente nas camadas mais altas da atmosfera, onde ajuda a proteger a vida na terra filtrando raios ultravioleta. Entretanto, na superfície terrestre o ozônio é altamente danoso à saúde humana. É fácil de entender que a exposição a níveis moderados e elevados de ozônio está associada a uma grande variedade de efeitos negativos sobre a saúde, desde uma simples irritação na garganta até a redução de expectativa de vida. Crianças, idosos e pessoas que tenham alguma doença pulmonar pré-existente, como asma, bronquite crônica e enfisema, são as que mais sofrem. Além do acúmulo dos poluentes produzidos pelas reações químicas na atmosfera, há o efeito direto da temperatura em nossa saúde. Importante ressaltar que a faixa de conforto térmico varia de região para região do planeta, não sendo a mesma, por exemplo, para Teresina ou Copenhague. Julho de 2015


Dimas Ardian/Getty Images

Em 26 de dezembro de 2004, um terremoto provocou o tsunami que foi o sexto maior em número de mortos desde 1900, fazendo mais de 220.000 vítimas fatais. Só na Indonésia, foram mais de 170.000 mortos

Corpo de Bombeiros/SC

Em novembro de 2008, após período de grandes chuvas, enchentes provocaram 135 mortes em Santa Catarina Julho de 2015

Elói Corrêa/GOVBA

Deslizamentos de terra provocam mortes e pânico em Salvador (2015)

11


Palani Mohan/AMO

Em particular, para a cidade de São Paulo, a média da zona de conforto térmico é de 22 a 25ºC. A faixa de conforto térmico é definida tanto pelo padrão construtivo de nossas casas, como também pelos sistemas que regulam a nossa temperatura corpórea. Nós, seres humanos, temos que manter nossa temperatura corporal em uma faixa muito estreita, entre 36,5 e 37,2°C, e para isso temos um sistema que funciona como um “termostato”, mas que possui um limite de tolerância. Os idosos e as crianças são aqueles que têm a saúde mais comprometida quando a temperatura ambiente fica fora da zona de conforto térmico, pois seu intervalo de tolerância é geralmente menor. Pessoas portadoras de doenças como diabetes, desordens cerebrovasculares ou cardiovasculares também devem tomar mais cuidado com as altas temperaturas, pois o risco nessas condições é maior. No calor nossos vasos dilatam e perdemos muita água corporal para mantermos nossa temperatura estável, por isso, ficamos desidratados mais rapidamente. Isso pode provocar um aumento da viscosidade sanguínea e outras mudanças fisiológicas que, quando agravadas, podem levar a morte. Alterações de mecanismos de regulação endócrina, de arquitetura do sono, de pressão arterial e do nível de estresse também podem ser relacionadas com esses dias mais quentes. A atual condição climática tem feito com que nós sejamos obrigados a conviver com temperaturas muito acima da nossa faixa de conforto térmico, com potencial prejuízo à nossa saúde.

Voluntário da Cruz Vermelha faz busca por sobreviventes do terremoto no Nepal (2015)

Alguns cuidados devem ser tomados

Portanto, nos dias mais quentes e muito ensolarados, associados a uma qualidade do ar ruim, alguns cuidados podem ser tomados para proteger sua saúde. Por exemplo, evite exposições ao ar livre nos períodos mais quentes do dia, concentre as atividades físicas no período da manhã e ao anoitecer. Beba muita água ao longo do dia para manter-se hidratado. Uma dica simples para verificar o nível de hidratação é olhar a cor da urina. Uma urina mais escura do que o habitual deve acender uma luz dizendo beba mais água, se ainda este raro fluido for disponível em nossos anêmicos reservatórios.

MC1 Matthew M. Bradley/Marinha dos Estados Unidos

Como o desastre natural é causado

Um desastre natural ocorre quando um evento físico muito perigoso provoca direta ou indiretamente danos extensos à propriedade, faz um grande número de vítimas, ou ambas. Em áreas onde não há nenhuma presença humana, os fenômenos naturais são chamados de eventos naturais. A extensão dos danos à propriedade ou do número de vítimas que resulta de um desastre natural depende da capacidade da população a resistir ao desastre. Esta compreensão é cristalizada na fórmula: os desastres ocorrem quando os perigos se encontram com a vulnerabilidade. MC3 Alexander Tidd/Marinha dos Estados Unidos

Terremoto seguido de tsunami devastou cidades japonesas e foi um dos piores desastres naturais registrados nos últimos anos (2011)

12

Julho de 2015


Descomplicando

a economia

com Reinaldo Cafeo

INFLAÇÃO dobrada

O próprio Banco Central brasileiro refez as contas e aponta que a inflação neste ano no Brasil poderá atingir 9%. Considerando que a meta (que há tempos não é cumprida) é de 4,5%, o próprio governo admite que a infl ação seja o dobro do previsto. Preocupante em todos os aspectos.

Soldado nepalês encontra bebê em destroços após o terremoto (2015)

Ciclones, furacões ou tufões

Ciclone, furacão ou tufão, são diferentes denominações para um mesmo fenômeno: trata-se de uma região de baixa pressão atmosférica, onde o ar relativamente quente se eleva e favorece a formação de nuvens e precipitação. Por isso, tempo chuvoso e nublado, chuva e vento forte estão sempre associados a esses centros de baixas pressões. Um tornado é um fenômeno meteorológico que se manifesta como uma coluna de ar que gira de forma violenta e potencialmente perigosa, estando em contato tanto com a superfície da Terra como com uma nuvem ou, excepcionalmente, com a base de uma nuvem cumulus.

Sendo um dos fenômenos atmosféricos mais intensos que se conhece, os tornados se apresentam sob várias formas e tamanhos, mas geralmente possuem um formato cônico, cuja extremidade mais fina toca o solo e normalmente está rodeada por uma nuvem de pó e outras partículas. A maioria dos tornados conta com ventos que chegam a velocidades entre 65 e 180 quilômetros por hora, mede aproximadamente 75 metros de altura e translada-se por vários metros, senão quilômetros, antes de desaparecer. Os mais extremos podem ter ventos com velocidades superiores à 480 km/h, medir até 1,5 km de altura e permanecer no solo, percorrendo mais de 100 km de distância. Master Sgt. Mark Olsen/Força Aérea dos Estados Unidos

INFLAÇÃO ALTA Atinge OS MAIS POBRES

Além de impactar negativamente nas expectativas futuras da economia, a inflação gera um grande desequilíbrio no mercado, atingindo em cheio os mais pobres. Aqueles que possuem menor renda não conseguem se proteger da alta de preços.

O QUE FAZER?

Na prática tais indicadores apontam para continuarmos cautelosos. O mundo não vai acabar, mas não é hora de grandes riscos. Organize suas finanças. Veja como está o comportamento em relação ao emprego dos membros de sua família. Reduza os gastos e seja rigoroso na gestão das finanças do lar.

JUROS EXORBITANTES

Os juros no Brasil não param de subir e o que é pior, o brasileiro opta pelas modalidades mais caras, como são os casos do cheque especial e do cartão de crédito. Com taxas variando entre 10% e 14% ao mês, utilizar os limites disponíveis é dar um tiro no próprio pé.

Reinaldo Cafeo

O furacão Sandy afetou Jamaica, Cuba, Bahamas, Haiti, República Dominicana e EUA (2012) Julho de 2015

é economista, especialista em engenharia econômica, mestre em comunicação e doutor em economia.

13


Mulheres de fibra

A mulher consegue desempenhar vários papéis na sociedade em que vive, mas precisa saber priorizar, planejar e, algumas vezes, renunciar

A

tualmente, as maiores inimigas das mulheres são as próprias mulheres. Elas até hoje não conseguem se libertar da necessidade de desempenhar perfeitamente todos os papéis impostos pela sociedade. Então precisam ser excelentes profissionais, grandes anfitriãs, mães dedicadas, esposas e amantes prontas a dar todo o suporte para os maridos ou namorados. Conseguir o equilíbrio entre vida profissional e vida pessoal é muito difícil. Se você trabalha em outra cidade, ou se você trabalha em dois empregos, ou se trabalha em um período, no outro faz faculdade. É complicado você ter uma reunião com o gerente do seu banco na mesma hora em que precisa buscar seu filho na escola. Ou receber uma ligação “urgente” da sua filha adolescente que brigou com o namorado quando está finalizando um documento que seu chefe mandou você terminar em meia hora. Obviamente ninguém tem as receitas para resolver esses percalços, mas algumas dicas são bem-vindas: em primeiro lugar, aceite que você não precisa ser perfeita em tudo. Faça escolhas: você é uma funcionária de sucesso? Acredite, você pode não comparecer a todas as festas da escola do seu filho. Escale marido, mãe, pai para te ajudar. E não fique cobrando deles atitudes iguais às que você teria. Abra mão do poder de ter as coisas feitas do seu jeito. Isso só vai sobrecarregá-la.

14

ESPAÇO MULHER

Mulher de hoje e de amanhã

Não é difícil observar a força que as mulheres vêm alcançando no mercado de trabalho. Elas estão em todos os lugares, dos cargos mais simples até diretorias e chefias das empresas. O poder feminino não para de crescer e muitos dos serviços que eram ocupados somente por pessoas do sexo masculino, passam a ser tomados por elas. Segundo pesquisa do IBGE, na última década a força de trabalho feminina cresceu 24%. O nível de ocupação das mulheres no mercado de trabalho no ano de 2000 era de 35,4%, enquanto em 2010 aumentou para 43,9%. O desempenho delas também foi maior neste período. Em 2000 o número era de 61,1% e chegou a 63,3% em 2010. No entanto, durante a pesquisa, o nível de ocupação (na semana de referência) dos homens foi mais alto em todos os grupos etários. Esse notável crescimento feminino no mercado deve-se grande parte ao fato das mulheres estarem cada vez mais preocupadas com a educação e qualificação profissional. A pesquisa mostra

que o percentual de mulheres que não frequentavam a escola foi de 54,6%, no grupo etário de 18 ou 19 anos, e de 73,2% no de 20 a 24 anos, enquanto na parcela masculina, esses indicadores foram de 55,4% e 76,5%, respectivamente. Além dos dados já citados, pode-se perceber com a pesquisa, que o percentual de mulheres ocupadas com nível superior é maior que o dos homens. Em 2010, o percentual dos homens com pelo menos o curso superior concluído foi de 9,9% enquanto o das mulheres ficou e 12,5%. Já na população ocupada, esses números foram 11,5% e 19,2%, respectivamente.

Julho de 2015


Julho de 2015

15


Liderança feminina

Muitas vezes, a mulher se sente mal quando não tem o mesmo tempo com os filhos, como sua mãe tinha. Isso se chama anacronismo. Acontece quando transportamos valores de outro tempo para o nosso. Hoje não faz sentido carregar o mesmo senso de dever de um mundo que não existe mais, vivemos num novo mundo sob uma nova dinâmica. O problema é que sempre o mundo muda mais rápido que nossa cultura e nossos padrões mentais, e o resultado é toda uma geração de mulheres, que em maior ou menos grau, se sentem culpadas por trabalhar, ter um lar e filhos para cuidar. A mulher, em sua grandeza, pode desempenhar perfeitamente vários papéis, mas presa saber priorizar, planejar e algumas vezes, renunciar. As escolhas, as prioridades têm que ser tomadas de acordo com o momento que está sendo vivido. Não existe certo e errado, existe as adequações para cada vida.

Crescimento da mulher no comando dos lares

O País assiste hoje a um notável crescimento profissional da mulher brasileira, seja por meio do próprio negócio ou de uma atividade com carteira assinada. As políticas públicas para a geração de novos postos formais de trabalho, aliadas a ações de inclusão social e investimentos na educação, ajudaram a reposicionar a mulher no mercado, mudando seu papel familiar. O aumento da participação feminina na economia nacional vem corrigindo

16

distorções históricas como as desigualdades salariais entre os gêneros. Dados do último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estátistica), de 2010, revelam que cerca de 40,9% das mulheres contribuem para a renda das famílias do País. No campo, o índice chega a 42,4%, 51% dos quais no Nordeste. Indicadores que refletem a inclusão produtiva promovida pelo governo federal Ainda de acordo com o IBGE, que elaborou o estudo Estatísticas de Gênero, em 2000, as mulheres chefiavam 24,9% dos 44,8 milhões de domicílios particulares. Em 2010, 38,7% dos 57,3 milhões de domicílios registrados já eram comandados por mulheres. Segundo a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), em mais de 42% destes lares, a mulher vive com os filhos, sem marido ou companheiro. Neste cenário de dificuldades e desafios, elas conquistaram muito mas é preciso avançar mais. Os esforços do governo brasileiro para reduzir as desigualdades de gênero no Brasil obtiveram reconhecimento internacional. Um relatório das Nações Unidas, divulgado recentemente pela agência ONU Mulheres, aponta as múltiplas ações do governo brasileiro na última década, entre elas a valorização do salário mínimo, como essenciais para reduzir a pobreza e, consequentemente, aumentar a presença da mulher no mercado de trabalho. Segundo o relatório, em 1995 as mulheres ganhavam 38% menos do que os homens. Em 2007, no entanto, essa

diferença diminuiu para 29%. E, entre 2001 e 2009, o peso das trabalhadoras na população economicamente ativa cresceu de 54% para 59%, de acordo com o documento. A pesquisa do IBGE também atesta um aumento real do rendimento médio das mulheres. De acordo com o instituto, em uma década, as mulheres registraram aumento relativo de salário maior do que o dos homens (12% para elas e 7,9% para os homens). Além disso, a proporção de mulheres com carteira assinada saltou de 32,7% em 2000 para 39,8% em 2010.

Empreendedorismo com inovação

Chefes de família ou solteiras, as mulheres também estão se destacando no empreendedorismo, com aumento significativo da participação no segmento. O Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas, editado pelo Sebrae, registra crescimento da mulher empreendedora nas cinco regiões do País, entre 2002 e 2012. De acordo com o estudo, o Norte lidera, com uma expansão de 78% do número de empreendedoras, seguido por Centro-Oeste (36%), Sul (21%), Nordeste (12%) e Sudeste (10%). O relatório do Sebrae também aponta para a capacidade de inovação da mulher. O documento sustenta que 34% das mulheres que têm empresa trabalham em casa, número cinco vezes maior do que os empreendedores do sexo masculino, que ronda a casa dos 6%. Julho de 2015


Conheça os benefícios que o Sinterc oferece a seus associados e dependentes ✓ Assistência Odontológica Uniodonto; ✓ Assistência Jurídica; ✓ Descontos especiais na rede Drogaria Total; ✓ Descontos especiais na rede de Óticas Diniz; ✓ Colônia de Férias Riacho Doce, própria do Sinterc, em Panorama-SP; ✓ Convênio com diversas Colônias de Férias no Estado de São Paulo e espalhadas pelo Brasil; ✓ Convênios com varias Instituições de Ensino; ✓ Convênio com o Termas dos Laranjais em Olimpia-SP.

A estrutura do seu Sindicato ✓ Sede própria na cidade de Bauru-SP; ✓ Sub-sede na cidade de Araçatuba-SP; ✓ Sub-sede na cidade de Ribeirão Preto-SP; ✓ Sub-sede na cidade de São José do Rio Preto-SP; ✓ Sub-sede na cidade de Presidente Prudente-SP.

ê Associe-se voc a h também e ven ssa o fazer parte da ntos história. Jun somos fortes!

O Sinterc possui uma frota de automóveis para executar os trabalhos de base (visitas nas unidades), além de um carro de som para trabalhos de mobilizações e movimentos de greve. O Sinterc está preparando o início das obras de sua nova sede em Bauru (SP), onde contará com toda infra-instrutura administrativa, um anfi-teatro para 250 pessoas sentadas, um salão de festas para 300 pessoas sentadas, uma cozinha escola para formação de profissionais na área de gastronomia, salas para aulas teórica, sala de informática e muito mais. É assim que a diretoria do Sinterc, com muita responsabilidade, aplica o dinheiro dos trabalhadores da categoria profissional, visando melhorar a vida de seus associados e familiares, oferecendo lazer, saúde, educação, qualificação profissional e muito mais.

Araçatuba (18) 3621-5810. aracatuba@sinterc.org.br São José do Rio Preto (17) 3232-3240 riopreto@sinterc.org.br Ribeirão Preto (16) 3625-5255 ribeirao@sinterc.org.br Presidente Prudente (18) 3223-2541 prudente@sinterc.org.br

(14) 3234-9763 ` www.facebook.com/sinterc t www.twitter.com/sinterc

Serviço de Atendimento ao Trabalhador

0800 777 9763


Beleza e Saúde

Viva uma

gravidez saudável A gravidez é o momento mais delicado da vida de uma mulher

T

odas as futuras mamães sabem que os três primeiros meses de gestação são os mais delicados e que exigem cuidados intensos. A produção de alguns hormônios cai, outros específicos da gestação passam a ser fabricados, a placenta começa a se formar e, rapidamente, o bebê desenvolve os principais órgãos. O princípio de tudo é visitar o médico ginecologista de confiança e levar uma lista com todas as dúvidas. É importante estar atenta, pois essa também é a fase mais crítica para abortos e malformações decorrentes de doenças e deficiências nutricionais maternas. Por todos esses motivos, é importante realizar todos os exames necessários, em seguida entre numa dieta adequada e adote hábitos mais saudáveis. Afinal, esta é a hora de garantir um final feliz para sua gravidez.

Afastando o risco de abortos

É preciso lembrar que o embrião possui metade da carga genética do pai e que essa bagagem é “estranha” ao organismo materno. Em circunstâncias normais, o bebê dribla o sistema imunológico da mãe e consegue chegar ao útero, dando início ao seu desenvolvimento e à formação da placenta, que vai nutri-lo e protegê-lo até o final da gestação. Há casos, porém, em que esse script fica incompleto. Um dos riscos é de que o sistema imunológico da mãe rejeite o embrião por considerá-lo um corpo estranho, provocando um aborto precoce. Quem já teve abortos espontâneos

18

antes deve ficar esperta. Não há tempo a perder também quando a causa dos abortos naturais é uma circunstância conhecida como incompetência istmo-cervical. Trata-se de uma dilatação excessiva do colo de útero, a qual pode ser corrigida por meio de uma cirurgia simples, a cerclagem, antes que o bebê comece a ganhar peso novamente, agir logo no início da gravidez aumenta as chances de sucesso.

Grávidas muito especiais

Os primeiros meses de gestação são particularmente críticos também para as mulheres com distúrbios que alterem a circulação. Diabéticas, hipertensas, portadoras de problemas de tireóide ou de hipófise exigem cuidados redobrados ao longo

de toda a gravidez, mas, no primeiro trimestre, eles são ainda mais indispensáveis. Essas disfunções comprometem a liberação de hormônios essenciais para o bom crescimento das células, prejudicando o desenvolvimento do bebê. Seja qual for o caso, a medicina fetal hoje possui recursos para identificar e tratar precocemente muitos desses problemas. Dois exames são superimportantes para as mulheres que estejam em um desses grupos de risco ou tenham mais de 35 anos: o ultrassom morfológico e a translucência nucal. O primeiro permite detectar qualquer alteração estrutural do feto, como ausência de órgãos e membros, enquanto a translucência pode identificar com pequena margem de erro problemas genéticos, como a síndrome de Down. Julho de 2015


Alimente sua gravidez Certas carências nutricionais da mãe podem comprometer o desenvolvimento do bebê. Por isso, é importante a complementação de:

Ácido fólico

Evita a ocorrência de DFTN (defeito no fechamento do tubo neural do bebê), que pode resultar em problemas graves, como a anencefalia e espinha bífida. Onde encontrar: espinafre, feijão-branco, brócolis, laranja, repolho branco, fígado bovino, abacate, grão-de-bico, lentilha, escarola, pão de centeio.

Vitaminas do complexo B

Equilibram a energia da mãe e são indispensáveis ao desenvolvimento neurológico e cerebral do bebê. Onde encontrar: fígado e carne bovina, peixe, ovos, leite e cereais integrais. Equilibram a energia da mãe e são indispensáveis ao desenvolvimento neurológico e cerebral do bebê. Julho de 2015

Vitamina B6

Previne contra as náuseas e enjoos, comuns no primeiro trimestre de gravidez, e contra a depressão. Onde encontrar: fígado e carne bovina, cereais integrais e banana. Leite e derivados. Previne contra as náuseas e enjoos, comuns no primeiro trimestre de gravidez, e contra a depressão.

Cálcio

Regula os hormônios do bebê e garante a boa formação óssea. É chave para a composição do sangue. Sua carência leva à anemia e predispõe à geração de bebês de baixo peso e à ocorrência de hemorragias e infecções no parto. Onde encontrar: carnes e grãos em geral, vegetais verde-escuros.

Ferro e zinco

Garante o crescimento normal do feto e é importante na formação das células. No primeiro trimestre de gestação previne o cretinismo, que causa retardo mental no bebê. Onde encontrar: fígado, carnes e leite.

Iodo

O excesso de iodo agrava inchaços e faz subir a pressão arterial. Onde encontrar: sal iodado, frutos do mar e peixes de água salgada.

Fibras

Ativam o funcionamento intestinal da mãe, que estará prejudicado por causa dos hormônios da gravidez. Onde encontrar: verduras, legumes, frutas e cereais integrais, como aveia e arroz.

19


Beleza e Saúde

Algumas dicas infalíveis

Grávida pode pintar o cabelo? E fazer escova progressiva? Como evitar as estrias neste período? Confira dicas de como cuidar da beleza sem descuidar da barriga nessa fase tão especial na vida de uma mulher. Pintar e alisar o cabelo

Obstetras dizem que é importante evitar as tinturas no primeiro trimestre de gestação. Tente usar os bastões de retoque temporário. Caso você tenha optado pela cor loira, os reflexos dourados - que normalmente não tocam no couro cabeludo - também são seguros. Já o alisamento não é recomendável de forma alguma, é preferível optar pelas hidratações comuns e uso da escova e secador para pentear.

Limpeza de pele

Dermatologistas garantem que pode realizar limpeza de pele sem nenhum problema. É uma pele que normalmente já mancha com mais facilidade e por isso deve-se ter um maior cuidado. É bom evitar o uso de produtos esfoliantes contendo ácidos, pois a pele absorve. Também é importante aplicar filtro solar logo após a limpeza, pois a pele fica mais fina e com isso é maior a chance de manchar. Não pode usar qualquer tipo de máscara calmante, descongestionate ou secativa - pois podem conter substâncias não ideais para o bebê, como ácido salicilico, antibióticos e despigmentantes.

Manchas na pele

Além de aplicar muito filtro solar, pode-se usar somente cosméticos clareadores botânicos, com substâncias tipo skin whitening complex e alfa arbutin. Após a gravidez, pode-se tratar as manchas, mesmo durante a amamentação, com luz intensa pulsada, alfa peel e, só após a amamentação, podemos usar ácidos como retinoico, glicólico e hidroquinona.

Estrias

A principal dica para evitar as estrias é manter o peso adequado durante toda a gravidez e, assim evitar engordar repentinamente ou excessivamente. Se possível, fazer algum tipo de exercício apropriado e manter a pele hidratada, com sabonetes e cremes indicados por seu obstetra ou dermatologista. As estrias já presentes não alteram na gestação.

20

Ali já houve ruptura das fibras e o local não será novamente afetado. Porém, elas podem funcionar como um alerta para a necessidade de maiores cuidados, pois indicam uma pele propensa a desenvolvê-las.

Exercícios físicos

O tipo de exercício, intensidade e volume pode variar muito, pois depende de: mês de gestação, histórico de atividade física da grávida, recomendações médicas, idade da gestante, tipo de gestação entre outros. No entanto, é importante que a gestante procure seu médico e siga todas as recomendações.

Dieta

Todas as vitaminas e minerais são importantes. Na gestação, devemos dar maior atenção ao ácido fólico, ácido ascórbico, cálcio, fósforo, ferro, zinco, cobre, sódio, magnésio, flúor, iodo e vitaminas B6, A, D, E e K. Para suprir as necessidades, é importante uma alimentação diversificada incluindo cereais, produtos integrais, oleaginosas, frutas, legumes, verduras, laticínios e carnes nas quantidades recomendadas. Os minerais e as vitaminas possuem funções específicas que garantem a saúde da mãe e o perfeito desenvolvimento fetal. Julho de 2015


Dicas rápidas

solar: as alterações ΔΔFiltro hormonais decorrentes da

gravidez e do desenvolvimento do bebê facilitam o aparecimento de manchas marrons em várias partes da pele. Por isso, é importante utilizar filtro solar no rosto ao sair de casa e reaplica-lo de três em três horas. Sapatos confortáveis: os pés sofrem com retenção de líquido desde o início da gravidez. E, além disso, o aumento de peso predispõe as fissuras nos calcanhares. Por isso, é necessário utilizar sapatos confortáveis durante a gravidez e, mais especificamente, modelos de bico arredondado. Evite usar sandálias e rasteiras. Cintas: utilize cintas para aliviar o peso da barriga. É só colocar a cinta embaixo da barriga que ela ajuda a segurá-la com facilidade. Sono: durma e descanse bastante durante a gravidez. É importante que você, futura mamãe, descanse bastante para poder estar forte e saudável o suficiente para cuidar de seu bebê quando ele nascer. Cremes e hidratantes: é muito importante hidratar o corpo neste período, pois a pele vai esticar e, assim, poderão surgir estrias. Por isso, passem bastante creme hidratante na barriga, quadril e bumbum.

ΔΔ

ΔΔ ΔΔ

ΔΔ

Julho de 2015

21


Academia Mil e uma utilidades Com opções que atendem todas as idades, gostos e bolsos, hoje só não faz esportes quem não quer

E

laborado a partir da aplicação de um conjunto de testes e medidas, a avaliação física é o primeiro passo para entrar em uma academia e dar inícios ESPORTES às suas atividades físicas diárias ou semanais. Para quem tem dificuldades com os aparelhos de musculação de uma academia, pode se animar porque a academia tem muito mais para oferecer aos seus alunos, do que somente os aparelhos estáticos.

Natação: esporte para todas as idades

Por movimentar praticamente todos os músculos e articulações do corpo, a Natação é considerada um dos melhores tipos de exercício físico existentes. Além de trazer benefícios para todo o organismo, é recomendada para pessoas com diversos problemas respiratórios e ortopédicos. Como a piscina é aquecida, proporciona um natural relaxamento do corpo diminuindo a tensão e o stress do dia a dia. Alem disso, a Natação pode ser utilizada para vários objetivos, como aprendizagem e aperfeiçoamento dos nados tradicionais, como atividade recreativa, lúdica, etc. Mas, o mais importante é que independente de qual seja o seu objetivo, a Natação proporcionará inúmeros benefícios ao seu praticante e fará com que essa prática seja um hábito de hoje e sempre.

Natação infantil: hábito saudável

Desde os primeiros anos de vida a Natação já pode ser aplicada, pois seus benefícios são muitos e o contato com a água já proporciona uma alegria e um

22

prazer ao bebê e também ao seu acompanhante na aula. Além disso, melhora a capacidade cardiopulmonar, o equilíbrio, as habilidades psicomotoras e também gera uma autoconfiança em seus praticantes desde pequenos. Um aspecto muito importante são os benefícios para crianças maiores. Por exemplo, a formação da sua personalidade e inteligência é muito aprimorada, pois ela aprende também que cada um tem a sua vez e todos são importantes. Por isso, a qualidade do ensino e do professor são fundamentais para obter sucesso.

Hidroginástica faz bem

A Hidroginástica é um exercício físico muito recomendado pelos médicos em geral, principalmente para pacientes que devem evitar altos impactos em suas articulações. Além dessa característica essencial, a Hidroginástica pode ser uma excelente opção para quem quer gastar muita energia ou simplesmente relaxar o corpo. Um público alvo muito presente nas aulas de Hidroginástica são gestantes a partir do segundo trimestre de gestação, tanto pelos benefícios adquiridos pela mãe quanto pelo bebê, e também idosos

que através da aula podem diminuir as dores no corpo e falta de força muscular.

Exercício com peso dá força ao braço

A musculação utiliza diversos equipamentos e acessórios para sua prática, e tem como principais benefícios o ganho de massa muscular, a diminuição da gordura corporal, a melhora da postura e do condicionamento físico geral. Apesar de não ser uma atividade muito agravável para a maioria, o treinamento com pesos nunca foi tão recomendado por médicos e especialistas da área da saúde, e essa recomendação vai desde atletas de alto nível à pacientes que operam um ligamento do joelho.

Ginástica Coletiva faz bem para o corpo e para a mente

Está na moda desde 1990 e ainda é uma das atividades mais procuradas entre os alunos. Por ser uma atividade caracterizada por movimentos rítmicos, alegres e com alto gasto de calorias, ela proporciona a seus praticantes um excelente condicionamento físico e um perfeito controle de peso. Além disso, a sociabilização entre os Julho de 2015


alunos leva energia fundamental para a aula, o que promove ainda mais benefícios.

Treinamento Funcional: equilíbrio muscular

O Treinamento Funcional é um tipo de exercício físico que tem como objetivo principal melhorar a aptidão física para uma melhor execução dos movimentos fundamentais do corpo, ou seja, agachar, avançar, puxar, empurrar, levantar, girar, entre outros. Também muito usado como uma fundamental ferramenta na recuperação de lesões musculoesqueléticas. Hoje em dia já existem muitas aulas e programas com aparelhos específicos para o desenvolvimento do treinamento funcional. E, em conjunto com outros tipos de exercício, pode tornar seu programa de exercícios muito mais completo.

Método Pilates: saúde sob controle

O Método Pilates tem como base o controle consciente de todos os movimentos do corpo através dos músculos. Seus principais benefícios surgem da realização dos exercícios através de seis princípios básicos: respiração, concentração, controle, centralização, fluidez e precisão. Julho de 2015

Aula de Zumba: dançar faz bem

A Zumba é uma atividade física tradicional aeróbica com movimentos de dança e coreografias que misturam uma série de ritmos latinos e internacionais. A mistura de hip hop, pop, rap, bhangra, flamenco, dança do ventre, dança africana, além da salsa, merengue, cumbia e reggaeton permite que os alunos tenham um alto gasto calórico sem sentir que estão se esforçando. A Zumba se diferencia de outras atividades aeróbicas porque a mistura de ritmos feita durante a aula provoca uma oscilação da frequência cardíaca que faz com que o aluno experimente diversos níveis de intensidade sem pausa. Isso possibilita um gasto calórico maior e mais eficiente. A música muda de 4 em 4 minutos, os passos são fáceis e os instrutores passam a coreografia na hora.

TRX: corpo resistente

TRX é a sigla de Total-body Resistance Exercise (que significa Exercício de Resistência do Corpo Inteiro) um aparelho usado para fazer treino em suspensão, e é também chamado de TRX Suspension Training, ou seja, treino suspenso. TRX era um aparelho inicialmente

criado para treinar os soldados da marinha americana, dentro de um exigente programa chamado “Seals”, e foi criado pois a Marinha tinha uma grande preocupação em ter um aparelho pequeno e que fosse fácil para ser transportado. O TRX pesa pouco mais de um quilo, pode ser preso em qualquer estrutura fixa e precisa apenas que tenha um pequeno espaço à sua volta. O aparelho permite um grande número de exercícios, com a progressão do próprio treino. Foi criado também, para que os soldados em qualquer lugar que estivessem, conseguissem se exercitar, e assim manter uma condição física de excelência para enfrentar qualquer situação. O TRX é um aparelho indicado para treinamento individual ou em grupo, e é baseado no treino de força promovendo a estabilização das articulações, e proporcionando resultados exemplares, independente da condição física daquele que está treinando. O TRX transforma o peso do corpo em resistência variável. Quem está utilizando o aparelho consegue escolher o nível de dificuldade do exercício, simplesmente por modificar a posição do próprio corpo, não necessitando usar pesos adicionais. A utilização do sistema TRX apresenta vários benefícios, entre eles: melhora a postura, o equilíbrio muscular e a capacidade atlética; fortalece a coluna vertebral, e vários outros.

Outras atividades que têm em academias

ΔΔAlongamento Attack ΔΔBody Balance ΔΔBody Combat ΔΔBody Body Pump ΔΔGinástica ΔΔJazz Localizada ΔΔArtes Marciais ΔΔRPM ΔΔStep ΔΔYoga ΔΔ

23


Lençóis Paulista a “Cidade do Livro” Com um pouco mais de 62 mil habitantes, Lençóis Paulista está em pleno desenvolvimento

Cidade turística

Por iniciativa do Conselho de Desenvolvimento Econômico Regional (Coder), sendo parte de uma visão estratégica de desenvolvimento sustentável, o turismo começou a ser pensado como alternativa para o desenvolvi-

24

Foto: Billy Mao

L

ocalizada na região de Bauru, a 273 km da capital Paulista, a cidade de Lençóis Paulista possui um pouco mais de 62 mil habitantes. Seu nome LOGO ALI foi dado por conta de um rio local, porque suas espumas brancas eram semelhantes a lençóis. A povoação do município teve início em meados do século XIX, quando um sertanista mineiro ali fixou residência. Outra versão atribui a fundação a outro viajante que, desligando-se de uma caravana destinada a Goiás, explorou o rio. Seu patrimônio teve início com a construção da capela em louvor à Padrieira Nossa Senhora da Piedade, sendo levado a freguesia (distrito), em 1858. Em 1865 foi elevado a município. Entre suas principais atrações, está o rico acervo da Biblioteca Orígenes Lessa, com mais de 90 mil livros e peças raras autografadas, consagrou o município do Circuito Turístico do Centro-Oeste Paulista como a “Cidade do Livro”, possuindo a maior biblioteca do interior de São Paulo. Escritores que doaram livros para esta biblioteca foram homenageados com a atribuição de seus nomes às ruas da cidade como Carlos Drummond de Andrade e Manuel Bandeira, por exemplo.

mento regional, conforme política e visão estratégica daquela entidade. Em 2006, o Coder buscou parceria com o Sebrae-SP em função do conhecimento técnico e da metodologia que a instituição possuía para a construção, a estruturação e a implementação de projetos. Surgiu, então, a proposta da construção de um projeto para o desenvolvimento do turismo por meio de um Circuito Turístico, denominado Caminhos do Centro Oeste Paulista. O dimensionamento técnico do Sebrae-SP identificou potencialidade turística em 10 dos 22 municípios que integram o Coder. São eles: Agudos, Arealva, Avaí, Bauru, Duartina, Iacanga, Lençóis Paulista, Macatuba, Pederneiras e Piratininga. Desde então, através da Diretoria de Desenvolvimento, Geração de Emprego e Renda, órgão municipal responsável pelo desenvolvimento das potencialidades turísticas do município, tudo vem sendo planejado e executado, envolvendo representantes do poder público, da iniciativa privada e da sociedade civil, para que o turismo em Lençóis cresça, se desenvolva, gerando emprego e renda a cada ano. Em Lençóis Paulista, a cultura, a tradição, a fé, o empreendedorismo, a preservação do meio ambiente e o espírito de solidariedade andam de mãos dadas, além da tradicional hospitalidade lençoense. Dessa forma, surgiu o Comtur (Con-

selho Municipal de Turismo), formado por representantes da Prefeitura, por empresas que acreditam no potencial turístico do município e por membros da sociedade civil que desejam colaborar com o desenvolvimento do turismo local. Através deste Conselho, novas ideias são elaboradas e aprimoradas. Quando se fala em desenvolvimento as parcerias são sempre bem vindas. Lençóis Paulista foi inserido no Circuito Caminhos Turístico Caminhos do Centro Oeste Paulista. Em 2009, Lençóis Paulista sediou o 2º Fórum e a 2ª Feira de Turismo do Circuito. E um detalhe faz a cidade ser especial dentro do Circuito Turístico, uma vez que Lençóis é a porta de entrada do Circuito.

Histórico

O Conselho Municipal de Lençóis Paulista foi instaurado em 1995. Em 2008 tornou-se mais atuante no município. Atribuído a Diretoria de Desenvolvimento, Geração de Emprego e Renda de Lençóis Paulista, o Comtur é composto por representantes do Poder Executivo Municipal e da Sociedade Civil. Os membros do Comtur, que são empossados a cada dois anos. Eles exercem serviço voluntário nas ações definida em reuniões mensais. O objetivo principal do Conselho é criar soluções para desenvolver o turismo de forma sustentável no município. Julho de 2015


Alguns Pontos Turísticos Igreja Presbiteriana Independente

Parque Sidelpa

Primeiro templo evangélico de Lençóis Paulista, a Igreja Presbiteriana Independente foi construída em 15/12/1880. Um de seus pastores foi o reverendo Vicente Themudo Lessa, grande estudioso das Sagradas Escrituras, que aliado a sua cultura e inteligência foi também autor de diversos livros cristãos. O primeiro templo ainda é mantido pela Igreja, o que denota sua importância eclesiástica na cidade. O reverendo Vicente Themudo Lessa foi o pai do escritor Origines Lessa, um dos muitos filhos ilustres de Lençóis Paulista.

O Parque da Sidelpa abrigou a antiga Siderúrgica de Lençóis Paulista na década de 70. Foi desativada nos anos 80. Hoje é um espaço que pertence à municipalidade e possui uma grande vocação para a revitalização. Em sua área será construído um complexo cultural, onde a maior obra será o Teatro Municipal, que tem projeto do arquiteto bauruense de Jurandir Bueno Filho, falecido em 2009.

Parque do Povo

O Parque do Povo é um espaço de lazer, cultura e de beleza natural que proporciona momentos de descontração e bem-estar para toda a família. Com um projeto paisagístico funcional, moderno e arrojado, o Parque do Povo ocupa uma área que se estende por 20 bairros de Lençóis Paulista. Sua estrutura é composta por praças, jardins, quadras poliesportivas, áreas de convivência, pista de cooper, ciclovia, áreas de preservação ecológica e espaço para piqueniques, exposições e manifestações culturais.

Esperança de Oliveira

Inaugurado em 14 de abril de 1914, como Grupo Escolar, é um marco histórico do município. Construída em 1913, suas atuais dependências mantêm a sua estrutura básica, sendo apenas substituídas as suas antigas janelas de madeira. Em 1999, com a municipalização do Ensino Fundamental, passou a denominar-se Esperança de Oliveira, em homenagem a um de seus primeiros professores: Antônio Esperança de Oliveira.

Biblioteca Ramal II

Paço Municipal

A Biblioteca Ramal II, atendeu inicialmente em uma casa alugada para receber parte do acervo da Biblioteca Mu-

Construído na administração do prefeito Ézio Paccola, nos anos 80, a Prefeitura Municipal está instalada na Praça das Palmeiras. É neste edifício onde a prefeita Izabel Cristina Campanari Lorenzetti, primeira prefeita eleita de Lençóis Paulista, despacha. O prédio abriga as diretorias Administrativa, Financeira, Jurídica, Recursos Humanos, Licitação, Planejamento e Urbanismo. Anexo ao prédio da Prefeitura está a sala Mário Trecenti, onde às segundas-feiras ocorrem as sessões da Câmara Municipal.

nicipal Origines Lessa, na Rua Adriano da Gama Cury, nº 200 que funcionou desde sua inauguração, em 1 de abril de 2003, até sua reinauguração em 20 de dezembro de 2008. A partir desta data, a Biblioteca Ramal II passou a funcionar em prédio próprio na Praça Antônio Purgano, com espaço mais amplo e arejado, oferecendo maior conforto para os usuários do local. A biblioteca conta com sala infantil, com livros e brinquedoteca para as crianças, além de atividades recreativas. É biblioteca ramal com uma média de movimentação de 80 pessoas por dia entre adultos e crianças.

Igreja São Benedito

Fundada em 5 de abril de 1961, a igreja recentemente passou por uma restauração em sua área externa e interna. O local conta com sala de catequese para atender a população da região central da cidade, Vila Maria Cristina, Mamedina e Parque São José. Aos sábados, às 18 horas, é realizada a missa solene. Em sua festa em louvor ao santo que dá nome à Igreja, no dia 5 de outubro, é realizada a tradicional procissão dos cozinheiros.

Estação Ferroviária

Restaurada pela prefeitura Municipal de Lençóis Paulista, a Estação

Criada em 1980, após a doação do terreno pela Prefeitura Municipal, a Facilpa (Feira Agropecuária, Comercial e Industrial de Lençóis Paulista) é uma das maiores feiras da região. No decorrer dos anos foram construídos pavilhões, arquibancada, restaurante e demais dependências que hoje sediam exposições agropecuárias e outros eventos. A Facilpa notabilizou-se por ser um evento que reúne grandes shows e nos dois últimos anos tem sediado uma das etapas do Circuito Cristal de Rodeio Profissional. Julho de 2015

Foto: Divulgação

Facilpa

25


Foto: Ricardo Romero

Ferroviária da Antiga Estrada de Ferro Sorocabana abriga hoje a entidade assistencial Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida, além de salas para cursos do Centro Municipal de Formação Profissional. A estação teve papel importante no desenvolvimento da cidade e por ela passaram mercadorias e passageiros de 1890 a 1980. De estilo arquitetônico inconfundível, esta foi a segunda construção destinada ao embarque de passageiros da Estrada de Ferro Sorocabana. Foi inaugurada em 1938, com o nome de Estação Ubirama. Em 1940 retomou o nome de Estação Lençóis Paulista. Com linhas mais modernas, a nova estação substituiu a construída e inaugurada em 28 de Novembro de 1898 quando recebeu os imigrantes italianos.

Biblioteca Municipal Orígenes Lessa

O acervo é maior que o numero de habitantes, possibilitando aos visitantes de uma viagem literária profunda. Em sua grande coletânea há livros em Braile, audiolivros, obras raras autografadas, um Museu Literário, publicações e obras originais de Orígenes Lessa, patrono da Biblioteca, cidadão lençoense e membro da Academia Brasileira de Letras. Devido ao seu rico conteúdo histórico Literário, através de um Decreto Municipal Lençóis foi instituída Cidade do Livro. Durante muito tempo, os aficionados pela natação, em um tempo onde não haviam piscinas na cidade pela falta de um clube, frequentavam esta área, por onde passa o Rio Lençóis. Muitos nadaram em águas limpas do Rio Lençóis, e desciam suas correntezas pelas muitas curvas do rio, o que de fato era uma aventura. Na trajetória destas águas havia um lugar especial, com águas tranquilas, quase paradas, resultando no nome que dá lugar a esta área: Paradão. Em 2004 a área foi revitalizada e transformada em uma ampla área verde de lazer, com bancos, árvores, pista de caminhada, campo de futebol, barras de alongamento e playground.

Praça Alberto Giovanetti (Praça do Peixinho)

Este é um ponto de oferta de água de origem de posto semi artesiano de captação subterrânea com aproximadamente 100 metros de profundidade. Seu chafariz foi construído em 1906 para abastecer de água potável a população lençoense até o final da década de 1920, quando foi

26

Foto: Divulgação

Parque do Paradão

construído o sistema de abastecimento de água. Abandonada, a biquinha foi restaurada em Abril de 1997. Hoje é um ponto de atração turística do município.

Casa da Cultura “Profª Maria Bove Coneglian”

O Antigo Hotel Municipal abriga a parte cultural do município: o Grupo Teatral Atos & Cenas”, o Estúdio da Orquestra Municipal de Sopros e a Casa do Artesão. Além de contar com um acervo riquíssimo e raro de textos e obras teatrais, possui em espaço reservado para exposições de artistas plásticos da região, apresentação de peças teatrais e culturais em seu anfiteatro e salas de aulas para crianças, jovens e adultos.

Laboratório Cetma

Um dos poucos Laboratórios do in-

terior Paulista que produz agentes para controle biológico de pragas, contribui para a produção agrícola canavieira no controle biológico da “broca da cana”, e promove a preservação do meio ambiente. Pode-se conhecer todo o processo de desenvolvimento das “vespinhas”.

Museu Alexandre Chitto

O Antigo Hotel Municipal abriga a parte cultural do município: o Grupo Teatral Atos & Cenas”, o Estúdio da Orquestra Municipal de Sopros e a Casa do Artesão. Além de contar com um acervo riquíssimo e raro de textos e obras teatrais, possui em espaço reservado para exposições de artistas plásticos da região, apresentação de peças teatrais e culturais em seu anfiteatro e salas de aulas para crianças, jovens e adultos. Julho de 2015


Espaço Cultural Cidade do Livro

Abriga obras raras, especiais e únicas datadas do Século XVI além de arquivos pessoais de escritores nacionais e regionais consagrados e um Centro de Documentação Histórica com amplo acervo preservado e restaurado. Possui um amplo espaço para a difundir a cultura entre as crianças, nossos futuros cidadãos, uma biblioteca infantil, a brinquedoteca e um espaço onde diariamente são realizados atividades com as crianças como a “Hora do Conto”. Ainda no Espaço cultural, em sua parte externa, há uma área reservada para exposições culturais e a exposição permanente de fotos antigas do município. Foto: Fabrício/Cintia Fotografias

Vinícola Casagrande

Propriedade de turismo rural no tradicional do Bairro da “Rocinha” e que remonta a origem do povoado de Lençóis Paulista. Os proprietários são descendentes de italianos e preservam as tradições com plantação e produção de vinho artesanal. Na época da colheita da uva é possível realizar o “Colhe e Pague” e visitar a “Adega” onde estão tonéis de vinhos e sentir-se parte do processo de produção.

Grupo Lwart

Caracterizado como um conglomerado industrial de iniciativa privada, que gerencia seus negócios de forma sustentável, oferece ao mercado produtos e soluções que estão presentes no dia a dia das pessoas. As empresas do Grupo atuam nas áreas de coleta e rerrefino de óleos lubrificantes usados, produção de celulose e fabricação de produtos para impermeabilização, proteção termo-acústica e pavimentação. A formação do grupo é composta por quatro empresas, sendo uma delas é a maior da América Latina em coleta e rerrefino de óleos lubrificantes usados. Na visita às instalações o turista conhece o processo de preservação ambiental, o viveiro florestal e as fábricas de celulose e de impermeabilizantes. As visitas são feitas mediante agendamento, para grupo mínimo de 10 pessoas com idade acima de 14 anos.

Santuário Nossa Senhora da Piedade

Foto: Divulgação

Julho de 2015

Construída na década de 50, abriga imagem da Pietá esculpida em madeira por artista italiano, obras em quadros de uma artista plástica lençoense retratando as dores de Maria e a réplica da “Cátedra”, produzida em Lençóis pelos alunos do curso de Marcenaria do SENAI e utilizada pelo Papa Bento XVI, quando da ultima visita ao Brasil é um momento de muita emoção e fé.

27


Tire suas dúvidas: o que muda com a nova fórmula de aposentadoria?

DOUTOR RESPONDE

Cálculo progressivo que muda o fator previdenciário leva em conta o tempo de contribuição e também a expectativa de vida do brasileiro

O

modelo progressivo para o cálculo da aposentadoria, estabelecido em medida provisória (MP), foi uma surpresa até para quem estava acompanhando as discussões sobre uma alternativa ao fator previdenciário. Apesar de adotar as bases da fórmula 85/95, aprovada pelo Congresso, a mudança inclui uma nova regra, que leva em conta a expectativa de vida do cidadão. O cálculo progressivo, que faz uso de uma pontuação para determinar se o trabalhador tem direito ao benefício integral da aposentadoria, leva em conta dois fatores: a idade e o tempo de contribuição. A eles, passa a ser acrescida a expectativa de vida da população: com o novo modelo, quanto mais tempo viver, em média, o brasileiro, mais tempo terá que trabalhar para garantir toda a aposentadoria.

Quando passa a valer o cálculo progressivo? A nova regra passa a valer a partir da data de publicação, nesta quinta-feira. Segundo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto, quem encaminhar o pedido de aposentadoria hoje já terá como base no novo cálculo. O mecanismo parte de 85/95 – soma do tempo de contribuição e idade de mulher/homem no momento da aposentadoria, até alcançar 90/100. Como a progressão é anual, assim como a divulgação dos dados sobre a evolução da expectativa de vida dos brasileiros pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), essa marca seria alcançada em 2022. Quem já encaminhou o pedido de aposentadoria será atendido pela regra antiga ou pela nova? Depende. Quem pediu recentemente aposentadoria e soma os 85 (para mulheres) ou 95 pontos (homens) necessá28

rios para se enquadrar no modelo proposto pelo governo, contanto que tenha ao menos 30 anos de contribuição, pode se beneficiar da nova fórmula. É necessário, porém, que não se tenha recebido ainda o benefício. — Caso o contribuinte se encaixe nos 85/95 e ainda não tenha recebido a aposentadoria, pode desistir do pedido e fazer um novo para ter direito à fórmula nova — explica o advogado e professor de direito previdenciário Marcio Hartz. Em resumo: quem entrou com o pedido até quarta-feira, independente de somar ou não a nova pontuação, se encaixa no fator previdenciário; quem entrar com o pedido a partir desta quinta e alcançar os pontos exigidos passará a fazer parte do novo modelo. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) permite que o beneficiário que recém pediu a aposentadoria mude a data para o dia de hoje, quando passaram a valer as novas regras. Para isso, basta agendar um atendimento por meio do telefone 135 ou no site da Previdência.

Vou precisar esperar mais tempo para me aposentar? Possivelmente. Aqueles que quiserem se beneficiar da nova regra, se ainda não atingirem os 85/95 pontos na soma da idade e do tempo de contribuição, terão que esperar mais tempo para se aposentar. Ainda assim, é possível contar com o benefício ao se atingir um mínimo de 35 anos de contribuição para homens e 30 para mulheres — nesse caso, porém, sem direito à aposentadoria integral. Quem não tiver tempo de trabalho suficiente para ser contemplado na fórmula 85/95 pode optar pela aposentadoria aposentadoria por idade — aos 60 anos, com pelo menos 15 anos de contribuição. É o fim do fator previdenciário? Não, mas a nova fórmula passa a ser

uma alternativa. O fator previdenciário continuará existindo e poderá ser usado para quem quiser se aposentar antes de atingir à soma mínima da nova regra, ainda que com um benefício menor. Para aposentar-se por tempo de contribuição, o período mínimo continuará sendo de 30 anos para mulheres e 35 para homens.

E se o modelo definido por medida provisória sofrer alterações no Congresso? A medida provisória tem um prazo de até 120 dias para ser deliberada no Congresso, e se for alterada acarretará na necessidade de uma espécie de manobra política, o decreto legislativo. Se o modelo for rejeitado, muitos brasileiros terão se aposentado pelas novas regras (já que uma MP tem efeitos imediatos), e esse decreto deverá regular os casos atingidos. — Se o Congresso não fizer essa regulamentação, consideram-se regidos pela medida provisória aqueles direitos na sua vigência — diz Hartz. Assim, se alguém pediu o benefício hoje pela fórmula 85/95 e ela for alterada no Congresso, um decreto deverá contemplar esse caso, senão valerão as regras da MP. Se a soma de 30 ou 35 anos de contribuição com a idade da mulher ou do homem, respectivamente, não chegar aos 85/95, o que acontece? Nesse caso, a pessoa pode se aposentar, mas será encaixada no fator previdenciário e receberá um valor provavelmente menor do que teria direito com a nova fórmula. Quem optar por se aposentar com 55 anos, por exemplo, vai ser enquadrada no modelo anterior. — Para a aposentadoria não tem limite mínimo de idade, mas de tempo de contribuição. Se um homem começou a trabalhar aos 12 anos no meio rural, por exemplo, e hoje tem 48 anos, ele pode se aposentar, mas não receberá o benefício Julho de 2015


pelo novo cálculo — diz Jane Berwanger, presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP).

A soma mínima de idade e tempo de contribuição pode aumentar além de 90/100? É improvável. Ao chegar nos 100 pontos, espera-se que o contribuinte já tenha chegado ao limite mínimo de contribuição ou à idade necessária para se aposentar. — No novo limite dessa tabela progressiva, a pessoa terá alcançado a idade Julho de 2015

para se aposentar ao atingir os 100 pontos. Estabelecer um teto maior que esse não faria sentido, porque todo mundo se aposentadoria por idade — entende o professor de direito previdenciário da Unisinos Everson da Silva Camargo.

Quem recebe o salário mínimo deverá ser afetado pela mudança? Se o trabalhador teve uma média de contribuição calculada sobre o salário mínimo, pouco muda. Isso porque, nesse caso, não há redutor: a aposentadoria não pode ser menor que o salário mínimo.

E quem tem direito à aposentadoria especial? Esses não serão afetados pelas mudanças, porque na aposentadoria especial o cálculo é diferente. Quem começou a trabalhar aos 20 anos em uma empresa com ruído acima do normal, por exemplo, vai poder se aposentar aos 45 anos, porque essa é considerada uma atividade especial — completa Jane. Para professores, também não houve alterações: seguem com tempo mínimo de contribuição menor do que os demais trabalhadores (cinco anos). 29


Compare os dois sistemas de aposentadoria Como é hoje

1999, o chamado fator ΔΔDesde previdenciário desestimula a

aposentadoria precoce para quem começou a trabalhar cedo. Mesmo que o trabalhador tenha contribuído para a Previdência pelo tempo necessário para se aposentar, o benefício é reduzido se ele não chegou à idade prevista pela legislação: 60 anos para mulheres e 65 para homens. A fórmula para calcular o quanto o aposentado terá descontado do seu benefício envolve a expectativa de vida, a idade e o tempo de contribuição. Para a Previdência, a vantagem é que a poupa recursos à medida que o trabalhador fica mais tempo no mercado de trabalho, contribuindo. Para o trabalhador, a vantagem é que, se ele decidir se aposentar após os 65 anos, ganhará um benefício maior do que o salário de contribuição, usando o fator previdenciário a seu favor. Uma das desvantagens é que quem começou a trabalhar mais cedo fica prejudicado, pois terá de trabalhar bem mais do que o tempo mínimo de contribuição para atingir o teto. O principal prejuízo é que o segurado não consegue saber com antecedência depois de quanto tempo de trabalho ou com que idade chegaria aos 100% do salário de contribuição.

ΔΔ

ΔΔ ΔΔ ΔΔ ΔΔ ΔΔ

30

A alternativa: fórmula 85/95 que os deputados aprovaram na ΔΔOquarta-feira é que o trabalhador possa

optar pelo sistema tradicional (com aplicação do fator previdenciário) ou por essa nova fórmula. Nesta opção, a mulher pode se aposentar com o salário integral quando chegar aos 30 anos de contribuição e a soma da idade mais os 30 da fórmula chegar a 85. Para o homem, quando ele chegar aos 35 anos de contribuição, o resultado da soma desse número com a idade deve ser de pelo menos 95. Para professores, os fatores são 80 e 90 para mulheres e homens, respectivamente. A principal vantagem é que o segurado tem condições de saber, sem precisar consultar a Previdência, quando vai chegar ao valor de 100% da aposentadoria. Segundo alguns especialistas, essa possibilidade manteria os profissionais no mercado de trabalho justamente por conta da possibilidade de projeção. Trabalhadores que começaram a contribuir mais cedo com o INSS são beneficiados. A desvantagem é que a Previdência passaria a gastar mais, segundo alguns especialistas. Se a fórmula 85/95 vier a substituir totalmente o fator previdenciário, quem atingir a idade de aposentadoria ganhará apenas os 100% do salário de contribuição.

ΔΔ

ΔΔ ΔΔ

ΔΔ ΔΔ ΔΔ

Conclusão

já tem 60 anos (mulher) ou 65 ΔΔSeanosvocê(homem) ou está perto de atingir

essa idade, a mudança na regra não fará diferença. Logo, deixe completar a idade e encaminhe a aposentadoria. Se você está perto de atingir a idade e o tempo de contribuição exigidos pela fórmula 85/95, mas ainda falta alguns anos para chegar à idade que dá direito ao benefício integral (veja ao lado), espere e torça para que o Senado e a Presidência confirmem a decisão da Câmara. Se ainda falta bastante tempo para atingir o tempo de contribuição, o que resta é esperar?

ΔΔ

ΔΔ

Julho de 2015


Negociações 2015

Confira os resultados da Campanha Salarial

O

Sin­terc, por seu Di­re­tor Pre­si­ dente Wal­dir Apa­re­cido Avanzo, vem por meio deste co­mu­ ni­car a to­dos os in­te­res­sa­dos, que no dia 19/​05/​2015, os Sin­di­ca­tos La­bo­ral e Pa­tro­nal che­ga­ram ao con­senso nas ne­go­ci­a­ções da Con­ven­ção Co­le­tiva de Tra­ba ­l ho para o pe­ríodo de 01/​04/​2015 a 31/​05/​2016, al­te­rando as­sim a data base da ca­te­go­ria para 1º de ju­nho, uni­fi­cando a data e o piso sa­la­rial no Es­tado de São Paulo, che­gando ao se­ guinte resultado:

Julho de 2015

1) Re­a­juste Sa­la­rial: Piso nor­ma­tivo – 10,28% - R$ 1.019,00; Piso sa­la­rial de co­zi­nheiro – 9,88% - R$ 1.175,56; Piso sa­la­rial de Co­peira Hos­pi­ ta­lar – 9,88% - 1.055,61; De­mais Sa­la­rios De R$ 1.019,00 a R$ 2.547,50 (2,5 pi­sos) – 9%; De R$ 2.547,50 a R$ 4.585,50 (4,5 pi­sos) – 8,5%; Acima de R$ 4.585,50 – Va­ lor fixo de R$ 389,77; Ob­ser­va­ção: Os re­a­jus­tes se­rão apli­ca­dos nos sa­lá­rios vi­gen­tes em 31/​03/​2015.

2) Vale Ali­men­ta­ção - R$ 125,00 com des­conto de R$ 5,00; 3) Vale Re­fei­ção - R$ 20,00 por dia trabalhado; 4) As­sis­tên­cia Mé­dica - Plano hospitalar/​enfermaria; Sem co­par­ti­ci­pa­ção R$ 33,08 (fixo); Com co­par­ti­ci­pa­ção R$ 24,26 e con­sul­tas R$ 18,20; Ob­ser­va­ção: Li­mite de des­ conto 35% do plano; 5) Re­em­bolso Cre­che - apli­ ca­ção de 10,28%;

31


Sindicato propõe ações na justiça do trabalho em favor dos trabalhadores e tem resultados positivos Ex-empregados do Grupo Alimenco recebem indenização

TRABALHO DE BASE

Em meados de novembro de 2014, o Sinterc Norte/Oeste do estado de São Paulo, propôs ação na Justica do Trabalho da 1ª Vara de Ribeirão Preto (SP) e 2ª Vara do Trabalho de Sertãozinho (SP), como substituto processual representando os trabalhadores contra as empresas Alimenco Alimentação Corporativa Ltda, Comercial Alimentação Corporativa Eireli-EPP, Restaurantes Industriais RP Eireli-EPP, PL Restaurantes Industriais Ltda, todas do mesmo grupo econômico denominado ALIMENCO, antiga APLANCO. Nas ações, o sindicato pleiteou o aviso prévio indenizado, multa dos Artigos 477/467 e reflexos sobre a rescisão de contrato de trabalho. O sindicato esteve por diversas vezes com os representantes das empresas na tentativa de celebrar um possível acordo que somente aconteceu no mês de junho deste ano. As partes chegaram a uma composição dando fim ao pleito, onde a empresa pagará a cada ex -empregado o valor equivalente a 1,5 (um e meio) salário bruto a titulo de indenização. O valor total foi depositado na conta do sindicato, que prontamente repassou nas contas dos trabalhadores. Por fim, mais uma vitória do sindicato em favor de 200 trabalhadores da categoria profissional. Parabéns a todos. Junto somos fortes!

32

Julho de 2015


Sinterc e a empresa Sales & Lopes fecham acordo na Justiça do Trabalho de Avaré (SP) Na Justiça do Trabalho de Avaré (SP) tramitava ação contra a empresa Sales & Lopes, que prestava serviços na Fundação Casa de Iaras (SP). Com o fim do contrato, a empresa dispensou os 10 empregados e, na realização da homologação da rescisão do contrato de trabalho, o sindicato constatou o atraso no pagamento das verbas rescisórias, implicando em multa do Artigo 477 para os empregados envolvidos.

Em audiência realizada no dia 29/06/2015 na Vara do Trabalho de Avaré (SP), as partes chegaram ao entendimento consensual, fechando acordo em favor dos trabalhadores (as). Apesar dos valores terem sido divididos em 10 vezes, o sindicato vai antecipar o valor integral aos trabalhadores (as). Mais uma vez o Sinterc atuou em prol dos trabalhadores (as) da unidade Fundação Casa de Iaras (SP) com sucesso. Parabéns aos companheiros (as) por mais uma vitória. Juntos Somos Fortes!

Benefícios

Sinterc e Uniodonto conquistam excelentes resultados e promovem a saúde bucal O Sinterc, em parceria com a Uniodonto, oferece Assistencia Odontológica a seus associados, dependentes e agregados, com Plano Nacional e garantia de coberturas registradas na ANS (Agencia Nacional de Saúde Suplementar), nº 35.482-1. Confira o resumo de utilização do último período que compreende de 01/07/2014 à 30/06/2015.

Total de beneficiários – 2899 ΔΔ01/07/2014 30/06/2015 – 4026 ΔΔ

Total de atos realizados:

438 ΔΔCirurgia: 7550 ΔΔDentística: Endodontia: 739 ΔΔOdontopediatria: ΔΔPeriodontia: 4123 530 ΔΔPrótese: 69 ΔΔRadiologia: 375 ΔΔUrgência: 1622 ΔΔ pago pelos associados: Custo zero ΔΔTotal Custo ΔΔ total dos procedimentos se Julho de 2015

fosse realizados e pagos na tabela particular, pelos beneficiários: entre R$ 2.400.000,00 e R$ 3.000.000,00 Para cada dente extraído, foram realizados 36 atos para recuperar e preservar os dentes dos beneficiários. (*) Todas as informações foram fornecidas pela operadora do plano de saúde.

Aviso

O Sinterc comunica a todos os usuários da Assistencia Odontológica Uniodonto, que à partir de 01/07/2015 o valor individual por dependente ou agregado passará de R$ 12,00 (Doze Reais) para R$ 15,00 (Quinze Reais), conforme reajuste pactuado com a operadora. Obs: valor sem reajuste a 03 anos.

33


Fotos: Divulgação

Cuscuz Ingredientes

½ xícara de chá de azeite 1 cebola picada 1 lata ou caixa de molho de tomate 2 latas de água 1 lata de ervilha 1 lata de milho verde 1 pimentão 2 latas de sardinha ou atum Cheiro verde a gosto Sal e temperos a gosto 1 caldo knorr do sabor preferido 3 xícaras de farinha de milho grossa 3 ovos cozidos Tomate para decorar

RECEITA DO CHEF

Modo de preparo

1) Refogue no azeite, a cebola, o pimentão, azeitonas, ervilhas, milho verde,molho de tomate, cheiro verde, sardinha, os temperos e caldo Knorr. 2) Coloque a água, deixe ferver, coloque a farinha de milho e cozinhe. 3) Unte a forma com azeite, e coloque os ovos, tomates, sardinha, por baixo. 4) Coloque a massa na forma, deixe esfriar, e desenforme.

Paçoca Ingredientes

500 g de amendoim torrado e moído com pele 1 pacote de bolacha maizena 1 lata de leite condensado

Modo de preparo

1) Torre o amendoim por aproximadamente 20 minutos. 2) Bata no liquidificador até que fique todo triturado. 3) Coloque em uma vasilha grande para que possa misturar todos os ingredientes bem. 4) Bata a bolacha também no liquidificador, misture ao amendoim. 5) Coloque o leite condensado aos poucos, mexendo bem, até que fique uma massa bem dura. 6) Espalhe em uma forma média untada com margarina, apertando bem com as mãos. 7) Deixe descansar por 20 minutos e corte os quadradinhos.

34

Julho de 2015


Conheça o jeito DanyBoom de vestir seus filhos! Chegou a melhor opção para você caprichar no visual dos seus pequenos sem sair de casa! Acesse a loja virtual DanyBoom, encontre os melhores produtos com os melhores preços e condições de pagamentos. Confira e aproveite!

www.danyboom.com.br

Frete Grátis para todo Brasil Para compras acima de R$ 150,00

Atendimento Online

Suporte por Chat Esclareça todas as suas dúvidas! Fale conosco em nosso atendimento online por chat.

Até 3x sem juros No cartão de crédito

Compra Segura

Sistema Loja Integrada

Compre direto no Facebook

Facebook Commerce Você pode conferir as novidades e fazer suas compras em nossa página do Facebook.

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades: ` www.facebook.com/danyboomkids