Issuu on Google+

Informativo do Sindicato dos Fazendários do Ceará - Edição nº 774 - 10 de janeiro de 2014

Câmeras de vigilância: Sintaf realiza ato de repúdio na Cexat Centro

I

magine uma câmera de vigilância apontada para você durante todo o seu expediente de trabalho. Como você se comportaria? Como ficaria o clima organizacional de sua unidade? Quem estaria lhe monitorando? Qual a segurança no arquivamento destas imagens? Estas e outras questões estão permeando a cabeça dos servidores da Secretaria da Fazenda do Ceará, já que o atual secretário, João Marcos Maia, retomou o projeto de instalação de câmeras de vigilância nas diversas unidades fazendárias. Na manhã da terça-feira, 7 de janeiro, diretores do Sintaf, servidores da Cexat Centro e de outras unidades realizaram um ato de repúdio à medida, buscando dar um claro recado ao Secretário sobre a insatisfação da categoria com o projeto. Este foi o primeiro de uma série de atos que serão realizados pela Diretoria Colegiada neste mês. O objetivo é percorrer diversas unidades mobilizando os fazendários e colhendo adesões ao abaixoassinado contrário à instalação de câmeras nos ambientes internos da Sefaz. Em suas falas, os dirigentes sindicais afirmaram que o Sindicato não é contra a instalação de câmeras de segurança, mas, sim, contra esse tipo de política de monitoramento do servidor, como se o fazendário precisasse de vigilância para produzir. O Sintaf continua recebendo reclamações de unidades que já foram visitadas por técnicos que estão estudando os “melhores” locais de instalação dos equipamentos. Nestas unidades, os

Reunião com Procurador -Geral do Estado discute PEC da Lei Orgânica

servidores estão receosos e buscam se mobilizar para impedir a efetivação do projeto. No entanto, a luta é de todos os fazendários e somente a mobilização conjunta é capaz de refrear tal medida. “Todos nós precisamos tomar consciência da gravidade desse projeto. Não devemos esperar apenas pelo Sindicato. Quando nos juntamos, temos mais força”, disse um dos servidores da Cexat Centro. “O Secretário diz que ninguém reclama das câmeras, então a categoria está satisfeita. Pois vamos mostrar a nossa indignação”, acrescentou outro. : Leia mais no site do Sintaf

Expediente O Boletim do Sintaf / Edição 774 é uma publicação do Sindicato dos Fazendários do Ceará, Rua Agapito dos Santos, 300, Cep 60010-250, Fone/Fax: (85) 3281.9044 // Conselho Editorial: Diretores Ângelo Araújo, Chico Marcelo, Ana Maria, Nilson Fernandes, Francisco Wildys, Guglielmo Marconi e Luiz Carlos Diogenes // Jornalista Responsável: Patrícia Guabiraba (Mtb-1597) Redatora: Lore Marcussi (Mtb: 38528) Criação e Fotografia: Marcus Paulo Saraiva (Mtb-4284) Ilustração: Arievaldo Viana // www.sintafce.org.br // sintaf@sintafce.or.br

C

om o objetivo de discutir a PEC da Lei Orgânica da Administração Tributária estadual, representantes do Sintaf e da Auditece, conjuntamente com o secretário da Fazenda, João Marcos Maia e assessores, reuniram-se na manhã da quarta-feira, 08 de janeiro, com o procurador-geral do Estado, Fernando Oliveira. Na ocasião, foram debatidas as propostas encaminhadas pelas entidades e pela Administração Fazendária, no intuito de viabilizar um modelo de PEC satisfatório do ponto de vista político e jurídico. O Procurador-Geral mostrou-se aberto ao debate e apontou algumas ressalvas ao texto da Administração, incorporando a maioria dos pontos da minuta das entidades.A solução do teto remuneratório e da insegurança em torno do PDF, especialmente para os que estão afastados para aposentadoria, foram os principais pontos discutidos.

.

: Leia mais no site do Sintaf -

http://www.sintafce.org.br/


Boletim do Sintaf nº 774