Issuu on Google+

SINTAC SINDICATO NACIONAL DOS TRABALHADORES DA AVIAÇÃO CIVIL Comunicado 01/GF/2013

INFORMAÇÃO Na passada semana, nos dias 8 e 9 de Agosto, os Trabalhadores da SPdH, no Aeroporto de Lisboa, foram confrontados com a visita súbita de vários elementos do Corporate, incluindo o CEO da SPdH. Nestas reuniões estiveram, a titulo de operacionais, Dirigentes do SINTAC que não só se preocuparam em ouvir os argumentos da Gestão como colocaram questões recorrentes sobre erros nos horários, e não se coibindo de fazer sugestões alternativas da melhoria dos mesmos. A Gestão tem que entender o factor humanidade/falta dela; sabemos como já transmitimos, aliás, que é possível fazer mais e melhor, com menos penosidade, tal como sempre temos pugnado nas reuniões com a Administração sobre a matéria. A preocupação do SINTAC, como não podia deixar de ser, é para com os Trabalhadores e em particular para com os seus Associados; não aceitamos que outros se arvorem com falsos moralismos na representatividade total dos trabalhadores, tecendo, naquelas reuniões, afirmações interpretativas da Lei e do AE, do nosso ponto de vista descabidas e utópicas, que mais parecem em obediência a um qualquer calendário, que não diz, seguramente, respeito aos Associados do SINTAC e duvidamos que diga respeito aos Trabalhadores em geral. As evidências não se afirmam, pelo que desnecessário se torna dizer que o SINTAC não se imiscui (ao contrario de outros) na vida interna de qualquer Organização, como por exemplo a pretensão de fazer passar ideias de não assinatura do actual AE - É MENTIRA INTOLERÁVEL, como bem sabem. Podem contar connosco para todas as alterações do actual AE que melhorem as condições de vida dos Associados e dos Trabalhadores em geral, mas não contem connosco para aligeirar as nossas responsabilidades sempre que entendermos estarem em causa os postos de trabalho e os salários, factores que refutamos da maior importância. Aos trabalhadores cabe sempre, e em última analise, tomarem as decisões individuais que considerarem adequadas, no entanto, a busca de informação e esclarecimento diversificado é útil, sob pena de decisões menos adequadas, com implicações futuras.

NA DEFESA DOS TRABALHADORES, NA DEFESA DOS POSTOS DE TRABALHO

O Secretariado Nacional Lisboa, 13 de Agosto de 2013

Av. Almirante Gago Coutinho Nº38 - 1ºDtº 1700-031 Lisboa - Tel:218461430/218439379 Fax:218481756 - Ext. TAP:34328 - Tm-918551100/96134616 - www.sintac.pt - Email: geral@sintac.pt


01gf2013