Page 14

14

INFORMATIVO DO SINDICATO DOS PROFESSORES DE CAXIAS DO SUL

ENTREVISTA

O CRIADOR DO ARMANDINHO

Humor e verdade

Armandinho é um garotinho de cabelo azul com uma personalidade forte e respostas certeiras que cativa pela objetividade e pela visão de mundo que exprime. A inspiração e o talento de Alexandre Beck deram vida ao personagem de tirinhas que conquistou o público com traços leves e palavras que motivam a valorização das verdades simples do cotidiano com uma genialidade que rende risadas. Beck sempre desenhou. Quando criança, amava desenhar e, mesmo durante o curso de Agronomia, nunca abandonou o tempo para as ilustrações. Desenhava para o jornal da universidade e ali descobriu o potencial que têm os desenhos. Quando surgiu o curso de Publicidade, na região de Florianópolis em que morava, ele entendeu que pode-

ria ser um caminho para usar o desenho como trabalho. Ele sempre tentou entender as coisas e costumava questionar e pensar em caminhos diferentes e isso o levou a criar o Armandinho: “A forma como funciona nossa sociedade sempre me pareceu estranha. E essa ‘curiosidade’, por assim dizer, eu trago até hoje. As primeiras tiras que fiz traziam esse questionamento. Quando comecei a fazer tiras para jornal, com outros personagens e, posteriormente, nas tiras do Armandinho, isso se manteve. Sob esse olhar, talvez o Armandinho tenha nascido muito antes de aparecer nos jornais ou internet”, conta. Como o Armandinho é conhecido no Facebook, espaço em que todos atuam como audiência e, ao mesmo tempo, geram conteúdo, Alexandre entende que é fundamental perceber a real importância das informações que são disponibilizadas e ainda ter critérios para fazer a seleção dos conteúdos que serão trabalhados. “De minha parte, como ‘fornecedor de conteúdo’, procuro ser responsável e avaliar sempre o que faço. Sem o devido cuidado, facilmente cometemos erros. E

Entrevista exclusiva do criador do Armandinho para o Presença - Por Lisiane Zago

erros acontecem, por mais cuidado que tenhamos”, relata. O personagem Armandinho iniciou em jornal impresso, mas ganhou vida nas redes sociais, cativou as pessoas, e hoje já existe em exemplares impressos, mas a ideia de ser transformado em livro sempre existiu. Alexandre conta que já tinha material suficiente, mas nenhuma editora mostrou interesse. Com a Fan Page no Facebook, isso mudou: “Pude ter contato direto com um público interessado nos livros e resolvi fazer isso por minha conta. Hoje são seis livros do Armandinho”, revela. Alexandre é o próprio editor no Brasil, mas uma editora de São Paulo, a Matrix, faz a distribuição nacional e há distribuição também em Portugal. Vivendo hoje em Santa Maria, o ilustrador catarinense dá voz ao personagem para se posicionar diante das injustiças e defende que, como cidadão, tem uma responsabilidade com a sociedade: “Não apenas com os meus próximos, mas com todos. Combater injustiças, seja com quem for, deveria ser uma atitude de todos e seria menos difícil se fosse assim. O Armandinho muitas vezes fala por mim”. Ele conta que sempre fez as tiras que gostaria de ler, das coisas que gosta, no tom de piada que agrada a ele e sobre os temas que julga importante pensar ou discutir: “Nunca foi meu objetivo – e nem será – fazer tiras para agradar um público. Pretendo continuar criando tiras (enquanto isso me fizer bem), publicando em jornal (enquanto permitirem) e fazendo meus livros. Basicamente só”, finaliza.

ESTOU AO LADO DE VOCÊS

“Combater injustiças, seja com quem for, deveria ser uma atitude de todos e seria menos difícil se fosse assim. O Armandinho muitas vezes fala por mim” Alexandre Beck, o criador do Armandinho

As tiras do Armandinho têm servido para reflexão em sala de aula, por iniciativa de alguns docentes. E muitas delas questionam aspectos da educação e da condição dos professores. A precarização da profissão, a sobrecarga de trabalho e as condições da educação são alguns dos desafios que os professores enfrentam no dia a dia. Alexandre resume: “É um absurdo enorme; uma tremenda falta de educação, em todos os sentidos”. É a realidade. Para os professores que se dedicam no dia a dia ao ensino, ele deixa um recado motivador: “Estou ao lado de vocês”.

Presença - Primeiro Semestre 2015  

Informativo do Sindicato dos Professores de Caxias do Sul

Presença - Primeiro Semestre 2015  

Informativo do Sindicato dos Professores de Caxias do Sul

Advertisement