Page 1

Publicação do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Rio de Janeiro

IMPRESSO

Editorial

Primeiro semestre foi desafiador e pediu resiliência Nossa categoria está de luto pela perda dos ex-presidentes do Sinfrerj, Juarez Barcellos e Geraldo Vila Forte. Esta edição do Plantão Fiscal homenageia os queridos colegas que nos deixaram exemplos de luta e cavalheirismo. A pandemia da covid-19 completou, infelizmente, um ano e meio. Muitas mudanças foram necessárias para que pudéssemos, mesmo com as limitações impostas a todos nós, continuar cumprindo nossa missão institucional e, mais que isso, nos aproximar dos colegas. O caminho longo e irregular até a retomada da economia global após a covid-19 será um grande desafio, mas o direito à saúde e à vida continua sendo nosso maior desejo. Trabalhamos muito neste primeiro semestre. Trouxemos aqui o resumo das questões mais importantes. Não deixe de nos acompanhar nos veículos de comunicação do Sindicato. Em tempos de desesperança é preciso envolvimento e união de todos. Seguimos desejando saúde para todos! A Diretoria

EXPRESSO

Nº 15 - JULHO 2021

Dois Gigantes Estamos de luto, mas continuamos na luta. Perdemos, neste primeiro semestre, os queridos expresidentes: Juarez Barcellos de Sá (18/06) e Geraldo Miguel Vila Forte Machado (01/02). Em mais de três décadas de existência, o Sinfrerj teve 14 presidentes. Cada um contribuiu de modo singular e lutou pelos interesses de nossa categoria. Todos colaboraram para que hoje em dia o Auditor Fiscal seja respeitado pela Administração e pela sociedade. Cada um, com certeza, deixou marcas de sua passagem, tenha cumprido um ou vários mandatos, ou mesmo alguns meses de uma interinidade. Há, entretanto, aqueles que, não só por suas firmes atuações à frente da nossa instituição, mas também por suas personalidades, produziram marcas num trabalho árduo e muitas vezes pouco reconhecido. Dentre esses, destacamos dois que recentemente deixaram o nosso convívio, mas permanecerão em nossa memória como exemplo de dedicação, fidelidade e coragem para enfrentar os momentos mais desfavoráveis às causas de nossa categoria. Juarez era um gentleman, um homem sereno e de equilíbrio que dedicou boa parte de sua vida à

luta constante em defesa do Fisco Fluminense. Assumiu cargos relevantes e por onde passou ganhou amigos e admiradores. Ele administrou o Sinfrerj de janeiro/200 8 a dezembro/2011. Foi responsável direto pelo resgate político do Sindicato e da Classe. Deixou esposa, duas filhas e dois netos. Geraldo, com seu vozeirão, era doce e um grande ser humano. Um sindicalista que esteve ao lado da Classe nos momentos mais difíceis. Presidiu o Sindicato de janeiro/2016 a dezembro/2017. Teve destaque na Secretaria de Fazenda e na Prefeitura do Rio de Janeiro. Deixou esposa, três filhos e quatro netos. O Sindicato se sente honrado de ter tido Juarez e Geraldo como presidentes e reconhece o legado e a dedicação. Suas trajetórias serão sempre lembradas. Ficam os ensinamentos e o exemplo desses dois homens que muito contribuíram para o serviço público e para a vida de todos que tiveram o prazer de conviver com eles. A eles, as nossas homenagens e eterna gratidão de todos os Auditores Fiscais do Estado do Rio de Janeiro e funcionários do Sinfrerj. Nossa solidariedade e apoio à família.


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.