Page 1

Miróbriga online Meio: Online Âmbito: Generalista regional

Câmara Municipal de Sines

Periodicidade: Diária

27-07-2009

INALENTEJO aprova candidatura da cidade de Sines A candidatura ao Eixo 2 - Desenvolvimento Urbano - Política de Cidades - Parcerias para a Regeneração Urbana do QREN 2007-2013, apresentada pela Câmara Municipal de Sines e um conjunto de parceiros locais, regionais e nacionais, foi aprovada, publicitou o INALENTEJO no seu site. A candidatura diz respeito à regeneração urbana da zona histórica e Av. Vasco da Gama. O Programa de Acção para a Regeneração Urbana de Sines classificou-se em primeiro lugar entre 11 candidaturas e representa um projecto no montante de 10 milhões 200 mil e 437 euros, co-financiados pelo FEDER em 55%, que serão aplicados na zona histórica de Sines, na falésia e na Avenida Vasco da Gama. Na frente marítima, as principais obras físicas previstas são o tratamento da falésia entre a descida da lota e a Rua João de Deus, a recuperação do Jardim das Escadinhas da Praia e a reabilitação da Av. Vasco da Gama (novos pavimentos, passagem de duas faixas para um faixa com duas vias, preparação da avenida para receber equipamentos para a restauração, lazer, feiras, eventos, etc.). Na zona histórica, está programada a recuperação para fins culturais, turísticos e de lazer de vários edifícios nucleares (entre os quais, o Centro Recreativo Sineense) e intervenções nos pavimentos das ruas e espaços públicos estruturantes (Largo João de Deus, Praça Tomás Ribeiro, Largo dos Penedos da Índia, Largo Poeta Bocage, Largo do Muro da Praia, Rua Cândido dos Reis, Rua Teófilo Braga, Rua Miguel Bombarda, Rua Sacadura Cabral, etc.). Um elevador, com fins turísticos e de incremento da mobilidade, fará a ligação entre o topo da falésia e a Avenida Vasco da Gama. O projecto terá ainda uma componente cultural, com um programa de animação específico, e uma componente de valorização comercial da zona histórica. Sines é o município líder do programa de acção e constituem seus parceiros, neste momento, o Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana, a Associação Centro de Incubação de Base Tecnológica Vasco da Gama, a Universidade de Évora, a Associação Pró-Artes de Sines, a Associação de Comércio e Serviços do Distrito de Setúbal e a Associação Contra-Regra. O protocolo de parceria local admite a possibilidade de inclusão de novos parceiros no futuro, que contribuirão para o enriquecimento deste projecto de valorização da zona histórica e da sua ligação à Av. Vasco da Gama e ao mar. Nas palavras do presidente da Câmara Municipal de Sines, Manuel Coelho, “a aprovação desta candidatura é um motivo de regozijo para a autarquia, para as parcerias e para a equipa que a elaborou”.


Sem Mais Jornal ID: 28229931

31-12-2009

Tiragem: 45000

Pág: 11

País: Portugal

Cores: Cor

Period.: Semanal

Área: 20,70 x 12,38 cm²

Âmbito: Regional

Corte: 1 de 2

litoral alentejano Sines Grandes Opções do Plano 2010-2013 e Orçamento 2010

A CÂMARA Municipal de Sines aprovou, por maioria, as Grandes Opções do Plano (GOP) 2010-2013 e o Orçamento Municipal 2010. O PS votou favoravelmente as GOP e absteve-se na votação do Orçamento, tendo a CDU votado contra ambos os documentos. O orçamento municipal 2010 apresenta um valor global de 46 milhões 467 mil e 557 euros (menos 1,4 milhões em relação a 2009), com cerca de 24,5 milhões de euros na rubrica corrente e cerca de 22 milhões de euros na rubrica capital. A concretização do Programa de Regeneração Urbana – qualificação do núcleo central do centro histórico, falésia e Av. Vasco da Gama – e a construção da nova escola integrada junto à Escola EB 2,3 Vasco da Gama (Centro Escolar Norte da Cidade) e da nova escola do 1.º ciclo e da pré-escola/ infantário em Porto Covo são duas das prioridades das GOP.

D.R.

Regeneração do centro histórico prioritária Além desta redução, o executivo definiu como prioridade «introduzir novos processos de gestão, particularmente na área dos recursos humanos e na área financeira, procurando contenção de custos e aumento da eficiência». A par deste, o outro grande princípio orientador do Orçamento 2010 foi a necessidade de concretizar os investimentos considerados estruturantes para Sines, nomeadamente os que têm comparticipação de fundos da União Europeia aprovada ou em candidatura. A construção da Estrada Morgavel, Porto Covo, do Pólis Litoral Sudoeste, a transformação do troço de via rápida entre a entrada de Sines e o terminal petrolífero em Avenida da Costa do Norte, o arranque da Cidade Desportiva são outros dos projectos contemplados.


Sem Mais Jornal ID: 28229931

31-12-2009 ●

litoral Sines aposta no centro histórico pág.11

Tiragem: 45000

Pág: 1

País: Portugal

Cores: Cor

Period.: Semanal

Área: 3,10 x 1,65 cm²

Âmbito: Regional

Corte: 2 de 2

Clipping Book 2009  

Clipping do Programa de Regeneração Urbana de Sines

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you