Issuu on Google+

Metal News Boletim Sindicato dos Metalúrgicos de Ribeirão Preto e Região

Edição

Extraordinária

ANO I

NÚMERO

1

JUNHO 2013

I

Sindicato dos Metalúrgicos de Ribeirão Preto e Região entrará na justiça para pedir revisão do FGTS dos trabalhadores O presidente da Força Sindical e

companheiros e companheiras

nosso companheiro o Deputado

entraremos com uma ação

Federal Paulinho da Força (PDT-

junto com nosso presidente

SP), protocolou na última terça

da Federação Claudio Magrão

feira (28), ação contra o Governo

e pediremos as correções de

devido às correções feitas de

nosso dinheiro”.

forma errada sobre os depósitos

Só para se ter uma ideia, os

do Fundo de Garantia do Tempo

trabalhadores com registro

de Serviço.

desde 1.999, já perderam o

Os depósitos do Fundo de

equivalente a 88,3%. Ou seja,

Garantia de Tempo de Serviço,

do valor total do FGTS, de

“deveriam ser corrigidos pelo

quem tem carteira assinada

índice da poupança mais os

desde 1999, a diferença é quase

3% de juros ao ano. Mas o que

o dobro (Confira

acontece na prática, é que com

abaixo com a comparação dos

uma manobra contábil, o Governo,

valores com a correção pela TR

corrige usando a Taxa Referencial,

e pela Poupança). Para mais

a

tabela

a TR, que é bem menor que a poupança”, explica

Metalúrgicos de Ribeirão Preto e Região. Edmilson

informações entre em contato pelo telefone (16)

Edmilson Domingues, presidente do Sindicato dos

disse também que ira “mobilizar todos nossos

3632-1338.

ENTENDA O QUE ACONTECEU Pela lei, os depósitos do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço, o FGTS, tem que ser corrigido pelo mesmo índice da Poupança mais correção de 3% ao ano. Mas desde 1999, o Governo esta aplicando as correções usando os índices da Taxa Referencial, a TR, que é uma taxa divulgada pelo Governo Federal, e segundo a Força Sindical, o Banco Central manipula essa taxa sempre para baixo. Acontece que a TR fica sempre menor que a Poupança, ou seja, quando o Governo aplica a TR no lugar da Poupança o reajuste do FGTS é menor do que deveria. Por exemplo: em 2000, a inflação foi de 5,27% e o governo aplicou 2,09% nas contas; em 2005, a inflação foi de 5,05% e aplicaram 2,83% nas contas; em 2009, a inflação foi de 4,11%, e as contas receberam só 0,7%. Desde setembro de 2012, a correção das contas é de 0%. Essa aplicação de forma errada da correção

Gráfico: Diferença entre o valor corrigido pela TR e pelo INPC: índice da Poupança

do FGTS fez com que os companheiros e

Região, junto com a nossa central Força Sindical

companheiras de todo o Brasil deixassem de

e a Federação dos Metalúrgicos do Estado de

receber um valor de mais de 300 bilhões de

São Paulo, entrará com a ação judicial para

reais.

com o objetivo de recuperar o dinheiro do FGTS

Por isso o Sindicato dos

de todos os companheiros e companheiras da

Metalúrgicos de Ribeirão Preto e

nossa categoria.


DÚVIDAS

Tire suas dúvidas e saiba como pedir a revisão do FGTS Como faço para entrar com a ação?

R$50,00 (cinquenta reais) referente ao INGRESSO

gratuitos, basta comparecer à sede do Sindicato com

Você deve procurar a sede do Sindicato dos Metalúgicos de Ribeirão Preto e Região, na Rua Capitão Salomão, 1609, no Bairro campos Elíseos, em Ribeirão Preto/SP; das 8 as 18 horas munido dos documentos abaixo, para participar da ação coletiva.

do processo.

uma foto 3x4 e a Ficha de Cadastro de Associado

Como faço para me associar?

Preencida (Abaixo).

Quais os documentos necessários?

Para se tornar sócio do Sindicato e contribuir para o fortalecimento da categoria, além de usufruir de vários benefícios como Dentista e Cabeleireiro

Para mais informações ligue (16) 3632-1338.

Entre: www.metalurgicosonline.com.br

Quando for comparecer na sede do Sindicato, leve UMA cópia simples de cada um dos seguintes documentos: Cédula de Identidade, comprovante de endereço, PIS/PASEP (cópia da CTPS), Extrato do FGTS Simples (Caixa Econômica Federal) e Carta de Concessão do Benefício (no caso dos aposentados). Quem tem direito à revisão? Todo brasileiro que tenha tido algum saldo em seu FGTS com registro na Carteira de Trabalho entre 1999 e 2013, esteja ele aposentado ou não. Quanto eu tenho direito a receber? Os valores dependem de caso a caso, de acordo com o período em que o trabalhador possuiu valores depositados no FGTS. Há casos em que a atualização chega a 88,3% do valor do fundo. Eu poderei sacar o dinheiro? Tudo vai depender de como a Justiça decidirá. Porém, o FGTS possui regras específicas para os saques. A tendência – como aconteceu no acordo de 2001 – é que só possam sacar os recursos os trabalhadores que já adquiriram esse direito, como os demitidos sem justa causa e os aposentados. Em outros casos, a vitória na Justiça significará o aumento do valor do fundo, para quando o trabalhador puder sacá-lo. Tenho alguma vantagem em ser sócio do Sindicato? Sim., além de todos os benefícios e x i s tentes, tod os o s só cio s e dependentes que quiserem entrar com a ação coletiva, poderão fazê-la sem nenhum custo para INGRESSO da ação (O Sindicato dos Metalúrgicos irá custear). Precisarão apenas apresentar as cópias descritas acima. Quem não é associado ao Sindicato pode entrar com ação pelo Sindicato? Sim, qualquer trabalhador pode entrar com a ação coletiva junto com o Sindicato, porém aqueles que não são sócios deverão recolher taxa de

Mais Informações Ligue: (16) 3632-1338

Acesse: www.metalurgicosonline.com.br Expediente: Metal News é um boletim extraordinário do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias, Fábricas e Oficinas Metalúrgicas, Mecânicas, e Material Elétrico, Eletrônico e de Informática de Ribeirão Preto, Cravinhos, Serrana e Jardinópolis -Presidente: Edmilson Domingues Jornalista Responsável: Andreza A. Bazalha-MTB: 40978/SP - Contribuição: Ismael Colosi - Tiragem: 12.000 exemplares.


Boletim Metal News