Issuu on Google+

Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT.

Presidente se reúne com MTE, CNTV, Sindicatos e FENAVIST para debater segurança na Copa do Mundo 2014

O

presidente do SindiVigilantes do Sul, Loreni dos Santos Dias esteve, em Brasília, reunido com representantes do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV), representantes dos empresários e Sindicatos das cidades sede da Copa de todo o país. Por determinação da Fifa, os Sindicatos responsáveis, nos Estados onde serão sediados os jogos, devem apresentar o acordo para o período da Copa, respeitando as Convenções Coletivas de Trabalho locais. Visando estabelecer regras e condições para a atuação

dos vigilantes da Copa do Mundo de Futebol 2014, a CNTV assinou um protocolo com normas reguladoras do trabalho dos vigilantes na Copa e que são recomendadas aos Sindicatos. O documento foi protocolado no MTE no ultimo dia 29 e aguarda a análise e publicação oficial. O impasse nas propostas sobre a forma de contratação dos vigilantes para atuarem nas arenas inviabilizou um pacto igual para a Copa das Confederações, realizada em junho passado, resultando em inúmeros problemas trabalhistas. Retomada a negociação no MTE, patrões e empregados ele-

geram

os

eixos que servirão de orientação para os Acordos Coletivos, de responsabilidade de cada Sindicato das cidades sede e subsedes da Copa. A posição dos trabalhadores foi objeto de vários debates com os seguintes itens; pagamento e remuneração, transporte, refeição, carga horária (jornadas legais e convencionais), seguro de vida em grupo, treinamento, cursos de formação e extensão para grandes eventos, reciclagem, identificação da empresa responsável direta, fornecimento e regularidade

dos equipamentos de trabalho e de proteção individual e regularidade da contratação (Registro, contrato, etc). A fiscalização dos postos de trabalho, criados nesse período, serão de responsabilidade dos Sindicatos. Nas duas primeiras reuniões a secretária da Mulher da entidade, Mariza de Fátima Abraão esteve presente. Estão previstas mais reuniões que encerram na assinatura do documento com a presença da presidenta Dilma Roussef.

Venha participar da nossa Festa

Em comemoração ao Dia do Vigilante, o Sindicato vai realizar, no dia 08 de

junho, a Festa do Vigilante, na Casa do Gaúcho, a partir das 10h. Além do Buffet haverá sorteio de brindes especiais para os trabalhadores filiados ao Sindicato e que estiverem presentes no local. Será uma excelente oportunidade de confraternização e troca de ideias sobre temas diversos de interesse da categoria. Os ingressos já estão disponíveis, mediante dois quilos de alimentos não perecíveis, na sede do Sindicato, situado à Rua Voluntários da Pátria, nº 595, 5º andar, até o dia 04 de junho. Os convites para não sócios serão vendidos pelo custo de R$ 20,00 e são limitados. Procure o seu!


Maio/2014

INFORMAÇÕES da Assessoria Jurídica

Vitória na justiça beneficia vigilantes do Shopping João Pessoa

Proservi paga salário do mês de março na Justiça

A Assessoria Jurídica do Sindicato, no dia 28 de abril, obteve liberação de álvaO SindiVigilantes do Sul obteve uma ra judicial, na 15ª Vara, do pagamento de vitória no processo movido contra o Sho- salário referente ao mês de março para pping João Pessoa, em que buscou o pa- os vigilantes da empresa Proservi, lotagamento de adicional de periculosidade dos na Infraero. A ação beneficiou apropara todos os vigilantes que atuam no ximadamente 162 vigilantes. shopping. O Sindicato também já obteve a libeA decisão reconheceu como devido ração de álvara judicial para os valores o pagamento do adicional desde 08 de bloqueados destinados aos pagamentos dezembro de 2012. Na mesma decisão de um mês dos salários dos vigilantes lohouve deferimento de diferenças de tados nos postos da Receita Federal, rehora extra e adicional noturno em favor gião Missões. dos vigilantes. A Assessoria Jurídica informa, ainda, Outro fator positivo foi de que a ação que inúmeros outros bloqueios da emviabilizou o pagamento do direito traba- presa Proservi estão aguardando liberalhista a partir da data da ação, benefi- ções judiciais. ciando mais de 15 vigilantes. Cabe recurO Sindicato vem realizando esforços so da decisão. no sentido de buscar a liberação para outros postos.

11 de maio é do Dia das Mães! Parabéns mamães. O valor do ser humano está dentro dela, onde ela concebe a nossa vida, onde cuida, olha, zela, reza, para que o seu filho esteja sempre entre os melhores, em tudo, ela é majestosa, é a mãe, é nossa rainha, é a representante de nossa senhora. Deus abençoem todas as mães do Brasil varonil. Vida longa as nossas rainhas. Grandes idealizadoras!

Eleições do Sindicato de Ijuí estão suspensas por irregularidades

A Assessoria Jurídica, atuando como advogado da chapa Cutista de oposição a diretoria do Sindicato dos Vigilantes de Ijui conquistou na Justiça do Trabalho da Comarca desta cidade uma liminar determinando a suspensão do processo eleitoral e a designação de uma nova data de eleição com reabertura para inscrições de chapas. Esta decisão está fundamentada na existência de irregularidades no processo eleitoral conduzido pelo atual presidente daquele Sindicato.

Monte Castelo na mira da Justiça

A empresa Monte Castelo continua

Sindicalize-se Novos sócios podem participar da Festa do Vigilante Atenção todos os vigilantes que se sindicalizarem até o dia 04 de junho estão isentos do pagamento e poderão concorrer a todos os brindes, desde que estejam no local.

FEIRA do COURO vem aí... Aqueça-se neste inverno, aproveite a Feira de Couro na sede do SindiVigilantes do Sul: casacos, jaquetas, bolsas, carteiras e cintos, com pagamento em até 6 parcelas mensais, período de 09 a 13 de junho e de 14 a 18 de julho de 2014 das 7h30min ás 18h. Na festa do Vigilante haverá um estande. Não deixe de conferir!

Depois de receber várias denúncias e preocupados com a situação da empresa Rudder - postos de trabalho da UFRGS - de que esta estaria chamando os vigilantes para devolverem em dinheiro o valor equivalente aos 40% da multa na rescisão, o Sindicato marcou duas reuniões que, ocorreram no último dia 22. Na ocasião os trabalhadores presentes aprovaram vários encaminhamentos jurídicos e administrativos.

Agasalho: Abrace esta causa! O Sindicato em parceira com a Defesa Civil estão organizando a Campanha do Agasalho ‘Abrace esta causa” que será desenvolvida de 07 de maio a 08 de agosto de 2014. Na Festa do Vigilante vai ter um posto com representantes da Defesa Civil para arrecadar agasalhos. O objetivo é atender milhares de pessoas em vulnerabilidade social. Na sede do Sindicato também tem um posto de arrecadação de 07 de maio a 08 de agosto de 2014. Abrace esta causa e ajude quem precisa!

Feira de Pilchas Na festa do Dia do Vigilante, haverá um estande da Regina Pilcha com uma infinidade de artigos típicos da região tais como, artesanatos, botas, bombachas, vestidos de

Rua Voluntários da Patria, 595 | 5º andar, salas 501 e 502 | Bairro: Centro | CEP: 90030-003 | Porto Alegre - RS | Telefones: (51) 3225-5070 | (51) 3224-4545

E-mail: sindivigdosul@terra.com.br | Site: www.sindivigilantesdosul.org.br Jornalista responsável: Denise V. Carvalho – Reg. Prof. MTb 711213/PR

Rudder na mira da Justiça

Campanha do Agasalho

PUBLICAÇÃO DO SINDI VIGILANTES DO RIO GRANDE DO SUL

Diagramação e editoração: Arte Indesign

atrasando os salários dos vigilantes. Todos os meses é a mesma “ladainha” com promessas de colocar o salário em dia. Estamos de olho!

| Impressão: VT Propaganda | Tiragem: 10.000 unidades

prenda, etc... Convidamos a todos os companheiros vigilantes a participar das comemorações deste dia tão especial para a categoria.


Curso de Segurança grandes eventos

O

SindiVigilantes do Sul oferece curso de Segurança para Grandes Eventos, Escola Pronto, totalmente gratuito para vigilantes sócios e não sócios do Sindicato.

Os cursos são aplicados na antiga sede da entidade, situada na rua Comendador Azevedo, 469. Inscrições no local.

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, esteve em Porto Alegre, no Sindicato dos Bancários para uma reunião com as lideranças sindicais, movimentos sociais e populares e políticos. Na ocasião, os diretores Ivo Gomes dos Santos e Mariza de Fátima Abraão conversa-

ram com o ministro sobre relação de trabalho dos vigilantes. Na reunião Gilberto Braga admitiu que o governo demorou a estabelecer diálogo com a população sobre a Copa do Mundo. Para ele, este seria o motivo que teria levado as pessoas a protestarem em todo o país.

Contato com o Sr, Valdecir

telefone 9997-1917.

Diretores na reunião com o ministro

FEIRA DO CHOCOLATE DO PARK NO SINDICATO FOI UM SUCESSO A feira de chocolates, promovida pela Park foi um sucesso. Este é um covênio entre o Sindicato e a Empresa Park para beneficiar os seus sindicalizados.

Maio/2014

Ex-diretores do Sindicato e Federação mentem sobre 12X36

E

x diretores do SindiVigilantes do Sul juntamente com a Federação estão criando clima de terrorismo nos vigilantes, quando levantam a farsa de que a atual diretoria teria acabado com a escala de 12X36. Os diretores do SindiVigilantes esclarecem que isso tudo não passa de uma farsa com o objetivo de descaracterizar o trabalho sério que esta sendo desenvolvido pela atual gestão. “A escala de 12X36 continua. Os mentirosos que tentam defamar as ações da diretoria são os mesmos que estão fundando Sindicatos. Áqueles que nada fizeram no passado, com mentiras querem construir o futuro”, afirma o presidente Loreni dos Santos Dias.

1º de Maio: a data é de reflexão

Neste 1º de maio o Sindi Vigilantes do Sul lembra que esta data é um símbolo do valor insubstituível que os trabalhadores desempenham na sociedade e na produção das importantes conquistas obtidas historicamente, das vitórias da luta de classes e de que todos os direitos são resultado de lutas sangrentas. A todos e todas companheiros(as) que se dedicam diariamente para construir uma sociedade melhor a data é de reflexão. São batalhas diárias, jornadas exaustivas, condições muitas vezes precárias e, apesar disso, continuam na luta. A data é, além de uma lembrança da batalha pela jornada de oito horas e todos os companheiros(as) que se engajaram, um momento de reflexão sobre o papel do trabalhador e um reconhecimento de que, sem seus esforços, país nenhum avançaria. Ainda temos muito para conquistar. Depois de tantas vitórias, como a garantia do adicional de 30%, por exemplo, as lutas são retomadas para garantir cada vez mais avanços aos companheiros vigilantes. São embates que precisam do engajamento de toda a categoria para que os direitos dos trabalhadores sejam assegurados e ampliados um pouco mais a cada dia. Participe conosco! O 1º de maio é todo seu!


Maio/2014

A

Dirigentes tentam ‘comprar’ a categoria com mentiras

Fepsp-rs juntamente com ex-diretores do SindiVigilantes do Sul buscam ampliar a base, fundando Sindicatos em vários locais sem critérios nem respeito aos direitos dos trabalhadores Vigilantes. A diretoria do Sindi Vigilantes do Sul alerta que estes ‘dirigentes’ são os mesmos que estavam na direção desta entidade tentando pregar a desunião da categoria. Alertamos ainda que além

de criar Sindicatos desordenadamente, ou seja, sem respeito aos direitos trabalhistas dos vigilantes também não assinam Convenção Coletiva de Trabalho. A exemplo disso, os vigilantes de Caxias do Sul, Rio Grande, Santa Maria, Ijui, Santa Cruz e Passo Fundo com a irresponsabilidade destes dirigentes não recebem o reajuste, o aumento da vale alimentação, não garantem o 12X36, nem mesmo o direito de 10% de risco do

Sindicatos que não assinaram Convenção Coletiva e prejudicam os VIGILANTES: Rio Grande; Passo Fundo; Caxias do Sul; Santa Maria; Ijui e; Santa Cruz.

ASP, dando as costas para os trabalhadores, prejudicando, inclusive, seus familiares. Mentira - Hoje, estes dirigentes levantam mentiras contra o Sindi Vigilantes do Sul dizendo que o acordo de 12X36 foi desfeito. Colega vigilante não acredite o acordo das 12X36 permanece. (Detalhes página 3) Fica um questionamento e uma dúvida: presidentes de alguns Sindicatos não as-

sinam a Conveção Coletiva porque são proprietários de uma empresa de segurança? Já os vigilantes de Porto Alegre, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Lajeado, Uruguaiana, Pelotas, Alegrete e Santana do Livramento já assinaram a Convenção Coletiva de Trabalho. Ex diretores passaram 20 anos ‘usando’ a categoria e agora o desespero bate.

Convenção Coletiva assinada - acordo garantido Veja a diferença de um Sindicato que trabalha unido com a categoria: reajuste geral de 8,53%: Vale alimentação: 14,00; Garantia de carga horária de 12X36; Risco de vida ASP 10%.


Jornal maio vigilantes sul