Issuu on Google+

nº 42 Março 2009

VISITE NOSSO SITE PARA VER MATÉRIAS IMPORTANTES PARA O VAREJO ÓPTICO E FOTOGRÁFICO.

www.sindioptica-sp.com.br 1


Prezado Colega Venho felicitá-lo pelo início do ano 2009. Sim, porque, findo o tríduo de Momo, é que realmente começa o novo ano para nos brasileiros. Agora, mãos a obra! Sem espera, sem folias, nem fantasias... Vamos encarar, com realismo e força de vontade um porvir intenso. Certamente você já avaliou os resultados do ano passado. E nos pontos negativos já esquematizou um sistema para superá-los.

Se ainda não encontrou esses meios, busque, pesquise. Insista, não desista. Não acredite em revezes. Dê créditos sim à sua inteligência. Sua mente não mente. Ela tem capacidade para ajudá-lo.Pense em tudo que você já fez e o tanto que ainda vai conseguir usando suas experiências, seu discernimento e a fé que alavanca todos os obstáculos. Companheiros, nós aqui no Sindióptica/SP não nos cansamos de lutar com todas as armas de que dispomos, em todas as esferas de “ranking”, para assistirmos

0 3 Novas Tendências no mercado óptico varejista Seminário em Sorocaba 0 4 Sua Óptica está legalmente correta? Crédito e Financiamento

o progresso e ascensão de nossa Classe. Motivo único de nossa satisfação, o que estimula os maiores esforços que possamos despender é saber que a Óptica está crescendo e se aperfeiçoando. Por isso reafirmamos estejam sempre conosco, unindo forças e apoiando nosso empenho. Dito isto, reitero os votos de um 2009 de trabalho muito profícuo grandes realizações e lucros fabulosos. Abraços Fraternos Akira Kido Presidente Sindióptica - SP

0 5 Óptica ilegal 0 6 Programação do SENAC Tiradentes 0 7 Substituição tributária 0 8 International Vision Expo East 2009

O Boletim Informativo Sindióptica - BIS - é uma publicação do Sindióptica-SP - Av. 9 de Julho, 40 - 11º andat cj. 11 - D/F - São Paulo - SP 01312-900 - Tel.: (11) 3259.3648 - 3259.5826 - 3259.6011 - e-mail: sindioptica@sindioptica-sp.com.br - www.sindioptica-sp.com.br Tiragem 5.000 exemplares - Distribuição gratuita - Comite editorial: Sr. Akira Kido, Luiz Perez Alvez, Dra. Maracy Marquez Ferraz. Diagramação: Alexandre P. Campos Fº - Projeto gráfico: Rogério Zani - Produção gráfica: Cyan Artes Gráficas 2


Novas Tendências no mercado óptico varejista Agora, mais do que antes, a grande pergunta que ecoa entre os empresários ópticos, é: “Que caminho tomar?” Não há como negar que a crise existe e o Brasil não é imune a ela, porém podemos com trabalho, criatividade, vontade e inteligência encontrar soluções e alternativas que nos permitam passar por ela e nos fortalecermos para o futuro. Um estudo da Hoya na Europa demonstrou que o Segmento de alto valor agregado aumentou, as lojas de low cost (lojas de baixo custo) também aumentou e os estabelecimentos tradicionais estagnaram. A grande tendência são os grupos de óptica “discount” ou “low cost” (lojas de desconto ou de baixo custo), estes grupos tem cada

vez mais associados ou franqueados. Estes tipos de loja no momento atual fazem mais sentido que nunca, pois os clientes preferem um serviço mais rápido e barato, sem deixar de ter qualidade. No outro extremo temos a fidelização dos clientes pela personalização dos serviços, são as lojas independentes que oferecem alto valor agregado, marcas exclusivas, atendimento diferenciado, etc. De qualquer forma é a diferenciação que conta para nos destacarmos no mercado, é necessário criar suportes para atravessarmos a crise econômica, não só na diferenciação dos produtos, mas também na formação profissional. Um óptico preparado consegue melhor entender as necessidades individuais do clien-

Seminár io Seminário Realizado em 05/02/2009 no Senac/Sorocaba contando com 90 participantes –ópticos da região – e a presença ilustre do Sr. Jairo Vieira especialista em Prótese Ocular, o que muito nos prestigiou. O SINDIÓPTICA/SP agradece aos palestrantes Sr. José Carlos Tomio Honda com a Palestra “Analisando Tecnicamente os diferenciais das len-

te, fazendo uma boa análise, personaliza os produtos criando exclusividades com armações e lentes adequadas a cada pessoa e necessidade. Além do mais sabe melhor administrar o valor do atendimento e contribui mais para a lucratividade da loja, como disse Roberto Alessandro, óptico italiano, “Um óptico completo é aquele que domina o conhecimento técnico com a área de gestão, sem esquecer a parte comercial e o sorriso quando atende os clientes. Chamamos a este profissional de” Óptico Gestor”. Luis Alberto Perez Alves

tes” Sr. Luis Alberto Perez Alves com a Palestra “Números e Potencial de Mercado” que, incansáveis, colocam-se a disposição dos assistentes para elucidar com toda a extensão de seus conhecimentos uma platéia ávida por aprender e saber mais de sua profissão. Consignando aqui nosso reconhecimento pelo apoio recebido da Empresa HS Lentes e do Senac/SP, reiteramos o nosso mais sincero muito obrigado.

do lado esquerdo para o lado direito da tela. Sr. Luis Alberto (Palestrante) Sr. Jairo Vieira (Especialista em prótese ocular), Sra.Rita de Cássia S.Coimbra (Coordenadora da Saúde), Sr. Akira Kido (Sindióptica/SP), Sr. João Henrique F.Alves (Gerente Operacional Senac), Sr.José Carlos T.Honda (Palestrante) e o Sr. Carlos H.Iderina(HS Lentes). Sr. Akira Kido, Sr. Luis Alberto, e Sr.José Carlos T. Honda

3


Sua Óptica está legalmente correta? • • • •

• • • •

Alvará de Funcionamento (Atualizado); Técnico Óptico em período Integral, habilitado e registrado na Vigilância Sanitária; Técnico Óptico Substituto no afastamento do titular; Livro de Registro de Receitas Ópticas, com folhas numeradas, com escrituração diária e assinada pelo Óptico Responsável (Importante: Deve estar atualizado e registrado pela VISA) Equipamentos obrigatórios Espaço físico e condições de higiene exigidos pela Vigilância Sanitária Comprovante de Vistoria do Corpo de Bombeiros Comprovante de Controle Integrado de Pragas – comprovante de inspeção de empresa credenciada pela VISA, no combate às Pragas;

IMPORTANTE: As lentes descartáveis utilizadas para testes não poderão ser reutilizadas, mesmo após

procedimento de desinfecção das mesmas através dos procedimentos conhecidos dos especialistas. Essa exigência baseia-se na RESOLUÇÃO – RE Nº. 2605, de 11 de AGOSTO DE 2006. Relação de serviços prestados aos Associados pelo Sindióptica/SP referente à Vigilância Sanitária, veja as vantagens de ser associado: • Cadastro Inicial • Renovação do CMVS (Cadastro Municipal de Vigilância Sanitária) • Assunção de Responsabilidade Técnica • Baixa de Responsabilidade Legal/Técnica • Alteração Endereço/Razão Social • Registro do Livro de Receitas Ópticas Todas as dúvidas podem ser esclarecidas por este Sindióptica/SP pelo telefone 3259.5826 ou e-mail sindioptica@sindioptica-sp.com.br INFORME-SE E EVITE MULTAS!

CRÉDIT O E FIN ANCIAMENT O CRÉDITO FINANCIAMENT ANCIAMENTO Nossa Caixa reduz juros de financiamento e prorroga prazo O Banco Nossa Caixa reduziu em até 22,9% as taxas de juros para financiamento de veículos a clientes pessoa física e jurídica. A taxa mínima para pessoa física para financiamento de veículos de passeio e utilitários zero quilômetro em até 12 meses passou de 2,31% para 2,10% ao mês. A máxima, que era de 3,05% mensais para prazo de 36 meses, agora é de 2,60% para pagamentos em até 60 meses. As taxas são ainda mais vantajosas para servidores públicos (1,40% a 2,12% ao mês) e para beneficiários do INSS 4

e funcionários de empresas privadas que recebem salários e benefícios por meio do banco (1,80% a 2,40% mensais). Condições – Veículos zero quilômetro ou com até dois anos de uso podem ser financiados por até 60 meses por clientes pessoa física. Automóveis com dois a cinco anos de fabricação, têm prazo de até 48 meses. Neste caso, as taxas de juros variam de 2,10% a 2,60% ao mês, dependendo do número de parcelas e das características do veículo a ser financiado.

Para pessoa jurídica, o prazo é de três anos. As taxas variam de 2,10% a 2,40% para veículos novos e de 2,20% à 2,50% mensais para veículos usados com até sete anos de fabricação. O percentual máximo de financiamento do valor do veículo varia de 50% a 90%. O financiamento pode ser solicitado pelos clientes nas agências da Nossa Caixa. O banco fará a análise do pedido e, se aprovado, emitirá na hora a carta de crédito, documento a ser apresentado ao vendedor.


O que é a óptica ilegal ? É todo local que rrealiza ealiza o comércio de óptica de fforma orma ilegal ou irr egular irregular egular.. As irregularidades começam pela falta de cumprimentos legais para abertura de seu negócio, seja com a Receita Estadual, Receita Federal, Prefeitura ou Vigilância Sanitária. O negócio óptica tem legislação própria e regras claras da Vigilância Sanitária para obtenção do seu Alvará de Funcionamento, sofrendo portanto fiscalização sanitária para averiguação da veracidade das informações fornecidas. Caso alguma norma não seja obedecida, como por ex.: Ter um Técnico Óptico por período integral dentro do estabelecimento, o Alvará de funcionamento não será expedido. Se o estabelecimento óptico mesmo assim começar a funcionar para o público ele torna-se uma óptica ilegal e estará sujeito as penalidades previstas em lei. Da mesma forma a empresa que despreza as leis que nos dão a base para o funcionamento das empresas de óptica no país, tal como: O decreto 24.492 de 1.934 promovendo acordos ilegais com médicos oftalmologistas, oferecendo consultas “grátis” etc. além de estarem na ilegalidade empurram para esta mesma ilegalidade o médico oftalmologista que desta forma além de descumprir a legislação ainda desrespeita o “Código de Ética Médica”. Recomendamos a todos os interessados neste assunto que acompanhem a legislação especifica sobre este assunto em nosso site (www.sindioptica-sp.com.br) a saber:

- Decreto n° 20.931 de 11 de janeiro de 1.932 - Decreto n° 24.492 de 2 8 de junho de 1.934 - Lei n° 8.078, de 11 de setembro de 1.990 - “Código de Ética Médica” (Resolução CFM n° 1.246/88, de 08.01.88 (D.O.U 26.01.88) - “Ética em Publicidade Médica” 2ª Edição – CODAME – CREMESP - Código de Proteção e Defesa do Consumidor, aprovado pela Lei Federal n° 8.078, de 11 de setembro de 1.990 - Decreto n° 12.479, de 18 de outubro de 1.978 - Lei n° 13.725, de 9 de janeiro de 2.004 Estas ópticas além de descumprirem a lei, ainda fazem concorrência desleal para o mercado legal. Também são ópticas ilegais todos os estabelecimentos que comerciam óculos de grau ou proteção solar sem o devido Alvará da Vigilância Sanitária. Um dos mecanismos mais importantes de combate a estas ópticas ilegais é a denuncia, e que todas as “Ópticas Legais” devem fazer uso. As denuncias podem ser realizadas anonimamente através do telefone ou por e-mail, este critério é instituído por lei e garante absoluto sigilo para quem faz a denuncia. As denúncias poderão ser feitas através do telefone: 156 ou através do link http://sac.prefeitura.sp.gov.br/default.asp

Comunicado: O Sindióptica-SP agora pode contar com ótimas opções de planos de saúde: Sul América, Medial Saúde e Unimed Paulistana, com preços e condições especiais para seus associados (familiares e funcionários). Em parceria com a Fecomércio e a “Qualicorp Corretora e Gestora de Benefícios”, empresa com 18 anos no mercado, o Sindióptica estende aos seus associados a acessibilidade e oportunidade de contar com

ótimos planos de saúde, garantindo assim qualidade de atendimento quando mais se precisa. Para obter maiores informações, entrar em contato com a Qualicorp (empresa que comercializará os produtos para a Fecomércio e Sindióptica-SP), procurar Simone e informar o Sindicato ao qual faz parte (no caso Sindióptica-SP), nos telefones: 11-3191.4300 ramal 4383 ou 11-7310.4692

5


Pr amação - SEN AC TIRADENTES Proogr gramação SENA • Oficina de Lensometria Duração: 8 horas Turma II - 14/03/2009 Sábado 8h30 às 17h30 •Técnicas de Vendas Módulo I Conhecimentos Básicos em Óptica Duração: 16 horas 09/02 à 13/02/2009 2ª. a 6ª feira 19h às 22h15 •Técnicas de Vendas Módulo II Vendas Técnicas em Óptica Duração: 16 horas 21/03 e 28/03/2009 Sábado 8h30 às 17h30 • Visão Subnormal Duração 16 horas 25/04 e 09/05/2009 Sábado 8h30 às 17h30

6

INSCRIÇÕES ABERTAS Técnico em Óptica – Período Matutino Duração 1.200 horas (18 meses aprox.). Início 16/03/2009 2ª. a 6ª. feira das 8h30 às 12h30 (Matrículas Abertas) Técnico em Óptica – Período Noturno Duração: 1.200 horas (18 meses aprox.). Início: 16/03/2009 2ª a 6ª feira das19h às 23h. Inscrições abertas para o Processo Seletivo. Prova de seleção: 02/02/2009 às 19h30. Apoio: Ópticanet.com.br

Ótica Revista

Senac Tiradentes - Av. Tiradentes, 822 Tel. 11 – 3336.20.00 - tiradentes@sp.senac.br www.sp.senac.br/tiradentes

FEVEREIR O FEVEREIRO

MARÇO

02 - ANA MARIA CAVALLI ASSUMPÇÃO 02 - LUIZ DE ALMEIDA SALES FILHO 02 - DENISE MARIA DE ABREU ROSSI 03 - ISAAC VARGER 04 - JULIETA IMENES FUOCO 09 - NOAH DE ABREU ROSSI 10 - AMADEU DA CONCEIÇÃO VIEIRA 10 - TADATOSHI FUGIWARA 13 - NEUSA ROZA BAFFI 14 - REGINALDO VICENTE ALVES 18 - SUELI MOREIRA DE OLIVEIRA 18 - CARLOS ALBERTO RAMALHO 18 - DENIS JOSÉ RIBEIRO 23 - JANIO DE SOUZA CASTILHO SOARES 26 - AMELIA SHIGUEKO SATO NEGRÃO PEIXOTO 27 - DANIELA MARIA PEREIRA SOARES

01 - ELZA TOMIE IDERIHA 02 - CIRO CHERUBIM 04 - DEJANIR TIAGO MAIA 05 - KARLA REGINA CANTISANI ROUSSEAU 08 - OSWALDO COSTA FILHO 15 - DENISE NAMUR 15 - JOSE ERASMO PEREIRA PEIXOTO 15 - FLAVIO ROSSI DE ASSUMPÇÃO 17 - SUSSUMO NAKAMURA 17 - ELCIO MITANI 18 - RAQUEL R.M.MITANI 19 - JOSÉ BAFFI 20 - LEILA GARCIA 29 - ANGELINA G.AZEVEDO 31 - CIRO MARTINS MOREIRA


Comunicado importante sobre substituição tributária O var ejo óptico do Estado de São PPaulo aulo tem m uito que comemor ar ... varejo muito comemorar ar... O varejo óptico do Estado de São Paulo tem muito que comemorar, pois em um momento difícil para o mercado em função da concorrência desleal por parte do contrabando de material óptico, importação de material irregular e produtos de baixa qualidade, falsificações, etc. Conseguiu mostrar sua capacidade de congregar forças, e por um trabalho conjunto entre a Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomércio), Sindióptica-SP, Siniop e Federação das Industrias do Estado de São Paulo (FIESP). O nobre Deputado Estadual Sr João Caramez atendeu aos pedidos dessas entidades, que este não era o momento adequado para a inclusão da óptica no sistema de Substituição tributária (sistema que antecipa o pagamento do imposto ICMS para o ato da compra e não da venda).

Dessa forma o varejo óptico ganha mais uma batalha para que seu produto não seja onerado, facilitando assim o acesso a estes artigos essenciais para a produtividade das pessoas. Com isso todos saímos ganhando, industria, varejo, consumidor a saúde do povo Paulista. O esforço de homens como Sr Abram Szajman (Fecomércio), Akira Kido (Sindióptica-SP), Paulo Skaf (FIESP) e Rinaldo Dini (Siniop) é que nos possibilitou esta vitória. Um agradecimento especial ao Deputado João Caramez que com sua sensibilidade de homem público, entendeu as necessidades deste mercado e os clamores destes nossos líderes e não poupou esforços para que o objetivo fosse atingido. Aguarde em breve mais noticias com detalhes sobre esta vitória.

Prepare-se para a Substituição Tributária Conforme noticia amplamente divulgada na imprensa especializada, o segmento óptico ficou fora desta fase da substituição tributária. Porém gostaríamos de alertar os colegas empresários, que isso é apenas um adiamento.A substituição tributária já esta vigorando em nosso estado e devido a interferência de nossos lideres sindicais do Sindióptica-SP e do Siniop foi aprovada a Emenda do Sr Deputado João Caramez baseado no argumento que este não é o momento econômico adequado para a óptica estar inserida neste sistema de pagamentos de impostos.

Sendo assim, durante este período devemos organizar nossas empresas e nos prepararmos para quando chegar o momento em que seremos incluídos neste sistema. Preparem suas lojas, revejam seus estoques, como, por exemplo, o que tem de ponta de estoque parado tanto em armações, como lentes, acessórios, blocos etc. Pois a Substituição Tributária cobra os impostos no ato da compra e em sua introdução você precisará pagar sobre seu estoque existente. Consulte seu contador ele poderá orientá-lo adequadamente.

7


International Vision Expo East 2009

O maior evento optométrico e de moda óptica nas américas

(Norwalk, CT, 23 dezembro, 2008) – Procurando aumentar a satisfação dos participantes à “Vision Expo East 2.009” irá expandir o programa de educação continua. Este será o maior evento de moda óptica e optometria das Américas e ocorrerá

em Nova York, no Jacob Javits Center de 27 a 29 de março de 2.009. O número de visitantes aumenta a cada ano principalmente do Canadá, México, Colômbia e Brasil. O diretor do evento Tom Loughran diz estar gratificado com a ampla participação de todas as regiões dos EUA e dos demais paises. Sobre International Vision Expo A International Vision Expo, é um evento fechado ao publico, organizado pela Reed Exhibitions em conjunto com o Vision Council. Para maiores informações sobre o Vision Council, visite www.thevisioncouncil.org e sobre a Vision Expo visite, www.visionexpo.com

Medida Provisória 451 de 15-12-2008 Traz um minipacote de alívio tributário para as empresas e as tabelas de Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) para 2009 e 2010, com a correção de 4,5% e a introdução de mais duas alíquotas: 7,5% e 22,5%. A medida pode ser considerada bastante favorável para aquelas empresas que não conseguiam recursos para investir ou até mesmo colocar em dia os seus débitos, e, razão de impedimentos tributários. Muitas vezes, a obtenção de crédito é uma questão de sobrevivência, principalmente para

8

os pequenos negócios, que ainda encontram dificuldades para o acesso ao crédito. Algumas questões, entretanto, devem ser observadas antes de se tomar a decisão de solicitar um financiamento. O primeiro passo é identificar porque a empresa quer tomar recursos no mercado financeiro e verificar se, ao invés do empréstimo, há outros meios para resolver seus problemas. Outro passo importante é avaliar as condições para cumprir os compromissos, ou seja, se de fato existe capacidade de pagamento.


BIS nº 42 l SINDIÓPTICA-SP