a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

JORNAL DO

SiNDiMETRÔ/RS PORTO ALEGRE, 21 DE FEVEREIRO DE 2020

Nº 145

FILIADO À CSP CONLUTAS E À FENAMETRO

Fundado em 09 de abril de 1986

vem aí o xi congresso dos metroviários e metroviárias do rs O Sindicato dos Metroviários do Rio Grande do Sul chega ao seu 11º Congresso para dar início à maior mobilização da história da entidade: desmontar o projeto dos governos federal, estadual e municipal de privatização da Trensurb. Com o eixo “Em defesa do patrimônio público. A Trensurb é nossa!”, o encontro deve reunir mais de uma centena de metroviários, nos dias 28 e 29 de fevereiro e 1º de março, em Tramandaí. Para o presidente do Sindimetrô-RS, o XI Congresso será um marco na história das mobilizações da categoria, por isso é indispensável a participação da base. “Vamos definir cada passo dessa luta juntos. Só assim impediremos que tirem nossos empregos e prejudiquem a população que precisa da Trensurb pública”, disse Chagas. Além das privatizações, estão na pauta a conjuntura nacional e internacional e a elaboração de um calendário de ações, entre outros temas de interesse da categoria. De acordo com a direção do Sindimetrô-RS, já confirmaram presença os representantes de Recife, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo. A tua participação é fundamental para seguirmos fortes na defesa de uma Trensurb pública, estatal e de qualidade!


JORNAL DO

SiNDiMETRÔ/RS

2

como ficou o pregão de modelagem da privatização? O edital 44/2019 do BNDES, para contratação do estudo de modelagem da privatização da Trensurb, parou e ninguém sabe o motivo. Depois da liminar ganha pelo Sindimetrô e de problemas técnicos que interromperam o certame, o pregão continuou e chegou a proclamar as duas empresas vencedoras. O que ninguém sabe e o BNDES não informa, é qual foi o motivo para parar tudo novamente. O Sindimetrô-RS ainda aguarda julgamento do recurso que pede a suspensão definitiva desse edital. O sindicato atua em várias frentes para barrar a privatização. “Não interessa quantas vezes teremos que recorrer à justiça. Os metroviários vão utilizar todos os meios legais”, avisou o presidente Chagas. Também fomos ao TCU (Tribunal de Contas da União), questionar a participação do BNDES na elaboração do edital, visto que o banco de fomento não tem ativos na Trensurb. Embora pareça que o BNDES trocou esse edital pelo outro que engloba Trensurb e CBTU, estamos atentos a todos esses movimento e a entidade não vai baixar a guarda.

Bolsonaro, Leite e Marchezan se unem para acelerar a privatização da Trensurb Mal o governo federal transferiu o programa das privatizações para o ministério da Economia, do Paulo Guedes, no início de fevereiro, e o BNDES já enviou emissários a Porto Alegre para uma reunião com representantes do governo estadual e da prefeitura.

O advogado Mika, o procurador Celso Tres, o presidente do Sindimetrô-RS Chagas e a Diretora de Comunicação Ayllu se reuniram no Ministério Público Federal em Novo Hamburgo para buscar alternativas contra a privatização da Trensurb.

O objetivo do encontro era assinar um acordo para obter informações da Trensurb e privatizá-la o mais rápido possível. Fizeram tudo na surdina, sem nenhum comunicado, demonstrando total desrespeito aos funcionários e às entidades sindicais que representam os trabalhadores da estatal.


3

JORNAL DO

SiNDiMETRÔ/RS

Esse é o calendário divulgado pelo governo federal de privatizações. (PND: Programa Nacional de Desestatização e PPI: Programa de Parcerias para Investimentos). Fonte: Divulgação/BNDES

Ações do Sindimetrô fazem governo mudar estratégia de privatização da Trensurb De acordo com calendário divulgado pelo governo federal, o pregão 044/2019 do BNDES foi adiado por causa das ações do SindimetrôRS, na Justiça Federal do Rio de Janeiro e no Tribunal de Contas da União em Brasília.

Reuniões secretas em Porto Alegre

O banco lançou um novo pregão, desta vez envolvendo Trensurb e CBTU. E num tempo recorde homologaram as empresas que farão o estudo financeiro, operacional e a formatação do edital de privatização daa das estatais.

Momentos antes do encontro, os funcionários do alto escalão foram levados ao SEST-SENAT. Ao saber da operação, o Sindimetrô-RS veio a público repudiar mais um encontro secreto promovido pelo governo Bolsonaro. Para o presidente do sindicato, o objetivo foi evitar a mobilização dos metroviários e metroviárias e a cobertura da imprensa.

O Sindimetrô-RS já ingressou com novas ações na justiça federal do Rio de Janeiro e no TCU do Distrito Federal, para barrar mais este pregão. A entidade também moveu ação civil pública no Ministério Público Federal, de Novo Hamburgo, questionando a proposta de desestatização, apresentada pelo governo federal.

Ocorreu uma reunião aqui na capital com representantes de diversos ministérios e do BNDES. Reunião esta que nem os diretores da Trensurb sabiam onde seria.

“Somos contrários à entrega da Trensurb ao capital privado e temos sugestões para equilibrar as finanças da empresa, mantendo-a pública. O que eles querem esconder?”, questionou Chagas.


JORNAL DO

4

SiNDiMETRÔ/RS

NOVO HAMBURGO FENAC INDUSTRIAL

Falta de acessibilidade em estações PÕE metroviários e usuários em risco

SANTO AFONSO RIO DOS SINOS

A direção da Trensurb parece não se importar com as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, como é o caso dos idosos. Os problemas se arrastam desde 2014, em várias estações, sem nenhuma solução. Os metroviários não sabem mais o que dizer aos usuários que reclamam da falta de acessibilidade.

SÃO LEOPOLDO

UNISINOS

Eles vieram ao Sindimetrô denunciar o descaso e alertar para os riscos de acidentes. Relataram que se sentem inseguros em colocar cadeirantes na escada rolante. O risco de queda é grande, tanto para o passageiro quanto para o metroviário. A direção do sindicato orienta que os colegas não se arrisquem em estações onde não há acessibilidade.

SAPUCAIA LUÍS PASTEUR ESTEIO PETROBRÁS SÃO LUÍS

É inaceitável que em estações importantes como Mercado, Rodoviária, Aeroporto e Fenac aconteçam tantos problemas de acessibilidade. “A manutenção de elevadores, escadas rolantes e banheiros já são terceirizadas. Se privatizar tudo, como o governo Bolsonaro quer, será pior ainda”, alerta Chagas.

MATHIAS VELHO CANOAS FÁTIMA NITERÓI

CONFIRA AO LADO O MAPA DE ACESSIBILIDADE NAS ESTAÇÕES

ANCHIETA

estação sem acessibilidade estação com recursos de acessibilidade inoperantes estação com recursos em funcionamento

AEROPORTO

escada rolante

FARRAPOS

elevador

SÃO PEDRO

rampas de acesso

RODOVIÁRIA MERCADO

curtas Contra o aumento da tarifa – a próxima campanha de mídia do Sindimetrô é contra o aumento da tarifa. Desde 2015, o transporte é um direito social garantido pela Constituição. Nos últimos dois anos, o governo federal aumentou a passagem em 147%. MPF 1 - o Sindimetrô ingressou no MPF de Novo Hamburgo, com denúncia contra a licitação da bilhetagem eletrônica. Quem entrega o caixa da empresa para um terceiro cuidar? MPF 2 – a manutenção dos trens é realizada pela Alstom e CAF, mas a direção da Trensurb tem obrigação de fiscalizar o trabalho. O MPF já investiga o caso denunciado pelo Sindimerô. MPF 3 – Celso Tres, do MPF de Novo Hamburgo, comprometeu-se a ingressar com ação civil pública contra a privatização da Trensurb. O processo movido junto com o Sindimetrô-RS já está nas mãos do procurador.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS @sindimetrors

/sindimetro

sindimetrors.org

EXPEDIENTE

@SindimetroRS

Jornal do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários e Conexas do RS Rua Monsenhor Felipe Diehl, 48 - Humaitá, Porto Alegre/RS Presidente: Luís Henrique Chagas Diretora de Comunicação: Ayllu Acosta Jornalista Responsável: Civa Silveira (Mtb 9426) Diagramação: Nádia Alibio Contatos: 51 33744200 imprensasindimetrors@gmail.com

Profile for Sindimetrô/RS

NOVA EDIÇÃO DO INFORMATIVO JÁ ESTÁ EM CIRCULAÇÃO  

A edição nº 145 do Jornal do Sindimetrô traz na capa uma matéria especial sobre o XI Congresso dos Metroviários e Metroviárias do RS. A exp...

NOVA EDIÇÃO DO INFORMATIVO JÁ ESTÁ EM CIRCULAÇÃO  

A edição nº 145 do Jornal do Sindimetrô traz na capa uma matéria especial sobre o XI Congresso dos Metroviários e Metroviárias do RS. A exp...

Advertisement