Page 1

JORNAL DO

SiNDiMETRÔ/RS PORTO ALEGRE, 21 DE OUTUBRO DE 2019

Nº 144

FILIADO À CSP CONLUTAS E À FENAMETRO

Fundado em 09 de abril de 1986

PRESIDENTE DA TRENSURB PROMETE, MAS NÃO CUMPRE O Sindimetrô repudia veementemente a informação, veiculada na imprensa, de que a direção da Trensurb desistiu de colocar ar condicionado nos trens antigos. É um desrespeito com as milhares de pessoas que precisam dos trens diariamente e com os metroviários que, mesmo com todas as dificuldades, se desdobram para oferecer um serviço de qualidade. A promessa havia sido feita pelo presidente da empresa, David Borille, em carta endereçada ao Ministério do Desenvolvimento Regional, e estava condicionada ao aumento da tarifa.

ENTENDA AS MANOBRAS DA TRENSURB Em fevereiro de 2018, aumento de quase 100%, que fez a tarifa saltar de R$1,70 para R$3,30. Em março de 2019, mais um aumento que elevou a passagem de R$3,30 para R$4,20. A justificativa da empresa foi que os serviços de todo o sistema seriam melhorados, na área operacional, rede elétrica, acessibilidade nas estações e a instalação de ar condicionado em 15 trens antigos. Passados dez meses, chega a notícia que a Trensurb não irá climatizar os trens. Isso é uma vergonha e uma quebra de palavra da empresa com os usuários, uma vez que o aumento da passagem tinha o objetivo qualificar os serviços.

SINDIMETRÔ/RS DENUNCIA E COBRA EXPLICAÇÕES A direção da empresa não cumpriu com o compromisso de melhorar o serviço e sequer deu a reposição da inflação aos metroviários. Mantendo a empresa cada vez mais sucateada, passa a impressão de incompetência. Isso leva as pessoas a acreditarem que a privatização é a única solução. Dessa forma, a atual gestão da Trensurb demonstra a quais interesses está servindo.


JORNAL DO

2

SiNDiMETRÔ/RS

a PRIVATIZAÇÃO DA TRENSURB É UM PÉSSIMO NEGÓCIO PARA A POPULAÇÃO E PARA OS METROVIÁRIOS e metroviárias Os defensores das privatizações voltaram com força no governo Bolsonaro (PSL) e agora querem vender a Trensurb. Deixam tudo parecer ineficiente para entregar de mãos beijadas aos empresários.

As telecomunicações também são exemplo de como a privatização pode ser um péssimo negócio. As operadoras de telefonia são campeãs de reclamação no PROCON em todo o país. Vendem celular como água, mas não melhoram o sinal. E as tarifas? São as mais caras do planeta!

Mas a população e a categoria não caem mais nessa conversa fiada. Está na O argumento de que empresa privada mídia que muitas empresas privatizadas é mais eficiente não é verdadeiro, oferecem péssimos serviços e colocam especialmente quando o em risco a vida das pessoas. O empresário serviço é de interesse público. É inevitável falar de não tem O empresário não tem privatização e não lembrar das compromisso compromisso com o que é recentes tragédias de Mariana com o que é melhor para a sociedade, só e Brumadinho, em Minas melhor para a com o lucro. Gerais, causadas pela Vale. sociedade, só Há muito tempo o Sindimetrô Quase 300 pessoas foram com o lucro. vem denunciando que o serviço mortas pela lama com o piorou com as terceirizações. Agora, com rompimento das barragens. O interesse a privatização anunciada, o sindicato vem pelo lucro foi maior que a segurança novamente alertar para os riscos que a dos seus trabalhadores e moradores categoria e os usuários correm. da vizinhança.

VEJA O EXEMPLO DO METRÔ DO RIO DE JANEIRO, PRIVATIZADO EM 1997 Demissões em massa dos metroviários, sem a geração de novos empregos. Arrocho salarial e retirada de direitos. Passagem mais cara, trens lotados, falta de segurança e péssimas condições de trabalho. É essa a Trensurb que queremos?

JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO, 7 DE ABRIL DE 1998

PORTAL BRASIL DE FATO, 3 DE MARÇO DE 2016


JORNAL DO

3

SiNDiMETRÔ/RS

ÃO, Ç A IZ T A IV R P A R A R R A B PARA ORÇA F A R A R T S O M S O M A IS C PRE DA CATEGORIA

NO MUNDO

Temos certeza de que, mais do que nunca, precisamos da mobilização da categoria para barrarmos a agenda de ataques aos serviços públicos. É hora de cada metroviário assumir a responsabilidade de lutar pelo seu emprego. Não deixe de participar da agenda de mobilização:

24/10 às 18h Audiência Pública “Privatização da Trensurb” no Plenarinho da Assembleia Legislativa do RS

Nas capitais da França, Espanha, Reino Unido e dos Estados Unidos, os serviços de metrô são estatais. Alguns tinham sido concedidos à iniciativa privada, mas o serviço piorou tanto que eles foram reestatizados, casos de Londres, Paris e Nova Iorque.

25/10 às 12:30 Assembleia Geral da categoria no Pátio da Trensurb 26/10 das 11h às 16h Confraternização do Dia do Metroviário no Pátio da Trensurb

JORNAL EXTRA, 8 DE SETEMBRO DE 2019

DIGA NÃO À PRIVATIZAÇÃO DA TRENSURB!


JORNAL DO

4

SiNDiMETRÔ/RS

NOVO CONSELHO FISCAL DO SINDIMETRÔ É ELEITO Ocorreu, de 23 a 27 de setembro, a eleição para composição do Conselho Fiscal, que teve a participação de 679 eleitores. Os novos Conselheiros tomam posse em novembro, para um mandato de três anos. O Sindimetrô parabeniza a categoria e os eleitos pela grande participação no pleito. A valorização de todas as instâncias do sindicato demonstra o reconhecimento que os metroviários têm com a entidade.

Titulares: Back (SETRA) Renato Dilelio (SEOPE) Abreu (SETRA) Ribeiro (SEOPE) Giovane Rodrigues (SEOPE) Suplentes: Ochoa (SESIN) Gonzaga (SETRA) Sérgio Bastos (SEMAP)

curtas Acordo de Escalas: O sindicato já entrou em contato com a empresa para iniciar a

negociação. O atual Acordo tem validade até 30 de novembro de 2019.

Avaliação de Desempenho: A empresa tem descontado pontos na avaliação dos

colegas que fizeram greve. Esta é mais uma prática antissindical da direção da Trensurb. O Sindimetrô está ajuizando ação questionando os critérios.

Supressão de Horas Extras: A Trensurb se comprometeu a pagar, na folha

de novembro, a indenização pela redução da jornada dos trabalhadores da manutenção noturna. SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS @sindimetrors

/sindimetro

sindimetrors.org

EXPEDIENTE

@SindimetroRS

Jornal do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários e Conexas do RS Rua Monsenhor Felipe Diehl, 48 - Humaitá, Porto Alegre/RS Presidente: Luís Henrique Chagas Diretora de Comunicação: Ayllu Acosta Jornalista Responsável: Civa Silveira (Mtb 9426) Diagramação: Nádia Alibio Contatos: 51 33744200 imprensasindimetrors@gmail.com

Profile for Sindimetrô/RS

SINDICATO DOS METROVIÁRIOS/RS - Informativo n° 144  

SINDICATO DOS METROVIÁRIOS/RS - Informativo n° 144  

Advertisement