Page 1

Ano 5 Nº26 Janeiro | Fevereiro - 2011

AGENDA ENTIDADE AMPLIA POSSIBILIDADES

DE NOVOS NEGÓCIOS Páginas 08 e 09

05 10

Projeto DEMETAL PDF STIHL

15 16

Agenda dos Comitês

Central de Negócios

Ame e preserve

www.sindimetalrs.org.br

COESTER na VITRINE


a

Palavra do presidente

p v Desenvolvimento d o e a O e I b r t n r s

d

Educação + Inovação =

p

Raul Heller

SINDIMETAL tem

Inovação. A iniciativa, capitaneada pela Confederação

investido com

Nacional da Indústria (CNI) deseja multiplicar

determinação numa

unidades no Brasil. Estimular e capacitar empresas a

agenda anual, que inclui projetos,

desenvolver novas tecnologias e soluções é a missão

ações e iniciativas voltados para a

do Núcleo de Inovação, que requer um movimento

oportunidade de qualificação e

articulado entre universidades, empresas e governos.

novas possibilidades de negócios,

Presidente

para os seus associados e filiados.

Já estamos em 2011 e como o ano

Mas, qual é base que dará velocidade a

inovação? Sem dúvida é a educação. É a partir do conhecimento, do interesse em descobrir, aprimorar e

promete ser intenso, desejamos fortalecer o trabalho

vencer barreiras, que teremos profissionais dispostos

das nossas empresas junto ao mercado tão

a desvendar o novo. A educação é o bem maior de

competitivo.

um povo. O ensino e a pesquisa devem ser

Os bons líderes não vivem apenas da

prioridades para o País que está focado no

consagração dos negócios, mas trabalham atentos

desenvolvimento. É preciso uma ação firme e

vislumbrando as oportunidades, as tendências e o

comprometida para garantir uma educação básica de

futuro. Eles buscam plataformas de crescimento,

qualidade para todas as crianças e jovens, investindo

subsídios capazes de adaptar a empresa aos múltiplos

com vigor, também, no Ensino Médio e,

cenários, tendo presente que, numa economia, nada

especialmente, no Profissionalizante. O mercado está

é 100% seguro. Trabalhamos muitas vezes “sob o fio

carente de novos e bons técnicos capazes de

da navalha”, percorrendo e explorando os mais

absorver a dinâmica de um mundo sem fronteiras.

diferentes terrenos, sempre em busca do

Uma mão de obra qualificada e capacitada é

cumprimento de metas e do grande desafio de

fundamental e urgente. Ao somarmos educação e

administrar uma empresa.

inovação estaremos dando um passo importante em

Quando a inovação realmente passa a fazer

direção ao desenvolvimento. O aperfeiçoamento

parte da nossa cultura, as possibilidades se mostram

permanente das pessoas e o dinamismo dos

mais promissoras e a aplicação de novas ideias ganha

processos das indústrias serão o passaporte para um

força. É claro que a busca de diferentes caminhos

futuro promissor. Estejamos preparados para os novos

deve ser de forma concomitante, sem comprometer a

desafios, acreditando principalmente nos talentos

solidez da empresa.

profissionais, que movimentam e dão vida às

O tema justificou a inauguração, na FIERGS, do primeiro núcleo do Comitê Empresarial da

Espaço SINDIMETAL Nº26 - 02

máquinas, girando a economia. Bem-vindo 2011!


O

Editorial ESPAÇO SINDIMETAL inicia 2011

opções que conduzem a este caminho.

destacando a inovação e a educação

setoriais do SINDIMETAL. E, fechando com “chave de ouro”, destacamos na Vitrine uma

O programa PDF Stihl, na página

como pilares para o desenvolvimento e o

05, ilustra bem a força do conhecimento. E

empresa inovadora por natureza: a Coester

crescimento do País. Nesta lógica, a

a inovação, que espaço está ocupando na

Automação. Graças ao empreendedorismo

entidade tem oportunizado a educação

entidade? Os grupos setoriais têm

de profissionais como o Sr. Oskar Coester,

continuada para as empresas associadas e

demonstrado que é possível, com

que não desistiu de sonhar, em breve,

filiadas, a partir de cursos, palestras e

comprometimento e boas práticas de gestão,

teremos em funcionamento o primeiro

capacitações. A agenda estratégica, que

fortalecer e despertar lideranças.

aeromóvel no Brasil. Valeu a pena acreditar!

divulgamos na página central desse

Acompanhem, nas páginas 10 e 11, as

informativo, apresenta também uma série de

ações, planejadas pelos nove grupos

Boa leitura e até a próxima edição!

A

D iretoria

tualize

seu cadastro

A

tualize o cadastro e o e-mail da sua empresa, no portal da entidade www.sindimetalrs.org.br ou através do e-mail relacionamento@sindimetalrs.org.br

PRESIDENTE Raul Heller VICE – PRESIDENTES Celso Luiz Rodrigues Marcelo Fleck Norberto Cossio Dias Pedro Vicente Isquierdo Gonçales Renato Nunes Roberto Dauber SECRETÁRIO Rodrigo Paesi TESOUREIRO Sérgio de Bortoli Galera DIRETORES Ademir Luiz Costella Arno Tomasini Claus Carlos Teodoro Mohr Darlan Geremia Darlei Fabian F. da Silva Emílio Neury Haag Fernando José Dutra Parreira Geovani Lorscheitter Jeferson Ribeiro Correa Luis Gustavo von Hohendorff Marcus Coester Muciano Niederauer Dias Roberto Alexandre Schroer Silvino Geremia Simone Marcon CONSELHO FISCAL TITULARES Luiz Antônio Gonçalves Roberto Petroll Roque Silveira da Rocha SUPLENTES Christine Lange Marcelino Leopoldo Barth Ramon Ariel Bonilla Cabrera

DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À FIERGS TITULARES Raul Heller Marcelo Fleck SUPLENTES Celso Luiz Rodrigues Norberto Cossio Dias DELEGADOS REPRESENTANTES Sapucaia do Sul/Esteio Ademir Luiz Costella Sapiranga Emílio Neury Haag São Sebastião do Caí/Montenegro Geovani Lorscheitter Estância Velha/Dois Irmãos/Ivoti/Morro Reuter Marcelino Leopoldo Barth Tupandi Roberto Petroll COMITÊS SETORIAIS MetalValley - Exportar Darlan Geremia Valemetalsinos Darlei Fabian Ferrasso da Silva Saúde, Segurança e Meio Ambiente Roberto Dauber Fundi-RS Geovani Lorscheitter Recursos Humanos Heloisa Gaelzer Müller Fórum dos Diretores Industriais Arno Tomasini Fórum de Desenvolvimento de Lideranças Sofia Copé Heller Michel Central de Negócios Rodrigo Paesi Tributário Severino Piovezan

Expediente Diretor Executivo: Valmir Pizzutti Redação: Jornalista Neusa Medeiros (Mtb 5062) Criação e arte: Claudionor Oliveira Gomes Junior Informativo bimestral Tiragem: 2000 exemplares Circulação: gratuita e dirigida Fotos: divulgação Edição e Produção: Edição 3 Comunicação Empresarial Ltda. Gráfica: Impressos Portão Ltda. Endereço Rua José Bonifácio, nº 204 - Centro das Indústrias São Leopoldo/RS - Fone (51) 3590.7707 www.sindimetalrs.org.br relacionamento@sindimetalrs.org.br

100% OS EM

ŸO papel deste informativo é proveniente de

PAPEL

ADO NO

PRESS

DOS IM

FABRIC

BRASIL P

RES DE FLO ROVÊM

PLAN

Espaço SINDIMETAL Nº26 - 03 "Consuma alimentos da estação e dê preferência aos orgânicos". (O Globo)

TA S

TA D A

S

árvores de florestamento. ŸO s t r a b a l h o s a s s i n a d o s responsabilidade de seus autores.

são

de


SIPAT 2011


Empresas certificadas no encerramento do Projeto DEMETAL STIHL/ SINDIMETAL/ SEBRAE edição 2009-2010

PROJETO DEMETAL - PDF - STIHL

Empresas recebem certificação

A

Pizzutti, “certamente o PDF também oportuniza melhorias reunião final de análise dos resultados do Projeto de internas nas MPEs e contribui para que os empresários passem a Desenvolvimento Empresarial e Prospecção de Mercados consolidar a gestão das suas empresas a partir do conhecimento, (DEMETAL - PDF - STIHL), desenvolvido com as parcerias organização e maior contato com colaboradores e clientes”. Para o da STIHL, do SINDIMETAL e do SEBRAE, edição 2009 - 2010, analista de compras da Stihl, Giulliano Beck “o Sebrae ajuda a ocorreu no dia 27 de janeiro, na empresa Stihl Ferramentas estruturar as fornecedoras e o resultado positivo reflete no Motorizadas Ltda., em São Leopoldo. atendimento, trazendo benefícios para todos”. Durante o encontro, que contou com a presença do diretor “Realmente, o prograExecutivo Valmir Pizzutti, ma tem nos ajudado e muito no representando o SINDIMETAL; que diz respeito à organização, dos diretores da Stihl, responcontrole e alcance de metas. sáveis pelo andamento interno Sentimos que crescemos de do projeto, e dos diretores das forma substancial e nos empresas par ticipantes, encontramos muito mais aconteceu a análise dos maduros para administrar a resultados apresentados pelo empresa e as equipes. O gestor do Sebrae, Alexandre grande desafio é manter a Zigunovas Júnior. Na ocasião, proposta ativa”, avalia David os líderes das empresas Cardoso, diretor da CRK participantes receberam a Automação Industrial Ltda., certificação e conheceram as empresa associada do empresas destacadas com o SINDIMETAL e fornecedora da Prêmio Fornecedor Stihl - 2º Reunião final de análise dos resultados do Projeto de Desenvolvimento Empresarial e Prospecção de Mercados Stihl, desde 1992, que foi Semestre de 2010. contemplada com o 2º lugar, no Prêmio Fornecedor Stihl, 2º O PDF Stihl teve o objetivo de melhorar o desempenho Semestre de 2010. financeiro e as principais dimensões competitivas (prazo de A equipe apoiadora do PDF é formada por Alexandre entrega, confiabilidade, flexibilidade, inovação, custo, qualidade, Zigunovas Júnior, gestor do projeto e Saulo Roberto Morschel, segurança e atendimento), conforme as exigências do mercado. ambos do Sebrae; Giulliano Emanuelli Beck, da Stihl; Paulo Ziegler, Também, contemplou adequar os fornecedores da cadeia do SINDIMETAL, além dos consultores Sergio Dias, Antonio produtiva, do setor metalmecânico, às necessidades da empresa Oliveira Júnior e Lizete Mendes Cunha, que atuaram junto ao âncora, capacitando para uma gestão empresarial profissional, grupo de empresas capacitadas. visando sua sustentabilidade, além de ampliar a capacidade de A 2ª edição do PDF STIHL/ SEBRAE/ SINDIMETAL 2011 fornecimento, contribuindo para o aumento de faturamento, a 2012 já está em estudos, sendo que o programa continuará redução do gasto operacional e do grau de dependência das baseado em três pilares: prospecção de mercado, qualificação do micro e pequenas empresas (MPEs). processo produtivo e gestão empresarial. Segundo o diretor executivo do SINDIMETAL, Valmir Espaço SINDIMETAL Nº26 - 05 "Use pilhas recarregáveis. Evite poluir o meio ambiente e economize". (O Globo)


BALANÇO DO ANO REGISTROU BONS RESULTADOS

O

SINDIMETAL tem muito a comemorar. Encerrou 2010 com um trabalho marcado pela inovação, perseverança e dedicação de

um grupo de empreendedores, sob a direção do empresário Raul Heller. Relembrando os feitos de 2010, destacamos algumas ações do

2010

CONFRATERNIZAÇÃO DOS ASSOCIADOS DO SINDIMETAL

O SONHO NÃO ACABOU

SINDIMETAL, que contribuíram para o fortalecimento da entidade, bem como a sua respeitabilidade junto ao meio empresarial.

üO atendimento às empresas passa a ser descentralizado. Foram inaugurados, juntamente com

o Sebrae, Pontos de Atendimento do SINDIMETAL em São Sebastião do Caí e Sapiranga. üAs empresas ficaram mais próximas da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do

Sul, através da inauguração da Unidade de Atendimento da FIERGS, junto ao Centro das

A

festa de Confraternização dos Associados do SINDIMETAL, ocorrida no dia 03 de dezembro, no Salão de Eventos da entidade, no Centro das Indústrias, foi também uma oportunidade para relembrar os anos 70. Confira mais alguns registros da festa, que marcou o encerramento das atividades do SINDIMETAL, em 2010. Afinal, “o sonho não acabou”!

Indústrias. Este espaço passou a disponibilizar orientações e informações sobre os serviços oferecidos pelo Sesi, Senai e Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS), que compõem o “Sistema S”. üFoi inaugurado o Escritório Regional da Associação Brasileira de Fundição (ABIFA), no Centro

Inauguração da Unidade de Atendimento FIERGS

das Indústrias, representando um passo importante em benefício das empresas ligadas a fundição, especialmente o FUNDI-RS, um dos setoriais do SINDIMETAL. üOs nove grupos setoriais do SINDIMETAL se fortaleceram oportunizando palestras, cursos,

visitas técnicas e consultorias sempre pensando na multiplicação destes conhecimentos para as demais empresas. üEm 2010, foram promovidos 26 cursos, que contabilizaram a participação de 467 pessoas.

Valdir Huning e Mônica Fagundes

Milene e Celso Rodrigues

Clarissa e Cláudio Garcez

Marcelo Mariani e Rossana Weingaertner

Equipe do SINDIMETAL

Roberto e Mirian Galdino

Caroline Costella e Rodrigo Foerth

Marli e Luiz Antônio Gonçalves

Shirley Schmidt e Elisabeth Pedroso

Gerry e Letícia Sanchez

üO número de capacitações somou 27.021 horas. üA participação em três feiras, com estande coletivo, reuniu 50 empresas.

Inauguração do Escritório Regional da Abifa

üForam organizadas 10 missões empresariais, que contaram com a participação de 118

empresários, além de 12 visitas técnicas, onde 127 pessoas estiveram conhecendo empresas de diversos segmentos e diferentes regiões. üForam realizados, durante 2010, seis seminários, palestras e workshops sobre assuntos

diversos. üTrês SIPATs Comunitárias foram organizadas e contaram com a participação de 1.235 pessoas. üDuas Rodadas de Negócios, uma em São Leopoldo e outra em Montenegro, movimentaram as

empresas da região. Exposição na Feira Metalurgia

ü A entidade realizou, com sucesso, 11 negociações, através da Central de Negócios. üRealizou, também, 13 negociações coletivas, entre categorias normais e diferenciadas, nas 5

bases que representa. üA participação de entidades parceiras, como CNI, FIERGS, SENAI, SESI, IEL, SEBRAE, ABIFA e

UNISINOS foram fundamentais para que a diretoria do SINDIMETAL colocasse em prática o seu Planejamento Estratégico. üO SINDIMETAL continua capacitando a equipe de trabalho.

Rodada de Negócios

Ramon e Maria de Lourdes Cabrera Roseanny e Roque Silveira

A agenda de trabalho, que divulgamos na página central desta edição, pode se transformar num passaporte para o aprimoramento e melhoria dos processos de gestão nas organizações. Focado na modernidade, o SINDIMETAL agora aposta em 2011. A diretoria continua empenhada em oportunizar aos seus associados e filiados espaços, que contribuam para alavancar os negócios, investindo com muita disposição em direção a inovação e ao empreendedorismo.

Visita Técnica Espaço SINDIMETAL Nº26 - 06

Ivo e Doraci Geremia Roberta Pinto e Leonardo Geremia Darlan e Melina Geremia


BALANÇO DO ANO REGISTROU BONS RESULTADOS

O

SINDIMETAL tem muito a comemorar. Encerrou 2010 com um trabalho marcado pela inovação, perseverança e dedicação de

um grupo de empreendedores, sob a direção do empresário Raul Heller. Relembrando os feitos de 2010, destacamos algumas ações do

2010

CONFRATERNIZAÇÃO DOS ASSOCIADOS DO SINDIMETAL

O SONHO NÃO ACABOU

SINDIMETAL, que contribuíram para o fortalecimento da entidade, bem como a sua respeitabilidade junto ao meio empresarial.

üO atendimento às empresas passa a ser descentralizado. Foram inaugurados, juntamente com

o Sebrae, Pontos de Atendimento do SINDIMETAL em São Sebastião do Caí e Sapiranga. üAs empresas ficaram mais próximas da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do

Sul, através da inauguração da Unidade de Atendimento da FIERGS, junto ao Centro das

A

festa de Confraternização dos Associados do SINDIMETAL, ocorrida no dia 03 de dezembro, no Salão de Eventos da entidade, no Centro das Indústrias, foi também uma oportunidade para relembrar os anos 70. Confira mais alguns registros da festa, que marcou o encerramento das atividades do SINDIMETAL, em 2010. Afinal, “o sonho não acabou”!

Indústrias. Este espaço passou a disponibilizar orientações e informações sobre os serviços oferecidos pelo Sesi, Senai e Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS), que compõem o “Sistema S”. üFoi inaugurado o Escritório Regional da Associação Brasileira de Fundição (ABIFA), no Centro

Inauguração da Unidade de Atendimento FIERGS

das Indústrias, representando um passo importante em benefício das empresas ligadas a fundição, especialmente o FUNDI-RS, um dos setoriais do SINDIMETAL. üOs nove grupos setoriais do SINDIMETAL se fortaleceram oportunizando palestras, cursos,

visitas técnicas e consultorias sempre pensando na multiplicação destes conhecimentos para as demais empresas. üEm 2010, foram promovidos 26 cursos, que contabilizaram a participação de 467 pessoas.

Valdir Huning e Mônica Fagundes

Milene e Celso Rodrigues

Clarissa e Cláudio Garcez

Marcelo Mariani e Rossana Weingaertner

Equipe do SINDIMETAL

Roberto e Mirian Galdino

Caroline Costella e Rodrigo Foerth

Marli e Luiz Antônio Gonçalves

Shirley Schmidt e Elisabeth Pedroso

Gerry e Letícia Sanchez

üO número de capacitações somou 27.021 horas. üA participação em três feiras, com estande coletivo, reuniu 50 empresas.

Inauguração do Escritório Regional da Abifa

üForam organizadas 10 missões empresariais, que contaram com a participação de 118

empresários, além de 12 visitas técnicas, onde 127 pessoas estiveram conhecendo empresas de diversos segmentos e diferentes regiões. üForam realizados, durante 2010, seis seminários, palestras e workshops sobre assuntos

diversos. üTrês SIPATs Comunitárias foram organizadas e contaram com a participação de 1.235 pessoas. üDuas Rodadas de Negócios, uma em São Leopoldo e outra em Montenegro, movimentaram as

empresas da região. Exposição na Feira Metalurgia

ü A entidade realizou, com sucesso, 11 negociações, através da Central de Negócios. üRealizou, também, 13 negociações coletivas, entre categorias normais e diferenciadas, nas 5

bases que representa. üA participação de entidades parceiras, como CNI, FIERGS, SENAI, SESI, IEL, SEBRAE, ABIFA e

UNISINOS foram fundamentais para que a diretoria do SINDIMETAL colocasse em prática o seu Planejamento Estratégico. üO SINDIMETAL continua capacitando a equipe de trabalho.

Rodada de Negócios

Ramon e Maria de Lourdes Cabrera Roseanny e Roque Silveira

A agenda de trabalho, que divulgamos na página central desta edição, pode se transformar num passaporte para o aprimoramento e melhoria dos processos de gestão nas organizações. Focado na modernidade, o SINDIMETAL agora aposta em 2011. A diretoria continua empenhada em oportunizar aos seus associados e filiados espaços, que contribuam para alavancar os negócios, investindo com muita disposição em direção a inovação e ao empreendedorismo.

Visita Técnica Espaço SINDIMETAL Nº26 - 06

Ivo e Doraci Geremia Roberta Pinto e Leonardo Geremia Darlan e Melina Geremia


2011

AGENDA ESTRATÉGICA www.sindimetalrs.org.br

C

onfira mensalmente as atividades previstas na AGENDA SINDIMETAL e invista no aprimoramento e na geração de negócios. Os resultados poderão superar as expectativas.

JANEIRO 31 - Base São Sebastião do Caí - Oficina: Análise de custos, despesas e preço de venda

Informações complementares, com relação aos eventos mencionados, poderão ser obtidas no portal www.sindimentalrs.org.br ou através do e-mail desenvolvimento2@sindimetalrs.org.br

JULHO 04 a 19 - Curso Leitura e Interpretação de Desenho Mecânico 07 - Base São Sebastião do Caí - Palestra de Apresentação do EMPRETEC 25 a 29 - Curso de CIPA 27 e 28 - Missão à Feira Mac&Tools – Goiânia/GO Datas a definir - SIPAT Comunitária São Leopoldo

FEVEREIRO 07 a 11 - Curso de CIPA 14 e 15 - Base Sapiranga - Oficina Entendendo o Planejamento Estratégico 17 - Base São Sebastião do Caí - Oficina de Diferenciação 21 - Palestra Novas práticas para rescisões do contrato de trabalho 21 a 25 - Sapiranga - Curso Análise e Planejamento Finenceiro 24 - Base São Sebastião do Caí - Palestra Entendendo os Sinais da Nota Fiscal Eletrônica MARÇO 03 e 04 - Base Sapiranga - Oficina Negociação: estratégias para melhores resultados 14 a 18 - Curso de CIPA 14 a 25 - Curso NR 10 Básico 16 - Curso NR 10 Reciclagem 17 e 18 - Curso Noções básicas pertinentes ao direito e processo do trabalho para prepostos 27 a 29 - Missão à EMAQH – Buenos Aires/AR 28 a 1º de abril - Base Sapiranga - Curso Como vender mais e melhor: as melhores ferramentas para aumentar suas vendas 30 - Palestra Tributária "Questões atuais e controversas em matéria tributária" ABRIL 04 a 08 - Curso de CIPA 11 a 14 - Curso Almoxarifado / Controle de estoques 11 a 15 - Base São Sebastião do Caí - Curso Gestão e Técnicas de Produção 13 e 14 - Missão à Feira AUTOMEC – São Paulo/SP 14 e 15 - Missão à Feira MANUTENÇÃO – Blumenau/SC 28 - Base São Sebastião do Caí - Oficina Elaborando um Plano de Negócios Datas a definir - SIPAT Comunitária Novo Hamburgo MAIO 16 a 19 - Curso 5S's 26 e 27 - Missão à Feira Feimafe – São Paulo/SP JUNHO 06 a 10 - Base São Sebastião do Caí - Curso Como Vender Mais e Melhor 13 a 16 - Curso Ferramentas da Qualidade 16 - VIII Encontro de Negócios VS 27 a 1º de julho - Base São Sebastião do Caí - Curso Formação de Preços

AGOSTO 08 a 12 - SIPAT Comunitária Montenegro 08 a 12 - Base São Sebastião do Caí - Empretec 11 - V Encontro de Negócios Vale do Caí 15 a 18 - Curso PCP 15 a 19 - Curso de CIPA 15 a 20 - SIPAT Comunitária de Sapiranga SETEMBRO 12 a 16 - Exposição à Feira Intermach – Joinville/SC 14 e 15 - Missão à Feira Intermach – Joinville/SC 19 a 23 - Curso de CIPA OUTUBRO 04 a 07 - Exposição à Feira Fenaf – São Paulo/SP 05 e 06 - Missão à Feira Fenaf – São Paulo/SP 18 a 21 - Exposição à Feira Mercopar – Caxias do Sul 19 - Missão à Feira Mercopar – Caxias do Sul NOVEMBRO 21 a 25 - Curso de CIPA DEZEMBRO 02 - Confraternização dos associados 06 - Confraternização dos grupos CAPACITAÇÕES SEM DATAS DEFINIDAS Cursos nas áreas de: Gestão Financeira Formação de Preços Análise e Planejamento Financeiro Técnicas de Negociação Planejamento Estratégico Gestão da Inovação Desenvolvimento de Equipes Controles Financeiros


2011

AGENDA ESTRATÉGICA www.sindimetalrs.org.br

C

onfira mensalmente as atividades previstas na AGENDA SINDIMETAL e invista no aprimoramento e na geração de negócios. Os resultados poderão superar as expectativas.

JANEIRO 31 - Base São Sebastião do Caí - Oficina: Análise de custos, despesas e preço de venda

Informações complementares, com relação aos eventos mencionados, poderão ser obtidas no portal www.sindimentalrs.org.br ou através do e-mail desenvolvimento2@sindimetalrs.org.br

JULHO 04 a 19 - Curso Leitura e Interpretação de Desenho Mecânico 07 - Base São Sebastião do Caí - Palestra de Apresentação do EMPRETEC 25 a 29 - Curso de CIPA 27 e 28 - Missão à Feira Mac&Tools – Goiânia/GO Datas a definir - SIPAT Comunitária São Leopoldo

FEVEREIRO 07 a 11 - Curso de CIPA 14 e 15 - Base Sapiranga - Oficina Entendendo o Planejamento Estratégico 17 - Base São Sebastião do Caí - Oficina de Diferenciação 21 - Palestra Novas práticas para rescisões do contrato de trabalho 21 a 25 - Sapiranga - Curso Análise e Planejamento Finenceiro 24 - Base São Sebastião do Caí - Palestra Entendendo os Sinais da Nota Fiscal Eletrônica MARÇO 03 e 04 - Base Sapiranga - Oficina Negociação: estratégias para melhores resultados 14 a 18 - Curso de CIPA 14 a 25 - Curso NR 10 Básico 16 - Curso NR 10 Reciclagem 17 e 18 - Curso Noções básicas pertinentes ao direito e processo do trabalho para prepostos 27 a 29 - Missão à EMAQH – Buenos Aires/AR 28 a 1º de abril - Base Sapiranga - Curso Como vender mais e melhor: as melhores ferramentas para aumentar suas vendas 30 - Palestra Tributária "Questões atuais e controversas em matéria tributária" ABRIL 04 a 08 - Curso de CIPA 11 a 14 - Curso Almoxarifado / Controle de estoques 11 a 15 - Base São Sebastião do Caí - Curso Gestão e Técnicas de Produção 13 e 14 - Missão à Feira AUTOMEC – São Paulo/SP 14 e 15 - Missão à Feira MANUTENÇÃO – Blumenau/SC 28 - Base São Sebastião do Caí - Oficina Elaborando um Plano de Negócios Datas a definir - SIPAT Comunitária Novo Hamburgo MAIO 16 a 19 - Curso 5S's 26 e 27 - Missão à Feira Feimafe – São Paulo/SP JUNHO 06 a 10 - Base São Sebastião do Caí - Curso Como Vender Mais e Melhor 13 a 16 - Curso Ferramentas da Qualidade 16 - VIII Encontro de Negócios VS 27 a 1º de julho - Base São Sebastião do Caí - Curso Formação de Preços

AGOSTO 08 a 12 - SIPAT Comunitária Montenegro 08 a 12 - Base São Sebastião do Caí - Empretec 11 - V Encontro de Negócios Vale do Caí 15 a 18 - Curso PCP 15 a 19 - Curso de CIPA 15 a 20 - SIPAT Comunitária de Sapiranga SETEMBRO 12 a 16 - Exposição à Feira Intermach – Joinville/SC 14 e 15 - Missão à Feira Intermach – Joinville/SC 19 a 23 - Curso de CIPA OUTUBRO 04 a 07 - Exposição à Feira Fenaf – São Paulo/SP 05 e 06 - Missão à Feira Fenaf – São Paulo/SP 18 a 21 - Exposição à Feira Mercopar – Caxias do Sul 19 - Missão à Feira Mercopar – Caxias do Sul NOVEMBRO 21 a 25 - Curso de CIPA DEZEMBRO 02 - Confraternização dos associados 06 - Confraternização dos grupos CAPACITAÇÕES SEM DATAS DEFINIDAS Cursos nas áreas de: Gestão Financeira Formação de Preços Análise e Planejamento Financeiro Técnicas de Negociação Planejamento Estratégico Gestão da Inovação Desenvolvimento de Equipes Controles Financeiros


9

COMITÊS SETORIAIS DIVULGAM INICIATIVAS PREVISTAS PARA ESTE ANO

C

omo divulgamos na edição passada, a integração pautou o encontro entre os nove grupos setoriais do SINDIMETAL, a diretoria e os parceiros da entidade. A iniciativa, elogiada pelos participantes, ocorreu, no dia 07 de dezembro, no Salão de Eventos do sindicato. Acompanhem algumas ações previstas para este ano. Os empresários interessados em saber mais informações, sobre os grupos setoriais do SINDIMETAL, poderão entrar em contado através dos emails desenvolvimento1@sindimetalrs.org.br; desenvolvimento2@sindimetalrs.org.br e relacionamento@sindimetalrs.org.br.

CENTRAL DE NEGÓCIOS Coordenação: Rodrigo Paesi

FÓRUM DE DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇAS

Ações previstas – Continuar oportunizando a realização de

Coordenação: Sofia Copé Heller Michel

compras em conjunto, viabilizando a redução de custos.

Ações previstas - Reuniões quinzenais com temas específicos;

Reuniões - Terças-feiras, das 17h às 18h, no SINDIMETAL e quintas-

palestra sobre Inteligência Emocional e Espiritual; curso

feiras, das 10h30min às 12h, no SINMAQ SINOS, alternadamente,

Ferramentas de Gestão; palestra de sensibilização para

conforme as demandas das negociações.

associativismo e defesa dos interesses; visitas técnicas (IEL/ FIERGS/ SINDIMETAL/ SENAI/ ACI /BNDES); palestra sobre Negociação Sindical; curso Inteligência Emocional/ Gestão de Pessoas;

GRUPO TRIBUTÁRIO

Programa de Excelência em Lideranças.

Coordenação: Severino Piovezan Assessoria Jurídica Tributária - Buffon & Furlan Advogados Associados

As reuniões ocorrem quinzenalmente, nas segundas e quartas semanas do mês, sempre nas segundas-feiras, às 17 horas, na sede

Assuntos previstos - CPMF - Retorno; Reforma Fiscal; Desoneração

do SINDIMETAL, com pauta predefinida.

da FOPAG; Previdência Social; Benefícios tributários aos

GRUPO DE RECURSOS HUMANOS Coordenação: Heloísa Gaelzer Müller Assessoria Jurídica Trabalhista - Garcez Advogados Associados Ações previstas - Convenção de RH – Vale dos Sinos; Indicadores; trazer cases em Gestão de Pessoas; buscar Benchmarking em Gestão de processos; implementar “site” do RH, no portal do SINDIMETAL; ampliar a capacitação do grupo no projeto de Gestão do Conhecimento; buscar parcerias que acrescentem

exportadores; Questões tributárias estaduais com novo governo. Palestra - Inclusão do ICMS na base de cálculo PIS/COFINS. Mesa Redonda - Comércio Exterior – Legislação e procedimentos (CIN-FIERGS/ Universidades/ Sebrae/ Buffon). Reuniões - O grupo retorna as atividades em 30 de março, com uma palestra falando sobre as “Perspectivas Tributárias para 2011” às 17h e as reuniões a partir de 14 de abril, no horário das 17h às 18h30min, às quintas-feiras, na terceira semana do mês.

partir de 18 de fevereiro – o comitê, das 9h às 10h e o grupo, das 10h às 11h30min.

Coordenação: Roberto Dauber

Coordenação: Darlei Fabian Ferrasso da Silva

Schmidt, em São Leopoldo, e Liberato Salzano Vieira da Cunha, em Novo Hamburgo; visitar os melhores Centros de Qualificação Técnica dentro das empresas; promover palestras. Desenvolver um portal permanente de discussões. sempre nas quintas-feiras, às 12h, na sede do SINDIMETAL com

GRUPO SSMA – Saúde, Segurança e Meio Ambiente

VALEMETALSINOS

Ações previstas - Visitar as escolas técnicas da região: Frederico

As reuniões ocorrem mensalmente, na segunda semana do mês,

conhecimento e desenvolvimento aos membros do grupo. Os encontros são mensais, na segunda semana, às sextas-feiras, a

FÓRUM DE DIRETORES INDUSTRIAIS Coordenação: Arno Tomasini

pauta predefinida.

METALVALLEY

Ações previstas - Implementação de um portal de indicadores de

Coordenação: Darlan Geremia

acidentes de trabalho; elaboração de Cartilha sobre Tecnologias

Ações previstas - Ampliar a participação das empresas no site

Limpas – parceria com Senai CNTL; visitas técnicas aos Bancos

Presença Digital; fomentar negócios com os clientes em potencial;

Sociais em Porto Alegre e ao Projeto Ambiental de Três Coroas;

buscar oportunidades de negócios para as empresas no mercado

Ações previstas - MERCADO - Participação em exposições e missões

projeto de atuação em Prensas e Similares (PPRPS).

da América Latina; projetos compradores nos países de interesse;

nacionais e internacionais; Rodadas de Negócios; visitas técnicas

As reuniões ocorrem mensalmente, na terceira semana, sempre nas

em novos mercados e negócios; buscar novas parcerias e novos

quartas-feiras, às 16 horas, na sede do SINDIMETAL com pauta

mercados para as empresas do grupo; desenvolver projetos

predefinida.

Encontros - Nas terças-feiras, junto às reuniões do Valemetalsinos,

conjuntos com as empresas do grupo.

NOVO GRUPO – EM FORMAÇÃO METALMEC

na quarta semana do mês.

Contatos Alexandre Zigunovas e João Simon, do Sebrae e Paulo Ziegler, pelo SINDIMETAL

FUNDI-RS

qualificação de mão de obra e gestão; qualificação de lideranças – dar continuidade; buscar cases de sucesso e referenciais

Ações previstas - MERCADO - Participação em exposições e missões

Ações previstas - Exposições e missões; visitas técnicas; Rodadas de

comparativos para as empresas do grupo; desenvolver ações de

nacionais; Rodadas de Negócios; visitas técnicas; buscar novas

Negócios; prospecção de mercados; fomentar negócios entre as

inovação.

parcerias; desenvolver projetos conjuntos com as empresas do

empresas do grupo; Programa Rumo a ISO9000; capacitações

PROCESSOS INTERNOS - Divulgar case de sucesso das empresas

grupo.

técnicas em fundição; troca de experiências entre as empresas;

entre o grupo e os outros setoriais; dar continuidade as visitas

APRENDIZADO E DESENVOLVIMENTO - Incentivar a obtenção de

palestras técnicas; implementação de software de gestão de

técnicas nas empresas do grupo e dos associados do SINDIMETAL.

ISO 9001 ou PGQP pelas empresas do grupo; cursos de

processos em fundição; promoção e divulgação do Selo FUNDI-

Reuniões ocorrem sempre às terças-feiras, para o comitê, das 18h

qualificação de mão de obra e gestão.

RS; buscar novas empresas; aproximar o grupo da ABIFA.

às 19h30min, na 1ª ou 2ª semana do mês, e para o grupo, das 19h

As reuniões são mensais, às quintas-feiras, na 3ª semana do mês, às

Os encontros são mensais, sempre às quintas-feiras, na 3ª ou 4ª

às 21h, na 3ª ou 4ª semana.

18h30min.

semana do mês, das 18h às 21h.

APRENDIZADO E DESENVOLVIMENTO - Incentivar a Certificação ISO 9001 e o SA/Prêmio PGQP pelas empresas do grupo; cursos de

Espaço SINDIMETAL Nº26 - 10

gerar aproximação com o CIN, na FIERGS; divulgar as empresas via Câmaras de Comércio dos países de interesse.

Coordenação: Geovani Lorscheitter

Espaço SINDIMETAL Nº26 - 11 "Leve as baterias usadas de celulares para as revendedoras". (O Globo)


9

COMITÊS SETORIAIS DIVULGAM INICIATIVAS PREVISTAS PARA ESTE ANO

C

omo divulgamos na edição passada, a integração pautou o encontro entre os nove grupos setoriais do SINDIMETAL, a diretoria e os parceiros da entidade. A iniciativa, elogiada pelos participantes, ocorreu, no dia 07 de dezembro, no Salão de Eventos do sindicato. Acompanhem algumas ações previstas para este ano. Os empresários interessados em saber mais informações, sobre os grupos setoriais do SINDIMETAL, poderão entrar em contado através dos emails desenvolvimento1@sindimetalrs.org.br; desenvolvimento2@sindimetalrs.org.br e relacionamento@sindimetalrs.org.br.

CENTRAL DE NEGÓCIOS Coordenação: Rodrigo Paesi

FÓRUM DE DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇAS

Ações previstas – Continuar oportunizando a realização de

Coordenação: Sofia Copé Heller Michel

compras em conjunto, viabilizando a redução de custos.

Ações previstas - Reuniões quinzenais com temas específicos;

Reuniões - Terças-feiras, das 17h às 18h, no SINDIMETAL e quintas-

palestra sobre Inteligência Emocional e Espiritual; curso

feiras, das 10h30min às 12h, no SINMAQ SINOS, alternadamente,

Ferramentas de Gestão; palestra de sensibilização para

conforme as demandas das negociações.

associativismo e defesa dos interesses; visitas técnicas (IEL/ FIERGS/ SINDIMETAL/ SENAI/ ACI /BNDES); palestra sobre Negociação Sindical; curso Inteligência Emocional/ Gestão de Pessoas;

GRUPO TRIBUTÁRIO

Programa de Excelência em Lideranças.

Coordenação: Severino Piovezan Assessoria Jurídica Tributária - Buffon & Furlan Advogados Associados

As reuniões ocorrem quinzenalmente, nas segundas e quartas semanas do mês, sempre nas segundas-feiras, às 17 horas, na sede

Assuntos previstos - CPMF - Retorno; Reforma Fiscal; Desoneração

do SINDIMETAL, com pauta predefinida.

da FOPAG; Previdência Social; Benefícios tributários aos

GRUPO DE RECURSOS HUMANOS Coordenação: Heloísa Gaelzer Müller Assessoria Jurídica Trabalhista - Garcez Advogados Associados Ações previstas - Convenção de RH – Vale dos Sinos; Indicadores; trazer cases em Gestão de Pessoas; buscar Benchmarking em Gestão de processos; implementar “site” do RH, no portal do SINDIMETAL; ampliar a capacitação do grupo no projeto de Gestão do Conhecimento; buscar parcerias que acrescentem

exportadores; Questões tributárias estaduais com novo governo. Palestra - Inclusão do ICMS na base de cálculo PIS/COFINS. Mesa Redonda - Comércio Exterior – Legislação e procedimentos (CIN-FIERGS/ Universidades/ Sebrae/ Buffon). Reuniões - O grupo retorna as atividades em 30 de março, com uma palestra falando sobre as “Perspectivas Tributárias para 2011” às 17h e as reuniões a partir de 14 de abril, no horário das 17h às 18h30min, às quintas-feiras, na terceira semana do mês.

partir de 18 de fevereiro – o comitê, das 9h às 10h e o grupo, das 10h às 11h30min.

Coordenação: Roberto Dauber

Coordenação: Darlei Fabian Ferrasso da Silva

Schmidt, em São Leopoldo, e Liberato Salzano Vieira da Cunha, em Novo Hamburgo; visitar os melhores Centros de Qualificação Técnica dentro das empresas; promover palestras. Desenvolver um portal permanente de discussões. sempre nas quintas-feiras, às 12h, na sede do SINDIMETAL com

GRUPO SSMA – Saúde, Segurança e Meio Ambiente

VALEMETALSINOS

Ações previstas - Visitar as escolas técnicas da região: Frederico

As reuniões ocorrem mensalmente, na segunda semana do mês,

conhecimento e desenvolvimento aos membros do grupo. Os encontros são mensais, na segunda semana, às sextas-feiras, a

FÓRUM DE DIRETORES INDUSTRIAIS Coordenação: Arno Tomasini

pauta predefinida.

METALVALLEY

Ações previstas - Implementação de um portal de indicadores de

Coordenação: Darlan Geremia

acidentes de trabalho; elaboração de Cartilha sobre Tecnologias

Ações previstas - Ampliar a participação das empresas no site

Limpas – parceria com Senai CNTL; visitas técnicas aos Bancos

Presença Digital; fomentar negócios com os clientes em potencial;

Sociais em Porto Alegre e ao Projeto Ambiental de Três Coroas;

buscar oportunidades de negócios para as empresas no mercado

Ações previstas - MERCADO - Participação em exposições e missões

projeto de atuação em Prensas e Similares (PPRPS).

da América Latina; projetos compradores nos países de interesse;

nacionais e internacionais; Rodadas de Negócios; visitas técnicas

As reuniões ocorrem mensalmente, na terceira semana, sempre nas

em novos mercados e negócios; buscar novas parcerias e novos

quartas-feiras, às 16 horas, na sede do SINDIMETAL com pauta

mercados para as empresas do grupo; desenvolver projetos

predefinida.

Encontros - Nas terças-feiras, junto às reuniões do Valemetalsinos,

conjuntos com as empresas do grupo.

NOVO GRUPO – EM FORMAÇÃO METALMEC

na quarta semana do mês.

Contatos Alexandre Zigunovas e João Simon, do Sebrae e Paulo Ziegler, pelo SINDIMETAL

FUNDI-RS

qualificação de mão de obra e gestão; qualificação de lideranças – dar continuidade; buscar cases de sucesso e referenciais

Ações previstas - MERCADO - Participação em exposições e missões

Ações previstas - Exposições e missões; visitas técnicas; Rodadas de

comparativos para as empresas do grupo; desenvolver ações de

nacionais; Rodadas de Negócios; visitas técnicas; buscar novas

Negócios; prospecção de mercados; fomentar negócios entre as

inovação.

parcerias; desenvolver projetos conjuntos com as empresas do

empresas do grupo; Programa Rumo a ISO9000; capacitações

PROCESSOS INTERNOS - Divulgar case de sucesso das empresas

grupo.

técnicas em fundição; troca de experiências entre as empresas;

entre o grupo e os outros setoriais; dar continuidade as visitas

APRENDIZADO E DESENVOLVIMENTO - Incentivar a obtenção de

palestras técnicas; implementação de software de gestão de

técnicas nas empresas do grupo e dos associados do SINDIMETAL.

ISO 9001 ou PGQP pelas empresas do grupo; cursos de

processos em fundição; promoção e divulgação do Selo FUNDI-

Reuniões ocorrem sempre às terças-feiras, para o comitê, das 18h

qualificação de mão de obra e gestão.

RS; buscar novas empresas; aproximar o grupo da ABIFA.

às 19h30min, na 1ª ou 2ª semana do mês, e para o grupo, das 19h

As reuniões são mensais, às quintas-feiras, na 3ª semana do mês, às

Os encontros são mensais, sempre às quintas-feiras, na 3ª ou 4ª

às 21h, na 3ª ou 4ª semana.

18h30min.

semana do mês, das 18h às 21h.

APRENDIZADO E DESENVOLVIMENTO - Incentivar a Certificação ISO 9001 e o SA/Prêmio PGQP pelas empresas do grupo; cursos de

Espaço SINDIMETAL Nº26 - 10

gerar aproximação com o CIN, na FIERGS; divulgar as empresas via Câmaras de Comércio dos países de interesse.

Coordenação: Geovani Lorscheitter

Espaço SINDIMETAL Nº26 - 11 "Leve as baterias usadas de celulares para as revendedoras". (O Globo)


TAURUS PREMIADA N O S E S TA D O S U N I D O S Jorge Py Veloso

A

empresa Forjas Taurus S/A, associada do SINDIMETAL, que tem nos Estados Unidos um dos seus melhores mercados, comemora a conquista do Prêmio “Handgun of the Year 2011” ou “Arma do Ano 2011”, considerado o mais importante da Indústria de Armas dos Estados Unidos. A pistola PT 740 Slim, fabricada em Porto Alegre, foi reconhecida pelo design inovador, avanços tecnológicos no uso de materiais, ergonomia e segurança. “Este destaque tem um extraordinário significado porque premia nossos esforços de inovação num segmento altamente competitivo como é o das pistolas, no maior mercado

UNIDADE DO

E

ste espaço disponibiliza orientações e informações sobre os serviços oferecidos pelo SESI, SENAI e Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS), que compõem o “Sistema S”.

do mundo”, afirmou o vice-presidente da empresa Jorge Py Veloso. A divulgação do prêmio foi realizada na maior feira mundial do segmento de armas leves e de caças (Shot Show), realizada em Las Vegas, nos EUA, entre os dias 18 e 21 de janeiro. Participaram mais de 50 mil compradores de mais de 100 países. Além da pistola vencedora do prêmio, a Taurus apresentou lançamentos, entre eles, dez novos modelos de revólveres, oito de pistolas, oito de armas longas e também três modelos de carabinas. O segmento de pistolas é o principal responsável pela expansão da Taurus no mercado americano.

FIERGS CIERGS SESI SENAI IEL

Sistema

O atendimento em São Leopoldo ocorre de segunda a sexta-feira, no Centro das Indústrias, na Rua José Bonifácio, 204, sala 08, das 8h30min às 17h30min. Maiores informações poderão ser obtidas com

Jefferson Braga, técnico administrativo do Sistema FIERGS, pelos telefones 3589-6712 e 9147-4864 ou através do e-mail atendimento@fiergs.org.br

SENAI: QUALIFICAÇÕES PARA ATENDER DEMANDAS DAS INDÚSTRIAS DO RS

O

serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SenaiRS) definiu como metas para 2011 alcançar 110 mil matrículas, 14 mil atendimentos em serviços técnicos e tecnológicos e 122 mil horas técnicas. Para ajudar a atingir esses objetivos, a entidade oferece capacitações que beneficiam o setor metal-mecânico ao longo deste ano. Entre as opções estão os cursos ministrados no Centro de Educação Profissional Gustavo Cope, do Senai-RS, em Novo Hamburgo, nos períodos da noite e aos sábados. Os de iniciação: Básico para Mecânica Industrial e Matrizeiro de Solado; além de outros três de aperfeiçoamento Mecânica Industrial, Programação de CNC – Torno e Fresa e Mecânica de Manutenção de Máquinas e Equipamentos. Caso haja vagas, as inscrições podem ser feitas até a data de início no próprio Centro de Educação Profissional Gustavo Cope. Já no Centro de Educação Profissional Lindolfo Collor, em São Leopoldo, ocorre pela primeira vez o curso Projetos de Molde de Injeção para

Termoplástico. A capacitação, que iniciou no dia 14 de fevereiro, foi destinada a profissionais da área de projetos e matrizaria de moldes. No currículo estiveram temas como tecnologia da construção de moldes de termoplásticos, uso de software de projeto, processo de transformação de material termoplástico e simulador de injeção. Trata-se de um aperfeiçoamento e é necessário que o aluno tenha conhecimento em Mecânica e domínio de softwares do CAD. A escola também vai retomar a preparação na área de Torneiro Mecânico – reivindicação de um grupo de empresas representadas pelo SINDIMETAL. Enquadra-se na categoria aprendizagem e 25 participantes foram indicados pelas indústrias. Outro destaque do Centro de Lindolfo Collor é um projeto inovador, desenvolvido em parceria com a empresa Moltran: um dispositivo para remover com segurança agulhas de seringas, reduzindo risco de acidentes com perfuração e possíveis contaminações no setor de saúde. Na escola de Sapucaia do Sul, atendendo à solicitação de algumas

empresas, foi desenvolvido o curso de Caldeireiro, que já era oferecido em Canoas. Está disponível nas modalidades aprendizagem e aperfeiçoamento e há turma em andamento. O Centro Tecnológico de Mecânica de Precisão (Cetemp), em São Leopoldo, trabalha para lançar dois novos cursos técnicos em 2012, que também vão preparar profissionais para o setor metal-mecânico. O primeiro, de Automação, pretende ajudar a suprir a demanda de trabalhadores da área – aquecida em todo o mundo. Ele substituirá e ampliará a abrangência da capacitação disponível atualmente – de Instrumentação Industrial. A atual é focada em indústrias de processo contínuo, já a de Automação beneficiará diferentes segmentos. O Curso Técnico em Mecatrônica surgirá como complementação ao curso em Mecânica de Precisão, que continuará em atividade. Além disso, o Senai disponibiliza cursos e atendimentos de programas exclusivos in company. Mais informações podem ser obtidas nas unidades do Senai ou pelo telefone (51) 3347-8800.

Fonte: UNICOM/ FIERGS Espaço SINDIMETAL Nº26 - 12


LTA A EM L A N IO S S FI O R P O Ã Ç A IT C PA A C

A

s empresas associadas e filiadas ao SINDIMETAL têm acesso a vários cursos e capacitações, em diferentes áreas, que contribuem para a qualificação profissional e a gestão empresarial. Os cursos são efetivados mediante adesão mínima de 20 pessoas, estando à programação sujeita a alterações. Mais informações poderão ser obtidas através do e-mail desenvolvimento2@sindimetalrs.org.br.

CURSO NR 10 BÁSICO

O

curso Básico - Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade (NR10), totalizando 40 horas, ocorrerá no período de 14 a 25 de março, no horário das 18h30min às 22h30min, na sede do SINDIMETAL. Entre os assuntos em pauta, Introdução à segurança com eletricidade; Riscos em instalações e serviços com eletricidade; Técnicas de Análise de Risco; Medidas de Controle do Risco Elétrico, além de Normas Técnicas Brasileiras, Equipamentos de proteção, Acidentes de origem elétrica, entre outros. O pré-requisito para participar do NR10 é, no mínimo, ter cursado o Ensino Fundamental incompleto e possuir conhecimentos ou trabalhar em área de eletricidade.

RECICLAGEM NR 10

N

o dia 16 de março, das 8h às 12h e das 13h às 17h, terá lugar, o curso de Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade - Reciclagem NR 10. Os participantes receberão orientações sobre Riscos em instalações e serviços com eletricidade; Técnicas de Análise de Risco; Medidas de Controle de Risco Elétrico; Regulamentação do TEM, além de Documentação de instalações elétricas e Riscos adicionais. A participação, com aprovação no básico - Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade - é um pré-requisito para os interessados em participar do curso Reciclagem NR 10.

CURSO DE CIPA

O

SINDIMETAL, em parceria com o Sesi, realizou, no período de 07 a 11 de fevereiro, o Curso de CIPA, em conformidade com a Portaria SSST/ MTE nº08, de 23/02/99. A promoção gratuita contou com aulas no horário das 8h às 12h, na sala Térreo do SINDIMETAL, localizada junto ao Centro das Indústrias, em São Leopoldo. Os participantes receberam informações sobre o estudo do ambiente de trabalho e os riscos originados; metodologia de investigação e análise de acidentes e doenças do trabalho; noções sobre acidentes e doenças decorrentes da exposição aos riscos existentes na empresa; noções sobre a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) e medidas de prevenção, além de informações sobre legislação trabalhista e previdenciária relativa à segurança e saúde no trabalho; princípios gerais de higiene do trabalho e de medidas de controle dos riscos; organização da CIPA e outros assuntos necessários ao exercício das suas atribuições, bem como o plano de trabalho e a Análise Preliminar de Riscos (APR).

BASES AVANÇADAS DO SINDIMETAL APROXIMAM EMPRESÁRIOS DA ENTIDADE

L

ocalizadas nos municípios de Sapiranga e São Sebastião do Caí, as bases avançadas do SINDIMETAL, inauguradas em 2010, têm oportunizado, para as empresas da região, o acesso a cursos e capacitações. No município de Sapiranga, o Ponto

de Atendimento Sebrae, em parceria com o SINDIMETAL, CDL e Abicalçados, está localizado na rua João Corrêa, nº 1260, sala 17, no Centro. Informações sobre a agenda poderão ser obtidas através do telefone (51) 3599-1076. A base avançada em São Sebastião

SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ èOFICINA DE ANÁLISE DE CUSTOS, DESPESAS E PREÇO DE

VENDA - A edição ocorreu no dia 31 de janeiro, no horário das 19h às 23h, reunindo 28 participantes. O conteúdo, ministrado pelo instrutor Jalmar Finger Becker, foi apreciado por um público bem diversificado, de diversas profissões. èOFICINA DE DIFERENCIAÇÃO - Dirigido aos profissionais da indústria e comércio da região, o curso ocorreu no dia 17 de fevereiro, no horário das 19h às 23h. A palestrante Ângela Maria Klein abordou tópicos como o perfil do consumidor, o que é valor agregado, experiência de compra e estímulo ao pensamento criativo. èENTENDENDO OS SINAIS DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA - Dia 24 de fevereiro, no horário das 19h30min às 21h30min.

SAPIRANGA èOFICINA ENTENDENDO O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO - A

do Caí, em parceria com o SINDIMETAL, CDL, ACIS e apoio da Prefeitura, está localizado na rua Esperanto, nº 20, bairro Quilombo. Mais informações referentes às atividades previstas para os próximos meses poderão ser obtidas através do telefone (51) 3635 - 1955.

oportunidade dirigida aos profissionais da indústria metalúrgica, calçadista e comércio da região ocorreu nos dias 14 e 15 de fevereiro, das 18h30min às 22h30min.

èCURSO ANÁLISE E PLANEJAMENTO FINANCEIRO - Opção de curso no período de 21 a 25 de fevereiro, no horário das 19h30min às 22h30min. èOFICINA NEGOCIAÇÃO: ESTRATÉGIAS PARA MELHORES RESULTADOS - A atividade ocorrerá nos dias 03 e 04 de março, no horário das 18h30min às 22h30min. èCURSO COMO VENDER MAIS E MELHOR: AS MELHORES FERRAMENTAS PARA AUMENTAR SUAS VENDAS - No período de 28 de março a 1º de abril, o respectivo curso será ministrado no horário das 19h30min às 22h30min.

Espaço SINDIMETAL Nº26 - 13 "Não jogue óleos lubrificantes na sua rede de esgoto". (JD)


PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO:

limites e possibilidades * Marciano Buffon I OAB nº 34.668

H

á algumas expressões que caem no gosto popular e são repetidas à exaustão sem que se reflita muito sobre elas. São os famosos “bordões” ou “clichês”, os quais, embora, por vezes pareçam simpáticos ou nos façam rir, pouco conteúdo possuem ou quase nada dizem de fato. Por isso, há de se ter o devido cuidado com a utilização de alguns termos ou expressões cujos significados implicam consideráveis resultados. Neste rol pode-se incluir uma expressão cujo real significado vem sendo esquecido ou distorcido nos últimos tempos. Este é o caso da expressão “Planejamento Tributário”. É inegável que cada contribuinte tem o direito de optar por conduzir suas atividades, sob o ponto de vista tributário, da maneira menos onerosa possível, desde que isso não signifique a prática de atos proibidos pela lei. Aliás, mais do que um direito, pode-se dizer que se trata, pois, de um dever de todo administrador/diretor de uma empresa privada: direcionar suas atividades no sentido de arcar com o menor ônus tributário, sem que isso implique a prática de infrações. É certo que esse direito/dever, em muitas situações, torna-se deveras complexo e difícil de ser alcançado, em face à inequívoca complexidade da legislação tributária. No entanto, levando-se em consideração o grau de importância que os tributos possuem na composição dos custos das mercadorias ou serviços, é inaceitável que o contribuinte resignadamente opte por desenvolver suas atividades de uma maneira mais simples, não obstante isso possa significar pagar mais tributos. Nesta quadra da história em que a complexidade das relações econômicas vai paulatinamente se sofisticando, não há como imaginar que a relação com Fisco possa ser muito simplificada. Em vista disso, necessariamente há de se reconhecer que a atividade empresarial também se torna crescentemente mais complexa neste aspecto, razão pela qual a criação de uma estrutura tecnicamente bem preparada para compreender e

administrar a questão fiscal impõe-se como um caminho inescapável. Ocorre que, o denominado “Planejamento Tributário” vendido por alguns gurus do conhecimento tributário - no mais das vezes, corresponde tão somente à mera aplicação da lei ou, o que é pior, a elaboração de um plano para praticar infrações à lei. Se, no primeiro caso o dito planejamento nada mais é do que inútil, no segundo caso pode significar a assunção de consideráveis riscos futuros. É evidente que não há como aplicar adequadamente uma lei, sem que se tenha o também adequado conhecimento desta. No entanto, não basta apenas interpretar para aplicar adequadamente uma lei em um determinado caso concreto. É imprescindível, pois, conhecer a situação fática de cada empresa e de cada atividade desenvolvida. Basta lembrar, por exemplo, da questão do princípio da não-cumulatividade, em relação ao qual, sem um o adequado entendimento das normas jurídicas, bem como sem um aprofundado conhecimento da atividade desenvolvida, não é possível concluir quais itens que propiciam direito ao crédito de ICMS, IPI, PIS e COFINS nas aquisições. Enfim, é possível dizer que uma estrutura fiscal tecnicamente eficaz há de ser construída com a junção de esforços entre aqueles que estão aptos a interpretar adequadamente as normas jurídicas e profissionais que conheçam detalhadamente a atividade da empresa. Por isso, a interação entre especialistas externos e profissionais internos em uma estrutura, que se poderia denominar de “Comitê Tributário”, apresenta-se como uma nova tendência na administração da questão fiscal, evitando-se assim que receitas de duvidosa validade sejam vendidas como verdades absolutas e, de outro lado, propiciando que a atividade se desenvolva com o menor ônus fiscal possível – sem ferir a lei. * Advogado Tributarista, Doutor em Direito UNISINOS, Assessor Jurídico do SINDIMETAL.

PALESTRA NO SINDIMETAL "Questões atuais e controversas em matéria tributária"

N

a medida em que as atividades relativas ao ano de 2011 retomam o seu pleno curso, fazse necessário (re)examinar as grandes questões, que ainda estão pendentes de solução, bem como as controvérsias representativas em matéria tributária. Em vista disso, o Grupo Tributário do SINDIMETAL está organizando um evento no qual serão debatidas e discutidas as questões tributárias, que possam vir a ser resolvidas definitivamente neste ano.

A palestra sobre "Questões atuais e controversas em matéria tributária", que ocorrerá no dia 30 de março, às 17h, na sede do SINDIMETAL, irá examinar o cenário político, econômico e jurídico, que direta ou indiretamente venham a influenciar nos rumos das discussões dos grandes temas nesta área. Em especial, serão abordadas questões relativas ao PIS/ COFINS, ICMS, Imposto sobre Serviços ISS, INSS (em especial a ação judicial promovida pelo SINDIMETAL que beneficia Espaço SINDIMETAL Nº26 - 14

a todos filiados) e SUPERSIMPLES (alterações na legislação gaúcha). “Enfim, será um momento em que poderá ser realizado um debate informal no sentido de dirimir dúvidas, examinar cenários e traçar estratégias, que estejam aptas a propiciar o melhor planejamento tributário possível para este importante ano de 2011”, registra o palestrante Marciano Buffon, advogado e assessor Jurídico do SINDIMETAL, na área Tributária.


Central de Negócios

CENTRAL DE NEGÓCIOS DIVULGA AGENDA DE ATIVIDADES

A

Central de Negócios do SINDIMETAL apresenta a agenda de atividades, que irá nortear os trabalhos em 2011. Embora as negociações estejam previstas, algumas só ocorrem se houver, por parte das empresas, retorno da

demanda solicitada. As empresas interessadas em participar das negociações devem ficar atentas aos e-mails enviados, pois somente quem manifesta interesse em par ticipar, recebe as respectivas informações.

Saiba mais sobre a Central de Negócios contatando através do e-mail relacionamento@sindimetalrs.org.br ou pelo fone 3590-7707, com Andrea Maganha.

Agenda de Negociações SINDIMETAL MÊS | NEGOCIAÇÃO

PRODUTO AÇO EM BARRA CESTAS NATALINAS EPI EXTINTORES DE INCÊNDIO MAT EXPEDIENTE/ESCRITÓRIO PANOS INDUSTRIAIS

FEVEREIRO

MARÇO

ABRIL

MAIO

JUNHO

JULHO

AGOSTO

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO Neg

Neg

Neg

X Neg

X X

X X

X X

X X

X Neg

X X

Neg X

X X

X X

X

X

X

X

Neg

X

X

X

X

X

Neg

X

X

X

X

Neg

X

X

X

X

X

X

X

X

X

Neg

X

X

X

X

Agenda de Negociações SINMAQ SINOS PRODUTO BRONZE/COBRE/LATÃO CHAPAS FIXAÇÃO INOX MOTORES OXICORTE

FIERGS CIERGS SESI SENAI IEL

MÊS | NEGOCIAÇÃO FEVEREIRO

MARÇO

ABRIL

MAIO

JUNHO

JULHO

AGOSTO

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

X

Neg

X

Neg

X

Neg

X

Neg

X

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

Neg

X

X

X

Neg

X

X

X

Neg

X

X

Neg

X

Neg

X

Neg

X

Neg

X

Neg

X

HANNOVER 2011 - FIERGS NA PAUTA EMPRESARIAL

Sistema

SINDIMETAL PRESENTE NO COMITÊ DE PETRÓLEO E GÁS

F

SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO

oi implantado na FIERGS, em 2010, o Comitê de Competitividade em Petróleo, Gás e Energia (CCPGE), vislumbrando uma nova geração de oportunidades de negócios para o mercado gaúcho. A procura por indústrias capacitadas para atender os investimentos que o Brasil deverá fazer, abre as portas para uma nova cadeia produtiva local. Segundo especialistas, existe uma projeção de 30 anos de prosperidade, no segmento de petróleo e gás. A diversidade de fornecimento é ampla, visto que 7 mil itens são demandados pela Petrobras. O SINDIMETAL, em virtude da sua representatividade, foi convidado a integrar este comitê, que objetiva desencadear ações de sensibilização perante as empresas associadas, contribuindo, assim, para realização de um cadastro. O leque de abrangência é tão grande que empresas dos mais variados setores, como automação, eletrônica, elétrica, software, equipamentos mecânicos, metalurgia, componentes, engenharia, serviços entre outros, estão contempladas por demandas. As indústrias gaúchas, capacitadas para fornecer produtos ou serviços, podem se cadastrar para participar do projeto, a partir do endereço www.fiergs.org.br/cadastrors

O

correu no dia 31 de janeiro, na sede do SINDIMETAL, um encontro, que reuniu empresários interessados em participar da missão com destino a Feira Hannover Messe 2011. A mesma, que será realizada no período de 04 a 08 de abril, é um passo importante em direção a novos desafios profissionais. Kurt Ziegler, integrante da FIERGS/ GEREX, esteve no SINDIMETAL para apresentar dados e informações relevantes sobre a Feira de Tecnologia de Hannover, maior evento tecnológico do mundo, que acontece em Hannover, na Alemanha.

N

VITRINE Edição nº 25

a edição anterior, do ESPAÇO SINDIMETAL, a empresa Rol Mar Metalúrgica Ltda., com sede em São Leopoldo, comemorando 30 anos no Brasil, foi homenageada com destaque na VITRINE. Reconhecida como a primeira fábrica de rolamentos cônicos na América Latina, mantém a liderança na produção de rolamentos, sempre atenta a qualidade e o bom atendimento ao cliente. Retificamos que a produção de rolamentos, na Argentina, existe há 67 anos e não 57 anos como foi mencionado na respectiva matéria.

Espaço SINDIMETAL Nº26 - 15 "Verifique sempre se os filtros do aparelho de ar condicionados estão limpos". (wwf )


VITRINE

COESTER

COESTER AUTOMAÇÃO INOVANDO SEMPRE

D

esenvolver e fornecer soluções integradas para demissão em 1969, quando passou a se dedicar a Coester. automação de válvulas, tendo a inovação como principal Introduziu, no Brasil, a grande novidade tecnológica da diferencial competitivo é a missão da Coester época: os primeiros intercomunicadores transistorizados do Automação. Com sede em São Leopoldo e filial em São Paulo, a mercado. “Ninguém acreditava em transistor naquela época. empresa possui representantes em 15 estados brasileiros e em Tudo era a válvula”, lembra. A empresa começou com quatro países como Argentina, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela e funcionários e o apoio da esposa, Elida, grande incentivadora, México. com quem é casado há 46 anos. Oskar adaptou vários conceitos Classificada como “Empresa de Base Tecnológica” pela de automação aeronáutica – aprendida na época da Varig – à FINEP – Financiadora de Estudos e Projetos – indústria naval. Sua empresa se tornou ligada ao Ministério de Ciência e Tecnologia, pioneira, na fabricação de pilotos automáticos conta com o apoio integral da Agência, para para a marinha. seu novo Plano de Negócios, que tem entre Mas a história reservaria novos outros objetivos, acelerar a internacionalização desafios. Trinta e três anos atrás teve uma ideia da empresa. para amenizar o problema de mobilidade Desde 1963, a Coester desenvolve urbana das grandes cidades: a criação de um tecnologia de ponta. Com forte atuação nos trem aéreo, que circulasse em trilhos segmentos de petróleo & gás, saneamento, suspensos e que se locomovesse unicamente papel & celulose, etanol, cimento, energia, com a força do ar. Uma linha experimental foi Oskar Coester siderurgia e mineração é especialista em erguida em Porto Alegre. “Não sei por que soluções integradas para automação de válvulas. cargas d'água lembrei-me do princípio do barco à vela e pensei: A empresa, com 8mil m² de área construída, orgulha-se coloco a vela invertida para baixo, dentro de um túnel, e gero ar de contar com uma equipe qualificada, incluindo a experiência de com um ventilador. Por que não experimentar?”, recorda. O funcionários admitidos desde a sua fundação. Na linha de frente idealizador do projeto AEROMÓVEL, para transporte urbano de estão Oskar Coester, presidente e fundador da empresa; Marcus passageiros, Oskar Coester, despretensioso, não sabia, mas Coester, diretor de Marketing, recentemente convidado para estava entrando para a história. ocupar a presidência da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Depois de ser patenteado, em 1978, na Inglaterra, o Promoção do Investimento (AGDI); Wilson Kapp, diretor Industrial aeromóvel se tornou assunto de repercussão nacional. Passando e Carlos Hennig, gerente de Tecnologia. por tantos desafios, ele não deixou o sonho morrer. Durante esse O Grupo Coester reúne duas empresas: a Coester tempo, a ideia vingou na Indonésia, onde uma linha comercial Automação, que busca cerca de 60% de seu faturamento nas funciona há 21 anos. vendas de atuadores elétricos inteligentes para a Petrobras, e a Hoje, está prestes a viver o final feliz desta novela. O Aeromovel Brasil. Ministério das Cidades decidiu investir em uma linha entre o Aeroporto Internacional Salgado Filho e uma estação da DESAFIANDO O TEMPO Trensurb, estatal, que administra o metrô em Porto Alegre. O Movido pela necessidade de “continuar sempre a pensar trajeto entre as duas estações de embarque, com distância de 944 nas coisas e como fazê-las melhor”, Oskar, com 72 anos de metros, deverá ser percorrido em 90 segundos. O aeromóvel terá experiência e muita determinação, tem a energia de um “jovem tecnologia 100% nacional. Serão dois veículos - com capacidades empreendedor”. Formou-se na Escola Técnica Federal de Pelotas, de 150 e 300 passageiros - que permitirão acesso rápido e direto sua terra natal, e aos 17 anos, conquistou um lugar na Escola da dos usuários ao terminal de embarque do aeroporto. Varig, em Porto Alegre, onde estudou mecânica e eletrônica “Todo empreendimento precisa servir a sociedade antes aeronáutica. Tornou-se especialista nos processos de controle de servir-se dela”, afirma Oskar, lembrando que “é preciso apostar eletrônico de aeronaves e funcionário reconhecido pelo no que se está fazendo”. Certamente a determinação, o talento e presidente da companhia, Rubem Berta, de quem guarda fortes o aprimoramento permanente continuarão mantendo a Coester, recordações. Trabalhou na companhia durante 13 anos, até pedir associada do SINDIMETAL, nos trilhos do sucesso.

COESTER

AEROMÓVEL

ATUADORES

Espaço SINDIMETAL Nº 26  

www.sindimetalrs.org.br