Issuu on Google+

O QUE Sテグ AS VITRINES VIRTUAIS

p. 6

ENTREVISTA COM PAULO KRUSE p. 8

O MERCADO DA MODA NO BRASIL p. 10

O sucesso da FEBRAVAR 2013 Fique por dentro dos melhores momentos da primeira Feira Brasileira do Varejo e do que ela representou aos mais de 3.500 participantes

Revista do Sindicato dos Lojistas do Comテゥrcio de Porto Alegre/RS

Nツコ 62 窶「 ANO VII AGOSTO 2013


2 AGOSTO 2013

CONEXテグ VAREJO


agosto 2013 4

23

EDITORIAL Vamos reconstruir

MERCADO O saldo das manifestações em Porto Alegre

5

24

VOCÊ PRECISA SABER

6 GESTÃO DA INOVAÇÃO Vitrines muito atrativas

LOJISTA EM DESTAQUE

26 ESPAÇO SINDILOJAS

28

19

ESTÁ CHEGANDO A VALE MAIS

GALERIA SINDILOJAS

22 FOCO NO FUTURO

25 5

30 CLIQUE Sindilojas é Troféu Prata no PGQP

8

ESPECIAL 75 ANOS

10

PERFIL DE CONSUMO O mercado da moda brasileiro

2

CASE EXTERNO O estilo online da loja Sophie & Juliete

COBERTURA ESPECIAL FEBRAVAR

12

PERSONALIDADE O que pensa o presidente da Febravar, Paulo Kruse


EDITORIAL EXPEDIENTE

Ronaldo Sielichow Presidente do Sindilojas Porto Alegre

Ao lado do lojista! S MANIFESTAÇÕES OCORRIDAS no mês de junho em Porto Alegre tiveram o objetivo de reivindicar melhores condições para os brasileiros. Mas, infelizmente, a atitude de vândalos infiltrados prejudicou o comércio. Essas ações geraram mais de R$ 3 milhões em prejuízo às lojas porto-alegrenses, com perdas em saques, pichações, vidraças e equipamentos quebrados. O Sindilojas Porto Alegre se colocou ao lado do lojista para tentar minimizar os danos causados, oferecendo assessoria jurídica, para orientar os comerciantes sobre medidas legais que podem ser tomadas em relação às ocorrências e realizando reuniões com a Brigada Militar pedindo mais segurança. Também fizemos encontros com outras entidades do segmento do varejo em busca de soluções. É sempre importante lembrar que somos a favor das ações em prol de um país melhor, e é esse nosso papel fundamental como sindicato, mas não podemos admitir prejuízos aos comerciantes e a todos os trabalhadores. Na contramão das más notícias, no mês em que estivemos reconstruindo estabelecimentos e reparando os danos causados pelo vandalismo, também tivemos na cidade uma motivação a mais para recompor o comércio, a primeira Feira Brasileira do Varejo (Febravar), que se traduziu como um evento gerador de grandes oportunidades. Gostaria de agradecer a todos que participaram do evento. É com o trabalho conjunto que levaremos o varejo da Capital a ser um exemplo, a ser melhor, e, principalmente, a ser mais forte.

A

“Estivemos trabalhando ao lado do lojista para minimizar os danos causados pelo vandalismo”

PRINCÍPIOS ORGANIZACIONAIS MISSÃO: “Representar, defender e promover o desenvolvimento da classe lojista, com excelência em serviços, gerando benefícios e vantagens para a categoria, associados e sociedade”. VISÃO: “Ser referência nacional em Entidade patronal sendo decisivo no desenvolvimento do comércio varejista de Porto Alegre.”

4 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

VALORES: Ética: Respeitar normas e diretrizes da Entidade com honestidade e integridade. Comprometimento: Ter compromisso e responsabilidade com os objetivos da Entidade demonstrando iniciativa e proatividade junto aos associados. Foco no resultado: Ser eficaz na defesa de suas bandeiras. Trabalho em equipe: Trabalhar como um time, somando competências para alcançar os objetivos. Transparência na gestão: Dar visibilidade aos processos, ações e resultados da Entidade. Inovação: Buscar soluções criativas e ideias inovadoras frente aos desafios. Responsabilidade Socioambiental: Em suas ações, considerar a sustentabilidade em benefício da sociedade e do meio ambiente.

Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre/RS Rua dos Andradas, nº 1.234. Edifício Santa Cruz, 22º andar – Centro Histórico Porto Alegre/RS Fone: (51) 3025.8300 Fax: (51) 3228.1123 sindilojaspoa.com.br Unidade Shopping Total Avenida Cristóvão Colombo, 545, loja 1122 Fone: (51) 3018.8122 Diretoria Sindilojas Porto Alegre Presidente: Ronaldo Sielichow Vice-presidente: Paulo Kruse Vice-presidente Administrativo: Daniel Casais Vice-presidente Financeiro: Marco A. Belotto Pereira Vice-presidente de Relações de Trabalho: Sergio Axelrud Galbinski Vice-presidente Comercial: João Rodrigues Vice-presidente de Comunicação e Marketing: Paulo Penna Rey Vice-presidente de Relações Políticas e Institucionais: Arcione Piva Diretor Administrativo: Roni Zenevich Diretor Financeiro: Augusto Hecktheuer Diretor de Relações de Trabalho: Vladimir Machado Diretor Comercial: Tarcísio Pires Diretor de Comunicação e Marketing: Antonio Gomes Diretor de Relações Políticas e Institucionais: Antonio Sanzi Suplentes: Alécio Ughini, Eduardo Suslik Igor, Gustavo Orlandini Schifino, Irio Piva, José Galló, Manoel Motyl, Marivaldo Tumelero, Mauro Suslik Tornain, Moacir Sibemberg, Nádia Regina Almeida, Nelson Jawetz, Ricardo De Conto, Silvio Sibemberg e Vilson Noer. Diretores Adjuntos: Eduardo Spunberg, Eduardo Lasevitch, Luiz Caldas Milano e Roberto Zimmer Conselho Fiscal: Lídio Ughini, Wilson Scortegagna e Alcides Debus Suplentes: Carlos Schmaedecke, Hermes Queiroz e Orisvaldino Magnus Scheffer Conexão Varejo - Publicação do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre (Sindilojas Porto Alegre), produzida pela Giornale Comunicação Empresarial. As colaborações e sugestões de pauta para a publicação devem ser enviadas para conexao@giornale.com.br Atendimento ao leitor e Assessoria de Imprensa: imprensa@sindilojaspoa.com.br Fone: (51) 3025-8323 Conselho Editorial – Sindilojas Porto Alegre Presidente: Ronaldo Sielichow Vice-presidente de Comunicação e Marketing: Paulo Penna Rey Diretor de Comunicação e Marketing: Antonio Gomes Superintendente: Márcio Allegretti Gerente de Comunicação e Marketing: Karin Souza Produção Assessora de Imprensa: Jacqueline Oliveira Assistente de Comunicação: Fernanda Assenato

Giornale Comunicação Empresarial Fone (51) 3378.7100 * www.giornale.com.br Direção Geral: Denise Polidori Direção Executiva e Estratégica: Fernanda Carvalho Garcia Direção de Conteúdo e Jornalista Responsável: Roberta Muradás (Reg. Prof. 9351) Coordenação da Publicação: Ivana Gehlen Redação: Rafaela Johann e Ivana Gehlen Projeto Gráfico: Samir Machado de Machado Editoração: Maíra Woloszyn e Guilherme Ribeiro Fotos: Arquivo Sindilojas Porto Alegre, Daniela Villar, Manuel da Costa, Museu José Joaquim Felizardo, Tânia Meinerz e Divulgação. Comercialização: Sindilojas Porto Alegre Contato: comercial@sindilojaspoa.com.br ou pelo telefone: 3025-8300 Impressão: Pallotti Tiragem: 6 mil exemplares

Edições Anteriores Acesse o site do Sindilojas Porto Alegre e baixe a Conexão Varejo em formato PDF.


VOCÊ PRECISA SABER

Detalhar imposto na nota fiscal A lei que exige detalhar impostos na nota fiscal entrou em vigor no mês de junho. Ela obriga o comércio de todo o país a emitir notas fiscais que discriminem os impostos municipais, estaduais e federais sobre cada produto comprado. No entanto, a lei ainda não foi regulamentada e a cobrança da multa para quem descumprir a determinação foi adiada por um ano. No caso dos produtos parciais ou totalmente importados, a lei estabelece ainda que os tributos de importação serão discriminados para o consumidor quando corresponderem a mais de 20% do preço da mercadoria. Também no caso em que os encargos da Previdência Social dos funcionários incidirem diretamente sobre o valor final ao consumidor, esses deverão entrar na soma dos impostos. Após esse período de um ano, quem descumprir a lei fica sujeito às sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor, o que incluiu multas, interdição do estabelecimento e até mesmo suspensão e cassação de licença.

Estabilidade para gestantes Entrou em vigor a Lei nº 12.812 que garante estabilidade no emprego a gestantes que cumprem aviso prévio, que equivale a um mês do fim do contrato de trabalho. De acordo com o texto, a estabilidade será garantida também em casos de aviso prévio indenizado: quando a funcionária recebe o salário referente ao período, mas não é obrigada a comparecer ao serviço. Com a edição da norma, a gestante tem estabilidade garantida do momento em que descobre a gravidez até cinco meses após o nascimento de seu filho.

Mudanças nos cartões de crédito e débito Foi apresentado no Senado um projeto de lei, de autoria do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), que propõe mudanças no mercado de cartões de crédito e débito. Segundo o texto, o comerciante poderá dar descontos em relação ao preço base para diferentes meios de pagamento ou para prazos menores. O valor do desconto varia conforme a função solicitada na compra (crédito ou débito) e do prazo de pagamento – quanto menor, maior o desconto. Segundo a proposta, esta diferenciação de preço revelará aos usuários de cartão qual é o custo efetivo do seu uso, pois muitos deles têm a ilusão de que os benefícios recebidos são gratuitos. O projeto de lei

também estabelece que, se a administradora de cartões oferecer programa de recompensa aos usuários, deverá colocar à disposição deles a opção alternativa de concessão de desconto, em percentual sobre o valor efetivamente pago, incidente sobre a fatura seguinte à do pagamento. Nesse caso, o percentual de desconto deverá ser idêntico para todos os consumidores do mesmo produto.

NOTA FISCAL GAÚCHA (TXLSDPHQWRV†7UHLQDPHQWRV†$VVLVWrQFLD7pFQLFD†6RIWZDUHV

ZZZORJLFER[FRPEU IDFHERRNFRPORJLFER[DXWRPDFDR #ORJLFER[E

Financiamento via Cartão BNDES

Av. Iguaçú, 41 - Loja 01 - Petrópolis - Porto Alegre / RS - Fone: 51.3076.3321 - 3076.3310

CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

5


GESTÃO DA INOVAÇÃO

Quem visitou a Feira Brasileira do Varejo pode conferir o Digital Look e experimentar essa nova tecnologia!

Uma loja mais virtual A tecnologia chegou às vitrines das lojas. Conheça as inovações da Creapix.

6 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

S TECNOLOGIAS aplicadas ao varejo estão trazendo facilidades aos clientes. As vitrines, por exemplo, criadas em meados do século 19, já não são mais as mesmas, passando por muitos fatores que as modernizaram. Uma nova maneira dos lojistas exporem seus produtos e dos consumidores realizarem suas compras chega ao Brasil: as vitrines virtuais. Elas funcionam por meio de um software com uma câmera localizada no topo das lojas que registra o movimento das mãos dos compradores, e isso faz com que o cliente possa controlar a tela e ver todos os produtos disponíveis para venda. O consumidor anseia cada vez mais por agilidade, e, pensando nisso, a inovação se estendeu também para os provadores das lojas de vestuário. Trata-se de uma ferramenta que permite que você se veja com a roupa

A


COMO FUNCIONA 1. O cliente se posiciona em frente a uma tela de LCD e um sensor de movimentos. 2. Através de movimentos simples, seleciona as peças de roupas que deseja experimentar.

3. Caso seja necessário, o cliente ajusta o tamanho da peça selecionada para a sua medida. 4. Em segundos o cliente se vê com a roupa em seu corpo, através da tela de LCD.

Ronaldo Sielichow experimentou o Provador Virtual durante a Febravar 2013

escolhida numa tela de LCD. A troca de roupas é instantânea e a ferramenta está chamando a atenção, principalmente, do público feminino. Tecnologia em ascensão A primeira vitrine virtual teve origem na Coreia do Sul, no metrô de Seul, em 2011. A iniciativa foi considerada uma estratégia de marketing da rede varejista Home Plus, que tinha o objetivo de incentivar o uso do aplicativo de compras pelo smartphone. As vitrines geralmente são colocadas em locais públicos de grande circulação. Os painéis mostram as imagens dos produtos com um código de barras, ao posicionar o celular em frente ao código, o consumidor é direcionado à loja virtual da empresa, onde o item é adicionado a sua compra. O pagamento é feito por cartão de crédito no próprio celular e os produtos são entregues em casa horas depois. No Brasil, o Grupo Pão

de Açúcar e o Submarino já aderiram à novidade. A empresa carioca Creapix Tecnologia Criativa criou para uma grife feminina uma espécie de vitrine virtual. A coordenadora de projetos da Creapix, Ana Laura Massa, explica que foi realizado um projeto chamado Look Book. “Uma tela interativa permite ao consumidor da marca conhecer com mais detalhes as peças da coleção, remontá-las em novos looks, além dos prédefinidos, e em tempo real enviar as fotos para o e-mail do cliente, de maneira rápida, fácil e participativa”, conta. Sem fazer esforço Outro projeto com a tecnologia criativa da Creapix é o Digital Look, um provador virtual de roupas em 3D voltado aos consumidores que têm preguiça de trocar de roupa dentro de uma cabine. A tecnologia utiliza sensores tridimensionais que fazem com que você experimen-

5. Após ver-se com a roupa, ainda é possível compartilhar a foto no Facebook da marca, enviá-la por e-mail e imprimir na hora utilizando um template (efeito) personalizado.

te peças de roupas e acessórios somente através de gestos e que possa, inclusive, compartilhar fotos através do Facebook da marca. Ana Laura explica que o provador virtual pode ser usado para gerar experiência com o consumidor ou até mesmo para criar uma ação promocional com o objetivo de alavancar as vendas. Ela acrescenta que o mercado de entretenimento também já aderiu à ferramenta com o intuito de estabelecer uma interação com o cliente. “Com o constante crescimento nas compras online, as lojas físicas precisam se reinventar para atrair os consumidores. Jovens e crianças demonstram maior facilidade para utilizar a tecnologia como meio de compra, e é esse o público do futuro, eles fazem parte de uma geração que possui acesso desde cedo às tecnologias como tablets, computadores e videogame”, conclui. Veja mais fotos em www.facebook.com/sindilojaspoa CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

7


PERSONALIDADE

Paulo Kruse presidente da Febravar 2013

Oportunidade

única O

VICE-PRESIDENTE DO SINDILOJAS Porto Alegre, Paulo Kruse, presidiu a Febravar 2013, evento que reuniu 3.500 mil pessoas na capital gaúcha para falar sobre o futuro do varejo.

O que de mais interessante a Febravar agregou à vida do lojista, na sua opinião? A Febravar trouxe inovação e acesso a tudo o que há de mais tecnológico no varejo, não só com relação a equipamentos, mas com conceitos inovadores e muita informação. Além disso, ela proporcionou interação com outros lojistas, melhorar procedimentos e ainda informar comerciantes sobre meios de aumentar seus lucros e competitividade. Por que é importante ter um evento dessa magnitude no Rio Grande do Sul? O varejo gaúcho cada vez mais tem buscado informação para se aprimorar. Vemos isso no Sindilojas, por exemplo, que promove vários encontros, formações e debates em prol do desenvolvimento do comércio. Havia um pedido especial por parte dos lojistas de termos um momento para reunir em um só lugar tudo o 8 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

que há de mais inovador na nossa área. A Febravar é uma oportunidade para encontrar fornecedores, palestrantes e varejistas de todos os segmentos num único ambiente. Tivemos participantes vindos de diversos municípios do Rio Grande do Sul e também de fora do Estado, como Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, etc. Quais tendências mais lhe chamam a atenção? Fiquei entusiasmado com muitas coisas que vi na Feira, incluindo o estande da NC4U que apresentou o painel interativo, inédito no Rio Grande do Sul. Gostei do provador virtual, da mesa de exposição dos tênis, do piso que interage com a sombra e revela outra imagem. São muitas inovações que, além de atraírem clientes, podem facilitar (e muito!) a vida dos lojistas. Os sistemas de automação no varejo só têm a contribuir para um negócio próspero, é um investimento que vale a pena.


Por que é importante conhecer o consumidor para vender melhor? E como o senhor vê o potencial do comércio local? O consumidor brasileiro, um tempo atrás, não tinha muitas opções de escolha no comércio por causa da inflação e da limitação à importação. Hoje ele mudou de patamar e já detém o poder de compra. Antigamente, o lojista acabava dizendo o que o cliente deveria levar, hoje em dia, todos sabem o que querem e têm uma grande oferta de produtos à disposição. Por isso, o comerciante deve ficar muito atento a esse comportamento e entender que precisa acompanhar a tecnologia, a evolução do seu cliente e de forma geral o mercado, porque ele já não compete mais com o vizinho, com lojas do bairro ao lado, mas com um mercado mundial. Com o acesso à internet, por exemplo, o consumidor pesquisa sobre os produtos e recebe uma enxurrada de ofertas, por isso é necessário pensar num grande diferencial para sua loja. Temos um potencial enorme na nossa região, e percebemos isso nos eventos como a Febravar, que teve um público participativo e ávido por informação. No Sindilojas estamos sempre oferecendo qualificação e formação ao comércio e sentimos que o lojista tem essa necessidade de se informar e estar por dentro de tudo o que acontece no varejo mundial. Quem não se qualificar, certamente, vai ficar para trás no futuro. Quais as perspectivas para a Febravar do ano que vem? O feedback a respeito da Feira foi muito positivo, e no ano que vem o encontro será ainda maior. Será ano de Copa no Brasil e uma Feira Brasileira do Varejo só vem agregar ainda mais conhecimento, motivação e novidades para todos. Estamos prevendo um evento ainda mais completo, mais informativo e mais participativo. Já temos muitas ideias, vale a pena esperar e se programar para setembro de 2014. CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

9


PERFIL DE CONSUMO

74% compraram roupas e acessórios nos últimos 30 dias e

34% Um nicho que não sai de moda MERCADO DA MODA brasileira movimenta cerca de R$ 100 bilhões por ano no Brasil e vem ganhando espaço numa escala global. A indústria de confecção já é a quarta maior do mundo, enquanto a têxtil se encontra na quinta posição. Uma pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência apontou uma perspectiva de consumo em 2013 de R$ 129 bilhões e revelou também que os maiores consumidores pertencem às classes C (40,4%) e B (39,7%). Como era de se esperar, o principal público consumidor são as mulheres (59%) que têm entre 25 e 34 anos (40%). O comportamento da população brasileira em relação à moda também influencia no crescimento desse nicho: 38% dos entrevistados tratam de estar em dia com as tendências e estilos. Os itens mais comprados são tênis, vestido, blusa feminina, sandália e sapato, respectivamente.

O

10 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

compraram calçados

79%

geralmente planejam bem a compra de produtos caros

$$$$ $$$ $ $$


ENQUETE

85%

procuram por ofertas com descontos

68% pensam que marcas conhecidas são melhores

QUE PEÇA NÃO PODE FALTAR NO SEU GUARDA-ROUPA? “Blusa e short são as peças chaves do meu guarda-roupa. Blusas combinam com tudo e short é uma das peças que mais gosto, lamento por não ser verão o ano inteiro.” Camila da Silva, estudante

“No meu guarda-roupa não pode faltar um cachecol, pois é uma peça que tem o poder de mudar o look todo.” Leonel Martins, graduando Comunicação

“Uma bermuda jeans é um grande curinga para mim, porque pode ser usada no verão, em um estilo despojado ou – do jeito que mais gosto – no inverno, acompanhada de uma meia-calça grossa e bota deixando o look mais urbano e superconfortável.” Rosana Correa, Perita Criminal

“Não podem faltar camisas sociais, pois considero um traje mais formal e de bom tom no meio profissional.” Rodrigo Paganella, graduando Direito

CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

11


ESPECIAL

Autoridades abrindo a FEBRAVAR

O SUCESSO CHAMADO

FEBRAVAR A primeira Feira Brasileira do Varejo reuniu quase 4 mil pessoas e apresentou ao público as novidades e tendências para o varejo nos próximos anos. Foi um momento para reciclar conhecimentos, estabelecer relacionamentos e parcerias e aprender novas formas de gerir o negócio com sucesso e inovação.

12 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

ORAM MILHARES DE VISITANTES, 46 estandes, 35 expositores, 21 palestrantes e avaliação positiva do público e dos expositores. O saldo da primeira Feira Brasileira do Varejo, e do Congresso para o Desenvolvimento do Varejo, realizados pelo Sindilojas Porto Alegre no mês de julho, foi excelente. Inédito no Brasil, o evento foi bastante prestigiado por lojistas, fornecedores, formadores de opinião e interessados de todo o País com um objetivo comum: desenvolver o varejo. Por isso, a Febravar se traduziu como uma grande oportunidade para todos em: relacionamento,

F

visibilidade para as empresas, networking, prospecção, oportunidades de negócios e troca de informação. Novidades tecnológicas do varejo mundial estiveram à disposição de lojistas e do público em geral durante os três dias em dois andares de estandes com fornecedores de diversos segmentos, que apresentaram suas inovações de forma prática e experimental. “Esse evento é fruto de um trabalho que iniciou há dois anos e foi inspirado nos maiores congressos e feiras internacionais, como a NRF. Foi um

momento de muita troca, conhecimento e inspiração”, disse o presidente do Sindilojas Porto Alegre, Ronaldo Sielichow. O Presidente da Febravar, Paulo Kruse, completou dizendo: “Estamos satisfeitos por conseguir criar um evento com tanto conteúdo relevante para o lojista, e isso beneficia a todos. A próxima feira será ainda melhor”, disse. O Congresso trabalhou com três temas: Tendências do Varejo, Pessoas e Estratégias. Confira a cobertura especial das palestras da Febravar 2013:


1º dia Tendências do Varejo Alta competitividade A diretora substituta do Departamento de Políticas de Comércio e Serviços do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Edna Souza Cesetti, abriu o ciclo de palestras do primeiro dia apresentando o “Plano Brasil Maior” e como ele pode gerar o aumento da competitividade da indústria nacional. “O plano tem como objetivo a formulação de propostas que impactam o varejo. Nossa principal meta é construir políticas públicas por meio de representantes dos diversos segmentos da sociedade”, explicou.

Um varejo construído por histórias A segunda palestra do dia foi um momento para discutir o varejo do futuro em uma mesa-redonda mediada pelo jornalista Paulo Sérgio Pinto, e com a participação de Luciano Deos (Founder & CEO Gad), Tobias Schanan (CEO Empório Body Store) e Gustavo Schifino (Presidente da CDL Porto Alegre e diretor de Expansão das Lojas Trópico). Os debatedores levantaram a pergunta: “Que história o varejo vai contar?”. Para eles, a tecnologia só é válida se a marca direciona seus produtos, pessoas e experiências e tem uma história para contar. Schifino destacou que estamos diante de uma geração sempre conectada, que quer viver, não apenas adquirir e sobreviver como seus pais e avós. Já Schanan ressaltou que o futuro do varejo está no conceito agregado ao produto. “O consumidor quer se identificar e criar vínculo emocional com a marca”, afirmou. Para Luciano Deos, o desafio das empresas é permanecer sendo interessantes. “Hoje, na maioria dos negócios, arrisca-se muito pouco. Faltam histórias realmente arrojadas e distintas”, finalizou. CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

13


Mídias digitais e interativas Seguindo o tema do dia, a palestra In Store DOOH (Digital Out Of Home) apresentou a mídia digital para a implementação em lojas. O diretor de Produção, Instalação, Suporte e Manutenção da NC4U, Edgar Bueno Júnior, explicou sobre o DOOH, um painel que pode exibir conteúdo possível de se controlar. “A ferramenta pode ser utilizada no varejo para informar, anunciar ou até distrair o consumidor. É uma maneira de individualizar as informações para cada cliente”, afirmou.

Sonhos no varejo Às 19h subia ao palco o presidente do GH & Associates e do Retail Design Institute no Brasil, George Homer, que falou sobre a importância das marcas contarem histórias ao público. “Contar histórias engaja e transfere conhecimento e confiança para o consumidor. É altamente estratégico, pois envolve a criação de relacionamento e mostra quem você é.” O palestrante acrescentou ainda que as empresas precisam conhecer seus consumidores com profundidade e se comprometer com a sustentabilidade.

2º dia – Pessoas A Loja que Fala Dado Schneider, doutor em Comunicação, disse na primeira palestra do 2º dia que a imagem da loja e das pessoas que fazem parte dela é determinante. “Às vezes a loja não é perfeita, mas tem gente querendo atender bem. Isso é o que conta”, disse ele.

Uma gestão de detalhes O consultor e professor da ESPM Sul Claudio D’Avila lembrou aos participantes que a gestão dos detalhes em uma empresa do varejo pode fazer toda a diferença e que para alcançar sucesso é indispensável planejar e alinhar os valores da empresa aos dos funcionários. “Precisamos ter em mente que preço é estratégia de venda, valor é o diferencial”, avaliou. 14 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO


Era do Cibridismo As ideias sempre existiram. Mas o avanço da comunicação e dos transportes faz com que elas se multipliquem, o que cria a inovação. Essa foi uma das teorias apresentadas por Martha Gabriel, diretora de Tecnologia da New Media Developers, em sua palestra que encerrou o 2º dia de atividades da Febravar. Ela explicou que numa era em que o digital e o humano estão interligados (Cibridismo), ter estratégias é inerente a todos, mas o que as diferencia é a velocidade. “90% dos lançamentos são resultado de inovação e apenas 10% são, de fato, invenções”, definiu ela. Martha acrescentou que para competir e lucrar não basta reduzir custos ou aumentar preços, mas sim lançar novos produtos com valor perceptível para o cliente. “Para inovar, é preciso ter pensamento crítico e criatividade. Engana-se quem pensa que é possível apenas inovar em produto. Isso também pode ser feito através de melhorias em processos, serviços, modelo de negócio, criação de valor, mercado e invenção”, finaliza.

Equipes motivadas Durante a mesa-redonda mediada pela jornalista Maria Isabel Hammes, os debatedores trouxeram exemplos de como os relacionamentos e as pessoas podem fazer diferença nos resultados de uma empresa. O presidente da ABRH-RS, Orian Kubaski, falou dos estímulos à motivação: “Não se motiva pessoas, isso é pessoal. Mas criamos estratégias que estimulem essa motivação, por exemplo, por meio de algumas atitudes simples de valorização”, afirmou Kubaski. Rodrigo Azambuja, diretor de Recursos Humanos do Grupo RBS, contou o case de reestruturação do modelo de gestão de RH na empresa. “Nos baseamos em quatro pilares: pessoas, cultura, liderança e execução. Constatamos a vontade que os colaboradores têm de contribuir e transformar, por isso, implantamos um modelo de meritocracia”, contou ele. O presidente do Sindilojas Porto Alegre, Ronaldo Sielichow, destacou em sua fala a importância da ética e da transparência com colaboradores, além do exemplo. “As políticas e metas devem ficar claras para que depois se possa cobrar desempenho e desenvolver a todos.”

Atendimento excelente O nível de exigência do consumidor está aumentando, e é a partir daí que também se cria uma nova necessidade de aprimoramento. José Penelas, professor da ESPM Sul, defendeu que ser excelente nas vendas começa na forma como a empresa se apresenta, passando pelo jeito como ela recebe o cliente, até chegar à entrega do produto. “O cliente quer viver uma experiência de compra agradável. Para ele, muitas vezes, estar numa loja é um ato social, e ele quer essa reciprocidade da parte de todos no estabelecimento”, alertou Penelas.

3º dia Estratégias para o varejo O varejo e seus tributos O presidente Jaime Gründler Sobrinho e o diretor financeiro, Diogo Chamum, do Sescon – RS, esclareceram aos participantes algumas questões relativas à tributação e contabilidade das empresas do varejo, como o SPED – Sistema Público de Escrituração Digital, que torna eletrônica a escrituração contábil e fiscal dos estabelecimentos. CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

15


China promissora Informações sobre estratégias de internacionalização, estruturação de Global Sourcing e cultura e economia chinesas foram trazidas pelo palestrante Thomaz Machado, CEO da China Invest. “Existem muitas oportunidades no mercado chinês, mas para acessá-las é preciso quebrar paradigmas e se informar”, disse ele.

O sucesso está nos detalhes Durante mesa-redonda com a presença de Claudio D’Avila, consultor e professor da ESPM; Gildo Sibemberg, vice-presidente de Marketing e Vendas das Lojas Gang; Sérgio Bandeira, diretor de Operação das Lojas Tumelero; Fabiana Estrela, diretora da Estrela Franquias, Barriga Verde e Caverna do Dino; e mediação do jornalista Renato Martins, o debate seguiu acerca dos detalhes aos quais cada empresa precisa prestar atenção para chegar a bons resultados. Todos trouxeram exemplos de como um conjunto de ações bem alinhadas pode trazer retornos surpreendentes. “Precisamos chegar ao consumidor pelo coração, para atingir a mente e, por fim, o bolso” destacou Fabiana. Sibemberg lembrou a importância de “reunir pessoas que têm as mesmas crenças da empresa” para atingir um objetivo maior. D’Avila orientou a respeito da importância de os lojistas serem clientes de si próprios para entenderem no que devem melhorar. E Bandeira finalizou dizendo que “a estratégia precisa inserir missão, visão e valores corporativos, sempre olhando para o mercado, porque é lá que estão as respostas”.

Design determinante Julio Takano, CEO da Kawahara e Takano Soluções para o Varejo e presidente da ABIESV, apresentou cases superinteressantes de marcas que se reposicionaram no mercado por meio de investimentos em design e imagem. “É preciso mexer com o emocional do cliente, ele passa a ser seu fã, sua marca faz parte do dia a dia dele e você alcança um diferencial”, explicou Takano.

Acomodar é perecer Finalizar a maratona de palestras da Febravar 2013 foi o dever do filósofo Mario Sergio Cortella, que estimulou reflexões acerca das mudanças que são necessárias ao longo da vida e da gestão no varejo. Ele apontou circunstâncias em que é preciso desacomodar-se, porque se é difícil mudar, é ainda pior achar que tudo deve continuar igual. “As pessoas acreditam que o modo como fazem as coisas é a única maneira possível”, disse ele. Ele destacou ainda que para mudar a estrutura da organização pode-se usar a tecnologia como aliada. “Mas só ela não é suficiente, é preciso mudar o pensamento. Sair de vez do passado e encarar a realidade atual”, completou. 16 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO


Tela interativa

SOLUÇÕES PARA O VAREJO

Mesa expositora

Para Evandro Scariot, diretor da Automatech, empresa expositora no evento e que produz soluções para o mercado de automação como a fábrica de etiquetas personalizadas e distribuição de ribbons (películas para impressora) e bobinas para PDV, essa foi uma oportunidade única de encontrar clientes do varejo de vários segmentos reunidos em busca de novidades tecnológicas. “Esse tipo de evento no Rio Grande do Sul é muito importante, pois traz para próximo do varejo do Estado soluções e tendências que estão sendo utilizadas no mercado mundial. Isso acaba influenciando de maneira muito positiva o varejo regional, mostrando boas práticas de mercado e contribuindo para uma profissionalização cada vez maior do segmento”, concluiu.

UMA FEIRA COMPLETA

Mais de 40 estandes apresentaram soluções inovadoras aos visitantes.

Diversas inovações foram apresentadas nos estandes da Feira Brasileira do Varejo, desde sistemas de segurança, passando por equipamentos de PDV, empresas de software, de contabilidade, de arquitetura, até instituições financeiras, além de todo o tipo de tecnologias que serão tendência. Algumas dessas novidades puderam ser experimentadas pelos visitantes, como o provador virtual (veja matéria na página 6), o painel Multi Touch Screen, cuja imagem interage ao toque do espectador e tem um som direcional que muda de acordo com a distância que se está do painel; o piso interativo, que possibilita exibir e promover produtos no PDV, e o totem, que transmite tweets e notícias ao vivo. CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

17


TECNOLOGIA CRIATIVA Ana Laura Messa, sócia da Creapix, ressaltou que a participação na feira foi uma oportunidade para a empresa apresentar os projetos de tecnologia criativa para profissionais do varejo. “Levamos ao evento o provador virtual, Digital Look e ele fez muito sucesso”, destacou.

O equipamento inovador foi apresentado no estande do Sindilojas e chamou a atenção dos visitantes

CONHECIMENTO NA PRÁTICA

NC4U expôs diversas inovações na Feira

AINDA MAIOR NO ANO QUE VEM A Febravar 2014 foi lançada no encerramento da edição deste ano. Ela ocorrerá em setembro e a expectativa é de um evento ainda maior e mais promissor para o varejo brasileiro.

Inovações podem revolucionar o atendimento das lojas

FEBRAVAR NO FACEBOOK Confira mais fotos do evento e fique por dentro das palestras realizadas na Febravar por meio da página: www.facebook.com/febravaroficial

18 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

A NC4U também participou da feira, e seu diretor de Pesquisa e Desenvolvimento, Edgard Bueno, disse que a Febravar foi uma excelente maneira de trazer ao mercado gaúcho informações sobre a tecnologia de digital signage (sinalização digital). “Através da palestra sobre o assunto, levamos uma base de conhecimento aos participantes, que após entenderem os conceitos, os viram na prática. O público estava bastante participativo e gerou excelentes contatos para trabalhos futuros”, finalizou.


GALERIA SINDILOJAS

Promotores da Vale Mais visitam lojistas

Reunião de diretoria de junho A reunião ocorrida no dia 4 de junho contou com a presença do Secretário de Educação do RS, José Clóvis de Azevedo. O presidente do Sindilojas Porto Alegre, Ronaldo Sielichow, apresentou os principais projetos realizados pela Entidade, incluindo o Geração Varejo e o Varejo na Escola.

,

Eles foram ao comércio da capital apresentar a 5ª edição da campanha.

Reunião de diretoria de julho

Na reunião de diretoria realizada no dia 2 de julho esteve presente junto ao Sindilojas Porto Alegre, a diretora do Procon de Porto Alegre, Flávia do Canto Pereira.

Café com lojistas de junho

Márcio Allegretti (Superintendente Sindilojas) e Roberta Devilla (GAD)

Reunião entre Entidades: Manifestações

Entidades do comércio gaúcho se reuniram no Sindilojas Porto Alegre para tratar sobre impactos dos atos de vandalismo na Capital.

Palestra "Retail Experience Design - Potencializando marcas, experiências e conexões no ponto de venda”

Cristina Moisés, Brenda Pantoja e Fabiana Schwager (Paquetá)

Paulo Kruse (VicePresidente Sindilojas) e Leonardo Araújo (Diretor Executivo GadRetail) Veja mais fotos em www.facebook.com/sindilojaspoa CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

19


CASE EXTERNO

Uma nova maneira de

fazer compras Nesta editoria você fica conhecendo cases de marcas de sucesso que podem inspirar o seu negócio.

20 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

OS DIAS DE HOJE é comum que as empresas expandam seus negócios para a internet, mas a marca Sophie & Juliete fez o processo inverso: iniciou na web e somente agora está realizando bazares físicos de seus produtos. Quando se refere a negócios, é difícil de fugir da internet. Segundo dados do Ibope Online, no mês de janeiro de 2012, das 63,5 milhões de pessoas com acesso à web em casa ou no trabalho, 47,5 milhões foram usuários ativos. Foi a partir disso que, em julho do mesmo ano, os empresários Camila Souza e Ronald Beigl reuniram seus

N

ideais e fundaram a marca de acessórios voltada exclusivamente para a internet. São promovidas vendas exclusivamente por meio das redes sociais de suas Personal Stylists (como são chamadas as vendedoras da marca) e também por meio de sua loja virtual. Camila ressalta que sempre teve vontade de se dedicar a algum trabalho que tivesse impacto na vida das pessoas e que, após dois anos estudando em Harvard, ela percebeu que o Brasil tinha carência de um negócio online. “Foi aí que vimos uma oportunidade de juntar a mídia social e levar as vendas ‘porta a porta’. Ou seja, conseguimos juntar a vontade de ter um


Indispensável o momento de encontro com as clientes da marca fora da internet, então são promovidos os bazares

Juntamente com Camila Souza, por trás do negócio inovador também está o suíço Ronald Beigl, que viu no Brasil uma oportunidade e potencial de mercado

Os empresários uniram a vontade de ter um negócio com a facilidade da web

próprio negócio com o desejo de focar em um trabalho que gerasse um impacto positivo na sociedade. Ajudamos as mulheres a terem mais independência com a possibilidade de elas trabalharem junto à Sophie & Juliete”, conta. Ela explica que a marca tem estilistas em vários estados, mas São Paulo e o Norte do país são as regiões com mais clientes atualmente. A empresária avalia que o comércio brasileiro ainda tem muito para desenvolver quando o assunto é internet. “As pessoas querem praticidade no seu dia a dia e também nas suas compras. O varejo ainda não se adaptou às mudanças dessa nova maneira de consumir”, destaca. “Só no primeiro mês de negócio, o número de Personal Stylists saltou de 15 para mais de 200. Nossa expectativa é fechar o ano com 700 profissionais.”

A Sophie & Juliete já alcançou um grande número de seguidores nas redes sociais. O site da marca recebe aproximadamente

20 mil visitas por mês

facebook.com/SophieJuliete mais de 330 mil seguidores

@sophie&juliete 606 seguidores

Momento “Off-line” O único momento de encontro com as clientes da marca fora da internet são os bazares promovidos pelas profissionais. De acordo com Camila, a estilista busca no seu círculo de amigos alguém que queira ser a hostess (anfitriã), ela então convida suas amigas para um café ou um happy hour e a estilista apresenta as peças do seu mostruário. “As mulheres se sentem mais a vontade dessa maneira, além de poderem compartilhar opiniões sobre os acessórios, elas fazem do momento um lazer”, conta. E acrescenta que essa nova maneira de realizar o comércio tem muitas vantagens, como a busca por informações nas redes, lançamento frequente de novos produtos, efetivação de compras mais rapidamente e baixo custo operacional. CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

21


FOCO NO FUTURO

Inverno mais quente O Sindilojas Porto Alegre apoia causa social que deve amenizar o frio de muitos porto-alegrenses neste inverno. SINDICATO ESTÁ apoiando uma das ações mais populares e mais eficazes para esquentar os desamparados nesta estação: a Campanha do Agasalho, de iniciativa da Fecomércio-RS. Foram entregues, até o fechamento desta edição, ao Gabinete da Primeira-Dama de Porto Alegre, 440 peças, de roupas arrecadadas nos pontos de coleta da Entidade. A campanha é realizada em conjunto com a Prefeitura de Porto Alegre e já totaliza 45 mil peças e ainda tem a previsão de chegar a 140 mil agasalhos doados, até o seu encerramento, no dia 16 de agosto. Os lojistas e clientes que quiserem contribuir podem levar suas doações à sede do Sindilojas Porto Alegre, na Rua dos Andradas, 1234 – 22º andar.

O

Em parceria com a FecomércioRS, o Sindicato aderiu à Campanha do Agasalho para auxiliar na ação que esquenta o inverno de tantas pessoas

22 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO


MERCADO

União no comércio

porto-alegrense O

Os comerciantes prejudicados podem contar também com a assessoria jurídica do Sindilojas, que orienta associados sobre como proceder.

COMÉRCIO DE PORTO Alegre sentiu de forma muito intensa os impactos do vandalismo infiltrado nas manifestações que ocorreram na capital gaúcha. Um levantamento feito pelo Sindilojas Porto Alegre demonstra queda de, em média, 25% no faturamento do mês de junho em relação ao mesmo período de 2012, além da diminuição do fluxo de consumidores nas ruas e um prejuízo de mais de R$ 3 milhões. O Sindicato tem promovido uma série de ações para que os danos sejam minimizados, legitimando seu apoio constante ao lojista. Ainda em junho, o Sindilojas reuniu diversas entidades de todos os segmentos do comércio. A partir disso, um documento foi redigido em conjunto e entregue ao governador Tarso Genro pelo presidente do Sindilojas Porto Alegre, Ronaldo Sielichow, que também se reuniu com a Brigada Militar para solicitar ações mais efetivas em relação à segurança das lojas. Sielichow levou ao conhecimento do Coronel Silanus de Oliveira Mello os inúmeros relatos de lojistas que sofreram roubos e depredações e solicitou ação efetiva da Brigada. Essas solicitações também foram levadas ao secretário Maurício Dziedricki, da Se-

cretaria da Economia Solidária e Apoio à Micro e Pequena Empresa (SESAMPE) do Estado. Segundo ele, existe a possibilidade de aprovação de uma linha de crédito de até R$ 15 mil para micro e pequenas empresas que poderá auxiliar os lojistas prejudicados. Para empresas de grande porte, o secretário afirmou que trabalhará para que uma linha de crédito diferenciada seja criada. Além disso, uma parceria com a Cooperativa Sicredi União Metropolitana RS colocou à disposição dos lojistas uma linha de crédito exclusiva para atender as empresas atingidas. Vigorando desde 24 de junho, a ação objetiva atender e analisar em caráter prioritário as necessidades das empresas associadas e não associadas ao Sicredi (condicionadas à associação), com taxa de juros pré-fixada em 1,90% ao mês, para que sejam realizadas reformas de fachadas, vitrines, compra de mercadorias e outros itens avariados. O limite de crédito é de até R$ 20 mil, passível de análise. Os comerciantes prejudicados podem contar também com a assessoria jurídica do Sindilojas, que orienta associados sobre como proceder. A Entidade está disponível para atender aos lojistas pelo telefone (51) 3025-8300. CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

23


LOJISTA EM DESTAQUE

Manlec As Lojas Manlec são conhecidas por oferecerem produtos de extrema qualidade. Completando 60 anos de atuação no mercado, a rede faz sucesso devido a excelência e respeito com o cliente.

Lojas do Aldo: oito anos de sucesso A Aldo Magazine nasceu da união de duas fortes mentes da área do varejo, consolidada em meados de 2004, quando uma mescla de oportunidade e desafio formou-se diante dos sócios da loja, Aldo Avosani e Sérgio Roberto de Araújo. Naquele ano, eles assumiram o seu primeiro ponto comercial, situado na Voluntários da Pátria, e iniciaram a trajetória da empresa que recebeu o nome de Lojas do Aldo. Avosani fazia a linha de frente, fidelizando clientes com um atendimento personalizado e diferenciado. Ele ressalta que a missão de quem trabalha com o varejo é de servir as pessoas. “Sempre gostei de fazer isso, o varejo me estimula a estar sempre inovando, idealizando campanhas e criando novas formas de fomentar a economia do Estado”, diz. Aldo acrescenta que busca criar um ambiente de bem-estar, em que o atendimento com atenção esteja sempre no foco da equipe. Atualmente, a Aldo Magazine conta com nove filiais, sendo sete de confecções e duas de calçados. São mais de 300 colaboradores diretos, fornecedores de todas regiões do Brasil e milhares de clientes. Os números não param por aí: em outubro deste ano, está prevista a inauguração de mais uma filial, na cidade de Novo Hamburgo.

Bate-Bola Trabalho no meu ramo há: mais de 25 anos. Ser lojista para mim é: se preocupar em atender bem e satisfazer o cliente. Colocando sempre o respeito e a atenção como fatores determinantes do trabalho realizado. O setor de confecção vai: ser cada vez mais um diferencial no estilo e autoestima de cada pessoa. Comerciante feliz é comerciante: que conquista cada cliente no dia a dia.

Participe desta editoria enviando novidades sobre sua loja para o e-mail imprensa@sindilojaspoa.com.br 24 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

Koralle Há 19 anos a Koralle é especializada em produtos nacionais e importados voltados para as práticas artísticas. Atualmente conta com dois espaços em Porto Alegre/RS: seu tradicional endereço na José Bonifácio e, mais recentemente, a Koralle Santander Cultural. Além de comercialização de materiais, a Koralle oferece cursos nas áreas artísticas e promove eventos, como lançamento de livros e oficinas gratuitas de demonstração de materiais.

Soberana do Sono Há 24 anos a Soberana do Sono comercializa produtos como colchões, travesseiros, cobertas, entre outros. Os lençóis térmicos são destaque na loja familiar e que no frio do inverno se tornam uma boa opção para aquecer.


ESPECIAL 75 ANOS

O varejo começou a se voltar para os gostos e necessidades das mulheres

O mercado varejista foi decisivo para a emancipação da mulher gaúcha.

Um comércio mais feminino COMÉRCIO TEVE UM PAPEL quase definitivo na expansão do poder de compra da mulher. Quando os produtos ainda vinham de longe, carregados nas malas dos mascates ou transportados por caixeiros-viajantes, as mulheres aguardavam em casa para escolherem seus tecidos, perfumes, bijuterias, pó de arroz e tudo o que as pudesse embelezar. Quando os produtos passaram a estar disponíveis nas ruas e surgiram as modistas, elas iam acompanhadas de seus maridos ou pais. “Naquela época, para o deleite das senhoras e senhoritas, existiam ainda a loja de calçados estrangeiros Florio e Galdy e a loja de chapéus de sol João Geaneto. Sem contar as 60 casas de fazendas que se espalhavam pela cidade, a maioria no centro. E, se na Porto Alegre imperial os estabelecimentos faziam com que as ‘damas da sociedade’ se sentissem à se revelavam modestos, o século 20 vontade diante das mercadorias. trouxe para eles um modelo europeu Algumas décadas depois, no pós-guerra, aos poucos as de vestir as vitrines”, conta o livro mulheres foram descobrindo que não precisavam mais que remonta a história do comércio da permissão nem dinheiro dos homens para irem às na Capital, ‘Porto Alegre na Vitrine’. compras. Foram percebendo que podiam ganhar – e A obra traz ainda que esses novos gastar – seu próprio dinheiro trabalhando como pontos de venda passaram a estar de- professoras, enfermeiras ou até como funcionárias do corados com lustres, tapetes e móveis comércio e da indústria. Era o varejo fazendo parte da finos. As melhores casas do ramo história da emancipação feminina.

O

Com o poder de compra das mulheres, as lojas passaram a adequar suas vitrines à visão da mulher

CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

25


ESPAÇO SINDILOJAS

Presidente do Sindilojas Porto Alegre, Ronaldo Sielichow

Entidade lamentou veto que não contribui para o crescimento do País e responsabiliza empresas por contas que não são suas.

POSICIONAMENTO

Sindilojas Porto Alegre reprova veto à extinção de pagamento da multa de 10% ao FGTS A presidente Dilma Rousseff vetou o Projeto de Lei Complementar 200/12 que extinguia a multa adicional de 10% do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), paga pelas empresas nos casos de demissões sem justa causa. O Sindilojas Porto Alegre lamenta o veto e reitera que desde 2012 o motivo pelo qual a multa é cobrada das empresas já não existe. O veto não contribui para o crescimento do País, vai na contramão dos esforços para desonerar

a folha de pagamento e coloca nas empresas a responsabilidade de pagar contas que não são suas. “É preciso diminuir efetivamente as despesas no Brasil para que os projetos citados pela presidente não sejam afetados. O governo não pode considerar os recursos dessa multa como receita, já que ela foi criada em caráter provisório. Esse veto mantém a alta conta dos encargos sociais sobre o trabalho no Brasil ”, afirma Ronaldo Sielichow, presidente do Sindilojas Porto Alegre.

PALESTRA

Construção de marcas No dia 21 de agosto, o Sindilojas Porto Alegre receberá para o Café com Lojistas, o professor, consultor e diretor do MBA da ESPM-Sul, Genaro Galli. Ele apresentará o tema “Como construir marcas fortes no varejo“, destacando o importante papel da marca na decisão de compra do consumidor e quais as 26 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

ferramentas disponíveis para que as organizações agreguem valor às suas ofertas. Além disso, abordará questões sobre o branding no ambiente contemporâneo, identidade e posicionamento e a construção das marcas através da experiência. A inscrição pode ser feita através do e-mail cursos@sindilojaspoa.com.br


CONFIRA DATAS DE CURSOS E EVENTOS DO MÊS DE AGOSTO

1 REUNIÃO

Sindilojas Porto Alegre recebe autoridades DATA COMEMORATIVA

Dia dos Pais No próximo dia 11 de agosto é celebrado o Dia dos Pais. A data, comemorada sempre no segundo domingo do mês, promete boas vendas para o setor varejista. Uma pesquisa realizada pelo Sindilojas Porto Alegre e CDL Porto Alegre, feita com 400 pessoas, revelou que há uma maior intenção de compra de presentes na data comparado aos anos anteriores: 61,5% dos entrevistados pretendem agradar a seu pai no dia. Em 2012, por exemplo, o índice era de 55,2%. As mulheres mostram uma intenção maior na compra, assim como as pessoas de até 40 anos, isso talvez pelo fato de que pessoas com mais de 40 anos representam uma parcela daqueles que já não tem mais pai. Roupas é a principal escolha entre os presentes, dentre as peças estão camisas, blusões e camisetas. Vale ressaltar ainda que 76% dos entrevistados pretendem comprar os presentes de Dia dos Pais no mês de agosto. E você? Já comprou o presente para o seu pai?

O Sindilojas Porto Alegre recebeu, em junho, durante reunião de diretoria, o presidente do Sinduscon-RS, Paulo Vanzetto Garcia, e no dia 2 julho o Sindilojas recebeu a diretora executiva do Procon da Capital, Flávia do Canto Pereira. Garcia apresentou o sindicato que representa empresas construtoras, incorporadoras e de loteamentos, além de profissionais autônomos. Flávia mostrou o trabalho que vem sendo realizado pelo Procon e valorizou a transparência no relacionamento com as empresas.

INGLÊS PARA VENDAS Turma manhã 8h30 às 10h (terças e quintas-feiras) Turma noite 19h às 20h30 (terças e quintas-feiras)

11 DIA DOS PAIS

13 INTENSIVO EM VENDAS Das 14h às 20h

19 EXCELÊNCIA NO DESENVOLVIMENTO EM VENDAS E PÓS-VENDA Das 18h30 às 22h30

Flávia do Canto Pereira juntamente com o presidente Ronaldo Sielichow

COPA DO MUNDO 2014

Espanhol e Inglês para Vendas O Programa Seleção Varejo, do Sindilojas Porto Alegre, está recebendo inscrições para a turma do curso de Espanhol que iniciará as aulas em 2 setembro. O curso de Inglês se iniciou em 1º de agosto. A ação tem como objetivo capacitar e qualificar os profissionais do varejo da capital e de Alvorada para melhor atenderem os clientes durante o maior evento esportivo do mundo, a Copa de 2014, no Brasil. Os cursos têm turmas no turno da manhã e no turno da noite. Inglês para Vendas acontece nas terças e quintas-feiras e o curso Espanhol para Vendas será nas segundas e quartas-feiras. Mais informações pelo telefone (51) 3025-8300.

20 CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL PATRONAL (2ª PARCELA)

21 CAFÉ COM LOJISTAS “Como construir marcas fortes no varejo”, com o professor da ESPM, Genaro Galli.

SINDILOJAS NAS REDES SOCIAIS www.facebook.com/SindilojasPOA

@SindilojasPOA

youtube.com/sindilojaspoars

linkedin.com/company/sindilojas-porto-alegre

@SindilojasPOA

CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

27


VALE MAIS

Está chegando a

5ª edição da Vale Mais! 2 mil lojas participaram em 2012, com um aumento de vendas de

10% durante a ação.

28 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

O mês de setembro será de grandes resultados. A promoção Vale Mais, criada pelo Sindilojas Porto Alegre há 5 anos, tem gerado ótimas vendas para os lojistas.

PRÓXIMO MÊS promete movimentar o comércio de Porto Alegre e Alvorada. Isso porque entre os dias 1º e 30 acontece a promoção Vale Mais, criada pelo Sindilojas há 5 anos. Em 2012, foram duas mil lojas participantes, que registraram, em média, 10% de incremento nas vendas durante a ação, e movimentou cerca de R$ 208 milhões durante o mês de

O

setembro no varejo. “Desde sua criação, a Vale Mais já distribuiu mais de R$ 1,5 milhão em prêmios para 444 pessoas, entre vendedores e consumidores.” É o que destaca o presidente da Entidade, Ronaldo Sielichow. O gerente geral da Digimer, João Souto, afirma que a campanha representa um grande incremento nas vendas e motivação aos vendedores. “Em todas as edições da promoção, a Digimer foi premiada


VALE MAIS e isso nos estimula muito. Os vendedores e os clientes formam uma parceria para concorrer aos sorteios, estreitando a relação entre a empresa e o consumidor”, conta. Ele acrescenta que após essa onda de protestos em que o comércio teve uma queda acentuada nas vendas, a campanha é aguardada com mais expectativa. Fique por dentro A cada R$ 50 em compras nas lojas participantes, o cliente ganhará um cupom para participar do sorteio. Caso ele utilize cartões do banco Sicredi (crédito ou débito), recebe cupons em dobro. São 50 prêmios de R$ 5 mil em vale-compras para clientes e 50 prêmios de R$ 2 mil em vale-compras para os vendedores que realizarem as vendas premiadas. O total em prêmios é de R$ 350 mil. Os vale-compras entregues aos ganhadores só podem ser trocados por mercadorias nas lojas participantes da promoção,

sendo que as lojas que receberem serão ressarcidas em até 10 dias úteis da apresentação dos vale-compras no Sindicato, via depósito bancário em conta jurídica da loja. Os vencedores terão um prazo de 180 dias, a partir da data do sorteio, que será realizado no dia 29 de outubro, para utilizar os vales nas lojas participantes da promoção.

PREPARE-SE Se você, lojista, aderiu à promoção, lembre-se de preparar sua loja e seus vendedores para iniciar o mês de setembro com boas vendas. “Estimule seus funcionários, pois é a oportunidade de oferecer o melhor em uma época que antes era de baixas vendas”, conclui Sielichow. Para mais informações envie um e-mail para: valemais@sindilojaspoa.com.br.

CONEXÃO VAREJO AGOSTO 2013

29


CLIQUE

A QUALIDADE É A PRATA DA CASA O Sindilojas Porto Alegre recebeu o Troféu Prata no Prêmio Qualidade RS, promovido pelo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP) no dia 16 de julho. Na 18ª edição do processo de avaliação, a Entidade demonstrou prezar a excelência em serviços e produtos oferecidos aos lojistas da Capital e de Alvorada aliada ao processo de profissionalização da gestão e qualificação dos colaboradores. “Estamos muito orgulhosos por mais esse reconhecimento. Em 2011, conquistamos a Medalha de Bronze, ano passado, o Troféu Bronze, e agora, o Troféu Prata. Isso mostra que avançamos mais uma vez em nossos processos de gestão”, disse o presidente do Sindilojas Porto Alegre, Ronaldo Sielichow. Para a Entidade, uma das medidas que influenciam na eficácia da gestão é a qualificação dos colaboradores. “Estabelecemos metas de qualificação por colaborador. Oferecemos treinamentos constantes e auxílio educacional. Atualmente, 49% do total dos colaboradores possuem nível superior e cerca de 70% recebem auxílio para cursar graduação ou pós-graduação”, explicou Márcio Alegretti, superintendente da Entidade. Outro índice que repercute na boa gestão do Sindicato é a satisfação dos associados com a Entidade, que subiu de 73% para 86% nos últimos dois anos. Parabéns ao Sindilojas Porto Alegre!

30 AGOSTO 2013

CONEXÃO VAREJO

Veja mais fotos em www.facebook.com/sindilojaspoa


PARA NÓS, PRATA É SINÔNIMO DE QUALIDADE.

Sindilojas conquista o troféu Prata do Prêmio Qualidade RS 2013. A premiação é o reconhecimento para quem trabalha com foco na qualidade. É a valorização do esforço e da dedicação da Entidade. Uma vitória que pertence a funcionários, lojistas e consumidores. Cada um tem a sua parcela nessa conquista. A premiação impulsiona o Sindilojas na busca pelo que há de mais precioso: um comércio ainda mais forte.

sindilojaspoa.com.br

Quem tem loja, tem a gente.


QUEM TEM SINDILOJAS, tem mais conhecimento.

ImersĂŁo em GerĂŞncia de Loja, com Eduardo Tevah.

Capacite seu gerente com quem entende de varejo. $SURYHLWHDƲƹ…HGLžRHOHYHPDLVFRQKHFLPHQWRSDUDDVXDHTXLSH

10

de setembro

GDVKÂťVK HGDVKÂťVK

AuditĂłrio Henrique Gerchmann

Garanta jå a sua vaga1 Público em Geral – R$ 400,00

Rua dos Andradas, 1234 – 9° andar Centro HistÎULFRs3RUWR$OHJUH

desconto para Associado Efetivo 70% de 6LQGLORMDV3RUWR$OHJUH

,QIRUPDĂ‚Ăľes:

50% e Lojista Contribuinte2

cursos@sindilojaspoa.com.br

de desconto para Associado Colaborador

ConvÅQLRFRPRHVWDFLRQDPHQWR*DUDJHP/DGHLUDs5XD*HQHUDO&½PDUD10% de desconto. 9DJDVOLPLWDGDV &RQVXOWHLQIRUPDÂ�HVQRVLWH

/SindilojasPOA

@SindilojasPOA

sindilojaspoa.com.br (51)323025.8300 AGOSTO 2013 CONEXĂƒO VAREJO

Quem tem loja, tem a gente.


Conexão Varejo - Agosto/2013